SlideShare uma empresa Scribd logo
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Subfilo: Chelicerata
Classe: Arachnida
Ordem: Acari
Subordem: Ixodides
Familias: Ixodidae, Argasidae e Nuttalliellidae
Totalizam 896 espécies
Família Ixodidae 702 espécies
Família Argasidae 193 espécies
Família Nuttalliellidae 1 espécie
Fonte: (Guglielmone et al., 2010).
Família Ixodidae 44 espécies
Família Argasidae 19 espécies
Fonte: (Dantas-Torres et al.,2012).
63 espécies de carrapatos no Brasil
Apresentam escudo dorsal rígido que cobre
toda a face dorsal do macho adulto
Não possuem escudo
- São cosmopolitas
- Ectoparasitas obrigatórios de vertebrados
- Hematófagos obrigatórios
- Apresentam dimorfismo sexual
- Podem permanecer fixados à pele dos
hospedeiros por tempo prolongado
Aspectos Gerais
Morfologia
Fonte: (Brito et al., 2006)
Fases do Desenvolvimento
– nesta fase, os imaturos que neste
caso são chamados de larvas, apresentam apenas três pares de
pernas;
- nesta fase, os imaturos que neste caso são
chamados de ninfas, apresentam quatro pares de pernas;
– nesta fase, machos e fêmeas apresentam
quatro pares de pernas.
Ciclo Biológico
Ciclo monoxeno - neste caso, é necessário um único
hospedeiro
Ciclo heteroxeno com dois hospedeiros - são necessários
dois hospedeiros para completar o ciclo
Ciclo heteroxeno com três hospedeiros - são necessários
três hospedeiros para completar o ciclo
Importância Econômico - Sanitária
Vinculam diversos patógenos ao homem e aos animais domésticos
e selvagens;
Espoliação sanguínea;
Diminuição do desenvolvimento
ponderal;
Lesão no couro dos animais;
Geram grande perda econômica na produção  gastos com acaricidas,
baixa fertilidade, alta mortalidade e etc.
Principais Carrapatos da Família Ixodidae
Rhipicephalus (Boophilus) microplus  carrapatos dos bovinus
Rhipicephalus sanguineus  carrapatos dos cães
Amblyomma cajennense  carrapato dos cavalos
Principais Carrapatos da Família Argasidae
Argas miniatus  carrapato das galinhas
Rhipicephalus microplus
Popularmente conhecido como “carrapato-do-boi”;
Tem preferência por bovinos;
presente também ovelhas,
cavalos, veados, cães e homens;
Possui ciclo monoxeno;
Tristeza parasitária bovina (TPB)
Babebiose
Anoplosmose
Pode transmitir:
OBS: Traz prejuízos na
criação de gado
Rhipicephalus sanguineus
Popularmente conhecido como “carrapato-do-cão”;
Originário do continente africano;
Babesia canis para cães
Rickettsia canorii para seres humanos
Ehrlichia canis para cães e humanos
Pode transmitir:
Se alimenta principalmente em cão e acidentalmente em outros
hospedeiros;
Possui ciclo trioxeno;
Amblyomma cajennense
Popularmente conhecido em diversas regiões do país por “carrapato estrela” ou
“carrapato do cavalo” na sua fase adulta, "vermelhinho" na fase de ninfas e por
"micuim“ na fase de larvas;
É encontrado com frequência infestando os equídeos, mas devido à sua baixa
especificidade parasitária por hospedeiros pode infestar outros mamíferos como
bovídeos, cervídeos, canídeos domésticos e silvestres, além de aves e do próprio
homem.
principal vetor de Rickettsia rickettsii causador da Febre Maculosa Brasileira;
Ciclo Biológico
Argas miniatus
Popularmente conhecido como “carrapato-da-galinha”;
Possui ciclo heteroxeno (2);
Doença: “Tick paralysis”.
Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Carrapatos
CarrapatosCarrapatos
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
Marília Gomes
 
Trabalho de parasitologia
Trabalho de parasitologiaTrabalho de parasitologia
Trabalho de parasitologia
Patrícia Oliver
 
Exercício sobre parasitologia veterinária- Filo Artropoda
Exercício sobre parasitologia veterinária- Filo ArtropodaExercício sobre parasitologia veterinária- Filo Artropoda
Exercício sobre parasitologia veterinária- Filo Artropoda
Inacio Mateus Assane
 
Cronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de EquinosCronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de Equinos
Killer Max
 
