FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Profª. Maria Aparecida Ferreira GRUPO – MENINAS SUPER PODEROSAS: Dinair Silva Pires – P00...
PROJETO INTERDISCIPLINAR: FORMAÇÃO DE REDES DE SIGNIFICAÇÃO EDUCAÇÃO PARA CIDADANIA
 
Escola:  Municipal Luciana Santana Coutinho Ensino:  Pré II – 05 a 06 Anos
<ul><li>Observação direta e entrevista com um profissional da Educação Infantil </li></ul>
<ul><li>DATA DA ENTREVISTA: </li></ul><ul><li>26/09/2011 </li></ul><ul><li>ENTREVISTADA: </li></ul><ul><li>Professora Sale...
<ul><li>A escola promove a amplitude do desenvolvimento fazendo a integração dos pais com a escola para que a criança sint...
<ul><li>Ao iniciar o ano letivo realizamos uma reunião pedagógica e é nela que decidimos quais os temas que se tornem proj...
<ul><li>O espaço é adequado para as crianças desenvolverem-se de forma integral, com salas adequadas, quadra poliesportiva...
<ul><li>Ao chegar à escola, todas as turmas cantam o Hino Nacional e em seguida, se dirigem à sala com as professoras; na ...
<ul><li>Através do cotidiano do aluno, passeios pelo ambiente escolar e ilustrações referentes à família, sociedade e a es...
<ul><li>Para auto defesa e até mesmo para chamar atenção para si, mostrar que é forte ou </li></ul><ul><li>líder da turma,...
<ul><li>Sim. Internet. Usado para jogos e pesquisas. A escola possui uma sala de informática com 15 computadores em funcio...
<ul><li>Devido ao contexto sociocultural em que as crianças estão inseridas elas são carentes de recursos materiais e afet...
<ul><li>Na minha escola existem crianças que não apresentam uma boa oralidade, na fala existe uma troca de letras, fonemas...
Em nenhum outro momento da história da humanidade a sociedade foi tão afetada por informações advindas de tantos lugares e...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto interdisciplinar fundamentos da ed. infantil

2.525 visualizações

Publicada em

GRUPO MENINAS SUPER PODEROSAS
PROJETO INTERDISCIPLINAR DE FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL.
TEMA GERADOR:

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.525
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto interdisciplinar fundamentos da ed. infantil

