SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Adubação do 
Algodoeiro 
Valter Fernandes da S. Paes
Índice 
1. Introdução 
2. Amostragem e análise do solo 
3. Correção do solo 
4. Adubação do solo 
5. Importância dos nutrientes 
6. Notícias 
7. Referências bibliográficas
Introdução 
O que é adubação? 
Prática agrícola que consiste no fornecimento de 
adubos ou fertilizantes ao solo. 
E qual é a função da adubação? 
Recuperar os nutrientes do solo que foram absorvidos 
pelas plantas ou perdidos pelas chuvas.
Introdução 
“ A adubação de qualquer cultivo começa com a análise 
de solo, continua com a correção da acidez e termina 
com a aplicação do adubo ( Malavolta, 1993)”
Amostragem e análise de solo 
Avaliar a disponibilidade de nutrientes no solo e 
orientar a correta aplicação de corretivos e 
fertilizantes. 
Divida a área em glebas homogêneas, 
Retire 20 amostras simples, formando uma composta. 
Enviar a amostra composta para o laboratório.
Amostragem e análise de solo 
Fotos: Lucas Taveira
Correção do solo 
O crescimento das raízes das plantas é reduzido na 
presença de excesso de alumínio (Al), 
Correção através do uso de Calcário e Gesso agrícola. 
Foto: Wagner Ribeiro
Correção do solo 
Foto: Djalma Martinhão
Adubação do solo 
De forma geral, existem dois tipos de adubos: 
I. Orgânicos  São os oriundos de matéria vegetal ou 
animal. 
II.Inorgânicos  São obtidos da extração mineral ou 
derivados de petróleo.
Adubação do solo 
Adubos orgânicos: 
1. Torta de Mamona - (Cerca de 5% de Nitrogênio) 
2.Humus - decomposição de restos vegetais e animais 
3.Compostagem - rico em substâncias húmicas e 
nutrientes minerais. 
4.Estercos - Ricos em macronutrientes (NPK)
Adubação do solo 
Adubos inorgânicos: 
1. MAP – 10% de N e 46 a 50% de P2O5 
2.Uréia – 45 % de Nitrogênio 
3. Super simples (16 a 18% de P2O5 e 18 a 20% de Ca - 
Cálcio) 
4.Super triplo (41% de P2O5 e 7 a 12% de Ca) 
5.Formulações comerciais ( Ex: 20-00-20)
Adubação do solo 
A adubação é apenas um fator de produção, 
Até que ponto o empresário está disposto a investir? 
Expectativas de produtividades irrealistas é prejuízo 
na certa, 
As leis biológicas precisam ser atendidas para 
otimizar a resposta.
Importância dos nutrientes 
A recomendação de nitrogênio é baseada na 
produtividade esperada. 
Qual é a sua importância para a planta? 
Ele é fundamental no seu desenvolvimento, 
sobretudo dos órgãos vegetativos. 
Quais são os sintomas de sua deficiência?
Importância dos nutrientes 
Amarelecimento da planta e queda prematura das 
folhas mais velhas. 
Foto: Ciro Antônio Rosolem 
Foto: Ridgway, Jimmy
Importância dos nutrientes 
O fósforo é recomendado em função da análise do 
solo. 
Qual é a sua importância? 
Função no crescimento inicial da raiz, influenciando 
o vigor da planta e a precocidade da cultura. 
Quais são os sintomas de sua deficiência?
Importância dos nutrientes 
Atraso no desenvolvimento, coloração verde escuro 
intensa e manchas ferruginosas no limbo das folhas. 
Foto: Ciro Antônio Rosolem
Importância dos nutrientes 
O potássio é recomendado em função da análise do 
solo. 
Qual é a sua importância? 
Aumento da atividade assimilatória da folha. 
Quais são os sintomas de sua deficiência?
Importância dos nutrientes 
Amarelecimento das margens das folhas mais velhas, 
que avança entre as nervuras. 
Foto: Jasper, Jorg Foto: Simmes, Christine
Importância dos nutrientes 
O boro é um elemento químico essencial para o 
algodoeiro, 
Sua deficiência causa abortamento de botão floral, 
superbrotamento e morte dos ponteiros 
Fotos: Ciro Antônio Rosolem
Notícias
Referências Bibliográficas 
Embrapa, disponível em < 
http://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/Fontes 
HTML/Algodao/AlgodaoCerrado/adubacao.htm , 
acesso em 02/09/2014. 
MALAVOLTA, E. Elementos de Nutrição Mineral de 
Plantas, 1993. 
ROSOLEM, C. A. Problemas em nutrição mineral, 
calagem e adubação do algodoeiro. n. 95. Piracicaba: 
Potafos, 2001. 21p. (Informações Agronômicas, 95).
Obrigado! 
Valter Fernandes da S. Paes 
Email: valterfernandes_jr@hotmail.com 
Celular: 062 - 85759481

