SlideShare uma empresa Scribd logo
Artigo sobre o Capitulo 2. O Universo do Reverendo Evans do livro “Breve História de Quase Tudo”
Diogo Alves, Luís Lopes, Pedro Machado, Sara Pires -12ºB
Supernova Ia
As descobertas dos caçadores de estrelas
Robert Evans, astrónomo e padre australiano reformado, foi um dos grandes observadores
dos céus noturnos à procura de supernovas e estrelas mortas. Hoje em dia sabemos que não existem
“estrelas mortas”. Uma estrela tem como motor a fusão nuclear, que ocorre no seu núcleo, onde
átomos de Hidrogénio são transformados em átomos de Hélio, quando este “combustível” acaba, a
estrela entra noutro ciclo tomando diferentes caminhos consoante o seu tamanho, pode transformar-
se numa anã branca, numa estrela de neutrões ou num buraco negro (se a massa da estrela for
superior a três massas solares).
Várias personalidades trabalharam, em contextos diferentes, para um melhor conhecimento
das supernovas: Chadwick, responsável pela descoberta do neutrão, Zwicky e Baade, que ficaram
reconhecidos pela introdução do conceito das estrelas de neutrões, Hoyle, que conseguiu relacionar
a explosão de supernovas com a formação de novos elementos, Perlumutter, que automatizou a
busca de supernovas e por ultimo o próprio Evans, que “caçava supernovas”.
Consegues imaginar ter que encontrar um ponto branco num céu onde já existiam tantos
outros? Esse era o dom de Evans, conseguir memorizar o céu estrelado que observas á noite.
Apesar de trabalhar em condições mais desfavoráveis em relação aos outros observadores,
Evans tinha resultados mais eficazes relativamente à descoberta de supernovas pois conseguiu
encontrar um maior número de supernovas num menor período de tempo. A verdade é que Evans
tinha grandes aspetos a seu favor: “tinha grande parte do céu só para ele” já que a maior parte dos
observadores estavam no hemisfério norte; tinha uma memória incrível e uma grande perícia em
manusear telescópios que o permitia observar um grande número de galáxias, ao contrário dos
outros profissionais.
A busca destes corpos celestes começou em 1930, por Zwicky, quando este propôs o termo
supernova. Ocorreu-lhe que se uma estrela colapsasse para uma densidade semelhante à do centro
de um átomo, formar-se-iam núcleos compactados. Os átomos seriam esmagados e os eletrões
formariam neutrões devido á sua proximidade ao núcleo, originando-se uma estrela de neutrões, que
após a explosão libertava grandes quantidades de energia. Por outro lado caso uma estrela de
neutrões encolhesse muito tornar-se-ia tão densa que nem a
luz conseguiria escapar á sua atração gravitacional e que
isso seria um buraco negro.
As supernovas surgem quando uma estrela gigante
cai e explode, libertando grandes quantidades de energia e
luz. O que as distingue das outras estrelas é o facto de
antes não existir nada naquela porção de espaço que
ocupam.
Zwicky não conseguia compreender as razões que
estavam por detrás de todos estes fenómenos, contudo foi
dos primeiros a reconhecer que não havia massa visível no
Universo capaz de manter as galáxias unidas e que por isso
outro fator contribuía para a manutenção da ordem no
Artigo sobre o Capitulo 2. O Universo do Reverendo Evans do livro “Breve História de Quase Tudo”
Diogo Alves, Luís Lopes, Pedro Machado, Sara Pires -12ºB
Universo - a matéria negra.
De forma a calcular a taxa de expansão do Universo e medir o brilho de outas estrelas
Perlmutter concluiu que podia usar as Supernovas Ia como estrelas padrão, pelo facto de
explodirem sempre da mesma maneira, acabando por desenvolver uma técnica capaz de utilizar
computadores e outros dispositivos para identificar com maior facilidade estas estrelas.
Contudo as supernovas eram algo mais complexas. Segundo Fred Hoyle, a explosão destas
geraria calor suficiente para criar novos elementos, que se espalhavam formando nuvens gasosas
que poderiam aderir a novos sistemas solares. Isto levou-nos à teoria que permite explicar a nossa
origem - a Teoria Nebular.
Já pensaste no que aconteceria se uma estrela explodisse perto da Terra? Na verdade, para a
explosão de uma supernova nos matar teríamos de estar muito perto. O problema é na verdade as
radiações que advém dessa explosão, que poderiam levar à destruição da magnetosfera, fazendo
com que os raios UV chegassem à superfície terrestre, visto que é esta que nos protege dos mesmos.
A observação do céu noturno levou a grandes descobertas. Cada vez que olhares para o céu
hoje, poderás ver as coisas de uma forma mais explícita, mas com noção que ainda há muito para
descobrir e compreender.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introdução à Cosmologia
Introdução à CosmologiaIntrodução à Cosmologia
Introdução à Cosmologia
Davi Oliveira
 
