SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
MADELEINE
LEININGER
TEORIA DA DIVERSIDADE E UNIVERSALIDADE
DO CUIDADO CULTURAL
Quem foi Madeleine Leininger:
 1925: Madeleine Leininger nasceu em Sutton, Nebraska, EUA.
 1948: iniciou sua carreira ao concluir o curso de graduação em enfermagem.
 1950: criou o modelo que tinha uma visão transcultural do cuidado para o
individuo.
 1950: concluiu também o curso de graduação em Ciências Biológicas.
 1954: mestrado em enfermagem psiquiátrica
 1965: doutorado em antropologia cultural, social e psicológica.
 1966: responsável pelo primeiro curso de enfermagem transcultural
 2012: morte
Introdução:
 Madeleine Leininger refere que o cuidado humano é universal, sendo vivenciado nas
diversas culturas, e em sua teoria sobre a Diversidade e Universalidade do Cuidado
Cultural, enfatiza que o mesmo é necessário para o desenvolvimento da prática
assistencial de enfermagem.
 A teoria de Leininger foi construída com base no conhecimento de que povos de
cada cultura conhecem e define as suas maneiras, através das quais eles
experimentam e percebem seu cuidado de enfermagem. Sendo capazes de relacionar
estas experiencias e percepções as suas crenças e práticas gerais de saúde.
Etnoenfermagem:
 Durante seu curso de doutorado Leininger desenvolveu o primeiro método de pesquisa
genuinamente da enfermagem o qual denominou de Etnoenfermagem.
 A Etnoenfermagem é utilizada para enfocar o contexto cultural e de cuidados à saúde de uma
cultura específica, com suas peculiaridades, forma, padrões, comportamentos, expressões e
considerações frente ao processo de saúde e doença, podendo proporcionar diversos benefícios
para os trabalhadores da saúde, e, principalmente, para os usuários por eles assistidos.
 Os trabalhadores, desse modo, podem obter uma visão mais ampla dos aspectos culturais que
predominam neste contexto e este conhecimento serve como base para a tomada de decisões e
ações do cuidado, de modo humanizado e com qualidade.
Etnoenfermagem:
 Com o método previamente definido Leininger passou a realizar estudos
etnográficos/etnoenfermagem durante dois anos em Nova Guiné, em uma população
indígena.
 Com isso, Leininger não só observou questões específicas daquela cultura, mas também
percebeu uma marcante diferença cultural entre os povos do ocidente e oriente
especialmente no que se refere aos cuidados à saúde e práticas saudáveis.
 Essa experiência na Nova Guiné foi de grande importância para a fundamentação e
validação de sua teoria.
Teoria da Diversidade e Universalidade do
Cuidado Cultural
 A Teoria da Diversidade e da Universalidade do Cuidado Cultural, de
acordo com Madeleine, se concentra em descrever, explicar e prever
semelhanças e diferenças de enfermagem focadas principalmente
no cuidado humano.
 Abrange questões filosóficas e orientações conceptuais que derivam
principalmente de uma perspectiva antropológica dos seres
humanos que vivem em contextos sociais diferentes.
Teoria da Diversidade e Universalidade do
Cuidado Cultural
 A teoria foi publicada pela primeira vez em 1978, no livro “Transcultural
Nursing”
 Foi a primeira teoria de enfermagem que se focou na explicação do cuidado
humano a partir de uma perspectiva transcultural, afirmando que este é a
essência da enfermagem e um domínio central e unificador do conhecimento
e das práticas de enfermagem.
Teoria da Diversidade e Universalidade do
Cuidado Cultural
 Desenvolvido particularmente para descobrir os significados e
maneiras de cuidar de pessoas que têm diferentes tipos valores e vida.
 Projetado para orientar os enfermeiros, para fornecer cuidados de
enfermagem que se encaixam com aqueles que estão sendo
atendidos.
Teoria da Diversidade e Universalidade do
Cuidado Cultural
Madeleine considerava que a enfermagem tinha duas dimensões:
 Humana (Compreender e conhecer os seres humanos)
 Cientifica (Indicadores precisos e dedutivamente predefinidos, lógicos e
mensuráveis)
Foram estas as linhas de pensamento que usou para guiar o seu pensamento e
desenvolver a sua teoria.
Teoria da Diversidade e Universalidade do
Cuidado Cultural
 Segundo a teoria, o cuidar era visto como um modo humanístico de
estar com os outros para ajuda-los em momentos de necessidade ou
para a saúde e bem-estar.
Modelo Sunrise
 Para Madeleine, a Teoria da Diversidade e Universalidade do Cuidado
Cultural é capaz de predizer e explicar os padrões de "cuidado humano"
das diversas culturas e as práticas do cuidado de enfermagem, bem como
os fatores que o influenciam.
 Desta forma, propôs o modelo que denominou “Modelo Sunrise",
simbolizado pelo nascer do sol, no sentido de auxiliar a análise do
significado do cuidado para as diversas culturas.
Modelo Sunrise
 Visão do mundo
 Estado biofísico
 Orientação religiosa ou espiritual
 Fenômenos culturais
 Linguagem
 Crenças e valores
Para compreender e prever o cuidado cultural, os
enfermeiros precisam considerar, numa visão holística,
importantes dimensões como:
Conclusão:
 Essa teoria tem como objetivo conferir cuidados culturalmente
congruentes e indivíduos de culturas diferentes (contribuindo assim
para a prestação de cuidados por parte dos enfermeiros).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

