SlideShare uma empresa Scribd logo

E.U.A no século XIX.

Privada
Privada

O documento descreve o crescimento dos Estados Unidos no século XIX, incluindo a Doutrina Monroe de 1823 que estabeleceu a política de não intervenção europeia nas Américas, a expansão territorial sob o Destino Manifesto, e a Guerra Civil de 1861-1865 que preservou a união e aboliu a escravidão.

1 de 38
Baixar para ler offline
Os Estados Unidos no século XIX
O nascimento de uma potência
O que vamos estudar
• 1. Introdução
• 2. Doutrina Monroe
• 3. Destino Manifesto
• 4. Marcha para o Oeste
• 5. Guerra de Secessão
Introdução
• EUA em fins do século XVIII = Treze
Colônias
• Independência: 1776
• Constituição: 1787
• Consolidação da Independência:
• 2ª Guerra da Independência (1812-1814)
• Doutrina Monroe (1823)
E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.
E.U.A no século XIX.

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918Daniel Alves Bronstrup
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilDouglas Barraqui
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisDouglas Barraqui
 
A EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIXA EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIXIsabel Aguiar
 
Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)Edenilson Morais
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaEdenilson Morais
 
Revoluções Liberais Séc XIX
Revoluções Liberais Séc XIXRevoluções Liberais Séc XIX
Revoluções Liberais Séc XIXdmflores21
 
Primeira República
Primeira RepúblicaPrimeira República
Primeira Repúblicaisameucci
 
Conquista e colonização da América
Conquista e colonização da AméricaConquista e colonização da América
Conquista e colonização da AméricaElton Zanoni
 
A revolução haitiana
A revolução haitiana A revolução haitiana
A revolução haitiana DeaaSouza
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América EspanholaAulas de História
 

Mais procurados (20)

3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
 
Revoltas Coloniais
Revoltas ColoniaisRevoltas Coloniais
Revoltas Coloniais
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
1° ano império romano - completo
1° ano    império romano - completo1° ano    império romano - completo
1° ano império romano - completo
 
Colonização da América
Colonização da AméricaColonização da América
Colonização da América
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
 
A EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIXA EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIX
 
3º ano - Revolução Russa 1917
3º ano - Revolução Russa 19173º ano - Revolução Russa 1917
3º ano - Revolução Russa 1917
 
Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)Primeiro Reinado (1822-1831)
Primeiro Reinado (1822-1831)
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
 
Revoluções Liberais Séc XIX
Revoluções Liberais Séc XIXRevoluções Liberais Séc XIX
Revoluções Liberais Séc XIX
 
Primeira República
Primeira RepúblicaPrimeira República
Primeira República
 
Segundo reinado slide
Segundo reinado slideSegundo reinado slide
Segundo reinado slide
 
Conjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e BaianaConjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e Baiana
 
Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
 
Conquista e colonização da América
Conquista e colonização da AméricaConquista e colonização da América
Conquista e colonização da América
 
A revolução haitiana
A revolução haitiana A revolução haitiana
A revolução haitiana
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 

Semelhante a E.U.A no século XIX.

Semelhante a E.U.A no século XIX. (20)

EUA NO SÉC. XIX - Prof. Elvis John
EUA NO SÉC. XIX - Prof. Elvis JohnEUA NO SÉC. XIX - Prof. Elvis John
EUA NO SÉC. XIX - Prof. Elvis John
 
Independência América Espanhola
Independência América EspanholaIndependência América Espanhola
Independência América Espanhola
 
HISTÓRIA DO EUA.pptx
HISTÓRIA DO EUA.pptxHISTÓRIA DO EUA.pptx
HISTÓRIA DO EUA.pptx
 
Estados Unidos Século XIX
Estados Unidos Século XIXEstados Unidos Século XIX
Estados Unidos Século XIX
 
Colonização, revolução e desenvolvimento dos eua
Colonização, revolução e desenvolvimento dos euaColonização, revolução e desenvolvimento dos eua
Colonização, revolução e desenvolvimento dos eua
 
Estados Unidos
Estados UnidosEstados Unidos
Estados Unidos
 
Eua no século XIX e Guerra da Secessão: 2020.
Eua no século XIX e Guerra da Secessão: 2020.Eua no século XIX e Guerra da Secessão: 2020.
Eua no século XIX e Guerra da Secessão: 2020.
 
Eua séc XIX
Eua séc XIXEua séc XIX
Eua séc XIX
 
Historiadaamerica2185200917911
Historiadaamerica2185200917911Historiadaamerica2185200917911
Historiadaamerica2185200917911
 
Desenvolvimento dos eua
Desenvolvimento dos euaDesenvolvimento dos eua
Desenvolvimento dos eua
 
Eua no século xix
Eua no século xixEua no século xix
Eua no século xix
 
Eua no século xix
Eua no século xixEua no século xix
Eua no século xix
 
Os Estados Unidos no Século XIX
Os Estados Unidos no Século XIXOs Estados Unidos no Século XIX
Os Estados Unidos no Século XIX
 