A origem do universo
A origem do universoA origem do universo
A origem do universo
anajaneca
 
Topicos sobre a origem do universo
Topicos sobre a origem do universoTopicos sobre a origem do universo
Topicos sobre a origem do universo
FERNANDO ERNO
 
Nascimento do-universo
Nascimento do-universoNascimento do-universo
Nascimento do-universo
escolajoseaniceto
 
Big Bang
Big BangBig Bang
Big Bang
nickson1992
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
Pesquisa-Unificada
 
O big bang
O big bangO big bang
O big bang
Rildo Borges
 
Cosmologia do século XX: Aspectos históricos
Cosmologia do século XX: Aspectos históricosCosmologia do século XX: Aspectos históricos
Cosmologia do século XX: Aspectos históricos
Lucas Guimaraes
 
Isaac Newton
Isaac NewtonIsaac Newton
Isaac Newton
edson
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
Isaquebadboy
 
Big bang
Big bangBig bang
Big bang
' Paan
 
Big bang daniel
Big bang danielBig bang daniel
Big bang daniel
grupocapelo
 
Origem do universo
Origem do universoOrigem do universo
Origem do universo
Prefeitura de São Paulo
 
Isaac Newton - Biografia
Isaac Newton - BiografiaIsaac Newton - Biografia
Isaac Newton - Biografia
Caio Germanotta
 
Isaac newton- ciencias
Isaac newton- ciencias Isaac newton- ciencias
Isaac newton- ciencias
Nini Silva Ml
 
Isaac Newton e sua contribuição na História da Matemática
Isaac Newton e sua contribuição na História da MatemáticaIsaac Newton e sua contribuição na História da Matemática
Isaac Newton e sua contribuição na História da Matemática
Elton Ribeiro da Cruz
 
Isaac newton(fatima)
Isaac newton(fatima)Isaac newton(fatima)
Isaac newton(fatima)
Carla Daniela
 
Origem do universo
Origem do universoOrigem do universo
Origem do universo
Marcus Corradini
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
prof.andrearibeiro
 
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big BangOrigem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
Sara Marques
 

Mais procurados (20)

Introdução à Cosmologia
Introdução à CosmologiaIntrodução à Cosmologia
Introdução à Cosmologia
 
A origem do universo
A origem do universoA origem do universo
A origem do universo
 
Topicos sobre a origem do universo
Topicos sobre a origem do universoTopicos sobre a origem do universo
Topicos sobre a origem do universo
 
Nascimento do-universo
Nascimento do-universoNascimento do-universo
Nascimento do-universo
 
Big Bang
Big BangBig Bang
Big Bang
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
 
O big bang
O big bangO big bang
O big bang
 
Cosmologia do século XX: Aspectos históricos
Cosmologia do século XX: Aspectos históricosCosmologia do século XX: Aspectos históricos
Cosmologia do século XX: Aspectos históricos
 
Isaac Newton
Isaac NewtonIsaac Newton
Isaac Newton
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
 
Big bang
Big bangBig bang
Big bang
 
Big bang daniel
Big bang danielBig bang daniel
Big bang daniel
 
Origem do universo
Origem do universoOrigem do universo
Origem do universo
 
Isaac Newton - Biografia
Isaac Newton - BiografiaIsaac Newton - Biografia
Isaac Newton - Biografia
 
Isaac newton- ciencias
Isaac newton- ciencias Isaac newton- ciencias
Isaac newton- ciencias
 
