PLEIOTROPIA Herança em que um único par de genes condiciona váriascaracterísticas simultaneamente. Efeito múltiplo de um...
Síndrome de Lawrence-Moon
Fenilcetonúria
OS ALELOSMÚLTIPLOS
Alelos Múltiplos (Polialelia) Herança determinada por 3 ou mais alelos que condicionamum só caráter, obedecendo os padrõe...
Alelos Múltiplos (Polialelia)Ex.: Cor da pelagem em coelhos.4 alelos C  selvagem (aguti). cch chinchila. ch himalaia...
7. Cor de pêlos em coelhos A cor da pelagem em coelhos écondicionada por 4 formas alélicas e 10genótipos diferentes. CC ...
C > cch> ch> caGenótipo FenótipoCC, C Cch, C Che C CaSelvagem ou agutiCchCch, CchChe CchCaChinchilaChChe Ch CaHimalaiaCaCa...
Grupos Sangüíneos Determinado por proteínas presentes no plasma ou nashemácias. Conhecimento importante nas transfusões,...
AGLUTINAÇÃOAGLUTINAÇÃOReação ANTÍGENO X ANTICORPOAGLUTINOGÊNIO AGLUTININAAGLUTINOGÊNIO AGLUTININA
ANTÍGENO ( AGLUTINOGÊNIO):GLICOPROTEÍNAS PRESENTE NA M. P.DAS HEMÁCIAS CONTROLADA PORUMA SÉRIE DE 3 ALELOSLOCALIZADOS NO P...
ANTICORPOS ( AGLUTININAS):PROTEÍNAS PRESENTES NO PLASMA DASHEMÁCIAS QUE REAGEM CONTRA ESSESAGLUTINOGÊNIOS.ANTICORPO ANTI -...
Sistema ABOOs grupos do sistema ABO são determinados por uma sériede 3 alelos, IA, IBe i onde: Gene IAdetermina a produçã...
Sistema ABOGrupo Sangüíneo Aglutinogênio nashemáciasAglutinina no plasmaA PTN A Anti-BB PTN B Anti-AAB PTN A e PTN B -O - ...
Aglutinação/coagulaçãoAglutinação/coagulaçãoDestruição dos antígenos(aglutinogênios) pelos anticorpos(aglutininas) no sang...
 A taxa de aglutinogênio nas hemácias éA taxa de aglutinogênio nas hemácias érelativamente maior que a taxa derelativamen...
Sistema RhFator RhFator Rh  Proteína encontrada nas hemácias que podeagir como antígeno se for inserida em indivíduos que...
FATOR RhFATOR Rh GENÓTIPOGENÓTIPO PTN RhPTN Rh ANTICORPOANTICORPOSSRh + DD Dd + AUSENTESRh - dd - PODE TER
4. Determinação do TipoSanguíneo e Fator RHSoro anti – A ataca o antígeno ASoro Anti – B ataca o antígeno BSoro anti –Rh a...
da lâmina e observa a aglutinação. O mesmo método ocorre com ofator Rh.
Interpretação dos resultados:Interpretação dos resultados: Não havendo aglutinação emnenhuma das duas gotas desangue, o i...
Havendo aglutinação apenasna gota de sangue em que secolocou o soro anti –A, oindivíduo é grupo A.grupo A.Havendo agluti...
6.Heritroblastose Fetal DHRN Doença que ataca o feto durante odesenvolvimento embrionário. As hemácias do feto sofremdes...
surdez, deficiência mental (lesõesem centros nervosos), morteintra-uterina ou ao nascer. Agravante  fator RhOcorrência ...
Afeta o recém nascido e pode causar: forte anemia, icterícia edestruição das hemácias. Em casos extremos pode levar àmorte...
Ocorrência da D.H.R.N.
Os alelos múltiplos
Os alelos múltiplos
Os alelos múltiplos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os alelos múltiplos

3.343 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.343
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
208
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
105
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os alelos múltiplos