1ª aula introducao de-enfermagem
1ª aula introducao de-enfermagem1ª aula introducao de-enfermagem
1ª aula introducao de-enfermagemElter Alves
 
Teorias e modelos de enfermagem
Teorias e modelos de enfermagem Teorias e modelos de enfermagem
Teorias e modelos de enfermagem resenfe2013
 
Aula de humanização plt
Aula de humanização pltAula de humanização plt
Aula de humanização pltenfanhanguera
 
Historia Da Enfermagem
Historia Da EnfermagemHistoria Da Enfermagem
Historia Da EnfermagemFernando Dias
 
Aula 01 - O Processo Saúde e Doença
Aula 01 - O Processo Saúde e DoençaAula 01 - O Processo Saúde e Doença
Aula 01 - O Processo Saúde e DoençaGhiordanno Bruno
 
Enfermagem o papel e a importância
Enfermagem   o papel e a importânciaEnfermagem   o papel e a importância
Enfermagem o papel e a importânciaCélia Costa
 
HISTORIA DA ENFERMAGEM fund 1.pdf
HISTORIA DA ENFERMAGEM fund 1.pdfHISTORIA DA ENFERMAGEM fund 1.pdf
HISTORIA DA ENFERMAGEM fund 1.pdfRodrigoBatista51924
 
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)resenfe2013
 
Estrutura Organizacional e os Serviços de Enfermagem
Estrutura Organizacional e os Serviços de EnfermagemEstrutura Organizacional e os Serviços de Enfermagem
Estrutura Organizacional e os Serviços de EnfermagemCentro Universitário Ages
 
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)Amanda Moura
 
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e PsiquiatriaO papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e PsiquiatriaAliny Lima
 
Humanização Na Assistencia de Enfermagem
Humanização Na Assistencia de  EnfermagemHumanização Na Assistencia de  Enfermagem
Humanização Na Assistencia de EnfermagemCharles Lima
 

Mais procurados (20)

1ª aula introducao de-enfermagem
1ª aula introducao de-enfermagem1ª aula introducao de-enfermagem
1ª aula introducao de-enfermagem
 
Sae aula .. (1)
Sae aula .. (1)Sae aula .. (1)
Sae aula .. (1)
 
Teorias e modelos de enfermagem
Teorias e modelos de enfermagem Teorias e modelos de enfermagem
Teorias e modelos de enfermagem
 
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALARORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
 
Aula de humanização plt
Aula de humanização pltAula de humanização plt
Aula de humanização plt
 
História da enfermagem
História da enfermagemHistória da enfermagem
História da enfermagem
 
Humanização na assistência de enfermagem
Humanização na assistência de enfermagemHumanização na assistência de enfermagem
Humanização na assistência de enfermagem
 
Sae
SaeSae
Sae
 
Aula 01 O Hospital
Aula 01 O HospitalAula 01 O Hospital
Aula 01 O Hospital
 
Historia Da Enfermagem
Historia Da EnfermagemHistoria Da Enfermagem
Historia Da Enfermagem
 
Aula 01 - O Processo Saúde e Doença
Aula 01 - O Processo Saúde e DoençaAula 01 - O Processo Saúde e Doença
Aula 01 - O Processo Saúde e Doença
 
Enfermagem o papel e a importância
Enfermagem   o papel e a importânciaEnfermagem   o papel e a importância
Enfermagem o papel e a importância
 
