Conceitos interessantes de Eletrocirurgia - Aula Ministrada na WEM por Dr Conrado Alvarenga

1.115 visualizações

Publicada em

Conceitos interessantes de Eletrocirurgia - Aula Ministrada na WEM por Dr Conrado Alvarenga

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.115
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
654
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • CNS 175% CRESCIMENTO DE HOSPITAIS NO PAIS EM 5 ANOS
    <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • <number>
  • Conceitos interessantes de Eletrocirurgia - Aula Ministrada na WEM por Dr Conrado Alvarenga

    1. 1. Eletrocirurgia em Urologia Highlights Conrado Alvarenga • Membro da Divisão de Urologia do HC-FMUSP
    2. 2. Panorama Mundial PfizerEUA Cortará 6 mil vagas até 2015 Fechamento de 8 unidades Corte de 4 a 5 bilhões P&D Há 6 -8 anos sem nova droga x Rede Medial – 3 novos Hospitais (2 CC) HIAE e HSL – Novas Unidades HAOC – Novo Prédio para 2012 Centros Cirúrgicos 130%
    3. 3. Alvarenga C. “ Chegue no máximo 5 e 40h, suba correndo para o centro cirúrgico, pegue o WEM velho de rodinha e guarde dentro da sala trancada. ” ( Em orientações de inicio no grupo) Primeiro dia estágio Próstata HC
    4. 4. Alvarenga C. 7 anos se passaram Com certeza até hoje não se sabe o motivo Segue-se a regra !!!
    5. 5. Aspectos que intrigam ! 1- Sintomas pós-op em RTUp 2- Perfurações vesicais na RTUb 3- Melhor corte (manteiga) 4- Menor sangramento tardio em RTUp
    6. 6. Alvarenga C. Conceitos Básicos Email 10 colegas - perguntando • Utilizar o calor gerado pela passagem de corrente elétrica por um tecido 30 % tinham idéia de como tal mecanismo funciona • A corrente transita entre eletrodo ativo e a placa terra (Monopolar /Bip) 40% entendiam o papel da placa mas não do bipolar • Efeitos coagulação ou corte dependem de quais fatores 10% entediam o que variava para se obter corte ou coagulação • Efeitos teciduais do calor gerado ocorrem de maneira progressiva ?
    7. 7. Qual seria o ideal ? • Alta precoce • Taxa mínima de sangramento • Menor tempo possível de Sonda Vesical • Desconforto tardio inexistente • Sem precisar parar medicações do dia a dia • Material AP • Rápido e sem risco Intoxicação Hídrica
    8. 8. O Gold Standard A clássica RTU próstata 1932
    9. 9. Novidades Fontes de Energia / Alças
    10. 10. 400 W de corte puro – corta como manteiga 220 a 300 W Duas canetas simultâneas sem perda de energia ( divisão de W ) SS-601MCa 60 a 80 W – 70 a 100° C Coagulação - Vasos até 2-3mm 120 a 140 W – 200 ° C Corte – Ruptura e Sublimação 150° C – INDESEJAVEL = Coagulação Negra / Charring / Profunda
    11. 11. Tissue Impedance Sensitive Control Prática Cirúrgica: Potência em diferentes tecidos 1- RTU próstata e detecta lesão vesical 2- RTU próstata – tunelização – Lado D pétreo 3- RTU de próstata em paciente pós Braquiterapia
    12. 12. Potência máxima de 300W
    13. 13. Microdissecção Microbipolar – Microdissecções testiculares Precisão 2011
    14. 14. E o que prometem as novas técnicas??? Alvarenga C.
    15. 15. Novas Tecnologias RTU próstata Bipolar Bipolar transurethral resection of the prostate— a new approach PROMESSAS • Irrigação com solução salina - E NAO MANITOL Elimina riscos de SINDROME POS RTUp – próstatas maiores • Não há passagem corrente pelo paciente • Menor Potência que monopolar ( < temp) preserva tecido
