SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
Manoel Neves
estudo do período simples
Termos da oração
OBJETO DIRETO
termos da oração: estudo do período simples
completa	
  o	
  sen,do	
  de	
  um	
  VTD	
  
não	
  pede	
  preposição	
   caráter	
  substan,vo	
  
Mariana	
   resolveu	
   muitos	
   exercícios.	
  
VTD	
   OBJETO	
  DIRETO	
  
Compramos	
   duas	
   mochilas	
   amarelas.	
  
VTD	
   OBJETO	
  DIRETO	
  
OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO
termos da oração: estudo do período simples
completa	
  o	
  sen,do	
  de	
  um	
  VTD	
  
possui	
  preposição	
  não	
  obrigatória	
   caráter	
  substan,vo	
  
há	
  possível	
  ambiguidade	
  
há	
  ênfase	
  no	
  sen,do	
  par,,vo	
  
antes	
  de	
  nome	
  próprio	
  
antes	
  de	
  pronome	
  oblíquo	
  tônico	
  
antes	
  de	
  pronomes	
  indefinidos	
  
depois	
  dos	
  verbos	
  sacar	
  e	
  puxar	
  
Matou	
  o	
  4gre	
  ao	
  leão.	
  
Camila	
  bebeu	
  do	
  vinho.	
  
Júlia	
  ama	
  a	
  Deus.	
  
Ouviu	
  a	
  mim	
  atentamente.	
  
Ouviu	
  a	
  todos	
  atentamente.	
  
Valsivaldo	
  puxou	
  da	
  espada.	
  
OBJETO INDIRETO
termos da oração: estudo do período simples
completa	
  o	
  sen,do	
  de	
  um	
  VTI	
  
possui	
  preposição	
  exigida	
  pelo	
  verbo	
   caráter	
  substan,vo	
  
Eduardo	
   confia	
   em	
   Deus.	
  
VTI	
   OBJETO	
  INDIRETO	
  
Gostamos	
   dos	
   nossos	
   amigos.	
  
VTI	
   OBJETO	
  INDIRETO	
  
ADJUNTO ADVERBIAL 01
termos da oração: estudo do período simples
termo	
  de	
  natureza	
  adverbial	
  não	
  pedido	
  pelo	
  verbo	
  
advérbio	
  ou	
  locução	
  preposicionada	
   a	
  circunstância	
  dá	
  nome	
  ao	
  adjunto	
  
lugar	
  
assunto	
  
conformidade	
  
oposição	
  ou	
  concessão	
  
favor	
  
acréscimo	
  ou	
  adição	
  
preço	
  
medida	
  ou	
  peso	
  
subs,tuição	
  
limitação	
  
Joaquim	
  nasceu	
  em	
  Belo	
  Horizonte.	
  
Catarina	
  falava	
  sobre	
  o	
  aumento	
  salarial	
  
De	
  acordo	
  com	
  Lacan,	
  o	
  real	
  não	
  existe.	
  
Apesar	
  da	
  dor,	
  aguentou	
  a	
  cirurgia.	
  
Lutamos	
  pela	
  aprovação.	
  
Além	
  de	
  Mariana,	
  vim	
  eu	
  
A	
  camisa	
  custou	
  R$800,00.	
  
O	
  poço	
  mede	
  dois	
  metros.	
  
Juro	
  por	
  minha	
  mãe.	
  
Sou	
  baiano	
  de	
  coração.	
  
ADJUNTO ADVERBIAL 02
termos da oração: estudo do período simples
termo	
  de	
  natureza	
  adverbial	
  não	
  pedido	
  pelo	
  verbo	
  
advérbio	
  ou	
  locução	
  preposicionada	
   a	
  circunstância	
  dá	
  nome	
  ao	
  adjunto	
  
causa	
  
companhia	
  
dúvida	
  
finalidade	
  
instrumento	
  
intensidade	
  
matéria	
  
meio	
  
modo	
  
Ivonaldo	
  morreu	
  de	
  cirrose.	
  
Saí	
  com	
  Denise.	
  
Talvez	
  vá	
  a	
  Salvador	
  em	
  julho.	
  
Fui	
  à	
  escola	
  para	
  lanchar.	
  
Fiz	
  a	
  prova	
  a	
  lápis.	
  
Walter	
  dança	
  muito.	
  
O	
  prato	
  é	
  feito	
  de	
  porcelana.	
  
Fui	
  de	
  avião	
  a	
  Curi4ba.	
  
Cléber	
  dança	
  mal.	
  
ADJUNTO ADNOMINAL
termos da oração: estudo do período simples
delimita,	
  restringe	
  ou	
  especifica	
  termo	
  de	
  valor	
  substan,vo	
  
pode	
  ou	
  não	
  ser	
  preposicionado	
   faz	
  parte	
  de	
  um	
  sintagma	
  nominal	
  
Juliana	
   resolveu	
   muitos	
   exercícios	
   diXceis.	
  
VTD	
  
OD	
  
NÚCLEO	
  ADJUNTO	
  ADNOMINAL	
   ADJUNTO	
  ADNOMINAL	
  
Duas	
   bailarinas	
   povoam	
   minha	
   cabeça.	
  
SUJEITO	
  SIMPLES	
  
ADJUNTO	
  ADNOMINAL	
   NÚCLEO	
   VTD	
  
OD	
  
ADJUNTO	
  ADNOMINAL	
   NÚCLEO	
  
As	
   amigas	
   de	
   Juliana	
   chegaram.	
  
SUJEITO	
  SIMPLES	
  
NÚCLEO	
  ADJUNTO	
  ADNOMINAL	
   ADJUNTO	
  ADNOMINAL	
  
QUESTÃO 01
termos da oração: estudo do período simples
OD	
   Objeto	
  Direto	
   OI	
   Objeto	
  Indireto	
  
A	
  ADV	
   Adjunto	
  Adverbial	
   A	
  ADN	
   Adjunto	
  Adnominal	
  
Marília	
  avistou	
  o	
  parque.	
  
Marília	
  gosta	
  do	
  parque.	
  
Marília	
  chegou	
  do	
  parque.	
  
A	
  comida	
  do	
  parque	
  agradou	
  Marília.	
  
Encontramos	
  Joana	
  na	
  Avenida	
  Augusto	
  de	
  Lima.	
  
Saí	
  com	
  Joana.	
  
Confio	
  em	
  Joana.	
  
O	
  caderno	
  de	
  Joana	
  estava	
  incompleto.	
  