HISTORIA DA ENFERMAGEM fund 1.pdf
HISTORIA DA ENFERMAGEM fund 1.pdfHISTORIA DA ENFERMAGEM fund 1.pdf
HISTORIA DA ENFERMAGEM fund 1.pdf
 
Teorias de Enfermagem
Teorias de EnfermagemTeorias de Enfermagem
Teorias de Enfermagem
 
HistóRia Da Enfermagem No Brasil
HistóRia Da Enfermagem No BrasilHistóRia Da Enfermagem No Brasil
HistóRia Da Enfermagem No Brasil
 
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
 
Estrutura Organizacional e os Serviços de Enfermagem
Estrutura Organizacional e os Serviços de EnfermagemEstrutura Organizacional e os Serviços de Enfermagem
Estrutura Organizacional e os Serviços de Enfermagem
 
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
 
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e PsiquiatriaO papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
 
Humanização Na Assistencia de Enfermagem
Humanização Na Assistencia de  EnfermagemHumanização Na Assistencia de  Enfermagem
Humanização Na Assistencia de Enfermagem
 

Semelhante a Madeleine leininger - Teorias

Cuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.ppt
Cuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.pptCuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.ppt
Cuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.pptGabrielaCordeiro26
 
Teorias do cuidado de Enfermagem - Slide
Teorias do cuidado de Enfermagem - SlideTeorias do cuidado de Enfermagem - Slide
Teorias do cuidado de Enfermagem - Slidekassyannymenedy
 
Teoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardi
Teoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardiTeoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardi
Teoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardielisabett moreira
 
Wanda horta e o cuidado.pptx
Wanda horta e o cuidado.pptxWanda horta e o cuidado.pptx
Wanda horta e o cuidado.pptxJessiellyGuimares
 
Princípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminal
Princípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminalPrincípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminal
Princípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminalAssociação Viva e Deixe Viver
 
HUMANIZAÇÃO.pptx
HUMANIZAÇÃO.pptxHUMANIZAÇÃO.pptx
HUMANIZAÇÃO.pptxtuttitutti1
 
A história da psicologia hospitalar
A história da psicologia hospitalarA história da psicologia hospitalar
A história da psicologia hospitalarAnderson Souza
 
Como trabalhar com cuidados paliativos na atenção à saúde
Como trabalhar com cuidados paliativos na atenção à saúdeComo trabalhar com cuidados paliativos na atenção à saúde
Como trabalhar com cuidados paliativos na atenção à saúdeAssociação Viva e Deixe Viver
 
FUNDAMENTOS DO CUIDAR EM ENFERMAGEM.pptx
FUNDAMENTOS DO CUIDAR EM ENFERMAGEM.pptxFUNDAMENTOS DO CUIDAR EM ENFERMAGEM.pptx
FUNDAMENTOS DO CUIDAR EM ENFERMAGEM.pptxdouglas870578
 
Teoria das relações interpessoais em enfermagem
Teoria das relações interpessoais em enfermagemTeoria das relações interpessoais em enfermagem
Teoria das relações interpessoais em enfermagemAnhanguera Enfermagem A/B
 
AULA 01 INTRODUÇÃO A PSI APLICADA.pdf
AULA 01 INTRODUÇÃO A PSI APLICADA.pdfAULA 01 INTRODUÇÃO A PSI APLICADA.pdf
AULA 01 INTRODUÇÃO A PSI APLICADA.pdfMirnaKathary1
 
UFCD - 6579 Cuidados na Saúde Mental
UFCD -  6579 Cuidados na Saúde MentalUFCD -  6579 Cuidados na Saúde Mental
UFCD - 6579 Cuidados na Saúde MentalNome Sobrenome
 
Aula Saúde Mental e assistencia de enfermagem
Aula Saúde Mental e assistencia de enfermagemAula Saúde Mental e assistencia de enfermagem
Aula Saúde Mental e assistencia de enfermagemMaguidaSilva1
 
As teorias de enfermagem
As teorias de enfermagemAs teorias de enfermagem
As teorias de enfermagemjakemarques
 
Aula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Aula 01 - Saúde, Cultura e SociedadeAula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Aula 01 - Saúde, Cultura e SociedadeGhiordanno Bruno
 
Histórico dos conceitos: medicina complementar e integrativa
Histórico dos conceitos: medicina complementar e integrativaHistórico dos conceitos: medicina complementar e integrativa
Histórico dos conceitos: medicina complementar e integrativacomunidadedepraticas
 

