SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
INCLUSÃO NO LOCAL DE TRABALHO
Módulo 6
INCLUSÃO NO LOCAL DE TRABALHO
Módulo 6
- Compreender a importância de um ambiente de trabalho saudável
Objetivo
- Compreender a importância de um ambiente de trabalho saudável
para o crescimento dos negócios
- Importância dos líderes da empresa e da equipe de recursos
humanos na promoção de um ambiente de trabalho saudável
- Identificar as medidas que podem ser implementadas nas
empresas para manter o funcionário motivado e produtivo
- Entender que a diversidade requer uma maior abertura de
mentalidade por parte dos líderes e dos funcionários da empresa
- Criação de medidas destinadas a promover um ambiente de
trabalho saudável e adaptado às necessidades individuais dos
trabalhadores.
RESULTADOS ESPERADOS DE APRENDIZAGEM
INCLUSÃO NO LOCAL DE TRABALHO
Módulo 6
- Ser capaz de compreender a importância que as empresas e seus
líderes têm na promoção e manutenção de um ambiente de
trabalho saudável
- Compreender a importância de manter as pessoas motivadas para
agregar valor à empresa
- Ser capaz de entender que a diversidade é o foco da inovação, mas
exige que os líderes sejam capazes de construir o espírito de
equipe
- Compreender a importância de adaptar o local de trabalho às
necessidades dos trabalhadores
Um local de trabalho saudável
– a chave para o sucesso
sustentável
01
Ambiente de trabalho
saudável
CONTENT
CONTENT
02
03 Adaptação dos colaboradores
na organização
01AMBIENTE DE TRABALHO
SAUDÁVEL
INTRODUCTION
O local de trabalho evoluiu muito ao longo
das últimas décadas. Inicialmente o foco era,
predominantemente, debruçado sobre o
ambiente de trabalho físico (o domínio da
saúde e segurança ocupacional tradicional,
lidando com perigos físicos, químicos,
biológicos e ergonômicos), a definição
ampliou-se para incluir a prática de saúde
• Ambiente de trabalho físico;
• Ambiente de trabalho psicossocial;
• Recursos de saúde pessoal;
• Envolvimento da comunidade empresarial.
O QUE É UM LOCAL DE TRABALHO SAUDÁVEL?
Definições gerais
Os pessoas passam muito tempo no trabalho (Kamarulzaman
et.al, 2011). Um espaço de trabalho saudável pode influenciar o
bem-estar e a produtividade.
Fator importante no ambiente de trabalho físico:
- Temperatura interna;
- Iluminação e ventilação;
- Cor;
- Ruído;
- Plantas para o bem-estar e desempenho dos funcionários.
AMBIENTE DE TRABALHO FÍSICO
O que significa o termo "psicossocial"? A expressão "ambiente
de trabalho psicossocial" abrange aspetos relativos ao nosso
trabalho e às nossas condições de trabalho. Os fatores
psicológicos são perceções e interpretações de questões
relacionadas com o trabalho, enquanto que os fatores sociais
envolvem a influência do contexto social e dos fatores
interpessoais. Estes conceitos fundiram-se no termo
"psicossocial". A expressão "ambiente de trabalho psicossocial"
pode ser dividida em três componentes, para facilitar a sua
compreensão:
• Organização;
• Interação social;
• Perceção individual.
AMBIENTE DE TRABALHO PSICOSSOCIAL
INTRODUCTIONA organização do ambiente de trabalho, pode ser definida como a relação do indivíduo,
eus deveres e interação com os outros no local de trabalho, bem como, a organização
prática do seu trabalho.
Esta componente enfatizam as influências externas ou estímulos no trabalho. Aqui a
preocupação prende-se com as características específicas das condições de trabalho,
existe um organograma? As instalações são adequadas em termos de disponibilização de
equipamentos? As expectativas e horas de trabalho foram claramente definidas?
Uma boa gestão é essencial para um bom ambiente de trabalho. Um líder que não tem
boas capacidades de liderança pode tornar o local de trabalho, totalmente insuportável.
Outro fator, que se enquadra nesta componente do ambiente de trabalho psicossocial é
o fenómeno da "reorganização". Isso pode afetar significativamente um local de
trabalho.
A reorganização, geralmente, significa cortes de trabalho e mudanças, o que cria
turbulência e incertezas entre os funcionários. Tais mudanças também podem
influenciar a saúde dos trabalhadores.
1. Organização
INTRODUCTIONAs condições de trabalho psicossociais também são determinadas pela interação entre fatores ambientais, outros
trabalhadores e o indivíduo. Aqui estão incluídos os "efeitos psicológicos" do trabalho. Colaboração e cooperação -
ou muitas vezes não - são as consequências de como essas interações funcionam. Se houver muitos conflitos no
trabalho, isso poderá reduzir a produtividade geral e as pessoas tentarão evitar trabalhar nesse local. Os conflitos
também podem causar problemas de saúde entre os trabalhadores.
2. Interação social
Todas as pessoas são seres únicos. Não percecionamos as coisas da mesma forma. As pessoas são diferentes, eles
percebem o que as rodeia de forma diferente. Temos perceções e avaliações individuais, e estas têm consequências
para a saúde, bem-estar e desempenho para nós e para os outros. Esta é a razão pela qual é quase impossível criar o
local de trabalho perfeito. O que é perfeito para si, pode não ser perfeito para mim! Essas diferenças derivam dos
processos cognitivos e emocionais, bem como, das características individuais dos funcionários. Esta componente do
ambiente de trabalho psicossocial enfatiza a interpretação individual do trabalhador; como as influências externas
são percebidas, processadas e disseminadas.
3. Perceção individual
A promoção da saúde no local de trabalho centra-se numa série
de fatores que podem não estar suficientemente abrangidos
pela legislação e pela prática dos programas de saúde no
trabalho, como: o ambiente organizacional, a promoção de
estilos de vida saudáveis e fatores não ocupacionais no
ambiente geral. Os fatores não ocupacionais incluem o bem-
estar familiar, as condições domiciliares e de deslocação e os
fatores comunitários que afetam a saúde dos trabalhadores.
Para ser bem-sucedido, a promoção da saúde no local de
trabalho deve envolver a participação de funcionários, dos
gestores e de outras partes interessadas na implementação de
iniciativas acordadas conjuntamente e devem ajudar os
empregadores e funcionários em todos os níveis, para aumentar
o controle e melhorar a saúde.
RECURSOS DE SAÚDE PESSOAL
Embora algumas atividades de promoção da saúde no local de trabalho tendem
a concentrar-se numa única doença ou num único fator de risco (por exemplo,
prevenção de doenças cardíacas) ou nas mudanças práticas de saúde pessoal e
comportamentos (por exemplo, tabagismo, dieta), há uma crescente apreciação
de que existem múltiplos determinantes da doença. A saúde do trabalhador,
além das intervenções centradas na pessoa, nas iniciativas de promoção da
saúde da mão-de-obra têm se movido para uma abordagem mais alargada que
reconhece a influência combinada de fatores pessoais, ambientais,
organizacionais, comunitários e sociais sobre o bem estar do funcionário. A
promoção eficaz da saúde ajuda os funcionários a adotar procedimentos
administrativos e trabalhadores adequados para usar práticas de trabalho
seguras. Os profissionais de saúde ocupacional beneficiam do formação e da
educação em promoção da saúde para que possam implementá-lo como parte
de suas práticas de saúde ocupacional.
A experiência em promoção da saúde no local de trabalho mostrou que
competições e prêmios são valiosos para incentivar as empresas em atividades
de segurança e saúde ocupacional. Organizações e empresas pretende obter
uma valiosa publicidade e aumentar a moral dos funcionários, competindo para
se tornar a empresa mais saudável e solidária.
RECURSOS DE SAÚDE PESSOAL
- Cuidados de saúde primários gratuitos/acessíveis aos
trabalhadores/membros da família;
- Educação e alfabetização para os trabalhadores/famílias;
- Controle voluntário sobre os poluentes liberados no ar ou na água;
- Apoio financeiro a causas comunitárias de valor;
