SlideShare uma empresa Scribd logo

Prontp

O documento discute a importância das atividades lúdicas no processo de ensino-aprendizagem na educação infantil. Ele explica que o brincar ajuda no desenvolvimento psicomotor, cognitivo e social das crianças, permitindo que elas aprendam brincando de forma prazerosa. Vários teóricos como Piaget, Vygotsky e Froebel apoiam a ideia de que as atividades lúdicas estimulam a aprendizagem e o crescimento das crianças.

1 de 7
Baixar para ler offline
1
A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NO PROCESSO DE
ENSINO-APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO
INFANTIL
Geneci de Fátima Pascal
Marcia Fabiana de oliveira
Marcela Alves Araújo Valandro
Pábola Dalprai
Shaiane Pasquali Machado
Solange Zarth
RESUMO
A brincadeira não é uma atividade inata, mas sim uma atividade social e humana e que
supõe contextos sociais, a partir dos quais as crianças recriam a realidade através da
utilização dos sistemas simbólicos próprios, deve-se considerar o brinquedo como um
elemento da brincadeira, pois contribui para a atribuição dos significados. Como
benefício intelectual, o brinquedo contribui para desinibir, produzindo uma excitação
mental altamente fortificante.
Palavras -Chave: Educação Infantil. Lúdico. Aprendizado.
ABSTRAC
Play is not an innate activity, but a social and human activity and supposes social
contexts, from which children recreate reality through the use of their own symbolic
systems, one must consider the toy as an element of the play, because it contributes to
the attribution of meanings. As an intellectual benefit, the toy contributes to
disinhibition, producing a highly fortifying mental excitement.
Palabras -Chave: Educación Infantil. Ludic. Learning.
2
JUSTIFICATIVA
O Ser Humano em si sendo criança ou adulto já é naturalmente lúdico, pois gostam de
brincar, contar histórias e jogar, de nos relacionarmos com outros seres humanos e
passamos por esse processo naturalmente assim nos desenvolvemos recebemos uma
grande influência, do meio em que vivemos. E esse processo requer um ambiente que
possa nos proporcionar liberdade em nossas ações e estimulação para novas
descobertas.
A palavra lúdico vem do latim ludus e significa brincar. No lúdico estão incluídos os
jogos, brinquedos e divertimentos e é relativo também à conduta daquele que joga que
brinca e que se diverte. Por sua vez, a função educativa do jogo oportuniza a
aprendizagem do indivíduo, seu saber, seu conhecimento e sua compreensão do mundo.
(SANTOS, 1997)
O Lúdico vem sendo trabalhado no campo educacional desde a antiguidade já com
Platão e Aristóteles ambos associavam o lúdico na aprendizagem como formas de
estudo e de prazer. Na atualidade o lúdico vem ocupando lugar relevante de importância
no campo educacional e vem sendo utilizado como suporte nas práticas pedagógicas
fazendo assim que cada vez mais se busque estudos científicos para que se possa
entender sua dimensão no comportamento humano. O lúdico vem sendo estudado por
vários autores e para a maioria deles é uma atividade que está relacionada ao prazer e
com a vida e assim o desenvolvimento humano, principalmente na infância, onde por
meio do lúdico a criança que ainda não consegue falar e nem escrever, consegue se
expressar demonstrando seus sentimentos e emoções.
REFERENCIAL TEÓRICO
O lúdico é uma ferramenta insubstituível para ser usada como estímulo na construção
do conhecimento humano e na progressão das diferentes habilidades operatórias, além
disso, é uma importante ferramenta de progresso pessoal e de alcance de objetivos
institucionais. São vários os estudiosos que defendem a prática do lúdico e seus
benefícios no ensino aprendizado das crianças, dentre eles destacam-se: Piaget,
Vygotsky, Froebel, Wallon
3
Segundo Piaget citado por (Wadsworth, 1984, p.44):
O lúdico é formado por um conjunto lingüístico que funciona
dentro de um contexto social, possui um sistema de regras e se
constitui de um objeto simbólico que designa também um fenômeno.
Portanto, permite ao educando a identificação de um sistema de regras
que permite uma estrutura seqüencial que especifica sua moralidade.
Na visão de Santos (1999), o lúdico é uma maneira que o indivíduo tem de expressar-se
e integrar-se ao ambiente que o cerca. È uma maneira de o indivíduo assimilar valores,
adquirir conhecimento em diferentes áreas, desenvolver o comportamento, bem como
aprimorar as habilidades motoras. È importante destacar que as atividades lúdicas
também auxiliam no aprender a assumir responsabilidades possibilita a socialização e a
criatividade, sem falar do estímulo á motivação no aprender. Piaget (1998) diz que a
atividade lúdica é o berço obrigatório das atividades intelectuais da criança sendo por
isso, indispensável à prática educativa e segundo Vygotsky (1989), diz que o lúdico só
pode ser considerado educativo quando desperta o interesse do aluno pela disciplina,
portanto os professores precisam aproveitar o mesmo como facilitador da
aprendizagem.
Dentre os vários benefícios que o lúdico traz para os educandos e a infinidade de
autores que abordam esses aspectos onde o lúdico deve ser considerado como parte
integrante da vida do ser humano como uma forma de penetrar no âmbito da realidade
[...] (Kishimoto, 1993, p.110) nos diz que:
[...], a dar oportunidades aos Brincando [...] as crianças aprendem [...]
a cooperar com os companheiros [...], a obedecer às regras do jogo
[...], a respeitar os direitos dos outros [...], a acatar a autoridade [...], a
assumir responsabilidades, a aceitar penalidades que lhe são impostas
demais [...], enfim, a viver em sociedade.
Resume-se o lúdico hoje através dos jogos, dos brinquedos e das brincadeiras
principalmente no que se refere á Educação Infantil e de acordo com Freitas e Salvi
(2011), os objetivos das atividades lúdicas na Educação Infantil é o de visar o
4
desenvolvimento das áreas psicomotoras, perceptivas, de atenção, raciocínio e
