SlideShare uma empresa Scribd logo
Formadora: Lurdes Martins
UFCD 6560
COMUNICAÇÃO
NA INTERAÇÃO
COM O UTENTE,
CUIDADOR E/OU
FAMILIA
6 – T A R E F A S Q U E E M
R E L A Ç Ã O A E S T A T E M Á T I C A
S E E N C O N T R A M N O Â M B I T O
D E I N T E R V E N Ç Ã O D O / A
T É C N I C O / A A U X I L I A R D E
S A Ú D E
• Auxiliar na prestação de cuidados aos utentes, de acordo com orientações do
enfermeiro;
• Executar tarefas que exijam uma intervenção imediata e simultânea ao alerta do
técnico/a de saúde.
• Relação de ajuda ao doente/utente, convivente significativo ou familiar;
• Promoção da melhoria do estado de saúde do doente em situação de urgência ou
emergência;
• O cuidar de doentes que se encontram em risco de vida;
• A identificação de problemas nos doentes;
• Aspetos da comunicação com o doente e a família.
 Tarefas que, sob orientação de um profissional de saúde, tem
de executar sob sua supervisão direta
• Adaptar-se e atualizar-se a novos produtos, materiais, equipamentos e
tecnologias.
• Agir em função das orientações do profissional de saúde e sob a sua
supervisão.
• Agir em função de normas e/ou procedimentos.
• Agir em função de princípios de ética.
• Agir em função do estado de saúde do utente,
• Agir em função dos aspetos culturais dos diferentes públicos.
• Assumir uma atitude de melhoria contínua.
• Concentrar-se na execução das tarefas.
• Trabalhar em equipa multidisciplinar.
 O Técnico/a auxiliar de saúde deve
• Agir em função do bem-estar de terceiros.
• Comunicar de forma clara e assertiva
• Demonstrar compreensão, paciência e sensibilidade na interação com
utentes.
• Demonstrar interesse e disponibilidade na interação com utentes,
familiares e/ou cuidadores.
• Demonstrar interesse e disponibilidade na interação com os colegas
de trabalho.
• Demonstrar segurança durante a execução das tarefas.
• Autocontrolar-se em situações críticas e de limite.
 O Técnico/a auxiliar de saúde deve
• Auxiliar na prestação de cuidados aos utentes, de acordo com orientações do
enfermeiro.
• Auxiliar nos cuidados pós-morte, de acordo com orientações do profissional de
saúde.
• Assegurar a limpeza, higienização e transporte de roupas, espaços, materiais e
equipamentos, sob a orientação de profissional de saúde.
• Assegurar atividades de apoio ao funcionamento das diferentes unidades e
serviços de saúde.
 Tarefas que o/a técnico/a auxiliar de saúde, sob orientação e
supervisão, pode executar sozinho/a:
• Auxiliar o profissional de saúde na recolha de amostras biológicas e transporte
para o serviço adequado, de acordo com normas e/ou procedimentos definidos;
• Efetuar o transporte de informação entre as diferentes unidades e serviços de
prestação de cuidados de saúde;
• Encaminhar os contactos telefónicos de acordo com normas e/ ou procedimentos
definidos;
• Encaminhar o utente, familiar e/ou cuidador, de acordo com normas e/ ou
procedimentos definidos.
 Tarefas que o/a técnico/a auxiliar de saúde, sob orientação e
supervisão, pode executar sozinho/a:
• Ter capacidade de especificar e fazer especificar;
• Ter capacidade de respeitar-se a si mesmo e ao utente;
• Ter capacidade de ser congruente consigo mesmo e na relação com o
utente;
• Ter capacidade de ser simpático;
• Ter capacidade de confrontar-se e confrontar os outros;
• Ter capacidade de escuta.
 O técnico/a de saúde que ajuda deve possuir algumas
capacidades:
Tenha orgulho em ser um
profissional competente e com
espírito de serviço, centrado no
outro.
Os utentes agradecem e as
organizações evoluem!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...
UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...
UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...
Manualis
 
UFCD_6577_Cuidados na saúde infantil_índice
UFCD_6577_Cuidados na saúde infantil_índiceUFCD_6577_Cuidados na saúde infantil_índice
UFCD_6577_Cuidados na saúde infantil_índice
Manuais Formação
 
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
I.Braz Slideshares
 
UFCD6585 Namual TAS 3.pptx
UFCD6585 Namual TAS 3.pptxUFCD6585 Namual TAS 3.pptx
UFCD6585 Namual TAS 3.pptx
Nome Sobrenome
 