Cheguei	
  de	
  Madri	
  ontem.	
  
Auribindo	
  morreu	
  de	
  desgosto.	
  
Vi	
  Ibirité.	
  
Referi-­‐me	
  a	
  Ibirité.	
  
Comprei	
  muitos	
  presentes	
  em	
  Ibirité.	
  
QUESTÃO 01
termos da oração: estudo do período simples
OD	
   Objeto	
  Direto	
   OI	
   Objeto	
  Indireto	
  
A	
  ADV	
   Adjunto	
  Adverbial	
   A	
  ADN	
   Adjunto	
  Adnominal	
  
Marília	
  avistou	
  o	
  parque.	
  
Marília	
  gosta	
  do	
  parque.	
  
Marília	
  chegou	
  do	
  parque.	
  
A	
  comida	
  do	
  parque	
  agradou	
  Marília.	
  
Encontramos	
  Joana	
  na	
  Avenida	
  Augusto	
  de	
  Lima.	
  
Saí	
  com	
  Joana.	
  
Confio	
  em	
  Joana.	
  
O	
  caderno	
  de	
  Joana	
  estava	
  incompleto.	
  
Cheguei	
  de	
  Madri	
  ontem.	
  
Auribindo	
  morreu	
  de	
  desgosto.	
  
Vi	
  Ibirité.	
  
Referi-­‐me	
  a	
  Ibirité.	
  
Comprei	
  muitos	
  presentes	
  em	
  Ibirité.	
  
OD	
  
OI	
  
A	
  ADV	
  
A	
  ADN	
  
OD	
  
A	
  ADV	
  
OI	
  
A	
  ADN	
  
A	
  ADV	
  
A	
  ADV	
  
OD	
  
OI	
  
A	
  ADV	
  
COMPLEMENTO NOMINAL
termos da oração: estudo do período simples
termo	
  preposicionado	
  que	
  completa	
  o	
  sen,do	
  de	
  um	
  nome	
  de	
  valor	
  rela,vo	
  
completa	
  substan,vo	
  abstrato	
  e	
  paciente	
   	
  completa	
  adje,vo,	
  advérbio	
  
Juliana	
   mora	
   longe	
   de	
   mim.	
  
ADJUNTO	
  ADVERBIAL	
   COMPLEMENTO	
  NOMINAL	
  
Sou	
   fiel	
   aos	
   nossos	
   ideais.	
  
PREDICATIVO	
  DO	
  SUJEITO	
  
ADVÉRBIO	
  
ADJETIVO	
  
COMPLEMENTO	
  NOMINAL	
  
Tenho	
   certeza	
   de	
   sua	
   aprovação.	
  
OBJETO	
  DIRETO	
  
SUBS.	
  ABSTR.	
  PACIENTE	
  
COMPLEMENTO	
  NOMINAL	
  
ADJUNTOADNOMINALXCOMPLEMENTONOMINAL
termos da oração: estudo do período simples
ADJUNTO	
  ADNOMINAL	
  
substan,vo	
  concreto	
  
substan,vo	
  abstrato	
  e	
  agente	
  
não	
  é	
  “pedido”	
  pelo	
  nome	
  
COMPLEMENTO	
  NOMINAL	
  
substan,vo	
  abstrato	
  e	
  paciente	
  
obrigatoriamente	
  preposicionado	
  
é	
  “pedido”	
  pelo	
  nome	
  
O	
   amor	
   de	
   Marcelo	
   inspira	
   Mariana.	
  
SUBS.	
  ABSTR.	
  AGENTE	
   ADJUNTO	
  ADNOMINAL	
  
O	
   amor	
   a	
   Marcelo	
   inspira	
   Mariana.	
  
SUBS.	
  ABSTR.	
  PACIENTE	
   COMPLEMENTO	
  NOMINAL	
  
Marcelo	
  ama!	
  
Marcelo	
  é	
  amado!	
  
A	
   casa	
   de	
   pedra	
   resis4u	
   mais.	
  
SUBST.	
  CONCRETO	
   ADJUNTO	
  ADNOMINAL	
  
AGENTE DA PASSIVA
termos da oração: estudo do período simples
termo	
  preposicionado	
  que	
  indica	
  quem	
  pra,ca	
  ação	
  na	
  voz	
  passiva	
  analí,ca	
  
preposições:	
  “de”	
  e	
  “por”	
   é	
  faculta,vo	
  [pode	
  ou	
  não	
  aparecer	
  na	
  VPA]	
  
Muitos	
   exercícios	
   foram	
   resolvidos	
   por	
   mim.	
  
SUJEITO	
  SIMPLES	
  (PACIENTE)	
  
LOCUÇÃO	
  VERBAL	
   AGENTE	
  DA	
  PASSIVA	
  
A	
   cidade	
   estava	
   cercada	
   de	
   inimigos.	
  
SUJEITO	
  SIMPLES	
  (PACIENTE)	
  
LOCUÇÃO	
  VERBAL	
   AGENTE	
  DA	
  PASSIVA	
  
QUESTÃO 02
termos da oração: estudo do período simples
OI	
   Objeto	
  Indireto	
   CN	
   Complemento	
  Nominal	
  
AP	
   Agente	
  da	
  Passiva	
   A	
  ADN	
   Adjunto	
  Adnominal	
  
Carolina	
  fez	
  referência	
  ao	
  livro.	
  
Carolina	
  referiu-­‐se	
  ao	
  livro.	
  
Carolina	
  foi	
  conquistada	
  pelo	
  livro.	
  
A	
  capa	
  do	
  livro	
  foi	
  rasgada	
  por	
  Carolina.	
  
A	
  capa	
  do	
  livro	
  foi	
  rasgada	
  por	
  Carolina.	
  
Júlia	
  ofereceu	
  flores	
  ao	
  professor.	
  
Júlia	
  tem	
  simpa4a	
  pelo	
  professor.	
  
O	
  carro	
  do	
  professor	
  estava	
  no	
  estacionamento.	
  
A	
  rua	
  estava	
  cercada	
  de	
  irlandeses.	
  
Tenho	
  certeza	
  de	
  sua	
  aprovação.	
  
O	
  livro	
  de	
  português	
  ajudou	
  na	
  aprovação.	
  
Joana	
  está	
  certa	
  de	
  que	
  vai	
  passar	
  na	
  prova.	
  
Gostamos	
  de	
  doces.	
  
