SlideShare uma empresa Scribd logo
Nazismo
Alemão
por
Luiz Costa Junior
Nazismo alemão
República de Weimar é Estado alemão surgido ao final da
Primeira Guerra Mundial, e que durou toda a década de
1920, terminando em 1933, com a instalação da chamada
Alemanha Nazista.
Bandeira da então Alemanha-
República de Weimar
Em 1918, a nova constituição alemã estava pronta,
convertendo o Reich numa república parlamentar.
Na chefia da República estava o presidente e também o
Chanceler (primeiro-ministro).
-Assinatura da Constituição de Weimar
que em 2014 completou 95 anos.
O plano de transformar a Alemanha veio a fracassar
devido sobretudo às condições impostas pelo Tratado
de Versalhes, que limitavam qualquer possibilidade de
ressurgimento econômico do país por causa das
reparações de guerra, e as restrições à indústria e ao
exército alemão.
A economia alemã neste período caracterizou-se por uma
forte inflação e um grande número de desempregados. A
inflação beneficiava apenas alguns grupos econômicos,
como grandes indústrias, mas afetava diretamente as
condições de vida dos assalariados.
-Vamos polir o Império!
Escolha a Democracia alemã.
Cartaz de 1923-24 em
alusão à defesa da
manutenção da República
de Weimar.
Curiosidade:
Devido a híper-inflação, na república de Weimar
chegou a pagar-se um milhão de Marcos por um
simples pode de manteiga
A insatisfação com a situação econômica resultou também
no surgimento do Partido Nacional Socialista Alemão, o
partido nazista. Baseado em um ideário nacionalista,
antiliberal, anticomunista, formando grupos paramilitares,
culpando os judeus ligados ao capital financeiro pelos
problemas econômicos alemães e liderados por Adolf
Hitler, os nazistas tentaram dar um golpe em Munique.
Nazismo alemão
O Golpe da Cervejaria foi uma tentativa fracassada de
revolução que ocorreu entre a noite de 8 de Novembro e o
início da tarde de 9 de Novembro de 1923, o Partido
Nazista do Partido de Adolf Hitler, tentou, sem sucesso,
tomar o poder em Munique e na Alemanha.
O seu objetivo de Hitler era imitar a famosa Marcha sobre
Roma de Benito Mussolini, com uma "Marcha sobre
Berlim" - mas o golpe, falhado, tornar-se-ia conhecido pelo
nome de Golpe 'Putsch' da Cervejaria.
-Marcha sobre Roma, a qual
Adolf Hitler desejava plagiar
de seu aliado
Benito Mussolini.
De manhã, enquanto os Nazistas marchavam da cervejaria até à
sede do Ministério de Guerra Bávaro para derrubar o que
consideravam ser o governo traidor da Baviera, de modo a iniciar
a Marcha sobre Berlim, o exército procedeu rapidamente à sua
dispersão. Na luta com as forças da ordem, Hitler e seu aliados
foram presos e hoveram16 mortes.
-Soldados horas antes da
tentativa de golpe.
O futuro ditador da Alemanha Nazi permaneceu apenas
nove meses na prisão, escrevendo nesse período o seu
manifesto político, "Mein Kampf
Nazismo alemão
Mein Kampf é o livro de autoria de Adolf Hitler, no qual ele
expressou suas ideias antissemitas, racistas e nacional-
socialistas então adotadas pelo partido nazista.
O primeiro volume foi escrito na prisão e editado em 1925,
o segundo foi escrito por Hitler fora da prisão e editado em
1926.
Mein Kampf tornou-se um guia ideológico e de ação para
os nazistas, e ainda hoje influencia os neonazistas, sendo
chamado por alguns de "Bíblia Nazista".
As principais ideias do livro são aquelas que mais tarde
foram aplicadas durante a Alemanha nazista.
“Hitler desejava transformar a Alemanha num novo tipo de Estado, que
se alicerçasse com o conceito de raças humanas e incluísse todos os
alemães que viviam fora da Alemanha, estabelecendo também um
conceito do líder, em que Hitler dita que ele deveria deter grandes
poderes, estabelecendo uma ideologia universal”
Curiosidade:
Na Alemanha nazista, era uma exigência não oficial
possuir o livro. Era comum presentear o livro a crianças
recém-nascidas, ou como presente de casamento.
Todos os estudantes o
recebiam na sua formatura.
-Capa do livro de autoria de Adolf Hitler,
que tornou-se ideologia do Partido Nazista
Nazismo alemão
Sob a pressão de políticos, industriais e da comunidade
empresarial, o presidente Paul von Hindenburg nomeou
Hitler como Chanceler da Alemanha em 1933.
-Adolf Hitler cumprimentando
Paul von Hindenburg
