SlideShare uma empresa Scribd logo
A Socialização
  Powerpoint genérico
O que é a socialização?

•   Socialização é o processo através do qual o indivíduo
    aprende e interioriza o sistema de valores, de normas e
    comportamentos de uma determinada cultura, onde
    intervém um conjunto de agentes de socialização (família,
    escola, grupo de pares, meios de comunicação, empresa, etc.).
    A criança quando nasce, apesar de já trazer os genes
    necessários ao ser humano, é um ser culturalmente em
    branco.
Tipos de educação:
           Formal

•   O termo socialização pode ser confundido com o conceito
    de educação. O termo educação abrange um universo que
    extrapola o escolar. A Escola proporciona-nos uma
    educação formal, organizada numa sequência pré-
    estabelecida.
Tipos de educação:
          Informal

•   A educação informal abrange todas as possibilidades
    educativas no decurso das nossas vidas, constituindo um
    processo permanente e não organizado.
Caracterização
      sociologia primária
•   A fase inicial do processo de socialização designa-se por
    socialização primária e ocorre dentro de casa e com a
    importante participação dos outros significativos,
    designadamente dos pais. A socialização primária termina
    quando o outro generalizado está estabelecido na
    consciência da criança, ou seja, a criança é capaz de abstrair
    papéis das atitudes dos outros significativos.
Caracterização
    sociologia secundária

•   A fase seguinte à fase primária designa-se socialização
    secundária, e prolonga-se durante toda a nossa vida.
Mecanismos de Socialização:
      Aprendizagem

•   Entendemos por aprendizagem o conjunto de processos
    através dos quais fazemos nossos uma série de
    conhecimentos, conceitos, habilidades, etc. A aprendizagem
    implica em geral uma mudança de comportamento através
    de experiências práticas. Só consideramos que houve uma
    aprendizagem, se as mudanças provocadas pela mesma forem
    relativamente permanentes.
Mecanismos de Socialização:
        Imitação
•   Muitos dos nossos comportamentos são então aprendidos através
    da observação e imitação de um modelo – modelagem; o processo
    de socialização passa, necessariamente, pela observação, imitação e
    identificação com os modelos sociais.

Este tipo de aprendizagem pode ser seguido de reforço directo: a
    criança é elogiada por ter imitado um comportamento correcto e
    desejado. A imitação de um adulto também pode ser estimulada se a
    criança observar que ele é elogiado por se ter comportado de
    determinada forma – é o que se denomina por reforço vicariante.
    A criança prevê que se se comportar da mesma forma obterá uma
    aprovação semelhante.
Mecanismos de Socialização:
       Identificação
•   Por exemplo, o pai e a mãe representam, para uma criança, o que para ela
    significa ser homem e ser mulher, e é através deste processo que a criança
    interioriza como se comportam um homem e uma mulher nas várias situações.
    O mesmo acontece com pessoas que de alguma forma nos podem influenciar
    na nossa forma de agir, de pensar ou de sentir.

Todos os grupos a que pertencemos são agentes de socialização , já que nos
    obrigam a interiorizar um determinado papel social. Os mais importantes
    tendem a ser a família, a escola, os meios d comunicação social, o trabalho, a
    comunidade onde vivemos, etc.


Fonte: http://pt.shvoong.com/social-sciences/sociology/1732913-mecanismos-
    agentes-socializa%C3%A7%C3%A3o/#ixzz2MsvdTUhS
A família

•   A influência exercida pela família determina o estilo de uma
    sociedade. Infelizmente podemos observar uma sociedade
    com visões distorcidas, e a consequência disto é uma geração
    que não conhece o que é o amor, que não acredita nas
    pessoas, que não respeita o ser humano, uma sociedade
    desonesta, egoísta, individualista, que passa em cima de tudo
    e de todos para alcançar os seus objetivos, mesmo que tenha
    que matar, roubar, mentir, extorquir.
A escola

