SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
PRINCIPAIS DOENÇAS
QUE ACOMETEM AVES
COMERCIAL
Prof. Marília Gomes
Introdução
■ A indústria avícola brasileira cresce anualmente
■ Torna-se mais representativa na produção e exportação de
produtos
■ Cuidados sanitários têm acompanhado e favorecido essa evolução
■ Patógenos que afetam a produção provocam grandes prejuízos
■ Por isso é importante conhecer as doenças, origens e agentes
BACTERIOSES
Salmonelose:
■ Patógeno: gênero Salmonella
– Pulorose (S. pullorum) - doença sistêmica severa, alta morbidade
e letalidade, redução na produção de ovos;
– Tifo aviário (S. gallinarum) - doença sistêmica em aves
domésticas, curso agudo/crônico, mortalidade moderada/alta,
aves adultas;
– Paratifo aviário (mais comuns são S. typhimurium e S.
enteritidis) - inespecíficos, intoxicações alimentares em humanos
Colibacilose:
■ Patógeno: Escherichia coli
■ Sintomatologia: doença crônica respiratória, onfalite, salpingite,
septicemia, peritonite, síndrome da cabeça inchada, enterite e
celulite
■ Fatores predisponentes: contato com microrganismo, manejo,
alimentação, instalação e condição individual do animal
■ Pela gravidade e difusão de sintomas - alta mortalidade
Micoplasmose:
■ Patógeno: Mycoplasma gallisepticum
■ Sintomatologia: doença sistêmica e respiratória causando tosse,
espirros, secreção nasal, sinusite, traqueíte, pneumonia e aerossaculite
■ Patógeno: M. synoviae
■ Sintomatologia: doença infecciosa que afeta os sistemas locomotor e
respiratório causando sinovite, tendinite exsudativa e bursite
Coriza infecciosa ou
gogo:
■ Patógeno: Haemophilus paragallinarum
■ Sintomatologia: doença respiratória do
trato superior aguda/subaguda/crônica,
altamente contagiosa, causando
corrimento nasal, espirros, edema no
bordo inferior dos olhos, conjuntivite
catarral e barbelas inchadas
Cólera aviária ou pasteurelose:
■ Patógeno: Pasteurella multocida
■ Sintomatologia: septicemia súbita ou infecções crônicas e
assintomáticas - febre, sonolência, congestão, cianose de cristas e
barbelas e morte repentina
■ Alta morbidade e mortalidade
■ A bactéria infecta aves com mais de seis semanas
■ Especialmente machos
Botulismo ou clostridiose:
■ Patógeno: Clostridium botulinum
■ Sintomatologia: prostração, paralisia flácida e morte repentina
■ Ingestão de toxina botulínica na matéria orgânica em decomposição
Estafilococose e Estreptococose:
■ Patógenos: Staphylococcus sp. e Streptococcus sp.
■ Ocorrem secundariamente a outras infecções bacterianas ou virais
VIROSES
Laringotraqueíte:
■ Patógeno: família Herpesviridae
■ Sintomatologia: alterações respiratórias, dispneia, estertores,
expectoração de exsudato sanguinolento, traqueia hemorrágica,
com exsudato sanguinolento e fibrinoso, laringotraqueíte,
conjuntivite
■ Altamente contagiosa, alta mortalidade, acomete principalmente
galinhas
Doença de Gumboro:
■ Patógeno: família Birnaviridae - doença infecciosa da bolsa de Fabrício
■ Sintomatologia: queda acentuada da imunidade, falta de apetite,
diarreia acentuada, depressão, desidratação e desuniformidade no
plantel
■ Alta mortalidade - acomete aves jovens de 3 a 7 semanas de idade
■ Altamente contagiosa
