CONTEXTO
:
Barroco
AUTOR:
Gregório de
Matos Guerra
OBRA:
À
instabilidade
das cousas
do mundo
Barroco
(contexto)
Período de
contrastes,
oposições e
dilemas.
O homem
buscava a
salvação, mas
queria usufruir
dos prazere...
À instabilidade das cousas do mundo
Nasce o sol e não dura mais do que um dia.
Depois da luz, se segue a noite escura,
Em ...
À instabilidade das cousas do mundo
Nasce o sol e não dura mais do que um dia.A
Depois da luz, se segue a noite escura, B
...
Na/sce o/sol/e/não/du/ra/mais/do que um/di/a.
De/pois/da/luz, /se/se/gue a/noi/tees/cu/ra, B
Em tristes sombras morre a fo...
• Versos Sáficos (tônica na 4ª, 8ª e 10ª
sílabas), apenas no 2º, 3º e 10º verso.
Nasce o sol e não dura mais do que um dia...
Características por
estrofes
Estrofe 1:
* Antíteses:
sol/noite (v1);
claro/escuro (v2);
feio/belo (v3).
* Hipérbato:
inver...
À instabilidade das cousas do mundo - Gregório de Matos Guerra
À instabilidade das cousas do mundo - Gregório de Matos Guerra
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

À instabilidade das cousas do mundo - Gregório de Matos Guerra

2.162 visualizações

Publicada em

Unioeste - análise
danibertollo@hotmail.com

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.162
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
60
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

À instabilidade das cousas do mundo - Gregório de Matos Guerra

  1. 1. CONTEXTO : Barroco AUTOR: Gregório de Matos Guerra OBRA: À instabilidade das cousas do mundo
  2. 2. Barroco (contexto) Período de contrastes, oposições e dilemas. O homem buscava a salvação, mas queria usufruir dos prazeres do mundo. Homem atormentado pela ideia do pecado.
  3. 3. À instabilidade das cousas do mundo Nasce o sol e não dura mais do que um dia. Depois da luz, se segue a noite escura, Em tristes sombras morre a formosura, Em contínuas tristezas a alegria. Porém, se acaba o sol, por que nascia? Se é tão formosa a luz, por que não dura? Como a beleza assim se transfigura? Como o gosto da pena assim se fia? Mas no sol e na luz falta a firmeza; Na formosura, não se dê constância. E, na alegria, sinta-se tristeza. Começa o mundo, enfim pela ignorância. E tem qualquer dos bens por natureza: A firmeza somente na inconstância. * Caráter moralizante * Soneto: 14 versos (2 quartetos e 2 tercetos) * Tema: efemeridade da vida. (passageira) * Título longo típico do Barroco Transitoriedade da vida: o sol que não dura mais do que 1 dia; a noite que segue a luz; a beleza que acaba nas sombras...
  4. 4. À instabilidade das cousas do mundo Nasce o sol e não dura mais do que um dia.A Depois da luz, se segue a noite escura, B Em tristes sombras morre a formosura,B Em contínuas tristezas a alegria.A Porém, se acaba o sol, por que nascia?A Se é tão formosa a luz, por que não dura?B Como a beleza assim se transfigura?B Como o gosto da pena assim se fia?A Mas no sol e na luz falta a firmeza;C Na formosura, não se dê constância.D E, na alegria, sinta-se tristeza.C Começa o mundo, enfim pela ignorância.D E tem qualquer dos bens por natureza:C A firmeza somente na inconstância.D Esquema de rimas
  5. 5. Na/sce o/sol/e/não/du/ra/mais/do que um/di/a. De/pois/da/luz, /se/se/gue a/noi/tees/cu/ra, B Em tristes sombras morre a formosura,B Em contínuas tristezas a alegria.A •Versos decassílabos heróicos ( tônicas na 6ª e 10ª sílabas)
  6. 6. • Versos Sáficos (tônica na 4ª, 8ª e 10ª sílabas), apenas no 2º, 3º e 10º verso. Nasce o sol e não dura mais do que um dia. De/pois/da/luz,/se/se/gue a/noi/tees/cu/ra, Em tristes sombras morre a formosura, Em contínuas tristezas a alegria.
  7. 7. Características por estrofes Estrofe 1: * Antíteses: sol/noite (v1); claro/escuro (v2); feio/belo (v3). * Hipérbato: inversões sintáticas. (v3). * Elipses de termos: omissão de um termo exposto anteriormente. (v4) Estrofe 2: * Perguntas sem resposta que geram dúvida/ incerteza. Estrofes 3/4: * Paradoxos (ideias que se chocam). (v11)

×