UFCD 6575 - Cuidados na Alimentação e Hidratação
UFCD 6575 - Cuidados na Alimentação e HidrataçãoUFCD 6575 - Cuidados na Alimentação e Hidratação
UFCD 6575 - Cuidados na Alimentação e Hidratação
Manualis
 
UFCD - 6559 - COMUNICAÇÃO NA PRESTAÇÃO DE CUIDADOS EM SAÚDE
UFCD - 6559 - COMUNICAÇÃO NA PRESTAÇÃO DE CUIDADOS EM SAÚDEUFCD - 6559 - COMUNICAÇÃO NA PRESTAÇÃO DE CUIDADOS EM SAÚDE
UFCD - 6559 - COMUNICAÇÃO NA PRESTAÇÃO DE CUIDADOS EM SAÚDE
Manualis
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
Susana Cardoso
 
UfCD - 6582 -Cuidados de saúde Pos- Morten- .pptx
UfCD - 6582 -Cuidados de saúde Pos- Morten- .pptxUfCD - 6582 -Cuidados de saúde Pos- Morten- .pptx
UfCD - 6582 -Cuidados de saúde Pos- Morten- .pptx
Nome Sobrenome
 
UFCD - 6560 - Comunicação na Interação com o Utente, Cuidador e/ou Família
UFCD - 6560 -  Comunicação na Interação com o Utente, Cuidador e/ou FamíliaUFCD - 6560 -  Comunicação na Interação com o Utente, Cuidador e/ou Família
UFCD - 6560 - Comunicação na Interação com o Utente, Cuidador e/ou Família
Manualis
 
Esterilização dos materiais hospitalares
Esterilização dos materiais hospitalares Esterilização dos materiais hospitalares
Esterilização dos materiais hospitalares
Pedro Alves
 
A comunicação na interação com indivíduos em situações de vulnerabilidade
A comunicação na interação com indivíduos em situações de vulnerabilidadeA comunicação na interação com indivíduos em situações de vulnerabilidade
A comunicação na interação com indivíduos em situações de vulnerabilidade
Lurdes Martins
 
UFCD_6567 Noções Gerais sobre o Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-R...
UFCD_6567 Noções Gerais sobre o Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-R...UFCD_6567 Noções Gerais sobre o Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-R...
UFCD_6567 Noções Gerais sobre o Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-R...
Manuais Formação
 
Ufcd 6558 atividade profissional do técnico auxiliar de saúde_índice
Ufcd 6558 atividade profissional do técnico auxiliar de saúde_índiceUfcd 6558 atividade profissional do técnico auxiliar de saúde_índice
Ufcd 6558 atividade profissional do técnico auxiliar de saúde_índice
Manuais Formação
 
UFCD - 6580 - Cuidados na Saúde a Populações mais Vulneráveis
UFCD - 6580 - Cuidados na Saúde a Populações mais VulneráveisUFCD - 6580 - Cuidados na Saúde a Populações mais Vulneráveis
UFCD - 6580 - Cuidados na Saúde a Populações mais Vulneráveis
Manualis
 
Agitacao a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...
Agitacao a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...Agitacao a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...
Agitacao a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...
Lurdesmartins17
 
UFCD - 6585 - CUIDADOS E TRANSPORTE NAS UNIDADES E SERVIÇOS DA REDE NACIONAL ...
UFCD - 6585 - CUIDADOS E TRANSPORTE NAS UNIDADES E SERVIÇOS DA REDE NACIONAL ...UFCD - 6585 - CUIDADOS E TRANSPORTE NAS UNIDADES E SERVIÇOS DA REDE NACIONAL ...
UFCD - 6585 - CUIDADOS E TRANSPORTE NAS UNIDADES E SERVIÇOS DA REDE NACIONAL ...
Manualis
 
219275986 manual-ufcd-6571-tecnicas-de-posicionamento-mobilizacao-transferenc...
219275986 manual-ufcd-6571-tecnicas-de-posicionamento-mobilizacao-transferenc...219275986 manual-ufcd-6571-tecnicas-de-posicionamento-mobilizacao-transferenc...
219275986 manual-ufcd-6571-tecnicas-de-posicionamento-mobilizacao-transferenc...
Patricia Mendes
 
UFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares .pptx
UFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares  .pptxUFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares  .pptx
UFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares .pptx
Nome Sobrenome
 
Tarefas do tas higiene seguranca e saude
Tarefas do tas higiene seguranca e saudeTarefas do tas higiene seguranca e saude
Tarefas do tas higiene seguranca e saude
Lurdesmartins17
 
UFCD - 6579 Cuidados na Saúde Mental
UFCD -  6579 Cuidados na Saúde MentalUFCD -  6579 Cuidados na Saúde Mental
UFCD - 6579 Cuidados na Saúde Mental
Nome Sobrenome
 

Mais procurados (20)

UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...
UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...
UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...
 