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Correção do solo e adubação da soja
Correção do solo e adubação da soja Correção do solo e adubação da soja
Correção do solo e adubação da soja Geagra UFG
 
Nutrição e adubação do milho
Nutrição e adubação do milhoNutrição e adubação do milho
Nutrição e adubação do milhoGeagra UFG
 
Regulação hormonal do algodoeiro
Regulação hormonal do algodoeiro Regulação hormonal do algodoeiro
Regulação hormonal do algodoeiro Geagra UFG
 
Tratos culturais: Aplicação de herbicidas - Milho
Tratos culturais: Aplicação de herbicidas - MilhoTratos culturais: Aplicação de herbicidas - Milho
Tratos culturais: Aplicação de herbicidas - MilhoGeagra UFG
 
Pragas e doenças do arroz slide culturas anuais
Pragas e doenças do arroz slide culturas anuaisPragas e doenças do arroz slide culturas anuais
Pragas e doenças do arroz slide culturas anuaisnatalia machado
 
Fenologia e Fisiologia do Sorgo e Milheto
Fenologia e Fisiologia do Sorgo e MilhetoFenologia e Fisiologia do Sorgo e Milheto
Fenologia e Fisiologia do Sorgo e MilhetoGeagra UFG
 
Posicionamento de inseticidas na cultura da soja
Posicionamento de inseticidas na cultura da sojaPosicionamento de inseticidas na cultura da soja
Posicionamento de inseticidas na cultura da sojaGeagra UFG
 
Manejo de plantas daninhas na soja
 Manejo de plantas daninhas na soja Manejo de plantas daninhas na soja
Manejo de plantas daninhas na sojaGeagra UFG
 
MANEJO DE PLANTIO DO ALGODOEIRO
MANEJO DE PLANTIO DO ALGODOEIROMANEJO DE PLANTIO DO ALGODOEIRO
MANEJO DE PLANTIO DO ALGODOEIROGeagra UFG
 
Introdução ao Manejo de Herbicidas
Introdução ao Manejo de Herbicidas Introdução ao Manejo de Herbicidas
Introdução ao Manejo de Herbicidas Geagra UFG
 
Sorgo: Colheita e beneficiamento
Sorgo: Colheita e beneficiamento			 			Sorgo: Colheita e beneficiamento
Sorgo: Colheita e beneficiamento Geagra UFG
 
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS NO ALGODOEIRO
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS NO ALGODOEIROMANEJO DE PLANTAS DANINHAS NO ALGODOEIRO
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS NO ALGODOEIROGeagra UFG
 
Biotecnologia do algodoeiro.
Biotecnologia do algodoeiro.Biotecnologia do algodoeiro.
Biotecnologia do algodoeiro.Geagra UFG
 
Fenologia e fisiologia da cultura da soja
Fenologia e fisiologia da cultura da soja Fenologia e fisiologia da cultura da soja
Fenologia e fisiologia da cultura da soja Geagra UFG
 
MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS NO ALGODOEIRO
MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS NO ALGODOEIROMANEJO INTEGRADO DE PRAGAS NO ALGODOEIRO
MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS NO ALGODOEIROGeagra UFG
 
Posicionamento de inseticidas no milho
Posicionamento de inseticidas no milhoPosicionamento de inseticidas no milho
Posicionamento de inseticidas no milhoGeagra UFG
 
Fenologia e fisiologia da cultura do milho
Fenologia e fisiologia da cultura do milhoFenologia e fisiologia da cultura do milho
Fenologia e fisiologia da cultura do milhoGeagra UFG
 
Manejo de Milho: Tratamento de sementes e plantio
Manejo de Milho: Tratamento de sementes e plantioManejo de Milho: Tratamento de sementes e plantio
Manejo de Milho: Tratamento de sementes e plantioAM Placas Ltda. Placas
 
Manejo de pragas no sorgo e milheto
Manejo de pragas no sorgo e milhetoManejo de pragas no sorgo e milheto
Manejo de pragas no sorgo e milhetoGeagra UFG
 
