SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
“Perante estes fatos, reconhecemos que a organização metodológica
da Periodização Tática preocupa-se em criar um «jogar»
através da operacionalização do modelo de jogo. Esta
concepção parte de uma abordagem complexa, dinâmica e sobretudo,
concreta do «jogar» que se pretende criar. Identifica-se com
conceitos complexos e sistêmicos que o permitem compreender sem
ter de o mutilar e por isso, acreditamos que este paradigma nos
permite assegurar um novo rumo para o futebol”
GOMES, M. “O desenvolvimento do jogar, segundo a Periodização
Tática”
“A dimensão tática ocupa o núcleo da estrutura de
rendimento no futebol, pelo que a função principal
dos demais fatores, sejam eles de natureza
técnica, física ou psíquica, é a de cooperar no
sentido de facultarem o acesso a desempenhos
táticos de nível cada vez mais elevado.”
(GARGANTA, 1998)
Calendário competitivo varia de
8-10 meses no ano / 75 a 85
jogos na temporada.
(GOMES, 2002)
Evolução da Equipe
Evolução da Equipe
• Atividade 1
Espaço : 35 X 35 m
Jogadores: 5 X 3
Equipe amarela pontua quando:
- Passar a bola entre os cones
Equipe vermelha pontua
quando:
- A bola sair do espaço de
jogo
- Recuperar a bola
• Atividade 2
Espaço : 18 X 18 m
Jogadores: 4 X 2
Equipe amarela pontua quando:
- Passar a bola entre os
adversários
Equipe vermelha pontua
quando:
- A bola sair do espaço de
jogo
- Tocar na bola
• Atividade 3
Espaço : 25 X 25 m
Jogadores: 3 X 3 (+ 1)
Equipes pontuam
quando:
- A bola chegar no
retângulo azul do
adversário
Coringa (jogador azul):
- Joga para a equipe
que estiver em
posse de bola
• Atividade 1
Equipe amarela:
- Circulação e progressão por dentro do bloco defensivo
Equipe vermelha:
- Fechar as linhas de passe no interior do bloco defensivo
- Impedir a progressão do adversário por dentro do bloco
• Observações gerais sobre o aquecimento
As atividades propostas objetivam em geral que os jogadores vivenciem situações de superioridade e
inferioridade numérica para que se comportem preferencialmente em função da posição da bola de do espaço.
Esses conceitos serão fundamentais durante o processo de construção de uma marcação em zona porque estão na
essência da mesma.
• Atividade 2
Equipe amarela:
- Circulação e criação de linhas de passe por dentro do bloco defensivo
Equipe vermelha:
- Fechar as linhas de passe entre os jogadores
- Manter as linhas de passe fechadas em todas as posições da bola
• Atividade 3
Equipe com bola:
- Progressão ao campo adversário
Equipe sem bola:
- Impedir a progressão do
adversário
- Trabalhar esse item em
inferioridade numérica de
jogadores
Sobre a Unidade Treino
• Observações gerais sobre a Unidade Treino
Essa unidade treino faz parte um processo que iniciou-se na pré-temporada da equipe. Ela será aplicada na
terceira semana do terceiro mês de preparação. Os conteúdos necessários para a compreensão das atividades
pelos atletas foram sendo gradualmente desenvolvidos de acordo com a zona de conhecimento que eles se
encontravam. O grupo possui o hábito de trabalhar de forma intensa nos jogos porque já houve uma mudança de
comportamento gerada pelo próprio processo.
• Observações específicas sobre a Unidade Treino
- A duração de cada unidade de treino é de 1 hora e 30 minutos (parte principal – exceto aquecimento) devido à
uma referência com o tempo de jogo
- Os exercícios estão programados para durar 15 minutos, porém se os jogadores não resolverem de forma
satisfatória a atividade proposta, esta pode ser prolongada e os exercícios finais do treino podem ser adiados para
outra unidade
- As pausas durante as atividades devem ser curtíssimas e só ocorrem se houver grande dificuldade na
compreensão a mesma ou a resposta dos atletas estiver distante do Modelo de Jogo
- Caso os atletas resolvam de forma muito satisfatória rapidamente a atividade, deve-se passar para a seguinte e no
final do treino algumas atividades mais complexas devem estar preparada para preencher o tempo de 1 hora e 30
minutos
- Os casos em que os atletas tenham muita dificuldade ou muita facilidade em realizar a atividade, provavelmente
estão relacionados com uma má interpretação do treinador em aplicá-las, por não identificar corretamente em
que nível de conhecimento seu grupo se encontra.
G
• Espaço de Jogo (45m X 40m)
Dentro do tracejado preto
• Regras de Pontuação
1. Equipe Vermelha pontua quando:
- passar a bola entre os cones amarelos
(1 ponto)
2. Equipe Amarela pontua quando:
- fizer gol na baliza oficial
(3 pontos)
- passar a bola no sentido do ataque entre os cones
vermelhos
(1 ponto)
• Objetivos Gerais da Atividade
1. Equipe Vermelha
- estruturar zonalmente os dois zagueiros e os dois volantes
para construção do 1-4-4-2
- articular os dois zagueiros e os dois volantes com o goleiro
nos 4 grande momentos do jogo
2. Equipe Amarela
- articular os dois atacantes com os dois volantes
- progressão + manutenção + finalização ao alvo
- impedir a progressão do adversário no campo de jogo
- fechar linhas de passe importantes do adversário
G
• Espaço de Jogo (50m X 68m)
Meio campo de jogo
• Regras de Pontuação
1. Equipe Vermelha pontua quando:
- passar a bola entre os cones amarelos
(1 ponto)
2. Equipe Amarela pontua quando:
- fizer gol na baliza oficial
(3 pontos)
- passar a bola no sentido do ataque entre os cones
vermelhos
(1 ponto)
• Objetivos Gerais da Atividade
1. Equipe Vermelha
- estruturar zonalmente o goleiro, a primeira “linha de 4” e os
dois volantes nos 4 grandes momentos do jogo para
construção do 1-4-4-2
2. Equipe Amarela
- estruturar zonalmente a segunda “linha de 4” e os dois
atacantes nos 4 grandes momentos do jogo para construção
do 1-4-4-2
G
• Espaço de Jogo (55m X 68m)
Da linha de fundo até a linha tracejada em preto
• Regras de Pontuação
1. Equipe Vermelha pontua quando:
- realizar 10 passes
(1 ponto)
- passar a bola entre os cones amarelos
(1 ponto)
2. Equipe Amarela pontua quando:
- fizer gol na baliza oficial
(3 pontos)
- passar a bola no sentido do ataque entre os cones
vermelhos
(1 ponto)
- finalizar no gol
(1 ponto)
• Objetivos Gerais da Atividade
1. Equipe Vermelha
- aumentar a profundidade do jogo
2. Equipe Amarela
- aumentar a complexidade da marcação zonal
G
• Espaço de Jogo (70m X 68m)
Da linha de fundo até a linha tracejada em preto
• Regras de Pontuação
1. Equipe Vermelha pontua quando:
- fizer gol na baliza oficial
(3 pontos)
- passar a bola no sentido do ataque entre os cones amarelos
(1 ponto)
2. Equipe Amarela pontua quando:
- fizer gol na baliza oficial
(3 pontos)
- passar a bola no sentido do ataque entre os cones
vermelhos
(1 ponto)
• Objetivos Gerais da Atividade
1. Equipe Vermelha
- articular a construção anterior com os dois alas
2. Equipe Amarela
- articular a construção anterior com os dois zagueiros e o
goleiro
G
G
• Espaço de Jogo (70m X 68m)
Da linha de fundo até a linha tracejada em preto
• Regras de Pontuação
1. Equipe Vermelha pontua quando:
- fizer gol na baliza oficial
(3 pontos)
- passar a bola (sentido ataque) entre os cones amarelos
(1 ponto)
2. Equipe Amarela pontua quando:
- fizer gol na baliza oficial
(3 pontos)
- passar a bola ( sentido ataque) entre os cones vermelhos
(1 ponto)
* cumprir uma das duas tarefas anteriores em menos de 5
segundos (ambas equipes)
(+ 1 ponto)
• Objetivos Gerais da Atividade
1. Equipe Vermelha
- articular a construção anterior com os dois alas
2. Equipe Amarela
- articular a construção anterior com os dois zagueiros e o
goleiro
G
Periodização Tática - Exercícios