UFCD_6577_Cuidados na saúde infantil_índice
UFCD_6577_Cuidados na saúde infantil_índiceUFCD_6577_Cuidados na saúde infantil_índice
UFCD_6577_Cuidados na saúde infantil_índice
 
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
 
UFCD6585 Namual TAS 3.pptx
UFCD6585 Namual TAS 3.pptxUFCD6585 Namual TAS 3.pptx
UFCD6585 Namual TAS 3.pptx
 
UFCD 6575 - Cuidados na Alimentação e Hidratação
UFCD 6575 - Cuidados na Alimentação e HidrataçãoUFCD 6575 - Cuidados na Alimentação e Hidratação
UFCD 6575 - Cuidados na Alimentação e Hidratação
 
UFCD - 6559 - COMUNICAÇÃO NA PRESTAÇÃO DE CUIDADOS EM SAÚDE
UFCD - 6559 - COMUNICAÇÃO NA PRESTAÇÃO DE CUIDADOS EM SAÚDEUFCD - 6559 - COMUNICAÇÃO NA PRESTAÇÃO DE CUIDADOS EM SAÚDE
UFCD - 6559 - COMUNICAÇÃO NA PRESTAÇÃO DE CUIDADOS EM SAÚDE
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
 
UfCD - 6582 -Cuidados de saúde Pos- Morten- .pptx
UfCD - 6582 -Cuidados de saúde Pos- Morten- .pptxUfCD - 6582 -Cuidados de saúde Pos- Morten- .pptx
UfCD - 6582 -Cuidados de saúde Pos- Morten- .pptx
 
UFCD - 6560 - Comunicação na Interação com o Utente, Cuidador e/ou Família
UFCD - 6560 -  Comunicação na Interação com o Utente, Cuidador e/ou FamíliaUFCD - 6560 -  Comunicação na Interação com o Utente, Cuidador e/ou Família
UFCD - 6560 - Comunicação na Interação com o Utente, Cuidador e/ou Família
 
Esterilização dos materiais hospitalares
Esterilização dos materiais hospitalares Esterilização dos materiais hospitalares
Esterilização dos materiais hospitalares
 
A comunicação na interação com indivíduos em situações de vulnerabilidade
A comunicação na interação com indivíduos em situações de vulnerabilidadeA comunicação na interação com indivíduos em situações de vulnerabilidade
A comunicação na interação com indivíduos em situações de vulnerabilidade
 
UFCD_6567 Noções Gerais sobre o Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-R...
UFCD_6567 Noções Gerais sobre o Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-R...UFCD_6567 Noções Gerais sobre o Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-R...
UFCD_6567 Noções Gerais sobre o Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-R...
 
Ufcd 6558 atividade profissional do técnico auxiliar de saúde_índice
Ufcd 6558 atividade profissional do técnico auxiliar de saúde_índiceUfcd 6558 atividade profissional do técnico auxiliar de saúde_índice
Ufcd 6558 atividade profissional do técnico auxiliar de saúde_índice
 
UFCD - 6580 - Cuidados na Saúde a Populações mais Vulneráveis
UFCD - 6580 - Cuidados na Saúde a Populações mais VulneráveisUFCD - 6580 - Cuidados na Saúde a Populações mais Vulneráveis
UFCD - 6580 - Cuidados na Saúde a Populações mais Vulneráveis
 
Agitacao a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...
Agitacao a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...Agitacao a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...
Agitacao a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...
 
UFCD - 6585 - CUIDADOS E TRANSPORTE NAS UNIDADES E SERVIÇOS DA REDE NACIONAL ...
UFCD - 6585 - CUIDADOS E TRANSPORTE NAS UNIDADES E SERVIÇOS DA REDE NACIONAL ...UFCD - 6585 - CUIDADOS E TRANSPORTE NAS UNIDADES E SERVIÇOS DA REDE NACIONAL ...
UFCD - 6585 - CUIDADOS E TRANSPORTE NAS UNIDADES E SERVIÇOS DA REDE NACIONAL ...
 
219275986 manual-ufcd-6571-tecnicas-de-posicionamento-mobilizacao-transferenc...
219275986 manual-ufcd-6571-tecnicas-de-posicionamento-mobilizacao-transferenc...219275986 manual-ufcd-6571-tecnicas-de-posicionamento-mobilizacao-transferenc...
219275986 manual-ufcd-6571-tecnicas-de-posicionamento-mobilizacao-transferenc...
 
UFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares .pptx
UFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares  .pptxUFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares  .pptx
UFCD - 6561 -Equipas Multidisciplinares .pptx
 
Tarefas do tas higiene seguranca e saude
Tarefas do tas higiene seguranca e saudeTarefas do tas higiene seguranca e saude
Tarefas do tas higiene seguranca e saude
 
UFCD - 6579 Cuidados na Saúde Mental
UFCD -  6579 Cuidados na Saúde MentalUFCD -  6579 Cuidados na Saúde Mental
UFCD - 6579 Cuidados na Saúde Mental
 

Semelhante a Tarefas do TAS_ comunicacao

tc3a9cnico-auxiliar-de-sac3bade.pdf
tc3a9cnico-auxiliar-de-sac3bade.pdftc3a9cnico-auxiliar-de-sac3bade.pdf
tc3a9cnico-auxiliar-de-sac3bade.pdf
MiguelAlmeida502577
 
2 visita domiciliar
2  visita domiciliar2  visita domiciliar
2 visita domiciliar
Marcos EAna
 
Seminário saúde coletiva enfermagem 8º período
Seminário saúde coletiva enfermagem 8º períodoSeminário saúde coletiva enfermagem 8º período
Seminário saúde coletiva enfermagem 8º período
Laíz Coutinho
 
Como a Farmácia Universitária Pode Contribuir para a Formação nas Atividades ...
Como a Farmácia Universitária Pode Contribuir para a Formação nas Atividades ...Como a Farmácia Universitária Pode Contribuir para a Formação nas Atividades ...
Como a Farmácia Universitária Pode Contribuir para a Formação nas Atividades ...
angelitamelo
 
Gislaine Cresmashi Lima Padovan
Gislaine Cresmashi Lima PadovanGislaine Cresmashi Lima Padovan
Gislaine Cresmashi Lima Padovan
Sobragen-VIIIEnenge
 
UFCD - 6575 - CUIDADOS NA ALIMENTAÇÃO E NA HIDRATAÇÃO
UFCD - 6575 - CUIDADOS NA ALIMENTAÇÃO E NA HIDRATAÇÃOUFCD - 6575 - CUIDADOS NA ALIMENTAÇÃO E NA HIDRATAÇÃO
UFCD - 6575 - CUIDADOS NA ALIMENTAÇÃO E NA HIDRATAÇÃO
Manualis
 
UFCD - 6578 - Cuidados na Saúde Materna
UFCD - 6578 - Cuidados na Saúde MaternaUFCD - 6578 - Cuidados na Saúde Materna
UFCD - 6578 - Cuidados na Saúde Materna
Manualis
 
UFCD - 6578 - Cuidados na Saúde Materna
UFCD - 6578 - Cuidados na Saúde MaternaUFCD - 6578 - Cuidados na Saúde Materna
UFCD - 6578 - Cuidados na Saúde Materna
sarapratas
 
Autocuidado Apoiado
Autocuidado ApoiadoAutocuidado Apoiado
Manual de cuidador adulto final
Manual de cuidador adulto finalManual de cuidador adulto final
Manual de cuidador adulto final
gcmrs
 
Joana_Autocuidado
Joana_AutocuidadoJoana_Autocuidado
Joana_Autocuidado
comunidadedepraticas
 
ENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptx
ENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptxENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptx
ENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptx
CinthiaAlves29
 
UFCD_6560 Comunicação na interação com o utente, cuidador e ou família
UFCD_6560 Comunicação na interação com o utente, cuidador e ou famíliaUFCD_6560 Comunicação na interação com o utente, cuidador e ou família
UFCD_6560 Comunicação na interação com o utente, cuidador e ou família
Manuais Formação
 
Comunicação R interpessoais
Comunicação R interpessoaisComunicação R interpessoais
Comunicação R interpessoais
Carlos Vaz
 
Enfermagem Domicilar
Enfermagem DomicilarEnfermagem Domicilar
Enfermagem Domicilar
Sou Enfermagem
 
Cursose clinico intensivo
Cursose clinico intensivoCursose clinico intensivo
Cursose clinico intensivo
Conjugar Razões
 
UFCD - 6574- Cuidados na Higiene, Conforto e Eliminação
UFCD - 6574-  Cuidados na Higiene, Conforto e EliminaçãoUFCD - 6574-  Cuidados na Higiene, Conforto e Eliminação
UFCD - 6574- Cuidados na Higiene, Conforto e Eliminação
Nome Sobrenome
 
Atuação do enfermerio na visita domiciliar ao idoso demenciado acamado
Atuação do enfermerio na visita domiciliar ao idoso demenciado acamadoAtuação do enfermerio na visita domiciliar ao idoso demenciado acamado
Atuação do enfermerio na visita domiciliar ao idoso demenciado acamado
carolinylimadocarmo
 