•   O papel da escola atual é bastante importante aliando-se juntamente com a
    educação dada pelos pais. A educação na escola tem função social e o seu
    objetivo é transmitir de maneira objetiva a cultura e a interação em diversos
    aspectos. A construção do conhecimento dentro do ambiente escolar é
    importante, pois é através desse descobrimento através do estudo que as
    pessoas são preparadas para manter um papel de grande importância na
    sociedade seja ele qual for, de forma a contribuir para o sistema da
    sociedade. Muitos assuntos que são tratados dentro da escola atual auxiliam
    os alunos e futuros cidadãos de forma a lidar com situações como violências,
    droga, pobreza, desigualdade e tudo que envolve o real social.
Os media

•   Não se pode negar a importância dos media na actual sociedade e a prova
    da evolução humana que ela representa, fazendo o mundo interligar-se
    através de um simples "click", onde notícias podem chegar mais rápido ao
    estrangeiro do que a quem está ao seu lado. Porém, como em qualquer
    outro investimento, é o lucro que a mantém ou, no vocabulário dos media, a
    audiência. E neste aspecto é onde os seus maiores defeitos são expostos.
A televisão

•   O convívio em família estagnou, sobretudo por causa da televisão, ou seja, as
    conversas e assuntos familiares anteriormente debatidos, e quando me refiro
    neste caso a tempos passados, são aqueles momentos que antecederam a
    criação da televisão e onde tudo era diferente. A partir da década de 70
    tudo mudou, a maneira de agir, de pensar, de sonhar e de vestir, e não foi só
    a televisão que causou esta mudança, mas podemos considera-la como o
    elemento fundamental desta alteração não só física mas principalmente
    psicológica nos seres humanos.
A rua
•    O desporto é essencial para o desenvolvimento saudável das pessoas, pois reduz a
     probabilidade de aparecimento de doenças e ajuda na inclusão social.

A prática desportiva é de extrema importância para qualquer pessoa, em todas as idades.
    Com a sua prática constante, pode servir de prevenção de diversas doenças como
    doenças cardíacas, diabetes e obesidade. O desporto aumenta também a
    capacidade mental, o fortalecimento dos músculos e retarda o envelhecimento dos
    indivíduos.
Neste aspecto, o desporto traz benefícios incalculáveis à sociedade: tira os adolescentes
    da rua, ajuda na prevenção e combate à droga. Assim, temos menos delitos
    realizados por menores e consequentemente há melhoria na segurança pública.
    Além disso, o desporto aumenta o espírito de equipa, disciplina e respeito. Estudos
    comprovaram cientificamente que as actividades físicas desenvolvem a auto-estima
    e o desenvolvimento no trabalho.
Bibliografia


• Livro de sociologia do 12º ano e blogue do
  professor.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

10.os bebês interrogam o currículo
10.os bebês interrogam o currículo10.os bebês interrogam o currículo
10.os bebês interrogam o currículo
Ulisses Vakirtzis
 
A criança e a infância
A criança e a infância A criança e a infância
A criança e a infância
Vanessa Nogueira
 
Aula 02 A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...
Aula 02   A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...Aula 02   A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...
Aula 02 A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...
Valeria Faria
 
A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...
A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...
A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...
Fernando Giorgetti
 
Educaçao infantil 1
Educaçao infantil 1Educaçao infantil 1
Educaçao infantil 1
Gabriel Nabuco
 
A infância ao longo do tempo
A infância ao longo do tempoA infância ao longo do tempo
A infância ao longo do tempo
Mary Santos
 
A infância e sua singularidade aline
A infância e sua singularidade   alineA infância e sua singularidade   aline
A infância e sua singularidade aline
Samanta Vanessa
 
Histórias de crianças e infâncias
Histórias de crianças e infânciasHistórias de crianças e infâncias
Histórias de crianças e infâncias
Taís Ferreira
 
3.nove teses sobre a infância
3.nove teses sobre a infância3.nove teses sobre a infância
3.nove teses sobre a infância
Ulisses Vakirtzis
 
A historia da criança e da familia aries
A historia da  criança e da familia   ariesA historia da  criança e da familia   aries
A historia da criança e da familia aries
Daniele Rubim
 
Seminario infancia
Seminario infanciaSeminario infancia
Seminario infancia
Julhinha Camara
 
