SlideShare uma empresa Scribd logo
Artigo sobre o Capitulo 4. A medida das coisas do livro “Breve história de quase tudo”
Cláudio Jesus, Katia Cavaleiro, Carolina Cancelinha, Inês Teixeira, Maria Inês Ribeiro -12ºB
Imagem da capa de livro “Principia”
“Porque uma régua não chega para medir tudo…”
Se uma viagem aos séculos XVII e XVIII fosse possível, “Qual a medida das coisas?” seria de
certo uma das questões mais discutidas entre a comunidade científica.
São variadas as “coisas” que se procuraram medir, e mais diversos ainda aqueles que o
procuraram fazer.
A busca pela medida exata de um grau de meridiano começou, aproximadamente, em 1637
com Norwood a obter um valor de 110,72 km, passando ainda por Jean Picard que anunciou em
1669 o valor de 110,46 km. Apesar das tentativas, ambos falharam, por acreditar que a Terra era
uma esfera perfeita, algo que Newton negara. Assim, o valor exato acabou apenas por ser
descoberto depois de 1769 por Mason e Dixon, assumindo o valor definitivo de 39°43′19.92216″ N.
As pesquisas continuaram e, desta vez, o objetivo era determinar a distância da Terra ao Sol.
Mas como? O trânsito de Venus ajudou. Sabias que este é irregular, ocorrendo em pares de oito
anos de intervalo, sendo depois interrompido durante um século ou mais? Ora, foi graças a este e ao
método de triangulação, que Joseph Lalande determinou que distamos do Sol 150 milhões de
quilómetros.
A massa da Terra nunca deixou de ser uma preocupação. Para a determinar era necessário
conhecer a constante gravitacional, patente na fórmula 𝐹 = 𝐺
𝑚𝑚′
𝑟2 , ou seja, a busca de uma
implicaria a busca da outra. O primeiro método usado para a estipular tinha em conta o desvio
sofrido por um peso quando colocado nas proximidades de uma montanha de massa teoricamente
conhecida. O objetivo da experiência não foi alcançado pois não tiveram em conta a densidade dos
materiais que constituíam a montanha, no entanto, foi graças a este ensaio que, por acidente, o
matemático Hutton inventou as curvas de nível. Deste modo, foi apenas em 1797, que Cavendish,
com auxílio de uma máquina criada por Josh Michell, conseguiu determinar ambos os valores, os
quais são muito próximos daqueles que se admitem atualmente.
Na verdade, Newton foi fundamental para cada uma das
descobertas. Com base nas três leis que criara e na sua lei da
gravitação universal, 𝐹 = 𝐺
𝑚𝑚′
𝑟2 , provou que a órbita dos
planetas é elíptica, que a força centrífuga da Terra provoca um
achatamento nos polos e um alongamento no equador e
contribuiu ainda, com a sua fórmula, para a determinação da
massa da Terra, conclusões que vieram à luz na obra, que
constitui ainda hoje a base de toda a física clássica, intitulada
“Principia”. Publicada em 1687, esta guarda consigo um
passado fascinante e caricato. Newton tinha chegado a todas as
conclusões nela presentes muitos anos antes, mas (por vaidade
ou por medo) nunca os tinha revelado, chegando ao cúmulo de
os perder. Assim, devemos, atualmente, a publicação desta
imprescindível trilogia, que reúne uma interpretação
matemática de conclusões de físicos e filósofos como Galileu,
Kepler e Descartes, a Halley pela sua pressão para determinar
Artigo sobre o Capitulo 4. A medida das coisas do livro “Breve história de quase tudo”
Cláudio Jesus, Katia Cavaleiro, Carolina Cancelinha, Inês Teixeira, Maria Inês Ribeiro -12ºB
a órbita dos planetas.
Em suma, a obtenção da “medida das coisas” não foi fácil, sendo longa a lista de obstáculos
que estes e muitos outros cientistas enfrentaram durante esta “viagem”, dos quais se destacam por
exemplo: adversidades meteorológicas, doenças, os contextos culturais que atravessaram e a própria
morfologia da Terra. Mas a verdade é que conseguimos!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introdução à Cosmologia
Introdução à CosmologiaIntrodução à Cosmologia
Introdução à Cosmologia
Davi Oliveira
 
A origem do universo
A origem do universoA origem do universo
A origem do universo
anajaneca
 
Topicos sobre a origem do universo
Topicos sobre a origem do universoTopicos sobre a origem do universo
Topicos sobre a origem do universo
FERNANDO ERNO
 