FIV e FeLV
FIV e FeLVFIV e FeLV
FIV e FeLV
Carolina Trochmann
 
Aula 1 Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e Mensurações
Aula 1   Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e MensuraçõesAula 1   Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e Mensurações
Aula 1 Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e Mensurações
Elaine
 
Nematelmintos equinos 2021
Nematelmintos equinos 2021Nematelmintos equinos 2021
Nematelmintos equinos 2021
elayne cristina julio de lima
 
Dirofilariose canina
Dirofilariose caninaDirofilariose canina
Dirofilariose canina
Mariane Gomes
 
Sistema digestório Cães
Sistema digestório CãesSistema digestório Cães
Sistema digestório Cães
Helena Amaral
 
àcaros e Carrapatos
àcaros e Carrapatosàcaros e Carrapatos
àcaros e Carrapatos
Mayane Leite
 
Osteologia Veterinária
Osteologia VeterináriaOsteologia Veterinária
Osteologia Veterinária
Patrícia Oliver
 
Sistema digestório - Anatomia animal
Sistema digestório - Anatomia animal Sistema digestório - Anatomia animal
Sistema digestório - Anatomia animal
Marília Gomes
 
Exame clínico neurológico de cães pedro augusto cordeiro borges
Exame clínico neurológico de cães   pedro augusto cordeiro borgesExame clínico neurológico de cães   pedro augusto cordeiro borges
Exame clínico neurológico de cães pedro augusto cordeiro borges
Pedro Augusto
 
Anatomia topográfica acessos - abdome 1
Anatomia topográfica   acessos - abdome 1Anatomia topográfica   acessos - abdome 1
Anatomia topográfica acessos - abdome 1
Vivian Leao
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
Marília Gomes
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciais
Marília Gomes
 
Aula 15 ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1
Aula 15   ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1Aula 15   ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1
Aula 15 ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1
Lucas Almeida Sá
 
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal IIntrodução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
Marília Gomes
 
Sistema reprodutor feminino Animal
Sistema reprodutor feminino AnimalSistema reprodutor feminino Animal
Sistema reprodutor feminino Animal
Luísa Santana
 

Mais procurados (20)

Carrapatos
CarrapatosCarrapatos
Carrapatos
 
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
 
Trabalho de parasitologia
Trabalho de parasitologiaTrabalho de parasitologia
Trabalho de parasitologia
 
Exercício sobre parasitologia veterinária- Filo Artropoda
Exercício sobre parasitologia veterinária- Filo ArtropodaExercício sobre parasitologia veterinária- Filo Artropoda
Exercício sobre parasitologia veterinária- Filo Artropoda
 
Cronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de EquinosCronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de Equinos
 
FIV e FeLV
FIV e FeLVFIV e FeLV
FIV e FeLV
 
Aula 1 Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e Mensurações
Aula 1   Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e MensuraçõesAula 1   Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e Mensurações
Aula 1 Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e Mensurações
 
Nematelmintos equinos 2021
Nematelmintos equinos 2021Nematelmintos equinos 2021
Nematelmintos equinos 2021
 
Dirofilariose canina
Dirofilariose caninaDirofilariose canina
Dirofilariose canina
 
Sistema digestório Cães
Sistema digestório CãesSistema digestório Cães
Sistema digestório Cães
 
àcaros e Carrapatos
àcaros e Carrapatosàcaros e Carrapatos
àcaros e Carrapatos
 
Osteologia Veterinária
Osteologia VeterináriaOsteologia Veterinária
Osteologia Veterinária
 
Sistema digestório - Anatomia animal
Sistema digestório - Anatomia animal Sistema digestório - Anatomia animal
Sistema digestório - Anatomia animal
 
Exame clínico neurológico de cães pedro augusto cordeiro borges
Exame clínico neurológico de cães   pedro augusto cordeiro borgesExame clínico neurológico de cães   pedro augusto cordeiro borges
Exame clínico neurológico de cães pedro augusto cordeiro borges
 
Anatomia topográfica acessos - abdome 1
Anatomia topográfica   acessos - abdome 1Anatomia topográfica   acessos - abdome 1
Anatomia topográfica acessos - abdome 1
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciais
 
Aula 15 ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1
Aula 15   ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1Aula 15   ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1
Aula 15 ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1
 
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal IIntrodução e planos anatômicos - anatomia animal I
Introdução e planos anatômicos - anatomia animal I
 
Sistema reprodutor feminino Animal
Sistema reprodutor feminino AnimalSistema reprodutor feminino Animal
Sistema reprodutor feminino Animal
 