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabajo de la línea de cuatro en la defensa en zona
Trabajo de la línea de cuatro en la defensa en zonaTrabajo de la línea de cuatro en la defensa en zona
Trabajo de la línea de cuatro en la defensa en zonaFutbol-Tactico
 
Sl Benfica modelo de jogo para a formação
Sl Benfica modelo de jogo para a formaçãoSl Benfica modelo de jogo para a formação
Sl Benfica modelo de jogo para a formaçãoMário Torres
 
A bíblia de mourinho no fc porto
A bíblia de mourinho no fc portoA bíblia de mourinho no fc porto
A bíblia de mourinho no fc portoraseslb
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolFundação Real Madrid
 
Exemplo modelo de jogo
Exemplo modelo de jogoExemplo modelo de jogo
Exemplo modelo de jogoSérgio Santos
 
Esquema futebol Básico
Esquema futebol BásicoEsquema futebol Básico
Esquema futebol BásicoPedro Martins
 
Exercicios de pressing e posse de bola
Exercicios de pressing e posse de bolaExercicios de pressing e posse de bola
Exercicios de pressing e posse de bolaPedro Sousa
 
Rubén de la barrera cultural
Rubén de la barrera culturalRubén de la barrera cultural
Rubén de la barrera culturalFutbol_Ofensivo
 
Ajax Training Sessions
Ajax Training SessionsAjax Training Sessions
Ajax Training SessionsRenato Moreira
 
