Educação sustentávele redes de aprendizagem          Luis Borges Gouveia                  @lbgouveia            lmbg@ufp.e...
Sociedade do Conhecimento• Crescente importância da informação e do seu  fluxo  – Quem melhor dominar a organização e prod...
Sustentável• Um ciclo virtuoso  – Tratar e cuidar do eco  – Orientar para a    comunidade  – Também ter um    equilíbrio j...
Educação e aprendizagem• Haver quem ensine  – Ainda um fator humano envolvido  – Pessoas importantes porque o “negócio” é ...
Redes de aprendizagem• Como baixar custos, tempos de reação e  aprendizagem e o esforço?   – Recorrendo a iniciativas part...
Assim…• Falta cumprir o envolvimento de todos  – Dos muitos que já o fazem, são necessários ainda    mais…  – Cada um cont...
O saco de endereços…Tudo pode  ter um lado  tangível  e/ou  ser uma  experiência  de  aprendizagem
Sobre Gatos…;-)O André,  um gato Bosques  da Noruega  com  1 ano de idade
http://about.me/lbgouveia                 Luís Borges Gouveia é professor universitário na Universidade       Fernando Pes...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Educação Sustentável e redes de aprendizagem

920 visualizações

Publicada em

Educação sustentável e redes de aprendizagem
Luis Borges Gouveia
@lbgouveia
lmbg@ufp.edu.pt
Social Media Day, Mashable
Portugal 2012
30 de Junho, Vila Nova de Gaia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
920
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação Sustentável e redes de aprendizagem

  1. 1. Educação sustentávele redes de aprendizagem Luis Borges Gouveia @lbgouveia lmbg@ufp.edu.pt
  2. 2. Sociedade do Conhecimento• Crescente importância da informação e do seu fluxo – Quem melhor dominar a organização e produção de informação, é mais capaz• Crescente importância da mediação digital – Quem melhor dominar a tecnologia e possuir recursos humanos com literacia adequada, é mais capaz• Ciclo perpétuo e rápido de: – Potencial – capacidade – mudança – adaptação – Palavra-chave: sustentabilidade
  3. 3. Sustentável• Um ciclo virtuoso – Tratar e cuidar do eco – Orientar para a comunidade – Também ter um equilíbrio justo da economia
  4. 4. Educação e aprendizagem• Haver quem ensine – Ainda um fator humano envolvido – Pessoas importantes porque o “negócio” é conhecimento e não informação• Todos nós aprendemos – Cada vez de forma informal – Em rede e de forma colaborativa – Mas precisamos de tempo, esforço e motivação
  5. 5. Redes de aprendizagem• Como baixar custos, tempos de reação e aprendizagem e o esforço? – Recorrendo a iniciativas partilhadas e ao envolvimento de todos – Aproveitando as redes e a mediação digital – Simplificando atividade e processos – Filtrando informação – … e claro, simplificando e inovando• Ser solidário e criativo, partilhar e fazer a sua parte – Um verdadeiro nodo, num sistema complexo!
  6. 6. Assim…• Falta cumprir o envolvimento de todos – Dos muitos que já o fazem, são necessários ainda mais… – Cada um conta, a fazer a sua parte de um modo autónomo e responsável – Precisamos de fazer mais e de o fazer diferente• Justo, sustentável e responsável – Com espaço para o negócio e para a sociedade – Com espaço para o serviço e a comunidade – Com espaço para o conhecimento e desenvolvimento pessoal
  7. 7. O saco de endereços…Tudo pode ter um lado tangível e/ou ser uma experiência de aprendizagem
  8. 8. Sobre Gatos…;-)O André, um gato Bosques da Noruega com 1 ano de idade
  9. 9. http://about.me/lbgouveia Luís Borges Gouveia é professor universitário na Universidade Fernando Pessoa desde 1995 e membro do Grupo Tecnologia, Sociedade e Governança do CAPP, da Universidade Técnica de Lisboa. No decurso da sua actividade participou em diversos projectos envolvendo computadores e redes. Em 1988 esteve envolvido na introdução dos técnico-profissionais de Informática no Colégio de Gaia e no aparecimento do Instituto Multimédia no Porto, uma das primeiras escolas profissionais. No início dos anos 90 esteve envolvido no desenvolvimento de serviços Videotex e na instalação de sistemas UNIX, como Gestor de Projetos num VAR IBM. Foi proclamado JEEP em 1994 e mudou de vida, na mesma ocasião que concluía o Mestrado na FEUP e ingressava na Universidade Fernando Pessoa, onde em 1996 participou na equipa que criou a primeira página Web da UFP. No final da década de 90, esteve envolvido na criação do escritório da New Boston Select, empresa de recursos humanos, do Porto, e focado no seu doutoramento que concluiu em 2002 sobre Ensino Colaborativo e Visualização da Informação. Fez parte da equipa técnica que liderou e concebeu o Gaia Global entre 2001 e 2005. Foi um dos dois responsáveis pelo desenvolvimento e introdução da universidade virtual da UFP com recurso ao Sakai, tendo entre 2004 e 2009 sido um dos elementos do núcleo do projecto e do suporte desta iniciativa de open source à escala mundial e sediada nos Estados Unidos. Em 2010 obteve o grau de Agregação pela Universidade de Aveiro. Sempre focado na forma como podemos tirar o melhor partido de computadores e redes e melhorar a qualidade de vida, esteve e está envolvido em inúmeros projetos quer na universidade, quer em novas empresas e continua a acreditar que vale a pena conhecer, estar entusiasmado e a se espantar com a criatividade humana e a acreditar na necessidade de sermos mais sabedores para termos uma vida melhor.

×