As doenças que assombram os homens? Ou apenas os que não se cuidam ?

1.350 visualizações

Publicada em

As doenças que assombram os homens? Ou apenas os que não se cuidam? Dicas, mitos e verdades do check up masculino: Aula realizada no Grupo Fleury - 2014.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.350
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
735
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • FALTA DE DINHEIRO NA VELHICE NAO
    CASA MELHOR NAO
    PARA COM VICIOS NAO
    <number>
  • <number>
  • As doenças que assombram os homens? Ou apenas os que não se cuidam ?

    1. 1. As doenças que assombram os homens Ou apenas os que não se cuidam ? Conrado Alvarenga Urologista - Check-up Fleury Membro da Divisão de Urologia do HC-FMUSP
    2. 2. ;w : "*n? 'ul. lllull“lg“, Í_'_.4l : iliílvkl ^“'llfi_nisl› . 'jílf i 4;. .. j” . da m¡ Ílm um: : normal' A l aqui 'fr-u “x 7 _, . ÊI; ¡-›'›Il¡? ãtê~ Ma: : um _lltãllrêrfíll fiãlralvillwvl ais-Un; fâlkí n? i we . . _ , _ ~- . i , . vb» à à¡ r IGIWI t* s a n rãlg. l'r~ílllurf= .ll. à* " à'. í J FLEURYl Aulvtzluiaggprzêg:
    3. 3. q ¡ st mirçtrñc _ ¡4! ; íwgnv 'a t. . Lua'- l g ›L; g-g ll lr"" s. ; . l “w u* 1 *' ! Hrrium . ixhw n” Tm: E , j , , lu_ Alr/ LLc/ L. l 1;* 4. w. : l . ,, ~ . . . a, . c ~_, . fa» : Nikki lili u : *i7 t* ¡-, ,l“~. .,_1*. ¡:'wl 14,4: neck? j¡ l n vv u c¡ 115,47 1,12m” L 'w À* 3% "Tziilní-Il 'Film sin: Wim e *F íihldíf: : : Li Lil-Ur. ; iai-lema '” 1:11; A". » Í: FMVVÍHVQEWÉÀ Anvnjyqgxâítggí É FLEURYI
    4. 4. SOFRIMENT O COM DOENÇAS - E NAO MEDO DE FICAR DOENT E S OLIDAO NA VELHICE - PERDA DA ESPOSA E/ OU FILHOS , Írl°, l›Íl= -l7,s"lil, _ÍÍP-Ífln" ~ ', Í'~, l: '=- z Alvarenga C.
    5. 5. CC 'U0 Por que os homens morrem primeiro? ' Meninos são ensinados a esconder os seus sintomas e a nunca pedir aiuda! ! Comportamentos de risco - a área do cérebro associada à avaliação das conseguência dos atos é menos desenvolvida nos HOMENS A depressão masculina é muito mais comum do gue se imagina Os homens tendem a escondê-Ia tornam-se mais solitários. viciados em substâncias como o álcool e iogos, levam uma vida desregrada, tornam-se mais violentos, irritáveis FLEURY É
    6. 6. LJRO USP Alvarenga C. É FLEURY
    7. 7. ° _LjIWA_ › : :ill : nun: vekam-. nxvtçilvlutF-Ílv: “L1 gira-iii? f. ; ' ¡ . E Es': ::^rr^ago I | ~ “ , . _ y A _ . j¡ l v : Inlmgunni = em: ¡llv-'a Ã' g g i r 'b l pmoílzlítlãlc : mir : Hint-ln ¡ Ii; dlaiucfirjojtcp. :9lr'= ¡c: op1d= §¡_|
    8. 8. Alvarenga C. FLEURY
    9. 9. DOR MACHISMO MEDO DE DESCOBRIR ALGO SEM SINTOMAS PENSAMENTO - PREFIRO MORRER SEM SABER TOQUE DURA 4 seg, COM POMADA ANESTESICA Alvarenga C.
    10. 10. PSA E TOQUE RETAL 1 X AO ANO TEM QUE FAZER O TOQUE SIM - USG SOZINHO NAO ADIANTA 1/3 DOS NODULOS SAO INVISIVEIS AO USG TOQUE PERMITE AVALIAR A CONSISTENCIA Alvarenga C. g
    11. 11. ^ r i nal; :a: , ;i _5j¡l; j¡g, ^i, ,“'l_~ l 2009 - Câncer -7,6 milhões de mortes no mundo - 13% de todos os 53 milhões de óbitos. No Brasil, o câncer de pulmão é o tipo de tumor mais letal e também uma das principais causas de morte no país. Alvarenga C.