- Minimize as emissões de gases de efeito estufa.
ENVOLVIMENTO DA COMUNIDADE EMPRESARIAL
INTRODUCTION
Sediada no Porto, a Blip é uma empresa de engenharia de software com uma diferença… Fundada em 2009, já 300 ' Blippers ', e continua
crescendo.
Venceram o prémio? Pode apostar. Foram reconhecidos:
Revista Visão – como a melhor empresa para trabalhar em Portugal
Melhor empresa para o desenvolvimento pessoal e profissional
- Melhor local de trabalho
- Melhor empresa de tecnologia para trabalhar
Tornar o mundo um pouco melhor? Ganho. Promovem eventos para arrecadar dinheiro para causa de beneficência importantes, contribuem
para proteção do meio ambiente, e têm um programa de responsabilidade social animado na Blip, onde todos ficam maravilhados.
Na Blip promovem um local de trabalho justo, inclusivo e o resultando é ter funcionários mais empenhados que ajudam a criar uma
organização mais forte e melhor para todos nós.
A empresa está espalhada por 15 localidades, e entende a importância em valorizar as experiências únicas, perspetivas e pontos de vista de
cada funcionário. Para continuar a promover isso, eles criaram ' Fair Game ', uma nova equipe de diversidade que ajudam a criar e manter
condições equitativas para todos.
HISTÓRIA DE SUCESSO: BLIP
BLIP ' MELHOR EMPRESA PARA TRABALHAR EM PORTUGAL '
INTRODUCTION
“Mentorship is simply
learning from the
mistakes and mastery
of a successful person
in his/her field.”
Bernard Kelvin Clive
As pessoas são estimuladas a elaborar planos para tornar o local de trabalho na Blip o mais animado possível. Pense em instalar
dardos, organizar jogos de escritório e eventos de caridade, acrescentando uma turma de Pilates ou torneio de bilhar.
HISTÓRIA DE SUCESSO: BLIP
Por si próprio: não há como escapar o fato de que, equipa diversas e consistentemente superam as equipes homogéneas. Talento e
capacidade não são encontrados em grupos demográfico específicos. Além disso, ter uma boa fusão, torna o local mais divertido, interessante
e inspirador para trabalhar.
Para seus clientes: um local de trabalho diversificado está em melhor posição para entender as necessidades e desejos dos clientes, o que
torna todos os seus produtos melhores, independentemente do local onde trabalha.
Para ao sector: como um líder do sector, é importante que eles se esforcem continuamente para manter e desenvolver um ambiente
diversificado e inclusivo, garantindo, simultaneamente, a definição de padrões de conduta ética e responsabilidade corporativa.
Embora seja verdade que algumas pessoas mais velhas acreditam que andam sobre a marinar e ficam irritados se alguém dizer o contrario, a
maioria das pessoas querem saber como podem melhorar.
INTRODUCTION
“Mentorship is simply
learning from the
mistakes and mastery
of a successful person
in his/her field.”
Bernard Kelvin Clive
HISTÓRIA DE SUCESSO: BLIP
Eles têm:
-Plano de saúde
-Plano financeiro e
aposentadoria
- Família e
parentalidade
- Feriados e ambiente
pouco comum
-Vantagens e
descontos
-Suporte profissional Quer saber mais sobre Blip? Assista a este e este vídeo!
1. Aceita a diversidade e a inclusão como um modo de vida.
Numa organização inclusiva, a diversidade é vista em todos os níveis dentro da instituição. Muitas
culturas, tradições, crenças, linguagens e estilos de vida prevalecem tanto na mão-de-obra quanto
nos clientes, e são respeitadas sem julgamento. As pessoas são vistos como os indivíduos que se
uniram para coordenar as ações e para concretizar um objetivo comum.
3. Opera sob políticas e procedimentos transparentes.
Não há regras ocultas de comportamento que podem ser evidentes para alguns grupos e
desconhecidos para os outros
4. É consistente nas suas interações com todos.
Não há duplos padrões. As regras são aplicadas de forma adequada e regulamentada em toda a
instituição. Nenhum grupo é favorecido em detrimento de outro.
CARACTERÍSTICAS
DE UMA
ORGANIZAÇÃO
INCLUSIVA
2. Avalia o desempenho individual e performance do grupo em princípios básicos observáveis,
competências observáveis e mensuráveis.
Os funcionários têm uma compreensão clara das suas tarefas e responsabilidades. Eles são
avaliados com base nas suas ações, não pela opiniões dos outros. Os objetivos e as expectativas
são alcançáveis.
5. Cria e mantém uma cultura de aprendizagem.
O desenvolvimento da carreira é incentivado e apoiado para todos os funcionários pela gerência.
Os programas de mentoria são robustos e incluem sistemas formais e informais que atendem às
necessidades individuais de aprendizagem de todos os funcionários. Erros são reconhecidos, e
suas consequências abordadas, mas são encarrados como sendo uma oportunidade de
aprendizagem e não como uma falhas de caráter.
6. Tem um sistema abrangente e facilmente acessível de resolução de conflitos em todos os níveis.
Reconhece que o conflito é inevitável numa organização multicultural complexa, e dispõe de
sistemas para lidar com os conflitos de forma não conflituosa, respeitando a dignidade e a
confidencialidade de todas as partes.
8. Vive da sua missão e valores.
As pessoas trabalham para uma organização porque acreditam em seus propósitos e objetivos.
Uma organização que promete uma coisa e entrega outra, arrisca-se a perder a fiabilidade e a
confiança dos seus funcionários, bem como dos seus clientes.
9. Valoriza mais os privilégio ganho do que os não ganhos.
Os funcionários são reconhecidos pelas suas ações e realizações, não simplesmente por causa de
seus títulos ou graus. Os clientes são tratados com respeito, independentemente de seu estatuto
socioeconómico ou classe.
CARACTERÍSTICAS
DE UMA
ORGANIZAÇÃO
INCLUSIVA
7. Reconhece que faz parte da Comunidade que serve.
Funcionários, gerentes e clientes pertencem a essa comunidade. Uma organização inclusiva é um
participante ativo nas atividades comunitárias, e desempenha um papel vital para enfrentar as
suas necessidades.
5. Aceita e agarra a mudança.
A mudança é inevitável. Uma organização inclusiva reconhece que as práticas atuais e passadas
devem ser constantemente revistas e atualizadas para atender às ofertas e necessidades numa
indústria em constante alteração, da mão-de-obra e dos clientes.
02UM LOCAL DE TRABALHO
SAUDÁVEL – A CHAVE PARA O
SUCESSO SUSTENTÁVEL
As empresas estão constantemente a ser
desafiadas para desenvolver estratégias que
atendam às necessidades da mudança
demográfica e da economia global em
crescimento. A necessidade de criação de
ambientes de trabalho inclusivos é impulsionada
por vários fatores: o aumento da participação no
mercado global, a atração e retenção de talentos
racialmente e culturalmente diversificada, e os
desejos dos funcionários em fazer parte da locais
de trabalho inclusivos.
QUAIS SÃO AS FORÇAS DE MOTRIZES QUE ESTÃO
POR TRÁS DA CRIAÇÃO DE AMBIENTES DE
TRABALHO INCLUSIVO?
INTRODUCTION
- Aumento da criatividade. Quando pessoas com histórias e experiências variadas se reúnem, muitas vezes acabam por
encontrar melhores soluções para os desafios do negócio.
- Aumento da empatia. Um ambiente inclusivo ajuda os funcionários a desenvolver a compreensão e o respeito uns pelos
outros, levando a relações de trabalho mais fortes e um aumento da produtividade.
- Aumento da notoriedade da marca. Uma empresa conhecida com base em talentos fortes e diversificados é vista
favoravelmente por clientes, investidores e pelas comunidades que servem.
- Aumento de recrutamento e retenção. Empresas conhecidas pela diversidade atraem os melhores candidatos e tendem
a reter talentos. Traduzindo-se em mais criatividade, produção e lucro.
- Impacto positivo na rentabilidade dos negócios. As organizações que adotam práticas de trabalho inclusivas têm maior
desempenho empresarial em áreas como produtividade do trabalhador, lucro operacional líquido, receita bruta e valor
dos acionistas.
VANTAGENS DA DIVERSIDADE NA ORGANIZAÇÃO