MECANISMO DE AÇÃO DOS HERBICIDAS
MECANISMO DE AÇÃO DOS HERBICIDASMECANISMO DE AÇÃO DOS HERBICIDAS
MECANISMO DE AÇÃO DOS HERBICIDASGeagra UFG
 

Mais procurados (20)

Correção do solo e adubação da soja
Correção do solo e adubação da soja Correção do solo e adubação da soja
Correção do solo e adubação da soja
 
Nutrição e adubação do milho
Nutrição e adubação do milhoNutrição e adubação do milho
Nutrição e adubação do milho
 
Regulação hormonal do algodoeiro
Regulação hormonal do algodoeiro Regulação hormonal do algodoeiro
Regulação hormonal do algodoeiro
 
Tratos culturais: Aplicação de herbicidas - Milho
Tratos culturais: Aplicação de herbicidas - MilhoTratos culturais: Aplicação de herbicidas - Milho
Tratos culturais: Aplicação de herbicidas - Milho
 
Pragas e doenças do arroz slide culturas anuais
Pragas e doenças do arroz slide culturas anuaisPragas e doenças do arroz slide culturas anuais
Pragas e doenças do arroz slide culturas anuais
 
Fenologia e Fisiologia do Sorgo e Milheto
Fenologia e Fisiologia do Sorgo e MilhetoFenologia e Fisiologia do Sorgo e Milheto
Fenologia e Fisiologia do Sorgo e Milheto
 
Posicionamento de inseticidas na cultura da soja
Posicionamento de inseticidas na cultura da sojaPosicionamento de inseticidas na cultura da soja
Posicionamento de inseticidas na cultura da soja
 
Manejo de plantas daninhas na soja
 Manejo de plantas daninhas na soja Manejo de plantas daninhas na soja
Manejo de plantas daninhas na soja
 
MANEJO DE PLANTIO DO ALGODOEIRO
MANEJO DE PLANTIO DO ALGODOEIROMANEJO DE PLANTIO DO ALGODOEIRO
MANEJO DE PLANTIO DO ALGODOEIRO
 
Introdução ao Manejo de Herbicidas
Introdução ao Manejo de Herbicidas Introdução ao Manejo de Herbicidas
Introdução ao Manejo de Herbicidas
 
Sorgo: Colheita e beneficiamento
Sorgo: Colheita e beneficiamento			 			Sorgo: Colheita e beneficiamento
Sorgo: Colheita e beneficiamento
 
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS NO ALGODOEIRO
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS NO ALGODOEIROMANEJO DE PLANTAS DANINHAS NO ALGODOEIRO
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS NO ALGODOEIRO
 
Biotecnologia do algodoeiro.
Biotecnologia do algodoeiro.Biotecnologia do algodoeiro.
Biotecnologia do algodoeiro.
 
Fenologia e fisiologia da cultura da soja
Fenologia e fisiologia da cultura da soja Fenologia e fisiologia da cultura da soja
Fenologia e fisiologia da cultura da soja
 
MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS NO ALGODOEIRO
MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS NO ALGODOEIROMANEJO INTEGRADO DE PRAGAS NO ALGODOEIRO
MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS NO ALGODOEIRO
 
Posicionamento de inseticidas no milho
Posicionamento de inseticidas no milhoPosicionamento de inseticidas no milho
Posicionamento de inseticidas no milho
 
Fenologia e fisiologia da cultura do milho
Fenologia e fisiologia da cultura do milhoFenologia e fisiologia da cultura do milho
Fenologia e fisiologia da cultura do milho
 
Manejo de Milho: Tratamento de sementes e plantio
Manejo de Milho: Tratamento de sementes e plantioManejo de Milho: Tratamento de sementes e plantio
Manejo de Milho: Tratamento de sementes e plantio
 
Manejo de pragas no sorgo e milheto
Manejo de pragas no sorgo e milhetoManejo de pragas no sorgo e milheto
Manejo de pragas no sorgo e milheto
 
MECANISMO DE AÇÃO DOS HERBICIDAS
MECANISMO DE AÇÃO DOS HERBICIDASMECANISMO DE AÇÃO DOS HERBICIDAS
MECANISMO DE AÇÃO DOS HERBICIDAS
 

Destaque

Bicudo no Algodoeiro
Bicudo no AlgodoeiroBicudo no Algodoeiro
Bicudo no AlgodoeiroGeagra UFG
 
