A estrutura de um 
texto argumentativo
Eis o esquema do texto em seus três estágios: 
Primeiro estágio: apresentação da ideia central que pretendemos 
desenvolve...
Autodestruição 
Aluna: Mariana Yamamoto Martins 
Há tempos a questão da preservação do meio ambiente entrou no dia-a-dia d...
DICAS: 
* Obedeça o número de linhas solicitado. 
* Não discuta os fatos levado por emoção violenta. 
* Observe seu posici...
DICAS: 
* MAS é diferente de MAIS. Mas: oposição de ideias; MAIS: 
adição. 
* “Através de” significa atravessar algo, port...
Estrutura - texto argumentativo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estrutura - texto argumentativo

1.059 visualizações

Publicada em

slides para roteiro de aula

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.059
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estrutura - texto argumentativo

  1. 1. A estrutura de um texto argumentativo
  2. 2. Eis o esquema do texto em seus três estágios: Primeiro estágio: apresentação da ideia central que pretendemos desenvolver, falar e defender. Como se você apresentasse seus pontos –de-vista iniciais que serão desenvolvidos ao longo do que escreverá. Segundo estágio: defende-se a ideia proposta, argumenta-se, critica-se, dá-se exemplos, justificativas, opiniões, a fim de comprovar a ideia central. Terceiro estágio: põe término a redação. Conclusão de nossas ideias, sintetiza o conteúdo dos nossos argumentos, resume nossa opinião, veicula hipóteses de resolução.
  3. 3. Autodestruição Aluna: Mariana Yamamoto Martins Há tempos a questão da preservação do meio ambiente entrou no dia-a-dia das discussões do mundo inteiro. O excesso de poluição emitida pelas indústrias e automóveis e a devastação das florestas são as principais causas do efeito estufa e finalmente se tornaram motivo de preocupação. Contudo, até agora, os resultados pró-natureza são insignificantes perto dos prejuízos causados a ela. Essa diferença tem razões econômicas. Não é simples nem vantajoso uma fábrica que emite grande quantidade de poluentes comprar equipamentos que amenizam tal emissão. O mesmo acontece com automóveis, grandes vilões do ar nas cidades. Segundo reportagens, carros e ônibus velhos poluem quarenta vezes mais do que os novos, e não é por falta de vontade que os donos não os trocam, e sim por falta de dinheiro. Concluímos, então, que o mundo capitalista inviabiliza um acordo com o meio ambiente e, enquanto isso, o planeta adoece. Outros problemas é a falta de informação e educação ambiental. Muitas pessoas ainda desconhecem os malefícios do efeito estufa, como, por exemplo, o aumento da temperatura e, como conseqüência, a intensificação das secas. Esse desconhecimento somado ao egoísmo e descaso humano trazem-nos uma visão de futuro pessimista. Das poucas pessoas cientes desse problema, muitas não o levam a sério e não tentam mudar suas atitudes buscando uma solução. Enquanto os efeitos dos nossos atos não atingirem proporções mais danosas, permaneceremos acomodados com a situação, deixando para nossas futuras gerações o dever de “consertar” o meio ambiente. A triste conclusão a que chegamos é a de que a prudência e o bom senso do ser humano não são mais fortes que a sua ambição e egoísmo. Estamos destinados a morrer no planeta que matamos.
  4. 4. DICAS: * Obedeça o número de linhas solicitado. * Não discuta os fatos levado por emoção violenta. * Observe seu posicionamento e evite a todo custo a falta de coerência interna. * Fuja do texto circular, ou seja, nada de repetir-se infinitamente. * Dê um bom título a redação. * Não sublinhe o título e não o faça de cor ou letra diferente. * Dê um aspecto limpo e organizado ao texto ( não invada a margem, prefira não rabiscar palavras quando quiser excluí-las, cumpra cada linha até o fim) * Cuidado com os períodos longos demais, pois geram textos confusos. * Evite generalizações. * Não crie expectativas na introdução que não poderá supri-las no desenvolvimento.
  5. 5. DICAS: * MAS é diferente de MAIS. Mas: oposição de ideias; MAIS: adição. * “Através de” significa atravessar algo, portanto é uma expressão que normalmente é usada de modo errado. Substitua por: por intermédio de, por meio de... * Evite o uso do verbo “ter” no sentido de “existir”, pois é um uso coloquial. Opte por : “ Existe um garoto...” ou “Há um garoto...” * Evite ambiguidades: “olhei o rapaz do carro...” * Não fuja do tema. * Não argumente baseado no senso comum. * Não cole da coletânea. * Não informe dados incorretos. * Use a norma culta. * Use letra legível.

×