Os líderes precisam de criar um sistema de responsabilidade perante os seus
gerentes, de forma a que estes assumam a responsabilidade de criar e manter
um ambiente de trabalho diversificado e inclusivo.
A diversidade dos indivíduos determina a diversidade de pensamento, atitude,
abordagem, e estes, por sua vez, abrem novas possibilidades, criam
oportunidades diferentes, e potenciam inovações únicas.
É importante lembrar que a "diversidade" pode significar muitas coisas – não
apenas raça e género. Pense em gerações, capacidades, experiência e muito
mais.
Equipes heterogêneas tendem a concentrar-se em fatos, processam fatos com
mais cuidado e alcançam a inovação mais do que equipes homogêneas.
O QUE OS LÍDERES DE NEGÓCIOS PRECISAM
ENTENDER SOBRE A DIVERSIDADE?
DIVERSIDADE E ESTRATÉGIA DE INCLUSÃO
Sem o apoio dos superiores
hierárquicos, as estratégias
para desenvolver ambientes de
trabalho inclusivos, são
improváveis de acontecer.
Práticas inclusivas efetivas,
requerem apoio e compromisso
dos responsáveis máximos do
executivo e representação
visíveis, integrando estes
funcionários na organização.
Uma organização deve estar predisposta em fornecer apoios organizacionais que possam ajudar a
estimular o crescimento profissional de diversos trabalhadores. Deve estabelecer e incentivar os
apoios para os funcionários de diversas origens, que podem incluir: mentoria visando apoiar o
desenvolvimento profissional, redes de apoio, grupos de recursos ou grupos de afinidade para
formação, deve ainda estimular o desenvolvimento de carreira para ajudar na progressão dos
colaboradores;
As organizações devem promover ambientes de trabalho inclusivos estabelecendo um sistema de
recompensas e de consequências. As organizações precisam estabelecer sistemas de recompensa
para incentivar a mudança de comportamento e fornecer um sistema de remuneração e benefícios
para a adesão às práticas de ambiente de trabalho inclusivo (Sparks, 2006). Para isso, uma
organização pode estabelecer medidas de práticas inclusivas como componente das avaliações de
desempenho dos funcionários e/ou normas que são necessárias satisfazer os fins de progredir
dentro da organização, ou fornecer recompensas e reconhecimento.
O compromisso de uma organização com a diversidade pode ser refletido por meio de suas
declarações de missão ou visão, políticas de antidiscriminação e conformidade de planos de ação
para um ambiente de trabalho inclusivo que sejam realistas e operacionalizados. Além disso, as
organizações podem utilizar publicidade, relações públicas e os seus sites para comunicar ainda mais
o seu compromisso com um local de trabalho inclusivo não só para os seus funcionários, mas
também para os seus consumidores.
Esta comunicação deve incluir formação contínuas e seminários focados na diversidade no local de
trabalho prestado apoio aos funcionários em todos os níveis da organização.
ESTRATÉGIAS
PARA PRÁTICAS
DE TRABALHO
INCLUSIVAS
EFICAZES
Além do recrutamento de
funcionários diversificados, as
estratégias para a práticas de
trabalho inclusivas efetivas exigem
que as organizações demonstrem o
seu compromisso com questões de
diversidade no local de trabalho,
proporcionando suporte
profissional como mentoria e/ou
Networking e implementem
mudanças organizacionais que
refletem o respeito e valor que a
organização tem para com os seus
trabalhadores.
Há várias razões para investir na motivação dos
funcionários. Permite que a organização atinja os seus
objetivos. A falta de motivação pode levar a uma posição
arriscada.
PORQUÊ A MOTIVAÇÃO DO
FUNCIONÁRIO É IMPORTANTE?
Os funcionários motivados
podem levar ao aumento da
produtividade e permitir
que uma organização atinja
níveis mais altos de
produção.
Há várias razões para investir na motivação dos
funcionários. Permite que a organização atinja os seus
objetivos. A falta de motivação pode levar a uma posição
arriscada.
PORQUÊ QUE A MOTIVAÇÃO DO
FUNCIONÁRIO É IMPORTANTE?
Maior empenho dos
funcionários
Quando os funcionários
estão motivados para o
trabalho, eles, geralmente,
esforçam-se ao máximo na
execução das tarefas que
lhes são atribuídas.
Há várias razões para investir na motivação dos
funcionários. Permite que a organização atinja os seus
objetivos. A falta de motivação pode levar a uma posição
arriscada.
PORQUÊ QUE A MOTIVAÇÃO DO
FUNCIONÁRIO É IMPORTANTE?
Maior satisfação dos
funcionários
A satisfação dos
funcionários pode levar a
um crescimento positivo
para a empresa.
Há várias razões para investir na motivação dos
funcionários. Permite que a organização atinja os seus
objetivos. A falta de motivação pode levar a uma posição
arriscada.
POR QUE A MOTIVAÇÃO DO
FUNCIONÁRIO É IMPORTANTE?
Desenvolvimento contínuo de
funcionários
A motivação pode permitir que o
trabalhador atinga os seus
objetivos pessoais, e pode facilitar
o autodesenvolvimento de um
indivíduo. Uma vez, que o
trabalhador atinja alguns dos seus
objetivos iniciais, irão percebem a
ligação clara entre o esforço e os
resultados, o que irá motivá-los a
continuar em alto nível.
Há várias razões para investir na motivação dos
funcionários. Permite que a organização atinja os seus
objetivos. A falta de motivação pode levar a uma posição
arriscada.
POR QUE A MOTIVAÇÃO DO
FUNCIONÁRIO É IMPORTANTE?
Melhoria da eficiência dos
funcionários
O nível de eficiência de um funcionário
não se baseia apenas nas suas
capacidades ou qualificações. Para que
a empresa obtenha os melhores
resultados, um funcionário precisa ter
um bom equilíbrio entre a capacidade
de executar a tarefa dada, e a vontade
de querer executar essa tarefa. Este
equilíbrio pode levar ao aumento da
produtividade e a melhoria na
eficiência.
Por favor, Assista:
Construa um lugar feliz e envolvente para
trabalhar:
https://www.youtube.com/watch?v=7lpJFYQY0qI
03ADAPTAÇÃO DOS
FUNCIONÁRIOS NA
ORGANIZAÇÃO
O departamento de RH de uma empresa irá, sem dúvida,
fornecer formação para um novo funcionário ao longo
da sua primeira semana de trabalho. Durante essa
formação, a equipe de RH apresentará uma série de
informações sobre a empresa, tal como a cultura e os
valores corporativos, a estrutura organizacional, o
objetivo de suas atividades de negócios e seu ambiente
físico. O objetivo desta informação é comunicar o lado
positivo da empresa e fazer com que o novo funcionário
se identifique com a mesma. Os novos funcionários
devem aproveitar esta introdução para se familiarizarem
rapidamente com o histórico, a cultura, os regulamentos,
o estilo de trabalho e os departamentos relevantes da
empresa. Isto é essencial, caso o novo funcionário deseje
adaptar-se rapidamente a sua nova função.
INTEGRAÇÃO DO NOVO TRABALHADOR
Uma intervenção bem adaptada pode:
• Mostra respeito pelos valores e identidade de outra cultura
• Melhorar a sua capacidade de ligação com a sua comunidade-alvo
• Aumenta a relevância de suas ações
• Diminui a possibilidade de surpresas indesejadas
• Aumentar o envolvimento e a participação de membros de outros
grupos culturais
• Aumentar o suporte para ao programa de apoio daqueles membros
do grupo cultural, mesmo que eles não participem ou não se
envolvam diretamente
• Aumentar as oportunidades de sucesso de intervenção (e seu
impacto na Comunidade)
• Constroem a confiança futura e a cooperação através das linhas
culturais - que devem levantar as perspetivas para umas
intervenções mais bem-sucedidas no futuro.
ADAPTE AS INTERVENÇÕES PARA ADEQUAR
DIFERENTES TRADIÇÕES CULTURAIS
Parabéns, completou o
módulo 6!
Agora pode fazer os exercícios, completar o questionários e/ou verificar os
materiais de aprendizagem adicionais
http://recruitpotential.eu/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 4 2014.1 ucam - rsa - praticas responsáveis em gp
Aula 4   2014.1 ucam - rsa - praticas responsáveis em gpAula 4   2014.1 ucam - rsa - praticas responsáveis em gp
Aula 4 2014.1 ucam - rsa - praticas responsáveis em gpAngelo Peres
 