Unidade de treino - principios especificos
Unidade de treino - principios especificosUnidade de treino - principios especificos
Unidade de treino - principios especificosAntónio Seromenho
 
Metodologia de Trabalho - José Mourinho
Metodologia de Trabalho - José MourinhoMetodologia de Trabalho - José Mourinho
Metodologia de Trabalho - José MourinhoLeandro Zago
 
96 juegos para el entrenamiento integrado de las acciones combinativas en el ...
96 juegos para el entrenamiento integrado de las acciones combinativas en el ...96 juegos para el entrenamiento integrado de las acciones combinativas en el ...
96 juegos para el entrenamiento integrado de las acciones combinativas en el ...Ernesto Tello
 
Periodização Táctica - Carlos Carvalhal
Periodização Táctica - Carlos CarvalhalPeriodização Táctica - Carlos Carvalhal
Periodização Táctica - Carlos CarvalhalFundação Real Madrid
 
Periodização Tática - Morfociclo padrão: pelas entranhas do processo
Periodização Tática - Morfociclo padrão: pelas entranhas do processoPeriodização Tática - Morfociclo padrão: pelas entranhas do processo
Periodização Tática - Morfociclo padrão: pelas entranhas do processoRodrigo Saldanha
 
Exercícios Pré-temporada 07-08 FC Barcelona
Exercícios Pré-temporada 07-08 FC BarcelonaExercícios Pré-temporada 07-08 FC Barcelona
Exercícios Pré-temporada 07-08 FC BarcelonaPrancheta Prancheta
 
Periodização Tática - José Guilherme Oliveira
Periodização Tática - José Guilherme OliveiraPeriodização Tática - José Guilherme Oliveira
Periodização Tática - José Guilherme OliveiraFundação Real Madrid
 
Ejercicios athletic bilbao 2005
Ejercicios athletic bilbao 2005Ejercicios athletic bilbao 2005
Ejercicios athletic bilbao 2005Mário Torres
 

Mais procurados (20)

Trabajo de la línea de cuatro en la defensa en zona
Trabajo de la línea de cuatro en la defensa en zonaTrabajo de la línea de cuatro en la defensa en zona
Trabajo de la línea de cuatro en la defensa en zona
 
Sl Benfica modelo de jogo para a formação
Sl Benfica modelo de jogo para a formaçãoSl Benfica modelo de jogo para a formação
Sl Benfica modelo de jogo para a formação
 
Modelo de Jogo do FC Bayern Munique
Modelo de Jogo do FC Bayern MuniqueModelo de Jogo do FC Bayern Munique
Modelo de Jogo do FC Bayern Munique
 
A bíblia de mourinho no fc porto
A bíblia de mourinho no fc portoA bíblia de mourinho no fc porto
A bíblia de mourinho no fc porto
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 
Plano de treino
Plano de treinoPlano de treino
Plano de treino
 
Exemplo modelo de jogo
Exemplo modelo de jogoExemplo modelo de jogo
Exemplo modelo de jogo
 
Esquema futebol Básico
Esquema futebol BásicoEsquema futebol Básico
Esquema futebol Básico
 
Exercicios de pressing e posse de bola
Exercicios de pressing e posse de bolaExercicios de pressing e posse de bola
Exercicios de pressing e posse de bola
 
Rubén de la barrera cultural
Rubén de la barrera culturalRubén de la barrera cultural
Rubén de la barrera cultural
 
Ajax Training Sessions
Ajax Training SessionsAjax Training Sessions
Ajax Training Sessions
 
Unidade de treino - principios especificos
Unidade de treino - principios especificosUnidade de treino - principios especificos
Unidade de treino - principios especificos
 
Metodologia de Trabalho - José Mourinho
Metodologia de Trabalho - José MourinhoMetodologia de Trabalho - José Mourinho
Metodologia de Trabalho - José Mourinho
 
96 juegos para el entrenamiento integrado de las acciones combinativas en el ...
96 juegos para el entrenamiento integrado de las acciones combinativas en el ...96 juegos para el entrenamiento integrado de las acciones combinativas en el ...
96 juegos para el entrenamiento integrado de las acciones combinativas en el ...
 
Periodização Táctica - Carlos Carvalhal
Periodização Táctica - Carlos CarvalhalPeriodização Táctica - Carlos Carvalhal
Periodização Táctica - Carlos Carvalhal
 
Periodização Tática - Morfociclo padrão: pelas entranhas do processo
Periodização Tática - Morfociclo padrão: pelas entranhas do processoPeriodização Tática - Morfociclo padrão: pelas entranhas do processo
Periodização Tática - Morfociclo padrão: pelas entranhas do processo
 
Exercícios Pré-temporada 07-08 FC Barcelona
Exercícios Pré-temporada 07-08 FC BarcelonaExercícios Pré-temporada 07-08 FC Barcelona
Exercícios Pré-temporada 07-08 FC Barcelona
 