Isaac Newton e sua contribuição na História da Matemática
Isaac Newton e sua contribuição na História da MatemáticaIsaac Newton e sua contribuição na História da Matemática
Isaac Newton e sua contribuição na História da Matemática
 
Isaac newton(fatima)
Isaac newton(fatima)Isaac newton(fatima)
Isaac newton(fatima)
 
Origem do universo
Origem do universoOrigem do universo
Origem do universo
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
 
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big BangOrigem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
 

Semelhante a Descobertas de caçadores de estrelas

O ESPAÇO
O ESPAÇOO ESPAÇO
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestialOs desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Rita Costa
 
2 universo 7º
2   universo 7º2   universo 7º
2 universo 7º
Luis Pedro
 
Distingue planetas , estrelas e galáxias
Distingue planetas , estrelas e galáxiasDistingue planetas , estrelas e galáxias
Distingue planetas , estrelas e galáxias
Paulo Martins
 
Buraco negro
Buraco negroBuraco negro
Buraco negro
XequeMateShannon
 
Aurora Boreal
Aurora Boreal Aurora Boreal
Aurora Boreal
JadiVentin
 
Nasa divulga que planeta
Nasa divulga que planetaNasa divulga que planeta
Nasa divulga que planeta
Andrea Barreto
 
Buracos Negros: uma breve história
Buracos Negros: uma breve história Buracos Negros: uma breve história
Buracos Negros: uma breve história
Denis Campos Rodrigues
 
O universo e o sistema solar slide power point
O universo e o sistema solar slide power pointO universo e o sistema solar slide power point
O universo e o sistema solar slide power point
JorgeDias104
 
O futuro do universo, do sol, da terra e da humanidade
O futuro do universo, do sol, da terra e da humanidadeO futuro do universo, do sol, da terra e da humanidade
O futuro do universo, do sol, da terra e da humanidade
Fernando Alcoforado
 
O k existe no universo
O k existe no universoO k existe no universo
O k existe no universo
Joana Costa
 
A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...
A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...
A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...
Faga1939
 
Gênesis revisitado livro zecharia sitchin
Gênesis revisitado livro zecharia sitchinGênesis revisitado livro zecharia sitchin
Gênesis revisitado livro zecharia sitchin
Samoel Moreira
 
Aulas 1a 4 astronomia geral
Aulas 1a 4  astronomia geralAulas 1a 4  astronomia geral
Aulas 1a 4 astronomia geral
Instituto Iprodesc
 
A ciência e os avanços no conhecimento sobre o universo
A ciência e os avanços no conhecimento sobre o universoA ciência e os avanços no conhecimento sobre o universo
A ciência e os avanços no conhecimento sobre o universo
Fernando Alcoforado
 
Planetas No Universo 2.5
Planetas No Universo 2.5Planetas No Universo 2.5
Planetas No Universo 2.5
ANABONIOLO
 
Exoplanetas
ExoplanetasExoplanetas
Exoplanetas
Instituto Iprodesc
 
Noite Astronômica - Universo Criado
Noite Astronômica - Universo CriadoNoite Astronômica - Universo Criado
Noite Astronômica - Universo Criado
André Luiz Marques
 
AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...
AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...
AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...
Faga1939
 
Novo F.Q. 7 - PPT Universo
Novo F.Q. 7 - PPT UniversoNovo F.Q. 7 - PPT Universo
Novo F.Q. 7 - PPT Universo
andygracolas
 

Semelhante a Descobertas de caçadores de estrelas (20)

O ESPAÇO
O ESPAÇOO ESPAÇO
O ESPAÇO
 
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestialOs desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
Os desafios da ciência à descoberta de um novo espaço celestial
 
2 universo 7º
2   universo 7º2   universo 7º
2 universo 7º
 
Distingue planetas , estrelas e galáxias
Distingue planetas , estrelas e galáxiasDistingue planetas , estrelas e galáxias
Distingue planetas , estrelas e galáxias
 
Buraco negro
Buraco negroBuraco negro
Buraco negro
 
Aurora Boreal
Aurora Boreal Aurora Boreal
Aurora Boreal
 
Nasa divulga que planeta
Nasa divulga que planetaNasa divulga que planeta
Nasa divulga que planeta
 
Buracos Negros: uma breve história
Buracos Negros: uma breve história Buracos Negros: uma breve história
Buracos Negros: uma breve história
 
O universo e o sistema solar slide power point
O universo e o sistema solar slide power pointO universo e o sistema solar slide power point
O universo e o sistema solar slide power point
 
O futuro do universo, do sol, da terra e da humanidade
O futuro do universo, do sol, da terra e da humanidadeO futuro do universo, do sol, da terra e da humanidade
O futuro do universo, do sol, da terra e da humanidade
 
O k existe no universo
O k existe no universoO k existe no universo
O k existe no universo
 
A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...
A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...
A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...
 
