SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 47
Baixar para ler offline
Mestrandos:
Clóvis Furlanetto
João de Deus Dias Neto
Mary Augusto
PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO
Prof. Dr. Elias Goulart
Mídias Sociais e Educação: perspectivas, formação
docente e ferramentas digitais
INTRODUÇÃO
• Gestores da Educação
• Tendências e Perspectivas – relevância
• Fenômeno inexorável: resultados qualitativos
• Necessidade:
- Discentes competitivos  mercado de trabalho
- Melhorar os que já estão no mercado
• Socialização:
- Saberes e implicações das mídias sociais digitais na
educação;
• Sintetizar:
- Perspectivas / Formação /
Ferramentas Digitais
• Reflexões:
- Gerações integradas às novas tecnologias
1. TENDÊNCIAS E PERSPECTIVAS
DAS MÍDIAS SOCIAIS NA
EDUCAÇÃO
Crítica ao Funcionalismo na Comunicação / Educação:
- Década de 60: Marcuse
- Vozes inquietantes, diante da comunicação;
unidirecional e do sistema unidimensional;
- Experimentações: Comunicação e Artes;
- Rompimento com a tradição teórico-prática fundada
na disjunção emissão-recepção;
- Experimentavam a bidirecionalidade.
- A educação deve ser multidirecional.
• Processos comunicacionais: ultrapassam a ótica da
bidirecionalidade, nos dias atuais;
• Repositório de saberes transferidos, sem feedback,
manifestação de aprendizagem? Dias contados!
• Compreensão “holística” dos cenários: atores sociais,
plataformas, processos: estruturais, conversacionais e
informativos.
Produção Dinâmica de Conteúdos:
• Facebook: continuidade da educação formal?
• Romper a fragmentação e hierarquia do ensino por meio
das produções particulares e grupais;
• Práticas inovadoras e sintonizadas com a demanda dos
jovens;
• Realidade espaço-temporal.
Geração Net:
Lima (2000, p. 25)  “bandeirantes do novo mundo” :
Como crianças em um parque de diversão sofisticado e com recursos
ilimitados, esta nova geração já ocupou os espaços criados pela
mudança e continua avançando de forma avassaladora em direção às
posições-chave desta nova sociedade. Demonstrando iniciativa,
ousadia e criatividade, eles deixam claro que o uso de paradigmas
ultrapassados já não satisfaz e que sua sede de conhecer exige novas
abordagens, novas tecnologias e novas alternativas. Para eles, a
informação ou conhecimento não pode ser apresentado de forma
discursiva e linear. Eles querem mais, em dosagem certa, de forma
mais rápida, com resultados garantidos.
Criticar: Manifestações /
Feedback
Sintetizar: Interpretação
Analisar: Opções / Informações
Aplicar: Inserção de Dados /
Ideias
Assimilar: Compreensão /
Familiaridade
Memorizar: Reter Conhecimentos /
Absorver Funcionalidades
Educomunicação:
• Sinergia entre educação e comunicação, multimídia,
colaborativa e interdisciplinar;
Repensar: Web 2.0 / Redes Sociais:
• Compartilhamento de vídeos, envio e recebimento de
notificações, criação, desenvolvimento e manutenção e
• Construção do conhecimento.
• Apoiadores e Pessoas Contrárias
• Relevância e Obstáculos: Reflexão
Socialização pelas Mídias Sociais e Educação:
• Novas gerações e das gerações adultas;
• Educação ao longo da vida;
• Nos ambientes em rede: a construção do seu conhecimento é
uma aventura coletiva;
• Constroem seus saberes e dos outros;
• Aventura renovada: aprendem o que cada um vale, não apenas
por si, mas pela forma como se relaciona com os outros.
• Fazem parte de muitas comunidades, e que o que partilham com
umas é, afinal, importante para o que partilham com as outras.
• Seu próprio valor para uma comunidade depende, não apenas de
si próprios, como seres isolados, mas também da forma como
podem contribuir para ela pelo fato de pertencerem a outras.
2. CAPACITAÇÃO DE PROFISSIONAIS,
PARA USO DAS NOVAS TECNOLOGIAS
NA EDUCAÇÃO
• O mundo mudou, as pessoas mudaram e os alunos
também;
• Consequentemente o ambiente da sala de aula também
sofre mudanças;
• Isso se dá pelo poder sedutor gerado pelas novas
tecnologias;
• Hoje, tudo que precisamos saber, entender, conhecer,
desenvolver, realizar, adquirir dentre outros, está dentro
de um simples telefone móvel.
• Nesse atual cenário, o docente precisa reagir diante das
inevitáveis mudanças;
• Se não se atualizar, será comparado com os homens das
cavernas (por ser antiquado e sem habilidade de
manuseio das novas tecnologias).
• O uso diverso das novas tecnologias tem aproximado
professor de um mundo midiático, que muda e melhora a
dinâmica em sala de aula.
Ex: Datashow, vídeos, computador, internet.
• Porém, antes de tudo, é importante entender o conceito,
em função de qual projeto de educação as tecnologias
serão usadas?
• O professor, a direção e demais envolvidos precisam ter
claro, que tipo de projeto é importante, que tipo de
sociedade a IE deseja;
• Como serão incorporadas essas
tecnologias na prática pedagógica?
• A escola deveria se apropriar dessas ferramentas/
tecnologias para encontrar eco, no diálogo junto a seus
alunos?
• Como a escola/docente podem fazer uso do entendimento
dos alunos, frente as novas tecnologias?
• Afinal, a tecnologia é um dos pilares/componentes,
para a educação de qualidade;
 Formação docente;
 Formação dos gestores;
 Formação da escola;
 Trabalho colaborativo de um projeto
pedagógico consistente;
A participação de todos faz parte
dessa educação democrática e inclusiva.
• O professor deve despertar nos alunos pensamento
crítico, senso de análise e que ele tenha condições de
apontar soluções, para os problemas.
Como conseguir esse clima
de aprendizagem, senso crítico
e motivação pela busca do
conhecimento por parte do aluno?
Educação a Distância e as Mídias Sociais:
Demandas emergentes e mutáveis das pessoas:
• estudantes em busca de um novo aprendizado
• profissionais do mercado
Consequência:
- Necessidade de Capacitação: professores, alunos,
conteudistas, web designers, pedagogos dentre outros.
3. Mídias Sociais como ferramentas
da dinâmica do ensino-
aprendizagem
Elementos Digitais:
• Facebook
• Twitter
• Interação Professor x Aluno
• Aproveitamento do perfil em plataformas de
relacionamento.
* redes sociais x plataformas colaborativas de aprendizado;
*construção não linear de conhecimento;
* promoção de trabalho em conjunto (docentes e discentes);
* Integrar o conhecimento das salas tradicionais com os
ambientes virtuais.
Vídeo: Educação em Rede
Um problema existente atualmente é a manipulação da
informação de forma inescrupulosa por usuários das
redes sociais.
Quando um aluno participa de um fórum ele acaba trocando
experiências com pessoas de sua faixa etária e que possuem
pensamentos e ideias semelhantes, o que gera uma
confiança virtual que pode render um aumento de seus
conhecimentos.
Segurança das informações e dos usuários
* Ataques de hackers
* dados falsos e vírus
* a inocente ideia de que tudo na internet é possível, ou
seja, podemos publicar e inserir todos os tipos de dados e
conteúdos sem controle.
Vídeo: segurança na internet
Ferramentas de Mobilidade
Ainda dentro do contexto das plataformas
colaborativas existem ferramentas que possibilitam a
mobilidade dos alunos e professores onde quer que estejam.
Com a conexão adequada permitem a navegação em
qualquer ponto do planeta, levando a sala de aula dos frios
prédios públicos ou privados para ambientes mais
agradáveis e livres do peso da antiga escola de concreto.
Aplicativos (APPs),
Tablets
Celulares
4. CONSIDERAÇÕES FINAIS
• Necessidade a ser atendida:
• Como educar em novos ambientes?
• Presenciais e não presenciais;
• Ausência de atores;
• Falta de recursos humanos capacitados em novas
tecnologias.
Urgências:
• Colocar em prática novas tecnologias no meio
acadêmico/escolar, com intuito de propiciar melhor
ensino-aprendizagem dos discentes.
• Professores, recursos humanos envolvidos.
• Socialização dos saberes.
• Absorção rápida e qualitativa das tendências, na
educação das próximas gerações.
• Conteúdos disseminados de maneira eficiente e perene
• Docentes adaptarem-se à nova realidade: capacitações
contínuas
• Realidade:
• Acesso às ferramentas crescimento vertiginoso;
• Problemas na capacitação: docentes e todos os
envolvidos
• Caráter cíclico dos avanços tecnológicos:
• – inovação, absorção, estabilidade –.
• A celeridade nestes ciclos é imprescindível, para que
tenhamos uma sociedade competitiva, com condições de
emergir e possa ser análoga às sociedades modernas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Uso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-line
Uso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-lineUso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-line
Uso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-lineRicardo Rodrigues Nunes
 