monografia Qualidade de vida no trabalho
monografia Qualidade de vida no trabalhomonografia Qualidade de vida no trabalho
monografia Qualidade de vida no trabalhoRaniery Silva Pessoa
 
Qualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoQualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoniedsonsantana
 
Aplicação dos 10 sensos na manufatura lean
Aplicação dos 10 sensos na manufatura leanAplicação dos 10 sensos na manufatura lean
Aplicação dos 10 sensos na manufatura leanJose Donizetti Moraes
 
TRABALHO, SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA.
TRABALHO, SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA.TRABALHO, SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA.
TRABALHO, SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA.Ewerton Barbosa
 
Qualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no TrabalhoQualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no TrabalhoAntonino Silva
 
Gestão de Pessoas e segurança do trabalho
Gestão de Pessoas e segurança do trabalhoGestão de Pessoas e segurança do trabalho
Gestão de Pessoas e segurança do trabalhoSarah Karenina
 
Apresentação qvt
Apresentação qvtApresentação qvt
Apresentação qvtAida Chahine
 
Qualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoQualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoHenrique Carvalho
 
Slide Show - Qualidade de Vida no trabalho
Slide Show - Qualidade de Vida no trabalho Slide Show - Qualidade de Vida no trabalho
Slide Show - Qualidade de Vida no trabalho Ana Paula Melo
 
Prevenção de Estresse: Qualidade de Vida e bem-estar no ambiente de trabalho
Prevenção de Estresse: Qualidade de Vida e bem-estar no ambiente de trabalhoPrevenção de Estresse: Qualidade de Vida e bem-estar no ambiente de trabalho
Prevenção de Estresse: Qualidade de Vida e bem-estar no ambiente de trabalhoClínica Lares
 
Apresentação 10 ss
Apresentação 10 ssApresentação 10 ss
Apresentação 10 ssElton Janio
 
Aula 14-15 - qvt histórico conceitos e modelos
Aula 14-15 - qvt histórico conceitos e modelosAula 14-15 - qvt histórico conceitos e modelos
Aula 14-15 - qvt histórico conceitos e modelosFernando Monteiro D'Andrea
 
Qualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoQualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoWagner Souza
 
Qualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no TrabalhoQualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no TrabalhoJornal Santuario
 
Programa 10S - Em Busca da Qualidade Total - Sindivendas
Programa 10S - Em Busca da Qualidade Total - SindivendasPrograma 10S - Em Busca da Qualidade Total - Sindivendas
Programa 10S - Em Busca da Qualidade Total - SindivendasSistema CNC
 

Mais procurados (20)

Qvt
QvtQvt
Qvt
 
Aula 4 2014.1 ucam - rsa - praticas responsáveis em gp
Aula 4   2014.1 ucam - rsa - praticas responsáveis em gpAula 4   2014.1 ucam - rsa - praticas responsáveis em gp
Aula 4 2014.1 ucam - rsa - praticas responsáveis em gp
 
monografia Qualidade de vida no trabalho
monografia Qualidade de vida no trabalhomonografia Qualidade de vida no trabalho
monografia Qualidade de vida no trabalho
 
Qualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoQualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalho
 
Aplicação dos 10 sensos na manufatura lean
Aplicação dos 10 sensos na manufatura leanAplicação dos 10 sensos na manufatura lean
Aplicação dos 10 sensos na manufatura lean
 
TRABALHO, SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA.
TRABALHO, SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA.TRABALHO, SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA.
TRABALHO, SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA.
 
Qualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no TrabalhoQualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no Trabalho
 
Gestão de Pessoas e segurança do trabalho
Gestão de Pessoas e segurança do trabalhoGestão de Pessoas e segurança do trabalho
Gestão de Pessoas e segurança do trabalho
 
Apresentação qvt
Apresentação qvtApresentação qvt
Apresentação qvt
 
Qualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoQualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalho
 
Programa 10S
Programa 10SPrograma 10S
Programa 10S
 
Slide Show - Qualidade de Vida no trabalho
Slide Show - Qualidade de Vida no trabalho Slide Show - Qualidade de Vida no trabalho
Slide Show - Qualidade de Vida no trabalho
 
Times mais produtivos
Times mais produtivosTimes mais produtivos
Times mais produtivos
 
Prevenção de Estresse: Qualidade de Vida e bem-estar no ambiente de trabalho
Prevenção de Estresse: Qualidade de Vida e bem-estar no ambiente de trabalhoPrevenção de Estresse: Qualidade de Vida e bem-estar no ambiente de trabalho
Prevenção de Estresse: Qualidade de Vida e bem-estar no ambiente de trabalho
 
Apresentação 10 ss
Apresentação 10 ssApresentação 10 ss
Apresentação 10 ss
 
Aula 14-15 - qvt histórico conceitos e modelos
Aula 14-15 - qvt histórico conceitos e modelosAula 14-15 - qvt histórico conceitos e modelos
Aula 14-15 - qvt histórico conceitos e modelos
 
Slides
SlidesSlides
Slides
 
Qualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoQualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalho
 
Qualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no TrabalhoQualidade de Vida no Trabalho
Qualidade de Vida no Trabalho
 
Programa 10S - Em Busca da Qualidade Total - Sindivendas
Programa 10S - Em Busca da Qualidade Total - SindivendasPrograma 10S - Em Busca da Qualidade Total - Sindivendas
Programa 10S - Em Busca da Qualidade Total - Sindivendas
 

Semelhante a Ambiente de trabalho saudável e inclusivo

Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22
Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22
Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22PricyllaCouto
 
Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22
Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22
Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22PricyllaCouto
 
Curso de gestão de pessoal parte 1/5
Curso de gestão de pessoal   parte 1/5Curso de gestão de pessoal   parte 1/5
Curso de gestão de pessoal parte 1/5ABCursos OnLine
 
Psicologia Organizacional
Psicologia OrganizacionalPsicologia Organizacional
Psicologia OrganizacionalTiago Soares
 
Como viver com qualidade parte 2/3
Como viver com qualidade   parte 2/3Como viver com qualidade   parte 2/3
Como viver com qualidade parte 2/3ABCursos OnLine
 
Saúde Mental e Relações Interpessoais no Ambiente de.pptx
Saúde Mental e Relações Interpessoais no Ambiente de.pptxSaúde Mental e Relações Interpessoais no Ambiente de.pptx
Saúde Mental e Relações Interpessoais no Ambiente de.pptxpsicologiainside
 
2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf
2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf
2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdfTATIANA579370
 
Programas de segurança na empresa
Programas de segurança na empresaProgramas de segurança na empresa
Programas de segurança na empresaAmanda Cunha
 
E-book Valorizar Pessoas - RH - low.pdf
E-book Valorizar Pessoas - RH - low.pdfE-book Valorizar Pessoas - RH - low.pdf
E-book Valorizar Pessoas - RH - low.pdfESCOLALEITAO
 
Apresentação Segurança do Trabalho - Nestlé
Apresentação Segurança do Trabalho - NestléApresentação Segurança do Trabalho - Nestlé
Apresentação Segurança do Trabalho - NestléIsabella Menezes
 
Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico
Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico
Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico Myrthes Lutke
 
Psicologia Organizacional 1
Psicologia Organizacional 1Psicologia Organizacional 1
Psicologia Organizacional 1Tiago Soares
 
Psicologia organizacional
Psicologia organizacionalPsicologia organizacional
Psicologia organizacionalFabiana Lobo
 
Psicologia organizacional
Psicologia organizacionalPsicologia organizacional
Psicologia organizacionalFabiana Lobo
 
Qualidade de viva do trabalhador
Qualidade de viva do trabalhadorQualidade de viva do trabalhador
Qualidade de viva do trabalhadorisisdeca
 

Semelhante a Ambiente de trabalho saudável e inclusivo (20)

Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22
Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22
Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22
 
Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22
Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22
Gympass: Panorama do Bem-Estar Corporativo '22
 
Slide share 1 contato
Slide share 1 contatoSlide share 1 contato
Slide share 1 contato
 
Tema 5
Tema 5Tema 5
Tema 5
 
Curso de gestão de pessoal parte 1/5
Curso de gestão de pessoal   parte 1/5Curso de gestão de pessoal   parte 1/5
Curso de gestão de pessoal parte 1/5
 
Psicologia Organizacional
Psicologia OrganizacionalPsicologia Organizacional
Psicologia Organizacional
 
Como viver com qualidade parte 2/3
Como viver com qualidade   parte 2/3Como viver com qualidade   parte 2/3
Como viver com qualidade parte 2/3
 
Saúde Mental e Relações Interpessoais no Ambiente de.pptx
Saúde Mental e Relações Interpessoais no Ambiente de.pptxSaúde Mental e Relações Interpessoais no Ambiente de.pptx
Saúde Mental e Relações Interpessoais no Ambiente de.pptx
 
2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf
2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf
2a semana Aula Online- GESTÃO DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO.pdf
 
Apresentação Nestlé
Apresentação NestléApresentação Nestlé
Apresentação Nestlé
 
Artigo clima organizacional
Artigo clima organizacionalArtigo clima organizacional
Artigo clima organizacional
 