  1. 1. FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Profª. Maria Aparecida Ferreira GRUPO – MENINAS SUPER PODEROSAS: Dinair Silva Pires – P00843 Edviges da Paixão Zoel de Assumpção – P00754 Eliza Lombardi – P00925 Katiana Souza Reis – P00823 Pasqualina Toscano – P00760 Valewska da Silva Barreto – P00776
  2. 2. PROJETO INTERDISCIPLINAR: FORMAÇÃO DE REDES DE SIGNIFICAÇÃO EDUCAÇÃO PARA CIDADANIA
  3. 4. Escola: Municipal Luciana Santana Coutinho Ensino: Pré II – 05 a 06 Anos
  4. 5. <ul><li>Observação direta e entrevista com um profissional da Educação Infantil </li></ul>
  5. 6. <ul><li>DATA DA ENTREVISTA: </li></ul><ul><li>26/09/2011 </li></ul><ul><li>ENTREVISTADA: </li></ul><ul><li>Professora Salete Marion Dias Barreto </li></ul><ul><li>PERÍODO DE OBSERVAÇÃO: </li></ul><ul><li>De 20 a 23 de setembro </li></ul>
  6. 7. <ul><li>A escola promove a amplitude do desenvolvimento fazendo a integração dos pais com a escola para que a criança sinta a escola sendo continuidade da sua casa. </li></ul><ul><li>Palestras de cunho de esclarecimento com relação à saúde, vacinação também são formas de promover um desenvolvimento amplo. </li></ul><ul><li>Atividades que estimulem a parte motora como jogos, utilização de computadores e música para a oralidade, desenvolvimento da percepção visual e auditiva com narrativa de histórias e cineminha com pipoca. </li></ul><ul><li>Procuro também realizar trabalhos que estimulam o lado crítico, de escolha, democrático, como acontece na arrumação da própria sala. Essas são decoradas conforme o personagem escolhido pelas crianças, todo final de bimestre. São apresentados às crianças: filmes, programas de TV, gibis, revistas com o tema desenhos e personagens infantis a partir dessa mostra acontece uma eleição do personagem preferido. Com base nesta escolha a sala é organizada com o tema e além das atividades semanais que devem abordar coordenação motora, esquema corporal, artes, letramento, matemática, educação ambiental são planejadas atividades relacionadas ao personagem. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Ao iniciar o ano letivo realizamos uma reunião pedagógica e é nela que decidimos quais os temas que se tornem projetos nos dois semestres do ano. </li></ul><ul><li>No decorrer do ano estes projetos são desenvolvidos e todos têm efetiva participação. Entre eles podemos citar: Projeto cidadania e meio ambiente, Projeto de Leitura: Era uma vez, projeto Alimentação saudável projeto família no ambiente escolar, entre outros. </li></ul><ul><li>Os objetivos são definidos a partir das estratégias que vamos utilizar para alcançar os objetivos e, como a escola trabalha com educação infantil e ensino fundamental até o 3º ano os projetos são desenvolvidos com os temas das disciplinas curriculares, dos PCNS e de acordo com as orientações curriculares para a educação infantil. </li></ul><ul><li>Por exemplo, na educação infantil quando iniciamos o ano, no 1º dia de aula iniciamos o projeto: Sejam bem vindos. Neste projeto, todas as crianças realizam as seguintes atividades: um passeio pela escola e seus setores, dinâmicas de socialização (Quem sou eu?) (Apresentando o meu colega). </li></ul><ul><li>O outro projeto que temos é o livro que escolhemos. Neste projeto, cada turma junto com o professor escolhe um livro e a partir dele durante um mês as aulas são desenvolvidas inserindo conteúdos como higiene, saúde, cuidados com o corpo, com os cabelos, respeito às regras, autonomia, cooperação, amizade, letramento, escrita, entre outros assuntos que serão desenvolvidos pelo professor através de um plano de aula. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>O espaço é adequado para as crianças desenvolverem-se de forma integral, com salas adequadas, quadra poliesportiva, banheiros, refeitório e uma ampla horta. </li></ul><ul><li>Na escola em que leciono seguimos uma rotina semanal. </li></ul><ul><li>Segunda feira a aula é de coordenação geral, as atividades são realizadas no pátio da escola (brincadeiras, músicas, circuitos e dramatizações) </li></ul><ul><li>Terça-feira a aula é de esquema corporal, orientação espacial e raciocínio lógico as atividades são realizadas tanto no pátio quanto na sala de aula (músicas, produções artísticas e jogos) </li></ul><ul><li>Quarta-feira. Coordenação motora fina e percepções tátil, visual, auditiva e gustativa, a aula é realizada em sala onde as crianças manipulam diversos objetos. </li></ul><ul><li>Quinta-feira: letramento e atividade. A aula inicia no pátio com música, narrativa de história, jogos e brincadeiras e termina na sala onde os alunos fazem exercício no caderno. Nesta aula são englobados conteúdos de história, geografia e ciências. </li></ul><ul><li>Sexta-feira: numerais e quantidades. As atividades com esses assuntos são realizadas através de jogos (boliche, dominó, dado, memória, quebra-cabeça, etc.) e materiais concretos. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>Ao chegar à escola, todas as turmas cantam o Hino Nacional e em seguida, se dirigem à sala com as professoras; na sala acontece o momento da oração e em seguida, na rodinha, acontece um bate papo informal sobre o que fizeram no fim de semana, por exemplo. Após todos falarem, eles se sentam na cadeira e eu apresento as atividades que realizarão naquele dia. Normalmente, eles aceitam, mas quando percebo que naquele dia não é ideal, por exemplo, para uma atividade que envolva coordenação motora, então, modifico o plano do dia e adapto outra atividade para aquele momento, numa flexibilidade inteligente ao aprendizado da criança. </li></ul>
  10. 11. <ul><li>Através do cotidiano do aluno, passeios pelo ambiente escolar e ilustrações referentes à família, sociedade e a escola. </li></ul><ul><li>Trabalhar com o lúdico é de fundamental importância para as crianças, pois aprimoram o raciocínio lógico, a percepção, a convivência, sendo trabalhados também limites e respeito às regras. </li></ul><ul><li>O aluno deve estar com os conceitos de importância de família, de sociedade e escola bem apreendidos para começar a compreender sua importância dentro de todos esses âmbitos. Um exemplo de trabalho realizado por todas as professoras foi a ideia de trabalharmos, junto às crianças, com o cultivo de uma horta. </li></ul>
