SlideShare uma empresa Scribd logo
Crateús/CE
ANÁLISE SINTÁTICA
Disciplina: Português
Educador: Edson Alves
CONSTRUINDO CONCEITOS
Eduardo comeu um doce de goiaba ontem.
Ontem Eduardo comeu um doce de goiaba.
Um doce de goiaba Eduardo comeu ontem.
Um comeu ontem de Eduardo goiaba doce.?
Estudar a sintaxe de um língua significa
identificar e compreender as maneiras como se
associam as palavras para formar frases. Isso
ocorre porque os enunciados da língua constituem
unidades linguísticas que possuem estrutura.
CONSTRUINDO CONCEITOS
As relações sintáticas que se estabelecem entre
as palavras definem as estruturas possíveis na
sintaxe de uma língua. Só há relações sintáticas
porque, dentro de uma estrutura, cada elemento
desempenha uma função sintática.
comeu um doce de goiabaEduardo
Sujeito
Objeto direto
Adj. adn.
Adj. adn.
VTD
FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO
FRASE – Enunciado que, independente de sua
estrutura ou extensão, traduz sentido completo em
uma situação comunicativa.
Ex.: Silêncio!
Três paixões governavam minha vida.
ORAÇÃO – Enunciado que caracterizado pela
presença obrigatória de um predicado, função
preenchida por um elemento da classe morfológica
dos verbos.
Ex.: Corram!
Esses exercícios parecem muito difíceis.
FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO
PERÍODO – Conjunto composto de uma ou mais
orações e que apresenta sentido geral autônomo em
relação aos enunciados que o precedem ou sucedem.
Ex.: Corram!
É bom que ela venha amanhã e traga os livros
O período pode ser:
SIMPLES – Quando encerra apenas uma oração.
Ex.: Três paixões governaram minha vida.
Vou trabalhar cedo amanhã.
FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO
O período pode ser:
COMPOSTO – Quando encerra mais de uma oração.
Ex.: Anseio aliviar o mal, mas não posso e sofr
Vim, vi e venci.
PREDICAÇÃO VERBAL
Observe a significação dos verbos nas frases
abaixo.
viajouEduardo
comeuEduardo
assistiuEduardo
informouEduardo
éEduardo
intransitivo
preguiçoso Verbo de ligação
maçãs
o filmea
transitivo direto
transitivo indireto
o problema a o diretor
transitivo
direto e
indireto
PREDICAÇÃO VERBAL
INTRANSITIVO – verbo de conteúdo significativo
que, por apresentar sentido completo, pode compor o
predicado sozinho, sem necessidade de complemento.
TRANSITIVO – verbo de conteúdo significativo que, por
não apresentar sentido completo, necessita de
complemento. Subdivide-se em transitivo direto,
transitivo indireto e transitivo direto e indireto (ao
mesmo tempo).
dorme.A criançaCheguei.
VI VI
sujeito
PREDICAÇÃO VERBAL
TRANSITIVO DIRETO – necessita de complemento
(objeto direto), sem preposição obrigatória.
comprou o apartamentoPedro
TRANSITIVO INDIRETO – necessita de complemento
(objeto indireto), com preposição obrigatória.
obedece o regulamentoPedro a
Objeto direto
Objeto indireto
Suj. VTD
Suj. VTI
PREDICAÇÃO VERBAL
TRANSITIVO DIRETO E INDIRETO (AO MESMO
TEMPO) – necessita de dois complementos, um sem
(objeto direto) e um com (objeto indireto) preposição
obrigatória.
ofereceu floresPedro Fernanda.a
O. D.
O. I.
Suj. VTDI
PREDICAÇÃO VERBAL
VERBO DE LIGAÇÃO – Liga uma palavra ou expressão
significativa ao sujeito. Essa palavra ou expressão
denomina-se predicativo do sujeito. Quando assim
ocorre, o sujeito não pratica nem sofre ação alguma, pois
não há ação verbal, trata-se, tão somente, de um estado
ou de uma mudança de estado.
está triste.Pedro
Predicativo
do sujeito
Suj. VL
TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO
SUJEITO – É o termo com o qual concorda o verbo em
número e pessoa.
PREDICADO – É o termo da oração ao qual pertence o
verbo.
estava tranquiloMarcelo
Sujeito Predicado
Ficaram velhas todas as notícias
SujeitoPredicado
TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO
MÉTODO PRÁTICO
Para se descobrir o sujeito de uma oração pergunta-se “quem?”
ou “o que?” antes do verbo.
Ex.: Ernesto quebrou o vaso.
Quem quebrou o vaso? Ernesto (sujeito)
Ex.: O vaso foi quebrado por Ernesto.
O que foi quebrado? O vaso (sujeito)
CLASSIFICAÇÃO DO SUJEITO
SIMPLES – É o que apresenta apenas um núcleo.
Continua imunda a casa da praia.
Sujeito simplesPredicado
COMPOSTO – É o que apresenta mais de um
núcleo.
casaram-se em Paris.Eduardo e Mônica
Sujeito composto
Predicado
CLASSIFICAÇÃO DO SUJEITO
OCULTO/ DESINENCIAL – Diz-se que o sujeito
está implícito na desinência verbal (ou oculto) quando
este sofre elipse, ou seja, é suprimido do enunciado,
podendo, contudo, ser facilmente recuperado.
Confiamos muito no novo diretor.(Nós)
Sujeito oculto
Predicado
CLASSIFICAÇÃO DO SUJEITO
Ainda está chovendo?
Há, entretanto, situações em que a oração não apresenta
sujeito. Isso ocorre quando o enunciado do predicado não
se refere a nenhum ser, pois seu verbo é impessoal.
1ª - verbo que exprime fenômenos naturais: chover,
ventar, nevar, anoitecer, amanhecer, etc.
CLASSIFICAÇÃO DO PREDICADO
VERBAL – aquele cujo núcleo é um verbo
significativo (intransitivo ou transitivo).
Dependendo de seu núcleo, o predicado poderá ser
verbal ou nominal
O trem chegou à estação. Predicado verbal
Sujeito VI
NOMINAL – aquele cujo núcleo é um predicativo
do sujeito, ou seja, um termo do predicado que se
refere ao sujeito, atribuindo-lhe uma característica,
um estado ou um modo de ser.
O trem está atrasado. Predicado nominal
Sujeito VL
Predicativo
do sujeito
TERMOS INTEGRANTES DA
ORAÇÃO
OBJETO DIRETO – Termo da oração que completa
a significação do verbo transitivo direto sem
preposição obrigatória.
vendia livros.Carlos Objeto direto
Suj. VTD
vendiaosCarlos
Suj. VTD
Objeto direto
Os pronomes o, a, os, as, funcionam como objeto direto e os
pronomes lhe, lhes, como objeto indireto. Já os pronomes
me, te, se nos, vos podem assumir a função de objeto direto
ou objeto indireto.
TERMOS ACESSÓRIOS
menino chegou.O
Adj.
Adn.
ADJUNTO ADNOMINAL - Termo da oração que se refere
a um substantivo para determiná-lo ou caracterizá-lo. Pode
ser representado por: um artigo, um numeral, um pronome
adjetivo, um adjetivo, uma locução adjetiva ou equivalente.
(artigo)
meninos chegaram.DoisAdj.
Adn. (numeral)
meninos chegaram.AquelesAdj.
Adn. (pronome)
Meninos chegaram.tristes
Adj.
Adn.
(adjetivo)
ADJUNTO ADNOMINAL
Meninos chegaram.do interior
Adj.
Adn.
(locução adjetiva)
os documentos-me
Adj.
Adn.
(pronome pessoal
oblíquo – com valor
de possessivo)
Trouxeram
TERMOS ACESSÓRIOS
O inverno chegou
ADJUNTO ADVERBIAL - É o termo da oração que se liga
a um verbo de sentido completo, com ou sem preposição, ou a
adjetivos e a advérbios, a fim de indicar uma circunstância
ou intensificar-lhes o sentido.
Adjunto adverbial de tempocedo.
A prova foi Adjunto adverbial de intensidademuito fácil.
Chegamos Adjunto adverbial de intensidadedemais.cedo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conjunções coordenativas e subordinativas
Conjunções coordenativas e subordinativasConjunções coordenativas e subordinativas
Conjunções coordenativas e subordinativas
Lidiane Rodrigues
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
Aline Castro
 
Estrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasEstrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavras
Keu Oliveira
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
Sadrak Silva
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
PaolaLins
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
Lidiane Rodrigues
 
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
EstudareLegal
 
Tipos de predicado
Tipos de predicadoTipos de predicado
Tipos de predicado
Vivian gusm?
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
guest7174ad
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
Carolina Loçasso Pereira
 
Adjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominalAdjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominal
Neily Alves
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
silnog
 
Verbos
Verbos  Verbos
Verbos
Juliana Mota
 
RegêNcia Verbal
RegêNcia VerbalRegêNcia Verbal
RegêNcia Verbal
Miguel Neto
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
Cláudia Heloísa
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
Edivaldo S de Abreu
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
Andriane Cursino
 
Frase, oração e período
Frase, oração e períodoFrase, oração e período
Frase, oração e período
Mara Virginia
 
Verbo
VerboVerbo
Gênero Cronica
Gênero Cronica Gênero Cronica
Gênero Cronica
Lineia Bertollo
 

Mais procurados (20)

Conjunções coordenativas e subordinativas
Conjunções coordenativas e subordinativasConjunções coordenativas e subordinativas
Conjunções coordenativas e subordinativas
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
 
Estrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasEstrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavras
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
 
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
 
Tipos de predicado
Tipos de predicadoTipos de predicado
Tipos de predicado
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
 
Adjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominalAdjunto adnominal x complemento nominal
Adjunto adnominal x complemento nominal
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
 
Verbos
Verbos  Verbos
Verbos
 
RegêNcia Verbal
RegêNcia VerbalRegêNcia Verbal
RegêNcia Verbal
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
 
Frase, oração e período
Frase, oração e períodoFrase, oração e período
Frase, oração e período
 
Verbo
VerboVerbo
Verbo
 
Gênero Cronica
Gênero Cronica Gênero Cronica
Gênero Cronica
 

Destaque

Funções sintáticas da frase
Funções sintáticas da fraseFunções sintáticas da frase
Funções sintáticas da frase
Vanda Marques
 
Analise sintatica
Analise sintaticaAnalise sintatica
Analise sintatica
Rebeca Kaus
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
Karla Costa
 
Sintaxe
SintaxeSintaxe
Sintaxe PortuguêS
Sintaxe   PortuguêSSintaxe   PortuguêS
Sintaxe PortuguêS
j040
 
Revisão sintaxe
Revisão   sintaxeRevisão   sintaxe
Revisão sintaxe
Leonardo Monteiro
 
Funções sintáticas
Funções sintáticasFunções sintáticas
Funções sintáticas
Célia Gonçalves
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
Rebeca Kaus
 
Predicado classificação
Predicado   classificaçãoPredicado   classificação
Predicado classificação
SEEDUC
 
Elementos de análise sintática predicado
Elementos de análise sintática   predicadoElementos de análise sintática   predicado
Elementos de análise sintática predicado
vinivs
 
O Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a Acessão
O Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a AcessãoO Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a Acessão
O Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a Acessão
IRIB
 
Termos da oração i
Termos da oração iTermos da oração i
Termos da oração i
ProfFernandaBraga
 
Aula 5 de_lingua_portuguesa (2)
Aula 5 de_lingua_portuguesa (2)Aula 5 de_lingua_portuguesa (2)
Aula 5 de_lingua_portuguesa (2)
Lidiane Silva
 
Termos acessórios
Termos acessóriosTermos acessórios
Termos acessórios
Edson Dorneles
 
Aula de imersão linguagem, língua e fala
Aula  de  imersão  linguagem, língua e falaAula  de  imersão  linguagem, língua e fala
Aula de imersão linguagem, língua e fala
Renato Oliveira
 
Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2
Diego Prezia
 
Predicação verbal
Predicação verbal Predicação verbal
Predicação verbal
Sâmara Souza de Azevedo
 
Curriculo em Movimento da Educação Básica Lingua Portuguesa / DF
Curriculo em Movimento da Educação Básica Lingua Portuguesa / DFCurriculo em Movimento da Educação Básica Lingua Portuguesa / DF
Curriculo em Movimento da Educação Básica Lingua Portuguesa / DF
QUEDMA SILVA
 
Analise sintática
Analise sintáticaAnalise sintática
Analise sintática
Patricia Kelly
 
Predicado
PredicadoPredicado
Predicado
Diego Prezia
 

Destaque (20)

Funções sintáticas da frase
Funções sintáticas da fraseFunções sintáticas da frase
Funções sintáticas da frase
 
Analise sintatica
Analise sintaticaAnalise sintatica
Analise sintatica
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
 