Plantas Daninhas na cultura do Algodoeiro
Plantas Daninhas na cultura do AlgodoeiroPlantas Daninhas na cultura do Algodoeiro
Plantas Daninhas na cultura do AlgodoeiroGeagra UFG
 
Manual de adubacao_2004_versao_internet
Manual de adubacao_2004_versao_internetManual de adubacao_2004_versao_internet
Manual de adubacao_2004_versao_internetRogger Wins
 
Fungicidas no Algodão
Fungicidas no AlgodãoFungicidas no Algodão
Fungicidas no AlgodãoGeagra UFG
 
Manejo Integrado de Doenças no Algodão
Manejo Integrado de Doenças no AlgodãoManejo Integrado de Doenças no Algodão
Manejo Integrado de Doenças no AlgodãoGeagra UFG
 
Recomendação de calagem e adubação mineral
Recomendação de calagem e adubação mineralRecomendação de calagem e adubação mineral
Recomendação de calagem e adubação mineralLeidiane Fernandes
 
MIP NO ALGODÃO
MIP NO ALGODÃOMIP NO ALGODÃO
MIP NO ALGODÃOGeagra UFG
 
Uso de Herbicidas na cultura do Algodão
Uso de Herbicidas na cultura do AlgodãoUso de Herbicidas na cultura do Algodão
Uso de Herbicidas na cultura do AlgodãoGeagra UFG
 
Colheita do Algodão
Colheita do AlgodãoColheita do Algodão
Colheita do AlgodãoGeagra UFG
 
Col.agro 1 calculo da necessidade de calagem
Col.agro 1 calculo da necessidade de calagemCol.agro 1 calculo da necessidade de calagem
Col.agro 1 calculo da necessidade de calagemgastao ney monte braga
 
Col.agro 14.interpretacao da analise do solo
Col.agro 14.interpretacao da analise do soloCol.agro 14.interpretacao da analise do solo
Col.agro 14.interpretacao da analise do sologastao ney monte braga
 
Adubação Potassica Soja
Adubação Potassica SojaAdubação Potassica Soja
Adubação Potassica SojaGustavo Avila
 
INTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJA
INTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJAINTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJA
INTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJAGeagra UFG
 

Destaque (16)

Bicudo no Algodoeiro
Bicudo no AlgodoeiroBicudo no Algodoeiro
Bicudo no Algodoeiro
 
Plantas Daninhas na cultura do Algodoeiro
Plantas Daninhas na cultura do AlgodoeiroPlantas Daninhas na cultura do Algodoeiro
Plantas Daninhas na cultura do Algodoeiro
 
AdubaçãO De Pastagens
AdubaçãO De PastagensAdubaçãO De Pastagens
AdubaçãO De Pastagens
 
Manual de adubacao_2004_versao_internet
Manual de adubacao_2004_versao_internetManual de adubacao_2004_versao_internet
Manual de adubacao_2004_versao_internet
 
Adubação
AdubaçãoAdubação
Adubação
 
Fungicidas no Algodão
Fungicidas no AlgodãoFungicidas no Algodão
Fungicidas no Algodão
 
Manejo Integrado de Doenças no Algodão
Manejo Integrado de Doenças no AlgodãoManejo Integrado de Doenças no Algodão
Manejo Integrado de Doenças no Algodão
 
Recomendação de calagem e adubação mineral
Recomendação de calagem e adubação mineralRecomendação de calagem e adubação mineral
Recomendação de calagem e adubação mineral
 
MIP NO ALGODÃO
MIP NO ALGODÃOMIP NO ALGODÃO
MIP NO ALGODÃO
 
Uso de Herbicidas na cultura do Algodão
Uso de Herbicidas na cultura do AlgodãoUso de Herbicidas na cultura do Algodão
Uso de Herbicidas na cultura do Algodão
 
Adubação orgânica
Adubação orgânicaAdubação orgânica
Adubação orgânica
 
Colheita do Algodão
Colheita do AlgodãoColheita do Algodão
Colheita do Algodão
 
Col.agro 1 calculo da necessidade de calagem
Col.agro 1 calculo da necessidade de calagemCol.agro 1 calculo da necessidade de calagem
Col.agro 1 calculo da necessidade de calagem
 
Col.agro 14.interpretacao da analise do solo
Col.agro 14.interpretacao da analise do soloCol.agro 14.interpretacao da analise do solo
Col.agro 14.interpretacao da analise do solo
 