  11. 12. <ul><li>Para auto defesa e até mesmo para chamar atenção para si, mostrar que é forte ou </li></ul><ul><li>líder da turma, mas na maioria das vezes essas reações são resultados do ambiente </li></ul><ul><li>social que ela vive com a família. Ela é agredida de diversas formas em casa e quando </li></ul><ul><li>chega à escola ela acha que pode fazer o mesmo com os colegas. </li></ul><ul><li>Quais providências são tomadas em relação a esses alunos e às suas famílias? </li></ul><ul><li>Como resolver o conflito? </li></ul><ul><li>Reuniões com a equipe técnica da escola, familiares e alunos para obter solução. </li></ul>
  12. 13. <ul><li>Sim. Internet. Usado para jogos e pesquisas. A escola possui uma sala de informática com 15 computadores em funcionamento. Esses computadores têm acesso a internet e assim, as crianças podem ler um livro áudio visual, ter acesso a jogos como o jogo dos sete erros e qual a diferença dos desenhos, atividades de português, matemática, meio ambiente, cidadania, ciências, história, ouvir música e cantar junto com cantoras como a Xuxa, Bia Bedran, Aline Barros e cantores como a dupla Patati Patatá. As crianças utilizam programas de texto (Word) e paint (pintura). </li></ul><ul><li>Todos os sites acessados são interativos e além da professora da turma, há uma professora com o curso de informática educativa que media o conhecimento dos alunos com as informações obtidas no computador. </li></ul>
  13. 14. <ul><li>Devido ao contexto sociocultural em que as crianças estão inseridas elas são carentes de recursos materiais e afetivos. A maioria não conhece o pai. A mãe não possui escolaridade em nível de 2º grau e a maioria delas são analfabetas. Moram em casas de parentes e algumas crianças têm como responsável a avô materna. Elas não têm acesso a livros, a narrativa de histórias e momentos musicais fora do ambiente escolar por isso tanto eu como toda a equipe pedagógica procura dinamizar as aulas com diversos materiais e estratégias pedagógicas, com histórias contadas, livros e musicas infantis, visando desenvolver o seu sistema léxico, pois sabemos que é na fase da educação infantil que acontece a aquisição de um número bastante significativo de palavras e infelizmente, no seu ambiente familiar não existe pouco diálogo, sendo a violência utilizada nas suas diversas formas. </li></ul>
  14. 15. <ul><li>Na minha escola existem crianças que não apresentam uma boa oralidade, na fala existe uma troca de letras, fonemas e, como estamos muito próximas dessas crianças informamos aos pais para que busquem o tratamento adequado para o seu filho. Alguns pais aceitam e o aluno inicia o tratamento imediato e outros precisam ser acionados pelo conselho tutelar para que o filho tenha um atendimento adequado. </li></ul><ul><li>O nosso dever como profissional é educar e cuidar das nossas crianças identificando as suas necessidades e promovendo seu pleno desenvolvimento. </li></ul>
  15. 16. Em nenhum outro momento da história da humanidade a sociedade foi tão afetada por informações advindas de tantos lugares e de diferentes formas. Vivemos num tempo em que o acesso a qualquer tipo de informação ou de pesquisa está a 5 segundos do toque na internet, de onde provém uma enxurrada de notícias que podem ser compartilhadas com o mundo todo, no mesmo instante. Diante de tanta facilidade no acesso a essas informações, muito se apoderam das tais, tornando-se senhorios de um “saber” que nem sempre passa por um crivo científico, causando conflitos de opiniões nas mais diferentes esferas da sociedade. A instituição escolar, portanto, não fica fora desse contexto, e todos os sujeitos envolvidos com a Educação precisam estar atentos às modificações culturais e comportamentais que a Sociedade da Informação traça no perfil de cada integrante desse espaço, mediando tal gama de conhecimento entre alunos e sociedade, de forma a contribuir para a formação cidadã e de valores de cada um. Nesse ínterim percebe-se a necessidade da adequada formação profissional de professores na utilização das mais diferentes tecnologias, colaborando e integrando suas habilidades e competências na prática educativa intencional, dirigida ao ensino de valores, de forma que as crianças possam usufruir de forma adequada desta multiplicidade de meios de comunicação e informação. Na observância do contexto citado acima, foi feita uma entrevista com a professora de Educação Infantil Salete Marion Dias Barreto, formada em pedagogia, pós-graduada em Educação Infantil, Psicomotricidade e Inclusão na Pré-Escola, com o objetivo de analisar de que forma é promovido pelo professor o desenvolvimento de valores e formação de cidadania através da rotina escolar, com o auxílio das tecnologias. A sala de aula da professora Salete é muito espaçosa e bem enfeitada. Há murais com fotos das crianças, de suas famílias, de datas comemorativas, cartazes elaborados pelos alunos e de fixação de conteúdos. Há também um cantinho de leitura, onde foi possível perceber durante o período de observação, que é diariamente freqüentado por eles. A sala de aula é decorada conforme o personagem escolhido pelas crianças. O ambiente da sala possibilita a criança interagir com este de forma a corroborar com a aquisição de conhecimentos e aprendizagem significativa, tendo em vista que é de fundamental importância para elas que esses movimentos aconteçam, pois aprimora o raciocínio lógico, a percepção, desenvolvem noções de espaço, tempo e possibilita a cada um se reconhecer como autor das suas criações, permitindo a formação da criança em suas dimensões: cognitiva, ética, afetiva, social e motora, contribuindo assim para a formação de pessoas capazes de contribuir na transformação da sociedade em que vive, desenvolvendo e construindo sua identidade visando uma educação para a cidadania, de respeito a si mesmo e ao próximo e da boa convivência com a diversidade, principalmente porque, na sala de aula, dois portadores de deficiência física fazem parte da turma. .

×