Sintaxe
SintaxeSintaxe
Sintaxe
 
Sintaxe PortuguêS
Sintaxe   PortuguêSSintaxe   PortuguêS
Sintaxe PortuguêS
 
Revisão sintaxe
Revisão   sintaxeRevisão   sintaxe
Revisão sintaxe
 
Funções sintáticas
Funções sintáticasFunções sintáticas
Funções sintáticas
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
 
Predicado classificação
Predicado   classificaçãoPredicado   classificação
Predicado classificação
 
Elementos de análise sintática predicado
Elementos de análise sintática   predicadoElementos de análise sintática   predicado
Elementos de análise sintática predicado
 
O Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a Acessão
O Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a AcessãoO Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a Acessão
O Desaparecimento e Recomposição de Imóveis - A Perda e a Acessão
 
Termos da oração i
Termos da oração iTermos da oração i
Termos da oração i
 
Aula 5 de_lingua_portuguesa (2)
Aula 5 de_lingua_portuguesa (2)Aula 5 de_lingua_portuguesa (2)
Aula 5 de_lingua_portuguesa (2)
 
Termos acessórios
Termos acessóriosTermos acessórios
Termos acessórios
 
Aula de imersão linguagem, língua e fala
Aula  de  imersão  linguagem, língua e falaAula  de  imersão  linguagem, língua e fala
Aula de imersão linguagem, língua e fala
 
Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2
 
Predicação verbal
Predicação verbal Predicação verbal
Predicação verbal
 
Curriculo em Movimento da Educação Básica Lingua Portuguesa / DF
Curriculo em Movimento da Educação Básica Lingua Portuguesa / DFCurriculo em Movimento da Educação Básica Lingua Portuguesa / DF
Curriculo em Movimento da Educação Básica Lingua Portuguesa / DF
 
Analise sintática
Analise sintáticaAnalise sintática
Analise sintática
 
Predicado
PredicadoPredicado
Predicado
 

Semelhante a Análise sintática

Período Simples
Período Simples Período Simples
Período Simples
Lidiane Rodrigues
 
Período Simples
Período SimplesPeríodo Simples
Período Simples
Jorge Henrique
 
Periodo simples
Periodo simplesPeriodo simples
Periodo simples
nayara775
 
TRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBAL
TRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBALTRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBAL
TRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBAL
RegileneCutrim1
 
Predicação verbal
Predicação verbal Predicação verbal
Predicação verbal
Edson Alves
 
Revisão inicial 8º ano.
Revisão inicial 8º ano.Revisão inicial 8º ano.
Revisão inicial 8º ano.
Carolina Loçasso Pereira
 
Slide língua portuguesa português 8 ano.pptx
Slide língua portuguesa português 8 ano.pptxSlide língua portuguesa português 8 ano.pptx
Slide língua portuguesa português 8 ano.pptx
ssuserf54fa01
 
Sujeito e predicado
Sujeito e predicadoSujeito e predicado
Sujeito e predicado
RORI21
 
TIPOS DE VERBOS
TIPOS DE VERBOSTIPOS DE VERBOS
TIPOS DE VERBOS
Luciene Gomes
 
Termos essenciais da oração
Termos essenciais da oraçãoTermos essenciais da oração
Termos essenciais da oração
João Mendonça
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
AJFG1
 
Sujeito e predicado
Sujeito e predicadoSujeito e predicado
Sujeito e predicado
vitoria Figueiredo
 
Aula funções sintáticas
Aula funções sintáticasAula funções sintáticas
Aula funções sintáticas
fabio coutinho silva
 
Aula 9 períodos
Aula 9   períodosAula 9   períodos
Aula 9 períodos
J M
 
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oraçãowww.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
Lucia Silveira
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
Anna Paula
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oraçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
Márcia De Bianci
 
3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx
3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx
3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx
Marlene Cunhada
 
Revisão inicial 9º ano.
Revisão inicial 9º ano.Revisão inicial 9º ano.
Revisão inicial 9º ano.
Carolina Loçasso Pereira
 
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
Videoaulas De Português Apoio
 

Semelhante a Análise sintática (20)

Período Simples
Período Simples Período Simples
Período Simples
 
Período Simples
Período SimplesPeríodo Simples
Período Simples
 
Periodo simples
Periodo simplesPeriodo simples
Periodo simples
 
TRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBAL
TRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBALTRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBAL
TRANSITIVIDADE VERBAL /PREDICAÇÃO VERBAL
 
Predicação verbal
Predicação verbal Predicação verbal
Predicação verbal
 
Revisão inicial 8º ano.
Revisão inicial 8º ano.Revisão inicial 8º ano.
Revisão inicial 8º ano.
 