Semelhante a Carrapatos - Parasitologia

PARASITOS DE CARPINOS
PARASITOS DE CARPINOSPARASITOS DE CARPINOS
PARASITOS DE CARPINOS
Keven Caires
 
cidio_zootecniA caracteristicas da raça suina_ORI[1].pptx
cidio_zootecniA caracteristicas da raça suina_ORI[1].pptxcidio_zootecniA caracteristicas da raça suina_ORI[1].pptx
cidio_zootecniA caracteristicas da raça suina_ORI[1].pptx
AntnioSalvadorLuis
 
Controle e biologia dos carrapatos
Controle e biologia dos carrapatosControle e biologia dos carrapatos
Controle e biologia dos carrapatos
flaviahuber59
 
Origem das Codornas
Origem das CodornasOrigem das Codornas
Origem das Codornas
João Felix
 
Zoologia dos vertebrados - Aves
Zoologia dos vertebrados - AvesZoologia dos vertebrados - Aves
Zoologia dos vertebrados - Aves
Juliano van Melis
 
Muscomorphas
MuscomorphasMuscomorphas
Muscomorphas
maycla
 
artro_1not2010.ppt
artro_1not2010.pptartro_1not2010.ppt
artro_1not2010.ppt
RicardoReis816963
 
Filo Arthropoda (Artrópodes)
Filo Arthropoda (Artrópodes)Filo Arthropoda (Artrópodes)
Filo Arthropoda (Artrópodes)
RayssaDias8
 
Artrpodes
ArtrpodesArtrpodes
Artrpodes
Daniel Sena
 
Iv.1 protecao
Iv.1 protecao Iv.1 protecao
Phototheria
PhototheriaPhototheria
Phototheria
Marisol Carneiro
 
Ap reptilia tartarugas e jacares
Ap reptilia tartarugas e jacaresAp reptilia tartarugas e jacares
Ap reptilia tartarugas e jacares
henriqueneto
 
nematodios_costrucao.pptx
nematodios_costrucao.pptxnematodios_costrucao.pptx
nematodios_costrucao.pptx
KarlaBittencourt2
 
Diptera - vet 145
Diptera - vet 145Diptera - vet 145
Calopsit
CalopsitCalopsit
Calopsit
Anilorac Maia
 
Calopsit
CalopsitCalopsit
Calopsit
Anilorac Maia
 
Reino animal
Reino animalReino animal
Reino animal
aulasdotubao
 
Reino animalia (metazoa)
Reino animalia (metazoa)Reino animalia (metazoa)
Reino animalia (metazoa)
Jocimara Monsani
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
Clélia Kaneda
 
Coelhos – pet ou animais de produção
Coelhos – pet ou animais de produçãoCoelhos – pet ou animais de produção
Coelhos – pet ou animais de produção
Evelyn Golin
 

Semelhante a Carrapatos - Parasitologia (20)

PARASITOS DE CARPINOS
PARASITOS DE CARPINOSPARASITOS DE CARPINOS
PARASITOS DE CARPINOS
 
cidio_zootecniA caracteristicas da raça suina_ORI[1].pptx
cidio_zootecniA caracteristicas da raça suina_ORI[1].pptxcidio_zootecniA caracteristicas da raça suina_ORI[1].pptx
cidio_zootecniA caracteristicas da raça suina_ORI[1].pptx
 
Controle e biologia dos carrapatos
Controle e biologia dos carrapatosControle e biologia dos carrapatos
Controle e biologia dos carrapatos
 
Origem das Codornas
Origem das CodornasOrigem das Codornas
Origem das Codornas
 
Zoologia dos vertebrados - Aves
Zoologia dos vertebrados - AvesZoologia dos vertebrados - Aves
Zoologia dos vertebrados - Aves
 
Muscomorphas
MuscomorphasMuscomorphas
Muscomorphas
 
artro_1not2010.ppt
artro_1not2010.pptartro_1not2010.ppt
artro_1not2010.ppt
 
Filo Arthropoda (Artrópodes)
Filo Arthropoda (Artrópodes)Filo Arthropoda (Artrópodes)
Filo Arthropoda (Artrópodes)
 