Doença de Newcastle:
■ Patógenos: família Paramyxoviridae
■ Sintomatologia: respiratória com espirros, dificuldade em respirar,
conjuntivite e, às vezes, inchaço da cabeça, digestiva com diarreia
sanguinolenta e mortes repentinas e, nervosa com paralisia de
pernas e asas, incoordenação, torcicolo e opstótomo. Queda brusca
na produção de ovos
■ Altamente contagiosa, afeta aves em qualquer idade
■ Alta mortalidade
Influenza aviária ou gripe aviária:
■ Patógeno: família Orthomyxoviridae - influenza tipo A
■ Sintomatologia: lesões nos sistemas respiratório, digestivo, nervoso
e reprodutivo
■ Alta letalidade
Bouba aviária ou varíola:
■ Patógeno: família Poxvírus
■ Sintomatologia: infecta a pele - nódulos em
regiões sem penas (crista, barbelas, em volta
do bico e dos olhos) e, a garganta (forma
diftérica) - placas que podem se alastrar
causando dificuldades para respirar, perda de
apetite e prostração
■ Alta mortalidade, afeta aves em qualquer
idade
Doença de Marek:
■ Patógeno: família Herpesviridae – neoplasia
■ Sintomatologia: prostração, paralisia e
morte elevada
■ Achados: tumores nas vísceras das aves, no
sistema nervoso central e periférico, na pele
e no globo ocular
■ Afeta aves jovens
Bronquite infecciosa:
■ Patógeno: família Coronaviridae - grupo 3
■ Sintomatologia: respiratória, renal, reprodutiva
e entérica. Afeta a qualidade e quantidade dos
ovos, casca mole, sem casca, perda de cor da
gema e a clara liquefeita
■ Doença aguda, infectocontagiosa, galinhas
■ Alta mortalidade (jovens)
Leucose linfoide:
■ Patógeno: genêro Alfaretrovirus, família Retroviridae
■ Achados: assemelha-se à doença de Marek, apresentando tumores
internos de tamanhos variados e cor esbranquiçada
■ Afetando aves adultas, baixa mortalidade, doença não contagiosa
(genética)
Encefalomielite aviária:
■ Patógeno: Picornavírus
■ Sintomatologia: tremores, paralisia do
pescoço e cabeça, distrofia muscular e
morte, queda brusca de postura
■ Acomete primariamente aves jovens,
nas primeiras quatro semanas de idade
FÚNGICAS
Aspergilose:
■ Patógeno: gênero Aspergillus
■ Sintomatologia: respiratória
■ A infecção ocorre pela inalação dos esporos liberados pelos fungos
■ Acomete aves jovens, alta mortalidade
Micotoxicoses:
■ Ingestão de alimentos contaminados por micotoxinas –
milho/ração
■ Sintomatologia: palidez, pouco crescimento, diarreia, hemorragia,
alteração nos ovos e morte
PARASITOSES
Coccidiose ou eimeriose:
■ Patógeno: gênero Eimeria
■ Parasitas lesionam a mucosa intestinal
■ Sintomatologia: perda de peso, anorexia,
apatia, despigmentação, diarreia com ou sem
sangue
■ Achados: pequenas irritações até lesões graves
(hemorragias e necrose)
■ Alta mortalidade
Verminoses:
■ Afetam o
desenvolvimento e a
produção
■ Levam à morte
■ Provocadas por diferentes
formas de vida (parasitas)
Ectoparasitoses:
■ Ácaros: Dermanyssus gallinae e
Ornithonyssus sylviarum
■ Pulga: Ceratophyllus gallinae
■ Sarna, piolhos, carrapatos, percevejos
■ Moscas (Ornithomya avicularia), mosquitos
■ Debilitam as aves e predispõe a outras
doenças
Obrigada!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Raças Equinas
Raças EquinasRaças Equinas
Raças EquinasKiller Max
 