Seminário dra.sheyla costa rodrigues
Seminário dra.sheyla costa rodriguesSeminário dra.sheyla costa rodrigues
Seminário dra.sheyla costa rodriguestvf
 
PrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em Rede
PrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em RedePrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em Rede
PrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em RedeProjeto Criança em Rede
 
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o ProfessorA ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o ProfessorLuis Borges Gouveia
 
45rj 03 is-apresentacao-grupo-a
45rj 03 is-apresentacao-grupo-a45rj 03 is-apresentacao-grupo-a
45rj 03 is-apresentacao-grupo-aanaluciakiv
 
Encontro 1: Que educação, que tecnologias, para quem, com quais objetivos?
Encontro 1: Que educação, que tecnologias, para quem, com quais objetivos?Encontro 1: Que educação, que tecnologias, para quem, com quais objetivos?
Encontro 1: Que educação, que tecnologias, para quem, com quais objetivos?Bianca Santana
 
Novos Media e Aprendizagem Online
Novos Media e Aprendizagem OnlineNovos Media e Aprendizagem Online
Novos Media e Aprendizagem OnlineJosé Bidarra
 
Oficina senid - 2013 - redes sociais na educação - vfinal
Oficina   senid - 2013 - redes sociais na educação - vfinalOficina   senid - 2013 - redes sociais na educação - vfinal
Oficina senid - 2013 - redes sociais na educação - vfinalEducação Online e em Rede
 
Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...
Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...
Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...Luis Borges Gouveia
 
Modelos Pedagogicos para a Aprendizagem Online
Modelos Pedagogicos para a Aprendizagem OnlineModelos Pedagogicos para a Aprendizagem Online
Modelos Pedagogicos para a Aprendizagem OnlineJosé Bidarra
 
Educação e Cibercultura
Educação e CiberculturaEducação e Cibercultura
Educação e CiberculturaLisandre Orti
 
NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: QUEM USA A FAVOR DE QUEM ...
NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: QUEM  USA A FAVOR DE QUEM ...NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: QUEM  USA A FAVOR DE QUEM ...
NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: QUEM USA A FAVOR DE QUEM ...Bianca Santana
 
Educação e cibercultura
Educação e ciberculturaEducação e cibercultura
Educação e ciberculturaSelma1962
 
Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...
Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...
Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...rositalima
 

Mais procurados (20)

Tecnologia e Educação - como?
Tecnologia e Educação - como?Tecnologia e Educação - como?
Tecnologia e Educação - como?
 
Plano Ensino Servico Social da UFTM
Plano Ensino Servico Social da UFTMPlano Ensino Servico Social da UFTM
Plano Ensino Servico Social da UFTM
 
Uso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-line
Uso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-lineUso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-line
Uso de Tecnologias Digitais e Abordagens da Educação On-line
 
Uso da Internet na sala de aula
Uso da Internet na sala de aulaUso da Internet na sala de aula
Uso da Internet na sala de aula
 
Seminário dra.sheyla costa rodrigues
Seminário dra.sheyla costa rodriguesSeminário dra.sheyla costa rodrigues
Seminário dra.sheyla costa rodrigues
 
PrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em Rede
PrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em RedePrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em Rede
PrêMio Instituto Vivo Toda CriançA Em Rede
 
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o ProfessorA ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
A ESCOLA E OS NOVOS DESAFIOS: A Escola, o Digital e o Professor
 
45rj 03 is-apresentacao-grupo-a
45rj 03 is-apresentacao-grupo-a45rj 03 is-apresentacao-grupo-a
45rj 03 is-apresentacao-grupo-a
 
Encontro 1: Que educação, que tecnologias, para quem, com quais objetivos?
Encontro 1: Que educação, que tecnologias, para quem, com quais objetivos?Encontro 1: Que educação, que tecnologias, para quem, com quais objetivos?
Encontro 1: Que educação, que tecnologias, para quem, com quais objetivos?
 
Ecossistema Conhecimento Conectado
Ecossistema Conhecimento ConectadoEcossistema Conhecimento Conectado
Ecossistema Conhecimento Conectado
 
Fabio Camara
Fabio CamaraFabio Camara
Fabio Camara
 
Novos Media e Aprendizagem Online
Novos Media e Aprendizagem OnlineNovos Media e Aprendizagem Online
Novos Media e Aprendizagem Online
 
Oficina senid - 2013 - redes sociais na educação - vfinal
Oficina   senid - 2013 - redes sociais na educação - vfinalOficina   senid - 2013 - redes sociais na educação - vfinal
Oficina senid - 2013 - redes sociais na educação - vfinal
 
Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...
Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...
Uma análise prévia do ensino de emergência em tempos de pandemia e o impacto ...
 
Modelos Pedagogicos para a Aprendizagem Online
Modelos Pedagogicos para a Aprendizagem OnlineModelos Pedagogicos para a Aprendizagem Online
Modelos Pedagogicos para a Aprendizagem Online
 
Mind the gap
Mind the gapMind the gap
Mind the gap
 
Educação e Cibercultura
Educação e CiberculturaEducação e Cibercultura
Educação e Cibercultura
 
NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: QUEM USA A FAVOR DE QUEM ...
NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: QUEM  USA A FAVOR DE QUEM ...NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: QUEM  USA A FAVOR DE QUEM ...
NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: QUEM USA A FAVOR DE QUEM ...
 
Educação e cibercultura
Educação e ciberculturaEducação e cibercultura
Educação e cibercultura
 
Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...
Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...
Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...
 

Destaque

Uso correto mídias sociais novozymes 13042016
Uso correto mídias sociais   novozymes 13042016Uso correto mídias sociais   novozymes 13042016
Uso correto mídias sociais novozymes 13042016Antonio Moreira
 
Drivers of productivity: Information technology, firm size, and organizationa...
Drivers of productivity: Information technology, firm size, and organizationa...Drivers of productivity: Information technology, firm size, and organizationa...
Drivers of productivity: Information technology, firm size, and organizationa...Structuralpolicyanalysis
 
μαθαίνω για τα δάση
μαθαίνω για τα δάσημαθαίνω για τα δάση
μαθαίνω για τα δάσηTINA MANTIKOU
 
ΔΙΑΤΡΟΦΗ ΤΡΕΦΟΜΑΙ ΣΩΣΤΑ ΖΩ ΜΕ ΥΓΕΙΑ
ΔΙΑΤΡΟΦΗ ΤΡΕΦΟΜΑΙ ΣΩΣΤΑ ΖΩ ΜΕ ΥΓΕΙΑΔΙΑΤΡΟΦΗ ΤΡΕΦΟΜΑΙ ΣΩΣΤΑ ΖΩ ΜΕ ΥΓΕΙΑ
ΔΙΑΤΡΟΦΗ ΤΡΕΦΟΜΑΙ ΣΩΣΤΑ ΖΩ ΜΕ ΥΓΕΙΑTINA MANTIKOU
 