Artrpodes
ArtrpodesArtrpodes
Artrpodes
 
Iv.1 protecao
Iv.1 protecao Iv.1 protecao
Iv.1 protecao
 
Phototheria
PhototheriaPhototheria
Phototheria
 
Ap reptilia tartarugas e jacares
Ap reptilia tartarugas e jacaresAp reptilia tartarugas e jacares
Ap reptilia tartarugas e jacares
 
nematodios_costrucao.pptx
nematodios_costrucao.pptxnematodios_costrucao.pptx
nematodios_costrucao.pptx
 
Diptera - vet 145
Diptera - vet 145Diptera - vet 145
Diptera - vet 145
 
Calopsit
CalopsitCalopsit
Calopsit
 
Calopsit
CalopsitCalopsit
Calopsit
 
Reino animal
Reino animalReino animal
Reino animal
 
Reino animalia (metazoa)
Reino animalia (metazoa)Reino animalia (metazoa)
Reino animalia (metazoa)
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Coelhos – pet ou animais de produção
Coelhos – pet ou animais de produçãoCoelhos – pet ou animais de produção
Coelhos – pet ou animais de produção
 

Mais de Janaina Alves

Projeto Drogas Ilícitas e Suas Consequências
Projeto Drogas Ilícitas e Suas ConsequênciasProjeto Drogas Ilícitas e Suas Consequências
Projeto Drogas Ilícitas e Suas Consequências
Janaina Alves
 
Drogas na Adolescência
Drogas na AdolescênciaDrogas na Adolescência
Drogas na Adolescência
Janaina Alves
 
Sistema Circulatório
Sistema CirculatórioSistema Circulatório
Sistema Circulatório
Janaina Alves
 
Equinodermos
EquinodermosEquinodermos
Equinodermos
Janaina Alves
 
Apresentação - Surdocegueira e Deficiência Múltipla
Apresentação - Surdocegueira e Deficiência MúltiplaApresentação - Surdocegueira e Deficiência Múltipla
Apresentação - Surdocegueira e Deficiência Múltipla
Janaina Alves
 
Apresentação do artigo: ANÁLISE COMPARATIVA DE NUTRIENTES FUNCIONAIS EM MORAN...
Apresentação do artigo: ANÁLISE COMPARATIVA DE NUTRIENTES FUNCIONAIS EM MORAN...Apresentação do artigo: ANÁLISE COMPARATIVA DE NUTRIENTES FUNCIONAIS EM MORAN...
Apresentação do artigo: ANÁLISE COMPARATIVA DE NUTRIENTES FUNCIONAIS EM MORAN...
Janaina Alves
 
Apresentação - O Conceito de Bioma Deve Ser Modificado - Economia da Natureza...
Apresentação - O Conceito de Bioma Deve Ser Modificado - Economia da Natureza...Apresentação - O Conceito de Bioma Deve Ser Modificado - Economia da Natureza...
Apresentação - O Conceito de Bioma Deve Ser Modificado - Economia da Natureza...
Janaina Alves
 
Apresentação - As zonas de Clima nas Latitudes Tropicais - Economia da Nature...
Apresentação - As zonas de Clima nas Latitudes Tropicais - Economia da Nature...Apresentação - As zonas de Clima nas Latitudes Tropicais - Economia da Nature...
Apresentação - As zonas de Clima nas Latitudes Tropicais - Economia da Nature...
Janaina Alves
 
Apresentação - As Zonas de Clima Polar e Boreal - Economia da Natureza (Parte...
Apresentação - As Zonas de Clima Polar e Boreal - Economia da Natureza (Parte...Apresentação - As Zonas de Clima Polar e Boreal - Economia da Natureza (Parte...
Apresentação - As Zonas de Clima Polar e Boreal - Economia da Natureza (Parte...
Janaina Alves
 
Apresentação - As Zonas de Clima Temperado - Economia da Natureza - Parte III
Apresentação - As Zonas de Clima Temperado - Economia da Natureza - Parte IIIApresentação - As Zonas de Clima Temperado - Economia da Natureza - Parte III
Apresentação - As Zonas de Clima Temperado - Economia da Natureza - Parte III
Janaina Alves
 
Apresentação - Os Diagramas Climáticos de Walter - Economia da Natureza - Par...
Apresentação - Os Diagramas Climáticos de Walter - Economia da Natureza - Par...Apresentação - Os Diagramas Climáticos de Walter - Economia da Natureza - Par...
Apresentação - Os Diagramas Climáticos de Walter - Economia da Natureza - Par...
Janaina Alves
 
Apresentação - Economia da Natureza - Parte I
Apresentação - Economia da Natureza - Parte IApresentação - Economia da Natureza - Parte I
Apresentação - Economia da Natureza - Parte I
Janaina Alves
 