Adubação Potassica Soja
Adubação Potassica SojaAdubação Potassica Soja
Adubação Potassica Soja
 
INTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJA
INTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJAINTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJA
INTRODUÇÃO À CULTURA DA SOJA
 

Semelhante a Adubação na cultura do Algodeiro

Adubação e nutrição de planta frutiferas.pdf
Adubação e nutrição de planta frutiferas.pdfAdubação e nutrição de planta frutiferas.pdf
Adubação e nutrição de planta frutiferas.pdfLeyserRodriguesOlive
 
Agricultura geral aula 1 de_adubacao
Agricultura geral aula 1 de_adubacaoAgricultura geral aula 1 de_adubacao
Agricultura geral aula 1 de_adubacaoEmanuel Malai
 
13549731 manutencao de_jardins_e_relvados_-_adubacao
13549731 manutencao de_jardins_e_relvados_-_adubacao13549731 manutencao de_jardins_e_relvados_-_adubacao
13549731 manutencao de_jardins_e_relvados_-_adubacaoPelo Siro
 
Boas Práticas Fertilização Batata-doce.pdf
Boas Práticas Fertilização Batata-doce.pdfBoas Práticas Fertilização Batata-doce.pdf
Boas Práticas Fertilização Batata-doce.pdfAnabelaVeloso7
 
Batata doce 13207 72975-1-pb
Batata doce 13207 72975-1-pbBatata doce 13207 72975-1-pb
Batata doce 13207 72975-1-pbNuno Lemos
 
Calagem e adubação para hortaliças sob cultivo protegido*
Calagem e adubação para hortaliças sob cultivo protegido*Calagem e adubação para hortaliças sob cultivo protegido*
Calagem e adubação para hortaliças sob cultivo protegido*Rural Pecuária
 
Fertilização do morangueiro - Polo Regional Leste Paulista - Sede Monte Alegr...
Fertilização do morangueiro - Polo Regional Leste Paulista - Sede Monte Alegr...Fertilização do morangueiro - Polo Regional Leste Paulista - Sede Monte Alegr...
Fertilização do morangueiro - Polo Regional Leste Paulista - Sede Monte Alegr...Agricultura Sao Paulo
 
4a Parte do Curso de Fertirrigação, Matéria Orgânica Solofértil-2017 (1).pdf
4a Parte do Curso de Fertirrigação, Matéria Orgânica Solofértil-2017 (1).pdf4a Parte do Curso de Fertirrigação, Matéria Orgânica Solofértil-2017 (1).pdf
4a Parte do Curso de Fertirrigação, Matéria Orgânica Solofértil-2017 (1).pdfpaulo882111
 
NUTRIÇÃO MINERAL DA SOJA
NUTRIÇÃO MINERAL DA SOJANUTRIÇÃO MINERAL DA SOJA
NUTRIÇÃO MINERAL DA SOJAGeagra UFG
 
7ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013
7ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-20137ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013
7ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013Fattore
 
Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas
Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas
Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas Leandro Araujo
 
Nutrição mineral na cultura do milho
Nutrição mineral na cultura do milhoNutrição mineral na cultura do milho
Nutrição mineral na cultura do milhoGeagra UFG
 
Aplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verde
Aplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verdeAplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verde
Aplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verdearturbonilha mendes
 
Aplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verde
Aplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verdeAplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verde
Aplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verdearturbonilha mendes
 
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 - WORDPESS.pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 - WORDPESS.pptxSLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 - WORDPESS.pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 - WORDPESS.pptxLUANGABRIELDINIZDACO
 
Adubação Orgânica de Hortaliças e Frutíferas
Adubação Orgânica de Hortaliças e FrutíferasAdubação Orgânica de Hortaliças e Frutíferas
Adubação Orgânica de Hortaliças e FrutíferasRural Pecuária
 
Adubação orgânica de hortaliças e frutíferas
Adubação orgânica de hortaliças e frutíferasAdubação orgânica de hortaliças e frutíferas
Adubação orgânica de hortaliças e frutíferasfaccamp
 

Semelhante a Adubação na cultura do Algodeiro (20)

Adubação e nutrição de planta frutiferas.pdf
Adubação e nutrição de planta frutiferas.pdfAdubação e nutrição de planta frutiferas.pdf
Adubação e nutrição de planta frutiferas.pdf
 
Agricultura geral aula 1 de_adubacao
Agricultura geral aula 1 de_adubacaoAgricultura geral aula 1 de_adubacao
Agricultura geral aula 1 de_adubacao
 