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Giza Carla Nitz
 
ÉTICA-E-LEGISLAÇÃO-AULA (1).pptx
ÉTICA-E-LEGISLAÇÃO-AULA (1).pptxÉTICA-E-LEGISLAÇÃO-AULA (1).pptx
ÉTICA-E-LEGISLAÇÃO-AULA (1).pptx
FrancielleConstantin
 

Semelhante a Tarefas do TAS_ comunicacao (20)

tc3a9cnico-auxiliar-de-sac3bade.pdf
tc3a9cnico-auxiliar-de-sac3bade.pdftc3a9cnico-auxiliar-de-sac3bade.pdf
tc3a9cnico-auxiliar-de-sac3bade.pdf
 
2 visita domiciliar
2  visita domiciliar2  visita domiciliar
2 visita domiciliar
 
Seminário saúde coletiva enfermagem 8º período
Seminário saúde coletiva enfermagem 8º períodoSeminário saúde coletiva enfermagem 8º período
Seminário saúde coletiva enfermagem 8º período
 
Como a Farmácia Universitária Pode Contribuir para a Formação nas Atividades ...
Como a Farmácia Universitária Pode Contribuir para a Formação nas Atividades ...Como a Farmácia Universitária Pode Contribuir para a Formação nas Atividades ...
Como a Farmácia Universitária Pode Contribuir para a Formação nas Atividades ...
 
Gislaine Cresmashi Lima Padovan
Gislaine Cresmashi Lima PadovanGislaine Cresmashi Lima Padovan
Gislaine Cresmashi Lima Padovan
 
UFCD - 6575 - CUIDADOS NA ALIMENTAÇÃO E NA HIDRATAÇÃO
UFCD - 6575 - CUIDADOS NA ALIMENTAÇÃO E NA HIDRATAÇÃOUFCD - 6575 - CUIDADOS NA ALIMENTAÇÃO E NA HIDRATAÇÃO
UFCD - 6575 - CUIDADOS NA ALIMENTAÇÃO E NA HIDRATAÇÃO
 
UFCD - 6578 - Cuidados na Saúde Materna
UFCD - 6578 - Cuidados na Saúde MaternaUFCD - 6578 - Cuidados na Saúde Materna
UFCD - 6578 - Cuidados na Saúde Materna
 
UFCD - 6578 - Cuidados na Saúde Materna
UFCD - 6578 - Cuidados na Saúde MaternaUFCD - 6578 - Cuidados na Saúde Materna
UFCD - 6578 - Cuidados na Saúde Materna
 
Autocuidado Apoiado
Autocuidado ApoiadoAutocuidado Apoiado
Autocuidado Apoiado
 
Manual de cuidador adulto final
Manual de cuidador adulto finalManual de cuidador adulto final
Manual de cuidador adulto final
 
Joana_Autocuidado
Joana_AutocuidadoJoana_Autocuidado
Joana_Autocuidado
 
ENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptx
ENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptxENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptx
ENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptx
 
UFCD_6560 Comunicação na interação com o utente, cuidador e ou família
UFCD_6560 Comunicação na interação com o utente, cuidador e ou famíliaUFCD_6560 Comunicação na interação com o utente, cuidador e ou família
UFCD_6560 Comunicação na interação com o utente, cuidador e ou família
 
Comunicação R interpessoais
Comunicação R interpessoaisComunicação R interpessoais
Comunicação R interpessoais
 
Enfermagem Domicilar
Enfermagem DomicilarEnfermagem Domicilar
Enfermagem Domicilar
 
Cursose clinico intensivo
Cursose clinico intensivoCursose clinico intensivo
Cursose clinico intensivo
 
UFCD - 6574- Cuidados na Higiene, Conforto e Eliminação
UFCD - 6574-  Cuidados na Higiene, Conforto e EliminaçãoUFCD - 6574-  Cuidados na Higiene, Conforto e Eliminação
UFCD - 6574- Cuidados na Higiene, Conforto e Eliminação
 
Atuação do enfermerio na visita domiciliar ao idoso demenciado acamado
Atuação do enfermerio na visita domiciliar ao idoso demenciado acamadoAtuação do enfermerio na visita domiciliar ao idoso demenciado acamado
Atuação do enfermerio na visita domiciliar ao idoso demenciado acamado
 
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
 
ÉTICA-E-LEGISLAÇÃO-AULA (1).pptx
ÉTICA-E-LEGISLAÇÃO-AULA (1).pptxÉTICA-E-LEGISLAÇÃO-AULA (1).pptx
ÉTICA-E-LEGISLAÇÃO-AULA (1).pptx
 