    12. 12. O Veneno colocado para dentro É: e- / _ f** Contem anemia 33ml_ Contém lemhinuna, 'Contemmnnbl › Í xanm-edordeestnatte lwml” que dilu» tinta aoleo conservame de cadaver 'tura' , __7'* a *'37 l , .¡ I . a-. («”: ~Í : CFCs/ fr “i -- u. .. 4 . comem Iósiorn PII/ PG. COÚÍÓTFI _ usadg cm Contém amônia. efr-: icntc mata-barata **'-"” vrñcno para mms ; usina-tante para pasos. azulejos e ptlwradas
    13. 13. l l' , í Êílllâ aqrueie @sidney da; propagam ia ele I ' ' g a " Ii ' f I w 'l N p” I Is' I . l g . , ra l , Í I If, I
    14. 14. Marreta: de ÊÊÍIJÊÉY. a Wayne McLaren, o "comboy" de uma famosa marca de cigarros, morreu de câncer de pulmão em 1992, aos 51 anos de idade
    15. 15. ll l wlun Nllllllçilllllxxwrikvkrrxxku l l l
    16. 16. O Ressurgimento de muitas Doenças sexualmente transmissíveis E Geração que não acompanhou o surgimento do HlV / AIDS Alvarenga C. í
    17. 17. SIFILIS l r CANCRO MOLE CONDILOMA - CRISTA DE GALO - HPV
    18. 18. Ar' r 'n' . x. ' - at». mf. : oondllomaactxmlnado [HPV] v_x . n , N mllhigíl: oil'- 1.»'? :l 451* : i'll . .me 1m mu: um ; um : izmnllr-_g : tátil: nu : :mz »xllifu-. ic sit: 'plllzldzliWhlnY/ OP. t; ? Êsñãeí : a *Ir-Uau nur-i'm oil: qui: :a QHOIÍÍÍQQQ-mfí aaaasszeiihi. of: : LJ. ; Ôl1IIllÊI= P~1IIlÍhÍIiL. J FLEURYI Âvllilãllãltgypíàâíãgza_
    19. 19. Como orientar sobre algo que nunca se viu? Alvarenga C.
    20. 20. E como a sexualidae do homem? a x r, . A, _-'_. _. , _ _ u. DEKDIQÍEJEQEIEJH/ el? l: +,! ::›; p:; w : r , n l 5 “ÊW . "l: js° ? I ÃENILÍITÍI. IIÇÃIÍÊÀ; i .5'7*', ="-' ' * i l Alvarenga C.
    21. 21. ¡Vníúmnngcnusn IMFDTENGM 3 saum '^ V. ,AuMIE 'E517 líÍ' V¡ l [lê “rííÍlvllíÍí 11V! ” E 'HJ-H '- xrF : a 1: _ "a m: z g IILAHMI¡ I| [_1Sfz" : w zé: Wi* §*SS¡Í>*'W"Ê; Í' AJHILIA . si J FLEURYl AIMÍÊÍÍÊÍÍEFL33: «
    22. 22. Porque os homens estão gozando cada vez mais rápido ? Estresse - Ansiedade - Problemas financeiros - < Relações ( maior pressão) Medo da aceitação - E o tratamento ? ??? ? Alvarenga C.
    23. 23. V a A . *a '""* . l l r l A d l E. l o L L5.. ~ l m w l-'íll w E? ? n: ' FLEURYl Aulvtzlnlcrggav'
    24. 24. llillfltíhl, illluhl' : um _oxqnlmlr e: H «Tlm t. :IHU : Iñfllllliiàll ol~o_1!_[= *lt-latim mini-m 3' 1 : turmlml : Nim: :: manu íílllll [Vilzloíhwlc-. LQÊZÍÉÉ/ imnuqmo : :unit-nehum m¡ J un. Em¡ Vñhlnñnnl-P* ? MEME-EEF : :ts-saiam vnuzm . mm ! milan @kl -üiígjgng “ri-minar em: 'Eu : l *Iaizfhl íqgllhldnlan_ M! gli: : É FLEURYl Alivizlruapggj A
    25. 25. G ÍEJICIC* ; É iii/ Hifi. ; m M ílijlã' : :l-jk dñr» : W114i ; fuifgqoz *A rhnvire mirar? 57:5' › f# (luar ~ ' . l" -r __ ° ____! pr'~'-'x. , n. ; mf; - r ser' qlutp *ffalf'íe° ¡mil- 'lvjllivfux' 4195; c: rptrlléraílt* 'Ercíilqlsel (Inn fãliiíálerls " à'. í J FLEURYl Aulvtzlraaggçpeêg:
    26. 26. '*"; :«; :.A»lul: :;l~r"" *í im D= .¡rf1lrrí› FIlt: :t: F¡r'ir: v« Allicurltu/ lurojrgitnuvzus* "KW flíüiicügra? " I ' «l : W : J . ;LDL-Í J' v. . ' g "Nas revoltas populares e na tuberculose, sabe-se que a princípio é difícil reconhecer e fácil tratar, mas com o passar do tempo, se não for descoberta e medicada, torna-se fácil de reconhecer e difícil tratar"
    27. 27. de lado os medos e o preconceito e enveheça em paz ll! !! conrado. alvarenga@fleury. com. br Alvarenga C. Í »A

    ×