Gênesis revisitado livro zecharia sitchin
Gênesis revisitado livro zecharia sitchinGênesis revisitado livro zecharia sitchin
Gênesis revisitado livro zecharia sitchin
 
Aulas 1a 4 astronomia geral
Aulas 1a 4  astronomia geralAulas 1a 4  astronomia geral
Aulas 1a 4 astronomia geral
 
A ciência e os avanços no conhecimento sobre o universo
A ciência e os avanços no conhecimento sobre o universoA ciência e os avanços no conhecimento sobre o universo
A ciência e os avanços no conhecimento sobre o universo
 
Planetas No Universo 2.5
Planetas No Universo 2.5Planetas No Universo 2.5
Planetas No Universo 2.5
 
Exoplanetas
ExoplanetasExoplanetas
Exoplanetas
 
Noite Astronômica - Universo Criado
Noite Astronômica - Universo CriadoNoite Astronômica - Universo Criado
Noite Astronômica - Universo Criado
 
AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...
AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...
AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...
 
Novo F.Q. 7 - PPT Universo
Novo F.Q. 7 - PPT UniversoNovo F.Q. 7 - PPT Universo
Novo F.Q. 7 - PPT Universo
 

Mais de bibliotecasjuliomartins

1.ª Paragem Todos aLeR+2027
1.ª Paragem Todos aLeR+20271.ª Paragem Todos aLeR+2027
1.ª Paragem Todos aLeR+2027
bibliotecasjuliomartins
 
Vencedores Quadras de São Martinho 2020
Vencedores Quadras de São Martinho 2020Vencedores Quadras de São Martinho 2020
Vencedores Quadras de São Martinho 2020
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021
Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021
Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento do Concurso Quadras de São Martinho
Regulamento do Concurso Quadras de São MartinhoRegulamento do Concurso Quadras de São Martinho
Regulamento do Concurso Quadras de São Martinho
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento BE 2017.18(1)
Regulamento BE 2017.18(1)Regulamento BE 2017.18(1)
Regulamento BE 2017.18(1)
bibliotecasjuliomartins
 
Regimento bibliotecas escolares 2017.18
Regimento bibliotecas escolares 2017.18Regimento bibliotecas escolares 2017.18
Regimento bibliotecas escolares 2017.18
bibliotecasjuliomartins
 
Guia utilizador BE
Guia utilizador BEGuia utilizador BE
Guia utilizador BE
bibliotecasjuliomartins
 
PAA Bibliotecas Escolares 2017.18
PAA Bibliotecas Escolares 2017.18PAA Bibliotecas Escolares 2017.18
PAA Bibliotecas Escolares 2017.18
bibliotecasjuliomartins
 
Violência de género
Violência de géneroViolência de género
Violência de género
bibliotecasjuliomartins
 
Concurso de fotografia Tradições e património cultural
Concurso de fotografia Tradições e património culturalConcurso de fotografia Tradições e património cultural
Concurso de fotografia Tradições e património cultural
bibliotecasjuliomartins
 
Achas que sabes ler?
Achas que sabes ler?Achas que sabes ler?
Achas que sabes ler?
bibliotecasjuliomartins
 
Atividades que constam do PAA do Agrupamento
Atividades que constam do PAA do AgrupamentoAtividades que constam do PAA do Agrupamento
Atividades que constam do PAA do Agrupamento
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento Concurso Ortografia
Regulamento Concurso OrtografiaRegulamento Concurso Ortografia
Regulamento Concurso Ortografia
bibliotecasjuliomartins
 
Panfleto Roteiro
Panfleto RoteiroPanfleto Roteiro
Panfleto Roteiro
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017
Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017
Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17
Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17
Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17
bibliotecasjuliomartins
 