  1. 1. PLEIOTROPIA Herança em que um único par de genes condiciona váriascaracterísticas simultaneamente. Efeito múltiplo de um gene.Exemplos: Síndrome de Lawrence-Moon: obesidade, oligofrenia,polidactilia e hipogonadismo. Síndrome de Marfan: defeitos cardíacos, problemas visuais,aracnodactilia. Fenilcetonúria: deficiência mental, convulsões, icterícia,queda de cabelo, urina muito concentrada.
  2. 2. Síndrome de Lawrence-Moon
  3. 3. Fenilcetonúria
  4. 4. OS ALELOSMÚLTIPLOS
  5. 5. Alelos Múltiplos (Polialelia) Herança determinada por 3 ou mais alelos que condicionamum só caráter, obedecendo os padrões mendelianos. Cada indivíduo tem, no genótipo, apenas dois alelos, um deorigem paterna e outro de origem materna. Novos alelos surgem por mutações que provocam alteraçõesna proteína original.
  6. 6. Alelos Múltiplos (Polialelia)Ex.: Cor da pelagem em coelhos.4 alelos C  selvagem (aguti). cch chinchila. ch himalaia. ca albino.C _cch_ch_caca
  7. 7. 7. Cor de pêlos em coelhos A cor da pelagem em coelhos écondicionada por 4 formas alélicas e 10genótipos diferentes. CC  pelagem castanha – agutiagutiCCchch pelagem cinzenta prateada –chinchilachinchilaCChh pelagem branca com extremidadesescuras – himalaiahimalaiaCCaa pelagem branca - albinaalbina
  8. 8. C > cch> ch> caGenótipo FenótipoCC, C Cch, C Che C CaSelvagem ou agutiCchCch, CchChe CchCaChinchilaChChe Ch CaHimalaiaCaCaAlbino
  9. 9. Grupos Sangüíneos Determinado por proteínas presentes no plasma ou nashemácias. Conhecimento importante nas transfusões, medicina legal,estudos étnicos, etc. Transfusões baseadas nas relações antígeno/anticorpo.A herança obedece os padrões mendelianos: Sistema ABO  Polialelia e codominância. Sistema Rh  Monoibridismo com dominância. Sistema MN  Monoibridismo sem dominância.
  10. 10. AGLUTINAÇÃOAGLUTINAÇÃOReação ANTÍGENO X ANTICORPOAGLUTINOGÊNIO AGLUTININAAGLUTINOGÊNIO AGLUTININA
  11. 11. ANTÍGENO ( AGLUTINOGÊNIO):GLICOPROTEÍNAS PRESENTE NA M. P.DAS HEMÁCIAS CONTROLADA PORUMA SÉRIE DE 3 ALELOSLOCALIZADOS NO PAR DECROMOSSOMOS 9.ANTÍGENO A e B.ANTÍGENO A e B.
  12. 12. ANTICORPOS ( AGLUTININAS):PROTEÍNAS PRESENTES NO PLASMA DASHEMÁCIAS QUE REAGEM CONTRA ESSESAGLUTINOGÊNIOS.ANTICORPO ANTI -A eANTICORPO ANTI -A eANTI – B.ANTI – B.
  13. 13. Sistema ABOOs grupos do sistema ABO são determinados por uma sériede 3 alelos, IA, IBe i onde: Gene IAdetermina a produção do aglutinogênio A. Gene IBdetermina a produção do aglutinogênio B. Gene i determina a não produção de aglutinogênios.Fenótipos GenótiposGrupo A IAIAou IAiGrupo B IBIBou IBiGrupo AB IAIBGrupo O iiIIAA= I= IBB> i> i
  14. 14. Sistema ABOGrupo Sangüíneo Aglutinogênio nashemáciasAglutinina no plasmaA PTN A Anti-BB PTN B Anti-AAB PTN A e PTN B -O - Anti-A e Anti-BDoaçõesDoaçõesOA BAB
  15. 15. Aglutinação/coagulaçãoAglutinação/coagulaçãoDestruição dos antígenos(aglutinogênios) pelos anticorpos(aglutininas) no sangue. As hemácias do doador sãoaglutinadas no plasma do receptor.Quem recebe é quem irá sedefender !!! Porém...
  16. 16.  A taxa de aglutinogênio nas hemácias éA taxa de aglutinogênio nas hemácias érelativamente maior que a taxa derelativamente maior que a taxa deaglutinina no plasma.aglutinina no plasma. Se o sangue doado apresentaaglutinogênios A, o sangue do receptor nãopode conter aglutininas anti- A. Se o sangue doado contém aglutinogêniosB, o receptor não pode apresentaraglutininas anti- B.
  17. 17. Sistema RhFator RhFator Rh  Proteína encontrada nas hemácias que podeagir como antígeno se for inserida em indivíduos que nãoa possuam.Rh+ indivíduos que possuem a proteína.Rh- indivíduos que não possuem a proteína.DoaçõesDoaçõesRh-Rh+
  18. 18. FATOR RhFATOR Rh GENÓTIPOGENÓTIPO PTN RhPTN Rh ANTICORPOANTICORPOSSRh + DD Dd + AUSENTESRh - dd - PODE TER
  19. 19. 4. Determinação do TipoSanguíneo e Fator RHSoro anti – A ataca o antígeno ASoro Anti – B ataca o antígeno BSoro anti –Rh ataca o antígeno Rh Coleta-se sangue; coloca-se umagota de cada lado da lâmina. Pinga-se uma gota do soro anti- A deuma lado e anti- B de outro lado
  20. 20. da lâmina e observa a aglutinação. O mesmo método ocorre com ofator Rh.
  21. 21. Interpretação dos resultados:Interpretação dos resultados: Não havendo aglutinação emnenhuma das duas gotas desangue, o indivíduo pertence aogrupo O.grupo O.Havendo aglutinação nas duasgotas de sangue o indivíduo édo grupo AB.grupo AB.
  22. 22. Havendo aglutinação apenasna gota de sangue em que secolocou o soro anti –A, oindivíduo é grupo A.grupo A.Havendo aglutinação apenasna gota de sangue em que secolocou o soro anti –B, oindivíduo é grupo B.grupo B.
  23. 23. 6.Heritroblastose Fetal DHRN Doença que ataca o feto durante odesenvolvimento embrionário. As hemácias do feto sofremdestruição, o que provoca  anemiagrave pela destruição de hemácias,icterícia (depósito de bilirrubina),insuficiência hepática,
  24. 24. surdez, deficiência mental (lesõesem centros nervosos), morteintra-uterina ou ao nascer. Agravante  fator RhOcorrência  quando a mãe éRH - e pai e filho são Rh+ PrevençãoPrevenção  vacina ou soro anti-Rh intravenosamente até 48 horasapós o parto.
  25. 25. Afeta o recém nascido e pode causar: forte anemia, icterícia edestruição das hemácias. Em casos extremos pode levar àmorte e/ou doenças que se seguem até a fase adulta.
  26. 26. Ocorrência da D.H.R.N.

×