SlideShare uma empresa Scribd logo
Plano de aula - Poliedros
Anos 7º ano ( 6ª série) - Tempo estimado 8 aulas.
Objetivos
 Explorar a representação plana de objetos tridimensionais.
 Observar e discutir características dos sólidos geométricos.
 Identificar a planificação de alguns poliedros.
 Reconhecer que os sólidos geométricos são formados pela composição
de figuras planas.
 Exercitar a visão geométrica tridimensional representada no plano.
 Identificar, faces, vértices e arestas de um poliedro.
 Desenvolver habilidades, visuais, verbais, lógicas, de desenho de
percepção e de representação dessas figuras.
Conteúdos e temas;
Representação de figuras planas e espaciais: vistas de uma figura ( lateral, Frontal,
superior); poliedros: elementos, classificação, construção, relação de Euler.
Competências e habilidades:
Representar figuras planas e espaciais em malhas de pontos: classificar poliedros de
acordo com critérios predefinidos; identificar os elementos de um poliedro e estabelecer
a relação entre eles; levantar hipóteses e verifica-las, seja por raciocínio indutivo ou
dedutivo.
Estratégias:
Manipulação de material concreto ( figuras geométricas planas recortadas em
cartolina) na construção de poliedros e na verificação de propriedades: uso de malhas de
pontos para representar figuras geométricas planas e espaciais: conjunto de sólidos
geométricos variados( sólidos geométricos de faces planas e sólidos curvos ou que
combinam planos e curvas) para diferenciar poliedros e corpos redondos.
Material necessário:
 Varetas, barbantes, canudos, Conjunto de sólidos geométricos variados (esferas, cubos,
pirâmides, cones etc.), cartolina, instrumentos de medidas. Papel quadriculado,
Procedimentos:
Para apresentação do conteúdo usaremos aula expositiva. Na sequência, os grupos de
alunos farão coleta de imagens de figuras tridimensionais em jornais, revistas ou
material disponível na escola, será disponibilizado cartolina, régua, transferidor ,cola,
malhas, para fazer a planificação e a montagem dos sólidos geométricos organizando
painéis para se familiarizar com as formas e fazer a identificação de faces, vértices e
arestas nas figuras pesquisadas e suas relações. Será proposta resolução de atividades do
livro didático. Em seguida os grupos serão conduzidos ao laboratório de informática
para que executem atividades referentes ao tema no programa Geogebra no intuito de
aprofundar e enriquecer o conhecimento.
Algumas imagens que eles poderão coletar ou construir no geogebra.
PLANO DE AULA (POLIEDROS)
Tema: Geometria
Conteúdo: construção geométrica e poliedros
Ano/Série: 6ª/7º ano
Duração: 6 aulas
Período: tarde
Número de alunos: 37
Objetivo geral a ser alcançado: Saber identificar e classificar os poliedros segundo
diversos pontos de vista. Saber planificar e representar figuras espaciais e saber
identificar face, vértice e aresta e classificá-los. Realizar construções de poliedros.
Objetivo específico: Trabalhar em grupo, identificar as classificações dos poliedros e
construção de estruturas geométricas: prismas e pirâmides.
Procedimentos metodológicos: aula expositiva, narrativa, lúdica e prática.
Recursos materiais e tecnológicos: canudos de refrigerantes, barbante, tesoura,
régua e vídeos
Avaliação: Continua durante as construções (participação do grupo), individual
(relação entre a prática e a narrativa) e a recuperação.
Plano de aula
Escola: E.M. Panaro Figueira
Professora: Irma
Aluna: Aline Terra Salles
Duração da atividade: 2 horas-aula
Ensino Fundamental - 6º ano
Conteúdo: Espaço e Forma
Título: Conhecendo alguns poliedros
Objetivos gerais:
Entender o que é um poliedro.
Objetivos específicos:
Conhecer os poliedros regulares convexos através da montagem de cada um.
Entender os elementos de um sólido geométrico (vértices, arestas, faces)
Investigar e reconhecer a relação de Euler
Fazer relações entre os sólidos e suas planificações.
Recursos necessários:
Planificações dos sólidos, tesouras, cola, quadro negro e giz.
Metodologia:
A turma será dividida em grupos de 5 alunos e cada grupo receberá as cinco