Mais de Lurdesmartins17

3 a importancia da vigilancia da saude materna parte ii
3  a importancia da vigilancia da saude materna   parte ii3  a importancia da vigilancia da saude materna   parte ii
3 a importancia da vigilancia da saude materna parte ii
Lurdesmartins17
 
2 hereditariedade reproduçao_desenvolvimento embrionario
2 hereditariedade reproduçao_desenvolvimento embrionario2 hereditariedade reproduçao_desenvolvimento embrionario
2 hereditariedade reproduçao_desenvolvimento embrionario
Lurdesmartins17
 
3 a importancia da vigilancia da saude materna parte i
3  a importancia da vigilancia da saude materna   parte i3  a importancia da vigilancia da saude materna   parte i
3 a importancia da vigilancia da saude materna parte i
Lurdesmartins17
 
1 interrupçao voluntaria gravidez
1 interrupçao voluntaria gravidez1 interrupçao voluntaria gravidez
1 interrupçao voluntaria gravidez
Lurdesmartins17
 
Morbilidade e mortalidade-infantil
Morbilidade e mortalidade-infantilMorbilidade e mortalidade-infantil
Morbilidade e mortalidade-infantil
Lurdesmartins17
 
6 alergias alimentares
6  alergias alimentares6  alergias alimentares
6 alergias alimentares
Lurdesmartins17
 
5 metodos de introdução alimentar
5  metodos de introdução alimentar5  metodos de introdução alimentar
5 metodos de introdução alimentar
Lurdesmartins17
 
3 necessidades nutricionais
3  necessidades nutricionais3  necessidades nutricionais
3 necessidades nutricionais
Lurdesmartins17
 
3 alimentação primeiro ano de vida
3  alimentação primeiro ano de vida3  alimentação primeiro ano de vida
3 alimentação primeiro ano de vida
Lurdesmartins17
 
1 direitos e deveres crianças
1 direitos e deveres crianças1 direitos e deveres crianças
1 direitos e deveres crianças
Lurdesmartins17
 
3.2 epi e coletica
3.2 epi e coletica3.2 epi e coletica
3.2 epi e coletica
Lurdesmartins17
 
Sistema iluminacao
Sistema iluminacaoSistema iluminacao
Sistema iluminacao
Lurdesmartins17
 
3.4 plano de emergencia
3.4 plano de emergencia3.4 plano de emergencia
3.4 plano de emergencia
Lurdesmartins17
 
Gestao luvas
Gestao luvasGestao luvas
Gestao luvas
Lurdesmartins17
 
3.1 sinalizacao de seguranca no local de trabalho
3.1 sinalizacao de seguranca no local de trabalho3.1 sinalizacao de seguranca no local de trabalho
3.1 sinalizacao de seguranca no local de trabalho
Lurdesmartins17
 
Tipologia riscos profissionais_eletricos_incendio _radiacoes
Tipologia riscos profissionais_eletricos_incendio _radiacoesTipologia riscos profissionais_eletricos_incendio _radiacoes
Tipologia riscos profissionais_eletricos_incendio _radiacoes
Lurdesmartins17
 
2.3 tipologia de riscos profissionais produtos quimicos
2.3 tipologia de riscos profissionais produtos quimicos2.3 tipologia de riscos profissionais produtos quimicos
2.3 tipologia de riscos profissionais produtos quimicos
Lurdesmartins17
 
A comunicacao na interacao com individuos com alteracoes ou perturbacoes mentais
A comunicacao na interacao com individuos com alteracoes ou perturbacoes mentaisA comunicacao na interacao com individuos com alteracoes ou perturbacoes mentais
A comunicacao na interacao com individuos com alteracoes ou perturbacoes mentais
Lurdesmartins17
 
Agressividade a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de com...
Agressividade a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de com...Agressividade a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de com...
Agressividade a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de com...
Lurdesmartins17
 
Conflito a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...
Conflito a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...Conflito a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...
Conflito a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...
Lurdesmartins17
 

Mais de Lurdesmartins17 (20)

3 a importancia da vigilancia da saude materna parte ii
3  a importancia da vigilancia da saude materna   parte ii3  a importancia da vigilancia da saude materna   parte ii
3 a importancia da vigilancia da saude materna parte ii
 
2 hereditariedade reproduçao_desenvolvimento embrionario
2 hereditariedade reproduçao_desenvolvimento embrionario2 hereditariedade reproduçao_desenvolvimento embrionario
2 hereditariedade reproduçao_desenvolvimento embrionario
 