QUESTÃO 02
termos da oração: estudo do período simples
OI	
   Objeto	
  Indireto	
   CN	
   Complemento	
  Nominal	
  
AP	
   Agente	
  da	
  Passiva	
   A	
  ADN	
   Adjunto	
  Adnominal	
  
Carolina	
  fez	
  referência	
  ao	
  livro.	
  
Carolina	
  referiu-­‐se	
  ao	
  livro.	
  
Carolina	
  foi	
  conquistada	
  pelo	
  livro.	
  
A	
  capa	
  do	
  livro	
  foi	
  rasgada	
  por	
  Carolina.	
  
A	
  capa	
  do	
  livro	
  foi	
  rasgada	
  por	
  Carolina.	
  
Júlia	
  ofereceu	
  flores	
  ao	
  professor.	
  
Júlia	
  tem	
  simpa4a	
  pelo	
  professor.	
  
O	
  carro	
  do	
  professor	
  estava	
  no	
  estacionamento.	
  
A	
  rua	
  estava	
  cercada	
  de	
  irlandeses.	
  
Tenho	
  certeza	
  de	
  sua	
  aprovação.	
  
O	
  livro	
  de	
  português	
  ajudou	
  na	
  aprovação.	
  
Joana	
  está	
  certa	
  de	
  que	
  vai	
  passar	
  na	
  prova.	
  
Gostamos	
  de	
  doces.	
  
CN	
  
OI	
  
AP	
  
A	
  ADN	
  
AP	
  
OI	
  
CN	
  
A	
  ADN	
  
AP	
  
CN	
  
A	
  ADN	
  
CN	
  
OI	
  
PREDICATIVO DO SUJEITO
termos da oração: estudo do período simples
termo	
  de	
  caráter	
  adje,vo	
  que,	
  de	
  dentro	
  do	
  predicado,	
  modifica	
  o	
  sujeito	
  
faz	
  parte	
  do	
  predicado	
   indica	
  qualidade/estado/condição	
  
Maria	
   encontrou	
   José	
   entristecida.	
  
SUJEITO	
  SIMPLES	
  	
   PREDICADO	
  
VTD	
   OBJETO	
  DIRETO	
   PREDICATIVO	
  DO	
  SUJEITO	
  
Nossas	
   encomendas	
   chegaram	
   despedaçadas.	
  
SUJEITO	
  SIMPLES	
  	
   PREDICADO	
  
VI	
   PREDICATIVO	
  DO	
  SUJEITO	
  
PREDICATIVO DO OBJETO
termos da oração: estudo do período simples
modifica	
  o	
  objeto	
  e	
  acrescenta	
  caracterís,ca	
  no	
  momento	
  em	
  que	
  se	
  fala	
  
normalmente	
  se	
  refere	
  ao	
  objeto	
  direto	
   termo	
  de	
  valor	
  adje,vo	
  
Maria	
   encontrou	
   José	
   entristecido.	
  
SUJEITO	
  SIMPLES	
  	
   PREDICADO	
  
VTD	
   OBJETO	
  DIRETO	
   PREDICATIVO	
  DO	
  OBJETO	
  
Nomeamos	
   Honorato	
   líder	
   de	
   turma.	
  
VTD	
   OD	
   PREDICATIVO	
  DO	
  OBJETO	
  
APOSTO
termos da oração: estudo do período simples
termo	
  que	
  especifica,	
  esclarece,	
  explica	
  ou	
  resume	
  um	
  nome	
  
o	
  explica,vo,	
  virgulado,	
  é	
  o	
  mais	
  comum	
   equivale	
  a	
  termo	
  de	
  valor	
  adje,vo	
  
A	
  Avenida	
  Antônio	
  Carlos	
  ficou	
  interditada	
  
Ele,	
  o	
  boto,	
  era	
  o	
  culpado	
  de	
  tudo,	
  segundo	
  Joana.	
  
Matemá4ca,	
  Física,	
  História,	
  nada	
  o	
  interessava.	
  
Lacan,	
  médico	
  europeu,	
  disse	
  que	
  o	
  real	
  não	
  existe.	
  
Queria	
  pouca	
  coisa:	
  a	
  aprovação	
  e	
  o	
  soldo.	
  
aposto	
  especifica,vo	
  
aposto	
  explica,vo	
  
aposto	
  resumi,vo	
  
aposto	
  explica,vo	
  
aposto	
  especifica,vo	
  
VOCATIVO
termos da oração: estudo do período simples
termo	
  usado	
  para	
  chamar	
  
pode	
  ser	
  virgulado	
  ou	
  exclama,vo	
   na	
  literatura,	
  é	
  chamado	
  de	
  apóstrofe	
  
Era	
  uma	
  vez,	
  um	
  homem	
  que	
  estava	
  pescando,	
  Maria.	
  
Saia	
  já	
  da	
  sala,	
  Marinalva!	
  
Astros,	
  noites,	
  tempestades,	
  rolai	
  das	
  imensidades.	
  
QUESTÃO 03
termos da oração: estudo do período simples
PS	
   Predica4vo	
  do	
  Sujeito	
   PO	
   Predica4vo	
  do	
  Objeto	
  
A	
   Aposto	
   V	
   Voca4vo	
  
Consideramos	
  o	
  projeto	
  inexequível.	
  
Os	
  navios	
  chegaram	
  avariados.	
  
Ana	
  encontrou	
  José	
  entristecida.	
  
Ana	
  encontrou	
  José	
  entristecido.	
  
Maria,	
  não	
  consegui	
  encontrar	
  o	
  livro	
  
José,	
  o	
  padeiro	
  saiu.	
  
José,	
  o	
  padeiro,	
  saiu.	
  
Irritados,	
  pai	
  e	
  filho	
  saíram	
  de	
  perto	
  do	
  policial.	
  
Carina,	
  minha	
  vizinha,	
  está	
  com	
  dengue.	
  
Fui	
  ao	
  cinema	
  com	
  Clarivaldo,	
  Sinval.	
  
O	
  estudante	
  e	
  a	
  estudante	
  são	
  dedicados.	
  
Entusiasmado,	
  o	
  torcedor	
  gritou	
  durante	
  toda	
  a	
  madrugada.	
  
Venha	
  cá,	
  Marivaldo.	
  
QUESTÃO 03
termos da oração: estudo do período simples
PS	
   Predica4vo	
  do	
  Sujeito	
   PO	
   Predica4vo	
  do	
  Objeto	
  
A	
   Aposto	
   V	
   Voca4vo	
  
Consideramos	
  o	
  projeto	
  inexequível.	
  