estimulação para o contato com os objetos, pois é na fase das brincadeiras que as
crianças estão descobrindo o mundo, criando, expressando. E como á criança ainda não
sabe se expressar através das palavras, ela comunica-se nas mais diversas linguagens
sendo elas pelo corpo, pelas brincadeiras, pela música e sendo assim possível para nós
adultos compreendê-las. Sendo o brincar um direito da criança, através do mesmo ela
explora seu mundo interior imitando aspectos da vida adulta, possibilitando funções
educativas, e neste brincar de valor pedagógico ela mesma brincando vem contribuir
para seu aprendizado.
Segundo o Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil (BRASIL, 1998, p.
21 apud CEBALOS; MAZARO, 2011):
Brincar é uma das atividades fundamentais para o desenvolvimento da
identidade e da autonomia. O fato de a criança, desde muito cedo,
poder se comunicar por meio de gestos, sons e mais tarde representar
determinado papel na brincadeira faz com que ela desenvolva sua
imaginação. Nas brincadeiras, as crianças podem desenvolver algumas
capacidades importantes, tais como a atenção, a imitação, a memória,
a imaginação. Amadurecem também algumas capacidades de
socialização, por meio da interação e da utilização e experimentação
de regras e papéis sociais.
Conforme Nascimento (2000, p.1):
A criança não é um adulto que ainda não cresceu, ela tem
características próprias. Para alcançar o pensamento adulto (abstrato),
ela precisa percorrer todas as etapas de seu desenvolvimento físico,
cognitivo, social e emocional. Brincando, a criança desenvolve
potencialidades; ela compara, analisa, nomeia, mede, associa, calcula,
classifica, compõe, conceitua, cria, deduz etc. Sua sociabilidade se
desenvolve; ela faz amigos, aprende a compartilhar e a respeitar o
direito dos outros e as normas estabelecidas pelo grupo e a envolver-se
nas atividades apenas pelo prazer de participar, sem visar recompensas
5
nem temer castigos. Brincando, a criança estará buscando sentido para
sua vida. Sua saúde física, emocional e intelectual depende, em grande
parte, dessa atividade lúdica.
Froebel foi o primeiro educador que justificou o uso do “brincar” no processo
educativo. Para ele o brincar, pelo ato de brincar desenvolve os aspectos físicos, moral e
cognitivos, entre outros, mas o estudioso defende, também, a necessidade da orientação
do adulto para que esse desenvolvimento ocorra. A ação de brincar é um fator
importante para o desenvolvimento humano, sendo que ele a partir da situação
imaginária introduz gradativamente entre outras coisas as crianças no mundo social,
cheio de regras. Portanto, surgem transformações internas no desenvolvimento da
criança em conseqüência do brinquedo, cujo fundamento é a criação de uma nova
relação entre o campo do significado e o campo da percepção visual, ou seja, entre as
situações do pensamento reais.
Como benefício didático, as brincadeiras transformam conteúdos maçantes em
atividades interessantes, revelando certas facilidades através da aplicação do lúdico,
deste modo podemos observar que o “brincar” serve como uma mola propulsora para o
desenvolvimento de diversas áreas, e que a brincadeira dentro de seu aspecto (lúdico)
desenvolve sim muitas habilidades, assim desmistificando o velho ditado que
brincadeira não é coisa séria, que brincadeira só serve dentro do contexto escolar para
serem utilizadas na entrada, recreio o e na saída. Com a brincadeira ensina-se o que os
livros nunca poderão ensinar isto mostra o quanto a brincadeira é séria e importante para
o desenvolvimento da criança em qualquer fase de escolarização que ela estiver.
Através da metodologia lúdica faz com que a criança aprenda com prazer, alegria e
entretenimento, sendo relevante ressaltar que a educação lúdica está distante da
concepção ingênua de passatempo, brincadeira vulgar e diversão sem nenhum objetivo
de aprendizagem. Muitas são as práticas de trabalho com o lúdico, porém as mais
utilizadas em sala de aula são: os jogos matemáticos, as brincadeiras de roda, contação
de história, cantigas populares, teatro de fantoches, todas essas atividades lúdicas
podem ser direcionadas para a alfabetização de uma criança, o ensino da língua
portuguesa, matemática, história e várias outras disciplinas escolares.
6
O lúdico para ser funcional não deve ser repetitivo, pois assim poderá não ter objetivo,
pois é uma atividade que executamos com prazer e quando a fazemos notamos a
possibilidade, a facilidade e a forma prazerosa de que quando brincamos. Nas atividades
lúdicas procura-se o objetivo do aprender tanto o adulto como a criança mesmo sendo
inconscientemente.
CONCLUSÃO
Os cálculos surgem desde muito cedo na vida das crianças, e elas muitas vezes são
capazes de resolvê-los de seu próprio jeito, muitas vezes usam pedrinhas, botões,
tampinhas de garrafas etc... até mesmo o próprio corpo para resolver alguns problemas,
e é neste momento que os jogos que envolvem regras, noções espaciais (em cima,
embaixo, atrás), conceitos, organizações, seqüência e contagem oral são excelente
recursos para a construção do conhecimento matemático que poderão se dar,
naturalmente, enquanto brincam. Jogos de encaixe, brinquedos de empilhar ou ordenar,
quebra-cabeças, jogos da memória ou de formas geométricas são sempre bem-vindos
para o trabalho com este importante eixo, pois ensinam na prática o que ainda é abstrato
na teoria.
Enquanto uma criança brinca, ela automaticamente percebe a necessidade do outro e
passa a preferir brincar em companhia de mais crianças do que sozinha, mesmo que essa
parceria, às vezes, seja conflituosa e frustrante. Com isso, desenvolve sua inteligência
emocional, tão importante para o crescimento. Em grupo, especialmente através dos
jogos, ela aprende também o significado de “ganhar e perder”.
REFERÊCIAS
BRASIL. Referencial curricular nacional para a educação infantil. Brasília:
MEC/SEF, 1998.
KISHIMOTO, Tizuco Morchida. O jogo e a educação infantil. 4ª Ed. São Paulo, SP:
Cortez, 2000.