Slide língua portuguesa português 8 ano.pptx
Slide língua portuguesa português 8 ano.pptxSlide língua portuguesa português 8 ano.pptx
Slide língua portuguesa português 8 ano.pptx
 
Sujeito e predicado
Sujeito e predicadoSujeito e predicado
Sujeito e predicado
 
TIPOS DE VERBOS
TIPOS DE VERBOSTIPOS DE VERBOS
TIPOS DE VERBOS
 
Termos essenciais da oração
Termos essenciais da oraçãoTermos essenciais da oração
Termos essenciais da oração
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Sujeito e predicado
Sujeito e predicadoSujeito e predicado
Sujeito e predicado
 
Aula funções sintáticas
Aula funções sintáticasAula funções sintáticas
Aula funções sintáticas
 
Aula 9 períodos
Aula 9   períodosAula 9   períodos
Aula 9 períodos
 
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oraçãowww.aulaparticularonline.net.br - Português -  Termos da Oração
www.aulaparticularonline.net.br - Português - Termos da Oração
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Termos da Oração
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Termos da Oração
 
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oraçãowww.explicadoraescolar.com.br - Português -  Termos da Oração
www.explicadoraescolar.com.br - Português - Termos da Oração
 
3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx
3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx
3 2 - termos-integrantes-da-oracao-.pptx
 
Revisão inicial 9º ano.
Revisão inicial 9º ano.Revisão inicial 9º ano.
Revisão inicial 9º ano.
 
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oraçãowww.AulasDePortuguesApoio.com     - Português -  Termos da Oração
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Termos da Oração
 

Mais de Edson Alves

Gênero editorial
Gênero editorialGênero editorial
Gênero editorial
Edson Alves
 
Crase
CraseCrase
Regência
RegênciaRegência
Regência
Edson Alves
 
Concordância
ConcordânciaConcordância
Concordância
Edson Alves
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
Edson Alves
 
Artigo de opnião
Artigo de opniãoArtigo de opnião
Artigo de opnião
Edson Alves
 
Concordância
ConcordânciaConcordância
Concordância
Edson Alves
 
Ortografia c ç s ss x
Ortografia c ç s ss xOrtografia c ç s ss x
Ortografia c ç s ss x
Edson Alves
 
Orientações de redação
Orientações de redaçãoOrientações de redação
Orientações de redação
Edson Alves
 
Morfologia
MorfologiaMorfologia
Morfologia
Edson Alves
 
Estruturaeformaodaspalavras 110320151038-phpapp02
Estruturaeformaodaspalavras 110320151038-phpapp02Estruturaeformaodaspalavras 110320151038-phpapp02
Estruturaeformaodaspalavras 110320151038-phpapp02
Edson Alves
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
Edson Alves
 
Cronicas 1208643843442340-8
Cronicas 1208643843442340-8Cronicas 1208643843442340-8
Cronicas 1208643843442340-8
Edson Alves
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
Edson Alves
 
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Edson Alves
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
Edson Alves
 
Figuras de sintaxe
Figuras de sintaxeFiguras de sintaxe
Figuras de sintaxe
Edson Alves
 
Vozes verbais
Vozes verbaisVozes verbais
Vozes verbais
Edson Alves
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
Edson Alves
 
Adjetivos pátrios
Adjetivos pátriosAdjetivos pátrios
Adjetivos pátrios
Edson Alves
 

Mais de Edson Alves (20)

Gênero editorial
Gênero editorialGênero editorial
Gênero editorial
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
 
Concordância
ConcordânciaConcordância
Concordância
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
 
Artigo de opnião
Artigo de opniãoArtigo de opnião
Artigo de opnião
 
Concordância
ConcordânciaConcordância
Concordância
 
Ortografia c ç s ss x
Ortografia c ç s ss xOrtografia c ç s ss x
Ortografia c ç s ss x
 
Orientações de redação
Orientações de redaçãoOrientações de redação
Orientações de redação
 