Nos meses seguintes, o Partido Nazista utilizou um
processo denominado Gleichschaltung (coordenação) para
trazer rapidamente todos os aspectos da vida de seus
cidadãos sob o controle do partido.
Todas as organizações civis, incluindo grupos agrícolas,
organizações de voluntários e clubes esportivos, tinham
sua liderança substituída por simpatizantes do nazismo ou
membros do partido. Em junho de 1933, praticamente as
únicas organizações que não estavam no controle do
Partido Nazista eram o exército e as igrejas.
Em março de 1933, a Lei de Concessão, uma emenda à
Constituição de Weimar, foi aprovada no Reichstag por 444 votos
contra 94. Esta alteração permitiu que Hitler e seu gabinete
aprovassem leis — mesmo as que violassem a constituição — e
sem o consentimento do presidente ou do Reichstag.
-O presidente alemão Paul von Hindenburg
nomeou Hitler como chanceler em 1933, que
gradativamente foi ganhando poder político.
Neste período, a Alemanha ainda estava em uma terrível
situação econômica; milhões estavam desempregados e o
déficit da balança comercial era assustador.
Hitler sabia que reviver a economia era algo vital. Em
1934, usando gastos deficitários, projetos de obras
públicas foram realizados. Um total de 1,7 milhões de
alemães foram colocados para trabalhar nos projetos, só
em 1934. A média de salários tanto por hora quanto por
semana começou a subir.
Em 2 de agosto de 1934, o presidente von Hindenburg morreu.
No dia anterior, o gabinete tinha promulgado a "Lei sobre o mais
alto cargo de Estado do Reich", que afirmava que após a morte
do presidente, o cargo de presidente seria abolido e os seus
poderes se fundiriam com os do chanceler.
-Presidente alemão Paul von Hindenburg
Hitler, assim, tornou-se chefe de Estado, bem como chefe
de governo. Ele foi formalmente nomeado como Führer
-Hitler assumiu plenos poderes, tornando
definitivamente a Alemanha Nazista num
regime totalitarista
Nazismo alemão
Desde o Mein Kampf, Hitler pregou o anti-
marxismo sendo uma preocupação evidente com
a expansão da ideologia marxista, tida pelo autor
como "uma ideia tão judaica quanto o próprio
capitalismo”.
A tropa de assalto nazista marchou com suas tochas pelo
Portão de Brandemburgo em 30 de janeiro de 1933, dia
em que Hitler foi nomeado chanceler.
Políticos conservadores não acreditavam que ele
permanecesse por muito tempo no poder.
-Exército nazista
comemora a ascensão
de Hitler à Chancelaria
Poucos dias depois, no final de fevereiro, o Reichstag foi
destruído por um incêndio.
-Incêndio do prédio da Reichstag alemã
Um dos ministros do ditador apresentou as novas medidas,
voltadas principalmente contra os comunistas, considerados por
Hitler mentores do atentado incendiário.
A SA (tropa de assalto) começou a sequestrar, torturar, matar e
confinar em campos de concentração o mais rápido possível
todos os críticos ao regime e principalmente comunistas.
No dia 15 de março de 1933, o Partido Comunista Alemão foi
proibido.
Nazismo alemão
Plano Schacht (1938-9), aprovado por Hitler se mostrou ineficaz
com a fuga contínua de milhares de judeus dos domínios
nazistas, durante um longo período. Quando tal plano mostrou-se
ineficaz, surgiu a ideia de promover um genocídio sistemático.
-Refugiadas judias a bordo de um navio enquanto
a embarcação atracava no porto de Havana, em 1939.
A entrada dos mais de 900 refugiados judeus no navio foi recusada
pelos governos de Cuba, Estados Unidos e Canadá
Desde o início do Terceiro Reich campos de concentração foram
criados, inicialmente como locais de encarceramento, sendo assim
não eram projetados para serem centros de matança.
Porém, em 1942, seis grandes campos de extermínio foram
estabelecidos pelos nazistas na Polônia ocupada, que foram
construídos exclusivamente para extermínios em massa.
-Prisioneiros em campo de concentração
Depois de 1939, os campos tornaram-se cada vez mais lugares
onde os judeus e prisioneiros de guerra eram mortos ou obrigados
a trabalhar como escravos, em estado de desnutrição e onde eram
torturados.
Estima-se que os alemães estabeleceram cerca de 15 mil campos
e subcampos nos países ocupados, a maioria no leste da Europa.
-Entrada do Campo de Concentração
de Auschwitz
A morte através do trabalho era uma política de extermínio
