SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
GRUPO ODISSEIA ELIZABETH REINILDES ROSANA SELMA
O Papel da Escola na Sociedade da Informação
A entrevista desenvolveu-se com uma professora de Educação Infantil, do Pré II. São crianças de 4 e 5 anos, inseridas no contexto sociocultural de poder aquisitivo alto, onde a tecnologia está presente em seu contexto diário.  O estabelecimento escolar possui uma grande área arborizada, instalações bem estruturadas e com boa infraestrutura, salas de aulas amplas e bem arejadas.  Existe um planejamento semanal que é seguido, mas nada que não possa ser alterado de acordo com a necessidade. O professor de educação infantil tem que ser muito observador e atento. A avaliação se dá de diversas maneiras. Através de observações e registros sistemáticos, utilização de diversos instrumentos de registro. A rotina é muito importante na educação infantil, porque proporciona à criança sentimentos de estabilidade e segurança, além de maior facilidade de organização espaço-temporal. Essa rotina não precisa ser rígida, pode ser rica e prazerosa.
Na hora da rodinha, recebo as crianças, é o momento do acolhimento. Onde ocorre a conversa em que trocam idéias, contam as novidades, enriquecendo e seu vocabulário. É importante que todos falem para que possa identificá-los e conhecê-los bem. As atividades a serem desenvolvidas:  - Na rodinha despertar o interesse por plantas, flores, perguntar se em casa há plantas. Num segundo momento contar a História A Primavera da Lagartixa – Ruth Rocha.  - Na atividade diversificada: massinhas, desenhos, brincadeira e as atividades extras. - O dia que marca o início da primavera é muito especial. A duração do dia, parte clara, e da noite é a mesma. A partir dai as noites serão cada vez menores e o clima se torna mais quente. Observar pode ser uma atividade interessante.(noções de geografia)
- Trabalho de campo: como a escola possui uma área arborizada, colher com as crianças folhas. Desenvolvendo a curiosidade e a prática investigativa de cada criança.(noções de ciências) - Em sala, na rodinha, observar semelhanças e diferenças das espécies encontradas, trabalhar a percepção tátil, a coordenação motora fina e grossa. Separar as folhas em círculos formando grupos, dando assim noções de conjunto. - Despertar o interesse pela preservação do meio ambiente, assim como as formas de vida e sua sobrevivência. Noções de cidadania quanto às regras, ética e valores para cuidar da natureza.  - Vivenciar a alegria da estação com a presença multicolorida das flores, levando a criança a contemplar as suas maravilhas e o bem-estar que a convivência da natureza proporciona.  - Atividades com jogos, regras, Quebra Cabeça, Jogo da Memória e Bingo de Flores; Brincadeiras; Músicas e Danças. - Com argila, confeccionar vasos de plantas para plantar mudas.
CULMINÂNCIA: Exposição da mini floricultura com as plantas que foram plantadas nos vasos construídos, com argila. Desenhos sobre o tema, feito com diversos materiais como: pintura, colagem, sucatas e outros materiais para enriquecer a exposição. Teatrinho apresentado pelas crianças. Como também, um filme feito com os melhores momentos dos trabalhos, que será exibido ao longo da culminância. AVALIAÇÃO: Avaliação continua; coletiva e individual: plantações , passeio,  atividades desenvolvidas em sala de aula, desenvolvimento intelectual, psicológico, social, sensório motor, desenvolvimento literário.  
Considerações do Grupo   Concluímos que sem um bom planejamento,  não é possível efetuar um trabalho eficiente na Educação Infantil, cujo o objetivo é transmitir informações associando seu conteúdo a diversas matérias.  A escola da qual entrevistamos a professora, possui um planejamento bem estruturado, diversificado e elaborado, atendendo de forma efetiva e propiciando ao aluno um ambiente rico em experiências necessárias ao desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade. Promovendo a ampliação das experiências e conhecimentos do aluno, estimulando seu interesse pelo processo de transformação da natureza e pela convivência em sociedade. Estimulando a criatividade como elemento de auto-expressão; a construção do conhecimento, propiciando a descobrir, inventar, redescobrir e de criar. 		O uso de ferramentas tecnológicas é uma proposta para enriquecer os conteúdos a serem aplicados. Além de favorecer a melhoria de alguns aspectos metodológicos que possam desenvolver nos alunos uma maior satisfação em seus estudos. A utilização de recursos da Informática, facilita a contextualização e a potencialização da aprendizagem, pois a manipulação virtual pode contribuir muito para a formalização dos conceitos, facilitando o processo de ensino/aprendizagem,   permitindo ao aluno investigar e observar  propriedades existentes, desenvolvendo o seu próprio conhecimento. As mídias são usadas para agregar as informação de acordo com os conteúdos a serem aplicados e com a intervenção do professor. 		 É fundamental oferecer ensino de qualidade para que aí sim, possamos ter uma educação de base digna e que proporcione a criança um futuro, ou pelo menos uma perspectiva de um futuro melhor e mais digno.Proporcionar às nossas crianças o sucesso na relação com a linguagem deve ser uma meta pedagógica maior. Nos primeiros anos escolares, a auto-estima da criança  depende em grande parte de sua relação com a leitura (Tuttle, Paquette, 1993, p. 20). É por isso que ela deve ser o mais saudável possível, novidadeira,  surpreendente,  estimulante,  lúdica  - e  isso  tudo  a  literatura oferece (AMARILHA,1997).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pensar a intervenção pedagógica no jardim de infância... um relato
Pensar a intervenção pedagógica no jardim de infância... um relatoPensar a intervenção pedagógica no jardim de infância... um relato
Pensar a intervenção pedagógica no jardim de infância... um relatoPedro França
 
