SlideShare uma empresa Scribd logo
O Substantivo
Língua: uso e reflexão
Substantivos
• São palavras que designam seres _ visíveis ou
não, animados ou não_ objetos, lugares,
ações, estados, sentimentos, desejos, ideias.
Morfossintaxe
• Há palavras que podem ocupar mais de um
lugar na estrutura dos enunciados, ao
contrário de outras. Entre o substantivo e seus
determinantes, por exemplo, a ordem não
pode ser alterada. O artigo sempre precede o
substantivo, com o qual concorda em gênero e
número _ O (s) cavaleiro(s), a(s) princesa(s) _
nunca sendo possível o substantivo preceder o
artigo.
O cavaleiro matou a princesa
SUJEITO PREDICADO
FUNÇÃO Adjunto
adnominal
Núcleo do
sujeito
Núcleo do
predicado
Objeto direto
FORMA artigo substantivo verbo artigo substantivo
O cavaleiro matou a princesa
O cavaleiro casou com o dragão
SUJEITO PREDICADO
FUNÇÃO Adjunto
adnominal
Núcleo do
sujeito
Núcleo
do
predicad
o
Objeto indireto
FORMA Artigo substantivo Verbo preposição artigo substantivo
O cavaleiro casou Com o dragão
• De acordo com a forma que apresentam as
palavras classificam-se em: substantivos,
adjetivos, numerais, artigos, pronomes,
verbos, advérbios, preposições, conjunções e
interjeições.
• A parte da gramática que estuda a forma das
palavras recebe o nome de morfologia. A que
estuda a função das palavras na oração recebe
o nome de sintaxe.
Função sintática do substantivo
• O substantivo figura na frase como núcleo das
seguintes funções sintáticas: sujeito, objeto
direto, objeto indireto, predicativo do sujeito e
do objeto, complemento nominal, adjunto
adverbial, agente da passiva, aposto e
vocativo.
Função sintática do substantivo
sujeito OD OI
• O cavaleiro matou a princesa e casou com o dragão.
Substantivo Substantivo Substantivo
Núcleo do sujeito núcleo do OD núcleo do OI
Classificação do substantivo
• Comuns: referem-se a qualquer ser de uma
espécie, sem particularizá-lo: açúcar, bala;
• Próprios: nomeiam um ser em particular,
destacando-o dentro da espécie ou do grupo;
são grafados com letra maiúscula: Japão,
Campinas.
• Concretos: nomeiam seres com existência
própria, isto é, que não dependem de outro
ser para existir: gato, lápis;
• Abstratos: nomeiam ações, qualidades,
estados, sentimentos, isto é, seres que só
existem em outros ou a partir da existência de
outros seres: ensino, bravura, pobreza.
• Coletivos: designam uma pluralidade de seres
da mesma espécie: multidão.
Classificação do substantivo quanto à
formação
• Primitivos: são aqueles que dão origem a
outras palavras: livro, pedra;
• Derivados: são os que se originam de outras
palavras: livraria, pedregulho;
• Simples: são os formados por apenas uma
palavra: terra, homem;
• Compostos: são os formados por mais de uma
palavra: beija-flor, lobisomem.
Flexão do substantivo
• Sexo e gênero:
• o gênero diz respeito a todos os substantivos de
nossa língua, quer se refiram a seres providos de
sexo, quer se designem apenas a coisas: o gato/a
gata; o banco, a casa.
• Mesmo substantivos referentes a animais ou
pessoas apresentam muitas vezes, discrepância
entre gênero e sexo: cobra é sempre feminino;
cônjuge é sempre masculino.
Gênero do substantivo
• A flexão do gênero é uma só, com
pouquíssimas variações: forma-se o feminino
pela troca das vogais o e e por a ou pelo
acréscimo da desinência -a.
• Lobo/loba; mestre/mestra; autor/autora
• Exceções: avô/avó; órfão/órfã; leão/leoa;
valentão/valentona.
Número do substantivo simples
• O plural dos substantivos simples se faz pelo
acréscimo da desinência –s:
• peixe-peixes
• Os substantivos terminados em –r,-s ou –z
fazem o plural acrescentando –es:
• Açúcar/ açúcares; vez/vezes; mês/meses
• Os substantivos terminados em –l fazem
geralmente o plural substituindo o –l por –is:
• canal/ canais; lençol/ lençóis
Plural dos substantivos compostos
• Pluralizam-se as palavras variáveis (
substantivo e adjetivo) e não se pluralizam as
palavras invariáveis ( verbos, advérbios e
interjeições) que compõem o substantivo
composto.
• Tenentes – coronéis
• Subs. subs.
• Pequenos – burgueses
• Adj. Subs.
• Beija- flores
• Verbo subs.
• Pode-se pluralizar apenas o primeiro
substantivo se o segundo funcionar como
especificador, com ou sem o auxílio da
preposição:
• pés -de -meia
• Pombos- correio
• Nos compostos formados por palavras
repetidas ou onomatopeias, pluraliza-se o
segundo elemento:
• Corre-corres tico-ticos
• Não se pluraliza o adjetivo contraído grã(o):
• grão- duques grã-cruzes
• Nos nomes dos dias da semana pluralizam-se
os dois elementos:
• terças-feiras quartas-feiras
• 1. A tira mostra claramente a diferença entre
as duas personagens quanto a valores. Qual é
essa diferença?
• 2. Contrapondo os valores de Mafalda,
Susanita argumenta: “Se você sair na rua sem
cultura, a polícia te prende? Experimenta sair
sem vestido”.
• A) Do ponto de vista morfológico, como se
classificam os substantivos vestidos e cultura?
• B) A argumentação de Susanita baseia-se em
algo concreto: vestidos. Explique como a
classificação morfológica de cultura contribui
para a construção de humor do texto.
Flexão do substantivo
• Ocorrência
Ferreira Gullar
Aí o homem sério entrou e disse: bom dia.
Aí outro homem sério respondeu: bom dia.
Aí a mulher séria respondeu: bom dia.
Aí a menininha no chão respondeu: bom dia.
Aí todos riram de uma vez
Menos as duas cadeiras, a mesa, o jarro, as flores
As paredes, o relógio, a lâmpada, o retrato, os livros
o mata- borrão, os sapatos, as gravatas, as camisas, os lenços.
• 1. Os substantivos utilizados no poema
ajudam na construção dos efeitos de sentido e
do cenário em que a situação narrada ocorre.
Levante hipóteses:
• A) qual fato narrado fez com que todos rissem
de uma vez? Por que esse fato é engraçado?
• B) em que lugar se passa a cena? Justifique
sua resposta com substantivos do texto.
• C) Por que não riram os seres nomeados do
sexto verso em diante?
• D) Como se classificam os substantivos que
nomeiam esses seres?
• 2. Alguns substantivos têm uma forma para o
masculino e outra para o feminino.
• A) Identifique no poema um par de
substantivos com formas diferentes no
masculino e no feminino.
• B) Como é formado o masculino do
substantivo menina?
• C) Nos três últimos versos, identifique três
substantivos masculinos e três substantivos
femininos.
• D) Nesses substantivos, as terminações -a ou
–o também podem ser associados a gênero?
• E) com base nas respostas às perguntas
anteriores, conclua: em português, existe um
único modo de formar o feminino dos
substantivos?
• 3. No quarto verso, é empregado o
substantivo “menininha”.
• a) Qual sentido a acréscimo do sufixo –inha
confere ao substantivo menina?
• B) O acréscimo do sufixo –inha ao substantivo
mulher produz a mesma alteração de sentido
que em menina?
• Atividades no livro:
• Páginas 32,33, 34 e 35.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Figuras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumoFiguras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumo
Elaine Blogger
 