δρασεις 2ο πειραματικο ροδου (1)
δρασεις 2ο πειραματικο ροδου (1)δρασεις 2ο πειραματικο ροδου (1)
δρασεις 2ο πειραματικο ροδου (1)TINA MANTIKOU
 
Oικοκώδικας
OικοκώδικαςOικοκώδικας
OικοκώδικαςTINA MANTIKOU
 
The drivers of productivity: The role of organisational change and other firm...
The drivers of productivity: The role of organisational change and other firm...The drivers of productivity: The role of organisational change and other firm...
The drivers of productivity: The role of organisational change and other firm...Structuralpolicyanalysis
 
Διατροφικό 12ωρο
Διατροφικό 12ωροΔιατροφικό 12ωρο
Διατροφικό 12ωροTINA MANTIKOU
 
Policy issues in combating climate change, Frederick van der Ploeg
Policy issues in combating climate change, Frederick van der PloegPolicy issues in combating climate change, Frederick van der Ploeg
Policy issues in combating climate change, Frederick van der PloegStructuralpolicyanalysis
 
Οι Άθλοι του Ηρακλή σε ένα Σύγχρονο Πλανήτη
Οι Άθλοι του Ηρακλή σε ένα Σύγχρονο ΠλανήτηΟι Άθλοι του Ηρακλή σε ένα Σύγχρονο Πλανήτη
Οι Άθλοι του Ηρακλή σε ένα Σύγχρονο ΠλανήτηTINA MANTIKOU
 
ΑΡΙΣΤΕΙΑ ΚΑΙ ΚΑΙΝΟΤΟΜΙΑ ΣΤΗΝ ΕΚΠΑΙΔΕΥΣΗ 2013
ΑΡΙΣΤΕΙΑ ΚΑΙ ΚΑΙΝΟΤΟΜΙΑ ΣΤΗΝ ΕΚΠΑΙΔΕΥΣΗ  2013ΑΡΙΣΤΕΙΑ ΚΑΙ ΚΑΙΝΟΤΟΜΙΑ ΣΤΗΝ ΕΚΠΑΙΔΕΥΣΗ  2013
ΑΡΙΣΤΕΙΑ ΚΑΙ ΚΑΙΝΟΤΟΜΙΑ ΣΤΗΝ ΕΚΠΑΙΔΕΥΣΗ 2013TINA MANTIKOU
 
The Global Productivity Slowdown, Technology Diffusion and Public Policy
The Global Productivity Slowdown, Technology Diffusion and Public PolicyThe Global Productivity Slowdown, Technology Diffusion and Public Policy
The Global Productivity Slowdown, Technology Diffusion and Public PolicyStructuralpolicyanalysis
 
Comments on Robert Gordon and Joel Mokyr “The long-term future of productivit...
Comments on Robert Gordon and Joel Mokyr “The long-term future of productivit...Comments on Robert Gordon and Joel Mokyr “The long-term future of productivit...
Comments on Robert Gordon and Joel Mokyr “The long-term future of productivit...Structuralpolicyanalysis
 
κατασκευες .Ppt x
κατασκευες .Ppt xκατασκευες .Ppt x
κατασκευες .Ppt xTINA MANTIKOU
 
παροιμίες για όσπρια
παροιμίες για όσπριαπαροιμίες για όσπρια
παροιμίες για όσπριαTINA MANTIKOU
 

Destaque (20)

Marketing atual nas organizacoes 2014
Marketing atual nas organizacoes 2014Marketing atual nas organizacoes 2014
Marketing atual nas organizacoes 2014
 
Uso correto mídias sociais novozymes 13042016
Uso correto mídias sociais   novozymes 13042016Uso correto mídias sociais   novozymes 13042016
Uso correto mídias sociais novozymes 13042016
 
Sattt
SatttSattt
Sattt
 
Drivers of productivity: Information technology, firm size, and organizationa...
Drivers of productivity: Information technology, firm size, and organizationa...Drivers of productivity: Information technology, firm size, and organizationa...
Drivers of productivity: Information technology, firm size, and organizationa...
 
μαθαίνω για τα δάση
μαθαίνω για τα δάσημαθαίνω για τα δάση
μαθαίνω για τα δάση
 
ΔΙΑΤΡΟΦΗ ΤΡΕΦΟΜΑΙ ΣΩΣΤΑ ΖΩ ΜΕ ΥΓΕΙΑ
ΔΙΑΤΡΟΦΗ ΤΡΕΦΟΜΑΙ ΣΩΣΤΑ ΖΩ ΜΕ ΥΓΕΙΑΔΙΑΤΡΟΦΗ ΤΡΕΦΟΜΑΙ ΣΩΣΤΑ ΖΩ ΜΕ ΥΓΕΙΑ
ΔΙΑΤΡΟΦΗ ΤΡΕΦΟΜΑΙ ΣΩΣΤΑ ΖΩ ΜΕ ΥΓΕΙΑ
 
δρασεις 2ο πειραματικο ροδου (1)
δρασεις 2ο πειραματικο ροδου (1)δρασεις 2ο πειραματικο ροδου (1)
δρασεις 2ο πειραματικο ροδου (1)
 
Oικοκώδικας
OικοκώδικαςOικοκώδικας
Oικοκώδικας
 
The drivers of productivity: The role of organisational change and other firm...
The drivers of productivity: The role of organisational change and other firm...The drivers of productivity: The role of organisational change and other firm...
The drivers of productivity: The role of organisational change and other firm...
 