planificações dos poliedros regulares convexos. Cada grupo deverá montar seus
sólidos e fazer algumas observações. Depois de mostrar aos alunos o que é vértice,
aresta e face de um poliedro, será entregue uma tabela para que eles completem.
A avaliação aplicada nessa oficina será feita durante todo o processo da atividade e
ao final cada um responderá o que entendeu da atividade.
Referência:
ANDRINI, A., VASCONCELLOS, M. J. Novo Praticando Matemática. Editora do
Brasil, 2002 – São Paulo. Unidade 8 , pag. 115-130.
PLANO DE AULA
Disciplina: Matemática Série/Ano: 8ºano
Turno: 12,13 e 14 Matutino
Período de Duração: 3 aulas de 50 min.
Bimestre: 2º bimestre
Professora: Naide Pimentel
OBJETIVO DA AULA:
e classificação através dos conhecimentos prévios trabalhados: noções sobre lados,
vértices, diagonais e ângulos.
EIXO NORTEADOR:
COMPETÊNCIAS:
medidas, estimulando a observação, a percepção de semelhanças e diferenças, a
construção, a aplicação de propriedades e a transformação de figuras.
HABILIDADES:
CONTEÚDO:
METODOLOGIAS:
e situações-problema, utilização de slaides sobre polígonos, pesquisas na internet
com aula na videoteca, atividade oral e escrita, desafios, debates, relatórios,
pesquisa extra-classe.
SITUAÇAO DIDÁTICA:
identifiquem nas figuras lados, vértices, diagonais, ângulos internos e externos após
debate pedir que os alunos leiam o conceito de polígonos para melhor
entendimento. Após a pesquisa reforçar alguns conceitos e trabalhar lista de
exercícios.
RECURSOS:
- drive, Internet e data-show
AVALIAÇÃO:
grupos , seus comentários na resolução das atividades e questionamentos propostos
durante a apresentação.
REFERENCIAS:
BONJORNO, José Roberto – Matemática: Fazendo a diferença 6° a 8° ano/ José
Roberto Bonjorno, Regina Azenha Bonjorno, Airton Olivares – 1ª edição S.P.: FTD
2006
DANTE,Luis Roberto. Tudo é matemática. , 6° a 8° ano. São Paulo, Ática. 2007.
GUELLI, Oscar. Matemática: uma aventura do pensamento. 6° a 8° ano. São Paulo,
Ática. 2002 e 2005.
BONGIOVANNI, Vincenzo. Matemática Vida: números, medidas, geometria. 6° a
8° ano. São Paulo, Ática. 1998.
Estagiários: Pâmela e Laerte
Plano de Aula: Geometria
Ano/Série: 7º ano
Bimestre: 2º
Número de aulas previstas: 5 aulas
Conceitos: Polígonos, circunferência, círculo, ângulos, perímetro de polígonos e
perímetro da circunferência.
Plano da aula 1 – Polígonos
Conceito: Polígonos
Conteúdos: Identificação dos principais polígonos.
Objetivos:
· Rever e construir polígonos;
· Identificar os elementos dos polígonos – lados, ângulos e vértices;
· Classificar os polígonos pelas características de seus elementos;
· Desenvolver a linguagem geométrica;
· Construir polígonos com material manipulável;
Materiais necessários: Canudinhos de plástico, barbante, giz.
Metodologia: Aula dialogada e com manipulação de materiais.
Desenvolvimento:
A) Incialmente irei perguntar aos alunos se eles se lembram o que são polígonos e
pedirei que citem exemplos, já que faremos uma revisão. Após isso, revisarei
baseada na definição abaixo, bem como citarei exemplos de polígonos.
Definição de polígono: Chamamos polígono a uma linha poligonal fechada sem
auto interseções, isto é, cada lado tem apenas um ponto comum com o lado anterior
e com o seguinte, mas não com os demais.
Fonte: http://www.ime.usp.br/~pleite/pub/artigos/elon/rpm21.pdf
B) Para a atividade dos polígonos utilizarei canudinhos de plástico e tiras de
barbante (pelo menos 6 tiras de 50 cm). Proporei que, os alunos em duplas,
construam os polígonos com três, quatro, cinco e seis lados (triângulos,
quadriláteros- quadrado, retângulo, paralelogramo - pentágonos e hexágonos)
passando o barbante pelos canudos de plástico e deem nós no final de forma que
eles obtenham polígonos e discutiremos as conclusões possíveis referentes ao
número de lados e vértices de cada polígono construído. A partir das conclusões,
poderemos, juntos, nomear os polígonos (triângulos, quadriláteros - quadrado,
retângulo, paralelogramo - pentágono e hexágono). Será solicitado aos alunos que
cortem os canudinhos em tamanhos iguais e diferentes, passe o barbante por
