Introdução ao Gerenciamento de Projetos em RH

1.926 visualizações

Publicada em

Curso introdutório à gestão de projetos ministrado para profissionais de RH (parceria: www.mmconsultoria.com.br e www.bbsconsultoria.com.br)

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.926
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
55
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução ao Gerenciamento de Projetos em RH

  1. 1.
  2. 2. Facilitador <ul><li>Adm. Érlei José de Araújo </li></ul><ul><ul><li>Administrador de Empresas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Especialista em Planejamento Fiscal e Auditoria Contábil; </li></ul></ul><ul><ul><li>Especialista em Marketing Estratégico. </li></ul></ul><ul><li>Experiência </li></ul><ul><ul><li>Gerente Comercial (COMADI) </li></ul></ul><ul><ul><li>Secretário de Administração e Técnico de Desenvolvimento (PMDI) </li></ul></ul><ul><ul><li>Coordenador do Centro Integrado de Gestão & Negócio – CIG&N (Newton Paiva) </li></ul></ul><ul><ul><li>Formulador e Coordenador do MBA em Gestão Estratégica do Agronegócio (Newton Paiva/Rehagro) </li></ul></ul><ul><ul><li>Gerente de Relacionamento (Newton Paiva) </li></ul></ul><ul><ul><li>Professor Universitário (UNIFENAS e Newton Paiva) </li></ul></ul><ul><ul><li>Vice-Diretor Administrativo Financeiro (Católica/ES) </li></ul></ul><ul><ul><li>Gerente Executivo (Instituto Integrado de Gestão – IIG) </li></ul></ul><ul><ul><li>Sócio-diretor da BBS Consultoria e Treinamento </li></ul></ul><ul><ul><li>Consultor e Instrutor credenciado do SEBRAE/ES (Planejamento Empresarial, Gestão Financeira e Empreendedorismo/RH) </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilitador do CRA/MG nos FMA... </li></ul></ul>
  3. 3. Objetivos
  4. 4. “ Na natureza não são as espécies mais inteligentes, muito menos as mais fortes que sobrevivem, mas as espécies mais sensíveis às mudanças.” Charles Darwin
  5. 5. Histórico <ul><ul><li>1950 Departamento de Defesa dos EUA </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desenvolvimento do Míssil Polaris </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Necessidade de gerenciamento de equipe multidisciplinar envolvida no projeto </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Envolvimento de complexa logística do Exército </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Gerenciamento do cronograma </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Utilização de diagramas Gantt e Pert </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Seguindo os passos dos militares vieram as indústrias automotivas e as grandes corporações de engenharia </li></ul></ul>
  6. 6. “ Se você construiu castelos no ar, não tenha vergonha deles. Estão onde deveriam estar. Agora, dê-lhes alicerce.” Henry David Thoreau
  7. 7. Por que gerenciar projetos? (1/3) <ul><ul><li>Estudos realizados comprovam que empresas que investiram esforços nas fases de pré-desenvolvimento conseguiram no mínimo duplicar as chances de sucesso no lançamento de seus produtos... </li></ul></ul>
  8. 8. Por que gerenciar projetos? (2/3) <ul><ul><li>Empresas que não faziam uso de técnicas de gerenciamento de projetos, tinham, em média, 71% de atraso nos seus cronogramas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Trata-se de um campo profissional muito demandado pelas empresas... </li></ul></ul>
  9. 9. Por que gerenciar projetos? (3/3) <ul><ul><li>Mercado muito competitivo; </li></ul></ul><ul><ul><li>Necessidade de atualização tecnológica; </li></ul></ul><ul><ul><li>Margens de lucro cada vez menores; </li></ul></ul><ul><ul><li>Padrões mais exigentes de qualidade; </li></ul></ul><ul><ul><li>É estratégia vital das empresas mais lucrativas do mundo; </li></ul></ul><ul><ul><li>Enfim, gerenciar projetos é uma questão de sobrevivência … </li></ul></ul>
  10. 10.
  11. 11. Definição
  12. 12. O QUE DIFERE O PROJETO DE UM PROGRAMA
  13. 13. Pontos chave do Projeto
  14. 14. Elaboração progressiva PESQUISA REFINAMENTO DA CONCEPÇÃO CLARIFCAÇÃO DA CONCEPÇÃO ESTUDO DE VIABILIDADE CONCEPÇÃO ESCOPO DO PROJETO PLANO DO PROJETO
  15. 15. Outras definições <ul><ul><li>Projeto é conjunto de estudos e realizações físicas , compreendendo desde a concepção inicial de uma idéia até a sua concretização, traduzida por um empreendimento em operação e pronto para funcionar. (LIMMER: 1991) </li></ul></ul>
  16. 16. Exemplos de projetos <ul><ul><li>Recrutamento; </li></ul></ul><ul><ul><li>Pesquisa de Clima; </li></ul></ul><ul><ul><li>Plano de Carreira; </li></ul></ul><ul><ul><li>Avaliação de Desempenho; </li></ul></ul><ul><ul><li>Pesquisa de Mercado; </li></ul></ul><ul><ul><li>Plano de Negócio; </li></ul></ul><ul><ul><li>Planejamento Estratégico; </li></ul></ul><ul><ul><li>Entre outros… </li></ul></ul>
  17. 17. Por que os projetos falham? (1/2)
  18. 18. Por que os projetos falham? (2/2)