Concepção de infância ao longo da história
Concepção de infância ao longo da históriaConcepção de infância ao longo da história
Concepção de infância ao longo da história
Lílian Reis
 
A história da criança no brasil
A história da criança no brasilA história da criança no brasil
A história da criança no brasil
Daniele Rubim
 
Concepção de infancia
Concepção de infanciaConcepção de infancia
Concepção de infancia
Fatinha Bretas
 
Alfabetização
AlfabetizaçãoAlfabetização
Alfabetização
Esmeralda Farias Vieira
 
Como ocorre o desenvolvimento na primeira infância? - Adriana Friedmann
Como ocorre o desenvolvimento na primeira infância? - Adriana FriedmannComo ocorre o desenvolvimento na primeira infância? - Adriana Friedmann
Como ocorre o desenvolvimento na primeira infância? - Adriana Friedmann
SAE - Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República
 
História da educação infantil e psicologia do desenvolvimento
História da educação infantil e psicologia do desenvolvimentoHistória da educação infantil e psicologia do desenvolvimento
História da educação infantil e psicologia do desenvolvimento
Kadu Sp
 
Concepcoes da infancia_e_historia_social_das_criancas_no_brasil_-_professora_...
Concepcoes da infancia_e_historia_social_das_criancas_no_brasil_-_professora_...Concepcoes da infancia_e_historia_social_das_criancas_no_brasil_-_professora_...
Concepcoes da infancia_e_historia_social_das_criancas_no_brasil_-_professora_...
Educação Infantil
 
4. infâncias e suas linguagens
4. infâncias e suas linguagens4. infâncias e suas linguagens
4. infâncias e suas linguagens
Ulisses Vakirtzis
 
Imagens de Infancias
Imagens de InfanciasImagens de Infancias
Imagens de Infancias
Paloma Chaves
 

Mais procurados (20)

10.os bebês interrogam o currículo
10.os bebês interrogam o currículo10.os bebês interrogam o currículo
10.os bebês interrogam o currículo
 
A criança e a infância
A criança e a infância A criança e a infância
A criança e a infância
 
Aula 02 A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...
Aula 02   A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...Aula 02   A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...
Aula 02 A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...
 
A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...
A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...
A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...
 
Educaçao infantil 1
Educaçao infantil 1Educaçao infantil 1
Educaçao infantil 1
 
A infância ao longo do tempo
A infância ao longo do tempoA infância ao longo do tempo
A infância ao longo do tempo
 
A infância e sua singularidade aline
A infância e sua singularidade   alineA infância e sua singularidade   aline
A infância e sua singularidade aline
 
Histórias de crianças e infâncias
Histórias de crianças e infânciasHistórias de crianças e infâncias
Histórias de crianças e infâncias
 
3.nove teses sobre a infância
3.nove teses sobre a infância3.nove teses sobre a infância
3.nove teses sobre a infância
 
A historia da criança e da familia aries
A historia da  criança e da familia   ariesA historia da  criança e da familia   aries
A historia da criança e da familia aries
 
Seminario infancia
Seminario infanciaSeminario infancia
Seminario infancia
 
Concepção de infância ao longo da história
Concepção de infância ao longo da históriaConcepção de infância ao longo da história
Concepção de infância ao longo da história
 
A história da criança no brasil
A história da criança no brasilA história da criança no brasil
A história da criança no brasil
 
Concepção de infancia
Concepção de infanciaConcepção de infancia
Concepção de infancia
 
Alfabetização
AlfabetizaçãoAlfabetização
Alfabetização
 
Como ocorre o desenvolvimento na primeira infância? - Adriana Friedmann
Como ocorre o desenvolvimento na primeira infância? - Adriana FriedmannComo ocorre o desenvolvimento na primeira infância? - Adriana Friedmann
Como ocorre o desenvolvimento na primeira infância? - Adriana Friedmann
 
História da educação infantil e psicologia do desenvolvimento
História da educação infantil e psicologia do desenvolvimentoHistória da educação infantil e psicologia do desenvolvimento
História da educação infantil e psicologia do desenvolvimento
 
Concepcoes da infancia_e_historia_social_das_criancas_no_brasil_-_professora_...
Concepcoes da infancia_e_historia_social_das_criancas_no_brasil_-_professora_...Concepcoes da infancia_e_historia_social_das_criancas_no_brasil_-_professora_...
Concepcoes da infancia_e_historia_social_das_criancas_no_brasil_-_professora_...
 