Periodização Tática - José Guilherme Oliveira
Periodização Tática - José Guilherme OliveiraPeriodização Tática - José Guilherme Oliveira
Periodização Tática - José Guilherme Oliveira
 
Modelo de jogo
Modelo de jogoModelo de jogo
Modelo de jogo
 
Ejercicios athletic bilbao 2005
Ejercicios athletic bilbao 2005Ejercicios athletic bilbao 2005
Ejercicios athletic bilbao 2005
 

Destaque

Sessões de Treinamento - Curso CBF (Nível B)
Sessões de Treinamento - Curso CBF (Nível B)Sessões de Treinamento - Curso CBF (Nível B)
Sessões de Treinamento - Curso CBF (Nível B)Leandro Zago
 
O Processo de Treino e Jogo
O Processo de Treino e JogoO Processo de Treino e Jogo
O Processo de Treino e JogoLeandro Zago
 
Princípios Estruturais e Operacionais de Ataque, Defesa e Transição
Princípios Estruturais e Operacionais de Ataque, Defesa e TransiçãoPrincípios Estruturais e Operacionais de Ataque, Defesa e Transição
Princípios Estruturais e Operacionais de Ataque, Defesa e TransiçãoLeandro Zago
 
Exercícios - Conteúdos Táticos
Exercícios - Conteúdos TáticosExercícios - Conteúdos Táticos
Exercícios - Conteúdos TáticosLeandro Zago
 
SUB13 - Programação de Atividades (2012)
SUB13 - Programação de Atividades (2012)SUB13 - Programação de Atividades (2012)
SUB13 - Programação de Atividades (2012)Leandro Zago
 
Preparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do JogoPreparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do JogoEduardo Barros
 
Construção de um Estilo (Modelo) de Jogo
Construção de um Estilo (Modelo) de JogoConstrução de um Estilo (Modelo) de Jogo
Construção de um Estilo (Modelo) de JogoFundação Real Madrid
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolFundação Real Madrid
 
Preparação Física no Futebol - Em Busca da Excelência
Preparação Física no Futebol - Em Busca da ExcelênciaPreparação Física no Futebol - Em Busca da Excelência
Preparação Física no Futebol - Em Busca da ExcelênciaRodrigo Saffi Mello
 
Modelo de Jogo do Treinador Rui Quinta
Modelo de Jogo do Treinador Rui QuintaModelo de Jogo do Treinador Rui Quinta
Modelo de Jogo do Treinador Rui QuintaFundação Real Madrid
 
Princípios Operacionais de Transição
Princípios Operacionais de TransiçãoPrincípios Operacionais de Transição
Princípios Operacionais de TransiçãoLeandro Zago
 
Palestra de Abertura - Pós Graduação (Estácio de Sá)
Palestra de Abertura - Pós Graduação (Estácio de Sá)Palestra de Abertura - Pós Graduação (Estácio de Sá)
Palestra de Abertura - Pós Graduação (Estácio de Sá)Leandro Zago
 
Pós - Graduação - Conteúdos Táticos
Pós - Graduação - Conteúdos TáticosPós - Graduação - Conteúdos Táticos
Pós - Graduação - Conteúdos TáticosLeandro Zago
 
O Goleiro inserido no Modelo de Jogo da Equipe
O Goleiro inserido no Modelo de Jogo da EquipeO Goleiro inserido no Modelo de Jogo da Equipe
O Goleiro inserido no Modelo de Jogo da EquipeLeandro Zago
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolFundação Real Madrid
 
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativoFutebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativoRenato Schmitt
 
Periodização Tática - Entrevista a Vítor Frade
Periodização Tática - Entrevista a Vítor FradePeriodização Tática - Entrevista a Vítor Frade
Periodização Tática - Entrevista a Vítor FradeFernando Farias
 
José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)
José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)
José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)oscarbarbedofaria
 
Modelo de Jogo - Defesa Zona - Comportamento com 4 Defesas
Modelo de Jogo - Defesa Zona - Comportamento com 4 DefesasModelo de Jogo - Defesa Zona - Comportamento com 4 Defesas
Modelo de Jogo - Defesa Zona - Comportamento com 4 DefesasSaber Sobre o Saber Treinar
 

Destaque (20)

Sessões de Treinamento - Curso CBF (Nível B)
Sessões de Treinamento - Curso CBF (Nível B)Sessões de Treinamento - Curso CBF (Nível B)
Sessões de Treinamento - Curso CBF (Nível B)
 
O Processo de Treino e Jogo
O Processo de Treino e JogoO Processo de Treino e Jogo
O Processo de Treino e Jogo
 
Princípios Estruturais e Operacionais de Ataque, Defesa e Transição
Princípios Estruturais e Operacionais de Ataque, Defesa e TransiçãoPrincípios Estruturais e Operacionais de Ataque, Defesa e Transição
Princípios Estruturais e Operacionais de Ataque, Defesa e Transição
 