Eua aula 1
Eua   aula 1Eua   aula 1
Eua aula 1
 
Aula 13 e.u.a. nos séculos xviii e xix
Aula 13   e.u.a. nos séculos xviii e xixAula 13   e.u.a. nos séculos xviii e xix
Aula 13 e.u.a. nos séculos xviii e xix
 
EUA no século XIX
EUA no século XIXEUA no século XIX
EUA no século XIX
 
História dos E.U.A
História dos E.U.AHistória dos E.U.A
História dos E.U.A
 
Eua xix - 2012
Eua   xix -  2012Eua   xix -  2012
Eua xix - 2012
 
Formação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUAFormação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUA
 
América século xix
América século xixAmérica século xix
América século xix
 

Mais de Privada

Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoPrivada
 
Idade Média - Curso completo
Idade Média - Curso completoIdade Média - Curso completo
Idade Média - Curso completoPrivada
 
Culturas indigenas-pre-colombianas
Culturas indigenas-pre-colombianasCulturas indigenas-pre-colombianas
Culturas indigenas-pre-colombianasPrivada
 
Matrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesMatrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesPrivada
 
Matrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesMatrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesPrivada
 
Nova republica
Nova republicaNova republica
Nova republicaPrivada
 
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)Privada
 
Idade moderna
Idade modernaIdade moderna
Idade modernaPrivada
 
Egito Antigo - 1º Ano
Egito Antigo - 1º AnoEgito Antigo - 1º Ano
Egito Antigo - 1º AnoPrivada
 
Mesopotâmia 1º Ano
Mesopotâmia 1º AnoMesopotâmia 1º Ano
Mesopotâmia 1º AnoPrivada
 
Mesopotamia 1 1 ano (1)
Mesopotamia 1   1 ano (1)Mesopotamia 1   1 ano (1)
Mesopotamia 1 1 ano (1)Privada
 
Pré-história
Pré-históriaPré-história
Pré-históriaPrivada
 
Primeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º anoPrimeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º anoPrivada
 
Ano novo
Ano novoAno novo
Ano novoPrivada
 
UESB Manual do-candidato-2016
UESB Manual do-candidato-2016UESB Manual do-candidato-2016
UESB Manual do-candidato-2016Privada
 
Uesb2015 cad2
Uesb2015 cad2Uesb2015 cad2
Uesb2015 cad2Privada
 
Ditadura releitura
Ditadura   releituraDitadura   releitura
Ditadura releituraPrivada
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militarPrivada
 
Governos populistas(1945-1964) resumo
Governos populistas(1945-1964)   resumoGovernos populistas(1945-1964)   resumo
Governos populistas(1945-1964) resumoPrivada
 

Mais de Privada (20)

Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
 
Idade Média - Curso completo
Idade Média - Curso completoIdade Média - Curso completo
Idade Média - Curso completo
 
Culturas indigenas-pre-colombianas
Culturas indigenas-pre-colombianasCulturas indigenas-pre-colombianas
Culturas indigenas-pre-colombianas
 
Matrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesMatrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidades
 
Matrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesMatrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidades
 
Nova republica
Nova republicaNova republica
Nova republica
 
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
 
Idade moderna
Idade modernaIdade moderna
Idade moderna
 
Grécia
GréciaGrécia
Grécia
 
Egito Antigo - 1º Ano
Egito Antigo - 1º AnoEgito Antigo - 1º Ano
Egito Antigo - 1º Ano
 
Mesopotâmia 1º Ano
Mesopotâmia 1º AnoMesopotâmia 1º Ano
Mesopotâmia 1º Ano
 
Mesopotamia 1 1 ano (1)
Mesopotamia 1   1 ano (1)Mesopotamia 1   1 ano (1)
Mesopotamia 1 1 ano (1)
 
Pré-história
Pré-históriaPré-história
Pré-história
 
Primeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º anoPrimeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º ano
 
Ano novo
Ano novoAno novo
Ano novo
 
UESB Manual do-candidato-2016
UESB Manual do-candidato-2016UESB Manual do-candidato-2016
UESB Manual do-candidato-2016
 
Uesb2015 cad2
Uesb2015 cad2Uesb2015 cad2
Uesb2015 cad2
 
Ditadura releitura
Ditadura   releituraDitadura   releitura
Ditadura releitura
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
Governos populistas(1945-1964) resumo
Governos populistas(1945-1964)   resumoGovernos populistas(1945-1964)   resumo
Governos populistas(1945-1964) resumo
 

Último

No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...DL assessoria 29
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...assessoriaff01
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...apoioacademicoead
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...azulassessoriaacadem3
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...apoioacademicoead
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 

E.U.A no século XIX.