13549731 manutencao de_jardins_e_relvados_-_adubacao
13549731 manutencao de_jardins_e_relvados_-_adubacao13549731 manutencao de_jardins_e_relvados_-_adubacao
13549731 manutencao de_jardins_e_relvados_-_adubacao
 
Fertilidade do solo
Fertilidade do soloFertilidade do solo
Fertilidade do solo
 
Fertilização do morangueiro
Fertilização do morangueiroFertilização do morangueiro
Fertilização do morangueiro
 
Boas Práticas Fertilização Batata-doce.pdf
Boas Práticas Fertilização Batata-doce.pdfBoas Práticas Fertilização Batata-doce.pdf
Boas Práticas Fertilização Batata-doce.pdf
 
Batata doce 13207 72975-1-pb
Batata doce 13207 72975-1-pbBatata doce 13207 72975-1-pb
Batata doce 13207 72975-1-pb
 
Calagem e adubação para hortaliças sob cultivo protegido*
Calagem e adubação para hortaliças sob cultivo protegido*Calagem e adubação para hortaliças sob cultivo protegido*
Calagem e adubação para hortaliças sob cultivo protegido*
 
Fertilização do morangueiro - Polo Regional Leste Paulista - Sede Monte Alegr...
Fertilização do morangueiro - Polo Regional Leste Paulista - Sede Monte Alegr...Fertilização do morangueiro - Polo Regional Leste Paulista - Sede Monte Alegr...
Fertilização do morangueiro - Polo Regional Leste Paulista - Sede Monte Alegr...
 
4a Parte do Curso de Fertirrigação, Matéria Orgânica Solofértil-2017 (1).pdf
4a Parte do Curso de Fertirrigação, Matéria Orgânica Solofértil-2017 (1).pdf4a Parte do Curso de Fertirrigação, Matéria Orgânica Solofértil-2017 (1).pdf
4a Parte do Curso de Fertirrigação, Matéria Orgânica Solofértil-2017 (1).pdf
 
NUTRIÇÃO MINERAL DA SOJA
NUTRIÇÃO MINERAL DA SOJANUTRIÇÃO MINERAL DA SOJA
NUTRIÇÃO MINERAL DA SOJA
 
7ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013
7ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-20137ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013
7ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013
 
Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas
Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas
Avaliação da fertilidade do solo e estado nutricional das plantas
 
1 3 ii
1 3 ii1 3 ii
1 3 ii
 
Nutrição mineral na cultura do milho
Nutrição mineral na cultura do milhoNutrição mineral na cultura do milho
Nutrição mineral na cultura do milho
 
Aplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verde
Aplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verdeAplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verde
Aplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verde
 
Aplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verde
Aplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verdeAplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verde
Aplicação de fósforo via solo e foliar na cultura do milho verde
 
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 - WORDPESS.pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 - WORDPESS.pptxSLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 - WORDPESS.pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 - WORDPESS.pptx
 
Adubação Orgânica de Hortaliças e Frutíferas
Adubação Orgânica de Hortaliças e FrutíferasAdubação Orgânica de Hortaliças e Frutíferas
Adubação Orgânica de Hortaliças e Frutíferas
 
Adubação orgânica de hortaliças e frutíferas
Adubação orgânica de hortaliças e frutíferasAdubação orgânica de hortaliças e frutíferas
Adubação orgânica de hortaliças e frutíferas
 

Mais de Geagra UFG

INTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptx
INTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptxINTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptx
INTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptxGeagra UFG
 
Colheita e armazenamento da soja........
Colheita e armazenamento da soja........Colheita e armazenamento da soja........
Colheita e armazenamento da soja........Geagra UFG
 
Manejo de doenças da soja...............
Manejo de doenças da soja...............Manejo de doenças da soja...............
Manejo de doenças da soja...............Geagra UFG
 
Mecanismo de ação de fungicidas.........
Mecanismo de ação de fungicidas.........Mecanismo de ação de fungicidas.........
Mecanismo de ação de fungicidas.........Geagra UFG
 
Mecanismo de ação de inseticidas........
Mecanismo de ação de inseticidas........Mecanismo de ação de inseticidas........
Mecanismo de ação de inseticidas........Geagra UFG
 
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptxSLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptxGeagra UFG
 
Cópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdf
Cópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdfCópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdf
Cópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdfGeagra UFG
 
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1) (1).pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1) (1).pptxSLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1) (1).pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1) (1).pptxGeagra UFG
 