Διατροφικό 12ωρο
Διατροφικό 12ωροΔιατροφικό 12ωρο
Διατροφικό 12ωρο
 
Policy issues in combating climate change, Frederick van der Ploeg
Policy issues in combating climate change, Frederick van der PloegPolicy issues in combating climate change, Frederick van der Ploeg
Policy issues in combating climate change, Frederick van der Ploeg
 
Forest
ForestForest
Forest
 
Οι Άθλοι του Ηρακλή σε ένα Σύγχρονο Πλανήτη
Οι Άθλοι του Ηρακλή σε ένα Σύγχρονο ΠλανήτηΟι Άθλοι του Ηρακλή σε ένα Σύγχρονο Πλανήτη
Οι Άθλοι του Ηρακλή σε ένα Σύγχρονο Πλανήτη
 
USA Education System
USA Education SystemUSA Education System
USA Education System
 
ΑΡΙΣΤΕΙΑ ΚΑΙ ΚΑΙΝΟΤΟΜΙΑ ΣΤΗΝ ΕΚΠΑΙΔΕΥΣΗ 2013
ΑΡΙΣΤΕΙΑ ΚΑΙ ΚΑΙΝΟΤΟΜΙΑ ΣΤΗΝ ΕΚΠΑΙΔΕΥΣΗ  2013ΑΡΙΣΤΕΙΑ ΚΑΙ ΚΑΙΝΟΤΟΜΙΑ ΣΤΗΝ ΕΚΠΑΙΔΕΥΣΗ  2013
ΑΡΙΣΤΕΙΑ ΚΑΙ ΚΑΙΝΟΤΟΜΙΑ ΣΤΗΝ ΕΚΠΑΙΔΕΥΣΗ 2013
 
Marketing atual nas organizações 2014
Marketing atual nas organizações 2014Marketing atual nas organizações 2014
Marketing atual nas organizações 2014
 
The Global Productivity Slowdown, Technology Diffusion and Public Policy
The Global Productivity Slowdown, Technology Diffusion and Public PolicyThe Global Productivity Slowdown, Technology Diffusion and Public Policy
The Global Productivity Slowdown, Technology Diffusion and Public Policy
 
Comments on Robert Gordon and Joel Mokyr “The long-term future of productivit...
Comments on Robert Gordon and Joel Mokyr “The long-term future of productivit...Comments on Robert Gordon and Joel Mokyr “The long-term future of productivit...
Comments on Robert Gordon and Joel Mokyr “The long-term future of productivit...
 
κατασκευες .Ppt x
κατασκευες .Ppt xκατασκευες .Ppt x
κατασκευες .Ppt x
 
παροιμίες για όσπρια
παροιμίες για όσπριαπαροιμίες για όσπρια
παροιμίες για όσπρια
 

Semelhante a Mídias Sociais na Educação: Perspectivas, Formação Docente e Ferramentas Digitais

Novas tec na educação prof maryela e prof isabella
Novas tec na educação prof maryela e prof isabellaNovas tec na educação prof maryela e prof isabella
Novas tec na educação prof maryela e prof isabellaIsabella De Moura
 
Uso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 final
Uso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 finalUso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 final
Uso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 finalROSICLEIA WAGMAKER
 
PPT-TECNOLOGIA_hotsite.pptx
PPT-TECNOLOGIA_hotsite.pptxPPT-TECNOLOGIA_hotsite.pptx
PPT-TECNOLOGIA_hotsite.pptxssuser7af52c
 
TECNOLOGIA para financiamento estudantes
TECNOLOGIA para financiamento estudantesTECNOLOGIA para financiamento estudantes
TECNOLOGIA para financiamento estudantessidaurelio1
 
Educação e tecnologia
Educação e tecnologiaEducação e tecnologia
Educação e tecnologiaJulianne Viana
 
O facebook como nova face de letura e de escrita
O facebook como nova face de letura e de escritaO facebook como nova face de letura e de escrita
O facebook como nova face de letura e de escritamaar santanna
 
Projeto Toda Crianca Em Rede Ligada Em Seus Direitos Resumo1
Projeto Toda Crianca Em Rede Ligada Em Seus Direitos Resumo1Projeto Toda Crianca Em Rede Ligada Em Seus Direitos Resumo1
Projeto Toda Crianca Em Rede Ligada Em Seus Direitos Resumo1Projeto Criança em Rede
 
Tecnologias e Educação Infantil
Tecnologias e Educação InfantilTecnologias e Educação Infantil
Tecnologias e Educação InfantilVera Zacharias
 
Redessociais sinpeem
Redessociais sinpeemRedessociais sinpeem
Redessociais sinpeemMary Andrioli
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digitalruasbruna
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digitaldssoliveira
 