4. infâncias e suas linguagens
4. infâncias e suas linguagens4. infâncias e suas linguagens
4. infâncias e suas linguagens
 
Imagens de Infancias
Imagens de InfanciasImagens de Infancias
Imagens de Infancias
 

Semelhante a Sociologia generico

Socialização e seus agentes
Socialização e seus agentesSocialização e seus agentes
Socialização e seus agentes
turma12c1617
 
Socialização e agentes de socialização
Socialização e agentes de socializaçãoSocialização e agentes de socialização
Socialização e agentes de socialização
turma12c1617
 
Reflexões introdutórias sobre educação
Reflexões introdutórias sobre educaçãoReflexões introdutórias sobre educação
Reflexões introdutórias sobre educação
ThaisSalema
 
Socialização e os agentes de socialização.
Socialização e os agentes de socialização.Socialização e os agentes de socialização.
Socialização e os agentes de socialização.
turma12c1617
 
A socialização e os seus agentes
A socialização e os seus agentesA socialização e os seus agentes
A socialização e os seus agentes
turma12c1617
 
A socialização e os seus agentes e mecanismos
A socialização e os seus agentes e mecanismosA socialização e os seus agentes e mecanismos
A socialização e os seus agentes e mecanismos
turma12c1617
 
CULTURA E SOCIALIZAÇÃO
CULTURA E SOCIALIZAÇÃOCULTURA E SOCIALIZAÇÃO
CULTURA E SOCIALIZAÇÃO
catynes
 
Apresentação Processos de socialização.pdf
Apresentação Processos de socialização.pdfApresentação Processos de socialização.pdf
Apresentação Processos de socialização.pdf
CarlaSofiaSilva9
 
Agrupamento de escolas de são joão da talha
Agrupamento de escolas de são joão da talhaAgrupamento de escolas de são joão da talha
Agrupamento de escolas de são joão da talha
turma12c1617
 
Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)
Daniel Nunes
 
socialização e seus agentes
socialização e seus agentessocialização e seus agentes
socialização e seus agentes
turma12c1617
 
socialização e seus agentes
socialização e seus agentessocialização e seus agentes
socialização e seus agentes
turma12c1617
 
Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)
Daniel Nunes
 
Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)
Daniel Nunes
 
Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)
Daniel Nunes
 
AD 1 - Didática CEDERJ
AD 1 - Didática CEDERJAD 1 - Didática CEDERJ
AD 1 - Didática CEDERJ
Caroline Pessanha
 
Didatica ad1
Didatica   ad1Didatica   ad1
Didatica ad1
Caroline Pessanha
 
Instituições
InstituiçõesInstituições
Instituições
ArnaldoInacio
 
Aula-5-processo-de-socializacao-e-instituicoes-sociais.pptx
Aula-5-processo-de-socializacao-e-instituicoes-sociais.pptxAula-5-processo-de-socializacao-e-instituicoes-sociais.pptx
Aula-5-processo-de-socializacao-e-instituicoes-sociais.pptx
ssuser132405
 
Socialização.ppt
Socialização.pptSocialização.ppt
Socialização.ppt
Pedro Silva
 

Semelhante a Sociologia generico (20)

Socialização e seus agentes
Socialização e seus agentesSocialização e seus agentes
Socialização e seus agentes
 
Socialização e agentes de socialização
Socialização e agentes de socializaçãoSocialização e agentes de socialização
Socialização e agentes de socialização
 
Reflexões introdutórias sobre educação
Reflexões introdutórias sobre educaçãoReflexões introdutórias sobre educação
Reflexões introdutórias sobre educação
 
Socialização e os agentes de socialização.
Socialização e os agentes de socialização.Socialização e os agentes de socialização.
Socialização e os agentes de socialização.
 