O big bang
O big bangO big bang
O big bang
Rildo Borges
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
Pesquisa-Unificada
 
Nascimento do-universo
Nascimento do-universoNascimento do-universo
Nascimento do-universo
escolajoseaniceto
 
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big BangOrigem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
Sara Marques
 
Big bang daniel
Big bang danielBig bang daniel
Big bang daniel
grupocapelo
 
Evolução tecnológica
Evolução tecnológicaEvolução tecnológica
Evolução tecnológica
PEDRO CALVARIO
 
Cosmologia do século XX: Aspectos históricos
Cosmologia do século XX: Aspectos históricosCosmologia do século XX: Aspectos históricos
Cosmologia do século XX: Aspectos históricos
Lucas Guimaraes
 
Big Bang
Big BangBig Bang
Big Bang
nickson1992
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
Isaquebadboy
 
Origem do universo
Origem do universoOrigem do universo
Origem do universo
Prefeitura de São Paulo
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
prof.andrearibeiro
 
Big bang
Big bangBig bang
Big bang
Nuno Cafe
 
Capítulo 39: O Big Bang
Capítulo 39: O Big BangCapítulo 39: O Big Bang
Capítulo 39: O Big Bang
Taís Rodrigues Saldanha
 
Origem do universo
Origem do universoOrigem do universo
Origem do universo
Marcus Corradini
 
Bigbang
BigbangBigbang
Bigbang
Sérgio Antao
 
Big bang
Big bangBig bang
Teoria do Universo
Teoria do UniversoTeoria do Universo
Teoria do Universo
Leila nny
 

Mais procurados (20)

Introdução à Cosmologia
Introdução à CosmologiaIntrodução à Cosmologia
Introdução à Cosmologia
 
A origem do universo
A origem do universoA origem do universo
A origem do universo
 
Topicos sobre a origem do universo
Topicos sobre a origem do universoTopicos sobre a origem do universo
Topicos sobre a origem do universo
 
O big bang
O big bangO big bang
O big bang
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
 
Nascimento do-universo
Nascimento do-universoNascimento do-universo
Nascimento do-universo
 
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big BangOrigem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
 
Big bang daniel
Big bang danielBig bang daniel
Big bang daniel
 
Evolução tecnológica
Evolução tecnológicaEvolução tecnológica
Evolução tecnológica
 
Cosmologia do século XX: Aspectos históricos
Cosmologia do século XX: Aspectos históricosCosmologia do século XX: Aspectos históricos
Cosmologia do século XX: Aspectos históricos
 
Big Bang
Big BangBig Bang
Big Bang
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
 
Origem do universo
Origem do universoOrigem do universo
Origem do universo
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
 
Big bang
Big bangBig bang
Big bang
 
Capítulo 39: O Big Bang
Capítulo 39: O Big BangCapítulo 39: O Big Bang
Capítulo 39: O Big Bang
 
Origem do universo
Origem do universoOrigem do universo
Origem do universo
 
Bigbang
BigbangBigbang
Bigbang
 
Big bang
Big bangBig bang
Big bang
 
Teoria do Universo
Teoria do UniversoTeoria do Universo
Teoria do Universo
 

Semelhante a Uma régua não mede tudo

Cosmologia ciência hoje 216
Cosmologia ciência hoje 216Cosmologia ciência hoje 216
Cosmologia ciência hoje 216
marcos android
 
Calculoda idadedos astros
Calculoda idadedos astrosCalculoda idadedos astros
Calculoda idadedos astros
Petroleoecologia
 
Buraco negro
Buraco negroBuraco negro
Buraco negro
XequeMateShannon
 
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestialOs desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Rita Costa
 
Gênesis revisitado livro zecharia sitchin
Gênesis revisitado livro zecharia sitchinGênesis revisitado livro zecharia sitchin
Gênesis revisitado livro zecharia sitchin
Samoel Moreira
 
Isaacnewton 100131090527-phpapp01
Isaacnewton 100131090527-phpapp01Isaacnewton 100131090527-phpapp01
Isaacnewton 100131090527-phpapp01
Douglas Rquintanilha
 
Historia da fisica
Historia da fisica Historia da fisica
Historia da fisica
Marines Adiers Alves Pereira
 
Lei da gravitação de Newton.ppt
Lei da gravitação de Newton.pptLei da gravitação de Newton.ppt
Lei da gravitação de Newton.ppt
RodolfoFUT9
 