Os	
  navios	
  chegaram	
  avariados.	
  
Ana	
  encontrou	
  José	
  entristecida.	
  
Ana	
  encontrou	
  José	
  entristecido.	
  
Maria,	
  não	
  consegui	
  encontrar	
  o	
  livro	
  
José,	
  o	
  padeiro	
  saiu.	
  
José,	
  o	
  padeiro,	
  saiu.	
  
Irritados,	
  pai	
  e	
  filho	
  saíram	
  de	
  perto	
  do	
  policial.	
  
Carina,	
  minha	
  vizinha,	
  está	
  com	
  dengue.	
  
Fui	
  ao	
  cinema	
  com	
  Clarivaldo,	
  Sinval.	
  
O	
  estudante	
  e	
  a	
  estudante	
  são	
  dedicados.	
  
Entusiasmado,	
  o	
  torcedor	
  gritou	
  durante	
  toda	
  a	
  madrugada.	
  
Venha	
  cá,	
  Marivaldo.	
  
PO	
  
PS	
  
PS	
  
PO	
  
V	
  
V	
  
A	
  
PS	
  
AP	
  
V	
  
PS	
  
PS	
  
V	
  
QUESTÃO 04
exercícios sobre transitividade verbal e período simples
(VUNESP/Soldado-­‐2014)	
  Em:	
  Não,	
  senhor,	
  sou	
  coxa	
  de	
  nascença,	
  o	
  termo	
  senhor	
  
deve	
  ser	
  classificado	
  como:	
  
a)	
  voca4vo.	
  
b)	
  aposto.	
  
c)	
  agente	
  da	
  passiva.	
  
d)	
  complemento	
  verbal.	
  
e)	
  complemento	
  nominal.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
exercícios sobre transitividade verbal e período simples
O	
  termo	
  em	
  análise	
  aparece	
  entre	
  vírgulas	
  e	
  indica	
  com	
  o	
  quem	
  o	
  locutor	
  está	
  
conversando.	
  Trata-­‐se	
  de	
  um	
  voca4vo.	
  Assinale-­‐se,	
  pois,	
  a	
  alterna4va	
  “a”.	
  
QUESTÃO 05
exercícios sobre transitividade verbal e período simples
(FUNCAB/Soldado-­‐2014)	
  O	
  termo	
  destacado	
  em	
  é	
  fácil	
  atribuir	
  responsabilidade	
  à	
  
fatalidade	
  exerce	
  função	
  sintá4ca	
  de:	
  
a)	
  objeto	
  direto.	
  
b)	
  objeto	
  indireto.	
  
c)	
  adjunto	
  adnominal.	
  
d)	
  adjunto	
  adverbial.	
  
e)	
  complemento	
  nominal.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
exercícios sobre transitividade verbal e período simples
O	
   termo	
   em	
   análise	
   completa	
   o	
   sen4do	
   da	
   forma	
   verbal	
   atribuir.	
   No	
   contexto	
  
frasal	
  em	
  análise,	
  quem	
  atribui	
  atribui	
  algo	
  [OD:	
  a	
  responsabilidade]	
  a	
  alguém	
  [OI:	
  
à	
  fatalidade].	
  Assinale-­‐se,	
  pois,	
  a	
  alterna4va	
  “b”.	
  
QUESTÃO 06
exercícios sobre transitividade verbal e período simples
(URI-­‐2014)	
  Analise	
  sinta4camente	
  o	
  pronome	
  reflexivo	
  em	
  destaque:	
  O	
  caçador	
  
medicou-­‐se.	
  
a)	
  sujeito.	
  
b)	
  objeto	
  direto.	
  
c)	
  objeto	
  indireto.	
  
d)	
  complemento	
  nominal.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
exercícios sobre transitividade verbal e período simples
Na	
   frase	
   em	
   análise,	
   o	
   pronome	
   se	
   completa	
   o	
   sen4do	
   de	
   um	
   verbo	
   transi4vo	
  
direto	
   [quem	
   medica,	
   medica	
   alguém].	
   Trata-­‐se,	
   pois,	
   de	
   um	
   objeto	
   direto.	
  
Marque-­‐se	
  a	
  alterna4va	
  “b”.	
  
QUESTÃO 07
exercícios sobre transitividade verbal e período simples
(FUNCAB-­‐2012	
   Adaptada)	
   Das	
   opções	
   a	
   seguir,	
   em	
   apenas	
   uma	
   o	
   trecho	
   em	
  
destaque	
  pode	
  ser	
  classificado	
  com	
  adjunto	
  adnominal:	
  
a)	
  Saí	
  do	
  parque	
  tarde.	
  
b)	
  O	
  portão	
  do	
  parque	
  emperrou.	
  
c)	
  As	
  árvores	
  foram	
  fornecidas	
  pelo	
  parque.	
  
d)	
  Gostei	
  do	
  parque.	
  
e)	
  O	
  parque	
  fechou	
  cedo.	
  
SOLUÇÃO COMENTADA
exercícios sobre transitividade verbal e período simples
Classificação	
  dos	
  termos	
  em	
  destaque	
  nas	
  orações:	
  a)	
  adjunto	
  adverbial	
  de	
  lugar;	
  
b)	
  adjunto	
  adnominal;	
  c)	
  agente	
  da	
  passiva;	
  d)	
  objeto	
  indireto;	
  e)	
  sujeito.	
  Marque-­‐
se,	
  pois,	
  a	
  letra	
  “b”.	
  

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tipos de predicado
Tipos de predicadoTipos de predicado
Tipos de predicado
Vivian gusm?
 
Sujeito E Predicado
Sujeito E PredicadoSujeito E Predicado
Sujeito E Predicado
guest7174ad
 
Orações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivasOrações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivas
nixsonmachado
 
Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)
Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)
Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)
guest93d9a1
 
Aula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°p
Aula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°pAula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°p
Aula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°p
Viviane Oliveira
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
ISJ
 
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVASORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
Angela Santos
 

Mais procurados (20)

Tipos de predicado
Tipos de predicadoTipos de predicado
Tipos de predicado
 
Orações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivasOrações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivas
 
Orações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivasOrações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivas
 
Sujeito E Predicado
Sujeito E PredicadoSujeito E Predicado
Sujeito E Predicado
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
 
Orações adjetivas
Orações adjetivasOrações adjetivas
Orações adjetivas
 
Orações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivasOrações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivas
 
Orações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivasOrações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivas
 
Predicado
PredicadoPredicado
Predicado
 
Sujeito. Predicado
Sujeito. PredicadoSujeito. Predicado
Sujeito. Predicado
 
Slide aposto
Slide   apostoSlide   aposto
Slide aposto
 
Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)
Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)
Oracao Subordinada Substantiva Ii(1)
 
Aula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°p
Aula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°pAula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°p
Aula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°p
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.
 