Recomendados

Brincadeira e ludico na ed infantil
Brincadeira e ludico na ed infantilBrincadeira e ludico na ed infantil
Brincadeira e ludico na ed infantilLuciana Silva
 
Otpei 2 projeto ludico simone helen drumond
Otpei 2  projeto ludico simone helen drumondOtpei 2  projeto ludico simone helen drumond
Otpei 2 projeto ludico simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
A importancia do_ludico_na_educacao_infantil
A importancia do_ludico_na_educacao_infantilA importancia do_ludico_na_educacao_infantil
A importancia do_ludico_na_educacao_infantilCatiaDuarte_1
 
O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no desenvolvimento e for...
O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no desenvolvimento e for...O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no desenvolvimento e for...
O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no desenvolvimento e for...SimoneHelenDrumond
 
32464a06b1cdd0dd9b24
32464a06b1cdd0dd9b2432464a06b1cdd0dd9b24
32464a06b1cdd0dd9b24Theyson Viana
 
METODOLOGIAS DE ENSINO: O USO DA LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL E O APRENDEN...
METODOLOGIAS DE ENSINO: O USO DA LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL E O APRENDEN...METODOLOGIAS DE ENSINO: O USO DA LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL E O APRENDEN...
METODOLOGIAS DE ENSINO: O USO DA LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL E O APRENDEN...Pamy May
 
Combinando jogo e escola promovendo aprendizagem efetiva
Combinando jogo e escola promovendo aprendizagem efetivaCombinando jogo e escola promovendo aprendizagem efetiva
Combinando jogo e escola promovendo aprendizagem efetivaAlanWillianLeonioSil
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Educação ludica
Educação ludicaEducação ludica
Educação ludicamkbariotto
 
PNAIC - Unidade 4 geral
PNAIC - Unidade 4 geralPNAIC - Unidade 4 geral
PNAIC - Unidade 4 geralElieneDias
 
8134267 a-brincadeira-e-o-jogo-na-educacao-infantil
8134267 a-brincadeira-e-o-jogo-na-educacao-infantil8134267 a-brincadeira-e-o-jogo-na-educacao-infantil
8134267 a-brincadeira-e-o-jogo-na-educacao-infantilpaulocosta
 
A relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumond
A relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumondA relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumond
A relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Ludico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criança   Ludico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criança Nilsa_kolling
 
O brincar na educação infantil
O brincar na educação infantilO brincar na educação infantil
O brincar na educação infantilRenata Santana Cruz
 
Paper TRABALHO DE GRADUAÇÃO
Paper TRABALHO DE GRADUAÇÃOPaper TRABALHO DE GRADUAÇÃO
Paper TRABALHO DE GRADUAÇÃOPolliane Almeida
 
O que significa LUDICIDADE?
O que significa LUDICIDADE? O que significa LUDICIDADE?
O que significa LUDICIDADE? DEMAGU
 
Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar
Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar
Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar Joelson Honoratto
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
LudicidadeGislaine
 
Brincadeiras e jogos na educação infantil
Brincadeiras e jogos na educação infantilBrincadeiras e jogos na educação infantil
Brincadeiras e jogos na educação infantilSimone Everton
 
2. brincadeiras
2. brincadeiras2. brincadeiras
2. brincadeirasPactoufba
 
Curso 2 - Alfabetização e Letramento
Curso 2 - Alfabetização e LetramentoCurso 2 - Alfabetização e Letramento
Curso 2 - Alfabetização e Letramentoalfaletra
 
Artigo de matemática pesquisa
Artigo de matemática pesquisaArtigo de matemática pesquisa
Artigo de matemática pesquisaMarco Lívio
 

Mais procurados (20)

Educação ludica
Educação ludicaEducação ludica
Educação ludica
 
PNAIC - Unidade 4 geral
PNAIC - Unidade 4 geralPNAIC - Unidade 4 geral
PNAIC - Unidade 4 geral
 
8134267 a-brincadeira-e-o-jogo-na-educacao-infantil
8134267 a-brincadeira-e-o-jogo-na-educacao-infantil8134267 a-brincadeira-e-o-jogo-na-educacao-infantil
8134267 a-brincadeira-e-o-jogo-na-educacao-infantil
 
O lúdico na educação infantil
O lúdico na educação infantilO lúdico na educação infantil
O lúdico na educação infantil
 
A relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumond
A relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumondA relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumond
A relação do jogo, da brincadeira e do brincar simone helen drumond
 
Ludico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criança   Ludico como processo de aprendizagem da criança
Ludico como processo de aprendizagem da criança
 
Trabalho ludicidade 2010
Trabalho ludicidade 2010Trabalho ludicidade 2010
Trabalho ludicidade 2010
 
Slides Ludicidade - PNAIC
Slides Ludicidade - PNAICSlides Ludicidade - PNAIC
Slides Ludicidade - PNAIC
 
O brincar na educação infantil
O brincar na educação infantilO brincar na educação infantil
O brincar na educação infantil
 
Paper TRABALHO DE GRADUAÇÃO
Paper TRABALHO DE GRADUAÇÃOPaper TRABALHO DE GRADUAÇÃO
Paper TRABALHO DE GRADUAÇÃO
 
O que significa LUDICIDADE?
O que significa LUDICIDADE? O que significa LUDICIDADE?
O que significa LUDICIDADE?
 
Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar
Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar
Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
 
Maria solange
Maria solangeMaria solange
Maria solange
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
 
Brincadeiras e jogos na educação infantil
Brincadeiras e jogos na educação infantilBrincadeiras e jogos na educação infantil
Brincadeiras e jogos na educação infantil
 
2. brincadeiras
2. brincadeiras2. brincadeiras
2. brincadeiras
 
Curso 2 - Alfabetização e Letramento
Curso 2 - Alfabetização e LetramentoCurso 2 - Alfabetização e Letramento
Curso 2 - Alfabetização e Letramento
 
Artigo de matemática pesquisa
Artigo de matemática pesquisaArtigo de matemática pesquisa
Artigo de matemática pesquisa
 
Tcc
TccTcc
Tcc
 

Semelhante a Prontp

4791-32024-1-PB.pdf
4791-32024-1-PB.pdf4791-32024-1-PB.pdf
4791-32024-1-PB.pdfValria13
 
O jogo como recurso de aprendizagem (2010)
O jogo como recurso de aprendizagem (2010)O jogo como recurso de aprendizagem (2010)
O jogo como recurso de aprendizagem (2010)oficinadeaprendizagemace
 
O brincar e a criação
O brincar e a criaçãoO brincar e a criação
O brincar e a criaçãoMaria Bersch
 
Gt1 educação de_crianças_jovens_e_adultos.a_importância_do_lúdico_no_processo...
Gt1 educação de_crianças_jovens_e_adultos.a_importância_do_lúdico_no_processo...Gt1 educação de_crianças_jovens_e_adultos.a_importância_do_lúdico_no_processo...
Gt1 educação de_crianças_jovens_e_adultos.a_importância_do_lúdico_no_processo...EMS27071992
 