Morfologia
MorfologiaMorfologia
Morfologia
 
Estruturaeformaodaspalavras 110320151038-phpapp02
Estruturaeformaodaspalavras 110320151038-phpapp02Estruturaeformaodaspalavras 110320151038-phpapp02
Estruturaeformaodaspalavras 110320151038-phpapp02
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
 
Cronicas 1208643843442340-8
Cronicas 1208643843442340-8Cronicas 1208643843442340-8
Cronicas 1208643843442340-8
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
 
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
 
Figuras de sintaxe
Figuras de sintaxeFiguras de sintaxe
Figuras de sintaxe
 
Vozes verbais
Vozes verbaisVozes verbais
Vozes verbais
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
 
Adjetivos pátrios
Adjetivos pátriosAdjetivos pátrios
Adjetivos pátrios
 

Último

CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
Deiciane Chaves
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
EdimaresSilvestre
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
y6zh7bvphf
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 

Último (20)

CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 

Análise sintática

  • 2. CONSTRUINDO CONCEITOS Eduardo comeu um doce de goiaba ontem. Ontem Eduardo comeu um doce de goiaba. Um doce de goiaba Eduardo comeu ontem. Um comeu ontem de Eduardo goiaba doce.? Estudar a sintaxe de um língua significa identificar e compreender as maneiras como se associam as palavras para formar frases. Isso ocorre porque os enunciados da língua constituem unidades linguísticas que possuem estrutura.
  • 3. CONSTRUINDO CONCEITOS As relações sintáticas que se estabelecem entre as palavras definem as estruturas possíveis na sintaxe de uma língua. Só há relações sintáticas porque, dentro de uma estrutura, cada elemento desempenha uma função sintática. comeu um doce de goiabaEduardo Sujeito Objeto direto Adj. adn. Adj. adn. VTD
  • 4. FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO FRASE – Enunciado que, independente de sua estrutura ou extensão, traduz sentido completo em uma situação comunicativa. Ex.: Silêncio! Três paixões governavam minha vida. ORAÇÃO – Enunciado que caracterizado pela presença obrigatória de um predicado, função preenchida por um elemento da classe morfológica dos verbos. Ex.: Corram! Esses exercícios parecem muito difíceis.
  • 5. FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO PERÍODO – Conjunto composto de uma ou mais orações e que apresenta sentido geral autônomo em relação aos enunciados que o precedem ou sucedem. Ex.: Corram! É bom que ela venha amanhã e traga os livros O período pode ser: SIMPLES – Quando encerra apenas uma oração. Ex.: Três paixões governaram minha vida. Vou trabalhar cedo amanhã.
  • 6. FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO O período pode ser: COMPOSTO – Quando encerra mais de uma oração. Ex.: Anseio aliviar o mal, mas não posso e sofr Vim, vi e venci.
  • 7. PREDICAÇÃO VERBAL Observe a significação dos verbos nas frases abaixo. viajouEduardo comeuEduardo assistiuEduardo informouEduardo éEduardo intransitivo preguiçoso Verbo de ligação maçãs o filmea transitivo direto transitivo indireto o problema a o diretor transitivo direto e indireto
  • 8. PREDICAÇÃO VERBAL INTRANSITIVO – verbo de conteúdo significativo que, por apresentar sentido completo, pode compor o predicado sozinho, sem necessidade de complemento. TRANSITIVO – verbo de conteúdo significativo que, por não apresentar sentido completo, necessita de complemento. Subdivide-se em transitivo direto, transitivo indireto e transitivo direto e indireto (ao mesmo tempo). dorme.A criançaCheguei. VI VI sujeito
  • 9. PREDICAÇÃO VERBAL TRANSITIVO DIRETO – necessita de complemento (objeto direto), sem preposição obrigatória. comprou o apartamentoPedro TRANSITIVO INDIRETO – necessita de complemento (objeto indireto), com preposição obrigatória. obedece o regulamentoPedro a Objeto direto Objeto indireto Suj. VTD Suj. VTI