dentro, para chegarem nos triângulos (equilátero, isósceles, escaleno), definidos a
seguir.
Triângulo equilátero: Todos os lados de medidas iguais.
Triângulo isósceles: Dois lados de medidas iguais.
Triângulo escaleno: Todos os lados de medidas diferentes.
Plano da aula 2 – Circunferência e círculo
Conceito: Círculo e circunferência.
Conteúdos: Identificação dos principais polígonos, do círculo e da circunferência.
Objetivos:
· Rever e construir círculo e circunferência;
· Identificar os elementos da circunferência e do círculo – centro e raio;
· Desenvolver a linguagem geométrica;
· Identificar os elementos de uma circunferência;
· Construir circunferências e círculos com “compasso” de papel cartão;
Materiais necessários: Papel cartão com furos (“compasso”), barbante, giz, tesoura.
Metodologia: Aula dialogada e com manipulação de materiais.
Desenvolvimento:
A) Incialmente perguntarei também se eles sabem o a diferença entre
circunferência e círculo, para verificar seus conhecimentos prévios. Após isso,
baseada na definição de circunferência e círculo abaixo, irei ilustrar a circunferência
e o círculo na lousa com barbante e explicar a diferença entre eles.
Definição de circunferência: Seja C um ponto de um plano e r uma medida positiva,
chama-se circunferência de centro C e raio r, ao conjunto dos pontos desse plano
que distam de C exatamente a medida r.
Fonte: DANTE, Luis Roberto. Matemática. São Paulo: Ática, 2005.
Fonte:http://crv.educacao.mg.gov.br/sistema_crv/index.aspx?ID_OBJETO=10814
2&tipo=ob&cp=B53C97&cb=&n1=&n2=M%C3%B3dulos%20Did%C3%A1ticos&n3
=Ensino%20Fundamental&n4=Matem%C3%A1tica&b=s
Definição de círculo: A reunião de uma circunferência com o conjunto de seus
pontos interiores é chamada de círculo. Ou seja, um círculo de centro C e raio r>0 é
o conjunto dos pontos do plano que distam de C, medidas menores ou iguais a r.
Fonte: DANTE, Luis Roberto. Matemática. São Paulo: Ática, 2005.
Fonte: DANTE, Luis Roberto. Matemática. São Paulo: Ática, 2005.
Elementos de uma circunferência:
Arco: Dois pontos, A e B, de uma circunferência dividem-na em duas partes
chamadas de arcos.
Corda: O segmento de reta azul é chamado de corda
Diâmetro: Uma corda que passa pelo centro C da circunferência é chamada de
diâmetro.
B) Após a manipulação obtendo polígonos, desenvolverei a atividade a seguir que
consiste na manipulação e construção de um compasso feito de papel cartão; para
facilitar, distribuirei as tiras de papel cartão (15 cm x 5 cm) já furados para cada um,
o compasso esperado funciona como na figura abaixo, sendo um lápis para ficar o
centro e outro para traçar a circunferência:
Fonte Própria
C) A atividade a seguir deve ser impressa e entregue para cada aluno, este deverá
fazer a atividade e nos entregar após o término da atividade.
Nome:____________________________________________________
Série:_______
Atividade 1
Construindo um compasso
1) Construa um compasso com o papel cartão usando dois lápis e desenhe
circunferências com os seguintes raios.
a) r1 = 8 cm
b) r2 = 5 cm
c) r3 = 2 cm
d) r4 = 1 cm
Plano da aula 3 – Ângulos
Objetivos específicos:
· Definir ângulo e classificá-los;
· Dar exemplos de como medir ângulos;
· Classificação de ângulos: nulo, agudo, obtuso, reto, raso;
· Classificação dos triângulos pelos seus ângulos;
· Retomar a definição de vértice
· Aplicar atividade.
Tempo estimado: 50 minutos
Metodologia: Aula dialogada
Material Necessário:
· Lousa, giz e apagador;
· Transferidor;
· Folhas com as atividades impressas.
Desenvolvimento:
Definição de ângulo: É a região do plano limitada por duas semirretas que possuem
mesma origem.
Classificação dos ângulos:
Nulo: um ângulo nulo mede 0°;
Agudo: ângulo cuja medida é maior do que 0° e menor do que 90°;
Reto: um ângulo reto é um ângulo cuja medida é exatamente 90°;
Obtuso: ângulo cuja medida é maior do que 90° e menor do que 180°;
Raso: ângulo que mede exatamente 180°.
E o de 360°, de uma volta?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Simetria
Simetria   Simetria
Simetria
Mary Alvarenga
 