Aula - Lixo (6° ano)
Aula - Lixo (6° ano)Aula - Lixo (6° ano)
Aula - Lixo (6° ano)
Janaina Alves
 
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Janaina Alves
 
Anexos Embrionários - Embriologia
Anexos Embrionários - EmbriologiaAnexos Embrionários - Embriologia
Anexos Embrionários - Embriologia
Janaina Alves
 

Mais de Janaina Alves (15)

Projeto Drogas Ilícitas e Suas Consequências
Projeto Drogas Ilícitas e Suas ConsequênciasProjeto Drogas Ilícitas e Suas Consequências
Projeto Drogas Ilícitas e Suas Consequências
 
Drogas na Adolescência
Drogas na AdolescênciaDrogas na Adolescência
Drogas na Adolescência
 
Sistema Circulatório
Sistema CirculatórioSistema Circulatório
Sistema Circulatório
 
Equinodermos
EquinodermosEquinodermos
Equinodermos
 
Apresentação - Surdocegueira e Deficiência Múltipla
Apresentação - Surdocegueira e Deficiência MúltiplaApresentação - Surdocegueira e Deficiência Múltipla
Apresentação - Surdocegueira e Deficiência Múltipla
 
Apresentação do artigo: ANÁLISE COMPARATIVA DE NUTRIENTES FUNCIONAIS EM MORAN...
Apresentação do artigo: ANÁLISE COMPARATIVA DE NUTRIENTES FUNCIONAIS EM MORAN...Apresentação do artigo: ANÁLISE COMPARATIVA DE NUTRIENTES FUNCIONAIS EM MORAN...
Apresentação do artigo: ANÁLISE COMPARATIVA DE NUTRIENTES FUNCIONAIS EM MORAN...
 
Apresentação - O Conceito de Bioma Deve Ser Modificado - Economia da Natureza...
Apresentação - O Conceito de Bioma Deve Ser Modificado - Economia da Natureza...Apresentação - O Conceito de Bioma Deve Ser Modificado - Economia da Natureza...
Apresentação - O Conceito de Bioma Deve Ser Modificado - Economia da Natureza...
 
Apresentação - As zonas de Clima nas Latitudes Tropicais - Economia da Nature...
Apresentação - As zonas de Clima nas Latitudes Tropicais - Economia da Nature...Apresentação - As zonas de Clima nas Latitudes Tropicais - Economia da Nature...
Apresentação - As zonas de Clima nas Latitudes Tropicais - Economia da Nature...
 
Apresentação - As Zonas de Clima Polar e Boreal - Economia da Natureza (Parte...
Apresentação - As Zonas de Clima Polar e Boreal - Economia da Natureza (Parte...Apresentação - As Zonas de Clima Polar e Boreal - Economia da Natureza (Parte...
Apresentação - As Zonas de Clima Polar e Boreal - Economia da Natureza (Parte...
 
Apresentação - As Zonas de Clima Temperado - Economia da Natureza - Parte III
Apresentação - As Zonas de Clima Temperado - Economia da Natureza - Parte IIIApresentação - As Zonas de Clima Temperado - Economia da Natureza - Parte III
Apresentação - As Zonas de Clima Temperado - Economia da Natureza - Parte III
 
Apresentação - Os Diagramas Climáticos de Walter - Economia da Natureza - Par...
Apresentação - Os Diagramas Climáticos de Walter - Economia da Natureza - Par...Apresentação - Os Diagramas Climáticos de Walter - Economia da Natureza - Par...
Apresentação - Os Diagramas Climáticos de Walter - Economia da Natureza - Par...
 
Apresentação - Economia da Natureza - Parte I
Apresentação - Economia da Natureza - Parte IApresentação - Economia da Natureza - Parte I
Apresentação - Economia da Natureza - Parte I
 
Aula - Lixo (6° ano)
Aula - Lixo (6° ano)Aula - Lixo (6° ano)
Aula - Lixo (6° ano)
 
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
 
Anexos Embrionários - Embriologia
Anexos Embrionários - EmbriologiaAnexos Embrionários - Embriologia
Anexos Embrionários - Embriologia
 

Último

O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
BiancaCristina75
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 

Último (20)