Pôster - A IMPORTÂNCIA DO BRINQUEDO NO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA
Pôster - A IMPORTÂNCIA DO BRINQUEDO NO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇAPôster - A IMPORTÂNCIA DO BRINQUEDO NO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA
Pôster - A IMPORTÂNCIA DO BRINQUEDO NO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇAFernando S. S. Barbosa
 
Projeto interdisciplinar de fundamentos da educação
Projeto interdisciplinar de fundamentos da educaçãoProjeto interdisciplinar de fundamentos da educação
Projeto interdisciplinar de fundamentos da educaçãoMarcia Brandão
 
Projeto curricular creche escola criança feliz
Projeto curricular creche escola criança felizProjeto curricular creche escola criança feliz
Projeto curricular creche escola criança felizVivian Lee
 
Eixos Da Educação Infantil
 Eixos Da Educação Infantil Eixos Da Educação Infantil
Eixos Da Educação InfantilTatianaGonalve8
 
O trabalho de creche
O trabalho de crecheO trabalho de creche
O trabalho de crecheJune Stuque
 
Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?Magda Marques
 
Reunião técnica prática pedagógica
Reunião técnica  prática pedagógicaReunião técnica  prática pedagógica
Reunião técnica prática pedagógicaclaudia_4051
 
Projeto de Fundamentos da Educação Infantil
Projeto de Fundamentos da Educação InfantilProjeto de Fundamentos da Educação Infantil
Projeto de Fundamentos da Educação InfantilJúlia Gama
 
Organização de uma sala pré escolar, patrícia costa nº13
Organização de uma sala pré escolar, patrícia costa nº13Organização de uma sala pré escolar, patrícia costa nº13
Organização de uma sala pré escolar, patrícia costa nº13Patricia Costa
 
Apresentação 2012 maternal ii creche escola ladybug recreio rj
Apresentação 2012 maternal ii  creche escola ladybug recreio rjApresentação 2012 maternal ii  creche escola ladybug recreio rj
Apresentação 2012 maternal ii creche escola ladybug recreio rjCreche Escola Ladybug
 
Violência na escola educação infantil
Violência na escola   educação infantilViolência na escola   educação infantil
Violência na escola educação infantilAna Lopes
 
Trabalhando os cantinhos da creche
Trabalhando os cantinhos da crecheTrabalhando os cantinhos da creche
Trabalhando os cantinhos da crecheGisele Dantas
 

Mais procurados (19)

Pensar a intervenção pedagógica no jardim de infância... um relato
Pensar a intervenção pedagógica no jardim de infância... um relatoPensar a intervenção pedagógica no jardim de infância... um relato
Pensar a intervenção pedagógica no jardim de infância... um relato
 
Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012
 
Pôster - A IMPORTÂNCIA DO BRINQUEDO NO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA
Pôster - A IMPORTÂNCIA DO BRINQUEDO NO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇAPôster - A IMPORTÂNCIA DO BRINQUEDO NO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA
Pôster - A IMPORTÂNCIA DO BRINQUEDO NO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA
 
