SlideShare uma empresa Scribd logo
1
SOCIOLOGIA
em mOVImeNTO
DVD do professor
ANOTAçõeS em AuLA
Unidade 1 Sociedade e conhecimento: a realidade social como objeto de estudo
Capítulo 1 Produção de conhecimento: uma característica fundamental das sociedades humanas
Produção de conhecimento: uma característica das sociedades humanas
•	 Os	seres	humanos	sempre	buscaram	formas	de	compreender	os	fenômenos	que	ocorrem	em	seu	dia	a	
dia,	de	modo	a	procurar	soluções	para	os	problemas	existentes.	
•	 A	partir	do	século	XVIII,	com	a	contestação	às	explicações	religiosas	que	até	então	garantiam	a	aceita-
ção	do	poder	dos	monarcas	e	da	instituição	da	servidão,	passou-se	a	considerar	os	fenômenos sociais
como produtos da ação humana	e	a	reconhecer	a	possibilidade	de	transformação	social.	
•	 As	Revoluções Industrial	e	Francesa	foram	marcos	históricos,	que	acarretaram	mudanças	nos	cam-
pos	político	e	econômico,	contribuindo	para	a	transformação	das	sociedades	ocidentais	em	objeto	de	
investigações	científicas.
	
•	 O	conhecimento científico	propõe	formas	de	análise	da	realidade	social	que	vêm	se	somar	a	outras	
formas	de	conhecimento	mais	antigas,	como	a	religião	e	a	Filosofia.	
•	 A	Sociologia,	diferentemente	da	religião	e	da	Filosofia,	pretende	estudar	os	conflitos,	as	permanências	
e	as	transformações	das	sociedades	modernas	e	contemporâneas	por	meio	da	aplicação	de	métodos	
científicos.
SOCIOLOGIA
em mOVImeNTO
DVD do professor
ANOTAçõeS em AuLA
Unidade 1 Sociedade e conhecimento: a realidade social como objeto de estudo
Capítulo 1 Produção de conhecimento: uma característica fundamental das sociedades humanas
2
Conhecimento científico, religioso e filosófico
•	 Todos	somos	capazes	de	produzir	conhecimento,	mas	existem	diferenças	na	forma	como	esse	conhe-
cimento	é	produzido.	
•	 Conhecimento científico:	baseado	em	métodos	rigorosos	de	investigação,	caracteriza-se	por	ser	pas-
sível	de	crítica,	correção	e	refutação,	podendo	absorver	inovações	e	expandir	permanentemente	sua	
área	de	atuação.	
•	 Conhecimento religioso:	sustenta-se	na	crença	em	uma	realidade	exterior	ao	mundo,	transcendente,	
que	influencia	a	percepção	e	a	explicação	da	realidade	social.
•	 Conhecimento filosófico:	busca	a	compreensão	do	significado	e	da	origem	das	coisas	valendo-se	do	
pensamento	racional	e	lógico,	porém	sem	a	preocupação	de	validar	cientificamente	o	conhecimento	
que	produz.
Embora muitos defendam a aproximação entre essas
formas de conhecimento, explicações religiosas, filosóficas
e científicas podem apresentar leituras divergentes sobre
um mesmo fenômeno.
SOCIOLOGIA
em mOVImeNTO
DVD do professor
ANOTAçõeS em AuLA
Unidade 1 Sociedade e conhecimento: a realidade social como objeto de estudo
Capítulo 1 Produção de conhecimento: uma característica fundamental das sociedades humanas
3
Ciência e senso comum: opostos ou complementares?
•	 O	senso	comum	é	um	conhecimento	baseado	na	experiência	e	naquilo	que	
nos	é	transmitido	nas	relações	cotidianas,	manifestando-se	nas	opiniões,	
ideias	e	concepções	que	prevalecem	em	determinado	contexto	social.	
•	 O	conhecimento científico	busca	explicar	os	fenômenos	naturais	e	sociais	
por	meio	da	aplicação rigorosa de um método	de	investigação.	
•	 Há	uma	linha	de	pensamento	que	considera	a	ciência	como	um	conhecimen-
to	neutro	e	racional,	hierarquicamente	superior	ao	senso	comum	(que	seria	
necessariamente	irracional	e	acrítico).	Esta	perspectiva	pode	ser	associada	
à	corrente	de	pensamento	conhecida	como	Positivismo,	segundo	a	qual	a	
ciência	seria	o	único	conhecimento	válido	a	ser	produzido	pela	humanidade,	
e	tem	suas	origens	no	Iluminismo,	movimento	que	se	baseou	nas	“luzes”	da	
ciência	para	questionar	as	práticas	obscuras	do	Antigo	Regime.	
•	 Por	outro	lado,	há	aqueles	que	consideram	a	ciência	e	o	senso	comum	como	
conhecimentos complementares,	defendendo	uma	aproximação	entre	
ambos,	de	modo	a	tornar	a	primeiro	cada	vez	mais	crítica,	e	o	segundo,	mais	
acessível	e	inteligível	a	todos.
	Frontispício	da	Enciclopédia ou Di-
