Complexo golgiense

292 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
292
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
50
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Complexo golgiense

  1. 1. COMPLEXO GOLGIENSE COMPLEXO DE GOLGI
  2. 2. O Complexo de Golgi está presente em praticamente todas as células eucariontes, e consiste de bolsas membranosas achatadas, empilhadas como pratos. Cada uma dessas pilhas recebe o nome de dictiossomo ou golgiossomo. Nas células animais, os dictiossomos geralmente se encontram reunidos em um único local, próximo ao núcleo. Nas células vegetais,fungos e protistas geralmente há vários dictiossomos espalhados pelo citoplasma.
  3. 3. FUNÇÕES O Comlexo de Golgi atua como centro de armazenamento, transformação, empacotamento e remessa de substâncias na célula. Muitas das substâncias que passam pelo aparelho de Golgi serão eliminadas da célula, indo atuar em diferentes partes do organismo. É o que ocorre, por exemplo, com as enzimas digestivas produzidas e eliminadas pelas células de diversos órgãos (estômago, intestino, pâncreas etc.). Outras substâncias, tais como o muco que lubrifica as superfícies internas do nosso corpo, também são processadas e eliminadas pelo aparelho de Golgi.
  4. 4. Sintetiza alguns glicídios, como o ácido hialurônico, que forma uma “cola” entre as células de alguns tecidos animais. Durante a divisão celular das células vegetais, ele produz vesículas que se fundem e formam uma nova membrana plasmática entre as duas células-filhas.
  5. 5. O Complexo de Golgi da espermátide ( célula que origina os espermatozóides), forma o acrossoma, vesícula rica em enzimas que facilitam a penetração desse gameta no óvulo.
  6. 6. Assim, o principal papel dessa estrutura citoplasmática é a eliminação de substâncias que atuam fora da célula, processo genericamente denominado secreção celular.
  7. 7. A SECREÇÃO DE PROTEÍNAS O C. de Golgi recebe as vesículas cheias de proteínas do RER, e elas se fundem à sua parte interna, chamada de região CIS. Depois, as proteínas são levadas para a parte externa da organela, chamada de região TRANS, onde são novamente “ empacotadas” em vesículas que brotam dessa região. Denominadas grânulos de secreção, essas vesículas migram para a superfície da célula, fundemse com a membrana plasmática e eliminam seu conteúdo no meio extracelular.

×