Projeto interdisciplinar de fundamentos da educação
Projeto interdisciplinar de fundamentos da educaçãoProjeto interdisciplinar de fundamentos da educação
Projeto interdisciplinar de fundamentos da educação
 
Projeto curricular creche escola criança feliz
Projeto curricular creche escola criança felizProjeto curricular creche escola criança feliz
Projeto curricular creche escola criança feliz
 
Eixos Da Educação Infantil
 Eixos Da Educação Infantil Eixos Da Educação Infantil
Eixos Da Educação Infantil
 
Portfólio digital
Portfólio digitalPortfólio digital
Portfólio digital
 
O trabalho de creche
O trabalho de crecheO trabalho de creche
O trabalho de creche
 
Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?
 
Plano anual de actividades
Plano anual de actividadesPlano anual de actividades
Plano anual de actividades
 
Reunião técnica prática pedagógica
Reunião técnica  prática pedagógicaReunião técnica  prática pedagógica
Reunião técnica prática pedagógica
 
Projeto de Fundamentos da Educação Infantil
Projeto de Fundamentos da Educação InfantilProjeto de Fundamentos da Educação Infantil
Projeto de Fundamentos da Educação Infantil
 
Rotina
RotinaRotina
Rotina
 
E-poster
E-posterE-poster
E-poster
 
Organização de uma sala pré escolar, patrícia costa nº13
Organização de uma sala pré escolar, patrícia costa nº13Organização de uma sala pré escolar, patrícia costa nº13
Organização de uma sala pré escolar, patrícia costa nº13
 
Apresentação 2012 maternal ii creche escola ladybug recreio rj
Apresentação 2012 maternal ii  creche escola ladybug recreio rjApresentação 2012 maternal ii  creche escola ladybug recreio rj
Apresentação 2012 maternal ii creche escola ladybug recreio rj
 
Violência na escola educação infantil
Violência na escola   educação infantilViolência na escola   educação infantil
Violência na escola educação infantil
 
Trabalhando os cantinhos da creche
Trabalhando os cantinhos da crecheTrabalhando os cantinhos da creche
Trabalhando os cantinhos da creche
 
Natureza e sociedade (1)
Natureza e sociedade (1)Natureza e sociedade (1)
Natureza e sociedade (1)
 

Semelhante a Educação infantil e tecnologia

Seminário rcnei natureza e sociedade
Seminário rcnei natureza e sociedadeSeminário rcnei natureza e sociedade
Seminário rcnei natureza e sociedadeSonia Garrido
 
Projeto interdisciplinar fundamentos da ed. infantil
Projeto interdisciplinar   fundamentos da ed. infantilProjeto interdisciplinar   fundamentos da ed. infantil
Projeto interdisciplinar fundamentos da ed. infantilValewska
 
Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil filicianunes
 
O que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinarO que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinargracabt2011
 
Direitos de aprendizagem fundamentos legais
Direitos de aprendizagem fundamentos legaisDireitos de aprendizagem fundamentos legais
Direitos de aprendizagem fundamentos legaisDaniela Menezes
 
Projeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criançaProjeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criançadanizinha_blog
 
Curricular 2010
Curricular 2010Curricular 2010
Curricular 2010FELIZESS
 
Curricular 2010
Curricular 2010Curricular 2010
Curricular 2010FELIZESS
 
Artigo relatório de estágio na educação infantil.
Artigo relatório de estágio na educação infantil.Artigo relatório de estágio na educação infantil.
Artigo relatório de estágio na educação infantil.renatalguterres
 
Ji pedrosas planificação do projeto «faça-se luz!»
Ji pedrosas   planificação do projeto «faça-se luz!»Ji pedrosas   planificação do projeto «faça-se luz!»
Ji pedrosas planificação do projeto «faça-se luz!»mvaznunes
 
Prática docente na educação infantil
Prática docente na educação infantilPrática docente na educação infantil
Prática docente na educação infantilRosinara Azeredo
 
Atps de multidisciplinar ii postagem
Atps de multidisciplinar ii postagemAtps de multidisciplinar ii postagem
Atps de multidisciplinar ii postagemEliza Silva
 
Semana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptxSemana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptxSocorroBrito12
 