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptx
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptxMANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptx
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptxGeagra UFG
 
Manejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de sojaManejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de sojaGeagra UFG
 
Tecnologia de aplicação
Tecnologia de aplicaçãoTecnologia de aplicação
Tecnologia de aplicaçãoGeagra UFG
 
Manejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de sojaManejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de sojaGeagra UFG
 
inoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptx
inoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptxinoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptx
inoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptxGeagra UFG
 
Correção do solo e adubação na soja
Correção do solo e adubação na sojaCorreção do solo e adubação na soja
Correção do solo e adubação na sojaGeagra UFG
 
SLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptx
SLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptxSLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptx
SLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptxGeagra UFG
 
BIOTECNOLOGIA E RECOMENDAÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA
BIOTECNOLOGIA E RECOMENDAÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA BIOTECNOLOGIA E RECOMENDAÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA
BIOTECNOLOGIA E RECOMENDAÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA Geagra UFG
 
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptx
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptxFENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptx
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptxGeagra UFG
 
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptx
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptxFENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptx
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptxGeagra UFG
 
Produção de milho-doce, milho-pipoca e milho-verde no Brasil.
Produção de milho-doce, milho-pipoca e milho-verde no Brasil. Produção de milho-doce, milho-pipoca e milho-verde no Brasil.
Produção de milho-doce, milho-pipoca e milho-verde no Brasil. Geagra UFG
 
Mecanismo de ação de fungicidas
Mecanismo de ação de fungicidasMecanismo de ação de fungicidas
Mecanismo de ação de fungicidasGeagra UFG
 

Mais de Geagra UFG (20)

INTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptx
INTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptxINTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptx
INTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptx
 
Colheita e armazenamento da soja........
Colheita e armazenamento da soja........Colheita e armazenamento da soja........
Colheita e armazenamento da soja........
 
Manejo de doenças da soja...............
Manejo de doenças da soja...............Manejo de doenças da soja...............
Manejo de doenças da soja...............
 
Mecanismo de ação de fungicidas.........
Mecanismo de ação de fungicidas.........Mecanismo de ação de fungicidas.........
Mecanismo de ação de fungicidas.........
 
Mecanismo de ação de inseticidas........
Mecanismo de ação de inseticidas........Mecanismo de ação de inseticidas........
Mecanismo de ação de inseticidas........
 
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptxSLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptx
 
Cópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdf
Cópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdfCópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdf
Cópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdf
 
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1) (1).pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1) (1).pptxSLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1) (1).pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1) (1).pptx
 
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptx
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptxMANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptx
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptx
 
Manejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de sojaManejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de soja
 
Tecnologia de aplicação
Tecnologia de aplicaçãoTecnologia de aplicação
Tecnologia de aplicação
 
Manejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de sojaManejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de soja
 
inoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptx
inoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptxinoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptx
inoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptx
 
Correção do solo e adubação na soja
Correção do solo e adubação na sojaCorreção do solo e adubação na soja
Correção do solo e adubação na soja
 
SLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptx
SLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptxSLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptx
SLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptx
 
BIOTECNOLOGIA E RECOMENDAÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA
BIOTECNOLOGIA E RECOMENDAÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA BIOTECNOLOGIA E RECOMENDAÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA
BIOTECNOLOGIA E RECOMENDAÇÃO DE CULTIVARES DE SOJA
 
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptx
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptxFENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptx
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptx
 
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptx
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptxFENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptx
FENOLOGIA E FISIOLOGIA DA SOJA.pptx
 
Produção de milho-doce, milho-pipoca e milho-verde no Brasil.
Produção de milho-doce, milho-pipoca e milho-verde no Brasil. Produção de milho-doce, milho-pipoca e milho-verde no Brasil.
Produção de milho-doce, milho-pipoca e milho-verde no Brasil.
 