Semelhante a Madeleine leininger - Teorias (20)

Cuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.ppt
Cuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.pptCuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.ppt
Cuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.ppt
 
Teorias do cuidado de Enfermagem - Slide
Teorias do cuidado de Enfermagem - SlideTeorias do cuidado de Enfermagem - Slide
Teorias do cuidado de Enfermagem - Slide
 
Teoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardi
Teoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardiTeoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardi
Teoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardi
 
Wanda horta e o cuidado.pptx
Wanda horta e o cuidado.pptxWanda horta e o cuidado.pptx
Wanda horta e o cuidado.pptx
 
Princípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminal
Princípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminalPrincípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminal
Princípios éticos no cuidado com paciente pediátrico terminal
 
HUMANIZAÇÃO.pptx
HUMANIZAÇÃO.pptxHUMANIZAÇÃO.pptx
HUMANIZAÇÃO.pptx
 
A história da psicologia hospitalar
A história da psicologia hospitalarA história da psicologia hospitalar
A história da psicologia hospitalar
 
Como trabalhar com cuidados paliativos na atenção à saúde
Como trabalhar com cuidados paliativos na atenção à saúdeComo trabalhar com cuidados paliativos na atenção à saúde
Como trabalhar com cuidados paliativos na atenção à saúde
 
FUNDAMENTOS DO CUIDAR EM ENFERMAGEM.pptx
FUNDAMENTOS DO CUIDAR EM ENFERMAGEM.pptxFUNDAMENTOS DO CUIDAR EM ENFERMAGEM.pptx
FUNDAMENTOS DO CUIDAR EM ENFERMAGEM.pptx
 
Teoria das relações interpessoais em enfermagem
Teoria das relações interpessoais em enfermagemTeoria das relações interpessoais em enfermagem
Teoria das relações interpessoais em enfermagem
 
AULA 01 INTRODUÇÃO A PSI APLICADA.pdf
AULA 01 INTRODUÇÃO A PSI APLICADA.pdfAULA 01 INTRODUÇÃO A PSI APLICADA.pdf
AULA 01 INTRODUÇÃO A PSI APLICADA.pdf
 
UFCD - 6579 Cuidados na Saúde Mental
UFCD -  6579 Cuidados na Saúde MentalUFCD -  6579 Cuidados na Saúde Mental
UFCD - 6579 Cuidados na Saúde Mental
 
Aula Saúde Mental e assistencia de enfermagem
Aula Saúde Mental e assistencia de enfermagemAula Saúde Mental e assistencia de enfermagem
Aula Saúde Mental e assistencia de enfermagem
 
Silide bases
Silide basesSilide bases
Silide bases
 
111 441-1-pb
111 441-1-pb111 441-1-pb
111 441-1-pb
 
As teorias de enfermagem
As teorias de enfermagemAs teorias de enfermagem
As teorias de enfermagem
 
Aula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Aula 01 - Saúde, Cultura e SociedadeAula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Aula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
 
Visitadomic
VisitadomicVisitadomic
Visitadomic
 
Histórico dos conceitos: medicina complementar e integrativa
Histórico dos conceitos: medicina complementar e integrativaHistórico dos conceitos: medicina complementar e integrativa
Histórico dos conceitos: medicina complementar e integrativa
 
Histórico dos conceitos: medicina complementar e integrativa
Histórico dos conceitos: medicina complementar e integrativaHistórico dos conceitos: medicina complementar e integrativa
Histórico dos conceitos: medicina complementar e integrativa
 