cionário Racional das Ciências, das
Artes e das Profissões,	organizada	
pelos	filósofos	iluministas	Denis	Di-
derot	(1713-1784)	e	Jean	d’Alembert	
(1717-1783)	e	publicada	em	meados	
do	século	XVIII	em	Paris.	
BiBliotecaNacioNaldaFraNça,Paris
SOCIOLOGIA
em mOVImeNTO
DVD do professor
ANOTAçõeS em AuLA
Unidade 1 Sociedade e conhecimento: a realidade social como objeto de estudo
Capítulo 1 Produção de conhecimento: uma característica fundamental das sociedades humanas
4
A contribuição da Sociologia para a interpretação da sociedade contemporânea
•	 Diferentes métodos	desenvolvidos	por	cientistas	sociais	considerados	clássicos	têm	servido	de	refe-
rência	para	as	análises	da	sociedade	até	os	dias	atuais.	São	eles:	
	 1	- Funcionalismo	ou	método comparativo:	considera	que	um	fenômeno	social	só	existe	porque	tem	
uma	função	na	sociedade,	estando	integrado	a	um	sistema	social	por	meio	das	instituições	que	
fortalecem	o	sentido	de	coletividade.	Autor	de	referência:	Émile Durkheim.
	 2	- Método compreensivo:	busca	compreender	os	sentidos	que	o	indivíduo	dá	à	vida	e	às	suas	ações,	
orientando-se	pela	busca	dos	valores subjetivos	que,	partilhados,	norteiam	determinado	grupo	
social.	Autor	de	referência:	Max Weber.	
	 3	-	Materialismo histórico e dialético:	considera	que	na	produção da vida material	–	isto	é,	dos	bens	
necessários	à	sobrevivência	da	sociedade	–	são	estabelecidas	relações de exploração e dominação
que	têm	reflexo	nas	esferas	políticas	e	ideológicas	de	uma	sociedade.	Autor	de	referência:	Karl Marx.
SOCIOLOGIA
em mOVImeNTO
DVD do professor
ANOTAçõeS em AuLA
Unidade 1 Sociedade e conhecimento: a realidade social como objeto de estudo
Capítulo 1 Produção de conhecimento: uma característica fundamental das sociedades humanas
5
Métodos de investigação científica nas Ciências Sociais
•	 Existem	duas abordagens	principais	para	a	pesquisa	em	Ciências	Sociais:	a	pesquisa	quantitativa	e	a	
qualitativa,	que	têm	características	distintas	porém	não	excludentes:
	 1	-		Pesquisa quantitativa:	A	partir	da	definição	de	uma	amostra	representativa	do	universo	pesquisado,	
são	feitas	análises	com	base	em	dados	numéricos,	obtidos	por	meio	da	aplicação	de	questionários	
com	perguntas	objetivas.	
	 2	-		Pesquisa qualitativa:	Requer	um	contato	direto	e	pessoal	entre	o	pesquisador	e	a	população	obser-
vada.	Por	meio	desse	convívio	e	interação,	o	pesquisador	busca	compreender	as	maneiras	de	agir	e	
pensar	do	grupo,	que	são	analisadas	a	partir	das	experiências	e	impressões	vividas	em	um	trabalho
de campo.
SOCIOLOGIA
em mOVImeNTO
DVD do professor
ANOTAçõeS em AuLA
Unidade 1 Sociedade e conhecimento: a realidade social como objeto de estudo
Capítulo 1 Produção de conhecimento: uma característica fundamental das sociedades humanas
6
A Sociologia e a interpretação da sociedade no século XXI
•	 Alguns	exemplos	de	estudos	desenvolvidos	por	sociólogos	contemporâneos:
Manuel Castells Zygmunt Bauman Octavio Ianni Luiz Antônio Machado da Silva
Criou o conceito
de sociedade em
rede (ou sociedade
informacional) ao
analisar as mudanças
geradas pelo intenso
fluxo de informações que
caracteriza as sociedades
contemporâneas.
Para esse sociólogo, o
enfraquecimento da vida
coletiva nas sociedades
atuais e a opção pelas
soluções individuais
seriam indícios de uma
perda de eficácia dos
instrumentos de ação
política criados na
modernidade.
Tendo como objeto
de estudo a realidade
brasileira, Ianni
elaborou uma análise
das contradições do
sistema capitalista e
seus desdobramentos
políticos e sociais, como
a relação entre Estado e
capitalismo e o fenômeno
da globalização.
Observando diferentes
aspectos da sociabilidade
urbana brasileira desde
1970, Silva identificou uma
nova maneira de interação,
traduzida pelo conceito de
sociabilidade violenta,
articulada não apenas à
criminalidade, mas também à
segregação socioespacial.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Emile durkheim
Emile durkheimEmile durkheim
Emile durkheim
Portal do Vestibulando
 