  • 1. Os Estados Unidos no século XIX O nascimento de uma potência
  • 2. O que vamos estudar • 1. Introdução • 2. Doutrina Monroe • 3. Destino Manifesto • 4. Marcha para o Oeste • 5. Guerra de Secessão
  • 3. Introdução • EUA em fins do século XVIII = Treze Colônias • Independência: 1776 • Constituição: 1787 • Consolidação da Independência: • 2ª Guerra da Independência (1812-1814) • Doutrina Monroe (1823)
  • 9. Doutrina Monroe (1823) • “A América para os americanos” • Contra intervencionismo da Santa Aliança, estendido para a América através do Congresso de Verona • EUA só podem desafiar potências européias porque têm apoio da Inglaterra • Apropriada ao longo da história norte-americana para diferentes fins • Apenas no final do século XIX e início do XX é que a Doutrina Monroe passa a ser utilizada para justificar política externa intervencionista na América Latina. • Corolário Roosevelt à Doutrina Monroe (1904)
  • 12. Destino Manifesto • Doutrina que pregava a idéia de que os americanos tinham sido predestinados por Deus a dominar os territórios situados entre os oceanos Atlântico e Pacífico, e que deviam cumprir a missão de civilizar os povos inferiores do continente “A pura raça anglo-americana está destinada a estender- se por todo o mundo com a força de um tufão. A raça hispano-mourisca será abatida.” (New Orleans Creole Courier, 27.01.1855.)
  • 13. Alegoria do Destino Manifesto
  • 15. Marcha para o Oeste: “A democracia em marcha” • O quê? • Anexação e conquista dos territórios situados a oeste da faixa atlântica, trecho original do país ao declarar sua independência. • Quando? • Entre as décadas de 1820 e 1860, aproximadamente • Por quê? • “Destino Manifesto” • Crescimento demográfico por conta da imigração • Efeitos da 2ª Rev. Industrial e perseguições políticas por conta das unificações italiana e alemã • Como? • “A democracia em marcha”: extermínio dos índios e colonização “sem lei” de pequenas propriedades, onde foram assentados imigrantes europeus.
  • 16. Emigrants crossing river, ca. 1860.” (Location unknown) NEBRASKA              AMERICAN HISTORY EDUCATION
  • 18. Marcha para o Oeste: “A democracia em marcha” • Como? 1. Compra de territórios • Luisiana (1803 - França) • Flórida (1819 – Espanha) • Texas (independência – 1836; anexação - 1845) • Gadsden (1853 - México) • Alasca (Rússia – 1867) 1. Guerras • Contra o México (1846-48): Califórnia (ouro em 1848), Arizona, Novo México, Utah, Nevada e Colorado • Acesso à Costa do Pacífico 1. Diplomacia • Oregon (cedido pela Grã-Bretanha - 1846)
  • 21. Marcha para o Oeste: “A democracia em marcha” • Resultados: • Superfície: 7.800.000 km² • Estados: 23 em 1820, 33 em 1860 • População: 9.600.000 em 1820; 31.300.000 em 1860 • Imigração: 4600000 imigrantes entre 1830 e 1860 • 16% ingleses, 39% irlandeses e 30% alemães
  • 22. Marcha para o Oeste: “A democracia em marcha” • Uma lei de 1820 possibilitava a compra de 80 acres de terra por 100 dólares. Em 1862 o Homestead Act concedia terra de baixo preço para todos os que se dirigissem para o Oeste dispostos a cultivar. • Enquanto isso, no Brasil...
  • 23. (KOSHIBA, L. & PEREIRA, D. M. F. Américas: uma introdução histórica. São Paulo: Atual, 1992.)
  • 25. Guerra de Secessão (1861-1865) • Por quê? • Divergências Norte/Sul: • questão das Tarifas • a escravidão nos novos estados • a utilização de verbas federais • a organização dos novos estados • Estopim: • Eleição de Abraham Lincoln à presidência em 1860 • Secessão dos Estados Confederados do sul em 1861
  • 26. Guerra de Secessão (1861-1865) • Por quê? • Noroeste: desenvolvimento industrial e urbano • Sul: economia agrária, plantation, trabalho escravo • Oeste: pequenos agricultores independentes • As explicações para a eclosão da Guerra são muitas, porém a mais aceita é a seguinte: • até o início do século havia um equilíbrio de forças ente Norte (trabalho livre, propriedade da terra familiar e produção para o mercado interno) e Sul (escravidão, latifúndio e produção para exportação — plantation); • Com a ocupação do Oeste, o Norte foi se envolvendo cada vez mais com a economia agrícola daquela região, vendendo e comprando produtos de lá; Isso impediu o crescimento dos latifúndios do Sul e desequilibrou as relações de força Norte-Sul
  • 27. Guerra de Secessão (1861-1865) • Conseqüências: • Vitória dos estados do Norte • Manutenção e consolidação da unidade nacional • Grande desenvolvimento capitalista • Aceleração do processo de estabelecimento do capitalismo no Sul • Aumento do mercado interno • Grande desenvolvimento industrial • Aumento das tarifas alfandegárias • Abolição da escravidão • Lincoln consegue apoio de grande parte dos escravos do sul para o exército do Norte abolindo escravidão em 1863 • 13ª Emenda, 1865 • Ku Klux Klan: racismo de inspiração religiosa no Sul • Chegada de novas levas de imigrantes • EUA se tornam potência continental ⇒ Primeira guerra moderna: tecnologia e caráter global
  • 32. Confederadas atacaram o Fort Sumter, um posto militar americano na Carolina do Sul, em 12 de Abril de 1861.