TIPOS DE VERBOS
TIPOS DE VERBOSTIPOS DE VERBOS
TIPOS DE VERBOS
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
 
Discurso direto, indireto e indireto livre
Discurso direto, indireto e indireto livreDiscurso direto, indireto e indireto livre
Discurso direto, indireto e indireto livre
 
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVASORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 

Destaque

O Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a Acessão
O Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a AcessãoO Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a Acessão
O Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a Acessão
IRIB
 
Gramática: Termos da oração
Gramática: Termos da oraçãoGramática: Termos da oração
Gramática: Termos da oração
Gleicy Almeida
 
Termos integrantes da oração
Termos integrantes da oraçãoTermos integrantes da oração
Termos integrantes da oração
SEEDUC
 
Termos acessórios da oração
Termos acessórios da oraçãoTermos acessórios da oração
Termos acessórios da oração
Elisa Avila
 
Análise sintática do período simples
Análise sintática do período simplesAnálise sintática do período simples
Análise sintática do período simples
Portal do Vestibulando
 
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Silvia Escobar
 
Slide Orações Subordinadas
Slide Orações SubordinadasSlide Orações Subordinadas
Slide Orações Subordinadas
Jomari
 
Oracoes subordinadas ppt
Oracoes subordinadas pptOracoes subordinadas ppt
Oracoes subordinadas ppt
mrs.annabel.lee
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
Karla Costa
 
Slides orações subordinadas substantivas
Slides orações subordinadas substantivasSlides orações subordinadas substantivas
Slides orações subordinadas substantivas
Pedro Henrique
 

Destaque (20)

Termos acessórios
Termos acessóriosTermos acessórios
Termos acessórios
 
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
 
Gramática - Termos Acessórios
Gramática - Termos AcessóriosGramática - Termos Acessórios
Gramática - Termos Acessórios
 
O Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a Acessão
O Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a AcessãoO Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a Acessão
O Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a Acessão
 
Termos da oração i
Termos da oração iTermos da oração i
Termos da oração i
 
Gramática: Termos da oração
Gramática: Termos da oraçãoGramática: Termos da oração
Gramática: Termos da oração
 
Termos integrantes e termos acessórios
Termos integrantes e termos acessóriosTermos integrantes e termos acessórios
Termos integrantes e termos acessórios
 
Termos integrantes da oração
Termos integrantes da oraçãoTermos integrantes da oração
Termos integrantes da oração
 
Termos acessórios da oração
Termos acessórios da oraçãoTermos acessórios da oração
Termos acessórios da oração
 
Análise sintática do período simples
Análise sintática do período simplesAnálise sintática do período simples
Análise sintática do período simples
 
Placas Engraçadas. prrsoares
Placas Engraçadas. prrsoaresPlacas Engraçadas. prrsoares
Placas Engraçadas. prrsoares
 
Português Termos Essenciais Da OraçãO
Português Termos Essenciais Da OraçãOPortuguês Termos Essenciais Da OraçãO
Português Termos Essenciais Da OraçãO
 
Erros de Português!
Erros de Português!Erros de Português!
Erros de Português!
 
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
 
Erros de português. Muito legal!
Erros de português. Muito legal!Erros de português. Muito legal!
Erros de português. Muito legal!
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
 
Slide Orações Subordinadas
Slide Orações SubordinadasSlide Orações Subordinadas
Slide Orações Subordinadas
 
Oracoes subordinadas ppt
Oracoes subordinadas pptOracoes subordinadas ppt
Oracoes subordinadas ppt
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
 
Slides orações subordinadas substantivas
Slides orações subordinadas substantivasSlides orações subordinadas substantivas
Slides orações subordinadas substantivas
 

Semelhante a Termos da oração

Pronomes incompleto (3)
Pronomes   incompleto (3)Pronomes   incompleto (3)
Pronomes incompleto (3)
Diego Prezia
 
Cefet/Coltec Aula 10 Termos da Oração
Cefet/Coltec Aula 10  Termos da OraçãoCefet/Coltec Aula 10  Termos da Oração
Cefet/Coltec Aula 10 Termos da Oração
ProfFernandaBraga
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
Rebeca Kaus
 
Revisando transitividade verbal e período simples
Revisando transitividade verbal e período simplesRevisando transitividade verbal e período simples
Revisando transitividade verbal e período simples
ma.no.el.ne.ves
 

Semelhante a Termos da oração (19)

Análise do período simples
Análise do período simplesAnálise do período simples
Análise do período simples
 
Tipos de predicado
Tipos de predicadoTipos de predicado
Tipos de predicado
 
Revisão de Sintaxe
Revisão de SintaxeRevisão de Sintaxe
Revisão de Sintaxe
 
Transitividade verbal e período simples
Transitividade verbal e período simplesTransitividade verbal e período simples
Transitividade verbal e período simples
 
Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2
 
Pronomes incompleto (3)
Pronomes   incompleto (3)Pronomes   incompleto (3)
Pronomes incompleto (3)
 
Cefet/Coltec Aula 10 Termos da Oração
Cefet/Coltec Aula 10  Termos da OraçãoCefet/Coltec Aula 10  Termos da Oração
Cefet/Coltec Aula 10 Termos da Oração
 
Período simples 1
Período simples 1Período simples 1
Período simples 1
 
Período simples 1
Período simples 1Período simples 1
Período simples 1
 
Verbos impessoais
Verbos impessoaisVerbos impessoais
Verbos impessoais
 
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações CoordenadasGramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
Gramática - Adjunto Adnominal e Orações Coordenadas
 
Revisão de sintaxe
Revisão de sintaxeRevisão de sintaxe
Revisão de sintaxe
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
 
Funções sintáticas ao nível da frase
Funções sintáticas ao nível da fraseFunções sintáticas ao nível da frase
Funções sintáticas ao nível da frase
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Funções sintáticas
Funções sintáticasFunções sintáticas
Funções sintáticas
 
Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2
 
Revisando transitividade verbal e período simples
Revisando transitividade verbal e período simplesRevisando transitividade verbal e período simples
Revisando transitividade verbal e período simples
 