Aula - O que é PODER - Michel Foucault
Aula - O que é PODER - Michel FoucaultAula - O que é PODER - Michel Foucault
Aula - O que é PODER - Michel Foucault
Prof. Noe Assunção
 
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do TomaziSlide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do Tomazi
pascoalnaib
 
Sociologia e meio ambiente
Sociologia e meio ambienteSociologia e meio ambiente
Sociologia e meio ambiente
EEBMiguelCouto
 
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 03 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 03 do TomaziSlide livro Sociologia ensino médio capitulo 03 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 03 do Tomazi
pascoalnaib
 
Zygmunt Bauman
Zygmunt BaumanZygmunt Bauman
Zygmunt Bauman
Alessandra Vidigal
 
IECJ - Cap. 07 - Estrutura, estratificação social e as desigualdades
IECJ - Cap. 07 - Estrutura, estratificação social e as desigualdadesIECJ - Cap. 07 - Estrutura, estratificação social e as desigualdades
IECJ - Cap. 07 - Estrutura, estratificação social e as desigualdades
profrodrigoribeiro
 
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
e neto
 
Aula 3 - Durkheim
Aula 3 - DurkheimAula 3 - Durkheim
Aula 3 - Durkheim
Mauricio Serafim
 
Cap. 1 a sociedade dos indivíduos
Cap. 1   a sociedade dos indivíduosCap. 1   a sociedade dos indivíduos
Cap. 1 a sociedade dos indivíduos
Tiago Lacerda
 
O CONCEITO DE ESTADO - Prof. Noe Assunção
O CONCEITO DE ESTADO - Prof. Noe AssunçãoO CONCEITO DE ESTADO - Prof. Noe Assunção
O CONCEITO DE ESTADO - Prof. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Max Weber - Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo
Max Weber - Ética Protestante e o Espírito do CapitalismoMax Weber - Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo
Max Weber - Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Industria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de MassaIndustria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de Massa
Elisama Lopes
 
Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Slide sociologia 1
Slide sociologia 1
Over Lane
 
Lista de exercícios (Sociologia)
Lista de exercícios (Sociologia)Lista de exercícios (Sociologia)
Lista de exercícios (Sociologia)
Paula Meyer Piagentini
 
Trabalho e sociedade
Trabalho e sociedadeTrabalho e sociedade
Trabalho e sociedade
rblfilos
 
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
homago
 
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
Beatriz cerqueira frança
 
Enem em foco sociologia - pptx
Enem em foco   sociologia - pptxEnem em foco   sociologia - pptx
Enem em foco sociologia - pptx
Gustavo Soares
 
Surgimento da Sociologia
Surgimento da SociologiaSurgimento da Sociologia
Surgimento da Sociologia
roberto mosca junior
 

Mais procurados (20)

Emile durkheim
Emile durkheimEmile durkheim
Emile durkheim
 
Aula - O que é PODER - Michel Foucault
Aula - O que é PODER - Michel FoucaultAula - O que é PODER - Michel Foucault
Aula - O que é PODER - Michel Foucault
 
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do TomaziSlide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 14 do Tomazi
 
Sociologia e meio ambiente
Sociologia e meio ambienteSociologia e meio ambiente
Sociologia e meio ambiente
 
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 03 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 03 do TomaziSlide livro Sociologia ensino médio capitulo 03 do Tomazi
Slide livro Sociologia ensino médio capitulo 03 do Tomazi
 
Zygmunt Bauman
Zygmunt BaumanZygmunt Bauman
Zygmunt Bauman
 
IECJ - Cap. 07 - Estrutura, estratificação social e as desigualdades
IECJ - Cap. 07 - Estrutura, estratificação social e as desigualdadesIECJ - Cap. 07 - Estrutura, estratificação social e as desigualdades
IECJ - Cap. 07 - Estrutura, estratificação social e as desigualdades
 
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
 
Aula 3 - Durkheim
Aula 3 - DurkheimAula 3 - Durkheim
Aula 3 - Durkheim
 
Cap. 1 a sociedade dos indivíduos
Cap. 1   a sociedade dos indivíduosCap. 1   a sociedade dos indivíduos
Cap. 1 a sociedade dos indivíduos
 