Regulamento concurso ortografia_2016.17
Regulamento concurso ortografia_2016.17Regulamento concurso ortografia_2016.17
Regulamento concurso ortografia_2016.17
bibliotecasjuliomartins
 
Boletim informativo - janeiro
Boletim informativo - janeiroBoletim informativo - janeiro
Boletim informativo - janeiro
bibliotecasjuliomartins
 

Mais de bibliotecasjuliomartins (20)

1.ª Paragem Todos aLeR+2027
1.ª Paragem Todos aLeR+20271.ª Paragem Todos aLeR+2027
1.ª Paragem Todos aLeR+2027
 
Vencedores Quadras de São Martinho 2020
Vencedores Quadras de São Martinho 2020Vencedores Quadras de São Martinho 2020
Vencedores Quadras de São Martinho 2020
 
Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021
Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021
Regulamento Concurso Ortografia 2020/2021
 
Regulamento do Concurso Quadras de São Martinho
Regulamento do Concurso Quadras de São MartinhoRegulamento do Concurso Quadras de São Martinho
Regulamento do Concurso Quadras de São Martinho
 
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2019_2020
 
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19
Regulamento concurso ortografia_1ciclo_2018.19
 
Regulamento BE 2017.18(1)
Regulamento BE 2017.18(1)Regulamento BE 2017.18(1)
Regulamento BE 2017.18(1)
 
Regimento bibliotecas escolares 2017.18
Regimento bibliotecas escolares 2017.18Regimento bibliotecas escolares 2017.18
Regimento bibliotecas escolares 2017.18
 
Guia utilizador BE
Guia utilizador BEGuia utilizador BE
Guia utilizador BE
 
PAA Bibliotecas Escolares 2017.18
PAA Bibliotecas Escolares 2017.18PAA Bibliotecas Escolares 2017.18
PAA Bibliotecas Escolares 2017.18
 
Violência de género
Violência de géneroViolência de género
Violência de género
 
Concurso de fotografia Tradições e património cultural
Concurso de fotografia Tradições e património culturalConcurso de fotografia Tradições e património cultural
Concurso de fotografia Tradições e património cultural
 
Achas que sabes ler?
Achas que sabes ler?Achas que sabes ler?
Achas que sabes ler?
 
Atividades que constam do PAA do Agrupamento
Atividades que constam do PAA do AgrupamentoAtividades que constam do PAA do Agrupamento
Atividades que constam do PAA do Agrupamento
 
Regulamento Concurso Ortografia
Regulamento Concurso OrtografiaRegulamento Concurso Ortografia
Regulamento Concurso Ortografia
 
Panfleto Roteiro
Panfleto RoteiroPanfleto Roteiro
Panfleto Roteiro
 
Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017
Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017
Regulamento concurso fotografia_prazerler_2017
 
Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17
Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17
Regulamento do Concurso Nacional de Leitura 2016/17
 
Regulamento concurso ortografia_2016.17
Regulamento concurso ortografia_2016.17Regulamento concurso ortografia_2016.17
Regulamento concurso ortografia_2016.17
 
Boletim informativo - janeiro
Boletim informativo - janeiroBoletim informativo - janeiro
Boletim informativo - janeiro
 

Último

Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptxSlides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Shakil Y. Rahim
 
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptxagosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptxBem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
MarcoAurlioResende
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdfSequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
marcos oliveira
 

Último (20)

Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptxSlides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
 
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptxagosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
agosto - A cidadania - direitos e deveres em países hispanohablantes.pptx
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptxBem -aventurados pobres de espirito.pptx
Bem -aventurados pobres de espirito.pptx
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdfSequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
Sequência Didática de Matemática MatemáticaMatemática.pdf
 