Aula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuaçãoAula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuação
Péricles Penuel
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
Cláudia Heloísa
 
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
EstudareLegal
 
Orações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivasOrações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivas
Carolina Loçasso Pereira
 
Adjetivos
AdjetivosAdjetivos
Adjetivos
7 de Setembro
 
Morfossintaxe
MorfossintaxeMorfossintaxe
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
Aliffer Murillo Laguna
 
Estrutura verbal e Formas nominais do verbo
Estrutura verbal e Formas nominais do verboEstrutura verbal e Formas nominais do verbo
Estrutura verbal e Formas nominais do verbo
Leidiane Santos
 
Uso dos porquês
Uso dos porquêsUso dos porquês
Uso dos porquês
Sabrina Paiva
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas Adverbiais
Fábio Guimarães
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
Thaise Ferro Gomes
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
Cynthia Funchal
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
colveromachado
 
Crase
CraseCrase
Adjunto adverbial, Adjunto adnominal e Complemento Nominal
Adjunto adverbial, Adjunto adnominal e Complemento NominalAdjunto adverbial, Adjunto adnominal e Complemento Nominal
Adjunto adverbial, Adjunto adnominal e Complemento Nominal
Cynthia Funchal
 
Vozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 anoVozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 ano
Flávio Ferreira
 
Adjunto adnominal e adjunto adverbial
Adjunto adnominal e adjunto adverbialAdjunto adnominal e adjunto adverbial
Adjunto adnominal e adjunto adverbial
Claudia Ribeiro
 