A ciência e os avanços no conhecimento sobre o universo
A ciência e os avanços no conhecimento sobre o universoA ciência e os avanços no conhecimento sobre o universo
A ciência e os avanços no conhecimento sobre o universo
Fernando Alcoforado
 
FT2 - Exploração Espacial
FT2 - Exploração EspacialFT2 - Exploração Espacial
FT2 - Exploração Espacial
Gabriela Bruno
 
Apostila cecilia
Apostila ceciliaApostila cecilia
Apostila cecilia
Davyson1
 
Isaac Newton
Isaac NewtonIsaac Newton
Isaac Newton
edson
 
Kepler
KeplerKepler
Kepler
Helio Vale
 
A origem do universo
A origem do universoA origem do universo
A origem do universo
Gonçalo Tavares
 
Kepler
KeplerKepler
Ficha informativa nº2
Ficha informativa nº2Ficha informativa nº2
Ficha informativa nº2
Maria Matias
 
Pode se confiar-nos_cientistas
Pode se confiar-nos_cientistasPode se confiar-nos_cientistas
Pode se confiar-nos_cientistas
lucasuperior
 
Astronomia
AstronomiaAstronomia
Astronomia
guize
 
Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1
Paulo Ricardo Csc
 
Ciencia Tecnologia E Sociedade
Ciencia Tecnologia E SociedadeCiencia Tecnologia E Sociedade
Ciencia Tecnologia E Sociedade
guestbbb7bf
 

Semelhante a Uma régua não mede tudo (20)

Cosmologia ciência hoje 216
Cosmologia ciência hoje 216Cosmologia ciência hoje 216
Cosmologia ciência hoje 216
 
Calculoda idadedos astros
Calculoda idadedos astrosCalculoda idadedos astros
Calculoda idadedos astros
 
Buraco negro
Buraco negroBuraco negro
Buraco negro
 
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestialOs desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
 
Gênesis revisitado livro zecharia sitchin
Gênesis revisitado livro zecharia sitchinGênesis revisitado livro zecharia sitchin
Gênesis revisitado livro zecharia sitchin
 
Isaacnewton 100131090527-phpapp01
Isaacnewton 100131090527-phpapp01Isaacnewton 100131090527-phpapp01
Isaacnewton 100131090527-phpapp01
 
Historia da fisica
Historia da fisica Historia da fisica
Historia da fisica
 
Lei da gravitação de Newton.ppt
Lei da gravitação de Newton.pptLei da gravitação de Newton.ppt
Lei da gravitação de Newton.ppt
 
A ciência e os avanços no conhecimento sobre o universo
A ciência e os avanços no conhecimento sobre o universoA ciência e os avanços no conhecimento sobre o universo
A ciência e os avanços no conhecimento sobre o universo
 
FT2 - Exploração Espacial
FT2 - Exploração EspacialFT2 - Exploração Espacial
FT2 - Exploração Espacial
 
Apostila cecilia
Apostila ceciliaApostila cecilia
Apostila cecilia
 
Isaac Newton
Isaac NewtonIsaac Newton
Isaac Newton
 
Kepler
KeplerKepler
Kepler
 
A origem do universo
A origem do universoA origem do universo
A origem do universo
 
Kepler
KeplerKepler
Kepler
 
Ficha informativa nº2
Ficha informativa nº2Ficha informativa nº2
Ficha informativa nº2
 
Pode se confiar-nos_cientistas
Pode se confiar-nos_cientistasPode se confiar-nos_cientistas
Pode se confiar-nos_cientistas
 
Astronomia
AstronomiaAstronomia
Astronomia
 
Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1
 
Ciencia Tecnologia E Sociedade
Ciencia Tecnologia E SociedadeCiencia Tecnologia E Sociedade
Ciencia Tecnologia E Sociedade
 

Mais de bibliotecasjuliomartins

1.ª Paragem Todos aLeR+2027
1.ª Paragem Todos aLeR+20271.ª Paragem Todos aLeR+2027
1.ª Paragem Todos aLeR+2027
bibliotecasjuliomartins
 
Vencedores Quadras de São Martinho 2020
Vencedores Quadras de São Martinho 2020Vencedores Quadras de São Martinho 2020
Vencedores Quadras de São Martinho 2020
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021
Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021
Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento do Concurso Quadras de São Martinho
Regulamento do Concurso Quadras de São MartinhoRegulamento do Concurso Quadras de São Martinho
Regulamento do Concurso Quadras de São Martinho
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento BE 2017.18(1)
Regulamento BE 2017.18(1)Regulamento BE 2017.18(1)
Regulamento BE 2017.18(1)
bibliotecasjuliomartins
 