A socialização e os seus agentes
A socialização e os seus agentesA socialização e os seus agentes
A socialização e os seus agentes
 
A socialização e os seus agentes e mecanismos
A socialização e os seus agentes e mecanismosA socialização e os seus agentes e mecanismos
A socialização e os seus agentes e mecanismos
 
CULTURA E SOCIALIZAÇÃO
CULTURA E SOCIALIZAÇÃOCULTURA E SOCIALIZAÇÃO
CULTURA E SOCIALIZAÇÃO
 
Apresentação Processos de socialização.pdf
Apresentação Processos de socialização.pdfApresentação Processos de socialização.pdf
Apresentação Processos de socialização.pdf
 
Agrupamento de escolas de são joão da talha
Agrupamento de escolas de são joão da talhaAgrupamento de escolas de são joão da talha
Agrupamento de escolas de são joão da talha
 
Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)
 
socialização e seus agentes
socialização e seus agentessocialização e seus agentes
socialização e seus agentes
 
socialização e seus agentes
socialização e seus agentessocialização e seus agentes
socialização e seus agentes
 
Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)
 
Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)
 
Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)Trabalho de sociologia (1)
Trabalho de sociologia (1)
 
AD 1 - Didática CEDERJ
AD 1 - Didática CEDERJAD 1 - Didática CEDERJ
AD 1 - Didática CEDERJ
 
Didatica ad1
Didatica   ad1Didatica   ad1
Didatica ad1
 
Instituições
InstituiçõesInstituições
Instituições
 
Aula-5-processo-de-socializacao-e-instituicoes-sociais.pptx
Aula-5-processo-de-socializacao-e-instituicoes-sociais.pptxAula-5-processo-de-socializacao-e-instituicoes-sociais.pptx
Aula-5-processo-de-socializacao-e-instituicoes-sociais.pptx
 