Apresentação Adverbios
Apresentação AdverbiosApresentação Adverbios
Apresentação Adverbios
Leisiane Jesus
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
Sadrak Silva
 

Mais procurados (20)

Figuras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumoFiguras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumo
 
Aula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuaçãoAula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuação
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
 
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
 
Orações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivasOrações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivas
 
Adjetivos
AdjetivosAdjetivos
Adjetivos
 
Morfossintaxe
MorfossintaxeMorfossintaxe
Morfossintaxe
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
 
Estrutura verbal e Formas nominais do verbo
Estrutura verbal e Formas nominais do verboEstrutura verbal e Formas nominais do verbo
Estrutura verbal e Formas nominais do verbo
 
Uso dos porquês
Uso dos porquêsUso dos porquês
Uso dos porquês
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas Adverbiais
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Adjunto adverbial, Adjunto adnominal e Complemento Nominal
Adjunto adverbial, Adjunto adnominal e Complemento NominalAdjunto adverbial, Adjunto adnominal e Complemento Nominal
Adjunto adverbial, Adjunto adnominal e Complemento Nominal
 
Vozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 anoVozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 ano
 
Adjunto adnominal e adjunto adverbial
Adjunto adnominal e adjunto adverbialAdjunto adnominal e adjunto adverbial
Adjunto adnominal e adjunto adverbial
 
Apresentação Adverbios
Apresentação AdverbiosApresentação Adverbios
Apresentação Adverbios
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
 

Destaque

Slides
Slides Slides
A linguagem do romantismo
A linguagem do romantismoA linguagem do romantismo
A linguagem do romantismo
Milena Silva
 
Ed fisica escolar
Ed fisica escolarEd fisica escolar
Ed fisica escolar
Educação Fisica
 
Apostila ed.fisica ensino_medio
Apostila ed.fisica ensino_medioApostila ed.fisica ensino_medio
Apostila ed.fisica ensino_medio
Paulo Crstian
 
Medidas e avaliação fisica
Medidas e avaliação fisicaMedidas e avaliação fisica
Medidas e avaliação fisica
Milena Silva
 
Apostila de esportes
Apostila de esportesApostila de esportes
Apostila de esportes
Cassio Trevisan
 
Ed fisica 2 ano
Ed fisica 2 anoEd fisica 2 ano
Ed fisica 2 ano
João Vitor
 
Apresentação Educação Física - primeiro dia de aula
Apresentação   Educação Física - primeiro dia de aulaApresentação   Educação Física - primeiro dia de aula
Apresentação Educação Física - primeiro dia de aula
Gilson Silva
 
Apresentação da Disciplina Educação Física
Apresentação da Disciplina Educação FísicaApresentação da Disciplina Educação Física
Apresentação da Disciplina Educação Física
Junior Oliveira
 
Aula de educação fisica
Aula de educação fisicaAula de educação fisica
Aula de educação fisica
Adaides Facundes
 
Slide história da educação física-blog
Slide história da educação física-blogSlide história da educação física-blog
Slide história da educação física-blog
estudosacademicospedag
 
Conteúdos das aulas de educação física
Conteúdos das aulas de educação físicaConteúdos das aulas de educação física
Conteúdos das aulas de educação física
FRANCISCO MAGNO CARNEIRO
 

Destaque (12)

Slides
Slides Slides
Slides
 
A linguagem do romantismo
A linguagem do romantismoA linguagem do romantismo
A linguagem do romantismo
 
Ed fisica escolar
Ed fisica escolarEd fisica escolar
Ed fisica escolar
 
Apostila ed.fisica ensino_medio
Apostila ed.fisica ensino_medioApostila ed.fisica ensino_medio
Apostila ed.fisica ensino_medio
 
Medidas e avaliação fisica
Medidas e avaliação fisicaMedidas e avaliação fisica
Medidas e avaliação fisica
 
Apostila de esportes
Apostila de esportesApostila de esportes
Apostila de esportes
 
Ed fisica 2 ano
Ed fisica 2 anoEd fisica 2 ano
Ed fisica 2 ano
 
Apresentação Educação Física - primeiro dia de aula
Apresentação   Educação Física - primeiro dia de aulaApresentação   Educação Física - primeiro dia de aula
Apresentação Educação Física - primeiro dia de aula
 
Apresentação da Disciplina Educação Física
Apresentação da Disciplina Educação FísicaApresentação da Disciplina Educação Física
Apresentação da Disciplina Educação Física
 
Aula de educação fisica
Aula de educação fisicaAula de educação fisica
Aula de educação fisica
 