O CONCEITO DE ESTADO - Prof. Noe Assunção
O CONCEITO DE ESTADO - Prof. Noe AssunçãoO CONCEITO DE ESTADO - Prof. Noe Assunção
O CONCEITO DE ESTADO - Prof. Noe Assunção
 
Max Weber - Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo
Max Weber - Ética Protestante e o Espírito do CapitalismoMax Weber - Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo
Max Weber - Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo
 
Industria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de MassaIndustria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de Massa
 
Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Slide sociologia 1
Slide sociologia 1
 
Lista de exercícios (Sociologia)
Lista de exercícios (Sociologia)Lista de exercícios (Sociologia)
Lista de exercícios (Sociologia)
 
Trabalho e sociedade
Trabalho e sociedadeTrabalho e sociedade
Trabalho e sociedade
 
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
 
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
 
Enem em foco sociologia - pptx
Enem em foco   sociologia - pptxEnem em foco   sociologia - pptx
Enem em foco sociologia - pptx
 
Surgimento da Sociologia
Surgimento da SociologiaSurgimento da Sociologia
Surgimento da Sociologia
 

Destaque

Democracia, cidadania e direitos humanos
Democracia, cidadania e direitos humanos Democracia, cidadania e direitos humanos
Democracia, cidadania e direitos humanos
Beatriz Dantas
 
Historia das cavernas ao terceiro milenio vol2 - slides complementares - pl...
Historia das cavernas ao terceiro milenio   vol2 - slides complementares - pl...Historia das cavernas ao terceiro milenio   vol2 - slides complementares - pl...
Historia das cavernas ao terceiro milenio vol2 - slides complementares - pl...
Editora Moderna
 
Historia das cavernas ao terceiro milenio vol3 - slides complementares - pl...
Historia das cavernas ao terceiro milenio   vol3 - slides complementares - pl...Historia das cavernas ao terceiro milenio   vol3 - slides complementares - pl...
Historia das cavernas ao terceiro milenio vol3 - slides complementares - pl...Editora Moderna
 
Historia das cavernas ao terceiro milenio vol1 - slides complementares - pl...
Historia das cavernas ao terceiro milenio   vol1 - slides complementares - pl...Historia das cavernas ao terceiro milenio   vol1 - slides complementares - pl...
Historia das cavernas ao terceiro milenio vol1 - slides complementares - pl...Editora Moderna
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
Anderson Ramos
 
Historia das Cavernas ao Terceiro Milenio - EJA - Planejamento Interativo
Historia das Cavernas ao Terceiro Milenio - EJA - Planejamento InterativoHistoria das Cavernas ao Terceiro Milenio - EJA - Planejamento Interativo
Historia das Cavernas ao Terceiro Milenio - EJA - Planejamento Interativo
Editora Moderna
 
Análise de livro didático-CEREJA
Análise de livro didático-CEREJAAnálise de livro didático-CEREJA
Análise de livro didático-CEREJA
Érica Camargo
 

Destaque (7)

Democracia, cidadania e direitos humanos
Democracia, cidadania e direitos humanos Democracia, cidadania e direitos humanos
Democracia, cidadania e direitos humanos
 
Historia das cavernas ao terceiro milenio vol2 - slides complementares - pl...
Historia das cavernas ao terceiro milenio   vol2 - slides complementares - pl...Historia das cavernas ao terceiro milenio   vol2 - slides complementares - pl...
Historia das cavernas ao terceiro milenio vol2 - slides complementares - pl...
 
Historia das cavernas ao terceiro milenio vol3 - slides complementares - pl...
Historia das cavernas ao terceiro milenio   vol3 - slides complementares - pl...Historia das cavernas ao terceiro milenio   vol3 - slides complementares - pl...
Historia das cavernas ao terceiro milenio vol3 - slides complementares - pl...
 
Historia das cavernas ao terceiro milenio vol1 - slides complementares - pl...
Historia das cavernas ao terceiro milenio   vol1 - slides complementares - pl...Historia das cavernas ao terceiro milenio   vol1 - slides complementares - pl...
Historia das cavernas ao terceiro milenio vol1 - slides complementares - pl...
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
Historia das Cavernas ao Terceiro Milenio - EJA - Planejamento Interativo
Historia das Cavernas ao Terceiro Milenio - EJA - Planejamento InterativoHistoria das Cavernas ao Terceiro Milenio - EJA - Planejamento Interativo
Historia das Cavernas ao Terceiro Milenio - EJA - Planejamento Interativo
 