Lista de Exercícios – Equação do 1° grau
Lista de Exercícios – Equação do 1° grauLista de Exercícios – Equação do 1° grau
Lista de Exercícios – Equação do 1° grau
Everton Moraes
 
Miniteste do 8º e 9º ano
Miniteste do 8º e 9º anoMiniteste do 8º e 9º ano
Miniteste do 8º e 9º ano
alunosderoberto
 
SONDAGEM DE MATEMÁTICA/ 6º ANO
SONDAGEM DE MATEMÁTICA/ 6º ANOSONDAGEM DE MATEMÁTICA/ 6º ANO
SONDAGEM DE MATEMÁTICA/ 6º ANO
Etiene Isaias da Silva
 
Cruzadinha multiplicação
Cruzadinha multiplicaçãoCruzadinha multiplicação
Cruzadinha multiplicação
Mary Alvarenga
 
Apostila de Jogos do PNAIC
Apostila de Jogos do PNAICApostila de Jogos do PNAIC
Apostila de Jogos do PNAIC
Eleúzia Lins Silva
 
Avaliação de matemática adaptada
Avaliação de matemática adaptadaAvaliação de matemática adaptada
Avaliação de matemática adaptada
Isa ...
 
Caça números e cruzadinha
Caça números e cruzadinhaCaça números e cruzadinha
Caça números e cruzadinha
Mary Alvarenga
 
Plano de aula bncc0
Plano de aula bncc0Plano de aula bncc0
Plano de aula bncc0
Benigno Andrade Vieira
 
Caça palavras com as quatro operações
Caça palavras com as quatro operaçõesCaça palavras com as quatro operações
Caça palavras com as quatro operações
Mary Alvarenga
 
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMAAVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
Hélio Rocha
 
Plano de ensino matematica
Plano de ensino  matematicaPlano de ensino  matematica
Plano de ensino matematica
simonclark
 
Atividades de ortografia f v
Atividades de ortografia f vAtividades de ortografia f v
Atividades de ortografia f v
Dário Reis
 
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal caderno 3
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal   caderno 3Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal   caderno 3
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal caderno 3
Aprender com prazer
 
Algumas atividades com Perímetro e Área
Algumas atividades com Perímetro e ÁreaAlgumas atividades com Perímetro e Área
Algumas atividades com Perímetro e Área
weleslima
 
Apostila matemática em pdf
Apostila  matemática em pdfApostila  matemática em pdf
Apostila matemática em pdf
Isa ...
 
Circunferencia exercicios
Circunferencia   exerciciosCircunferencia   exercicios
Circunferencia exercicios
Diomedes Manoel
 
Cruzadinha divisão
Cruzadinha divisão Cruzadinha divisão
Cruzadinha divisão
Mary Alvarenga
 
Planejamento 4º ano
Planejamento 4º anoPlanejamento 4º ano
Planejamento 4º ano
silvinha331
 

Mais procurados (20)

Simetria
Simetria   Simetria
Simetria
 
Lista de Exercícios – Equação do 1° grau
Lista de Exercícios – Equação do 1° grauLista de Exercícios – Equação do 1° grau
Lista de Exercícios – Equação do 1° grau
 
Miniteste do 8º e 9º ano
Miniteste do 8º e 9º anoMiniteste do 8º e 9º ano
Miniteste do 8º e 9º ano
 
SONDAGEM DE MATEMÁTICA/ 6º ANO
SONDAGEM DE MATEMÁTICA/ 6º ANOSONDAGEM DE MATEMÁTICA/ 6º ANO
SONDAGEM DE MATEMÁTICA/ 6º ANO
 
Cruzadinha multiplicação
Cruzadinha multiplicaçãoCruzadinha multiplicação
Cruzadinha multiplicação
 
Apostila de Jogos do PNAIC
Apostila de Jogos do PNAICApostila de Jogos do PNAIC
Apostila de Jogos do PNAIC
 
Avaliação de matemática adaptada
Avaliação de matemática adaptadaAvaliação de matemática adaptada
Avaliação de matemática adaptada
 
Caça números e cruzadinha
Caça números e cruzadinhaCaça números e cruzadinha
Caça números e cruzadinha
 
Plano de aula bncc0
Plano de aula bncc0Plano de aula bncc0
Plano de aula bncc0
 
Caça palavras com as quatro operações
Caça palavras com as quatro operaçõesCaça palavras com as quatro operações
Caça palavras com as quatro operações
 
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMAAVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA
AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA
 
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
 
Plano de ensino matematica
Plano de ensino  matematicaPlano de ensino  matematica
Plano de ensino matematica
 
Atividades de ortografia f v
Atividades de ortografia f vAtividades de ortografia f v
Atividades de ortografia f v
 
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal caderno 3
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal   caderno 3Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal   caderno 3
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal caderno 3
 
Algumas atividades com Perímetro e Área
Algumas atividades com Perímetro e ÁreaAlgumas atividades com Perímetro e Área
Algumas atividades com Perímetro e Área
 
Apostila matemática em pdf
Apostila  matemática em pdfApostila  matemática em pdf
Apostila matemática em pdf
 
Circunferencia exercicios
Circunferencia   exerciciosCircunferencia   exercicios
Circunferencia exercicios
 
Cruzadinha divisão
Cruzadinha divisão Cruzadinha divisão
Cruzadinha divisão
 
Planejamento 4º ano
Planejamento 4º anoPlanejamento 4º ano
Planejamento 4º ano
 

Destaque

Sólidos geométricos
Sólidos geométricosSólidos geométricos
Sólidos geométricos
Ana Paula Farinha
 
Registro digital
Registro digitalRegistro digital
Registro digital
Caroline de Maria
 
Pérolas da matemática
Pérolas da matemáticaPérolas da matemática
Pérolas da matemática
Caroline de Maria
 
Projeto monteiro lobato
Projeto monteiro lobatoProjeto monteiro lobato
Projeto monteiro lobato
Caroline de Maria
 
Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...
Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...
Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...
Solange Goulart
 
Geometria 6º ano
Geometria  6º anoGeometria  6º ano
Geometria 6º ano
jonihson
 
Sequência didática profª Adriana Feitosa
Sequência didática profª Adriana FeitosaSequência didática profª Adriana Feitosa
Sequência didática profª Adriana Feitosa
Lucineia De Sá
 

Destaque (7)

Sólidos geométricos
Sólidos geométricosSólidos geométricos
Sólidos geométricos
 
Registro digital
Registro digitalRegistro digital
Registro digital
 
Pérolas da matemática
Pérolas da matemáticaPérolas da matemática
Pérolas da matemática
 
Projeto monteiro lobato
Projeto monteiro lobatoProjeto monteiro lobato
Projeto monteiro lobato
 
Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...
Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...
Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...
 
Geometria 6º ano
Geometria  6º anoGeometria  6º ano
Geometria 6º ano
 
Sequência didática profª Adriana Feitosa
Sequência didática profª Adriana FeitosaSequência didática profª Adriana Feitosa
Sequência didática profª Adriana Feitosa
 

Semelhante a Plano de aula

Plano de aula - G4
Plano de aula - G4Plano de aula - G4
Plano de aula - G4
Karl Santos
 
Projeto autonomia mat2 geom
Projeto autonomia mat2 geomProjeto autonomia mat2 geom
Projeto autonomia mat2 geom
Silvana
 
Vc6 final[1]
Vc6 final[1]Vc6 final[1]
Slide projeto figuras geométricas elaine
 Slide projeto figuras geométricas elaine Slide projeto figuras geométricas elaine
Slide projeto figuras geométricas elaine
elainesousaw
 
Projeto aprendizagem em informática educativa i
Projeto aprendizagem em informática educativa iProjeto aprendizagem em informática educativa i
Projeto aprendizagem em informática educativa i
jeanqd2012
 
Slide projeto figuras geométricas elaine
 Slide projeto figuras geométricas elaine Slide projeto figuras geométricas elaine
Slide projeto figuras geométricas elaine
celiiabernardes
 
Geometria Espacial: teoria e prática
Geometria Espacial: teoria e práticaGeometria Espacial: teoria e prática
Geometria Espacial: teoria e prática
Candida Machado
 
Espaço e forma
Espaço e forma Espaço e forma
Espaço e forma
Nídia Sabino
 
Tangram e a geometria
Tangram e a geometriaTangram e a geometria
Tangram e a geometria
ebsilveira
 
Apresentação_Geometria
Apresentação_GeometriaApresentação_Geometria
Apresentação_Geometria
Naysa Taboada
 
Solidos geom
Solidos geomSolidos geom
Solidos geom
Maria Seraphim
 
Planos de aula_matematica_5_ano_2012
Planos de aula_matematica_5_ano_2012Planos de aula_matematica_5_ano_2012
Planos de aula_matematica_5_ano_2012
Jane Silva
 
Trabalhando geometria plana com Tangram
Trabalhando geometria plana com TangramTrabalhando geometria plana com Tangram
Trabalhando geometria plana com Tangram
Professor Dennys
 
IEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDA
IEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDAIEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDA
IEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDA
Leno Pinheiro
 
Ativ45 nilda campos
Ativ45 nilda camposAtiv45 nilda campos
Ativ45 nilda campos
Nilda de Oliveira Campos
 
Materiais concretos
Materiais concretosMateriais concretos
Materiais concretos
Marcio Vilhena
 
IEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDA
IEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDAIEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDA
IEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDA
Leno Pinheiro
 
Antonio impress
Antonio impressAntonio impress
Antonio impress
atonypedro
 
Antonio impress
Antonio impressAntonio impress
Antonio impress
atonypedro
 
Planos de aula matematica 5 ano
Planos de aula matematica 5 anoPlanos de aula matematica 5 ano
Planos de aula matematica 5 ano
pipatcleopoldina
 

Semelhante a Plano de aula (20)

Plano de aula - G4
Plano de aula - G4Plano de aula - G4
Plano de aula - G4
 
Projeto autonomia mat2 geom
Projeto autonomia mat2 geomProjeto autonomia mat2 geom
Projeto autonomia mat2 geom
 
Vc6 final[1]
Vc6 final[1]Vc6 final[1]
Vc6 final[1]
 
Slide projeto figuras geométricas elaine
 Slide projeto figuras geométricas elaine Slide projeto figuras geométricas elaine
Slide projeto figuras geométricas elaine
 
Projeto aprendizagem em informática educativa i
Projeto aprendizagem em informática educativa iProjeto aprendizagem em informática educativa i
Projeto aprendizagem em informática educativa i
 
Slide projeto figuras geométricas elaine
 Slide projeto figuras geométricas elaine Slide projeto figuras geométricas elaine
Slide projeto figuras geométricas elaine
 