5, 6, 7, 9 e 10S
5, 6, 7, 9 e 10S5, 6, 7, 9 e 10S
5, 6, 7, 9 e 10S
 
Programas de segurança na empresa
Programas de segurança na empresaProgramas de segurança na empresa
Programas de segurança na empresa
 
E-book Valorizar Pessoas - RH - low.pdf
E-book Valorizar Pessoas - RH - low.pdfE-book Valorizar Pessoas - RH - low.pdf
E-book Valorizar Pessoas - RH - low.pdf
 
Apresentação Segurança do Trabalho - Nestlé
Apresentação Segurança do Trabalho - NestléApresentação Segurança do Trabalho - Nestlé
Apresentação Segurança do Trabalho - Nestlé
 
Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico
Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico
Saude nas organizações - Coaching e Counselling Biográfico
 
Psicologia Organizacional 1
Psicologia Organizacional 1Psicologia Organizacional 1
Psicologia Organizacional 1
 
Psicologia organizacional
Psicologia organizacionalPsicologia organizacional
Psicologia organizacional
 
Psicologia organizacional
Psicologia organizacionalPsicologia organizacional
Psicologia organizacional
 
Qualidade de viva do trabalhador
Qualidade de viva do trabalhadorQualidade de viva do trabalhador
Qualidade de viva do trabalhador
 

Mais de caniceconsulting

PROSPER - Module 4 Unit 3 (v2).pptx
PROSPER - Module 4 Unit 3 (v2).pptxPROSPER - Module 4 Unit 3 (v2).pptx
PROSPER - Module 4 Unit 3 (v2).pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Module 4 Unit 2(v2).pptx
PROSPER - Module 4 Unit 2(v2).pptxPROSPER - Module 4 Unit 2(v2).pptx
PROSPER - Module 4 Unit 2(v2).pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Module 4 Unit 1(v2).pptx
PROSPER - Module 4 Unit 1(v2).pptxPROSPER - Module 4 Unit 1(v2).pptx
PROSPER - Module 4 Unit 1(v2).pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Module 2 - Unit 3.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 3.pptxPROSPER - Module 2 - Unit 3.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 3.pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Module 2 - Unit 2_IT.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 2_IT.pptxPROSPER - Module 2 - Unit 2_IT.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 2_IT.pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Module 2 - Unit 1_IT.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 1_IT.pptxPROSPER - Module 2 - Unit 1_IT.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 1_IT.pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Module 3 - Unit 4 - Approcci creativi per una migliore inclusività ...
PROSPER - Module 3 - Unit 4 - Approcci creativi per una migliore inclusività ...PROSPER - Module 3 - Unit 4 - Approcci creativi per una migliore inclusività ...
PROSPER - Module 3 - Unit 4 - Approcci creativi per una migliore inclusività ...caniceconsulting
 
PROSPER - Module 3 - Unit 3 - Sviluppare senso di appartenenza nel mondo ibri...
PROSPER - Module 3 - Unit 3 - Sviluppare senso di appartenenza nel mondo ibri...PROSPER - Module 3 - Unit 3 - Sviluppare senso di appartenenza nel mondo ibri...
PROSPER - Module 3 - Unit 3 - Sviluppare senso di appartenenza nel mondo ibri...caniceconsulting
 
PROSPER - Module 3 - Unit 2 Misurare l_appartenenza digitale_IT.pptx
PROSPER - Module 3 - Unit 2 Misurare l_appartenenza digitale_IT.pptxPROSPER - Module 3 - Unit 2 Misurare l_appartenenza digitale_IT.pptx
PROSPER - Module 3 - Unit 2 Misurare l_appartenenza digitale_IT.pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Module 3 - Unit 1_IT.pptx
PROSPER - Module 3 - Unit 1_IT.pptxPROSPER - Module 3 - Unit 1_IT.pptx
PROSPER - Module 3 - Unit 1_IT.pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Module 2 - Unit 4.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 4.pptxPROSPER - Module 2 - Unit 4.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 4.pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Modulo 1 - Unità 5_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 5_IT.pptxPROSPER - Modulo 1 - Unità 5_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 5_IT.pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Modulo 1 - Unità 4_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 4_IT.pptxPROSPER - Modulo 1 - Unità 4_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 4_IT.pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Modulo 1 - Unità 3_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 3_IT.pptxPROSPER - Modulo 1 - Unità 3_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 3_IT.pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Modulo 1 - Unit 2_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unit 2_IT.pptxPROSPER - Modulo 1 - Unit 2_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unit 2_IT.pptxcaniceconsulting
 
PROSPER - Modulo 1 - Unità 1_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 1_IT.pptxPROSPER - Modulo 1 - Unità 1_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 1_IT.pptxcaniceconsulting
 
BG PROSPER - Module 4 - Unit 3.pptx
BG PROSPER - Module 4 - Unit 3.pptxBG PROSPER - Module 4 - Unit 3.pptx
BG PROSPER - Module 4 - Unit 3.pptxcaniceconsulting
 
BG PROSPER - Module 4 - Unit 2.pptx
BG PROSPER - Module 4 - Unit 2.pptxBG PROSPER - Module 4 - Unit 2.pptx
BG PROSPER - Module 4 - Unit 2.pptxcaniceconsulting
 
BG PROSPER - Module 4 - Unit 1.pptx
BG PROSPER - Module 4 - Unit 1.pptxBG PROSPER - Module 4 - Unit 1.pptx
BG PROSPER - Module 4 - Unit 1.pptxcaniceconsulting
 
BG PROSPER - Module 3 - Unit 4 bg.pptx
BG PROSPER - Module 3 - Unit 4 bg.pptxBG PROSPER - Module 3 - Unit 4 bg.pptx
BG PROSPER - Module 3 - Unit 4 bg.pptxcaniceconsulting
 

Mais de caniceconsulting (20)

PROSPER - Module 4 Unit 3 (v2).pptx
PROSPER - Module 4 Unit 3 (v2).pptxPROSPER - Module 4 Unit 3 (v2).pptx
PROSPER - Module 4 Unit 3 (v2).pptx
 
PROSPER - Module 4 Unit 2(v2).pptx
PROSPER - Module 4 Unit 2(v2).pptxPROSPER - Module 4 Unit 2(v2).pptx
PROSPER - Module 4 Unit 2(v2).pptx
 
PROSPER - Module 4 Unit 1(v2).pptx
PROSPER - Module 4 Unit 1(v2).pptxPROSPER - Module 4 Unit 1(v2).pptx
PROSPER - Module 4 Unit 1(v2).pptx
 
PROSPER - Module 2 - Unit 3.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 3.pptxPROSPER - Module 2 - Unit 3.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 3.pptx
 
PROSPER - Module 2 - Unit 2_IT.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 2_IT.pptxPROSPER - Module 2 - Unit 2_IT.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 2_IT.pptx
 
PROSPER - Module 2 - Unit 1_IT.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 1_IT.pptxPROSPER - Module 2 - Unit 1_IT.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 1_IT.pptx
 
PROSPER - Module 3 - Unit 4 - Approcci creativi per una migliore inclusività ...
PROSPER - Module 3 - Unit 4 - Approcci creativi per una migliore inclusività ...PROSPER - Module 3 - Unit 4 - Approcci creativi per una migliore inclusività ...
PROSPER - Module 3 - Unit 4 - Approcci creativi per una migliore inclusività ...
 
PROSPER - Module 3 - Unit 3 - Sviluppare senso di appartenenza nel mondo ibri...
PROSPER - Module 3 - Unit 3 - Sviluppare senso di appartenenza nel mondo ibri...PROSPER - Module 3 - Unit 3 - Sviluppare senso di appartenenza nel mondo ibri...
PROSPER - Module 3 - Unit 3 - Sviluppare senso di appartenenza nel mondo ibri...
 