3 a importancia da vigilancia da saude materna parte i
3  a importancia da vigilancia da saude materna   parte i3  a importancia da vigilancia da saude materna   parte i
3 a importancia da vigilancia da saude materna parte i
 
1 interrupçao voluntaria gravidez
1 interrupçao voluntaria gravidez1 interrupçao voluntaria gravidez
1 interrupçao voluntaria gravidez
 
Morbilidade e mortalidade-infantil
Morbilidade e mortalidade-infantilMorbilidade e mortalidade-infantil
Morbilidade e mortalidade-infantil
 
6 alergias alimentares
6  alergias alimentares6  alergias alimentares
6 alergias alimentares
 
5 metodos de introdução alimentar
5  metodos de introdução alimentar5  metodos de introdução alimentar
5 metodos de introdução alimentar
 
3 necessidades nutricionais
3  necessidades nutricionais3  necessidades nutricionais
3 necessidades nutricionais
 
3 alimentação primeiro ano de vida
3  alimentação primeiro ano de vida3  alimentação primeiro ano de vida
3 alimentação primeiro ano de vida
 
1 direitos e deveres crianças
1 direitos e deveres crianças1 direitos e deveres crianças
1 direitos e deveres crianças
 
3.2 epi e coletica
3.2 epi e coletica3.2 epi e coletica
3.2 epi e coletica
 
Sistema iluminacao
Sistema iluminacaoSistema iluminacao
Sistema iluminacao
 
3.4 plano de emergencia
3.4 plano de emergencia3.4 plano de emergencia
3.4 plano de emergencia
 
Gestao luvas
Gestao luvasGestao luvas
Gestao luvas
 
3.1 sinalizacao de seguranca no local de trabalho
3.1 sinalizacao de seguranca no local de trabalho3.1 sinalizacao de seguranca no local de trabalho
3.1 sinalizacao de seguranca no local de trabalho
 
Tipologia riscos profissionais_eletricos_incendio _radiacoes
Tipologia riscos profissionais_eletricos_incendio _radiacoesTipologia riscos profissionais_eletricos_incendio _radiacoes
Tipologia riscos profissionais_eletricos_incendio _radiacoes
 
2.3 tipologia de riscos profissionais produtos quimicos
2.3 tipologia de riscos profissionais produtos quimicos2.3 tipologia de riscos profissionais produtos quimicos
2.3 tipologia de riscos profissionais produtos quimicos
 
A comunicacao na interacao com individuos com alteracoes ou perturbacoes mentais
A comunicacao na interacao com individuos com alteracoes ou perturbacoes mentaisA comunicacao na interacao com individuos com alteracoes ou perturbacoes mentais
A comunicacao na interacao com individuos com alteracoes ou perturbacoes mentais
 
Agressividade a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de com...
Agressividade a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de com...Agressividade a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de com...
Agressividade a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de com...
 
Conflito a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...
Conflito a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...Conflito a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...
Conflito a comunicacao na interacao com individuos com alteracoes de comporta...
 

Último

Saúde coletiva para técnicos em enfermagem
Saúde coletiva para técnicos em enfermagemSaúde coletiva para técnicos em enfermagem
Saúde coletiva para técnicos em enfermagem
DavyllaVerasMenezes
 
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Lenilson Souza
 
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagemSistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
BarbaraKelle
 
aula 06 - Distúrbios Hemodinâmicos ( circulatórios).pdf
aula 06 - Distúrbios Hemodinâmicos ( circulatórios).pdfaula 06 - Distúrbios Hemodinâmicos ( circulatórios).pdf
aula 06 - Distúrbios Hemodinâmicos ( circulatórios).pdf
ADRIANEGOMESDASILVA
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de    espaços e equipamentoshigienização de    espaços e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
Manuel Pacheco Vieira
 
AULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao Facia
AULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao  FaciaAULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao  Facia
AULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao Facia
AntonioXavier35
 
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
jhordana1
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de espaços    e equipamentoshigienização de espaços    e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
Manuel Pacheco Vieira
 
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptxA-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
walterjose20
 
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdfMedicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
jhordana1
 
saúde coletiva para tecnico em enfermagem
saúde coletiva para tecnico em enfermagemsaúde coletiva para tecnico em enfermagem
saúde coletiva para tecnico em enfermagem
DavyllaVerasMenezes
 

Último (11)

Saúde coletiva para técnicos em enfermagem
Saúde coletiva para técnicos em enfermagemSaúde coletiva para técnicos em enfermagem
Saúde coletiva para técnicos em enfermagem
 