Análise de livro didático-CEREJA
Análise de livro didático-CEREJAAnálise de livro didático-CEREJA
Análise de livro didático-CEREJA
 

Semelhante a Sociologia em Movimento

Capítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanas
Capítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanasCapítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanas
Capítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanas
José Soares Filho
 
Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01
Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01
Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01
anaely13
 
1º ano - aula 02.pptx
1º ano - aula 02.pptx1º ano - aula 02.pptx
1º ano - aula 02.pptx
NanRgo
 
Apostila classicos-sociologia
Apostila classicos-sociologiaApostila classicos-sociologia
Apostila classicos-sociologia
Cristina Bentes
 
O que é e como surgiu a sociologia?
O que é e como surgiu a sociologia?O que é e como surgiu a sociologia?
O que é e como surgiu a sociologia?
Roberto Izoton
 
3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx
3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx
3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx
SamaraDosSantosCarva1
 
Cp aula 2
Cp aula 2Cp aula 2
Cp aula 2
Maira Conde
 
Sociologia
Sociologia Sociologia
Sociologia
julilp10
 
Cap1 produção do conhecimento
Cap1   produção do conhecimentoCap1   produção do conhecimento
Cap1 produção do conhecimento
Luis Felipe Carvalho
 
Fichamento O Que é Sociologia
Fichamento   O Que é SociologiaFichamento   O Que é Sociologia
Fichamento O Que é Sociologia
Wladimir Crippa
 
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensivaSociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Daniele Rubim
 
Max weber
Max weberMax weber
ciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SP
ciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SPciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SP
ciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SP
ANTONIO INACIO FERRAZ
 
Ciência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis
Ciência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip AssisCiência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis
Ciência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis
ANTONIO INACIO FERRAZ
 
Dce sociologia
Dce sociologiaDce sociologia
Dce sociologia
Edson Soares
 
Sociologia geral teorias-e_conceitos
Sociologia geral teorias-e_conceitosSociologia geral teorias-e_conceitos
Sociologia geral teorias-e_conceitos
unisocionautas
 
SOCIOLOGIA GERAL
SOCIOLOGIA GERALSOCIOLOGIA GERAL
Antropologia.
Antropologia.Antropologia.
Antropologia.
roberto mosca junior
 
Sociologia geral teorias-e_conceitos
Sociologia geral teorias-e_conceitosSociologia geral teorias-e_conceitos
Sociologia geral teorias-e_conceitos
Jucemar Formigoni Candido
 
Teóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicas
Teóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicasTeóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicas
Teóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicas
Otávio Miécio Santos Sampaio
 

Semelhante a Sociologia em Movimento (20)

Capítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanas
Capítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanasCapítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanas
Capítulo 01 produção de conhecimento uma característica das sociedades humanas
 
Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01
Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01
Apostila classicos-sociologia-131031092141-phpapp01
 
1º ano - aula 02.pptx
1º ano - aula 02.pptx1º ano - aula 02.pptx
1º ano - aula 02.pptx
 
Apostila classicos-sociologia
Apostila classicos-sociologiaApostila classicos-sociologia
Apostila classicos-sociologia
 
O que é e como surgiu a sociologia?
O que é e como surgiu a sociologia?O que é e como surgiu a sociologia?
O que é e como surgiu a sociologia?
 
3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx
3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx
3EM_Aula 1 - Sociologia uma ciência da sociedade.pptx
 
Cp aula 2
Cp aula 2Cp aula 2
Cp aula 2
 
Sociologia
Sociologia Sociologia
Sociologia
 
Cap1 produção do conhecimento
Cap1   produção do conhecimentoCap1   produção do conhecimento
Cap1 produção do conhecimento
 
Fichamento O Que é Sociologia
Fichamento   O Que é SociologiaFichamento   O Que é Sociologia
Fichamento O Que é Sociologia
 
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensivaSociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
 
Max weber
Max weberMax weber
Max weber
 
ciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SP
ciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SPciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SP
ciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SP
 
Ciência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis
Ciência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip AssisCiência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis
Ciência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis
 
Dce sociologia
Dce sociologiaDce sociologia
Dce sociologia
 
Sociologia geral teorias-e_conceitos
Sociologia geral teorias-e_conceitosSociologia geral teorias-e_conceitos
Sociologia geral teorias-e_conceitos
 
SOCIOLOGIA GERAL
SOCIOLOGIA GERALSOCIOLOGIA GERAL
SOCIOLOGIA GERAL
 
Antropologia.
Antropologia.Antropologia.
Antropologia.
 