Aula 1 panorama_geral_da_suinocultura_brasileira
Aula 1 panorama_geral_da_suinocultura_brasileiraAula 1 panorama_geral_da_suinocultura_brasileira
Aula 1 panorama_geral_da_suinocultura_brasileiraHugomar Elicker
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesMarília Gomes
 
Sistemas de produção de suínos
Sistemas de produção de suínosSistemas de produção de suínos
Sistemas de produção de suínosMarília Gomes
 
Introdução a Equinocultura
Introdução a EquinoculturaIntrodução a Equinocultura
Introdução a EquinoculturaKiller Max
 
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinosSistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinosKiller Max
 
Aula 1 ezoognósia
Aula 1 ezoognósiaAula 1 ezoognósia
Aula 1 ezoognósiaUFSC
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorMarília Gomes
 
Aula 2 - Cadeia produtiva leite.pptx
Aula 2 - Cadeia produtiva leite.pptxAula 2 - Cadeia produtiva leite.pptx
Aula 2 - Cadeia produtiva leite.pptxThonJovita
 
Considerações sobre a anatomofisiologia do sistema digestório dos equinos: ap...
Considerações sobre a anatomofisiologia do sistema digestório dos equinos: ap...Considerações sobre a anatomofisiologia do sistema digestório dos equinos: ap...
Considerações sobre a anatomofisiologia do sistema digestório dos equinos: ap...Lilian De Rezende Jordão
 
Cronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de EquinosCronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de EquinosKiller Max
 
Ordem Siphonaptera
Ordem SiphonapteraOrdem Siphonaptera
Ordem SiphonapteraMarina Sousa
 
Noções de Melhoramento Animal de Bovinos de Corte
Noções de Melhoramento Animal de Bovinos de CorteNoções de Melhoramento Animal de Bovinos de Corte
Noções de Melhoramento Animal de Bovinos de CorteAndré Ferreira
 
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinosSanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinosMarília Gomes
 

Mais procurados (20)

Raças Equinas
Raças EquinasRaças Equinas
Raças Equinas
 
Aula 1 panorama_geral_da_suinocultura_brasileira
Aula 1 panorama_geral_da_suinocultura_brasileiraAula 1 panorama_geral_da_suinocultura_brasileira
Aula 1 panorama_geral_da_suinocultura_brasileira
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
 
Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte
 
Sistemas de produção de suínos
Sistemas de produção de suínosSistemas de produção de suínos
Sistemas de produção de suínos
 
Introdução a Equinocultura
Introdução a EquinoculturaIntrodução a Equinocultura
Introdução a Equinocultura
 
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinosSistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
 
Aula 1 ezoognósia
Aula 1 ezoognósiaAula 1 ezoognósia
Aula 1 ezoognósia
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutor
 
Aula 2 - Cadeia produtiva leite.pptx
Aula 2 - Cadeia produtiva leite.pptxAula 2 - Cadeia produtiva leite.pptx
Aula 2 - Cadeia produtiva leite.pptx
 
Raças de suínos
Raças de suínosRaças de suínos
Raças de suínos
 
Raças de suínos
Raças de suínosRaças de suínos
Raças de suínos
 
Considerações sobre a anatomofisiologia do sistema digestório dos equinos: ap...
Considerações sobre a anatomofisiologia do sistema digestório dos equinos: ap...Considerações sobre a anatomofisiologia do sistema digestório dos equinos: ap...
Considerações sobre a anatomofisiologia do sistema digestório dos equinos: ap...
 
Métodos de pastejo
Métodos de pastejoMétodos de pastejo
Métodos de pastejo
 
Producao de suinos
Producao de suinosProducao de suinos
Producao de suinos
 
Cronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de EquinosCronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de Equinos
 
Febre aftosa
Febre aftosaFebre aftosa
Febre aftosa
 
Ordem Siphonaptera
Ordem SiphonapteraOrdem Siphonaptera
Ordem Siphonaptera
 
Noções de Melhoramento Animal de Bovinos de Corte
Noções de Melhoramento Animal de Bovinos de CorteNoções de Melhoramento Animal de Bovinos de Corte
Noções de Melhoramento Animal de Bovinos de Corte
 
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinosSanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
 