O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 

Carrapatos - Parasitologia

  • 1.
  • 2. Reino: Animalia Filo: Arthropoda Subfilo: Chelicerata Classe: Arachnida Ordem: Acari Subordem: Ixodides Familias: Ixodidae, Argasidae e Nuttalliellidae
  • 3. Totalizam 896 espécies Família Ixodidae 702 espécies Família Argasidae 193 espécies Família Nuttalliellidae 1 espécie Fonte: (Guglielmone et al., 2010). Família Ixodidae 44 espécies Família Argasidae 19 espécies Fonte: (Dantas-Torres et al.,2012). 63 espécies de carrapatos no Brasil
  • 4. Apresentam escudo dorsal rígido que cobre toda a face dorsal do macho adulto Não possuem escudo
  • 5. - São cosmopolitas - Ectoparasitas obrigatórios de vertebrados - Hematófagos obrigatórios - Apresentam dimorfismo sexual - Podem permanecer fixados à pele dos hospedeiros por tempo prolongado Aspectos Gerais
  • 7. Fases do Desenvolvimento – nesta fase, os imaturos que neste caso são chamados de larvas, apresentam apenas três pares de pernas; - nesta fase, os imaturos que neste caso são chamados de ninfas, apresentam quatro pares de pernas; – nesta fase, machos e fêmeas apresentam quatro pares de pernas.
  • 8.
  • 9. Ciclo Biológico Ciclo monoxeno - neste caso, é necessário um único hospedeiro
  • 10. Ciclo heteroxeno com dois hospedeiros - são necessários dois hospedeiros para completar o ciclo
  • 11. Ciclo heteroxeno com três hospedeiros - são necessários três hospedeiros para completar o ciclo
  • 12. Importância Econômico - Sanitária Vinculam diversos patógenos ao homem e aos animais domésticos e selvagens; Espoliação sanguínea; Diminuição do desenvolvimento ponderal; Lesão no couro dos animais; Geram grande perda econômica na produção  gastos com acaricidas, baixa fertilidade, alta mortalidade e etc.
  • 13. Principais Carrapatos da Família Ixodidae Rhipicephalus (Boophilus) microplus  carrapatos dos bovinus Rhipicephalus sanguineus  carrapatos dos cães Amblyomma cajennense  carrapato dos cavalos Principais Carrapatos da Família Argasidae Argas miniatus  carrapato das galinhas
  • 14. Rhipicephalus microplus Popularmente conhecido como “carrapato-do-boi”; Tem preferência por bovinos; presente também ovelhas, cavalos, veados, cães e homens; Possui ciclo monoxeno;
  • 15. Tristeza parasitária bovina (TPB) Babebiose Anoplosmose Pode transmitir: OBS: Traz prejuízos na criação de gado
  • 16. Rhipicephalus sanguineus Popularmente conhecido como “carrapato-do-cão”; Originário do continente africano;
  • 17. Babesia canis para cães Rickettsia canorii para seres humanos Ehrlichia canis para cães e humanos Pode transmitir: Se alimenta principalmente em cão e acidentalmente em outros hospedeiros; Possui ciclo trioxeno;
  • 18.
  • 19. Amblyomma cajennense Popularmente conhecido em diversas regiões do país por “carrapato estrela” ou “carrapato do cavalo” na sua fase adulta, "vermelhinho" na fase de ninfas e por "micuim“ na fase de larvas;
  • 20. É encontrado com frequência infestando os equídeos, mas devido à sua baixa especificidade parasitária por hospedeiros pode infestar outros mamíferos como bovídeos, cervídeos, canídeos domésticos e silvestres, além de aves e do próprio homem. principal vetor de Rickettsia rickettsii causador da Febre Maculosa Brasileira;
  • 22. Argas miniatus Popularmente conhecido como “carrapato-da-galinha”; Possui ciclo heteroxeno (2); Doença: “Tick paralysis”.
  • 23. Fim

Notas do Editor

  1. Esta apresentação demonstra os novos recursos do PowerPoint e é visualizada com melhor resolução no modo Apresentação de Slides. Esses slides foram projetados para fornecer a você idéias excelentes de criação de apresentações no PowerPoint 2010. Para obter mais exemplos de modelos, clique na guia Arquivo e, na guia Novo, clique em Exemplos de Modelos.
  2. Esta apresentação demonstra os novos recursos do PowerPoint e é visualizada com melhor resolução no modo Apresentação de Slides. Esses slides foram projetados para fornecer a você idéias excelentes de criação de apresentações no PowerPoint 2010. Para obter mais exemplos de modelos, clique na guia Arquivo e, na guia Novo, clique em Exemplos de Modelos.