Trabalho Individual 1ºPeriodo

359 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Trabalho Individual 1ºPeriodo

  1. 1. Alimentação na adolescência<br />e<br />Alimentos Essenciais<br />Catarina Dias<br />Alimentação na adolescência<br />A alimentação é um aspecto fundamental das nossas vidas, nós somos o que comemos. Seja para suprir as necessidades vitais de nutrientes, para suplementos energéticos relacionados com a actividade física ou com dietas para perder peso a alimentação é fundamental para todos sejam homens ou mulheres, jovens ou idosos, desportistas ou não. Na adolescência em particular, com todas as alterações que ocorrem a todos os níveis, especialmente a nível físico, há que ter atenção aos jovens e à sua alimentação, pois com o intuito de serem socialmente aceites, belos, de seguirem a moda, podem colocar em risco a própria saúde com dietas doidas. Por outro lado, com o surgimento da “fast-food” e a respectiva colocação de um restaurante em cada esquina, também surgiu um novo problema na população adolescente mundial, a obesidade, o consumo excessivo de calorias.<br />Estes dois extremos devem ser combatidos, pois a adolescência é um período importantíssimo para adquirir bons hábitos alimentares para o resto da vida e na qual a ingestão dos nutrientes fundamentais tem influência para o resto da vida. Um bom exemplo é o consumo de cálcio nestas idades por parte das mulheres que poderá vir a prevenir o aparecimento de osteoporose na idade adulta.<br />42538658128000Adolescentes e a suas escolhas<br />Os adolescentes começam a assumir as suas escolhas e podemos considerar que também a ingestão alimentar começa a ser uma escolha própria e não dos encarregados de educações ou família. Os adolescentes começam a comer fora de casa tendo muitas hipóteses de escolha, como o refeitório e o bar da escola e os milhares de cafés existentes a volta de onde vivem.<br />Um factor importante de motivação é o aspecto físico. Ser popular no grupo de amigos depende sobretudo de uma boa aparência física. Os rapazes querem ombros, peito e bíceps mais volumosos; as jovens querem cintura, anca e pernas finas. Pois, a maioria dos jovens não se preocupa com os aspectos nutritivos da alimentação, até porque os erros alimentares não provocam efeitos imediatos na saúde.<br />Frequentemente aparece excesso de peso e muitas vezes perturbações do comportamento alimentar. Ora, nesta fase da vida as necessidades nutricionais são mais elevadas porque é preciso fazer face a todas transformações físicas e psicológicas – rápido crescimento, alterações da composição corporal, desenvolvimento físico e psicológico -, pode não ser fácil fazeres escolhas acertadas.<br />Crescimento e as necessidades nutricionais nos adolescentes<br />A adolescência, que vai dos 10 aos 19 anos de idade, é um período muito especial da vida. Os jovens bem alimentados nessa fase, serão adultos saudáveis. <br />Os jovens aumentam rapidamente de estatura e peso. A massa óssea aumenta a composição corporal altera-se. Antes da puberdade, rapazes e raparigas têm proporções semelhantes de massa magra e gordura, estando esta em média ao redor de 15 e 19%. As raparigas ganham mais gordura na puberdade do que os rapazes e, na idade adulta, elas possuem cerca de 22 a 26% de gordura corpórea, comparada com cerca de 15 a 18% dos adultos masculinos.<br />11988809461500<br />As necessidades nutricionais dos jovens podem ser muito diferentes das dos amigos, estão condicionadas pelo nível de desenvolvimento e pela actividade física.Um rapaz de 15 anos, muito activo, em crescimento rápido, pode precisar de 3500 kcal por dia só para manter o seu peso. Paralelamente, uma rapariga da mesma idade, inactiva, numa fase estável do crescimento pode não necessitar de mais de 2000 kcal por dia.<br />Bibliografia <br />http://www.geracao-c.com/Alimenta%C3%A7%C3%A3o-na-adolesc%C3%AAncia.aspx?ID=930<br />http://www.artigonal.com/nutricao-artigos/a-importancia-da-alimentacao-na-adolescencia-666608.html<br />Catarina Dias<br />Alimentos Essenciais<br />Uma alimentação saudável tem sempre de respeitar três princípios: deve ser variada, equilibrada e completa. É aconselhável consumir todos os tipos de alimentos, desde que seja nas proporções adequadas às necessidades individuais. Mas os estudos mais recentes na área da nutrição têm revelado que os homens e as mulheres deveriam fazer algumas adaptações.