Slide. pronto
Slide. prontoSlide. pronto
Slide. prontoruasbruna
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digitaldssoliveira
 
linguagem digital
linguagem digitallinguagem digital
linguagem digitalmenezesiara
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem DigitalLuúh Reis
 

Semelhante a Mídias Sociais na Educação: Perspectivas, Formação Docente e Ferramentas Digitais (20)

Novas tec na educação prof maryela e prof isabella
Novas tec na educação prof maryela e prof isabellaNovas tec na educação prof maryela e prof isabella
Novas tec na educação prof maryela e prof isabella
 
Redes Sociais na Internet e Educação
Redes Sociais na Internet e EducaçãoRedes Sociais na Internet e Educação
Redes Sociais na Internet e Educação
 
Uso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 final
Uso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 finalUso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 final
Uso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 final
 
Pme 2 2012_b
Pme 2 2012_bPme 2 2012_b
Pme 2 2012_b
 
PPT-TECNOLOGIA_hotsite.pptx
PPT-TECNOLOGIA_hotsite.pptxPPT-TECNOLOGIA_hotsite.pptx
PPT-TECNOLOGIA_hotsite.pptx
 
TECNOLOGIA para financiamento estudantes
TECNOLOGIA para financiamento estudantesTECNOLOGIA para financiamento estudantes
TECNOLOGIA para financiamento estudantes
 
Educação e tecnologia
Educação e tecnologiaEducação e tecnologia
Educação e tecnologia
 
Projeto inclusão digital em pdf
Projeto inclusão digital em pdfProjeto inclusão digital em pdf
Projeto inclusão digital em pdf
 
O facebook como nova face de letura e de escrita
O facebook como nova face de letura e de escritaO facebook como nova face de letura e de escrita
O facebook como nova face de letura e de escrita
 
Projeto Toda Crianca Em Rede Ligada Em Seus Direitos Resumo1
Projeto Toda Crianca Em Rede Ligada Em Seus Direitos Resumo1Projeto Toda Crianca Em Rede Ligada Em Seus Direitos Resumo1
Projeto Toda Crianca Em Rede Ligada Em Seus Direitos Resumo1
 
@rca2010
@rca2010@rca2010
@rca2010
 
Tecnologias e Educação Infantil
Tecnologias e Educação InfantilTecnologias e Educação Infantil
Tecnologias e Educação Infantil
 
Redessociais sinpeem
Redessociais sinpeemRedessociais sinpeem
Redessociais sinpeem
 
EDUCAR NO SÉCULO XXI
EDUCAR NO SÉCULO XXIEDUCAR NO SÉCULO XXI
EDUCAR NO SÉCULO XXI
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 
Slide. pronto
Slide. prontoSlide. pronto
Slide. pronto
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 
linguagem digital
linguagem digitallinguagem digital
linguagem digital
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 

Mais de João de Deus Dias Neto

PROJETO COMUNICAÇÃO MEMÓRIA INSTITUCIONAL 100 DA CPFL
PROJETO COMUNICAÇÃO MEMÓRIA INSTITUCIONAL 100 DA CPFLPROJETO COMUNICAÇÃO MEMÓRIA INSTITUCIONAL 100 DA CPFL
PROJETO COMUNICAÇÃO MEMÓRIA INSTITUCIONAL 100 DA CPFLJoão de Deus Dias Neto
 
Seminario nao lugares o proximo e o distante_ lugar antropologico marc aug...
Seminario  nao lugares   o proximo e o distante_ lugar antropologico marc aug...Seminario  nao lugares   o proximo e o distante_ lugar antropologico marc aug...
Seminario nao lugares o proximo e o distante_ lugar antropologico marc aug...João de Deus Dias Neto
 
Cognição e afetividade dimensionamento
Cognição e afetividade dimensionamentoCognição e afetividade dimensionamento
Cognição e afetividade dimensionamentoJoão de Deus Dias Neto
 
Comunicação nas organizações palestra senac
Comunicação nas organizações palestra senacComunicação nas organizações palestra senac
Comunicação nas organizações palestra senacJoão de Deus Dias Neto
 
Países emergentes oportunidades & negócios anhanguera palestra jan2014
Países emergentes oportunidades & negócios anhanguera palestra jan2014Países emergentes oportunidades & negócios anhanguera palestra jan2014
Países emergentes oportunidades & negócios anhanguera palestra jan2014João de Deus Dias Neto
 

Mais de João de Deus Dias Neto (12)

PROJETO COMUNICAÇÃO MEMÓRIA INSTITUCIONAL 100 DA CPFL
PROJETO COMUNICAÇÃO MEMÓRIA INSTITUCIONAL 100 DA CPFLPROJETO COMUNICAÇÃO MEMÓRIA INSTITUCIONAL 100 DA CPFL
PROJETO COMUNICAÇÃO MEMÓRIA INSTITUCIONAL 100 DA CPFL
 
Seminario nao lugares o proximo e o distante_ lugar antropologico marc aug...
Seminario  nao lugares   o proximo e o distante_ lugar antropologico marc aug...Seminario  nao lugares   o proximo e o distante_ lugar antropologico marc aug...
Seminario nao lugares o proximo e o distante_ lugar antropologico marc aug...
 