Exercícios - Conteúdos Táticos
Exercícios - Conteúdos TáticosExercícios - Conteúdos Táticos
Exercícios - Conteúdos Táticos
 
SUB13 - Programação de Atividades (2012)
SUB13 - Programação de Atividades (2012)SUB13 - Programação de Atividades (2012)
SUB13 - Programação de Atividades (2012)
 
Preparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do JogoPreparar para o Jogo através do Jogo
Preparar para o Jogo através do Jogo
 
Construção de um Estilo (Modelo) de Jogo
Construção de um Estilo (Modelo) de JogoConstrução de um Estilo (Modelo) de Jogo
Construção de um Estilo (Modelo) de Jogo
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 
Preparação Física no Futebol - Em Busca da Excelência
Preparação Física no Futebol - Em Busca da ExcelênciaPreparação Física no Futebol - Em Busca da Excelência
Preparação Física no Futebol - Em Busca da Excelência
 
Modelo de Jogo do Treinador Rui Quinta
Modelo de Jogo do Treinador Rui QuintaModelo de Jogo do Treinador Rui Quinta
Modelo de Jogo do Treinador Rui Quinta
 
Princípios Operacionais de Transição
Princípios Operacionais de TransiçãoPrincípios Operacionais de Transição
Princípios Operacionais de Transição
 
Palestra de Abertura - Pós Graduação (Estácio de Sá)
Palestra de Abertura - Pós Graduação (Estácio de Sá)Palestra de Abertura - Pós Graduação (Estácio de Sá)
Palestra de Abertura - Pós Graduação (Estácio de Sá)
 
Pós - Graduação - Conteúdos Táticos
Pós - Graduação - Conteúdos TáticosPós - Graduação - Conteúdos Táticos
Pós - Graduação - Conteúdos Táticos
 
O Goleiro inserido no Modelo de Jogo da Equipe
O Goleiro inserido no Modelo de Jogo da EquipeO Goleiro inserido no Modelo de Jogo da Equipe
O Goleiro inserido no Modelo de Jogo da Equipe
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 
PERIODIZAÇÃO TÁTICA - PADRÃO SEMANAL
PERIODIZAÇÃO TÁTICA - PADRÃO SEMANALPERIODIZAÇÃO TÁTICA - PADRÃO SEMANAL
PERIODIZAÇÃO TÁTICA - PADRÃO SEMANAL
 
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativoFutebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
Futebol total - técnio, tático, físico e admistrativo
 
Periodização Tática - Entrevista a Vítor Frade
Periodização Tática - Entrevista a Vítor FradePeriodização Tática - Entrevista a Vítor Frade
Periodização Tática - Entrevista a Vítor Frade
 
José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)
José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)
José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)
 
Modelo de Jogo - Defesa Zona - Comportamento com 4 Defesas
Modelo de Jogo - Defesa Zona - Comportamento com 4 DefesasModelo de Jogo - Defesa Zona - Comportamento com 4 Defesas
Modelo de Jogo - Defesa Zona - Comportamento com 4 Defesas
 

Semelhante a Periodização Tática - Exercícios

Unidade de treino periodização do jogo
Unidade de treino   periodização do jogoUnidade de treino   periodização do jogo
Unidade de treino periodização do jogoRafael Hackbarth
 
Aspectos Psicológicos Aplicados ao Treinamento
Aspectos Psicológicos Aplicados ao TreinamentoAspectos Psicológicos Aplicados ao Treinamento
Aspectos Psicológicos Aplicados ao TreinamentoLeandro Zago
 
Trabalho sobre futsal - plano de aula escolar
Trabalho sobre futsal - plano de aula escolarTrabalho sobre futsal - plano de aula escolar
Trabalho sobre futsal - plano de aula escolarcaroGonalves1
 
Coerver Coaching: Relação com bola
Coerver Coaching: Relação com bolaCoerver Coaching: Relação com bola
Coerver Coaching: Relação com bolaDário Pinto
 
Exercício gr+7x7+gr com 2apoios ofensivos condicionado
Exercício gr+7x7+gr com 2apoios ofensivos condicionadoExercício gr+7x7+gr com 2apoios ofensivos condicionado
Exercício gr+7x7+gr com 2apoios ofensivos condicionadopassederutura
 
Implantação e Caraterização de um Modelo de Jogo
Implantação e Caraterização de um Modelo de JogoImplantação e Caraterização de um Modelo de Jogo
Implantação e Caraterização de um Modelo de JogoFundação Real Madrid
 
Blog 3º artigo - especificidade no treinamento -sistema - 1-4-4-2
Blog   3º artigo - especificidade no treinamento -sistema - 1-4-4-2Blog   3º artigo - especificidade no treinamento -sistema - 1-4-4-2
Blog 3º artigo - especificidade no treinamento -sistema - 1-4-4-2Rafael Hackbarth
 
Apostila de flagbol_5x5 apfa
Apostila de flagbol_5x5 apfaApostila de flagbol_5x5 apfa
Apostila de flagbol_5x5 apfaDébora Medeiros
 