Semelhante a Principais doenças que acometem aves comerciais

Microbiologia veterinaria (paramyxoviridae e orthomyxoviridae)
Microbiologia veterinaria (paramyxoviridae e orthomyxoviridae)Microbiologia veterinaria (paramyxoviridae e orthomyxoviridae)
Microbiologia veterinaria (paramyxoviridae e orthomyxoviridae)wellison nascimento
 
Algumas Doencas de Aves Ornamentais
Algumas Doencas de Aves OrnamentaisAlgumas Doencas de Aves Ornamentais
Algumas Doencas de Aves OrnamentaisAntonio Silva
 
Malaria - Plasmodium
Malaria - PlasmodiumMalaria - Plasmodium
Malaria - PlasmodiumFábio Baía
 
Agentes virais 01 cinomose
Agentes virais 01 cinomoseAgentes virais 01 cinomose
Agentes virais 01 cinomoseNúbia Fernanda
 
Poliomavirose - www.veterinariodeaves.blogspot.com
Poliomavirose - www.veterinariodeaves.blogspot.comPoliomavirose - www.veterinariodeaves.blogspot.com
Poliomavirose - www.veterinariodeaves.blogspot.comAntonio Silva
 
Criação de bezerras de leite
Criação de bezerras de leiteCriação de bezerras de leite
Criação de bezerras de leiteMarília Gomes
 
Paracoccidioidomicose - Infectologia - Universidade Estadual de Goiás
Paracoccidioidomicose - Infectologia - Universidade Estadual de GoiásParacoccidioidomicose - Infectologia - Universidade Estadual de Goiás
Paracoccidioidomicose - Infectologia - Universidade Estadual de GoiásErik Ricardo Gonçalves Araújo
 
Teníase e malária
Teníase e maláriaTeníase e malária
Teníase e maláriaFilipe Bispo
 
IVAS na infância
IVAS na infânciaIVAS na infância
IVAS na infânciablogped1
 
Malária e ancilostomíase
Malária e ancilostomíaseMalária e ancilostomíase
Malária e ancilostomíaseBarbara Oliveira
 
858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt
858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt
858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.pptTatiane Fernandes
 
Linfadenopatias cervicais na infância
Linfadenopatias cervicais na infânciaLinfadenopatias cervicais na infância
Linfadenopatias cervicais na infânciaDario Hart
 
Strongyloides Stercoralis E Estrongiloidiase
Strongyloides Stercoralis E EstrongiloidiaseStrongyloides Stercoralis E Estrongiloidiase
Strongyloides Stercoralis E EstrongiloidiaseEliane Quintais
 
Gastroenterites verminóticas dos ruminantes
Gastroenterites verminóticas dos ruminantesGastroenterites verminóticas dos ruminantes
Gastroenterites verminóticas dos ruminantesMaria Alice Sene
 

Semelhante a Principais doenças que acometem aves comerciais (20)

Aula 6 - M
Aula 6 - MAula 6 - M
Aula 6 - M
 
Gripe Aviária
Gripe Aviária Gripe Aviária
Gripe Aviária
 
Microbiologia veterinaria (paramyxoviridae e orthomyxoviridae)
Microbiologia veterinaria (paramyxoviridae e orthomyxoviridae)Microbiologia veterinaria (paramyxoviridae e orthomyxoviridae)
Microbiologia veterinaria (paramyxoviridae e orthomyxoviridae)
 
Algumas Doencas de Aves Ornamentais
Algumas Doencas de Aves OrnamentaisAlgumas Doencas de Aves Ornamentais
Algumas Doencas de Aves Ornamentais
 
Malaria - Plasmodium
Malaria - PlasmodiumMalaria - Plasmodium
Malaria - Plasmodium
 
Plasmodium e malária
Plasmodium e  malária Plasmodium e  malária
Plasmodium e malária
 
Agentes virais 01 cinomose
Agentes virais 01 cinomoseAgentes virais 01 cinomose
Agentes virais 01 cinomose
 