Sociologia geral teorias-e_conceitos
Sociologia geral teorias-e_conceitosSociologia geral teorias-e_conceitos
Sociologia geral teorias-e_conceitos
 
Teóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicas
Teóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicasTeóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicas
Teóricos da sociologia. as perspectívas sociológicas clássicas
 

Mais de MARISE VON FRUHAUF HUBLARD

Estatuto do idoso
Estatuto do idosoEstatuto do idoso
Estatuto do idoso
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Portal do professor eleições de um municipio
Portal do professor   eleições de um municipioPortal do professor   eleições de um municipio
Portal do professor eleições de um municipio
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
consumo e consumismo qual o papel do consumidor consciente
 consumo e consumismo qual o papel do consumidor consciente consumo e consumismo qual o papel do consumidor consciente
consumo e consumismo qual o papel do consumidor consciente
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Felicidade sustentável epicuro e_a_felicidade
Felicidade sustentável  epicuro e_a_felicidadeFelicidade sustentável  epicuro e_a_felicidade
Felicidade sustentável epicuro e_a_felicidade
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Animação sobre a segunda guerra mundial
Animação sobre a segunda guerra mundialAnimação sobre a segunda guerra mundial
Animação sobre a segunda guerra mundial
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Bioética
BioéticaBioética
Arte e estética
Arte e estéticaArte e estética
Arte e estética
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
A filosofia e seu ensino
A filosofia e seu ensinoA filosofia e seu ensino
A filosofia e seu ensino
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
A filosofia de platão
A filosofia de platãoA filosofia de platão
A filosofia de platão
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
A filosofia e seu ensino
A filosofia e seu ensinoA filosofia e seu ensino
A filosofia e seu ensino
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
A filosofia na educação básica
A filosofia na educação básicaA filosofia na educação básica
A filosofia na educação básica
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
A atitude científica
A atitude científicaA atitude científica
A atitude científica
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
A arte da guerra
A arte da guerraA arte da guerra
A arte da guerra
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Karl marx (materialismo histórico)
Karl marx (materialismo histórico)Karl marx (materialismo histórico)
Karl marx (materialismo histórico)
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
A tradicao-socratica-na-sala-de-aula
A tradicao-socratica-na-sala-de-aulaA tradicao-socratica-na-sala-de-aula
A tradicao-socratica-na-sala-de-aula
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Consumo vs consumismo
Consumo vs consumismoConsumo vs consumismo
Consumo vs consumismo
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Livro de sociologia 2015 sec. xxi
Livro de sociologia 2015   sec. xxiLivro de sociologia 2015   sec. xxi
Livro de sociologia 2015 sec. xxi
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Caderno pedagógico de sociologia sta catarina
Caderno pedagógico de sociologia sta catarinaCaderno pedagógico de sociologia sta catarina
Caderno pedagógico de sociologia sta catarina
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
Regras da_abnt_para_formatacao_de_trabalhos_academicos
 Regras da_abnt_para_formatacao_de_trabalhos_academicos Regras da_abnt_para_formatacao_de_trabalhos_academicos
Regras da_abnt_para_formatacao_de_trabalhos_academicos
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 
O leviatã de thomas hobbes
O leviatã de thomas hobbesO leviatã de thomas hobbes
O leviatã de thomas hobbes
MARISE VON FRUHAUF HUBLARD
 

Mais de MARISE VON FRUHAUF HUBLARD (20)

Estatuto do idoso
Estatuto do idosoEstatuto do idoso
Estatuto do idoso
 
Portal do professor eleições de um municipio
Portal do professor   eleições de um municipioPortal do professor   eleições de um municipio
Portal do professor eleições de um municipio
 
consumo e consumismo qual o papel do consumidor consciente
 consumo e consumismo qual o papel do consumidor consciente consumo e consumismo qual o papel do consumidor consciente
consumo e consumismo qual o papel do consumidor consciente
 
Felicidade sustentável epicuro e_a_felicidade
Felicidade sustentável  epicuro e_a_felicidadeFelicidade sustentável  epicuro e_a_felicidade
Felicidade sustentável epicuro e_a_felicidade
 
Animação sobre a segunda guerra mundial
Animação sobre a segunda guerra mundialAnimação sobre a segunda guerra mundial
Animação sobre a segunda guerra mundial
 
Bioética
BioéticaBioética
Bioética
 
Arte e estética
Arte e estéticaArte e estética
Arte e estética
 
A filosofia e seu ensino
A filosofia e seu ensinoA filosofia e seu ensino
A filosofia e seu ensino
 
A filosofia de platão
A filosofia de platãoA filosofia de platão
A filosofia de platão
 
A filosofia e seu ensino
A filosofia e seu ensinoA filosofia e seu ensino
A filosofia e seu ensino
 
A filosofia na educação básica
A filosofia na educação básicaA filosofia na educação básica
A filosofia na educação básica
 