  19. 19. Habilidades que as Organizações consideram deficientes nos seus GP Fonte: Relatório Principal – Perspectiva Geral Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos 2009, Project Management Institute, pag. 95.
  20. 20.
  21. 21. Por que precisamos de Gerentes de Projeto?
  22. 22. Por que precisamos de Gerentes de Projeto?
  23. 23. Por que precisamos de Gerentes de Projeto?
  24. 24. Desafio do gestor de projetos: “ Triple Constraints” QUALIDADE CUSTO CRONOGRAMA ESCOPO RECURSOS HUMANOS AQUISIÇÕES RISCOS COMUNICAÇÃO INTEGRAÇÃO
  25. 25.
  26. 26. Perfil do Gerente de Projetos (1/2) <ul><ul><li>Atributos principais: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Orientação para resultados; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Capacidade para trabalhar em equipe; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Liderança; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Relação interpessoal; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Pensamento sistêmico (visão do todo); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Negociação; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Capacidade de comunicação… </li></ul></ul></ul>
  27. 27. Habilidades mais Valorizadas pelas Organizações no GP Fonte: Relatório Principal – Perspectiva Geral Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos 2009, Project Management Institute, pag. 94.
  28. 28. Perfil do Gerente de Projetos (2/2) <ul><ul><li>Deve saber: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Motivar a si próprio e a equipe; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Influenciar as pessoas; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Buscar o melhor de cada um; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Entender as mensagens transmitidas por clientes, colaboradores, parceiros e outros; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Incentivar as contribuições de todos; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Saber delegar e não entrar em pânico… </li></ul></ul></ul>
  29. 29. Responsabilidade pelo Gerenciamento de Projetos Fonte: Relatório Principal – Perspectiva Geral Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos 2009, Project Management Institute, pag. 78.
  30. 30.
  31. 31. Processos
  32. 32. Organização dos processos
  33. 33. Processos
  34. 34. Organização dos processos INICIAÇÃO EXECUÇÃO CONTROLE PLANEJAMENTO ENCERRAMENTO
  35. 35. Sobreposição dos processos Fonte: PMBok, pág. 31.
  36. 36. Desafio do gestor de projetos: “ Triple Constraints” QUALIDADE CUSTO CRONOGRAMA ESCOPO RECURSOS HUMANOS AQUISIÇÕES RISCOS COMUNICAÇÃO INTEGRAÇÃO
  37. 37. Integração (1/9)
  38. 38. Escopo (2/9)
  39. 39. Tempo (3/9)
  40. 40. Custos (4/9)
  41. 41. Qualidade (5/9)
  42. 42. Recursos Humanos (6/9)
  43. 43. Participação x imposição Tempo Inovação no procedimento Participação Imposição Qual a melhor opção na adoção de um novo procedimento? Imposição ou participação?
  44. 44. Comunicações (7/9)
  45. 45. Riscos (8/9)
  46. 46. Como identificar riscos?
  47. 47. Contratações (9/9)
  48. 48. Precisamos <ul><ul><li>Organizar; </li></ul></ul><ul><ul><li>Planejar (iniciativa); </li></ul></ul><ul><ul><li>Executar conforme planejado (acabativa); </li></ul></ul><ul><ul><li>Medir o andamento do projeto; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ter consciência de onde chegar, caso mantenhámos o mesmo ritmo; </li></ul></ul><ul><ul><li>Aprender com erros; </li></ul></ul><ul><ul><li>Compartilhar lições… </li></ul></ul>
  49. 49. Para <ul><ul><li>Entregar os produtos dos projetos com sucesso; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ter clareza nos objetivos do trabalho; </li></ul></ul><ul><ul><li>Saber que os recursos serão corretamente coordenados; </li></ul></ul><ul><ul><li>Saber identificar e gerenciar os riscos dos projetos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ter economia de tempo nos cronogramas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Reduzir os custos dos projetos… </li></ul></ul>
  50. 50. Resumo
  51. 51. Fontes <ul><li>Bibliografia: </li></ul><ul><ul><li>MAXIMIANO, Antônio C. A. Administração para Empreendedores . São Paulo: Pearson Education, 2006. </li></ul></ul><ul><ul><li>TAVARES, Mauro C. Gestão Estratégica . São Paulo: Atlas, 2000. </li></ul></ul><ul><ul><li>ESTUDO DE BENCHMARKING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS – 2009 (disponível para livre acesso no website: www.pmi.org.br) </li></ul></ul><ul><li>Sites: </li></ul><ul><ul><li>http://www.pmi.org.br/ </li></ul></ul><ul><ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/PMBOK </li></ul></ul><ul><ul><li>www.ricardo-vargas.com </li></ul></ul>
  52. 52. Contatos: <ul><li>Adm. Érlei Araújo </li></ul><ul><ul><li>(37) 8404-0546 </li></ul></ul><ul><ul><li>[email_address] </li></ul></ul>

×