Mecanismo de ação de fungicidas
Mecanismo de ação de fungicidasMecanismo de ação de fungicidas
Mecanismo de ação de fungicidas
 

Último

Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 

Último (20)

Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 

Adubação na cultura do Algodeiro

  • 1. Adubação do Algodoeiro Valter Fernandes da S. Paes
  • 2. Índice 1. Introdução 2. Amostragem e análise do solo 3. Correção do solo 4. Adubação do solo 5. Importância dos nutrientes 6. Notícias 7. Referências bibliográficas
  • 3. Introdução O que é adubação? Prática agrícola que consiste no fornecimento de adubos ou fertilizantes ao solo. E qual é a função da adubação? Recuperar os nutrientes do solo que foram absorvidos pelas plantas ou perdidos pelas chuvas.
  • 4. Introdução “ A adubação de qualquer cultivo começa com a análise de solo, continua com a correção da acidez e termina com a aplicação do adubo ( Malavolta, 1993)”
  • 5. Amostragem e análise de solo Avaliar a disponibilidade de nutrientes no solo e orientar a correta aplicação de corretivos e fertilizantes. Divida a área em glebas homogêneas, Retire 20 amostras simples, formando uma composta. Enviar a amostra composta para o laboratório.
  • 6. Amostragem e análise de solo Fotos: Lucas Taveira
  • 7. Correção do solo O crescimento das raízes das plantas é reduzido na presença de excesso de alumínio (Al), Correção através do uso de Calcário e Gesso agrícola. Foto: Wagner Ribeiro
  • 8. Correção do solo Foto: Djalma Martinhão
  • 9. Adubação do solo De forma geral, existem dois tipos de adubos: I. Orgânicos  São os oriundos de matéria vegetal ou animal. II.Inorgânicos  São obtidos da extração mineral ou derivados de petróleo.
  • 10. Adubação do solo Adubos orgânicos: 1. Torta de Mamona - (Cerca de 5% de Nitrogênio) 2.Humus - decomposição de restos vegetais e animais 3.Compostagem - rico em substâncias húmicas e nutrientes minerais. 4.Estercos - Ricos em macronutrientes (NPK)
  • 11. Adubação do solo Adubos inorgânicos: 1. MAP – 10% de N e 46 a 50% de P2O5 2.Uréia – 45 % de Nitrogênio 3. Super simples (16 a 18% de P2O5 e 18 a 20% de Ca - Cálcio) 4.Super triplo (41% de P2O5 e 7 a 12% de Ca) 5.Formulações comerciais ( Ex: 20-00-20)
  • 12. Adubação do solo A adubação é apenas um fator de produção, Até que ponto o empresário está disposto a investir? Expectativas de produtividades irrealistas é prejuízo na certa, As leis biológicas precisam ser atendidas para otimizar a resposta.
  • 13. Importância dos nutrientes A recomendação de nitrogênio é baseada na produtividade esperada. Qual é a sua importância para a planta? Ele é fundamental no seu desenvolvimento, sobretudo dos órgãos vegetativos. Quais são os sintomas de sua deficiência?
  • 14. Importância dos nutrientes Amarelecimento da planta e queda prematura das folhas mais velhas. Foto: Ciro Antônio Rosolem Foto: Ridgway, Jimmy
  • 15. Importância dos nutrientes O fósforo é recomendado em função da análise do solo. Qual é a sua importância? Função no crescimento inicial da raiz, influenciando o vigor da planta e a precocidade da cultura. Quais são os sintomas de sua deficiência?
  • 16. Importância dos nutrientes Atraso no desenvolvimento, coloração verde escuro intensa e manchas ferruginosas no limbo das folhas. Foto: Ciro Antônio Rosolem
  • 17. Importância dos nutrientes O potássio é recomendado em função da análise do solo. Qual é a sua importância? Aumento da atividade assimilatória da folha. Quais são os sintomas de sua deficiência?
  • 18. Importância dos nutrientes Amarelecimento das margens das folhas mais velhas, que avança entre as nervuras. Foto: Jasper, Jorg Foto: Simmes, Christine
  • 19. Importância dos nutrientes O boro é um elemento químico essencial para o algodoeiro, Sua deficiência causa abortamento de botão floral, superbrotamento e morte dos ponteiros Fotos: Ciro Antônio Rosolem
  • 21. Referências Bibliográficas Embrapa, disponível em < http://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/Fontes HTML/Algodao/AlgodaoCerrado/adubacao.htm , acesso em 02/09/2014. MALAVOLTA, E. Elementos de Nutrição Mineral de Plantas, 1993. ROSOLEM, C. A. Problemas em nutrição mineral, calagem e adubação do algodoeiro. n. 95. Piracicaba: Potafos, 2001. 21p. (Informações Agronômicas, 95).
  • 22. Obrigado! Valter Fernandes da S. Paes Email: valterfernandes_jr@hotmail.com Celular: 062 - 85759481