sistemático - os presos tinham que, literalmente, trabalhar até a
morte, quando seriam então levados para as câmaras de gás ou
eram fuzilados. O trabalho escravo foi utilizado na indústria da
guerra, por exemplo, na produção dos foguetes
-Câmara de gás de campo de
concentração Nazista
Curiosidade:
Nazistas lavaram dinheiro Inglês e Estadunidense.
O plano inicial era espalhar uma quantidade de notas
falsas equivalente a 30% da moeda em circulação.
Além dos próprios nazistas, a sabotagem aprovada
por Adolf Hitler foi protagonizada
por prisioneiros judeus,
banqueiros, especialistas em
lavagem de dinheiro e
investigadores. Para os judeus,
a missão representou uma pausa
no caminho à câmara de gás.
Nazismo alemão
A Alemanha nazista desejava mais matérias-primas e
autossuficiência em alimentos, queria as colônias sob o
controle da França e Reino Unido, desejava também o
petróleo e o trigo da União Soviética.
Conforme Hitler afirmou em Mein Kampf, ele desejava
também a união de toda a "raça" alemã que vivia em
outros países e expandir a Alemanha para territórios
eslavos, para conseguir o Lebensraum (Espaço Vital) para
a raça alemã viver, instalando a "Nova Ordem.
Em 1936, Hitler ordenou que o exército alemão ocupasse a
Renânia, conforme o Tratado de Versalhes, essa região
devia permanecer desmilitarizada, mas Hitler ignorou esta
regra, promovendo a remilitarização da região.
A maioria dos franceses não reagiu à ocupação da
Renânia, pois estavam politicamente divididos: havia
conflitos entre os partidos políticos marxistas, e os partidos
políticos tradicionais. Também acreditavam que o inimigo
do capitalismo democrático era o comunismo da União
Soviética e não o nazismo.
Em março de 1938, Hitler anexou a Áustria à Alemanha, com o
apoio do partido nazista austríaco, que também era proibido
pelo Tratado de Versalhes. A unificação foi confirmada por um
plebiscito em abril de 1938 sobre o lema “um Povo, um Império,
um Líder!”, o próprio Hitler foi visitar a Áustria, afirmando que o
povo alemão nunca mais seria separado.
-Hitler discursando para o povo
Em agosto de 1939, a Alemanha nazista e a União Soviética
assinaram um pacto de não-agressão.
O acordo não somente garantia a neutralidade da União
Soviética no caso da Alemanha invadir outros países — uma vez
que naquele momento Hitler não teria condições de lutar em duas
frentes –, como uma parte secreta do acordo estabelecia que a
Polônia seria invadida e dividida entre as duas potências.
-Assinatura do Pacto Nazi-Soviético de não agressão
1º de Setembro de 1939, tropas alemãs invadiram o território
polonês , sendo seguidas pelas tropas russas que em 17 de
setembro de 1939, invadiram o lado leste. Em menos de um
mês, o precário exército polonês foi derrotado.
Os governos do Reino Unido e França entregaram ultimatos à
Alemanha, avisando que deveria retirar suas tropas da Polônia;
não houve resposta e em 3 de setembro declararam guerra à
Alemanha: começava a Segunda Guerra Mundial.
-Topas alemãs cruzam o Rio Sam
Nazismo alemão
Mesmo diante das derrotas tanto na frente oriental contra a
União Soviética quanto na Frente Ocidental contra a Reino
Unido e Estados Unidos, a Alemanha nazista não se
rendia. A imprensa de Alemã afirmava que apesar das
atuais derrotas, a vitória final seria da Alemanha.
Tribunais nazistas obrigaram a população civil a lutar. Em
abril de 1945, Berlim estava totalmente cercada pelos
soviéticos.
Em 30 de abril, Hitler e sua esposa Eva Braun,
cometeram suicídio no Führerbunker, o bunker de
Hitler em Berlim, mesmo assim, Hitler não
demonstrou arrependimento ou descrença na
ideologia nazista, tendo afirmado em seu
testamento:
“Eu encarrego os líderes deste país e seu povo a resistir
implacavelmente ao envenenador universal de todas as nações, o
povo judeu internacional”...
Hitler separou seu cargo de Führer do de Chanceler,
assumido por Joseph Goebbels e Presidente assumido por
Karl Donitz. Em 1 de maio, Goebbels e sua família também
cometeriam suicídio. No dia 8 de maio de 1945, ocorreu a
rendição incondicional da Alemanha, no que é considerado o
Dia da Vitória na Europa, embora os partidários
do nazismo continuassem lutando por mais uma semana.
-Jornal norte americano noticiando
a morte do ditador