PROSPER - Module 3 - Unit 2 Misurare l_appartenenza digitale_IT.pptx
PROSPER - Module 3 - Unit 2 Misurare l_appartenenza digitale_IT.pptxPROSPER - Module 3 - Unit 2 Misurare l_appartenenza digitale_IT.pptx
PROSPER - Module 3 - Unit 2 Misurare l_appartenenza digitale_IT.pptx
 
PROSPER - Module 3 - Unit 1_IT.pptx
PROSPER - Module 3 - Unit 1_IT.pptxPROSPER - Module 3 - Unit 1_IT.pptx
PROSPER - Module 3 - Unit 1_IT.pptx
 
PROSPER - Module 2 - Unit 4.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 4.pptxPROSPER - Module 2 - Unit 4.pptx
PROSPER - Module 2 - Unit 4.pptx
 
PROSPER - Modulo 1 - Unità 5_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 5_IT.pptxPROSPER - Modulo 1 - Unità 5_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 5_IT.pptx
 
PROSPER - Modulo 1 - Unità 4_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 4_IT.pptxPROSPER - Modulo 1 - Unità 4_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 4_IT.pptx
 
PROSPER - Modulo 1 - Unità 3_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 3_IT.pptxPROSPER - Modulo 1 - Unità 3_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 3_IT.pptx
 
PROSPER - Modulo 1 - Unit 2_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unit 2_IT.pptxPROSPER - Modulo 1 - Unit 2_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unit 2_IT.pptx
 
PROSPER - Modulo 1 - Unità 1_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 1_IT.pptxPROSPER - Modulo 1 - Unità 1_IT.pptx
PROSPER - Modulo 1 - Unità 1_IT.pptx
 
BG PROSPER - Module 4 - Unit 3.pptx
BG PROSPER - Module 4 - Unit 3.pptxBG PROSPER - Module 4 - Unit 3.pptx
BG PROSPER - Module 4 - Unit 3.pptx
 
BG PROSPER - Module 4 - Unit 2.pptx
BG PROSPER - Module 4 - Unit 2.pptxBG PROSPER - Module 4 - Unit 2.pptx
BG PROSPER - Module 4 - Unit 2.pptx
 
BG PROSPER - Module 4 - Unit 1.pptx
BG PROSPER - Module 4 - Unit 1.pptxBG PROSPER - Module 4 - Unit 1.pptx
BG PROSPER - Module 4 - Unit 1.pptx
 
BG PROSPER - Module 3 - Unit 4 bg.pptx
BG PROSPER - Module 3 - Unit 4 bg.pptxBG PROSPER - Module 3 - Unit 4 bg.pptx
BG PROSPER - Module 3 - Unit 4 bg.pptx
 

Último

ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 

Último (20)

Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 

Ambiente de trabalho saudável e inclusivo

  • 1. INCLUSÃO NO LOCAL DE TRABALHO Módulo 6
  • 2. INCLUSÃO NO LOCAL DE TRABALHO Módulo 6 - Compreender a importância de um ambiente de trabalho saudável Objetivo
  • 3. - Compreender a importância de um ambiente de trabalho saudável para o crescimento dos negócios - Importância dos líderes da empresa e da equipe de recursos humanos na promoção de um ambiente de trabalho saudável - Identificar as medidas que podem ser implementadas nas empresas para manter o funcionário motivado e produtivo - Entender que a diversidade requer uma maior abertura de mentalidade por parte dos líderes e dos funcionários da empresa - Criação de medidas destinadas a promover um ambiente de trabalho saudável e adaptado às necessidades individuais dos trabalhadores. RESULTADOS ESPERADOS DE APRENDIZAGEM INCLUSÃO NO LOCAL DE TRABALHO Módulo 6 - Ser capaz de compreender a importância que as empresas e seus líderes têm na promoção e manutenção de um ambiente de trabalho saudável - Compreender a importância de manter as pessoas motivadas para agregar valor à empresa - Ser capaz de entender que a diversidade é o foco da inovação, mas exige que os líderes sejam capazes de construir o espírito de equipe - Compreender a importância de adaptar o local de trabalho às necessidades dos trabalhadores
  • 4. Um local de trabalho saudável – a chave para o sucesso sustentável 01 Ambiente de trabalho saudável CONTENT CONTENT 02 03 Adaptação dos colaboradores na organização
  • 6. INTRODUCTION O local de trabalho evoluiu muito ao longo das últimas décadas. Inicialmente o foco era, predominantemente, debruçado sobre o ambiente de trabalho físico (o domínio da saúde e segurança ocupacional tradicional, lidando com perigos físicos, químicos, biológicos e ergonômicos), a definição ampliou-se para incluir a prática de saúde • Ambiente de trabalho físico; • Ambiente de trabalho psicossocial; • Recursos de saúde pessoal; • Envolvimento da comunidade empresarial. O QUE É UM LOCAL DE TRABALHO SAUDÁVEL? Definições gerais
  • 7. Os pessoas passam muito tempo no trabalho (Kamarulzaman et.al, 2011). Um espaço de trabalho saudável pode influenciar o bem-estar e a produtividade. Fator importante no ambiente de trabalho físico: - Temperatura interna; - Iluminação e ventilação; - Cor; - Ruído; - Plantas para o bem-estar e desempenho dos funcionários. AMBIENTE DE TRABALHO FÍSICO
  • 8. O que significa o termo "psicossocial"? A expressão "ambiente de trabalho psicossocial" abrange aspetos relativos ao nosso trabalho e às nossas condições de trabalho. Os fatores psicológicos são perceções e interpretações de questões relacionadas com o trabalho, enquanto que os fatores sociais envolvem a influência do contexto social e dos fatores interpessoais. Estes conceitos fundiram-se no termo "psicossocial". A expressão "ambiente de trabalho psicossocial" pode ser dividida em três componentes, para facilitar a sua compreensão: • Organização; • Interação social; • Perceção individual. AMBIENTE DE TRABALHO PSICOSSOCIAL
  • 9. INTRODUCTIONA organização do ambiente de trabalho, pode ser definida como a relação do indivíduo, eus deveres e interação com os outros no local de trabalho, bem como, a organização prática do seu trabalho. Esta componente enfatizam as influências externas ou estímulos no trabalho. Aqui a preocupação prende-se com as características específicas das condições de trabalho, existe um organograma? As instalações são adequadas em termos de disponibilização de equipamentos? As expectativas e horas de trabalho foram claramente definidas? Uma boa gestão é essencial para um bom ambiente de trabalho. Um líder que não tem boas capacidades de liderança pode tornar o local de trabalho, totalmente insuportável. Outro fator, que se enquadra nesta componente do ambiente de trabalho psicossocial é o fenómeno da "reorganização". Isso pode afetar significativamente um local de trabalho. A reorganização, geralmente, significa cortes de trabalho e mudanças, o que cria turbulência e incertezas entre os funcionários. Tais mudanças também podem influenciar a saúde dos trabalhadores. 1. Organização
  • 10. INTRODUCTIONAs condições de trabalho psicossociais também são determinadas pela interação entre fatores ambientais, outros trabalhadores e o indivíduo. Aqui estão incluídos os "efeitos psicológicos" do trabalho. Colaboração e cooperação - ou muitas vezes não - são as consequências de como essas interações funcionam. Se houver muitos conflitos no trabalho, isso poderá reduzir a produtividade geral e as pessoas tentarão evitar trabalhar nesse local. Os conflitos também podem causar problemas de saúde entre os trabalhadores. 2. Interação social Todas as pessoas são seres únicos. Não percecionamos as coisas da mesma forma. As pessoas são diferentes, eles percebem o que as rodeia de forma diferente. Temos perceções e avaliações individuais, e estas têm consequências para a saúde, bem-estar e desempenho para nós e para os outros. Esta é a razão pela qual é quase impossível criar o local de trabalho perfeito. O que é perfeito para si, pode não ser perfeito para mim! Essas diferenças derivam dos processos cognitivos e emocionais, bem como, das características individuais dos funcionários. Esta componente do ambiente de trabalho psicossocial enfatiza a interpretação individual do trabalhador; como as influências externas são percebidas, processadas e disseminadas. 3. Perceção individual
  • 11. A promoção da saúde no local de trabalho centra-se numa série de fatores que podem não estar suficientemente abrangidos pela legislação e pela prática dos programas de saúde no trabalho, como: o ambiente organizacional, a promoção de estilos de vida saudáveis e fatores não ocupacionais no ambiente geral. Os fatores não ocupacionais incluem o bem- estar familiar, as condições domiciliares e de deslocação e os fatores comunitários que afetam a saúde dos trabalhadores. Para ser bem-sucedido, a promoção da saúde no local de trabalho deve envolver a participação de funcionários, dos gestores e de outras partes interessadas na implementação de iniciativas acordadas conjuntamente e devem ajudar os empregadores e funcionários em todos os níveis, para aumentar o controle e melhorar a saúde. RECURSOS DE SAÚDE PESSOAL
  • 12. Embora algumas atividades de promoção da saúde no local de trabalho tendem a concentrar-se numa única doença ou num único fator de risco (por exemplo, prevenção de doenças cardíacas) ou nas mudanças práticas de saúde pessoal e comportamentos (por exemplo, tabagismo, dieta), há uma crescente apreciação de que existem múltiplos determinantes da doença. A saúde do trabalhador, além das intervenções centradas na pessoa, nas iniciativas de promoção da saúde da mão-de-obra têm se movido para uma abordagem mais alargada que reconhece a influência combinada de fatores pessoais, ambientais, organizacionais, comunitários e sociais sobre o bem estar do funcionário. A promoção eficaz da saúde ajuda os funcionários a adotar procedimentos administrativos e trabalhadores adequados para usar práticas de trabalho seguras. Os profissionais de saúde ocupacional beneficiam do formação e da educação em promoção da saúde para que possam implementá-lo como parte de suas práticas de saúde ocupacional. A experiência em promoção da saúde no local de trabalho mostrou que competições e prêmios são valiosos para incentivar as empresas em atividades de segurança e saúde ocupacional. Organizações e empresas pretende obter uma valiosa publicidade e aumentar a moral dos funcionários, competindo para se tornar a empresa mais saudável e solidária. RECURSOS DE SAÚDE PESSOAL
  • 13. - Cuidados de saúde primários gratuitos/acessíveis aos trabalhadores/membros da família; - Educação e alfabetização para os trabalhadores/famílias; - Controle voluntário sobre os poluentes liberados no ar ou na água; - Apoio financeiro a causas comunitárias de valor; - Minimize as emissões de gases de efeito estufa. ENVOLVIMENTO DA COMUNIDADE EMPRESARIAL
  • 14. INTRODUCTION Sediada no Porto, a Blip é uma empresa de engenharia de software com uma diferença… Fundada em 2009, já 300 ' Blippers ', e continua crescendo. Venceram o prémio? Pode apostar. Foram reconhecidos: Revista Visão – como a melhor empresa para trabalhar em Portugal Melhor empresa para o desenvolvimento pessoal e profissional - Melhor local de trabalho - Melhor empresa de tecnologia para trabalhar Tornar o mundo um pouco melhor? Ganho. Promovem eventos para arrecadar dinheiro para causa de beneficência importantes, contribuem para proteção do meio ambiente, e têm um programa de responsabilidade social animado na Blip, onde todos ficam maravilhados. Na Blip promovem um local de trabalho justo, inclusivo e o resultando é ter funcionários mais empenhados que ajudam a criar uma organização mais forte e melhor para todos nós. A empresa está espalhada por 15 localidades, e entende a importância em valorizar as experiências únicas, perspetivas e pontos de vista de cada funcionário. Para continuar a promover isso, eles criaram ' Fair Game ', uma nova equipe de diversidade que ajudam a criar e manter condições equitativas para todos. HISTÓRIA DE SUCESSO: BLIP BLIP ' MELHOR EMPRESA PARA TRABALHAR EM PORTUGAL '
  • 15. INTRODUCTION “Mentorship is simply learning from the mistakes and mastery of a successful person in his/her field.” Bernard Kelvin Clive As pessoas são estimuladas a elaborar planos para tornar o local de trabalho na Blip o mais animado possível. Pense em instalar dardos, organizar jogos de escritório e eventos de caridade, acrescentando uma turma de Pilates ou torneio de bilhar. HISTÓRIA DE SUCESSO: BLIP Por si próprio: não há como escapar o fato de que, equipa diversas e consistentemente superam as equipes homogéneas. Talento e capacidade não são encontrados em grupos demográfico específicos. Além disso, ter uma boa fusão, torna o local mais divertido, interessante e inspirador para trabalhar. Para seus clientes: um local de trabalho diversificado está em melhor posição para entender as necessidades e desejos dos clientes, o que torna todos os seus produtos melhores, independentemente do local onde trabalha. Para ao sector: como um líder do sector, é importante que eles se esforcem continuamente para manter e desenvolver um ambiente diversificado e inclusivo, garantindo, simultaneamente, a definição de padrões de conduta ética e responsabilidade corporativa. Embora seja verdade que algumas pessoas mais velhas acreditam que andam sobre a marinar e ficam irritados se alguém dizer o contrario, a maioria das pessoas querem saber como podem melhorar.
  • 16. INTRODUCTION “Mentorship is simply learning from the mistakes and mastery of a successful person in his/her field.” Bernard Kelvin Clive HISTÓRIA DE SUCESSO: BLIP Eles têm: -Plano de saúde -Plano financeiro e aposentadoria - Família e parentalidade - Feriados e ambiente pouco comum -Vantagens e descontos -Suporte profissional Quer saber mais sobre Blip? Assista a este e este vídeo!