Poliomavirose - www.veterinariodeaves.blogspot.com
Poliomavirose - www.veterinariodeaves.blogspot.comPoliomavirose - www.veterinariodeaves.blogspot.com
Poliomavirose - www.veterinariodeaves.blogspot.com
 
Criação de bezerras de leite
Criação de bezerras de leiteCriação de bezerras de leite
Criação de bezerras de leite
 
Paracoccidioidomicose - Infectologia - Universidade Estadual de Goiás
Paracoccidioidomicose - Infectologia - Universidade Estadual de GoiásParacoccidioidomicose - Infectologia - Universidade Estadual de Goiás
Paracoccidioidomicose - Infectologia - Universidade Estadual de Goiás
 
Teníase e malária
Teníase e maláriaTeníase e malária
Teníase e malária
 
IVAS na infância
IVAS na infânciaIVAS na infância
IVAS na infância
 
Malária e ancilostomíase
Malária e ancilostomíaseMalária e ancilostomíase
Malária e ancilostomíase
 
Espiroq
EspiroqEspiroq
Espiroq
 
858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt
858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt
858836jnljijliihuugyuftrtdtreserzexgfc8.ppt
 
Helmintos-2014.pdf
Helmintos-2014.pdfHelmintos-2014.pdf
Helmintos-2014.pdf
 
Doenças do Trato Urinário das Aves
Doenças do Trato Urinário das AvesDoenças do Trato Urinário das Aves
Doenças do Trato Urinário das Aves
 
Linfadenopatias cervicais na infância
Linfadenopatias cervicais na infânciaLinfadenopatias cervicais na infância
Linfadenopatias cervicais na infância
 
Strongyloides Stercoralis E Estrongiloidiase
Strongyloides Stercoralis E EstrongiloidiaseStrongyloides Stercoralis E Estrongiloidiase
Strongyloides Stercoralis E Estrongiloidiase
 
Gastroenterites verminóticas dos ruminantes
Gastroenterites verminóticas dos ruminantesGastroenterites verminóticas dos ruminantes
Gastroenterites verminóticas dos ruminantes
 

Mais de Marília Gomes

Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaPossibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaMarília Gomes
 
Patologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioPatologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioMarília Gomes
 
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaBem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaMarília Gomes
 
Tratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoTratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoMarília Gomes
 
Medicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMedicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMarília Gomes
 
Medicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMedicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMarília Gomes
 
Semiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensSemiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensMarília Gomes
 
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensConceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensMarília Gomes
 
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosTopografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosMarília Gomes
 
Patologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioPatologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioMarília Gomes
 
patologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularpatologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularMarília Gomes
 
Topografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômenTopografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômenMarília Gomes
 
Topografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tóraxTopografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tóraxMarília Gomes
 
Pigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesPigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesMarília Gomes
 
Calcificações patológicas
Calcificações patológicasCalcificações patológicas
Calcificações patológicasMarília Gomes
 
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21Marília Gomes
 
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebralTopografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebralMarília Gomes
 
Topografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeçaTopografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeçaMarília Gomes
 

Mais de Marília Gomes (20)

Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaPossibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
 
Patologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioPatologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinário
 
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaBem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinocultura
 
Necropsia em aves
Necropsia em avesNecropsia em aves
Necropsia em aves
 
Tratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoTratamento via água e ração
Tratamento via água e ração
 
Medicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMedicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagens
 
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
 
Medicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMedicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagens
 
Semiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensSemiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagens
 
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensConceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
 
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosTopografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
 
Patologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioPatologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratório
 
patologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularpatologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascular
 
Topografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômenTopografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômen
 
Topografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tóraxTopografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tórax
 
Pigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesPigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentações
 
Calcificações patológicas
Calcificações patológicasCalcificações patológicas
Calcificações patológicas
 
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
Lesões celulares reversíveis e irreversíveis 15.09.21
 
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebralTopografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
Topografia veterinária - pescoço e coluna vertebral
 
Topografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeçaTopografia veterinária - cabeça
Topografia veterinária - cabeça
 

Último

Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................mariagrave
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024azulassessoria9
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024azulassessoria9
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSPedro Luis Moraes
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Centro Jacques Delors
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaCentro Jacques Delors
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxLucasFCapistrano
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfFbioFerreira207918
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfprofesfrancleite
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 

Último (20)

Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 

Principais doenças que acometem aves comerciais

  • 1. PRINCIPAIS DOENÇAS QUE ACOMETEM AVES COMERCIAL Prof. Marília Gomes
  • 2. Introdução ■ A indústria avícola brasileira cresce anualmente ■ Torna-se mais representativa na produção e exportação de produtos ■ Cuidados sanitários têm acompanhado e favorecido essa evolução ■ Patógenos que afetam a produção provocam grandes prejuízos ■ Por isso é importante conhecer as doenças, origens e agentes
  • 4. Salmonelose: ■ Patógeno: gênero Salmonella – Pulorose (S. pullorum) - doença sistêmica severa, alta morbidade e letalidade, redução na produção de ovos; – Tifo aviário (S. gallinarum) - doença sistêmica em aves domésticas, curso agudo/crônico, mortalidade moderada/alta, aves adultas; – Paratifo aviário (mais comuns são S. typhimurium e S. enteritidis) - inespecíficos, intoxicações alimentares em humanos
  • 5. Colibacilose: ■ Patógeno: Escherichia coli ■ Sintomatologia: doença crônica respiratória, onfalite, salpingite, septicemia, peritonite, síndrome da cabeça inchada, enterite e celulite ■ Fatores predisponentes: contato com microrganismo, manejo, alimentação, instalação e condição individual do animal ■ Pela gravidade e difusão de sintomas - alta mortalidade
  • 6. Micoplasmose: ■ Patógeno: Mycoplasma gallisepticum ■ Sintomatologia: doença sistêmica e respiratória causando tosse, espirros, secreção nasal, sinusite, traqueíte, pneumonia e aerossaculite ■ Patógeno: M. synoviae ■ Sintomatologia: doença infecciosa que afeta os sistemas locomotor e respiratório causando sinovite, tendinite exsudativa e bursite
  • 7. Coriza infecciosa ou gogo: ■ Patógeno: Haemophilus paragallinarum ■ Sintomatologia: doença respiratória do trato superior aguda/subaguda/crônica, altamente contagiosa, causando corrimento nasal, espirros, edema no bordo inferior dos olhos, conjuntivite catarral e barbelas inchadas
  • 8. Cólera aviária ou pasteurelose: ■ Patógeno: Pasteurella multocida ■ Sintomatologia: septicemia súbita ou infecções crônicas e assintomáticas - febre, sonolência, congestão, cianose de cristas e barbelas e morte repentina ■ Alta morbidade e mortalidade ■ A bactéria infecta aves com mais de seis semanas ■ Especialmente machos
  • 9. Botulismo ou clostridiose: ■ Patógeno: Clostridium botulinum ■ Sintomatologia: prostração, paralisia flácida e morte repentina ■ Ingestão de toxina botulínica na matéria orgânica em decomposição
  • 10. Estafilococose e Estreptococose: ■ Patógenos: Staphylococcus sp. e Streptococcus sp. ■ Ocorrem secundariamente a outras infecções bacterianas ou virais