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Joana Melazzo
 
O fascismo italiano
O fascismo italianoO fascismo italiano
O fascismo italiano
Susana Simões
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
Fabiana Tonsis
 
Nazismo
NazismoNazismo
Propaganda Nazi
Propaganda NaziPropaganda Nazi
Propaganda Nazi
Carlos Vieira
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
Lyzaa Martha
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
eiprofessor
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Valéria Shoujofan
 
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIALSEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
Isabel Aguiar
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
patriciacaralo
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
Priscila Azeredo
 
48 - totalitarismos e holocausto 2
48 -  totalitarismos e holocausto 248 -  totalitarismos e holocausto 2
48 - totalitarismos e holocausto 2
Carla Freitas
 
SLIDES – PROPAGANDAS NAZISTAS.
SLIDES – PROPAGANDAS NAZISTAS.SLIDES – PROPAGANDAS NAZISTAS.
SLIDES – PROPAGANDAS NAZISTAS.
Tissiane Gomes
 
Hitler Chegada Ao Poder A
Hitler Chegada Ao Poder AHitler Chegada Ao Poder A
Hitler Chegada Ao Poder A
luisant
 
Estalinismo
EstalinismoEstalinismo
Estalinismo
ines7391
 
Regimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Regimes Totalitários E 2ª Guerra MundialRegimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Regimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Carlos Glufke
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
Creusa Lima
 
O fascismo
O fascismoO fascismo
O fascismo
elia22
 
Holocausto
HolocaustoHolocausto
Holocausto
Rui Neto
 
A segunda guerra mundial
A segunda guerra mundialA segunda guerra mundial
A segunda guerra mundial
Bruno Motta
 

Mais procurados (20)

Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
O fascismo italiano
O fascismo italianoO fascismo italiano
O fascismo italiano
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Propaganda Nazi
Propaganda NaziPropaganda Nazi
Propaganda Nazi
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIALSEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
48 - totalitarismos e holocausto 2
48 -  totalitarismos e holocausto 248 -  totalitarismos e holocausto 2
48 - totalitarismos e holocausto 2
 
SLIDES – PROPAGANDAS NAZISTAS.
SLIDES – PROPAGANDAS NAZISTAS.SLIDES – PROPAGANDAS NAZISTAS.
SLIDES – PROPAGANDAS NAZISTAS.
 
Hitler Chegada Ao Poder A
Hitler Chegada Ao Poder AHitler Chegada Ao Poder A
Hitler Chegada Ao Poder A
 
Estalinismo
EstalinismoEstalinismo
Estalinismo
 
Regimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Regimes Totalitários E 2ª Guerra MundialRegimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Regimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
 
O fascismo
O fascismoO fascismo
O fascismo
 
Holocausto
HolocaustoHolocausto
Holocausto
 
A segunda guerra mundial
A segunda guerra mundialA segunda guerra mundial
A segunda guerra mundial
 

Semelhante a Nazismo alemão

Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 
História
HistóriaHistória
História
paradoxxxo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
Munis Pedro
 
354 abcde hitler no poder
354 abcde hitler no poder354 abcde hitler no poder
354 abcde hitler no poder
crpp
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
lbnemer
 
Projeto atrás dos fatos - Direitos Humanos, Cidadania e Democracia
Projeto atrás dos fatos - Direitos Humanos, Cidadania e DemocraciaProjeto atrás dos fatos - Direitos Humanos, Cidadania e Democracia
Projeto atrás dos fatos - Direitos Humanos, Cidadania e Democracia
Valter Gomes
 
O nazismo 2014
O nazismo   2014O nazismo   2014
O nazismo 2014
Nelia Salles Nantes
 
O nazismo 2015
O nazismo   2015O nazismo   2015
O nazismo 2015
Nelia Salles Nantes
 
Nazismo
NazismoNazismo
Hitler
HitlerHitler
Nazismo - 2.docx
Nazismo - 2.docxNazismo - 2.docx
Nazismo - 2.docx
EduardoGomes340723
 
O nazismo 2012
O nazismo   2012O nazismo   2012
O nazismo 2012
historiando
 
O nazismo 2012
O nazismo   2012O nazismo   2012
O nazismo 2012
historiando
 
ana carolini e nathalia, 3m3 - g1
ana carolini e nathalia, 3m3 - g1ana carolini e nathalia, 3m3 - g1
ana carolini e nathalia, 3m3 - g1
carolinis2
 