Projeto interdisciplinar fundamentos da educação infantil
Projeto interdisciplinar fundamentos da educação infantilProjeto interdisciplinar fundamentos da educação infantil
Projeto interdisciplinar fundamentos da educação infantilAlineGarotti
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPaula Spadoni
 
Atividades para educação infantil
Atividades para educação infantilAtividades para educação infantil
Atividades para educação infantilRaphaella Bitencourt
 
Agudo - Catiuce Somavilla
Agudo - Catiuce SomavillaAgudo - Catiuce Somavilla
Agudo - Catiuce SomavillaCursoTICs
 

Semelhante a Educação infantil e tecnologia (20)

Seminário rcnei natureza e sociedade
Seminário rcnei natureza e sociedadeSeminário rcnei natureza e sociedade
Seminário rcnei natureza e sociedade
 
Projeto interdisciplinar fundamentos da ed. infantil
Projeto interdisciplinar   fundamentos da ed. infantilProjeto interdisciplinar   fundamentos da ed. infantil
Projeto interdisciplinar fundamentos da ed. infantil
 
Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil
 
O que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinarO que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinar
 
Direitos de aprendizagem fundamentos legais
Direitos de aprendizagem fundamentos legaisDireitos de aprendizagem fundamentos legais
Direitos de aprendizagem fundamentos legais
 
Projeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criançaProjeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criança
 
Curricular 2010
Curricular 2010Curricular 2010
Curricular 2010
 
Curricular 2010
Curricular 2010Curricular 2010
Curricular 2010
 
Artigo relatório de estágio na educação infantil.
Artigo relatório de estágio na educação infantil.Artigo relatório de estágio na educação infantil.
Artigo relatório de estágio na educação infantil.
 
Ji pedrosas planificação do projeto «faça-se luz!»
Ji pedrosas   planificação do projeto «faça-se luz!»Ji pedrosas   planificação do projeto «faça-se luz!»
Ji pedrosas planificação do projeto «faça-se luz!»
 
Adoleta professor
Adoleta professorAdoleta professor
Adoleta professor
 
Prática docente na educação infantil
Prática docente na educação infantilPrática docente na educação infantil
Prática docente na educação infantil
 
Atps de multidisciplinar ii postagem
Atps de multidisciplinar ii postagemAtps de multidisciplinar ii postagem
Atps de multidisciplinar ii postagem
 
Semana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptxSemana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptx
 
Projeto interdisciplinar fundamentos da educação infantil
Projeto interdisciplinar fundamentos da educação infantilProjeto interdisciplinar fundamentos da educação infantil
Projeto interdisciplinar fundamentos da educação infantil
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantil
 
Atividades para educação infantil
Atividades para educação infantilAtividades para educação infantil
Atividades para educação infantil
 
Agudo - Catiuce Somavilla
Agudo - Catiuce SomavillaAgudo - Catiuce Somavilla
Agudo - Catiuce Somavilla
 
Andressa jessica erika
Andressa jessica erikaAndressa jessica erika
Andressa jessica erika
 
Orientações professor
 Orientações professor Orientações professor
Orientações professor
 