Regimento bibliotecas escolares 2017.18
Regimento bibliotecas escolares 2017.18Regimento bibliotecas escolares 2017.18
Regimento bibliotecas escolares 2017.18
bibliotecasjuliomartins
 
Guia utilizador BE
Guia utilizador BEGuia utilizador BE
Guia utilizador BE
bibliotecasjuliomartins
 
PAA Bibliotecas Escolares 2017.18
PAA Bibliotecas Escolares 2017.18PAA Bibliotecas Escolares 2017.18
PAA Bibliotecas Escolares 2017.18
bibliotecasjuliomartins
 
Violência de género
Violência de géneroViolência de género
Violência de género
bibliotecasjuliomartins
 
Concurso de fotografia Tradições e património cultural
Concurso de fotografia Tradições e património culturalConcurso de fotografia Tradições e património cultural
Concurso de fotografia Tradições e património cultural
bibliotecasjuliomartins
 
Achas que sabes ler?
Achas que sabes ler?Achas que sabes ler?
Achas que sabes ler?
bibliotecasjuliomartins
 
Atividades que constam do PAA do Agrupamento
Atividades que constam do PAA do AgrupamentoAtividades que constam do PAA do Agrupamento
Atividades que constam do PAA do Agrupamento
bibliotecasjuliomartins
 
Chumbo, o fiel inimigo
Chumbo, o fiel inimigoChumbo, o fiel inimigo
Chumbo, o fiel inimigo
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento Concurso Ortografia
Regulamento Concurso OrtografiaRegulamento Concurso Ortografia
Regulamento Concurso Ortografia
bibliotecasjuliomartins
 
Panfleto Roteiro
Panfleto RoteiroPanfleto Roteiro
Panfleto Roteiro
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017
Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017
Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17
Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17
Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento concurso ortografia_2016.17
Regulamento concurso ortografia_2016.17Regulamento concurso ortografia_2016.17
Regulamento concurso ortografia_2016.17
bibliotecasjuliomartins
 

Mais de bibliotecasjuliomartins (20)

1.ª Paragem Todos aLeR+2027
1.ª Paragem Todos aLeR+20271.ª Paragem Todos aLeR+2027
1.ª Paragem Todos aLeR+2027
 
Vencedores Quadras de São Martinho 2020
Vencedores Quadras de São Martinho 2020Vencedores Quadras de São Martinho 2020
Vencedores Quadras de São Martinho 2020
 
Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021
Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021
Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021
 
Regulamento do Concurso Quadras de São Martinho
Regulamento do Concurso Quadras de São MartinhoRegulamento do Concurso Quadras de São Martinho
Regulamento do Concurso Quadras de São Martinho
 
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020
 
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19
 
Regulamento BE 2017.18(1)
Regulamento BE 2017.18(1)Regulamento BE 2017.18(1)
Regulamento BE 2017.18(1)
 
Regimento bibliotecas escolares 2017.18
Regimento bibliotecas escolares 2017.18Regimento bibliotecas escolares 2017.18
Regimento bibliotecas escolares 2017.18
 
Guia utilizador BE
Guia utilizador BEGuia utilizador BE
Guia utilizador BE
 
PAA Bibliotecas Escolares 2017.18
PAA Bibliotecas Escolares 2017.18PAA Bibliotecas Escolares 2017.18
PAA Bibliotecas Escolares 2017.18
 
Violência de género
Violência de géneroViolência de género
Violência de género
 
Concurso de fotografia Tradições e património cultural
Concurso de fotografia Tradições e património culturalConcurso de fotografia Tradições e património cultural
Concurso de fotografia Tradições e património cultural
 
Achas que sabes ler?
Achas que sabes ler?Achas que sabes ler?
Achas que sabes ler?
 