Seminario campbell herói das mil faces
Seminario campbell  herói das mil facesSeminario campbell  herói das mil faces
Seminario campbell herói das mil faces
 
Sistema varnas rama
Sistema  varnas ramaSistema  varnas rama
Sistema varnas rama
 
Comunicaçao institucional usp
Comunicaçao institucional uspComunicaçao institucional usp
Comunicaçao institucional usp
 
Cognição e afetividade dimensionamento
Cognição e afetividade dimensionamentoCognição e afetividade dimensionamento
Cognição e afetividade dimensionamento
 
Casa grande __senzala_-_gilberto_freyre
Casa grande __senzala_-_gilberto_freyreCasa grande __senzala_-_gilberto_freyre
Casa grande __senzala_-_gilberto_freyre
 
Comunicação nas organizações palestra senac
Comunicação nas organizações palestra senacComunicação nas organizações palestra senac
Comunicação nas organizações palestra senac
 
Institucional fluxo operacional
Institucional   fluxo operacionalInstitucional   fluxo operacional
Institucional fluxo operacional
 
Palestra prof competitivos fac anchieta
Palestra prof competitivos fac anchietaPalestra prof competitivos fac anchieta
Palestra prof competitivos fac anchieta
 
Países emergentes oportunidades & negócios anhanguera palestra jan2014
Países emergentes oportunidades & negócios anhanguera palestra jan2014Países emergentes oportunidades & negócios anhanguera palestra jan2014
Países emergentes oportunidades & negócios anhanguera palestra jan2014
 
Marketing atual nas organizações 2014
Marketing atual nas organizações 2014Marketing atual nas organizações 2014
Marketing atual nas organizações 2014
 

Último

As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 

Mídias Sociais na Educação: Perspectivas, Formação Docente e Ferramentas Digitais