Trabalho de Futsal
Trabalho de FutsalTrabalho de Futsal
Trabalho de FutsalAna Carolina
 
Futsal 140606134345-phpapp02
Futsal 140606134345-phpapp02Futsal 140606134345-phpapp02
Futsal 140606134345-phpapp02ASHELY GAM3R
 
Pressão e Pressing
Pressão e PressingPressão e Pressing
Pressão e PressingLeandro Zago
 
48030468 resumo-das-regras-do-basquete
48030468 resumo-das-regras-do-basquete48030468 resumo-das-regras-do-basquete
48030468 resumo-das-regras-do-basquetenadia26
 

Semelhante a Periodização Tática - Exercícios (20)

Unidade de treino periodização do jogo
Unidade de treino   periodização do jogoUnidade de treino   periodização do jogo
Unidade de treino periodização do jogo
 
Futebol 7
Futebol 7Futebol 7
Futebol 7
 
Futebol 7
Futebol 7Futebol 7
Futebol 7
 
Aspectos Psicológicos Aplicados ao Treinamento
Aspectos Psicológicos Aplicados ao TreinamentoAspectos Psicológicos Aplicados ao Treinamento
Aspectos Psicológicos Aplicados ao Treinamento
 
Treino
TreinoTreino
Treino
 
Exercício 6x3+2 gr
Exercício 6x3+2 grExercício 6x3+2 gr
Exercício 6x3+2 gr
 
Sugestao de treino
Sugestao de treinoSugestao de treino
Sugestao de treino
 
Trabalho sobre futsal - plano de aula escolar
Trabalho sobre futsal - plano de aula escolarTrabalho sobre futsal - plano de aula escolar
Trabalho sobre futsal - plano de aula escolar
 
Coerver Coaching: Relação com bola
Coerver Coaching: Relação com bolaCoerver Coaching: Relação com bola
Coerver Coaching: Relação com bola
 
Exercício gr+7x7+gr com 2apoios ofensivos condicionado
Exercício gr+7x7+gr com 2apoios ofensivos condicionadoExercício gr+7x7+gr com 2apoios ofensivos condicionado
Exercício gr+7x7+gr com 2apoios ofensivos condicionado
 
Implantação e Caraterização de um Modelo de Jogo
Implantação e Caraterização de um Modelo de JogoImplantação e Caraterização de um Modelo de Jogo
Implantação e Caraterização de um Modelo de Jogo
 
Blog 3º artigo - especificidade no treinamento -sistema - 1-4-4-2
Blog   3º artigo - especificidade no treinamento -sistema - 1-4-4-2Blog   3º artigo - especificidade no treinamento -sistema - 1-4-4-2
Blog 3º artigo - especificidade no treinamento -sistema - 1-4-4-2
 
Apostila de flagbol_5x5 apfa
Apostila de flagbol_5x5 apfaApostila de flagbol_5x5 apfa
Apostila de flagbol_5x5 apfa
 
Posse com um Toque
Posse com um ToquePosse com um Toque
Posse com um Toque
 
Trabalho de Futsal
Trabalho de FutsalTrabalho de Futsal
Trabalho de Futsal
 
Futsal 140606134345-phpapp02
Futsal 140606134345-phpapp02Futsal 140606134345-phpapp02
Futsal 140606134345-phpapp02
 
Pressão e Pressing
Pressão e PressingPressão e Pressing
Pressão e Pressing
 
Tag rugby
Tag rugbyTag rugby
Tag rugby
 
Basquete_4º bimestre.pptx
Basquete_4º bimestre.pptxBasquete_4º bimestre.pptx
Basquete_4º bimestre.pptx
 
48030468 resumo-das-regras-do-basquete
48030468 resumo-das-regras-do-basquete48030468 resumo-das-regras-do-basquete
48030468 resumo-das-regras-do-basquete
 

Mais de Leandro Zago

Currículo - Leandro Calixto Zago
Currículo -  Leandro Calixto ZagoCurrículo -  Leandro Calixto Zago
Currículo - Leandro Calixto ZagoLeandro Zago
 
Futebol Interativo - Desenvolvendo para o Jogo
Futebol Interativo - Desenvolvendo para o JogoFutebol Interativo - Desenvolvendo para o Jogo
Futebol Interativo - Desenvolvendo para o JogoLeandro Zago
 
El juego de posición (O Jogo de Posição)
El juego de posición (O Jogo de Posição)El juego de posición (O Jogo de Posição)
El juego de posición (O Jogo de Posição)Leandro Zago
 
O Jogo Coletivo e a Integração das Referências
O Jogo Coletivo e a Integração das ReferênciasO Jogo Coletivo e a Integração das Referências
O Jogo Coletivo e a Integração das ReferênciasLeandro Zago
 