Sintaxe
SintaxeSintaxe
Sintaxe
 

Mais de ma.no.el.ne.ves

Mais de ma.no.el.ne.ves (20)

Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: LiteraturaSegunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
Segunda aplicação do ENEM-2019: Literatura
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologiasSegunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
Segunda aplicação do ENEM-2019: Internet e tecnologias
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileirasSegunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
Segunda aplicação do ENEM-2019: Identidades brasileiras
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação FísicaSegunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
Segunda aplicação do ENEM-2019: Educação Física
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textualSegunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
Segunda aplicação do ENEM-2019: Compreensão textual
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticaisSegunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
Segunda aplicação do ENEM-2019: Aspectos gramaticais
 
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: ArtesSegunda aplicação do ENEM-2019: Artes
Segunda aplicação do ENEM-2019: Artes
 
ENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: LiteraturaENEM-2019: Literatura
ENEM-2019: Literatura
 
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e TecnologiasENEM-2019: Internet e Tecnologias
ENEM-2019: Internet e Tecnologias
 
ENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileirasENEM-2019: Identidades brasileiras
ENEM-2019: Identidades brasileiras
 
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos GramaticaisENEM-2019: Aspectos Gramaticais
ENEM-2019: Aspectos Gramaticais
 
ENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação FísicaENEM-2019: Educação Física
ENEM-2019: Educação Física
 
ENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão TextualENEM-2019: Compreensão Textual
ENEM-2019: Compreensão Textual
 
ENEM-2019: Artes
ENEM-2019: ArtesENEM-2019: Artes
ENEM-2019: Artes
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e InternetTerceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
Terceira aplicação do ENEM-2017: Tecnologias e Internet
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: LiteraturaTerceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
Terceira aplicação do ENEM-2017: Literatura
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação FísicaTerceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
Terceira aplicação do ENEM-2017: Educação Física
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão TextualTerceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
Terceira aplicação do ENEM-2017: Compreensão Textual
 
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: ArtesTerceira aplicação do ENEM-2017: Artes
Terceira aplicação do ENEM-2017: Artes
 
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
Análise da Prova de Redação da UERJ-2010
 

Último

PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 

Último (20)

Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 

Termos da oração

  • 1. Manoel Neves estudo do período simples Termos da oração
  • 2. OBJETO DIRETO termos da oração: estudo do período simples completa  o  sen,do  de  um  VTD   não  pede  preposição   caráter  substan,vo   Mariana   resolveu   muitos   exercícios.   VTD   OBJETO  DIRETO   Compramos   duas   mochilas   amarelas.   VTD   OBJETO  DIRETO  
  • 3. OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO termos da oração: estudo do período simples completa  o  sen,do  de  um  VTD   possui  preposição  não  obrigatória   caráter  substan,vo   há  possível  ambiguidade   há  ênfase  no  sen,do  par,,vo   antes  de  nome  próprio   antes  de  pronome  oblíquo  tônico   antes  de  pronomes  indefinidos   depois  dos  verbos  sacar  e  puxar   Matou  o  4gre  ao  leão.   Camila  bebeu  do  vinho.   Júlia  ama  a  Deus.   Ouviu  a  mim  atentamente.   Ouviu  a  todos  atentamente.   Valsivaldo  puxou  da  espada.  
  • 4. OBJETO INDIRETO termos da oração: estudo do período simples completa  o  sen,do  de  um  VTI   possui  preposição  exigida  pelo  verbo   caráter  substan,vo   Eduardo   confia   em   Deus.   VTI   OBJETO  INDIRETO   Gostamos   dos   nossos   amigos.   VTI   OBJETO  INDIRETO  
  • 5. ADJUNTO ADVERBIAL 01 termos da oração: estudo do período simples termo  de  natureza  adverbial  não  pedido  pelo  verbo   advérbio  ou  locução  preposicionada   a  circunstância  dá  nome  ao  adjunto   lugar   assunto   conformidade   oposição  ou  concessão   favor   acréscimo  ou  adição   preço   medida  ou  peso   subs,tuição   limitação   Joaquim  nasceu  em  Belo  Horizonte.   Catarina  falava  sobre  o  aumento  salarial   De  acordo  com  Lacan,  o  real  não  existe.   Apesar  da  dor,  aguentou  a  cirurgia.   Lutamos  pela  aprovação.   Além  de  Mariana,  vim  eu   A  camisa  custou  R$800,00.   O  poço  mede  dois  metros.   Juro  por  minha  mãe.   Sou  baiano  de  coração.  
  • 6. ADJUNTO ADVERBIAL 02 termos da oração: estudo do período simples termo  de  natureza  adverbial  não  pedido  pelo  verbo   advérbio  ou  locução  preposicionada   a  circunstância  dá  nome  ao  adjunto   causa   companhia   dúvida   finalidade   instrumento   intensidade   matéria   meio   modo   Ivonaldo  morreu  de  cirrose.   Saí  com  Denise.   Talvez  vá  a  Salvador  em  julho.   Fui  à  escola  para  lanchar.   Fiz  a  prova  a  lápis.   Walter  dança  muito.   O  prato  é  feito  de  porcelana.   Fui  de  avião  a  Curi4ba.   Cléber  dança  mal.  
  • 7. ADJUNTO ADNOMINAL termos da oração: estudo do período simples delimita,  restringe  ou  especifica  termo  de  valor  substan,vo   pode  ou  não  ser  preposicionado   faz  parte  de  um  sintagma  nominal   Juliana   resolveu   muitos   exercícios   diXceis.   VTD   OD   NÚCLEO  ADJUNTO  ADNOMINAL   ADJUNTO  ADNOMINAL   Duas   bailarinas   povoam   minha   cabeça.   SUJEITO  SIMPLES   ADJUNTO  ADNOMINAL   NÚCLEO   VTD   OD   ADJUNTO  ADNOMINAL   NÚCLEO   As   amigas   de   Juliana   chegaram.   SUJEITO  SIMPLES   NÚCLEO  ADJUNTO  ADNOMINAL   ADJUNTO  ADNOMINAL  
  • 8. QUESTÃO 01 termos da oração: estudo do período simples OD   Objeto  Direto   OI   Objeto  Indireto   A  ADV   Adjunto  Adverbial   A  ADN   Adjunto  Adnominal   Marília  avistou  o  parque.   Marília  gosta  do  parque.   Marília  chegou  do  parque.   A  comida  do  parque  agradou  Marília.   Encontramos  Joana  na  Avenida  Augusto  de  Lima.   Saí  com  Joana.   Confio  em  Joana.   O  caderno  de  Joana  estava  incompleto.   Cheguei  de  Madri  ontem.   Auribindo  morreu  de  desgosto.   Vi  Ibirité.   Referi-­‐me  a  Ibirité.   Comprei  muitos  presentes  em  Ibirité.  
  • 9. QUESTÃO 01 termos da oração: estudo do período simples OD   Objeto  Direto   OI   Objeto  Indireto   A  ADV   Adjunto  Adverbial   A  ADN   Adjunto  Adnominal   Marília  avistou  o  parque.   Marília  gosta  do  parque.   Marília  chegou  do  parque.   A  comida  do  parque  agradou  Marília.   Encontramos  Joana  na  Avenida  Augusto  de  Lima.   Saí  com  Joana.   Confio  em  Joana.   O  caderno  de  Joana  estava  incompleto.   Cheguei  de  Madri  ontem.   Auribindo  morreu  de  desgosto.   Vi  Ibirité.   Referi-­‐me  a  Ibirité.   Comprei  muitos  presentes  em  Ibirité.   OD   OI   A  ADV   A  ADN   OD   A  ADV   OI   A  ADN   A  ADV   A  ADV   OD   OI   A  ADV  
  • 10. COMPLEMENTO NOMINAL termos da oração: estudo do período simples termo  preposicionado  que  completa  o  sen,do  de  um  nome  de  valor  rela,vo   completa  substan,vo  abstrato  e  paciente    completa  adje,vo,  advérbio   Juliana   mora   longe   de   mim.   ADJUNTO  ADVERBIAL   COMPLEMENTO  NOMINAL   Sou   fiel   aos   nossos   ideais.   PREDICATIVO  DO  SUJEITO   ADVÉRBIO   ADJETIVO   COMPLEMENTO  NOMINAL   Tenho   certeza   de   sua   aprovação.   OBJETO  DIRETO   SUBS.  ABSTR.  PACIENTE   COMPLEMENTO  NOMINAL  
  • 11. ADJUNTOADNOMINALXCOMPLEMENTONOMINAL termos da oração: estudo do período simples ADJUNTO  ADNOMINAL   substan,vo  concreto   substan,vo  abstrato  e  agente   não  é  “pedido”  pelo  nome   COMPLEMENTO  NOMINAL   substan,vo  abstrato  e  paciente   obrigatoriamente  preposicionado   é  “pedido”  pelo  nome   O   amor   de   Marcelo   inspira   Mariana.   SUBS.  ABSTR.  AGENTE   ADJUNTO  ADNOMINAL   O   amor   a   Marcelo   inspira   Mariana.   SUBS.  ABSTR.  PACIENTE   COMPLEMENTO  NOMINAL   Marcelo  ama!   Marcelo  é  amado!   A   casa   de   pedra   resis4u   mais.   SUBST.  CONCRETO   ADJUNTO  ADNOMINAL  
  • 12. AGENTE DA PASSIVA termos da oração: estudo do período simples termo  preposicionado  que  indica  quem  pra,ca  ação  na  voz  passiva  analí,ca   preposições:  “de”  e  “por”   é  faculta,vo  [pode  ou  não  aparecer  na  VPA]   Muitos   exercícios   foram   resolvidos   por   mim.   SUJEITO  SIMPLES  (PACIENTE)   LOCUÇÃO  VERBAL   AGENTE  DA  PASSIVA   A   cidade   estava   cercada   de   inimigos.   SUJEITO  SIMPLES  (PACIENTE)   LOCUÇÃO  VERBAL   AGENTE  DA  PASSIVA  
  • 13. QUESTÃO 02 termos da oração: estudo do período simples OI   Objeto  Indireto   CN   Complemento  Nominal   AP   Agente  da  Passiva   A  ADN   Adjunto  Adnominal   Carolina  fez  referência  ao  livro.   Carolina  referiu-­‐se  ao  livro.   Carolina  foi  conquistada  pelo  livro.   A  capa  do  livro  foi  rasgada  por  Carolina.   A  capa  do  livro  foi  rasgada  por  Carolina.   Júlia  ofereceu  flores  ao  professor.   Júlia  tem  simpa4a  pelo  professor.   O  carro  do  professor  estava  no  estacionamento.   A  rua  estava  cercada  de  irlandeses.   Tenho  certeza  de  sua  aprovação.   O  livro  de  português  ajudou  na  aprovação.   Joana  está  certa  de  que  vai  passar  na  prova.   Gostamos  de  doces.  