Ludicidade infantil artigo
Ludicidade infantil artigoLudicidade infantil artigo
Ludicidade infantil artigoMárcia Santos
 
O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: JOGAR, BRINCAR, UMA FORMA DE EDUCAR
O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: JOGAR, BRINCAR, UMA FORMA DE EDUCARO LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: JOGAR, BRINCAR, UMA FORMA DE EDUCAR
O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: JOGAR, BRINCAR, UMA FORMA DE EDUCARBrinquedoteca Joana D'Arc
 
Brinquedos e brincadeiras lúdicas
Brinquedos e brincadeiras lúdicasBrinquedos e brincadeiras lúdicas
Brinquedos e brincadeiras lúdicasDanusinha87
 
O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no besenvolvimento e bor...
O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no besenvolvimento e bor...O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no besenvolvimento e bor...
O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no besenvolvimento e bor...SimoneHelenDrumond
 
A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTILA IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTILcefaprodematupa
 
A importância dos jogos e brincadeiras na educação infantil
A importância dos jogos e brincadeiras na educação infantilA importância dos jogos e brincadeiras na educação infantil
A importância dos jogos e brincadeiras na educação infantilElaine Costa
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancamargarida_branco
 

Semelhante a Prontp (20)

Artigo7
Artigo7Artigo7
Artigo7
 
4791-32024-1-PB.pdf
4791-32024-1-PB.pdf4791-32024-1-PB.pdf
4791-32024-1-PB.pdf
 
O jogo como recurso de aprendizagem (2010)
O jogo como recurso de aprendizagem (2010)O jogo como recurso de aprendizagem (2010)
O jogo como recurso de aprendizagem (2010)
 
O brincar e a criação
O brincar e a criaçãoO brincar e a criação
O brincar e a criação
 
Gt1 educação de_crianças_jovens_e_adultos.a_importância_do_lúdico_no_processo...
Gt1 educação de_crianças_jovens_e_adultos.a_importância_do_lúdico_no_processo...Gt1 educação de_crianças_jovens_e_adultos.a_importância_do_lúdico_no_processo...
Gt1 educação de_crianças_jovens_e_adultos.a_importância_do_lúdico_no_processo...
 
Monografia Aurelina pedagogia 2010
Monografia  Aurelina pedagogia 2010Monografia  Aurelina pedagogia 2010
Monografia Aurelina pedagogia 2010
 
Ludicidade infantil artigo
Ludicidade infantil artigoLudicidade infantil artigo
Ludicidade infantil artigo
 
Joziel Bezerra de Souza
Joziel  Bezerra  de  SouzaJoziel  Bezerra  de  Souza
Joziel Bezerra de Souza
 
O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: JOGAR, BRINCAR, UMA FORMA DE EDUCAR
O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: JOGAR, BRINCAR, UMA FORMA DE EDUCARO LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: JOGAR, BRINCAR, UMA FORMA DE EDUCAR
O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: JOGAR, BRINCAR, UMA FORMA DE EDUCAR
 
2633
26332633
2633
 
Bruna sdmara
Bruna sdmaraBruna sdmara
Bruna sdmara
 
Brinquedos e brincadeiras lúdicas
Brinquedos e brincadeiras lúdicasBrinquedos e brincadeiras lúdicas
Brinquedos e brincadeiras lúdicas
 
O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no besenvolvimento e bor...
O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no besenvolvimento e bor...O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no besenvolvimento e bor...
O significado do jogo, da brincadeira e do brinquedo no besenvolvimento e bor...
 
A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTILA IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Brincar vygotsky
Brincar  vygotskyBrincar  vygotsky
Brincar vygotsky
 
Brincar+ vygotsky
Brincar+ vygotskyBrincar+ vygotsky
Brincar+ vygotsky
 
Projeto ludico simone drumond
Projeto ludico simone drumondProjeto ludico simone drumond
Projeto ludico simone drumond
 
Jucilene priscila
Jucilene priscilaJucilene priscila
Jucilene priscila
 
A importância dos jogos e brincadeiras na educação infantil
A importância dos jogos e brincadeiras na educação infantilA importância dos jogos e brincadeiras na educação infantil
A importância dos jogos e brincadeiras na educação infantil
 
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_criancaA importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
A importancia do_brincar_no_desenvolvimento_da_crianca
 

Mais de cefaprodematupa

Mais de cefaprodematupa (20)

Artigo 2f
Artigo 2fArtigo 2f
Artigo 2f
 
Artigo 1
Artigo 1Artigo 1
Artigo 1
 
A IMPORTÂNCIA DA EA NAS ESCOLAS E OS SEUS OBJETIVOS
A IMPORTÂNCIA DA EA NAS ESCOLAS E OS SEUS OBJETIVOSA IMPORTÂNCIA DA EA NAS ESCOLAS E OS SEUS OBJETIVOS
A IMPORTÂNCIA DA EA NAS ESCOLAS E OS SEUS OBJETIVOS
 