A atitude científica
A atitude científicaA atitude científica
A atitude científica
 
A arte da guerra
A arte da guerraA arte da guerra
A arte da guerra
 
Karl marx (materialismo histórico)
Karl marx (materialismo histórico)Karl marx (materialismo histórico)
Karl marx (materialismo histórico)
 
A tradicao-socratica-na-sala-de-aula
A tradicao-socratica-na-sala-de-aulaA tradicao-socratica-na-sala-de-aula
A tradicao-socratica-na-sala-de-aula
 
Consumo vs consumismo
Consumo vs consumismoConsumo vs consumismo
Consumo vs consumismo
 
Livro de sociologia 2015 sec. xxi
Livro de sociologia 2015   sec. xxiLivro de sociologia 2015   sec. xxi
Livro de sociologia 2015 sec. xxi
 
Caderno pedagógico de sociologia sta catarina
Caderno pedagógico de sociologia sta catarinaCaderno pedagógico de sociologia sta catarina
Caderno pedagógico de sociologia sta catarina
 
Regras da_abnt_para_formatacao_de_trabalhos_academicos
 Regras da_abnt_para_formatacao_de_trabalhos_academicos Regras da_abnt_para_formatacao_de_trabalhos_academicos
Regras da_abnt_para_formatacao_de_trabalhos_academicos
 
O leviatã de thomas hobbes
O leviatã de thomas hobbesO leviatã de thomas hobbes
O leviatã de thomas hobbes
 

Último

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 

Último (20)

