Artigo10

227 visualizações

Publicada em

artigo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
227
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
40
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Artigo10

  1. 1. A INFELICIDADE PROFISSIONAL ANDRÉIA CARVALHO DA SILVA PACHECO CALUDIMARA DO NASCIMENTO BARBOSA DALVINHA MARTINS ISANETE PASSOS SOARES GOMES JANICE CARVALHO DA SILVA RESUMO O sucesso pessoal e profissional depende da organização empresarial e pessoal, pois, esta influencia diretamente nos resultados que serão alcançados, quando o profissional se sente bem como pessoa logo seus resultados profissionais serão de melhor qualidade, portanto o planejar tanto da empresa quanto do empregado trará qualidade para ambas as partes, pois só assim conseguirão os resultados pretendidos. Palavras-chave: Profissional. Empresa. Planejamento. ABSTRAC The personal and professional success depends on the business and personal organization, because this directly influences the results that will be achieved when the trader feels good as a person then his professional results will be of better quality, so the plan both the company and the employee will quality for both parties, because only thenwill achieve the desired results. Keywords: Professional. Company. Planning.
  2. 2. INTRODUÇÃO No dia a dia dos executivos, esta cada vez mais difícil de trabalhar por não ter uma boa qualidade de vida na empresa. A falta de organização e planejamento de tempo dentro e fora da empresa é um dos motivos. Uma pesquisa aponta que a maioria dos executivos estão infeliz no trabalho, tendo em vista que o trabalho é excessivo, e o ambiente de trabalho não favorece para um bom desempenho profissional, sobrecarregando de tal forma que a convivência social e familiar fica comprometida, e sabe-se também que quando o funcionário não esta bem, reflete negativamente no seu desempenho do dia a dia. REFERENCIAL TEÓRICO O trabalho é considerado de extrema importância na vida das pessoas e também fundamental para a formação da identidade sem contar que é o principio da sobrevivência humana, quem é que trabalha só pra trabalhar? Pois o trabalho tem diversos significados, para algumas pessoas o mesmo proporciona momentos de prazer, satisfação na vida do executivo, mais infelizmente para outros é considerado um desprazer acarretando sofrimento, fadiga, tornando assim o ambiente desagradável. Para ter um bom desempenho profissional é necessário ter uma boa convivência com os demais profissionais, a fim de conquistar um ambiente agradável, para que o profissional possa se sentir motivado e realizado. O trabalho é o principal regulador da vida humana, pois ele orienta os horários, os hábitos, e ate mesmo as atividades pessoais, mais porem a cada ano que passa o trabalho de modo geral tem exigido cada vez mais e as pessoas estão mais envolvidos, tornando a jornada de trabalho excessiva e deixando de lado sua vida social e a família. O principal foco dos profissionais é atingir as metas e objetivos, pois na maiorias das vezes se sobrecarregam com muitas funções ao mesmo tempo, até mesmo prejudicando a própria saúde, como por exemplo, o estresse que é um grande fator que vem afetando tantos profissionais, por não conseguir realizar as tarefas, e isso vira uma rotina, causando um problema muito serio, pois se sente infeliz, angustiado e se distancia de seus momentos de prazer com a família e a vida social. Os profissionais acabam
  3. 3. deixando de lado seus fazeres particulares, e passam o tempo todo envolvidos com trabalho até levando os problemas pra casa. Para ter uma boa qualidade de vida no trabalho, os profissionais devem saber controlar o seu tempo para conseguir realizar suas tarefas com satisfação. A cultura tem uma grande influência sobre a empresa, pois existem fatores externos que interferem no clima como, por exemplo, boas condições de saúde, família e lazer, ou seja a cultura é a causa e o clima é a consequência. CONSIDERAÇÕES FINAIS Portanto o que adianta um profissional trabalhar mais de oito horas por dia, para obter bons lucros e ter uma boa renda, e ao mesmo tempo gastam com problema de saúde com remédios ate mesmo com psicólogo e entres outros, e não conseguir ser realmente feliz. O dinheiro, o sucesso e o poder não compram e nem trazem felicidades por toda vida. Os profissionais devem trabalhar as horas que estão estabelecidas por lei, não ultrapassando regras, os mesmo devem por limite em si próprio, organizando e obedecendo a regras no seu tempo para o trabalho, pois o lazer com os amigos, e com a família além do cuidado com a saúde, também fazem parte do bom desempenho como profissional. Portanto para um profissional ser feliz no ambiente de trabalho primeiramente deve se organizar como pessoa, tendo em vista que há tempo e local para tudo, ter uma boa relação com demais profissionais para que possa se sentira motivado e alcançara seus objetivos com competência. E assim se sentir realizado como profissional e como pessoa. REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS Santos, Michele Fernanda Schimidt dos S237c cultura organizacional / Michele Fernanda Schimidt dos Santos, Paulo Renato Weimar, Elisete Alice Zanpronio de oliveira, Marilucia Ricieri.-londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A.,2014 184p. Silva, Mônica Maria S586p Psicologia organizacional e gestão de pessoas/
  4. 4. Mônica Maria Silva,Ana Céli Pavão,Juliana Regiani Olbrzymek, Ana Maria Stolfi,Daniele de Lourdes Curto Da costa Martins. –Londrina:Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2014. 160 p. HTTP://epocanegocios.globo.com/revista/epocanegocios/0,,EDR77246-8374,00.html

×