4
44
4
 
3
33
3
 
1
11
1
 
2
22
2
 
Palavrasmagicas
PalavrasmagicasPalavrasmagicas
Palavrasmagicas
 
Jornal (1)
Jornal (1)Jornal (1)
Jornal (1)
 
La vem leitura
La vem leituraLa vem leitura
La vem leitura
 
Trabalhando com fábulas e historias infantis artigo neli 2017
Trabalhando com fábulas e historias infantis artigo neli 2017Trabalhando com fábulas e historias infantis artigo neli 2017
Trabalhando com fábulas e historias infantis artigo neli 2017
 
O alfabeto em movimento
O alfabeto em movimentoO alfabeto em movimento
O alfabeto em movimento
 
Adaptação e socialização através da ludicidade
Adaptação e socialização através da ludicidadeAdaptação e socialização através da ludicidade
Adaptação e socialização através da ludicidade
 
Reciclar, reutilizar e reduzir
Reciclar, reutilizar e reduzirReciclar, reutilizar e reduzir
Reciclar, reutilizar e reduzir
 
Ensinar e aprender na escola
Ensinar e aprender na escolaEnsinar e aprender na escola
Ensinar e aprender na escola
 
Contagem de história na educação infantil
Contagem de história na educação infantilContagem de história na educação infantil
Contagem de história na educação infantil
 
A avaliação docente
A avaliação docenteA avaliação docente
A avaliação docente
 
4 mortalidade das micro
4   mortalidade das micro4   mortalidade das micro
4 mortalidade das micro
 
1 administrador
1   administrador1   administrador
1 administrador
 
3 marketing nas redes sociais
3   marketing nas redes sociais3   marketing nas redes sociais
3 marketing nas redes sociais
 

Último

A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...excellenceeducaciona
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...apoioacademicoead
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...excellenceeducaciona
 
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...Prime Assessoria
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...azulassessoriaacadem3
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...Prime Assessoria
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioProfessor Belinaso
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...GraceDavino
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...assessoriaff01
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...apoioacademicoead
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...apoioacademicoead
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoMariaJoão Agualuza
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 