Descobertas de caçadores de estrelas

  • 1. Artigo sobre o Capitulo 2. O Universo do Reverendo Evans do livro “Breve História de Quase Tudo” Diogo Alves, Luís Lopes, Pedro Machado, Sara Pires -12ºB Supernova Ia As descobertas dos caçadores de estrelas Robert Evans, astrónomo e padre australiano reformado, foi um dos grandes observadores dos céus noturnos à procura de supernovas e estrelas mortas. Hoje em dia sabemos que não existem “estrelas mortas”. Uma estrela tem como motor a fusão nuclear, que ocorre no seu núcleo, onde átomos de Hidrogénio são transformados em átomos de Hélio, quando este “combustível” acaba, a estrela entra noutro ciclo tomando diferentes caminhos consoante o seu tamanho, pode transformar- se numa anã branca, numa estrela de neutrões ou num buraco negro (se a massa da estrela for superior a três massas solares). Várias personalidades trabalharam, em contextos diferentes, para um melhor conhecimento das supernovas: Chadwick, responsável pela descoberta do neutrão, Zwicky e Baade, que ficaram reconhecidos pela introdução do conceito das estrelas de neutrões, Hoyle, que conseguiu relacionar a explosão de supernovas com a formação de novos elementos, Perlumutter, que automatizou a busca de supernovas e por ultimo o próprio Evans, que “caçava supernovas”. Consegues imaginar ter que encontrar um ponto branco num céu onde já existiam tantos outros? Esse era o dom de Evans, conseguir memorizar o céu estrelado que observas á noite. Apesar de trabalhar em condições mais desfavoráveis em relação aos outros observadores, Evans tinha resultados mais eficazes relativamente à descoberta de supernovas pois conseguiu encontrar um maior número de supernovas num menor período de tempo. A verdade é que Evans tinha grandes aspetos a seu favor: “tinha grande parte do céu só para ele” já que a maior parte dos observadores estavam no hemisfério norte; tinha uma memória incrível e uma grande perícia em manusear telescópios que o permitia observar um grande número de galáxias, ao contrário dos outros profissionais. A busca destes corpos celestes começou em 1930, por Zwicky, quando este propôs o termo supernova. Ocorreu-lhe que se uma estrela colapsasse para uma densidade semelhante à do centro de um átomo, formar-se-iam núcleos compactados. Os átomos seriam esmagados e os eletrões formariam neutrões devido á sua proximidade ao núcleo, originando-se uma estrela de neutrões, que após a explosão libertava grandes quantidades de energia. Por outro lado caso uma estrela de neutrões encolhesse muito tornar-se-ia tão densa que nem a luz conseguiria escapar á sua atração gravitacional e que isso seria um buraco negro. As supernovas surgem quando uma estrela gigante cai e explode, libertando grandes quantidades de energia e luz. O que as distingue das outras estrelas é o facto de antes não existir nada naquela porção de espaço que ocupam. Zwicky não conseguia compreender as razões que estavam por detrás de todos estes fenómenos, contudo foi dos primeiros a reconhecer que não havia massa visível no Universo capaz de manter as galáxias unidas e que por isso outro fator contribuía para a manutenção da ordem no
  • 2. Artigo sobre o Capitulo 2. O Universo do Reverendo Evans do livro “Breve História de Quase Tudo” Diogo Alves, Luís Lopes, Pedro Machado, Sara Pires -12ºB Universo - a matéria negra. De forma a calcular a taxa de expansão do Universo e medir o brilho de outas estrelas Perlmutter concluiu que podia usar as Supernovas Ia como estrelas padrão, pelo facto de explodirem sempre da mesma maneira, acabando por desenvolver uma técnica capaz de utilizar computadores e outros dispositivos para identificar com maior facilidade estas estrelas. Contudo as supernovas eram algo mais complexas. Segundo Fred Hoyle, a explosão destas geraria calor suficiente para criar novos elementos, que se espalhavam formando nuvens gasosas que poderiam aderir a novos sistemas solares. Isto levou-nos à teoria que permite explicar a nossa origem - a Teoria Nebular. Já pensaste no que aconteceria se uma estrela explodisse perto da Terra? Na verdade, para a explosão de uma supernova nos matar teríamos de estar muito perto. O problema é na verdade as radiações que advém dessa explosão, que poderiam levar à destruição da magnetosfera, fazendo com que os raios UV chegassem à superfície terrestre, visto que é esta que nos protege dos mesmos. A observação do céu noturno levou a grandes descobertas. Cada vez que olhares para o céu hoje, poderás ver as coisas de uma forma mais explícita, mas com noção que ainda há muito para descobrir e compreender.