Geometria Espacial: teoria e prática
Geometria Espacial: teoria e práticaGeometria Espacial: teoria e prática
Geometria Espacial: teoria e prática
 
Espaço e forma
Espaço e forma Espaço e forma
Espaço e forma
 
Tangram e a geometria
Tangram e a geometriaTangram e a geometria
Tangram e a geometria
 
Apresentação_Geometria
Apresentação_GeometriaApresentação_Geometria
Apresentação_Geometria
 
Solidos geom
Solidos geomSolidos geom
Solidos geom
 
Planos de aula_matematica_5_ano_2012
Planos de aula_matematica_5_ano_2012Planos de aula_matematica_5_ano_2012
Planos de aula_matematica_5_ano_2012
 
Trabalhando geometria plana com Tangram
Trabalhando geometria plana com TangramTrabalhando geometria plana com Tangram
Trabalhando geometria plana com Tangram
 
IEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDA
IEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDAIEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDA
IEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDA
 
Ativ45 nilda campos
Ativ45 nilda camposAtiv45 nilda campos
Ativ45 nilda campos
 
Materiais concretos
Materiais concretosMateriais concretos
Materiais concretos
 
IEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDA
IEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDAIEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDA
IEMAT - DESCOBRINDO O OUTRO LADO DA MOEDA
 
Antonio impress
Antonio impressAntonio impress
Antonio impress
 
Antonio impress
Antonio impressAntonio impress
Antonio impress
 
Planos de aula matematica 5 ano
Planos de aula matematica 5 anoPlanos de aula matematica 5 ano
Planos de aula matematica 5 ano
 

Último

Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 

Último (20)

Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 

Plano de aula

  • 1. Plano de aula - Poliedros Anos 7º ano ( 6ª série) - Tempo estimado 8 aulas. Objetivos  Explorar a representação plana de objetos tridimensionais.  Observar e discutir características dos sólidos geométricos.  Identificar a planificação de alguns poliedros.  Reconhecer que os sólidos geométricos são formados pela composição de figuras planas.  Exercitar a visão geométrica tridimensional representada no plano.  Identificar, faces, vértices e arestas de um poliedro.  Desenvolver habilidades, visuais, verbais, lógicas, de desenho de percepção e de representação dessas figuras. Conteúdos e temas; Representação de figuras planas e espaciais: vistas de uma figura ( lateral, Frontal, superior); poliedros: elementos, classificação, construção, relação de Euler. Competências e habilidades: Representar figuras planas e espaciais em malhas de pontos: classificar poliedros de acordo com critérios predefinidos; identificar os elementos de um poliedro e estabelecer a relação entre eles; levantar hipóteses e verifica-las, seja por raciocínio indutivo ou dedutivo. Estratégias: Manipulação de material concreto ( figuras geométricas planas recortadas em cartolina) na construção de poliedros e na verificação de propriedades: uso de malhas de pontos para representar figuras geométricas planas e espaciais: conjunto de sólidos geométricos variados( sólidos geométricos de faces planas e sólidos curvos ou que combinam planos e curvas) para diferenciar poliedros e corpos redondos. Material necessário:  Varetas, barbantes, canudos, Conjunto de sólidos geométricos variados (esferas, cubos, pirâmides, cones etc.), cartolina, instrumentos de medidas. Papel quadriculado, Procedimentos: Para apresentação do conteúdo usaremos aula expositiva. Na sequência, os grupos de alunos farão coleta de imagens de figuras tridimensionais em jornais, revistas ou material disponível na escola, será disponibilizado cartolina, régua, transferidor ,cola, malhas, para fazer a planificação e a montagem dos sólidos geométricos organizando painéis para se familiarizar com as formas e fazer a identificação de faces, vértices e arestas nas figuras pesquisadas e suas relações. Será proposta resolução de atividades do livro didático. Em seguida os grupos serão conduzidos ao laboratório de informática para que executem atividades referentes ao tema no programa Geogebra no intuito de aprofundar e enriquecer o conhecimento. Algumas imagens que eles poderão coletar ou construir no geogebra.
  • 2. PLANO DE AULA (POLIEDROS) Tema: Geometria Conteúdo: construção geométrica e poliedros Ano/Série: 6ª/7º ano Duração: 6 aulas Período: tarde Número de alunos: 37 Objetivo geral a ser alcançado: Saber identificar e classificar os poliedros segundo diversos pontos de vista. Saber planificar e representar figuras espaciais e saber identificar face, vértice e aresta e classificá-los. Realizar construções de poliedros. Objetivo específico: Trabalhar em grupo, identificar as classificações dos poliedros e construção de estruturas geométricas: prismas e pirâmides. Procedimentos metodológicos: aula expositiva, narrativa, lúdica e prática. Recursos materiais e tecnológicos: canudos de refrigerantes, barbante, tesoura, régua e vídeos Avaliação: Continua durante as construções (participação do grupo), individual (relação entre a prática e a narrativa) e a recuperação.
  • 3. Plano de aula Escola: E.M. Panaro Figueira Professora: Irma Aluna: Aline Terra Salles Duração da atividade: 2 horas-aula Ensino Fundamental - 6º ano Conteúdo: Espaço e Forma Título: Conhecendo alguns poliedros Objetivos gerais: Entender o que é um poliedro. Objetivos específicos: Conhecer os poliedros regulares convexos através da montagem de cada um. Entender os elementos de um sólido geométrico (vértices, arestas, faces) Investigar e reconhecer a relação de Euler Fazer relações entre os sólidos e suas planificações. Recursos necessários: Planificações dos sólidos, tesouras, cola, quadro negro e giz. Metodologia: A turma será dividida em grupos de 5 alunos e cada grupo receberá as cinco planificações dos poliedros regulares convexos. Cada grupo deverá montar seus sólidos e fazer algumas observações. Depois de mostrar aos alunos o que é vértice, aresta e face de um poliedro, será entregue uma tabela para que eles completem. A avaliação aplicada nessa oficina será feita durante todo o processo da atividade e ao final cada um responderá o que entendeu da atividade. Referência: ANDRINI, A., VASCONCELLOS, M. J. Novo Praticando Matemática. Editora do Brasil, 2002 – São Paulo. Unidade 8 , pag. 115-130.
  • 4. PLANO DE AULA Disciplina: Matemática Série/Ano: 8ºano Turno: 12,13 e 14 Matutino Período de Duração: 3 aulas de 50 min. Bimestre: 2º bimestre Professora: Naide Pimentel OBJETIVO DA AULA: e classificação através dos conhecimentos prévios trabalhados: noções sobre lados, vértices, diagonais e ângulos. EIXO NORTEADOR: COMPETÊNCIAS: medidas, estimulando a observação, a percepção de semelhanças e diferenças, a construção, a aplicação de propriedades e a transformação de figuras. HABILIDADES: CONTEÚDO:
  • 5. METODOLOGIAS: e situações-problema, utilização de slaides sobre polígonos, pesquisas na internet com aula na videoteca, atividade oral e escrita, desafios, debates, relatórios, pesquisa extra-classe. SITUAÇAO DIDÁTICA: identifiquem nas figuras lados, vértices, diagonais, ângulos internos e externos após debate pedir que os alunos leiam o conceito de polígonos para melhor entendimento. Após a pesquisa reforçar alguns conceitos e trabalhar lista de exercícios. RECURSOS: - drive, Internet e data-show AVALIAÇÃO: grupos , seus comentários na resolução das atividades e questionamentos propostos durante a apresentação. REFERENCIAS: BONJORNO, José Roberto – Matemática: Fazendo a diferença 6° a 8° ano/ José Roberto Bonjorno, Regina Azenha Bonjorno, Airton Olivares – 1ª edição S.P.: FTD 2006 DANTE,Luis Roberto. Tudo é matemática. , 6° a 8° ano. São Paulo, Ática. 2007. GUELLI, Oscar. Matemática: uma aventura do pensamento. 6° a 8° ano. São Paulo, Ática. 2002 e 2005. BONGIOVANNI, Vincenzo. Matemática Vida: números, medidas, geometria. 6° a 8° ano. São Paulo, Ática. 1998.