Prontp

  • 1. 1 A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL Geneci de Fátima Pascal Marcia Fabiana de oliveira Marcela Alves Araújo Valandro Pábola Dalprai Shaiane Pasquali Machado Solange Zarth RESUMO A brincadeira não é uma atividade inata, mas sim uma atividade social e humana e que supõe contextos sociais, a partir dos quais as crianças recriam a realidade através da utilização dos sistemas simbólicos próprios, deve-se considerar o brinquedo como um elemento da brincadeira, pois contribui para a atribuição dos significados. Como benefício intelectual, o brinquedo contribui para desinibir, produzindo uma excitação mental altamente fortificante. Palavras -Chave: Educação Infantil. Lúdico. Aprendizado. ABSTRAC Play is not an innate activity, but a social and human activity and supposes social contexts, from which children recreate reality through the use of their own symbolic systems, one must consider the toy as an element of the play, because it contributes to the attribution of meanings. As an intellectual benefit, the toy contributes to disinhibition, producing a highly fortifying mental excitement. Palabras -Chave: Educación Infantil. Ludic. Learning.
  • 2. 2 JUSTIFICATIVA O Ser Humano em si sendo criança ou adulto já é naturalmente lúdico, pois gostam de brincar, contar histórias e jogar, de nos relacionarmos com outros seres humanos e passamos por esse processo naturalmente assim nos desenvolvemos recebemos uma grande influência, do meio em que vivemos. E esse processo requer um ambiente que possa nos proporcionar liberdade em nossas ações e estimulação para novas descobertas. A palavra lúdico vem do latim ludus e significa brincar. No lúdico estão incluídos os jogos, brinquedos e divertimentos e é relativo também à conduta daquele que joga que brinca e que se diverte. Por sua vez, a função educativa do jogo oportuniza a aprendizagem do indivíduo, seu saber, seu conhecimento e sua compreensão do mundo. (SANTOS, 1997) O Lúdico vem sendo trabalhado no campo educacional desde a antiguidade já com Platão e Aristóteles ambos associavam o lúdico na aprendizagem como formas de estudo e de prazer. Na atualidade o lúdico vem ocupando lugar relevante de importância no campo educacional e vem sendo utilizado como suporte nas práticas pedagógicas fazendo assim que cada vez mais se busque estudos científicos para que se possa entender sua dimensão no comportamento humano. O lúdico vem sendo estudado por vários autores e para a maioria deles é uma atividade que está relacionada ao prazer e com a vida e assim o desenvolvimento humano, principalmente na infância, onde por meio do lúdico a criança que ainda não consegue falar e nem escrever, consegue se expressar demonstrando seus sentimentos e emoções. REFERENCIAL TEÓRICO O lúdico é uma ferramenta insubstituível para ser usada como estímulo na construção do conhecimento humano e na progressão das diferentes habilidades operatórias, além disso, é uma importante ferramenta de progresso pessoal e de alcance de objetivos institucionais. São vários os estudiosos que defendem a prática do lúdico e seus benefícios no ensino aprendizado das crianças, dentre eles destacam-se: Piaget, Vygotsky, Froebel, Wallon
  • 3. 3 Segundo Piaget citado por (Wadsworth, 1984, p.44): O lúdico é formado por um conjunto lingüístico que funciona dentro de um contexto social, possui um sistema de regras e se constitui de um objeto simbólico que designa também um fenômeno. Portanto, permite ao educando a identificação de um sistema de regras que permite uma estrutura seqüencial que especifica sua moralidade. Na visão de Santos (1999), o lúdico é uma maneira que o indivíduo tem de expressar-se e integrar-se ao ambiente que o cerca. È uma maneira de o indivíduo assimilar valores, adquirir conhecimento em diferentes áreas, desenvolver o comportamento, bem como aprimorar as habilidades motoras. È importante destacar que as atividades lúdicas também auxiliam no aprender a assumir responsabilidades possibilita a socialização e a criatividade, sem falar do estímulo á motivação no aprender. Piaget (1998) diz que a atividade lúdica é o berço obrigatório das atividades intelectuais da criança sendo por isso, indispensável à prática educativa e segundo Vygotsky (1989), diz que o lúdico só pode ser considerado educativo quando desperta o interesse do aluno pela disciplina, portanto os professores precisam aproveitar o mesmo como facilitador da aprendizagem. Dentre os vários benefícios que o lúdico traz para os educandos e a infinidade de autores que abordam esses aspectos onde o lúdico deve ser considerado como parte integrante da vida do ser humano como uma forma de penetrar no âmbito da realidade [...] (Kishimoto, 1993, p.110) nos diz que: [...], a dar oportunidades aos Brincando [...] as crianças aprendem [...] a cooperar com os companheiros [...], a obedecer às regras do jogo [...], a respeitar os direitos dos outros [...], a acatar a autoridade [...], a assumir responsabilidades, a aceitar penalidades que lhe são impostas demais [...], enfim, a viver em sociedade. Resume-se o lúdico hoje através dos jogos, dos brinquedos e das brincadeiras principalmente no que se refere á Educação Infantil e de acordo com Freitas e Salvi (2011), os objetivos das atividades lúdicas na Educação Infantil é o de visar o