Nazismo - Prof. Altair Aguilar
Nazismo - Prof. Altair AguilarNazismo - Prof. Altair Aguilar
Nazismo - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
As obras do Nazismo - Prof. Altair Aguilar
As obras do Nazismo - Prof. Altair AguilarAs obras do Nazismo - Prof. Altair Aguilar
As obras do Nazismo - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
Adolf Hitler
Adolf HitlerAdolf Hitler
Adolf Hitler
Sílvia Mendonça
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
AnaM187
 
Nazismo.pptx - aula sobre a ascensão da ideologia nazista e formação do partido
Nazismo.pptx - aula sobre a ascensão da ideologia nazista e formação do partidoNazismo.pptx - aula sobre a ascensão da ideologia nazista e formação do partido
Nazismo.pptx - aula sobre a ascensão da ideologia nazista e formação do partido
flaviasilva1010
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
Jorge Almeida
 

Semelhante a Nazismo alemão (20)

Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
 
História
HistóriaHistória
História
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
354 abcde hitler no poder
354 abcde hitler no poder354 abcde hitler no poder
354 abcde hitler no poder
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Projeto atrás dos fatos - Direitos Humanos, Cidadania e Democracia
Projeto atrás dos fatos - Direitos Humanos, Cidadania e DemocraciaProjeto atrás dos fatos - Direitos Humanos, Cidadania e Democracia
Projeto atrás dos fatos - Direitos Humanos, Cidadania e Democracia
 
O nazismo 2014
O nazismo   2014O nazismo   2014
O nazismo 2014
 
O nazismo 2015
O nazismo   2015O nazismo   2015
O nazismo 2015
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Hitler
HitlerHitler
Hitler
 
Nazismo - 2.docx
Nazismo - 2.docxNazismo - 2.docx
Nazismo - 2.docx
 
O nazismo 2012
O nazismo   2012O nazismo   2012
O nazismo 2012
 
O nazismo 2012
O nazismo   2012O nazismo   2012
O nazismo 2012
 
ana carolini e nathalia, 3m3 - g1
ana carolini e nathalia, 3m3 - g1ana carolini e nathalia, 3m3 - g1
ana carolini e nathalia, 3m3 - g1
 
Nazismo - Prof. Altair Aguilar
Nazismo - Prof. Altair AguilarNazismo - Prof. Altair Aguilar
Nazismo - Prof. Altair Aguilar
 
As obras do Nazismo - Prof. Altair Aguilar
As obras do Nazismo - Prof. Altair AguilarAs obras do Nazismo - Prof. Altair Aguilar
As obras do Nazismo - Prof. Altair Aguilar
 
Adolf Hitler
Adolf HitlerAdolf Hitler
Adolf Hitler
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
Nazismo.pptx - aula sobre a ascensão da ideologia nazista e formação do partido
Nazismo.pptx - aula sobre a ascensão da ideologia nazista e formação do partidoNazismo.pptx - aula sobre a ascensão da ideologia nazista e formação do partido
Nazismo.pptx - aula sobre a ascensão da ideologia nazista e formação do partido
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 

Mais de Luiz Costa Junior

Tropicalismo Luiz Soares
Tropicalismo Luiz SoaresTropicalismo Luiz Soares
Tropicalismo Luiz Soares
Luiz Costa Junior
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
Luiz Costa Junior
 
Império Bizantino
Império BizantinoImpério Bizantino
Império Bizantino
Luiz Costa Junior
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
Luiz Costa Junior
 
Charles Darwin e o Evolucionismo
Charles Darwin e o EvolucionismoCharles Darwin e o Evolucionismo
Charles Darwin e o Evolucionismo
Luiz Costa Junior
 
Karl jaspers
Karl jaspersKarl jaspers
Karl jaspers
Luiz Costa Junior
 

Mais de Luiz Costa Junior (6)

Tropicalismo Luiz Soares
Tropicalismo Luiz SoaresTropicalismo Luiz Soares
Tropicalismo Luiz Soares
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
 
Império Bizantino
Império BizantinoImpério Bizantino
Império Bizantino
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
 
Charles Darwin e o Evolucionismo
Charles Darwin e o EvolucionismoCharles Darwin e o Evolucionismo
Charles Darwin e o Evolucionismo
 
Karl jaspers
Karl jaspersKarl jaspers
Karl jaspers
 

Último

Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 

Último (20)

Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 

Nazismo alemão

  • 3. República de Weimar é Estado alemão surgido ao final da Primeira Guerra Mundial, e que durou toda a década de 1920, terminando em 1933, com a instalação da chamada Alemanha Nazista. Bandeira da então Alemanha- República de Weimar
  • 4. Em 1918, a nova constituição alemã estava pronta, convertendo o Reich numa república parlamentar. Na chefia da República estava o presidente e também o Chanceler (primeiro-ministro). -Assinatura da Constituição de Weimar que em 2014 completou 95 anos.
  • 5. O plano de transformar a Alemanha veio a fracassar devido sobretudo às condições impostas pelo Tratado de Versalhes, que limitavam qualquer possibilidade de ressurgimento econômico do país por causa das reparações de guerra, e as restrições à indústria e ao exército alemão.
  • 6. A economia alemã neste período caracterizou-se por uma forte inflação e um grande número de desempregados. A inflação beneficiava apenas alguns grupos econômicos, como grandes indústrias, mas afetava diretamente as condições de vida dos assalariados. -Vamos polir o Império! Escolha a Democracia alemã. Cartaz de 1923-24 em alusão à defesa da manutenção da República de Weimar.
  • 7. Curiosidade: Devido a híper-inflação, na república de Weimar chegou a pagar-se um milhão de Marcos por um simples pode de manteiga
  • 8. A insatisfação com a situação econômica resultou também no surgimento do Partido Nacional Socialista Alemão, o partido nazista. Baseado em um ideário nacionalista, antiliberal, anticomunista, formando grupos paramilitares, culpando os judeus ligados ao capital financeiro pelos problemas econômicos alemães e liderados por Adolf Hitler, os nazistas tentaram dar um golpe em Munique.
  • 10. O Golpe da Cervejaria foi uma tentativa fracassada de revolução que ocorreu entre a noite de 8 de Novembro e o início da tarde de 9 de Novembro de 1923, o Partido Nazista do Partido de Adolf Hitler, tentou, sem sucesso, tomar o poder em Munique e na Alemanha.
  • 11. O seu objetivo de Hitler era imitar a famosa Marcha sobre Roma de Benito Mussolini, com uma "Marcha sobre Berlim" - mas o golpe, falhado, tornar-se-ia conhecido pelo nome de Golpe 'Putsch' da Cervejaria. -Marcha sobre Roma, a qual Adolf Hitler desejava plagiar de seu aliado Benito Mussolini.
  • 12. De manhã, enquanto os Nazistas marchavam da cervejaria até à sede do Ministério de Guerra Bávaro para derrubar o que consideravam ser o governo traidor da Baviera, de modo a iniciar a Marcha sobre Berlim, o exército procedeu rapidamente à sua dispersão. Na luta com as forças da ordem, Hitler e seu aliados foram presos e hoveram16 mortes. -Soldados horas antes da tentativa de golpe.
  • 13. O futuro ditador da Alemanha Nazi permaneceu apenas nove meses na prisão, escrevendo nesse período o seu manifesto político, "Mein Kampf
  • 15. Mein Kampf é o livro de autoria de Adolf Hitler, no qual ele expressou suas ideias antissemitas, racistas e nacional- socialistas então adotadas pelo partido nazista. O primeiro volume foi escrito na prisão e editado em 1925, o segundo foi escrito por Hitler fora da prisão e editado em 1926. Mein Kampf tornou-se um guia ideológico e de ação para os nazistas, e ainda hoje influencia os neonazistas, sendo chamado por alguns de "Bíblia Nazista".
  • 16. As principais ideias do livro são aquelas que mais tarde foram aplicadas durante a Alemanha nazista. “Hitler desejava transformar a Alemanha num novo tipo de Estado, que se alicerçasse com o conceito de raças humanas e incluísse todos os alemães que viviam fora da Alemanha, estabelecendo também um conceito do líder, em que Hitler dita que ele deveria deter grandes poderes, estabelecendo uma ideologia universal”
  • 17. Curiosidade: Na Alemanha nazista, era uma exigência não oficial possuir o livro. Era comum presentear o livro a crianças recém-nascidas, ou como presente de casamento. Todos os estudantes o recebiam na sua formatura. -Capa do livro de autoria de Adolf Hitler, que tornou-se ideologia do Partido Nazista
  • 19. Sob a pressão de políticos, industriais e da comunidade empresarial, o presidente Paul von Hindenburg nomeou Hitler como Chanceler da Alemanha em 1933. -Adolf Hitler cumprimentando Paul von Hindenburg