    16. 16. Alças disponíveis no mercado GYRUS COM ELETRODO NEUTRO PROXIMO ALÇA STORZ COM ELETRODO NA ALÇA OLYMPUS COM NEUTRO NA PROPRIA CAMISA
    17. 17. Promessas PlasmaKinetic PK Transurethral Resection of the Prostate Menor Energia Necessária Menor dano tecidual Melhor qualidade de amostra
    18. 18. . Trabalhos que não mostram grandes diferenças
    19. 19. 1. > 1400 trabalhos – qualidade das publicações baixa 2. Resultados são para prazo < 12 meses 3. Tempo cirurgia, complicações uretrais , % transfusão 4. Tempo de irrigação < MENOR NA BIPOLAR CUT 5. Zerou a chance de Sindrome Pós RTUp 6. Zerou risco de acidentes com desvio de corrente ( queimaduras) Alvarenga C.
    20. 20. Grandes Trials • B-TURP is preferable due to a more favorable safety profile (lower TUR syndrome and clot retention rates) and shorter irrigation and catheterization duration?? • Well-designed multicentric/international RCTs with long-term follow-up and cost analysis are still needed.
    21. 21. Alvarenga C. A RTU bipolar (a alça custa > R$ 1.500,00 contra +- R$ 300,00 da monopolar) e a sua fonte geradora também Porém os estudos com custo hospitalar são ruins Amostra de tecido quando são necessárias – desvantagem – juridicamente !!!!!!! A realidade
    22. 22. Highlights AUA 2011 “ RTU bipolar não demonstrou qualquer vantagem no controle do sangramento intra- operatório de acordo com as meta-análises que avaliaram esta questão.”
    23. 23. Alvarenga C. Novas Tecnologias RTU próstata Bipolar Tendências do mercado Quando as empresas que produzem os equipamentos bipolares "cairem em campo", como menores custos, este panorama pode mudar ?
    24. 24. Laser em próstata
    25. 25. Casos Selecionados • Próstatas Grandes que escolhem tto endoscópico • Próstatas Grandes com CI para SO aberta (obesos / cirurgias prévias) • Anti-agregantes (AAS, marevan, clopidogrel) • Múltiplas doenças ( < tempo internação)
    26. 26. Alvarenga C. Novas Tecnologias Green Laser
    27. 27. Alvarenga C. Limitações Ausência de amostra tecidual Alto custo da fonte e das fibras De 8 a 12 mil mais caro que RTU clássica
    28. 28. Há mercado para estas novas tecnologias? Crescimento Vertiginoso Medicina Privada Novos Centros Interior do País Quem bancará as curvas de aprendizado ? Talvez Foco – Público limitado nas grandes capitais
    29. 29. Atenção !!!!!! Cardiopatas e usuários de AAS, Clopidogrel, Marevan, Gincobiloba Ainda há a opção da Eletro - Vaporização de Próstata 220 – 300 W Queixa principal da técnica Muitos sintomas no pós operatório (ARDOR)
    30. 30. Será o fim da clássica RTUp? • Maior popularidade em todo o país • Curva de Aprendizado Menor ( Após a sexta – caem % tempo e sangramento pós op) • Tempo de internação de 2-3 dias • Sindrome pós RTU não ultrapassa 2-3% nos dias atuais • Alça de ressecção R$ 300,00 ! SEGURO E PREÇO MENOR
    31. 31. Novas Tecnologias Será o fim da clássica RTUp?
    32. 32. Sem dúvida alguma a resposta é não Tendência
    33. 33. Inteligência no futuro Admitir que não temos a capacidade de absorver tudo que há de novo !!!!! Detectar o que realmente será importante e diferenciar do fugaz !!!!! O FUTURO Um Dado Histórico
    34. 34. Alvarenga C. drconradoalvarenga@hotmail.com Obrigado As dúvidas movem as grandes inovações

    ×