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 

Sociologia em Movimento

  • 1. 1 SOCIOLOGIA em mOVImeNTO DVD do professor ANOTAçõeS em AuLA Unidade 1 Sociedade e conhecimento: a realidade social como objeto de estudo Capítulo 1 Produção de conhecimento: uma característica fundamental das sociedades humanas Produção de conhecimento: uma característica das sociedades humanas • Os seres humanos sempre buscaram formas de compreender os fenômenos que ocorrem em seu dia a dia, de modo a procurar soluções para os problemas existentes. • A partir do século XVIII, com a contestação às explicações religiosas que até então garantiam a aceita- ção do poder dos monarcas e da instituição da servidão, passou-se a considerar os fenômenos sociais como produtos da ação humana e a reconhecer a possibilidade de transformação social. • As Revoluções Industrial e Francesa foram marcos históricos, que acarretaram mudanças nos cam- pos político e econômico, contribuindo para a transformação das sociedades ocidentais em objeto de investigações científicas. • O conhecimento científico propõe formas de análise da realidade social que vêm se somar a outras formas de conhecimento mais antigas, como a religião e a Filosofia. • A Sociologia, diferentemente da religião e da Filosofia, pretende estudar os conflitos, as permanências e as transformações das sociedades modernas e contemporâneas por meio da aplicação de métodos científicos.
  • 2. SOCIOLOGIA em mOVImeNTO DVD do professor ANOTAçõeS em AuLA Unidade 1 Sociedade e conhecimento: a realidade social como objeto de estudo Capítulo 1 Produção de conhecimento: uma característica fundamental das sociedades humanas 2 Conhecimento científico, religioso e filosófico • Todos somos capazes de produzir conhecimento, mas existem diferenças na forma como esse conhe- cimento é produzido. • Conhecimento científico: baseado em métodos rigorosos de investigação, caracteriza-se por ser pas- sível de crítica, correção e refutação, podendo absorver inovações e expandir permanentemente sua área de atuação. • Conhecimento religioso: sustenta-se na crença em uma realidade exterior ao mundo, transcendente, que influencia a percepção e a explicação da realidade social. • Conhecimento filosófico: busca a compreensão do significado e da origem das coisas valendo-se do pensamento racional e lógico, porém sem a preocupação de validar cientificamente o conhecimento que produz. Embora muitos defendam a aproximação entre essas formas de conhecimento, explicações religiosas, filosóficas e científicas podem apresentar leituras divergentes sobre um mesmo fenômeno.
  • 3. SOCIOLOGIA em mOVImeNTO DVD do professor ANOTAçõeS em AuLA Unidade 1 Sociedade e conhecimento: a realidade social como objeto de estudo Capítulo 1 Produção de conhecimento: uma característica fundamental das sociedades humanas 3 Ciência e senso comum: opostos ou complementares? • O senso comum é um conhecimento baseado na experiência e naquilo que nos é transmitido nas relações cotidianas, manifestando-se nas opiniões, ideias e concepções que prevalecem em determinado contexto social. • O conhecimento científico busca explicar os fenômenos naturais e sociais por meio da aplicação rigorosa de um método de investigação. • Há uma linha de pensamento que considera a ciência como um conhecimen- to neutro e racional, hierarquicamente superior ao senso comum (que seria necessariamente irracional e acrítico). Esta perspectiva pode ser associada à corrente de pensamento conhecida como Positivismo, segundo a qual a ciência seria o único conhecimento válido a ser produzido pela humanidade, e tem suas origens no Iluminismo, movimento que se baseou nas “luzes” da ciência para questionar as práticas obscuras do Antigo Regime. • Por outro lado, há aqueles que consideram a ciência e o senso comum como conhecimentos complementares, defendendo uma aproximação entre ambos, de modo a tornar a primeiro cada vez mais crítica, e o segundo, mais acessível e inteligível a todos. Frontispício da Enciclopédia ou Di- cionário Racional das Ciências, das Artes e das Profissões, organizada pelos filósofos iluministas Denis Di- derot (1713-1784) e Jean d’Alembert (1717-1783) e publicada em meados do século XVIII em Paris. BiBliotecaNacioNaldaFraNça,Paris
  • 4. SOCIOLOGIA em mOVImeNTO DVD do professor ANOTAçõeS em AuLA Unidade 1 Sociedade e conhecimento: a realidade social como objeto de estudo Capítulo 1 Produção de conhecimento: uma característica fundamental das sociedades humanas 4 A contribuição da Sociologia para a interpretação da sociedade contemporânea • Diferentes métodos desenvolvidos por cientistas sociais considerados clássicos têm servido de refe- rência para as análises da sociedade até os dias atuais. São eles: 1 - Funcionalismo ou método comparativo: considera que um fenômeno social só existe porque tem uma função na sociedade, estando integrado a um sistema social por meio das instituições que fortalecem o sentido de coletividade. Autor de referência: Émile Durkheim. 2 - Método compreensivo: busca compreender os sentidos que o indivíduo dá à vida e às suas ações, orientando-se pela busca dos valores subjetivos que, partilhados, norteiam determinado grupo social. Autor de referência: Max Weber. 3 - Materialismo histórico e dialético: considera que na produção da vida material – isto é, dos bens necessários à sobrevivência da sociedade – são estabelecidas relações de exploração e dominação que têm reflexo nas esferas políticas e ideológicas de uma sociedade. Autor de referência: Karl Marx.
  • 5. SOCIOLOGIA em mOVImeNTO DVD do professor ANOTAçõeS em AuLA Unidade 1 Sociedade e conhecimento: a realidade social como objeto de estudo Capítulo 1 Produção de conhecimento: uma característica fundamental das sociedades humanas 5 Métodos de investigação científica nas Ciências Sociais • Existem duas abordagens principais para a pesquisa em Ciências Sociais: a pesquisa quantitativa e a qualitativa, que têm características distintas porém não excludentes: 1 - Pesquisa quantitativa: A partir da definição de uma amostra representativa do universo pesquisado, são feitas análises com base em dados numéricos, obtidos por meio da aplicação de questionários com perguntas objetivas. 2 - Pesquisa qualitativa: Requer um contato direto e pessoal entre o pesquisador e a população obser- vada. Por meio desse convívio e interação, o pesquisador busca compreender as maneiras de agir e pensar do grupo, que são analisadas a partir das experiências e impressões vividas em um trabalho de campo.
  • 6. SOCIOLOGIA em mOVImeNTO DVD do professor ANOTAçõeS em AuLA Unidade 1 Sociedade e conhecimento: a realidade social como objeto de estudo Capítulo 1 Produção de conhecimento: uma característica fundamental das sociedades humanas 6 A Sociologia e a interpretação da sociedade no século XXI • Alguns exemplos de estudos desenvolvidos por sociólogos contemporâneos: Manuel Castells Zygmunt Bauman Octavio Ianni Luiz Antônio Machado da Silva Criou o conceito de sociedade em rede (ou sociedade informacional) ao analisar as mudanças geradas pelo intenso fluxo de informações que caracteriza as sociedades contemporâneas. Para esse sociólogo, o enfraquecimento da vida coletiva nas sociedades atuais e a opção pelas soluções individuais seriam indícios de uma perda de eficácia dos instrumentos de ação política criados na modernidade. Tendo como objeto de estudo a realidade brasileira, Ianni elaborou uma análise das contradições do sistema capitalista e seus desdobramentos políticos e sociais, como a relação entre Estado e capitalismo e o fenômeno da globalização. Observando diferentes aspectos da sociabilidade urbana brasileira desde 1970, Silva identificou uma nova maneira de interação, traduzida pelo conceito de sociabilidade violenta, articulada não apenas à criminalidade, mas também à segregação socioespacial.