  • 20. Nos meses seguintes, o Partido Nazista utilizou um processo denominado Gleichschaltung (coordenação) para trazer rapidamente todos os aspectos da vida de seus cidadãos sob o controle do partido. Todas as organizações civis, incluindo grupos agrícolas, organizações de voluntários e clubes esportivos, tinham sua liderança substituída por simpatizantes do nazismo ou membros do partido. Em junho de 1933, praticamente as únicas organizações que não estavam no controle do Partido Nazista eram o exército e as igrejas.
  • 21. Em março de 1933, a Lei de Concessão, uma emenda à Constituição de Weimar, foi aprovada no Reichstag por 444 votos contra 94. Esta alteração permitiu que Hitler e seu gabinete aprovassem leis — mesmo as que violassem a constituição — e sem o consentimento do presidente ou do Reichstag. -O presidente alemão Paul von Hindenburg nomeou Hitler como chanceler em 1933, que gradativamente foi ganhando poder político.
  • 22. Neste período, a Alemanha ainda estava em uma terrível situação econômica; milhões estavam desempregados e o déficit da balança comercial era assustador. Hitler sabia que reviver a economia era algo vital. Em 1934, usando gastos deficitários, projetos de obras públicas foram realizados. Um total de 1,7 milhões de alemães foram colocados para trabalhar nos projetos, só em 1934. A média de salários tanto por hora quanto por semana começou a subir.
  • 23. Em 2 de agosto de 1934, o presidente von Hindenburg morreu. No dia anterior, o gabinete tinha promulgado a "Lei sobre o mais alto cargo de Estado do Reich", que afirmava que após a morte do presidente, o cargo de presidente seria abolido e os seus poderes se fundiriam com os do chanceler. -Presidente alemão Paul von Hindenburg
  • 24. Hitler, assim, tornou-se chefe de Estado, bem como chefe de governo. Ele foi formalmente nomeado como Führer -Hitler assumiu plenos poderes, tornando definitivamente a Alemanha Nazista num regime totalitarista
  • 26. Desde o Mein Kampf, Hitler pregou o anti- marxismo sendo uma preocupação evidente com a expansão da ideologia marxista, tida pelo autor como "uma ideia tão judaica quanto o próprio capitalismo”.
  • 27. A tropa de assalto nazista marchou com suas tochas pelo Portão de Brandemburgo em 30 de janeiro de 1933, dia em que Hitler foi nomeado chanceler. Políticos conservadores não acreditavam que ele permanecesse por muito tempo no poder. -Exército nazista comemora a ascensão de Hitler à Chancelaria
  • 28. Poucos dias depois, no final de fevereiro, o Reichstag foi destruído por um incêndio. -Incêndio do prédio da Reichstag alemã
  • 29. Um dos ministros do ditador apresentou as novas medidas, voltadas principalmente contra os comunistas, considerados por Hitler mentores do atentado incendiário. A SA (tropa de assalto) começou a sequestrar, torturar, matar e confinar em campos de concentração o mais rápido possível todos os críticos ao regime e principalmente comunistas. No dia 15 de março de 1933, o Partido Comunista Alemão foi proibido.
  • 31. Plano Schacht (1938-9), aprovado por Hitler se mostrou ineficaz com a fuga contínua de milhares de judeus dos domínios nazistas, durante um longo período. Quando tal plano mostrou-se ineficaz, surgiu a ideia de promover um genocídio sistemático. -Refugiadas judias a bordo de um navio enquanto a embarcação atracava no porto de Havana, em 1939. A entrada dos mais de 900 refugiados judeus no navio foi recusada pelos governos de Cuba, Estados Unidos e Canadá
  • 32. Desde o início do Terceiro Reich campos de concentração foram criados, inicialmente como locais de encarceramento, sendo assim não eram projetados para serem centros de matança. Porém, em 1942, seis grandes campos de extermínio foram estabelecidos pelos nazistas na Polônia ocupada, que foram construídos exclusivamente para extermínios em massa. -Prisioneiros em campo de concentração
  • 33. Depois de 1939, os campos tornaram-se cada vez mais lugares onde os judeus e prisioneiros de guerra eram mortos ou obrigados a trabalhar como escravos, em estado de desnutrição e onde eram torturados. Estima-se que os alemães estabeleceram cerca de 15 mil campos e subcampos nos países ocupados, a maioria no leste da Europa. -Entrada do Campo de Concentração de Auschwitz