Socialização.ppt
Socialização.pptSocialização.ppt
Socialização.ppt
 

Sociologia generico

  • 1. A Socialização Powerpoint genérico
  • 2. O que é a socialização? • Socialização é o processo através do qual o indivíduo aprende e interioriza o sistema de valores, de normas e comportamentos de uma determinada cultura, onde intervém um conjunto de agentes de socialização (família, escola, grupo de pares, meios de comunicação, empresa, etc.). A criança quando nasce, apesar de já trazer os genes necessários ao ser humano, é um ser culturalmente em branco.
  • 3. Tipos de educação: Formal • O termo socialização pode ser confundido com o conceito de educação. O termo educação abrange um universo que extrapola o escolar. A Escola proporciona-nos uma educação formal, organizada numa sequência pré- estabelecida.
  • 4. Tipos de educação: Informal • A educação informal abrange todas as possibilidades educativas no decurso das nossas vidas, constituindo um processo permanente e não organizado.
  • 5. Caracterização sociologia primária • A fase inicial do processo de socialização designa-se por socialização primária e ocorre dentro de casa e com a importante participação dos outros significativos, designadamente dos pais. A socialização primária termina quando o outro generalizado está estabelecido na consciência da criança, ou seja, a criança é capaz de abstrair papéis das atitudes dos outros significativos.
  • 6. Caracterização sociologia secundária • A fase seguinte à fase primária designa-se socialização secundária, e prolonga-se durante toda a nossa vida.
  • 7. Mecanismos de Socialização: Aprendizagem • Entendemos por aprendizagem o conjunto de processos através dos quais fazemos nossos uma série de conhecimentos, conceitos, habilidades, etc. A aprendizagem implica em geral uma mudança de comportamento através de experiências práticas. Só consideramos que houve uma aprendizagem, se as mudanças provocadas pela mesma forem relativamente permanentes.
  • 8. Mecanismos de Socialização: Imitação • Muitos dos nossos comportamentos são então aprendidos através da observação e imitação de um modelo – modelagem; o processo de socialização passa, necessariamente, pela observação, imitação e identificação com os modelos sociais. Este tipo de aprendizagem pode ser seguido de reforço directo: a criança é elogiada por ter imitado um comportamento correcto e desejado. A imitação de um adulto também pode ser estimulada se a criança observar que ele é elogiado por se ter comportado de determinada forma – é o que se denomina por reforço vicariante. A criança prevê que se se comportar da mesma forma obterá uma aprovação semelhante.
  • 9. Mecanismos de Socialização: Identificação • Por exemplo, o pai e a mãe representam, para uma criança, o que para ela significa ser homem e ser mulher, e é através deste processo que a criança interioriza como se comportam um homem e uma mulher nas várias situações. O mesmo acontece com pessoas que de alguma forma nos podem influenciar na nossa forma de agir, de pensar ou de sentir. Todos os grupos a que pertencemos são agentes de socialização , já que nos obrigam a interiorizar um determinado papel social. Os mais importantes tendem a ser a família, a escola, os meios d comunicação social, o trabalho, a comunidade onde vivemos, etc. Fonte: http://pt.shvoong.com/social-sciences/sociology/1732913-mecanismos- agentes-socializa%C3%A7%C3%A3o/#ixzz2MsvdTUhS
  • 10. A família • A influência exercida pela família determina o estilo de uma sociedade. Infelizmente podemos observar uma sociedade com visões distorcidas, e a consequência disto é uma geração que não conhece o que é o amor, que não acredita nas pessoas, que não respeita o ser humano, uma sociedade desonesta, egoísta, individualista, que passa em cima de tudo e de todos para alcançar os seus objetivos, mesmo que tenha que matar, roubar, mentir, extorquir.
  • 11. A escola • O papel da escola atual é bastante importante aliando-se juntamente com a educação dada pelos pais. A educação na escola tem função social e o seu objetivo é transmitir de maneira objetiva a cultura e a interação em diversos aspectos. A construção do conhecimento dentro do ambiente escolar é importante, pois é através desse descobrimento através do estudo que as pessoas são preparadas para manter um papel de grande importância na sociedade seja ele qual for, de forma a contribuir para o sistema da sociedade. Muitos assuntos que são tratados dentro da escola atual auxiliam os alunos e futuros cidadãos de forma a lidar com situações como violências, droga, pobreza, desigualdade e tudo que envolve o real social.
  • 12. Os media • Não se pode negar a importância dos media na actual sociedade e a prova da evolução humana que ela representa, fazendo o mundo interligar-se através de um simples "click", onde notícias podem chegar mais rápido ao estrangeiro do que a quem está ao seu lado. Porém, como em qualquer outro investimento, é o lucro que a mantém ou, no vocabulário dos media, a audiência. E neste aspecto é onde os seus maiores defeitos são expostos.
  • 13. A televisão • O convívio em família estagnou, sobretudo por causa da televisão, ou seja, as conversas e assuntos familiares anteriormente debatidos, e quando me refiro neste caso a tempos passados, são aqueles momentos que antecederam a criação da televisão e onde tudo era diferente. A partir da década de 70 tudo mudou, a maneira de agir, de pensar, de sonhar e de vestir, e não foi só a televisão que causou esta mudança, mas podemos considera-la como o elemento fundamental desta alteração não só física mas principalmente psicológica nos seres humanos.
  • 14. A rua • O desporto é essencial para o desenvolvimento saudável das pessoas, pois reduz a probabilidade de aparecimento de doenças e ajuda na inclusão social. A prática desportiva é de extrema importância para qualquer pessoa, em todas as idades. Com a sua prática constante, pode servir de prevenção de diversas doenças como doenças cardíacas, diabetes e obesidade. O desporto aumenta também a capacidade mental, o fortalecimento dos músculos e retarda o envelhecimento dos indivíduos. Neste aspecto, o desporto traz benefícios incalculáveis à sociedade: tira os adolescentes da rua, ajuda na prevenção e combate à droga. Assim, temos menos delitos realizados por menores e consequentemente há melhoria na segurança pública. Além disso, o desporto aumenta o espírito de equipa, disciplina e respeito. Estudos comprovaram cientificamente que as actividades físicas desenvolvem a auto-estima e o desenvolvimento no trabalho.
  • 15. Bibliografia • Livro de sociologia do 12º ano e blogue do professor.