  • 1. Mestrandos: Clóvis Furlanetto João de Deus Dias Neto Mary Augusto PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO Prof. Dr. Elias Goulart Mídias Sociais e Educação: perspectivas, formação docente e ferramentas digitais
  • 2. INTRODUÇÃO • Gestores da Educação • Tendências e Perspectivas – relevância • Fenômeno inexorável: resultados qualitativos • Necessidade: - Discentes competitivos  mercado de trabalho - Melhorar os que já estão no mercado
  • 3. • Socialização: - Saberes e implicações das mídias sociais digitais na educação; • Sintetizar: - Perspectivas / Formação / Ferramentas Digitais • Reflexões: - Gerações integradas às novas tecnologias
  • 4. 1. TENDÊNCIAS E PERSPECTIVAS DAS MÍDIAS SOCIAIS NA EDUCAÇÃO
  • 5. Crítica ao Funcionalismo na Comunicação / Educação: - Década de 60: Marcuse - Vozes inquietantes, diante da comunicação; unidirecional e do sistema unidimensional; - Experimentações: Comunicação e Artes; - Rompimento com a tradição teórico-prática fundada na disjunção emissão-recepção; - Experimentavam a bidirecionalidade. - A educação deve ser multidirecional.
  • 6. • Processos comunicacionais: ultrapassam a ótica da bidirecionalidade, nos dias atuais; • Repositório de saberes transferidos, sem feedback, manifestação de aprendizagem? Dias contados! • Compreensão “holística” dos cenários: atores sociais, plataformas, processos: estruturais, conversacionais e informativos.
  • 7. Produção Dinâmica de Conteúdos: • Facebook: continuidade da educação formal? • Romper a fragmentação e hierarquia do ensino por meio das produções particulares e grupais; • Práticas inovadoras e sintonizadas com a demanda dos jovens; • Realidade espaço-temporal.
  • 8. Geração Net: Lima (2000, p. 25)  “bandeirantes do novo mundo” : Como crianças em um parque de diversão sofisticado e com recursos ilimitados, esta nova geração já ocupou os espaços criados pela mudança e continua avançando de forma avassaladora em direção às posições-chave desta nova sociedade. Demonstrando iniciativa, ousadia e criatividade, eles deixam claro que o uso de paradigmas ultrapassados já não satisfaz e que sua sede de conhecer exige novas abordagens, novas tecnologias e novas alternativas. Para eles, a informação ou conhecimento não pode ser apresentado de forma discursiva e linear. Eles querem mais, em dosagem certa, de forma mais rápida, com resultados garantidos.
  • 9. Criticar: Manifestações / Feedback Sintetizar: Interpretação Analisar: Opções / Informações Aplicar: Inserção de Dados / Ideias Assimilar: Compreensão / Familiaridade Memorizar: Reter Conhecimentos / Absorver Funcionalidades
  • 10. Educomunicação: • Sinergia entre educação e comunicação, multimídia, colaborativa e interdisciplinar; Repensar: Web 2.0 / Redes Sociais: • Compartilhamento de vídeos, envio e recebimento de notificações, criação, desenvolvimento e manutenção e • Construção do conhecimento.
  • 11. • Apoiadores e Pessoas Contrárias • Relevância e Obstáculos: Reflexão
  • 12. Socialização pelas Mídias Sociais e Educação: • Novas gerações e das gerações adultas; • Educação ao longo da vida; • Nos ambientes em rede: a construção do seu conhecimento é uma aventura coletiva; • Constroem seus saberes e dos outros;
  • 13. • Aventura renovada: aprendem o que cada um vale, não apenas por si, mas pela forma como se relaciona com os outros. • Fazem parte de muitas comunidades, e que o que partilham com umas é, afinal, importante para o que partilham com as outras. • Seu próprio valor para uma comunidade depende, não apenas de si próprios, como seres isolados, mas também da forma como podem contribuir para ela pelo fato de pertencerem a outras.
  • 14. 2. CAPACITAÇÃO DE PROFISSIONAIS, PARA USO DAS NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO
  • 15.
  • 16. • O mundo mudou, as pessoas mudaram e os alunos também; • Consequentemente o ambiente da sala de aula também sofre mudanças; • Isso se dá pelo poder sedutor gerado pelas novas tecnologias; • Hoje, tudo que precisamos saber, entender, conhecer, desenvolver, realizar, adquirir dentre outros, está dentro de um simples telefone móvel.
  • 17. • Nesse atual cenário, o docente precisa reagir diante das inevitáveis mudanças; • Se não se atualizar, será comparado com os homens das cavernas (por ser antiquado e sem habilidade de manuseio das novas tecnologias).
  • 18. • O uso diverso das novas tecnologias tem aproximado professor de um mundo midiático, que muda e melhora a dinâmica em sala de aula. Ex: Datashow, vídeos, computador, internet.
  • 19. • Porém, antes de tudo, é importante entender o conceito, em função de qual projeto de educação as tecnologias serão usadas? • O professor, a direção e demais envolvidos precisam ter claro, que tipo de projeto é importante, que tipo de sociedade a IE deseja; • Como serão incorporadas essas tecnologias na prática pedagógica?
  • 20. • A escola deveria se apropriar dessas ferramentas/ tecnologias para encontrar eco, no diálogo junto a seus alunos? • Como a escola/docente podem fazer uso do entendimento dos alunos, frente as novas tecnologias?
  • 21. • Afinal, a tecnologia é um dos pilares/componentes, para a educação de qualidade;  Formação docente;  Formação dos gestores;  Formação da escola;  Trabalho colaborativo de um projeto pedagógico consistente; A participação de todos faz parte dessa educação democrática e inclusiva.
  • 22. • O professor deve despertar nos alunos pensamento crítico, senso de análise e que ele tenha condições de apontar soluções, para os problemas.
  • 23. Como conseguir esse clima de aprendizagem, senso crítico e motivação pela busca do conhecimento por parte do aluno?
  • 24. Educação a Distância e as Mídias Sociais: Demandas emergentes e mutáveis das pessoas: • estudantes em busca de um novo aprendizado • profissionais do mercado Consequência: - Necessidade de Capacitação: professores, alunos, conteudistas, web designers, pedagogos dentre outros.
  • 25. 3. Mídias Sociais como ferramentas da dinâmica do ensino- aprendizagem
  • 26.
  • 27.
  • 28. Elementos Digitais: • Facebook • Twitter • Interação Professor x Aluno • Aproveitamento do perfil em plataformas de relacionamento.
  • 29.
  • 30. * redes sociais x plataformas colaborativas de aprendizado; *construção não linear de conhecimento; * promoção de trabalho em conjunto (docentes e discentes); * Integrar o conhecimento das salas tradicionais com os ambientes virtuais.
  • 31.
  • 33. Um problema existente atualmente é a manipulação da informação de forma inescrupulosa por usuários das redes sociais.
  • 34.
  • 35. Quando um aluno participa de um fórum ele acaba trocando experiências com pessoas de sua faixa etária e que possuem pensamentos e ideias semelhantes, o que gera uma confiança virtual que pode render um aumento de seus conhecimentos.
  • 36. Segurança das informações e dos usuários * Ataques de hackers * dados falsos e vírus * a inocente ideia de que tudo na internet é possível, ou seja, podemos publicar e inserir todos os tipos de dados e conteúdos sem controle.
  • 39. Ainda dentro do contexto das plataformas colaborativas existem ferramentas que possibilitam a mobilidade dos alunos e professores onde quer que estejam. Com a conexão adequada permitem a navegação em qualquer ponto do planeta, levando a sala de aula dos frios prédios públicos ou privados para ambientes mais agradáveis e livres do peso da antiga escola de concreto.
  • 44. • Necessidade a ser atendida: • Como educar em novos ambientes? • Presenciais e não presenciais; • Ausência de atores; • Falta de recursos humanos capacitados em novas tecnologias.
  • 45. Urgências: • Colocar em prática novas tecnologias no meio acadêmico/escolar, com intuito de propiciar melhor ensino-aprendizagem dos discentes. • Professores, recursos humanos envolvidos. • Socialização dos saberes. • Absorção rápida e qualitativa das tendências, na educação das próximas gerações. • Conteúdos disseminados de maneira eficiente e perene • Docentes adaptarem-se à nova realidade: capacitações contínuas
  • 46. • Realidade: • Acesso às ferramentas crescimento vertiginoso; • Problemas na capacitação: docentes e todos os envolvidos • Caráter cíclico dos avanços tecnológicos: • – inovação, absorção, estabilidade –.
  • 47. • A celeridade nestes ciclos é imprescindível, para que tenhamos uma sociedade competitiva, com condições de emergir e possa ser análoga às sociedades modernas.