<br />“ A evidência científica tem demostrado que há alguns alimentos cujos constituintes nutricionais poderão ter diferentes efeitos nos homens e nas mulheres” ( Alexandre Bento, Associação Portuguesa de Nutricionistas ).<br />-381051689000A comida ideal para elas<br />Soja <br />Uma das áreas mais estudadas é a influência alimentação na menopausa. Várias pesquisas indicam que a soja, por exemplo, combate a carência de estrogénios. Este alimento é rico em isoflavonas, que são semelhantes às hormonas femininas e podem ser um substituto que compensa a sua falta após a menopausa. <br />337756510731500Papaia<br />Outra característica da anatomia feminina é a maior frequência de infecções urinárias. Este fruto é rico em vitamina C que ajuda a fortalecer as defesas do sistema imunitário feminino.<br />-381027622500<br />Mirtilos e amoras<br />Ajudam o organismo a defender-se, uma vez que são ricos em multivitaminas, antioxidantes e combate o cancro. <br />348170515176500<br /> Leite e os seus variados<br />Fundamental para combater a degradação dos ossos (fonte de cálcio) e previnem a osteoporose. <br />-3810-444500Melancia <br />É rica em água (92 %) , fibra e vitamina . É um bom auxílio para as mulheres que querem emagrecer e além disso contribui para a redução, até 41 % do risco do desenvolvimento de artrite reumatóide.<br />162877510033000<br />Pão e Cereais Integrais<br />-6096059499500Têm compostos que ajudam a combater o cancro da mama.<br />Chocolate<br />Tem efeitos calmantes e antidepressivos, principalmente durante a tensão pré-menstrual, pois contêm uma substância, chamada feniletilamina, que estimula a produção de serotonina no cérebro.<br />37490403619500Carne vermelha<br />-6096041783000Contêm ferro que é importante para repor a perda de ferro no período menstrua.<br />Espinafres<br />É pouco calórico e é rico em vitaminas K, que fortalece os ossos.<br />312039016192500<br />Peixe <br />Rico em óleos que ajudam a controlar o mau colesterol .<br />A comida ideal para -127042545000eles<br />Tomate <br />É rico em licopeno, um nutriente que ajuda a prevenir e combate o cancro da próstata.<br />141668522225000<br />Goiabada <br />É rica em licopeno e fibra. A goiaba tem vitaminas e antioxidantes contra o cancro.<br />1219206921500 <br />Ostras <br />Têm zinco que contribui para aumentar os níveis de testosterona e ajudam a combater os problemas de infertilidade relacionados com deficiências nos espermatozóides.<br />323469018986500<br />Pevides<br />Sementes de abóbora, tem elevados níveis de magnésio, ácidos gordos monoinsaturados, que ajudam a prevenir os problemas de coração.<br />-5651512001500Canela <br />É um estimulante e consumida diariamente faz diminuir os níveis de açúcar no sangue e baixa os níveis de LDL, vulgarmente conhecido por mau colesterol. <br />3720465-29019500Amendoins <br />Rico em ácidos gordos que contribuem para baixar os níveis de triglicéridos, um dos factores de risco que mais contribuem para doenças cardiovasculares.<br />-254019939000<br />Brócolos <br />199072584645500Ricos em vitaminas que combatem o cancro da bexiga. Contribuindo para baixar em 50 % a incidência num período de 10 anos.<br />Beterraba<br />É aconselhada porque reduz no organismo os níveis de homocisteína, uma das substâncias que mais ajudam a degradar as artérias, comum em doenças cardiovasculares. E tem pigmentos que combatem as células dos tumores estimuladas pelas hormonas masculinas.<br />-381013017500<br />Couve <br />Fonte de fibras que ajudam no combate ao cancro do cólon.<br />100012524955500<br />Alho <br />Rejuvenesce, ajuda a combater as infecções e estimula o sistema imunológico. <br />Bibliografia<br />http://oglobo.globo.com/vivermelhor/mulher/mat/2009/04/30/especialistas-em-saude-feminina-indicam-dieta-ideal-para-mulheres-755516170.asp<br />http://www.saudenainternet.com.br/portal_saude/alimentacao-ideal.php<br />Catarina Dias 12ºA Nº7 <br />

×