Madeleine leininger - Teorias

  • 1. MADELEINE LEININGER TEORIA DA DIVERSIDADE E UNIVERSALIDADE DO CUIDADO CULTURAL
  • 2. Quem foi Madeleine Leininger:  1925: Madeleine Leininger nasceu em Sutton, Nebraska, EUA.  1948: iniciou sua carreira ao concluir o curso de graduação em enfermagem.  1950: criou o modelo que tinha uma visão transcultural do cuidado para o individuo.  1950: concluiu também o curso de graduação em Ciências Biológicas.  1954: mestrado em enfermagem psiquiátrica  1965: doutorado em antropologia cultural, social e psicológica.  1966: responsável pelo primeiro curso de enfermagem transcultural  2012: morte
  • 3. Introdução:  Madeleine Leininger refere que o cuidado humano é universal, sendo vivenciado nas diversas culturas, e em sua teoria sobre a Diversidade e Universalidade do Cuidado Cultural, enfatiza que o mesmo é necessário para o desenvolvimento da prática assistencial de enfermagem.  A teoria de Leininger foi construída com base no conhecimento de que povos de cada cultura conhecem e define as suas maneiras, através das quais eles experimentam e percebem seu cuidado de enfermagem. Sendo capazes de relacionar estas experiencias e percepções as suas crenças e práticas gerais de saúde.
  • 4. Etnoenfermagem:  Durante seu curso de doutorado Leininger desenvolveu o primeiro método de pesquisa genuinamente da enfermagem o qual denominou de Etnoenfermagem.  A Etnoenfermagem é utilizada para enfocar o contexto cultural e de cuidados à saúde de uma cultura específica, com suas peculiaridades, forma, padrões, comportamentos, expressões e considerações frente ao processo de saúde e doença, podendo proporcionar diversos benefícios para os trabalhadores da saúde, e, principalmente, para os usuários por eles assistidos.  Os trabalhadores, desse modo, podem obter uma visão mais ampla dos aspectos culturais que predominam neste contexto e este conhecimento serve como base para a tomada de decisões e ações do cuidado, de modo humanizado e com qualidade.
  • 5. Etnoenfermagem:  Com o método previamente definido Leininger passou a realizar estudos etnográficos/etnoenfermagem durante dois anos em Nova Guiné, em uma população indígena.  Com isso, Leininger não só observou questões específicas daquela cultura, mas também percebeu uma marcante diferença cultural entre os povos do ocidente e oriente especialmente no que se refere aos cuidados à saúde e práticas saudáveis.  Essa experiência na Nova Guiné foi de grande importância para a fundamentação e validação de sua teoria.
  • 6. Teoria da Diversidade e Universalidade do Cuidado Cultural  A Teoria da Diversidade e da Universalidade do Cuidado Cultural, de acordo com Madeleine, se concentra em descrever, explicar e prever semelhanças e diferenças de enfermagem focadas principalmente no cuidado humano.  Abrange questões filosóficas e orientações conceptuais que derivam principalmente de uma perspectiva antropológica dos seres humanos que vivem em contextos sociais diferentes.
  • 7. Teoria da Diversidade e Universalidade do Cuidado Cultural  A teoria foi publicada pela primeira vez em 1978, no livro “Transcultural Nursing”  Foi a primeira teoria de enfermagem que se focou na explicação do cuidado humano a partir de uma perspectiva transcultural, afirmando que este é a essência da enfermagem e um domínio central e unificador do conhecimento e das práticas de enfermagem.
  • 8. Teoria da Diversidade e Universalidade do Cuidado Cultural  Desenvolvido particularmente para descobrir os significados e maneiras de cuidar de pessoas que têm diferentes tipos valores e vida.  Projetado para orientar os enfermeiros, para fornecer cuidados de enfermagem que se encaixam com aqueles que estão sendo atendidos.
  • 9. Teoria da Diversidade e Universalidade do Cuidado Cultural Madeleine considerava que a enfermagem tinha duas dimensões:  Humana (Compreender e conhecer os seres humanos)  Cientifica (Indicadores precisos e dedutivamente predefinidos, lógicos e mensuráveis) Foram estas as linhas de pensamento que usou para guiar o seu pensamento e desenvolver a sua teoria.
  • 10. Teoria da Diversidade e Universalidade do Cuidado Cultural  Segundo a teoria, o cuidar era visto como um modo humanístico de estar com os outros para ajuda-los em momentos de necessidade ou para a saúde e bem-estar.
  • 11. Modelo Sunrise  Para Madeleine, a Teoria da Diversidade e Universalidade do Cuidado Cultural é capaz de predizer e explicar os padrões de "cuidado humano" das diversas culturas e as práticas do cuidado de enfermagem, bem como os fatores que o influenciam.  Desta forma, propôs o modelo que denominou “Modelo Sunrise", simbolizado pelo nascer do sol, no sentido de auxiliar a análise do significado do cuidado para as diversas culturas.
  • 12. Modelo Sunrise  Visão do mundo  Estado biofísico  Orientação religiosa ou espiritual  Fenômenos culturais  Linguagem  Crenças e valores Para compreender e prever o cuidado cultural, os enfermeiros precisam considerar, numa visão holística, importantes dimensões como:
  • 13. Conclusão:  Essa teoria tem como objetivo conferir cuidados culturalmente congruentes e indivíduos de culturas diferentes (contribuindo assim para a prestação de cuidados por parte dos enfermeiros).