  • 34. A morte através do trabalho era uma política de extermínio sistemático - os presos tinham que, literalmente, trabalhar até a morte, quando seriam então levados para as câmaras de gás ou eram fuzilados. O trabalho escravo foi utilizado na indústria da guerra, por exemplo, na produção dos foguetes -Câmara de gás de campo de concentração Nazista
  • 35. Curiosidade: Nazistas lavaram dinheiro Inglês e Estadunidense. O plano inicial era espalhar uma quantidade de notas falsas equivalente a 30% da moeda em circulação. Além dos próprios nazistas, a sabotagem aprovada por Adolf Hitler foi protagonizada por prisioneiros judeus, banqueiros, especialistas em lavagem de dinheiro e investigadores. Para os judeus, a missão representou uma pausa no caminho à câmara de gás.
  • 37. A Alemanha nazista desejava mais matérias-primas e autossuficiência em alimentos, queria as colônias sob o controle da França e Reino Unido, desejava também o petróleo e o trigo da União Soviética. Conforme Hitler afirmou em Mein Kampf, ele desejava também a união de toda a "raça" alemã que vivia em outros países e expandir a Alemanha para territórios eslavos, para conseguir o Lebensraum (Espaço Vital) para a raça alemã viver, instalando a "Nova Ordem.
  • 38. Em 1936, Hitler ordenou que o exército alemão ocupasse a Renânia, conforme o Tratado de Versalhes, essa região devia permanecer desmilitarizada, mas Hitler ignorou esta regra, promovendo a remilitarização da região. A maioria dos franceses não reagiu à ocupação da Renânia, pois estavam politicamente divididos: havia conflitos entre os partidos políticos marxistas, e os partidos políticos tradicionais. Também acreditavam que o inimigo do capitalismo democrático era o comunismo da União Soviética e não o nazismo.
  • 39. Em março de 1938, Hitler anexou a Áustria à Alemanha, com o apoio do partido nazista austríaco, que também era proibido pelo Tratado de Versalhes. A unificação foi confirmada por um plebiscito em abril de 1938 sobre o lema “um Povo, um Império, um Líder!”, o próprio Hitler foi visitar a Áustria, afirmando que o povo alemão nunca mais seria separado. -Hitler discursando para o povo
  • 40. Em agosto de 1939, a Alemanha nazista e a União Soviética assinaram um pacto de não-agressão. O acordo não somente garantia a neutralidade da União Soviética no caso da Alemanha invadir outros países — uma vez que naquele momento Hitler não teria condições de lutar em duas frentes –, como uma parte secreta do acordo estabelecia que a Polônia seria invadida e dividida entre as duas potências. -Assinatura do Pacto Nazi-Soviético de não agressão
  • 41. 1º de Setembro de 1939, tropas alemãs invadiram o território polonês , sendo seguidas pelas tropas russas que em 17 de setembro de 1939, invadiram o lado leste. Em menos de um mês, o precário exército polonês foi derrotado. Os governos do Reino Unido e França entregaram ultimatos à Alemanha, avisando que deveria retirar suas tropas da Polônia; não houve resposta e em 3 de setembro declararam guerra à Alemanha: começava a Segunda Guerra Mundial. -Topas alemãs cruzam o Rio Sam
  • 43. Mesmo diante das derrotas tanto na frente oriental contra a União Soviética quanto na Frente Ocidental contra a Reino Unido e Estados Unidos, a Alemanha nazista não se rendia. A imprensa de Alemã afirmava que apesar das atuais derrotas, a vitória final seria da Alemanha. Tribunais nazistas obrigaram a população civil a lutar. Em abril de 1945, Berlim estava totalmente cercada pelos soviéticos.
  • 44. Em 30 de abril, Hitler e sua esposa Eva Braun, cometeram suicídio no Führerbunker, o bunker de Hitler em Berlim, mesmo assim, Hitler não demonstrou arrependimento ou descrença na ideologia nazista, tendo afirmado em seu testamento: “Eu encarrego os líderes deste país e seu povo a resistir implacavelmente ao envenenador universal de todas as nações, o povo judeu internacional”...
  • 45. Hitler separou seu cargo de Führer do de Chanceler, assumido por Joseph Goebbels e Presidente assumido por Karl Donitz. Em 1 de maio, Goebbels e sua família também cometeriam suicídio. No dia 8 de maio de 1945, ocorreu a rendição incondicional da Alemanha, no que é considerado o Dia da Vitória na Europa, embora os partidários do nazismo continuassem lutando por mais uma semana. -Jornal norte americano noticiando a morte do ditador