Referências para a Ocupação do Espaço sem Bola
Referências para a Ocupação do Espaço sem BolaReferências para a Ocupação do Espaço sem Bola
Referências para a Ocupação do Espaço sem BolaLeandro Zago
 
Conceitos de Amplitude e Profundidade
Conceitos de Amplitude e ProfundidadeConceitos de Amplitude e Profundidade
Conceitos de Amplitude e ProfundidadeLeandro Zago
 

Mais de Leandro Zago (7)

Currículo - Leandro Calixto Zago
Currículo -  Leandro Calixto ZagoCurrículo -  Leandro Calixto Zago
Currículo - Leandro Calixto Zago
 
Futebol Interativo - Desenvolvendo para o Jogo
Futebol Interativo - Desenvolvendo para o JogoFutebol Interativo - Desenvolvendo para o Jogo
Futebol Interativo - Desenvolvendo para o Jogo
 
El juego de posición (O Jogo de Posição)
El juego de posición (O Jogo de Posição)El juego de posición (O Jogo de Posição)
El juego de posición (O Jogo de Posição)
 
O Jogo Coletivo e a Integração das Referências
O Jogo Coletivo e a Integração das ReferênciasO Jogo Coletivo e a Integração das Referências
O Jogo Coletivo e a Integração das Referências
 
Referências para a Ocupação do Espaço sem Bola
Referências para a Ocupação do Espaço sem BolaReferências para a Ocupação do Espaço sem Bola
Referências para a Ocupação do Espaço sem Bola
 
Modelo de Jogo
Modelo de JogoModelo de Jogo
Modelo de Jogo
 
Conceitos de Amplitude e Profundidade
Conceitos de Amplitude e ProfundidadeConceitos de Amplitude e Profundidade
Conceitos de Amplitude e Profundidade
 