  • 12. Laringotraqueíte: ■ Patógeno: família Herpesviridae ■ Sintomatologia: alterações respiratórias, dispneia, estertores, expectoração de exsudato sanguinolento, traqueia hemorrágica, com exsudato sanguinolento e fibrinoso, laringotraqueíte, conjuntivite ■ Altamente contagiosa, alta mortalidade, acomete principalmente galinhas
  • 13. Doença de Gumboro: ■ Patógeno: família Birnaviridae - doença infecciosa da bolsa de Fabrício ■ Sintomatologia: queda acentuada da imunidade, falta de apetite, diarreia acentuada, depressão, desidratação e desuniformidade no plantel ■ Alta mortalidade - acomete aves jovens de 3 a 7 semanas de idade ■ Altamente contagiosa
  • 14. Doença de Newcastle: ■ Patógenos: família Paramyxoviridae ■ Sintomatologia: respiratória com espirros, dificuldade em respirar, conjuntivite e, às vezes, inchaço da cabeça, digestiva com diarreia sanguinolenta e mortes repentinas e, nervosa com paralisia de pernas e asas, incoordenação, torcicolo e opstótomo. Queda brusca na produção de ovos ■ Altamente contagiosa, afeta aves em qualquer idade ■ Alta mortalidade
  • 15. Influenza aviária ou gripe aviária: ■ Patógeno: família Orthomyxoviridae - influenza tipo A ■ Sintomatologia: lesões nos sistemas respiratório, digestivo, nervoso e reprodutivo ■ Alta letalidade
  • 16. Bouba aviária ou varíola: ■ Patógeno: família Poxvírus ■ Sintomatologia: infecta a pele - nódulos em regiões sem penas (crista, barbelas, em volta do bico e dos olhos) e, a garganta (forma diftérica) - placas que podem se alastrar causando dificuldades para respirar, perda de apetite e prostração ■ Alta mortalidade, afeta aves em qualquer idade
  • 17. Doença de Marek: ■ Patógeno: família Herpesviridae – neoplasia ■ Sintomatologia: prostração, paralisia e morte elevada ■ Achados: tumores nas vísceras das aves, no sistema nervoso central e periférico, na pele e no globo ocular ■ Afeta aves jovens
  • 18. Bronquite infecciosa: ■ Patógeno: família Coronaviridae - grupo 3 ■ Sintomatologia: respiratória, renal, reprodutiva e entérica. Afeta a qualidade e quantidade dos ovos, casca mole, sem casca, perda de cor da gema e a clara liquefeita ■ Doença aguda, infectocontagiosa, galinhas ■ Alta mortalidade (jovens)
  • 19. Leucose linfoide: ■ Patógeno: genêro Alfaretrovirus, família Retroviridae ■ Achados: assemelha-se à doença de Marek, apresentando tumores internos de tamanhos variados e cor esbranquiçada ■ Afetando aves adultas, baixa mortalidade, doença não contagiosa (genética)
  • 20. Encefalomielite aviária: ■ Patógeno: Picornavírus ■ Sintomatologia: tremores, paralisia do pescoço e cabeça, distrofia muscular e morte, queda brusca de postura ■ Acomete primariamente aves jovens, nas primeiras quatro semanas de idade
  • 22. Aspergilose: ■ Patógeno: gênero Aspergillus ■ Sintomatologia: respiratória ■ A infecção ocorre pela inalação dos esporos liberados pelos fungos ■ Acomete aves jovens, alta mortalidade
  • 23. Micotoxicoses: ■ Ingestão de alimentos contaminados por micotoxinas – milho/ração ■ Sintomatologia: palidez, pouco crescimento, diarreia, hemorragia, alteração nos ovos e morte
  • 25. Coccidiose ou eimeriose: ■ Patógeno: gênero Eimeria ■ Parasitas lesionam a mucosa intestinal ■ Sintomatologia: perda de peso, anorexia, apatia, despigmentação, diarreia com ou sem sangue ■ Achados: pequenas irritações até lesões graves (hemorragias e necrose) ■ Alta mortalidade
  • 26. Verminoses: ■ Afetam o desenvolvimento e a produção ■ Levam à morte ■ Provocadas por diferentes formas de vida (parasitas)
  • 27. Ectoparasitoses: ■ Ácaros: Dermanyssus gallinae e Ornithonyssus sylviarum ■ Pulga: Ceratophyllus gallinae ■ Sarna, piolhos, carrapatos, percevejos ■ Moscas (Ornithomya avicularia), mosquitos ■ Debilitam as aves e predispõe a outras doenças