Educação infantil e tecnologia

  • 1. GRUPO ODISSEIA ELIZABETH REINILDES ROSANA SELMA
  • 2. O Papel da Escola na Sociedade da Informação
  • 3. A entrevista desenvolveu-se com uma professora de Educação Infantil, do Pré II. São crianças de 4 e 5 anos, inseridas no contexto sociocultural de poder aquisitivo alto, onde a tecnologia está presente em seu contexto diário. O estabelecimento escolar possui uma grande área arborizada, instalações bem estruturadas e com boa infraestrutura, salas de aulas amplas e bem arejadas. Existe um planejamento semanal que é seguido, mas nada que não possa ser alterado de acordo com a necessidade. O professor de educação infantil tem que ser muito observador e atento. A avaliação se dá de diversas maneiras. Através de observações e registros sistemáticos, utilização de diversos instrumentos de registro. A rotina é muito importante na educação infantil, porque proporciona à criança sentimentos de estabilidade e segurança, além de maior facilidade de organização espaço-temporal. Essa rotina não precisa ser rígida, pode ser rica e prazerosa.
  • 4. Na hora da rodinha, recebo as crianças, é o momento do acolhimento. Onde ocorre a conversa em que trocam idéias, contam as novidades, enriquecendo e seu vocabulário. É importante que todos falem para que possa identificá-los e conhecê-los bem. As atividades a serem desenvolvidas: - Na rodinha despertar o interesse por plantas, flores, perguntar se em casa há plantas. Num segundo momento contar a História A Primavera da Lagartixa – Ruth Rocha. - Na atividade diversificada: massinhas, desenhos, brincadeira e as atividades extras. - O dia que marca o início da primavera é muito especial. A duração do dia, parte clara, e da noite é a mesma. A partir dai as noites serão cada vez menores e o clima se torna mais quente. Observar pode ser uma atividade interessante.(noções de geografia)
  • 5. - Trabalho de campo: como a escola possui uma área arborizada, colher com as crianças folhas. Desenvolvendo a curiosidade e a prática investigativa de cada criança.(noções de ciências) - Em sala, na rodinha, observar semelhanças e diferenças das espécies encontradas, trabalhar a percepção tátil, a coordenação motora fina e grossa. Separar as folhas em círculos formando grupos, dando assim noções de conjunto. - Despertar o interesse pela preservação do meio ambiente, assim como as formas de vida e sua sobrevivência. Noções de cidadania quanto às regras, ética e valores para cuidar da natureza. - Vivenciar a alegria da estação com a presença multicolorida das flores, levando a criança a contemplar as suas maravilhas e o bem-estar que a convivência da natureza proporciona. - Atividades com jogos, regras, Quebra Cabeça, Jogo da Memória e Bingo de Flores; Brincadeiras; Músicas e Danças. - Com argila, confeccionar vasos de plantas para plantar mudas.
  • 6. CULMINÂNCIA: Exposição da mini floricultura com as plantas que foram plantadas nos vasos construídos, com argila. Desenhos sobre o tema, feito com diversos materiais como: pintura, colagem, sucatas e outros materiais para enriquecer a exposição. Teatrinho apresentado pelas crianças. Como também, um filme feito com os melhores momentos dos trabalhos, que será exibido ao longo da culminância. AVALIAÇÃO: Avaliação continua; coletiva e individual: plantações , passeio, atividades desenvolvidas em sala de aula, desenvolvimento intelectual, psicológico, social, sensório motor, desenvolvimento literário.  
  • 7. Considerações do Grupo Concluímos que sem um bom planejamento, não é possível efetuar um trabalho eficiente na Educação Infantil, cujo o objetivo é transmitir informações associando seu conteúdo a diversas matérias. A escola da qual entrevistamos a professora, possui um planejamento bem estruturado, diversificado e elaborado, atendendo de forma efetiva e propiciando ao aluno um ambiente rico em experiências necessárias ao desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade. Promovendo a ampliação das experiências e conhecimentos do aluno, estimulando seu interesse pelo processo de transformação da natureza e pela convivência em sociedade. Estimulando a criatividade como elemento de auto-expressão; a construção do conhecimento, propiciando a descobrir, inventar, redescobrir e de criar. O uso de ferramentas tecnológicas é uma proposta para enriquecer os conteúdos a serem aplicados. Além de favorecer a melhoria de alguns aspectos metodológicos que possam desenvolver nos alunos uma maior satisfação em seus estudos. A utilização de recursos da Informática, facilita a contextualização e a potencialização da aprendizagem, pois a manipulação virtual pode contribuir muito para a formalização dos conceitos, facilitando o processo de ensino/aprendizagem, permitindo ao aluno investigar e observar propriedades existentes, desenvolvendo o seu próprio conhecimento. As mídias são usadas para agregar as informação de acordo com os conteúdos a serem aplicados e com a intervenção do professor.  É fundamental oferecer ensino de qualidade para que aí sim, possamos ter uma educação de base digna e que proporcione a criança um futuro, ou pelo menos uma perspectiva de um futuro melhor e mais digno.Proporcionar às nossas crianças o sucesso na relação com a linguagem deve ser uma meta pedagógica maior. Nos primeiros anos escolares, a auto-estima da criança depende em grande parte de sua relação com a leitura (Tuttle, Paquette, 1993, p. 20). É por isso que ela deve ser o mais saudável possível, novidadeira, surpreendente, estimulante, lúdica - e isso tudo a literatura oferece (AMARILHA,1997).