  • 17. 1. Aceita a diversidade e a inclusão como um modo de vida. Numa organização inclusiva, a diversidade é vista em todos os níveis dentro da instituição. Muitas culturas, tradições, crenças, linguagens e estilos de vida prevalecem tanto na mão-de-obra quanto nos clientes, e são respeitadas sem julgamento. As pessoas são vistos como os indivíduos que se uniram para coordenar as ações e para concretizar um objetivo comum. 3. Opera sob políticas e procedimentos transparentes. Não há regras ocultas de comportamento que podem ser evidentes para alguns grupos e desconhecidos para os outros 4. É consistente nas suas interações com todos. Não há duplos padrões. As regras são aplicadas de forma adequada e regulamentada em toda a instituição. Nenhum grupo é favorecido em detrimento de outro. CARACTERÍSTICAS DE UMA ORGANIZAÇÃO INCLUSIVA 2. Avalia o desempenho individual e performance do grupo em princípios básicos observáveis, competências observáveis e mensuráveis. Os funcionários têm uma compreensão clara das suas tarefas e responsabilidades. Eles são avaliados com base nas suas ações, não pela opiniões dos outros. Os objetivos e as expectativas são alcançáveis. 5. Cria e mantém uma cultura de aprendizagem. O desenvolvimento da carreira é incentivado e apoiado para todos os funcionários pela gerência. Os programas de mentoria são robustos e incluem sistemas formais e informais que atendem às necessidades individuais de aprendizagem de todos os funcionários. Erros são reconhecidos, e suas consequências abordadas, mas são encarrados como sendo uma oportunidade de aprendizagem e não como uma falhas de caráter.
  • 18. 6. Tem um sistema abrangente e facilmente acessível de resolução de conflitos em todos os níveis. Reconhece que o conflito é inevitável numa organização multicultural complexa, e dispõe de sistemas para lidar com os conflitos de forma não conflituosa, respeitando a dignidade e a confidencialidade de todas as partes. 8. Vive da sua missão e valores. As pessoas trabalham para uma organização porque acreditam em seus propósitos e objetivos. Uma organização que promete uma coisa e entrega outra, arrisca-se a perder a fiabilidade e a confiança dos seus funcionários, bem como dos seus clientes. 9. Valoriza mais os privilégio ganho do que os não ganhos. Os funcionários são reconhecidos pelas suas ações e realizações, não simplesmente por causa de seus títulos ou graus. Os clientes são tratados com respeito, independentemente de seu estatuto socioeconómico ou classe. CARACTERÍSTICAS DE UMA ORGANIZAÇÃO INCLUSIVA 7. Reconhece que faz parte da Comunidade que serve. Funcionários, gerentes e clientes pertencem a essa comunidade. Uma organização inclusiva é um participante ativo nas atividades comunitárias, e desempenha um papel vital para enfrentar as suas necessidades. 5. Aceita e agarra a mudança. A mudança é inevitável. Uma organização inclusiva reconhece que as práticas atuais e passadas devem ser constantemente revistas e atualizadas para atender às ofertas e necessidades numa indústria em constante alteração, da mão-de-obra e dos clientes.
  • 19. 02UM LOCAL DE TRABALHO SAUDÁVEL – A CHAVE PARA O SUCESSO SUSTENTÁVEL
  • 20. As empresas estão constantemente a ser desafiadas para desenvolver estratégias que atendam às necessidades da mudança demográfica e da economia global em crescimento. A necessidade de criação de ambientes de trabalho inclusivos é impulsionada por vários fatores: o aumento da participação no mercado global, a atração e retenção de talentos racialmente e culturalmente diversificada, e os desejos dos funcionários em fazer parte da locais de trabalho inclusivos. QUAIS SÃO AS FORÇAS DE MOTRIZES QUE ESTÃO POR TRÁS DA CRIAÇÃO DE AMBIENTES DE TRABALHO INCLUSIVO?
  • 21. INTRODUCTION - Aumento da criatividade. Quando pessoas com histórias e experiências variadas se reúnem, muitas vezes acabam por encontrar melhores soluções para os desafios do negócio. - Aumento da empatia. Um ambiente inclusivo ajuda os funcionários a desenvolver a compreensão e o respeito uns pelos outros, levando a relações de trabalho mais fortes e um aumento da produtividade. - Aumento da notoriedade da marca. Uma empresa conhecida com base em talentos fortes e diversificados é vista favoravelmente por clientes, investidores e pelas comunidades que servem. - Aumento de recrutamento e retenção. Empresas conhecidas pela diversidade atraem os melhores candidatos e tendem a reter talentos. Traduzindo-se em mais criatividade, produção e lucro. - Impacto positivo na rentabilidade dos negócios. As organizações que adotam práticas de trabalho inclusivas têm maior desempenho empresarial em áreas como produtividade do trabalhador, lucro operacional líquido, receita bruta e valor dos acionistas. VANTAGENS DA DIVERSIDADE NA ORGANIZAÇÃO
  • 22. Os líderes precisam de criar um sistema de responsabilidade perante os seus gerentes, de forma a que estes assumam a responsabilidade de criar e manter um ambiente de trabalho diversificado e inclusivo. A diversidade dos indivíduos determina a diversidade de pensamento, atitude, abordagem, e estes, por sua vez, abrem novas possibilidades, criam oportunidades diferentes, e potenciam inovações únicas. É importante lembrar que a "diversidade" pode significar muitas coisas – não apenas raça e género. Pense em gerações, capacidades, experiência e muito mais. Equipes heterogêneas tendem a concentrar-se em fatos, processam fatos com mais cuidado e alcançam a inovação mais do que equipes homogêneas. O QUE OS LÍDERES DE NEGÓCIOS PRECISAM ENTENDER SOBRE A DIVERSIDADE?
  • 23. DIVERSIDADE E ESTRATÉGIA DE INCLUSÃO Sem o apoio dos superiores hierárquicos, as estratégias para desenvolver ambientes de trabalho inclusivos, são improváveis de acontecer. Práticas inclusivas efetivas, requerem apoio e compromisso dos responsáveis máximos do executivo e representação visíveis, integrando estes funcionários na organização.
  • 24. Uma organização deve estar predisposta em fornecer apoios organizacionais que possam ajudar a estimular o crescimento profissional de diversos trabalhadores. Deve estabelecer e incentivar os apoios para os funcionários de diversas origens, que podem incluir: mentoria visando apoiar o desenvolvimento profissional, redes de apoio, grupos de recursos ou grupos de afinidade para formação, deve ainda estimular o desenvolvimento de carreira para ajudar na progressão dos colaboradores; As organizações devem promover ambientes de trabalho inclusivos estabelecendo um sistema de recompensas e de consequências. As organizações precisam estabelecer sistemas de recompensa para incentivar a mudança de comportamento e fornecer um sistema de remuneração e benefícios para a adesão às práticas de ambiente de trabalho inclusivo (Sparks, 2006). Para isso, uma organização pode estabelecer medidas de práticas inclusivas como componente das avaliações de desempenho dos funcionários e/ou normas que são necessárias satisfazer os fins de progredir dentro da organização, ou fornecer recompensas e reconhecimento. O compromisso de uma organização com a diversidade pode ser refletido por meio de suas declarações de missão ou visão, políticas de antidiscriminação e conformidade de planos de ação para um ambiente de trabalho inclusivo que sejam realistas e operacionalizados. Além disso, as organizações podem utilizar publicidade, relações públicas e os seus sites para comunicar ainda mais o seu compromisso com um local de trabalho inclusivo não só para os seus funcionários, mas também para os seus consumidores. Esta comunicação deve incluir formação contínuas e seminários focados na diversidade no local de trabalho prestado apoio aos funcionários em todos os níveis da organização. ESTRATÉGIAS PARA PRÁTICAS DE TRABALHO INCLUSIVAS EFICAZES Além do recrutamento de funcionários diversificados, as estratégias para a práticas de trabalho inclusivas efetivas exigem que as organizações demonstrem o seu compromisso com questões de diversidade no local de trabalho, proporcionando suporte profissional como mentoria e/ou Networking e implementem mudanças organizacionais que refletem o respeito e valor que a organização tem para com os seus trabalhadores.
  • 25. Há várias razões para investir na motivação dos funcionários. Permite que a organização atinja os seus objetivos. A falta de motivação pode levar a uma posição arriscada. PORQUÊ A MOTIVAÇÃO DO FUNCIONÁRIO É IMPORTANTE? Os funcionários motivados podem levar ao aumento da produtividade e permitir que uma organização atinja níveis mais altos de produção.
  • 26. Há várias razões para investir na motivação dos funcionários. Permite que a organização atinja os seus objetivos. A falta de motivação pode levar a uma posição arriscada. PORQUÊ QUE A MOTIVAÇÃO DO FUNCIONÁRIO É IMPORTANTE? Maior empenho dos funcionários Quando os funcionários estão motivados para o trabalho, eles, geralmente, esforçam-se ao máximo na execução das tarefas que lhes são atribuídas.
  • 27. Há várias razões para investir na motivação dos funcionários. Permite que a organização atinja os seus objetivos. A falta de motivação pode levar a uma posição arriscada. PORQUÊ QUE A MOTIVAÇÃO DO FUNCIONÁRIO É IMPORTANTE? Maior satisfação dos funcionários A satisfação dos funcionários pode levar a um crescimento positivo para a empresa.
  • 28. Há várias razões para investir na motivação dos funcionários. Permite que a organização atinja os seus objetivos. A falta de motivação pode levar a uma posição arriscada. POR QUE A MOTIVAÇÃO DO FUNCIONÁRIO É IMPORTANTE? Desenvolvimento contínuo de funcionários A motivação pode permitir que o trabalhador atinga os seus objetivos pessoais, e pode facilitar o autodesenvolvimento de um indivíduo. Uma vez, que o trabalhador atinja alguns dos seus objetivos iniciais, irão percebem a ligação clara entre o esforço e os resultados, o que irá motivá-los a continuar em alto nível.
  • 29. Há várias razões para investir na motivação dos funcionários. Permite que a organização atinja os seus objetivos. A falta de motivação pode levar a uma posição arriscada. POR QUE A MOTIVAÇÃO DO FUNCIONÁRIO É IMPORTANTE? Melhoria da eficiência dos funcionários O nível de eficiência de um funcionário não se baseia apenas nas suas capacidades ou qualificações. Para que a empresa obtenha os melhores resultados, um funcionário precisa ter um bom equilíbrio entre a capacidade de executar a tarefa dada, e a vontade de querer executar essa tarefa. Este equilíbrio pode levar ao aumento da produtividade e a melhoria na eficiência. Por favor, Assista: Construa um lugar feliz e envolvente para trabalhar: https://www.youtube.com/watch?v=7lpJFYQY0qI
  • 31. O departamento de RH de uma empresa irá, sem dúvida, fornecer formação para um novo funcionário ao longo da sua primeira semana de trabalho. Durante essa formação, a equipe de RH apresentará uma série de informações sobre a empresa, tal como a cultura e os valores corporativos, a estrutura organizacional, o objetivo de suas atividades de negócios e seu ambiente físico. O objetivo desta informação é comunicar o lado positivo da empresa e fazer com que o novo funcionário se identifique com a mesma. Os novos funcionários devem aproveitar esta introdução para se familiarizarem rapidamente com o histórico, a cultura, os regulamentos, o estilo de trabalho e os departamentos relevantes da empresa. Isto é essencial, caso o novo funcionário deseje adaptar-se rapidamente a sua nova função. INTEGRAÇÃO DO NOVO TRABALHADOR
  • 32. Uma intervenção bem adaptada pode: • Mostra respeito pelos valores e identidade de outra cultura • Melhorar a sua capacidade de ligação com a sua comunidade-alvo • Aumenta a relevância de suas ações • Diminui a possibilidade de surpresas indesejadas • Aumentar o envolvimento e a participação de membros de outros grupos culturais • Aumentar o suporte para ao programa de apoio daqueles membros do grupo cultural, mesmo que eles não participem ou não se envolvam diretamente • Aumentar as oportunidades de sucesso de intervenção (e seu impacto na Comunidade) • Constroem a confiança futura e a cooperação através das linhas culturais - que devem levantar as perspetivas para umas intervenções mais bem-sucedidas no futuro. ADAPTE AS INTERVENÇÕES PARA ADEQUAR DIFERENTES TRADIÇÕES CULTURAIS
  • 33. Parabéns, completou o módulo 6! Agora pode fazer os exercícios, completar o questionários e/ou verificar os materiais de aprendizagem adicionais http://recruitpotential.eu/