Periodização Tática - Exercícios

  • 1.
  • 2. “Perante estes fatos, reconhecemos que a organização metodológica da Periodização Tática preocupa-se em criar um «jogar» através da operacionalização do modelo de jogo. Esta concepção parte de uma abordagem complexa, dinâmica e sobretudo, concreta do «jogar» que se pretende criar. Identifica-se com conceitos complexos e sistêmicos que o permitem compreender sem ter de o mutilar e por isso, acreditamos que este paradigma nos permite assegurar um novo rumo para o futebol” GOMES, M. “O desenvolvimento do jogar, segundo a Periodização Tática”
  • 3. “A dimensão tática ocupa o núcleo da estrutura de rendimento no futebol, pelo que a função principal dos demais fatores, sejam eles de natureza técnica, física ou psíquica, é a de cooperar no sentido de facultarem o acesso a desempenhos táticos de nível cada vez mais elevado.” (GARGANTA, 1998) Calendário competitivo varia de 8-10 meses no ano / 75 a 85 jogos na temporada. (GOMES, 2002)
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. • Atividade 1 Espaço : 35 X 35 m Jogadores: 5 X 3 Equipe amarela pontua quando: - Passar a bola entre os cones Equipe vermelha pontua quando: - A bola sair do espaço de jogo - Recuperar a bola • Atividade 2 Espaço : 18 X 18 m Jogadores: 4 X 2 Equipe amarela pontua quando: - Passar a bola entre os adversários Equipe vermelha pontua quando: - A bola sair do espaço de jogo - Tocar na bola • Atividade 3 Espaço : 25 X 25 m Jogadores: 3 X 3 (+ 1) Equipes pontuam quando: - A bola chegar no retângulo azul do adversário Coringa (jogador azul): - Joga para a equipe que estiver em posse de bola
  • 12. • Atividade 1 Equipe amarela: - Circulação e progressão por dentro do bloco defensivo Equipe vermelha: - Fechar as linhas de passe no interior do bloco defensivo - Impedir a progressão do adversário por dentro do bloco • Observações gerais sobre o aquecimento As atividades propostas objetivam em geral que os jogadores vivenciem situações de superioridade e inferioridade numérica para que se comportem preferencialmente em função da posição da bola de do espaço. Esses conceitos serão fundamentais durante o processo de construção de uma marcação em zona porque estão na essência da mesma. • Atividade 2 Equipe amarela: - Circulação e criação de linhas de passe por dentro do bloco defensivo Equipe vermelha: - Fechar as linhas de passe entre os jogadores - Manter as linhas de passe fechadas em todas as posições da bola • Atividade 3 Equipe com bola: - Progressão ao campo adversário Equipe sem bola: - Impedir a progressão do adversário - Trabalhar esse item em inferioridade numérica de jogadores
  • 13. Sobre a Unidade Treino • Observações gerais sobre a Unidade Treino Essa unidade treino faz parte um processo que iniciou-se na pré-temporada da equipe. Ela será aplicada na terceira semana do terceiro mês de preparação. Os conteúdos necessários para a compreensão das atividades pelos atletas foram sendo gradualmente desenvolvidos de acordo com a zona de conhecimento que eles se encontravam. O grupo possui o hábito de trabalhar de forma intensa nos jogos porque já houve uma mudança de comportamento gerada pelo próprio processo. • Observações específicas sobre a Unidade Treino - A duração de cada unidade de treino é de 1 hora e 30 minutos (parte principal – exceto aquecimento) devido à uma referência com o tempo de jogo - Os exercícios estão programados para durar 15 minutos, porém se os jogadores não resolverem de forma satisfatória a atividade proposta, esta pode ser prolongada e os exercícios finais do treino podem ser adiados para outra unidade - As pausas durante as atividades devem ser curtíssimas e só ocorrem se houver grande dificuldade na compreensão a mesma ou a resposta dos atletas estiver distante do Modelo de Jogo - Caso os atletas resolvam de forma muito satisfatória rapidamente a atividade, deve-se passar para a seguinte e no final do treino algumas atividades mais complexas devem estar preparada para preencher o tempo de 1 hora e 30 minutos - Os casos em que os atletas tenham muita dificuldade ou muita facilidade em realizar a atividade, provavelmente estão relacionados com uma má interpretação do treinador em aplicá-las, por não identificar corretamente em que nível de conhecimento seu grupo se encontra.
  • 14.
  • 15. G • Espaço de Jogo (45m X 40m) Dentro do tracejado preto • Regras de Pontuação 1. Equipe Vermelha pontua quando: - passar a bola entre os cones amarelos (1 ponto) 2. Equipe Amarela pontua quando: - fizer gol na baliza oficial (3 pontos) - passar a bola no sentido do ataque entre os cones vermelhos (1 ponto) • Objetivos Gerais da Atividade 1. Equipe Vermelha - estruturar zonalmente os dois zagueiros e os dois volantes para construção do 1-4-4-2 - articular os dois zagueiros e os dois volantes com o goleiro nos 4 grande momentos do jogo 2. Equipe Amarela - articular os dois atacantes com os dois volantes - progressão + manutenção + finalização ao alvo - impedir a progressão do adversário no campo de jogo - fechar linhas de passe importantes do adversário
  • 16.
  • 17. G • Espaço de Jogo (50m X 68m) Meio campo de jogo • Regras de Pontuação 1. Equipe Vermelha pontua quando: - passar a bola entre os cones amarelos (1 ponto) 2. Equipe Amarela pontua quando: - fizer gol na baliza oficial (3 pontos) - passar a bola no sentido do ataque entre os cones vermelhos (1 ponto) • Objetivos Gerais da Atividade 1. Equipe Vermelha - estruturar zonalmente o goleiro, a primeira “linha de 4” e os dois volantes nos 4 grandes momentos do jogo para construção do 1-4-4-2 2. Equipe Amarela - estruturar zonalmente a segunda “linha de 4” e os dois atacantes nos 4 grandes momentos do jogo para construção do 1-4-4-2
  • 18.
  • 19. G • Espaço de Jogo (55m X 68m) Da linha de fundo até a linha tracejada em preto • Regras de Pontuação 1. Equipe Vermelha pontua quando: - realizar 10 passes (1 ponto) - passar a bola entre os cones amarelos (1 ponto) 2. Equipe Amarela pontua quando: - fizer gol na baliza oficial (3 pontos) - passar a bola no sentido do ataque entre os cones vermelhos (1 ponto) - finalizar no gol (1 ponto) • Objetivos Gerais da Atividade 1. Equipe Vermelha - aumentar a profundidade do jogo 2. Equipe Amarela - aumentar a complexidade da marcação zonal
  • 20.
  • 21. G • Espaço de Jogo (70m X 68m) Da linha de fundo até a linha tracejada em preto • Regras de Pontuação 1. Equipe Vermelha pontua quando: - fizer gol na baliza oficial (3 pontos) - passar a bola no sentido do ataque entre os cones amarelos (1 ponto) 2. Equipe Amarela pontua quando: - fizer gol na baliza oficial (3 pontos) - passar a bola no sentido do ataque entre os cones vermelhos (1 ponto) • Objetivos Gerais da Atividade 1. Equipe Vermelha - articular a construção anterior com os dois alas 2. Equipe Amarela - articular a construção anterior com os dois zagueiros e o goleiro G
  • 22.
  • 23. G • Espaço de Jogo (70m X 68m) Da linha de fundo até a linha tracejada em preto • Regras de Pontuação 1. Equipe Vermelha pontua quando: - fizer gol na baliza oficial (3 pontos) - passar a bola (sentido ataque) entre os cones amarelos (1 ponto) 2. Equipe Amarela pontua quando: - fizer gol na baliza oficial (3 pontos) - passar a bola ( sentido ataque) entre os cones vermelhos (1 ponto) * cumprir uma das duas tarefas anteriores em menos de 5 segundos (ambas equipes) (+ 1 ponto) • Objetivos Gerais da Atividade 1. Equipe Vermelha - articular a construção anterior com os dois alas 2. Equipe Amarela - articular a construção anterior com os dois zagueiros e o goleiro G