03 Planejamento e Métodos de Ensino

27.445 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
27.445
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
450
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
809
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

03 Planejamento e Métodos de Ensino

  1. 1. E MÉTODOS DE ENSINO © DMM, 2009 Dilsilei Monteiro
  2. 2. Conceitos Iniciais © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  3. 3.  Planejamento • O que é Planejamento? • Motivos para Planejar uma aula • Fases do Planejamento • Objetivos do Planejamento • Vantagens do Plano de Aulas • Resultados do Não-Planejamento • Execução do Plano de Aula • Avaliação do Plano de Aula © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  4. 4.  Palavras de Jesus sobre Planejamento “Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem como acabar? Para que não aconteça que, depois de haver posto os alicerces, e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a escarnecer dele, dizendo: Este homem começou a edificar e não pôde acabar.” Lucas 14:28-30 © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  5. 5.  Planejamento Quem utiliza? • Engenheiros  Projeto • Administradores  Planejamento Estratégico • Exército  Tática de Guerra • Equipes Esporte  Treinam antecipadamente • Orquestra  Ensaia • Governo  Orçamento • Professores  Plano de Aula © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  6. 6.  Motivos para Planejar • Organiza • Dá senso de direção • Ajuda a progredir • Ajuda na seleção do material e atividades • Ajuda a avaliar o grau de aprendizagem • Motiva os alunos a estabelecerem alvos • Encoraja o professor © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  7. 7.  Funções do Planejamento Planejamento Esboça Situação futura Prevê O que, como, onde, quando e porque Se quer realizar Garante Objetividade, operacionalidade, funcionalidade, exigüidade, continuidade e produtividade. Da ação © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  8. 8.  Fases do Planejamento L.I.D.E.R.A.R Acróstico Leitura da Lição – Texto Bíblico Identificação do tipo da lição (Teórica ou Prática); Definição dos objetivos e metas a serem atingidas; Escolha do Método (Seminário, preleção, debates, grupos, etc.) e materiais. Recolhimento de Dados e informações sobre o tema. Análise do tempo para cada tópico da lição Resumo: Conclusão, aplicando a lição à vida do aluno. © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  9. 9. Planejamento e Integração Humana © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  10. 10. A integração humana pensamento sentimento comportamento
  11. 11. Uma estratégia de mudança unilateral pensamento sentimento comportamento
  12. 12. O efeito da mudança unilateral pensamentos isolados sentimento pensamentos operantes comportamento
  13. 13. Uma estratégia de mudança integral pensamento sentimento comportamento
  14. 14. O efeito da mudança integral pensamento sentimento comportamento CTC 2005 Estratégias educativas de mudança 14
  15. 15. Nosso Modelo © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  16. 16.  Jesus, o Bom Educador Jesus: Discípulos: Escutavam Instruia Perguntavam Perguntava Repondiam Explicava Perguntavam Agia Observavam Perguntavam Agiam (imitavam) Mandava Obedeciam © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  17. 17. Comunicação e Métodos © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  18. 18. Métodos de Lembrança três Lembrança três comunicação horas depois dias depois Quando o 70% 10% professor só fala Quando o 72% 20% professor só mostra Quando o 85% 65% professor fala e mostra © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  19. 19.  Comenius na Vanguarda “ O conteúdo dos livros deve pintar-se nas paredes. Será de maior utilidade, para o nosso objetivo, que se pinte nas paredes das aulas o resumo de todos os livros de cada classe, tanto o texto (com vigorosa brevidade), como ilustrações, retratos e relevos, pelos quais os sentidos, a memória e a inteligência dos estudantes sejam, todos os dias estimulados.” © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  20. 20.  Comenius na Vanguarda “A fim de que todas essas coisas se imprimam mais facilmente, utilize-se, o mais que puder, os sentidos. Por exemplo: associe-se sempre o ouvido à vista, a língua à mão; ou seja, não apenas se narre aquilo que se quer fazer aprender, para que chegue aos ouvidos, mas represente-se também graficamente, para que se imprima na imaginação por intermédio dos olhos. © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  21. 21.  Comenius na Vanguarda Com este objetivo, será bom que todas as coisas, que costumam ser estudadas em determinada classe, sejam representadas graficamente nas paredes da sala de aula: quer se trate de teoremas e de regras, quer se trate de imagens e de baixo-relevos da disciplina que se está a estudar. Com efeito, se isto se fizer, é enorme a ajuda que pode dar, para produzir as mencionadas impressões.” © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  22. 22. Métodos de Ensino © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  23. 23.  De acordo com a Didática, podemos resumir os métodos de ensino em três tipos: Métodos de ensino individualizado: "A ênfase está na necessidade de se atender às diferenças individuais, como por exemplo ritmo de trabalho, interesses, necessidades, aptidões, etc.". Predominam as atividades individuais (de estudo e pesquisa). Métodos de ensino socializado: Fundamentam-se na chamada "Dinâmica de Grupos". Visa fortalecer a personalidade do aluno, no trabalho em grupo, dando-lhe capacidade para se integrar na comunidade, na vida coletiva. Métodos de ensino sócio-individualizado Os métodos sócio-individualizados procuram usar com equilíbrio o ensino individualizado e o socializado, visando "balancear a ação grupal e o esforço individual no sentido de promover a adaptação do ensino ao educando e o ajustamento desta ao meio social © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  24. 24.  Recursos Materiais Os materiais auxiliares, tais como quadro de giz, retro- projetor, projetor de diapositivos (slides), DVDs, etc... podem ajudar na transmissão didática do ensino, com as seguintes vantagens: - Ajudam a captar a atenção; - Ajudam a manter o interesse; - Ajudam a aclarar as idéias; - Ajudam a reter a aprendizagem. Um provérbio chinês diz: "O que eu ouço, esqueço; o que eu vejo, lembro; se eu faço, aprendo". © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  25. 25.  Recursos Materiais Os materiais auxiliares são variados, e podem ser utilizados de acordo com as condições de cada igreja local. Dentre esses, temos: 1) Apostilas: O professor pode preparar a sua aula e colocar isto em forma de apostila. Assim os alunos poderão acompanhar a aula, lendo, vendo e ouvindo. 2) Quadro "negro": Às vezes se faz necessário ao professor escrever alguma palavra para que o aluno visualize e entenda seu significado. © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  26. 26.  Recursos Materiais 3) Projetor de Multimídia e Retroprojetor: Exposição com ilustração visual : Apresentação gráfica de fatos, fenômenos ... através de gráficos, mapas, esquemas, gravuras, etc. 4) Flip Chart: Tem a mesma função do quadro "negro", porém por ser móvel, pode ser levado para qualquer outro ambiente e também sua posição dentro da sala de aula. 5) TV e Vídeo: Existem bons filmes que podem ser utilizados para favorecerem o ensino. 6) Computador: Gráficos, desenhos, Multimídia, etc.... © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com
  27. 27. Deus os abençoe e boas aulas! © DMM, 2009 www.dmmonteiro.com

×