Atividades que constam do PAA do Agrupamento
Atividades que constam do PAA do AgrupamentoAtividades que constam do PAA do Agrupamento
Atividades que constam do PAA do Agrupamento
 
Chumbo, o fiel inimigo
Chumbo, o fiel inimigoChumbo, o fiel inimigo
Chumbo, o fiel inimigo
 
Regulamento Concurso Ortografia
Regulamento Concurso OrtografiaRegulamento Concurso Ortografia
Regulamento Concurso Ortografia
 
Panfleto Roteiro
Panfleto RoteiroPanfleto Roteiro
Panfleto Roteiro
 
Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017
Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017
Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017
 
Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17
Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17
Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17
 
Regulamento concurso ortografia_2016.17
Regulamento concurso ortografia_2016.17Regulamento concurso ortografia_2016.17
Regulamento concurso ortografia_2016.17
 

Último

Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
eltinhorg
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
FredPaixaoeSilva
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Shakil Y. Rahim
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptxSlides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptxagosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdfPROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
MiriamCamily
 

Último (20)

Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptxSlides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
 
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptxagosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdfPROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
 

Uma régua não mede tudo

  • 1. Artigo sobre o Capitulo 4. A medida das coisas do livro “Breve história de quase tudo” Cláudio Jesus, Katia Cavaleiro, Carolina Cancelinha, Inês Teixeira, Maria Inês Ribeiro -12ºB Imagem da capa de livro “Principia” “Porque uma régua não chega para medir tudo…” Se uma viagem aos séculos XVII e XVIII fosse possível, “Qual a medida das coisas?” seria de certo uma das questões mais discutidas entre a comunidade científica. São variadas as “coisas” que se procuraram medir, e mais diversos ainda aqueles que o procuraram fazer. A busca pela medida exata de um grau de meridiano começou, aproximadamente, em 1637 com Norwood a obter um valor de 110,72 km, passando ainda por Jean Picard que anunciou em 1669 o valor de 110,46 km. Apesar das tentativas, ambos falharam, por acreditar que a Terra era uma esfera perfeita, algo que Newton negara. Assim, o valor exato acabou apenas por ser descoberto depois de 1769 por Mason e Dixon, assumindo o valor definitivo de 39°43′19.92216″ N. As pesquisas continuaram e, desta vez, o objetivo era determinar a distância da Terra ao Sol. Mas como? O trânsito de Venus ajudou. Sabias que este é irregular, ocorrendo em pares de oito anos de intervalo, sendo depois interrompido durante um século ou mais? Ora, foi graças a este e ao método de triangulação, que Joseph Lalande determinou que distamos do Sol 150 milhões de quilómetros. A massa da Terra nunca deixou de ser uma preocupação. Para a determinar era necessário conhecer a constante gravitacional, patente na fórmula 𝐹 = 𝐺 𝑚𝑚′ 𝑟2 , ou seja, a busca de uma implicaria a busca da outra. O primeiro método usado para a estipular tinha em conta o desvio sofrido por um peso quando colocado nas proximidades de uma montanha de massa teoricamente conhecida. O objetivo da experiência não foi alcançado pois não tiveram em conta a densidade dos materiais que constituíam a montanha, no entanto, foi graças a este ensaio que, por acidente, o matemático Hutton inventou as curvas de nível. Deste modo, foi apenas em 1797, que Cavendish, com auxílio de uma máquina criada por Josh Michell, conseguiu determinar ambos os valores, os quais são muito próximos daqueles que se admitem atualmente. Na verdade, Newton foi fundamental para cada uma das descobertas. Com base nas três leis que criara e na sua lei da gravitação universal, 𝐹 = 𝐺 𝑚𝑚′ 𝑟2 , provou que a órbita dos planetas é elíptica, que a força centrífuga da Terra provoca um achatamento nos polos e um alongamento no equador e contribuiu ainda, com a sua fórmula, para a determinação da massa da Terra, conclusões que vieram à luz na obra, que constitui ainda hoje a base de toda a física clássica, intitulada “Principia”. Publicada em 1687, esta guarda consigo um passado fascinante e caricato. Newton tinha chegado a todas as conclusões nela presentes muitos anos antes, mas (por vaidade ou por medo) nunca os tinha revelado, chegando ao cúmulo de os perder. Assim, devemos, atualmente, a publicação desta imprescindível trilogia, que reúne uma interpretação matemática de conclusões de físicos e filósofos como Galileu, Kepler e Descartes, a Halley pela sua pressão para determinar
  • 2. Artigo sobre o Capitulo 4. A medida das coisas do livro “Breve história de quase tudo” Cláudio Jesus, Katia Cavaleiro, Carolina Cancelinha, Inês Teixeira, Maria Inês Ribeiro -12ºB a órbita dos planetas. Em suma, a obtenção da “medida das coisas” não foi fácil, sendo longa a lista de obstáculos que estes e muitos outros cientistas enfrentaram durante esta “viagem”, dos quais se destacam por exemplo: adversidades meteorológicas, doenças, os contextos culturais que atravessaram e a própria morfologia da Terra. Mas a verdade é que conseguimos!