  • 6. Estagiários: Pâmela e Laerte Plano de Aula: Geometria Ano/Série: 7º ano Bimestre: 2º Número de aulas previstas: 5 aulas Conceitos: Polígonos, circunferência, círculo, ângulos, perímetro de polígonos e perímetro da circunferência. Plano da aula 1 – Polígonos Conceito: Polígonos Conteúdos: Identificação dos principais polígonos. Objetivos: · Rever e construir polígonos; · Identificar os elementos dos polígonos – lados, ângulos e vértices; · Classificar os polígonos pelas características de seus elementos; · Desenvolver a linguagem geométrica; · Construir polígonos com material manipulável; Materiais necessários: Canudinhos de plástico, barbante, giz. Metodologia: Aula dialogada e com manipulação de materiais. Desenvolvimento: A) Incialmente irei perguntar aos alunos se eles se lembram o que são polígonos e pedirei que citem exemplos, já que faremos uma revisão. Após isso, revisarei baseada na definição abaixo, bem como citarei exemplos de polígonos. Definição de polígono: Chamamos polígono a uma linha poligonal fechada sem auto interseções, isto é, cada lado tem apenas um ponto comum com o lado anterior e com o seguinte, mas não com os demais. Fonte: http://www.ime.usp.br/~pleite/pub/artigos/elon/rpm21.pdf B) Para a atividade dos polígonos utilizarei canudinhos de plástico e tiras de barbante (pelo menos 6 tiras de 50 cm). Proporei que, os alunos em duplas, construam os polígonos com três, quatro, cinco e seis lados (triângulos,
  • 7. quadriláteros- quadrado, retângulo, paralelogramo - pentágonos e hexágonos) passando o barbante pelos canudos de plástico e deem nós no final de forma que eles obtenham polígonos e discutiremos as conclusões possíveis referentes ao número de lados e vértices de cada polígono construído. A partir das conclusões, poderemos, juntos, nomear os polígonos (triângulos, quadriláteros - quadrado, retângulo, paralelogramo - pentágono e hexágono). Será solicitado aos alunos que cortem os canudinhos em tamanhos iguais e diferentes, passe o barbante por dentro, para chegarem nos triângulos (equilátero, isósceles, escaleno), definidos a seguir. Triângulo equilátero: Todos os lados de medidas iguais. Triângulo isósceles: Dois lados de medidas iguais. Triângulo escaleno: Todos os lados de medidas diferentes. Plano da aula 2 – Circunferência e círculo Conceito: Círculo e circunferência. Conteúdos: Identificação dos principais polígonos, do círculo e da circunferência. Objetivos: · Rever e construir círculo e circunferência; · Identificar os elementos da circunferência e do círculo – centro e raio; · Desenvolver a linguagem geométrica; · Identificar os elementos de uma circunferência; · Construir circunferências e círculos com “compasso” de papel cartão; Materiais necessários: Papel cartão com furos (“compasso”), barbante, giz, tesoura. Metodologia: Aula dialogada e com manipulação de materiais. Desenvolvimento: A) Incialmente perguntarei também se eles sabem o a diferença entre circunferência e círculo, para verificar seus conhecimentos prévios. Após isso, baseada na definição de circunferência e círculo abaixo, irei ilustrar a circunferência e o círculo na lousa com barbante e explicar a diferença entre eles. Definição de circunferência: Seja C um ponto de um plano e r uma medida positiva, chama-se circunferência de centro C e raio r, ao conjunto dos pontos desse plano que distam de C exatamente a medida r.
  • 8. Fonte: DANTE, Luis Roberto. Matemática. São Paulo: Ática, 2005. Fonte:http://crv.educacao.mg.gov.br/sistema_crv/index.aspx?ID_OBJETO=10814 2&tipo=ob&cp=B53C97&cb=&n1=&n2=M%C3%B3dulos%20Did%C3%A1ticos&n3 =Ensino%20Fundamental&n4=Matem%C3%A1tica&b=s Definição de círculo: A reunião de uma circunferência com o conjunto de seus pontos interiores é chamada de círculo. Ou seja, um círculo de centro C e raio r>0 é o conjunto dos pontos do plano que distam de C, medidas menores ou iguais a r. Fonte: DANTE, Luis Roberto. Matemática. São Paulo: Ática, 2005. Fonte: DANTE, Luis Roberto. Matemática. São Paulo: Ática, 2005. Elementos de uma circunferência: Arco: Dois pontos, A e B, de uma circunferência dividem-na em duas partes chamadas de arcos. Corda: O segmento de reta azul é chamado de corda Diâmetro: Uma corda que passa pelo centro C da circunferência é chamada de diâmetro. B) Após a manipulação obtendo polígonos, desenvolverei a atividade a seguir que consiste na manipulação e construção de um compasso feito de papel cartão; para facilitar, distribuirei as tiras de papel cartão (15 cm x 5 cm) já furados para cada um, o compasso esperado funciona como na figura abaixo, sendo um lápis para ficar o centro e outro para traçar a circunferência: Fonte Própria C) A atividade a seguir deve ser impressa e entregue para cada aluno, este deverá fazer a atividade e nos entregar após o término da atividade. Nome:____________________________________________________ Série:_______ Atividade 1
  • 9. Construindo um compasso 1) Construa um compasso com o papel cartão usando dois lápis e desenhe circunferências com os seguintes raios. a) r1 = 8 cm b) r2 = 5 cm c) r3 = 2 cm d) r4 = 1 cm Plano da aula 3 – Ângulos Objetivos específicos: · Definir ângulo e classificá-los; · Dar exemplos de como medir ângulos; · Classificação de ângulos: nulo, agudo, obtuso, reto, raso; · Classificação dos triângulos pelos seus ângulos; · Retomar a definição de vértice · Aplicar atividade. Tempo estimado: 50 minutos Metodologia: Aula dialogada Material Necessário: · Lousa, giz e apagador; · Transferidor; · Folhas com as atividades impressas. Desenvolvimento: Definição de ângulo: É a região do plano limitada por duas semirretas que possuem mesma origem.
  • 10. Classificação dos ângulos: Nulo: um ângulo nulo mede 0°; Agudo: ângulo cuja medida é maior do que 0° e menor do que 90°; Reto: um ângulo reto é um ângulo cuja medida é exatamente 90°; Obtuso: ângulo cuja medida é maior do que 90° e menor do que 180°; Raso: ângulo que mede exatamente 180°. E o de 360°, de uma volta?