  • 4. 4 desenvolvimento das áreas psicomotoras, perceptivas, de atenção, raciocínio e estimulação para o contato com os objetos, pois é na fase das brincadeiras que as crianças estão descobrindo o mundo, criando, expressando. E como á criança ainda não sabe se expressar através das palavras, ela comunica-se nas mais diversas linguagens sendo elas pelo corpo, pelas brincadeiras, pela música e sendo assim possível para nós adultos compreendê-las. Sendo o brincar um direito da criança, através do mesmo ela explora seu mundo interior imitando aspectos da vida adulta, possibilitando funções educativas, e neste brincar de valor pedagógico ela mesma brincando vem contribuir para seu aprendizado. Segundo o Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil (BRASIL, 1998, p. 21 apud CEBALOS; MAZARO, 2011): Brincar é uma das atividades fundamentais para o desenvolvimento da identidade e da autonomia. O fato de a criança, desde muito cedo, poder se comunicar por meio de gestos, sons e mais tarde representar determinado papel na brincadeira faz com que ela desenvolva sua imaginação. Nas brincadeiras, as crianças podem desenvolver algumas capacidades importantes, tais como a atenção, a imitação, a memória, a imaginação. Amadurecem também algumas capacidades de socialização, por meio da interação e da utilização e experimentação de regras e papéis sociais. Conforme Nascimento (2000, p.1): A criança não é um adulto que ainda não cresceu, ela tem características próprias. Para alcançar o pensamento adulto (abstrato), ela precisa percorrer todas as etapas de seu desenvolvimento físico, cognitivo, social e emocional. Brincando, a criança desenvolve potencialidades; ela compara, analisa, nomeia, mede, associa, calcula, classifica, compõe, conceitua, cria, deduz etc. Sua sociabilidade se desenvolve; ela faz amigos, aprende a compartilhar e a respeitar o direito dos outros e as normas estabelecidas pelo grupo e a envolver-se nas atividades apenas pelo prazer de participar, sem visar recompensas
  • 5. 5 nem temer castigos. Brincando, a criança estará buscando sentido para sua vida. Sua saúde física, emocional e intelectual depende, em grande parte, dessa atividade lúdica. Froebel foi o primeiro educador que justificou o uso do “brincar” no processo educativo. Para ele o brincar, pelo ato de brincar desenvolve os aspectos físicos, moral e cognitivos, entre outros, mas o estudioso defende, também, a necessidade da orientação do adulto para que esse desenvolvimento ocorra. A ação de brincar é um fator importante para o desenvolvimento humano, sendo que ele a partir da situação imaginária introduz gradativamente entre outras coisas as crianças no mundo social, cheio de regras. Portanto, surgem transformações internas no desenvolvimento da criança em conseqüência do brinquedo, cujo fundamento é a criação de uma nova relação entre o campo do significado e o campo da percepção visual, ou seja, entre as situações do pensamento reais. Como benefício didático, as brincadeiras transformam conteúdos maçantes em atividades interessantes, revelando certas facilidades através da aplicação do lúdico, deste modo podemos observar que o “brincar” serve como uma mola propulsora para o desenvolvimento de diversas áreas, e que a brincadeira dentro de seu aspecto (lúdico) desenvolve sim muitas habilidades, assim desmistificando o velho ditado que brincadeira não é coisa séria, que brincadeira só serve dentro do contexto escolar para serem utilizadas na entrada, recreio o e na saída. Com a brincadeira ensina-se o que os livros nunca poderão ensinar isto mostra o quanto a brincadeira é séria e importante para o desenvolvimento da criança em qualquer fase de escolarização que ela estiver. Através da metodologia lúdica faz com que a criança aprenda com prazer, alegria e entretenimento, sendo relevante ressaltar que a educação lúdica está distante da concepção ingênua de passatempo, brincadeira vulgar e diversão sem nenhum objetivo de aprendizagem. Muitas são as práticas de trabalho com o lúdico, porém as mais utilizadas em sala de aula são: os jogos matemáticos, as brincadeiras de roda, contação de história, cantigas populares, teatro de fantoches, todas essas atividades lúdicas podem ser direcionadas para a alfabetização de uma criança, o ensino da língua portuguesa, matemática, história e várias outras disciplinas escolares.
  • 6. 6 O lúdico para ser funcional não deve ser repetitivo, pois assim poderá não ter objetivo, pois é uma atividade que executamos com prazer e quando a fazemos notamos a possibilidade, a facilidade e a forma prazerosa de que quando brincamos. Nas atividades lúdicas procura-se o objetivo do aprender tanto o adulto como a criança mesmo sendo inconscientemente. CONCLUSÃO Os cálculos surgem desde muito cedo na vida das crianças, e elas muitas vezes são capazes de resolvê-los de seu próprio jeito, muitas vezes usam pedrinhas, botões, tampinhas de garrafas etc... até mesmo o próprio corpo para resolver alguns problemas, e é neste momento que os jogos que envolvem regras, noções espaciais (em cima, embaixo, atrás), conceitos, organizações, seqüência e contagem oral são excelente recursos para a construção do conhecimento matemático que poderão se dar, naturalmente, enquanto brincam. Jogos de encaixe, brinquedos de empilhar ou ordenar, quebra-cabeças, jogos da memória ou de formas geométricas são sempre bem-vindos para o trabalho com este importante eixo, pois ensinam na prática o que ainda é abstrato na teoria. Enquanto uma criança brinca, ela automaticamente percebe a necessidade do outro e passa a preferir brincar em companhia de mais crianças do que sozinha, mesmo que essa parceria, às vezes, seja conflituosa e frustrante. Com isso, desenvolve sua inteligência emocional, tão importante para o crescimento. Em grupo, especialmente através dos jogos, ela aprende também o significado de “ganhar e perder”. REFERÊCIAS BRASIL. Referencial curricular nacional para a educação infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998. KISHIMOTO, Tizuco Morchida. O jogo e a educação infantil. 4ª Ed. São Paulo, SP: Cortez, 2000.
  • 7. 7 MEDRANO, Carlos Alberto; OLIVEIRA, Fernanda Germani de. O Brincar. Indaial: Uniasselvi, 2011. OLIVEIRA, Francismara Neves de; BAZON, Fernanda Vilhena Mafra. (RE) Significando o Lúdico: jogar e brincar como espaço de reflexão. Londrina: ed. Eduel, 2009.l SANTOS, Èlia Amaral do Carmo. O Lúdico no processo ensino-aprendizagem. 2010. Disponível em:<http://need.unemat.br/4_forum/artigos/elia.pdf>. Acesso em: 19 Set. 2013. STEUCK, Cristina Danna; PIANEZZER, Lúcia Cristina Moratelli. Pedagogia da Educação Infantil. Indaial: Uniasselvi, 2013.