  • 10. PREDICAÇÃO VERBAL TRANSITIVO DIRETO E INDIRETO (AO MESMO TEMPO) – necessita de dois complementos, um sem (objeto direto) e um com (objeto indireto) preposição obrigatória. ofereceu floresPedro Fernanda.a O. D. O. I. Suj. VTDI
  • 11. PREDICAÇÃO VERBAL VERBO DE LIGAÇÃO – Liga uma palavra ou expressão significativa ao sujeito. Essa palavra ou expressão denomina-se predicativo do sujeito. Quando assim ocorre, o sujeito não pratica nem sofre ação alguma, pois não há ação verbal, trata-se, tão somente, de um estado ou de uma mudança de estado. está triste.Pedro Predicativo do sujeito Suj. VL
  • 12. TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO SUJEITO – É o termo com o qual concorda o verbo em número e pessoa. PREDICADO – É o termo da oração ao qual pertence o verbo. estava tranquiloMarcelo Sujeito Predicado Ficaram velhas todas as notícias SujeitoPredicado
  • 13. TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO MÉTODO PRÁTICO Para se descobrir o sujeito de uma oração pergunta-se “quem?” ou “o que?” antes do verbo. Ex.: Ernesto quebrou o vaso. Quem quebrou o vaso? Ernesto (sujeito) Ex.: O vaso foi quebrado por Ernesto. O que foi quebrado? O vaso (sujeito)
  • 14. CLASSIFICAÇÃO DO SUJEITO SIMPLES – É o que apresenta apenas um núcleo. Continua imunda a casa da praia. Sujeito simplesPredicado COMPOSTO – É o que apresenta mais de um núcleo. casaram-se em Paris.Eduardo e Mônica Sujeito composto Predicado
  • 15. CLASSIFICAÇÃO DO SUJEITO OCULTO/ DESINENCIAL – Diz-se que o sujeito está implícito na desinência verbal (ou oculto) quando este sofre elipse, ou seja, é suprimido do enunciado, podendo, contudo, ser facilmente recuperado. Confiamos muito no novo diretor.(Nós) Sujeito oculto Predicado
  • 16. CLASSIFICAÇÃO DO SUJEITO Ainda está chovendo? Há, entretanto, situações em que a oração não apresenta sujeito. Isso ocorre quando o enunciado do predicado não se refere a nenhum ser, pois seu verbo é impessoal. 1ª - verbo que exprime fenômenos naturais: chover, ventar, nevar, anoitecer, amanhecer, etc.
  • 17. CLASSIFICAÇÃO DO PREDICADO VERBAL – aquele cujo núcleo é um verbo significativo (intransitivo ou transitivo). Dependendo de seu núcleo, o predicado poderá ser verbal ou nominal O trem chegou à estação. Predicado verbal Sujeito VI NOMINAL – aquele cujo núcleo é um predicativo do sujeito, ou seja, um termo do predicado que se refere ao sujeito, atribuindo-lhe uma característica, um estado ou um modo de ser. O trem está atrasado. Predicado nominal Sujeito VL Predicativo do sujeito
  • 18. TERMOS INTEGRANTES DA ORAÇÃO OBJETO DIRETO – Termo da oração que completa a significação do verbo transitivo direto sem preposição obrigatória. vendia livros.Carlos Objeto direto Suj. VTD vendiaosCarlos Suj. VTD Objeto direto Os pronomes o, a, os, as, funcionam como objeto direto e os pronomes lhe, lhes, como objeto indireto. Já os pronomes me, te, se nos, vos podem assumir a função de objeto direto ou objeto indireto.
  • 19. TERMOS ACESSÓRIOS menino chegou.O Adj. Adn. ADJUNTO ADNOMINAL - Termo da oração que se refere a um substantivo para determiná-lo ou caracterizá-lo. Pode ser representado por: um artigo, um numeral, um pronome adjetivo, um adjetivo, uma locução adjetiva ou equivalente. (artigo) meninos chegaram.DoisAdj. Adn. (numeral) meninos chegaram.AquelesAdj. Adn. (pronome) Meninos chegaram.tristes Adj. Adn. (adjetivo)
  • 20. ADJUNTO ADNOMINAL Meninos chegaram.do interior Adj. Adn. (locução adjetiva) os documentos-me Adj. Adn. (pronome pessoal oblíquo – com valor de possessivo) Trouxeram
  • 21. TERMOS ACESSÓRIOS O inverno chegou ADJUNTO ADVERBIAL - É o termo da oração que se liga a um verbo de sentido completo, com ou sem preposição, ou a adjetivos e a advérbios, a fim de indicar uma circunstância ou intensificar-lhes o sentido. Adjunto adverbial de tempocedo. A prova foi Adjunto adverbial de intensidademuito fácil. Chegamos Adjunto adverbial de intensidadedemais.cedo