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
 
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagemSistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
 
aula 06 - Distúrbios Hemodinâmicos ( circulatórios).pdf
aula 06 - Distúrbios Hemodinâmicos ( circulatórios).pdfaula 06 - Distúrbios Hemodinâmicos ( circulatórios).pdf
aula 06 - Distúrbios Hemodinâmicos ( circulatórios).pdf
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de    espaços e equipamentoshigienização de    espaços e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
 
AULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao Facia
AULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao  FaciaAULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao  Facia
AULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao Facia
 
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de espaços    e equipamentoshigienização de espaços    e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
 
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptxA-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
 
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdfMedicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
 
saúde coletiva para tecnico em enfermagem
saúde coletiva para tecnico em enfermagemsaúde coletiva para tecnico em enfermagem
saúde coletiva para tecnico em enfermagem
 

Tarefas do TAS_ comunicacao

  • 1. Formadora: Lurdes Martins UFCD 6560 COMUNICAÇÃO NA INTERAÇÃO COM O UTENTE, CUIDADOR E/OU FAMILIA
  • 2. 6 – T A R E F A S Q U E E M R E L A Ç Ã O A E S T A T E M Á T I C A S E E N C O N T R A M N O Â M B I T O D E I N T E R V E N Ç Ã O D O / A T É C N I C O / A A U X I L I A R D E S A Ú D E
  • 3. • Auxiliar na prestação de cuidados aos utentes, de acordo com orientações do enfermeiro; • Executar tarefas que exijam uma intervenção imediata e simultânea ao alerta do técnico/a de saúde. • Relação de ajuda ao doente/utente, convivente significativo ou familiar; • Promoção da melhoria do estado de saúde do doente em situação de urgência ou emergência; • O cuidar de doentes que se encontram em risco de vida; • A identificação de problemas nos doentes; • Aspetos da comunicação com o doente e a família.  Tarefas que, sob orientação de um profissional de saúde, tem de executar sob sua supervisão direta
  • 4. • Adaptar-se e atualizar-se a novos produtos, materiais, equipamentos e tecnologias. • Agir em função das orientações do profissional de saúde e sob a sua supervisão. • Agir em função de normas e/ou procedimentos. • Agir em função de princípios de ética. • Agir em função do estado de saúde do utente, • Agir em função dos aspetos culturais dos diferentes públicos. • Assumir uma atitude de melhoria contínua. • Concentrar-se na execução das tarefas. • Trabalhar em equipa multidisciplinar.  O Técnico/a auxiliar de saúde deve
  • 5. • Agir em função do bem-estar de terceiros. • Comunicar de forma clara e assertiva • Demonstrar compreensão, paciência e sensibilidade na interação com utentes. • Demonstrar interesse e disponibilidade na interação com utentes, familiares e/ou cuidadores. • Demonstrar interesse e disponibilidade na interação com os colegas de trabalho. • Demonstrar segurança durante a execução das tarefas. • Autocontrolar-se em situações críticas e de limite.  O Técnico/a auxiliar de saúde deve
  • 6. • Auxiliar na prestação de cuidados aos utentes, de acordo com orientações do enfermeiro. • Auxiliar nos cuidados pós-morte, de acordo com orientações do profissional de saúde. • Assegurar a limpeza, higienização e transporte de roupas, espaços, materiais e equipamentos, sob a orientação de profissional de saúde. • Assegurar atividades de apoio ao funcionamento das diferentes unidades e serviços de saúde.  Tarefas que o/a técnico/a auxiliar de saúde, sob orientação e supervisão, pode executar sozinho/a:
  • 7. • Auxiliar o profissional de saúde na recolha de amostras biológicas e transporte para o serviço adequado, de acordo com normas e/ou procedimentos definidos; • Efetuar o transporte de informação entre as diferentes unidades e serviços de prestação de cuidados de saúde; • Encaminhar os contactos telefónicos de acordo com normas e/ ou procedimentos definidos; • Encaminhar o utente, familiar e/ou cuidador, de acordo com normas e/ ou procedimentos definidos.  Tarefas que o/a técnico/a auxiliar de saúde, sob orientação e supervisão, pode executar sozinho/a:
  • 8. • Ter capacidade de especificar e fazer especificar; • Ter capacidade de respeitar-se a si mesmo e ao utente; • Ter capacidade de ser congruente consigo mesmo e na relação com o utente; • Ter capacidade de ser simpático; • Ter capacidade de confrontar-se e confrontar os outros; • Ter capacidade de escuta.  O técnico/a de saúde que ajuda deve possuir algumas capacidades:
  • 9. Tenha orgulho em ser um profissional competente e com espírito de serviço, centrado no outro. Os utentes agradecem e as organizações evoluem!