  • 14. QUESTÃO 02 termos da oração: estudo do período simples OI   Objeto  Indireto   CN   Complemento  Nominal   AP   Agente  da  Passiva   A  ADN   Adjunto  Adnominal   Carolina  fez  referência  ao  livro.   Carolina  referiu-­‐se  ao  livro.   Carolina  foi  conquistada  pelo  livro.   A  capa  do  livro  foi  rasgada  por  Carolina.   A  capa  do  livro  foi  rasgada  por  Carolina.   Júlia  ofereceu  flores  ao  professor.   Júlia  tem  simpa4a  pelo  professor.   O  carro  do  professor  estava  no  estacionamento.   A  rua  estava  cercada  de  irlandeses.   Tenho  certeza  de  sua  aprovação.   O  livro  de  português  ajudou  na  aprovação.   Joana  está  certa  de  que  vai  passar  na  prova.   Gostamos  de  doces.   CN   OI   AP   A  ADN   AP   OI   CN   A  ADN   AP   CN   A  ADN   CN   OI  
  • 15. PREDICATIVO DO SUJEITO termos da oração: estudo do período simples termo  de  caráter  adje,vo  que,  de  dentro  do  predicado,  modifica  o  sujeito   faz  parte  do  predicado   indica  qualidade/estado/condição   Maria   encontrou   José   entristecida.   SUJEITO  SIMPLES     PREDICADO   VTD   OBJETO  DIRETO   PREDICATIVO  DO  SUJEITO   Nossas   encomendas   chegaram   despedaçadas.   SUJEITO  SIMPLES     PREDICADO   VI   PREDICATIVO  DO  SUJEITO  
  • 16. PREDICATIVO DO OBJETO termos da oração: estudo do período simples modifica  o  objeto  e  acrescenta  caracterís,ca  no  momento  em  que  se  fala   normalmente  se  refere  ao  objeto  direto   termo  de  valor  adje,vo   Maria   encontrou   José   entristecido.   SUJEITO  SIMPLES     PREDICADO   VTD   OBJETO  DIRETO   PREDICATIVO  DO  OBJETO   Nomeamos   Honorato   líder   de   turma.   VTD   OD   PREDICATIVO  DO  OBJETO  
  • 17. APOSTO termos da oração: estudo do período simples termo  que  especifica,  esclarece,  explica  ou  resume  um  nome   o  explica,vo,  virgulado,  é  o  mais  comum   equivale  a  termo  de  valor  adje,vo   A  Avenida  Antônio  Carlos  ficou  interditada   Ele,  o  boto,  era  o  culpado  de  tudo,  segundo  Joana.   Matemá4ca,  Física,  História,  nada  o  interessava.   Lacan,  médico  europeu,  disse  que  o  real  não  existe.   Queria  pouca  coisa:  a  aprovação  e  o  soldo.   aposto  especifica,vo   aposto  explica,vo   aposto  resumi,vo   aposto  explica,vo   aposto  especifica,vo  
  • 18. VOCATIVO termos da oração: estudo do período simples termo  usado  para  chamar   pode  ser  virgulado  ou  exclama,vo   na  literatura,  é  chamado  de  apóstrofe   Era  uma  vez,  um  homem  que  estava  pescando,  Maria.   Saia  já  da  sala,  Marinalva!   Astros,  noites,  tempestades,  rolai  das  imensidades.  
  • 19. QUESTÃO 03 termos da oração: estudo do período simples PS   Predica4vo  do  Sujeito   PO   Predica4vo  do  Objeto   A   Aposto   V   Voca4vo   Consideramos  o  projeto  inexequível.   Os  navios  chegaram  avariados.   Ana  encontrou  José  entristecida.   Ana  encontrou  José  entristecido.   Maria,  não  consegui  encontrar  o  livro   José,  o  padeiro  saiu.   José,  o  padeiro,  saiu.   Irritados,  pai  e  filho  saíram  de  perto  do  policial.   Carina,  minha  vizinha,  está  com  dengue.   Fui  ao  cinema  com  Clarivaldo,  Sinval.   O  estudante  e  a  estudante  são  dedicados.   Entusiasmado,  o  torcedor  gritou  durante  toda  a  madrugada.   Venha  cá,  Marivaldo.  
  • 20. QUESTÃO 03 termos da oração: estudo do período simples PS   Predica4vo  do  Sujeito   PO   Predica4vo  do  Objeto   A   Aposto   V   Voca4vo   Consideramos  o  projeto  inexequível.   Os  navios  chegaram  avariados.   Ana  encontrou  José  entristecida.   Ana  encontrou  José  entristecido.   Maria,  não  consegui  encontrar  o  livro   José,  o  padeiro  saiu.   José,  o  padeiro,  saiu.   Irritados,  pai  e  filho  saíram  de  perto  do  policial.   Carina,  minha  vizinha,  está  com  dengue.   Fui  ao  cinema  com  Clarivaldo,  Sinval.   O  estudante  e  a  estudante  são  dedicados.   Entusiasmado,  o  torcedor  gritou  durante  toda  a  madrugada.   Venha  cá,  Marivaldo.   PO   PS   PS   PO   V   V   A   PS   AP   V   PS   PS   V  
  • 21. QUESTÃO 04 exercícios sobre transitividade verbal e período simples (VUNESP/Soldado-­‐2014)  Em:  Não,  senhor,  sou  coxa  de  nascença,  o  termo  senhor   deve  ser  classificado  como:   a)  voca4vo.   b)  aposto.   c)  agente  da  passiva.   d)  complemento  verbal.   e)  complemento  nominal.  
  • 22. SOLUÇÃO COMENTADA exercícios sobre transitividade verbal e período simples O  termo  em  análise  aparece  entre  vírgulas  e  indica  com  o  quem  o  locutor  está   conversando.  Trata-­‐se  de  um  voca4vo.  Assinale-­‐se,  pois,  a  alterna4va  “a”.  
  • 23. QUESTÃO 05 exercícios sobre transitividade verbal e período simples (FUNCAB/Soldado-­‐2014)  O  termo  destacado  em  é  fácil  atribuir  responsabilidade  à   fatalidade  exerce  função  sintá4ca  de:   a)  objeto  direto.   b)  objeto  indireto.   c)  adjunto  adnominal.   d)  adjunto  adverbial.   e)  complemento  nominal.  
  • 24. SOLUÇÃO COMENTADA exercícios sobre transitividade verbal e período simples O   termo   em   análise   completa   o   sen4do   da   forma   verbal   atribuir.   No   contexto   frasal  em  análise,  quem  atribui  atribui  algo  [OD:  a  responsabilidade]  a  alguém  [OI:   à  fatalidade].  Assinale-­‐se,  pois,  a  alterna4va  “b”.  
  • 25. QUESTÃO 06 exercícios sobre transitividade verbal e período simples (URI-­‐2014)  Analise  sinta4camente  o  pronome  reflexivo  em  destaque:  O  caçador   medicou-­‐se.   a)  sujeito.   b)  objeto  direto.   c)  objeto  indireto.   d)  complemento  nominal.  
  • 26. SOLUÇÃO COMENTADA exercícios sobre transitividade verbal e período simples Na   frase   em   análise,   o   pronome   se   completa   o   sen4do   de   um   verbo   transi4vo   direto   [quem   medica,   medica   alguém].   Trata-­‐se,   pois,   de   um   objeto   direto.   Marque-­‐se  a  alterna4va  “b”.  
  • 27. QUESTÃO 07 exercícios sobre transitividade verbal e período simples (FUNCAB-­‐2012   Adaptada)   Das   opções   a   seguir,   em   apenas   uma   o   trecho   em   destaque  pode  ser  classificado  com  adjunto  adnominal:   a)  Saí  do  parque  tarde.   b)  O  portão  do  parque  emperrou.   c)  As  árvores  foram  fornecidas  pelo  parque.   d)  Gostei  do  parque.   e)  O  parque  fechou  cedo.  
  • 28. SOLUÇÃO COMENTADA exercícios sobre transitividade verbal e período simples Classificação  dos  termos  em  destaque  nas  orações:  a)  adjunto  adverbial  de  lugar;   b)  adjunto  adnominal;  c)  agente  da  passiva;  d)  objeto  indireto;  e)  sujeito.  Marque-­‐ se,  pois,  a  letra  “b”.