Slide história da educação física-blog
Slide história da educação física-blogSlide história da educação física-blog
Slide história da educação física-blog
 
Conteúdos das aulas de educação física
Conteúdos das aulas de educação físicaConteúdos das aulas de educação física
Conteúdos das aulas de educação física
 

Semelhante a O Substantivo

Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
Joemille Leal
 
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivoSubstantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
labrant
 
Classe gramatical
Classe  gramaticalClasse  gramatical
Classe gramatical
escola Dunas
 
Classe gramatical
Classe  gramaticalClasse  gramatical
Classe gramatical
escola Dunas
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
Fábio Guimarães
 
substantivo-160312155027.pdf
substantivo-160312155027.pdfsubstantivo-160312155027.pdf
substantivo-160312155027.pdf
FbioFernandesNeres
 
Substantivos 120821052556-phpapp01
Substantivos 120821052556-phpapp01Substantivos 120821052556-phpapp01
Substantivos 120821052556-phpapp01
Cleo Aguiar
 
Portugues.ppt 0
Portugues.ppt 0Portugues.ppt 0
Portugues.ppt 0
adolf hitler
 
Substantivos, adjetivos e numerais
Substantivos, adjetivos e numeraisSubstantivos, adjetivos e numerais
Substantivos, adjetivos e numerais
Flávio Ferreira
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
professorakathia
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
professorakathia
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
Andriane Cursino
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
ISJ
 
Estudo das Classes de Palavras do Português
Estudo das Classes de Palavras do PortuguêsEstudo das Classes de Palavras do Português
Estudo das Classes de Palavras do Português
Sônia Guedes
 
AULA 1
AULA 1 AULA 1
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
nelci metz
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
carla Furlan
 
Substantivo e classificação
Substantivo e classificaçãoSubstantivo e classificação
Substantivo e classificação
nelci metz
 
Morfossintaxe - substantivos
Morfossintaxe - substantivosMorfossintaxe - substantivos
Morfossintaxe - substantivos
Jéssica Uliana
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
carla Furlan
 

Semelhante a O Substantivo (20)

Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
 
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivoSubstantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
 
Classe gramatical
Classe  gramaticalClasse  gramatical
Classe gramatical
 
Classe gramatical
Classe  gramaticalClasse  gramatical
Classe gramatical
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
 
substantivo-160312155027.pdf
substantivo-160312155027.pdfsubstantivo-160312155027.pdf
substantivo-160312155027.pdf
 
Substantivos 120821052556-phpapp01
Substantivos 120821052556-phpapp01Substantivos 120821052556-phpapp01
Substantivos 120821052556-phpapp01
 
Portugues.ppt 0
Portugues.ppt 0Portugues.ppt 0
Portugues.ppt 0
 
Substantivos, adjetivos e numerais
Substantivos, adjetivos e numeraisSubstantivos, adjetivos e numerais
Substantivos, adjetivos e numerais
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
 
Estudo das Classes de Palavras do Português
Estudo das Classes de Palavras do PortuguêsEstudo das Classes de Palavras do Português
Estudo das Classes de Palavras do Português
 
AULA 1
AULA 1 AULA 1
AULA 1
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
 
Substantivo e classificação
Substantivo e classificaçãoSubstantivo e classificação
Substantivo e classificação
 
Morfossintaxe - substantivos
Morfossintaxe - substantivosMorfossintaxe - substantivos
Morfossintaxe - substantivos
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
 

Mais de Milena Silva

Romantismo em Portugal
Romantismo em PortugalRomantismo em Portugal
Romantismo em Portugal
Milena Silva
 
A pontuação
A pontuaçãoA pontuação
A pontuação
Milena Silva
 
Ortografia
OrtografiaOrtografia
Ortografia
Milena Silva
 
Introdução à Anatomia
Introdução à AnatomiaIntrodução à Anatomia
Introdução à Anatomia
Milena Silva
 
Sistema esquelético e articulações
Sistema esquelético e articulaçõesSistema esquelético e articulações
Sistema esquelético e articulações
Milena Silva
 
Prescrição do exercício
Prescrição do exercícioPrescrição do exercício
Prescrição do exercício
Milena Silva
 
Capacidades físicas
Capacidades físicasCapacidades físicas
Capacidades físicas
Milena Silva
 
Cronica
CronicaCronica
Cronica
Milena Silva
 
Fenomenologia
FenomenologiaFenomenologia
Fenomenologia
Milena Silva
 

Mais de Milena Silva (9)

Romantismo em Portugal
Romantismo em PortugalRomantismo em Portugal
Romantismo em Portugal
 
A pontuação
A pontuaçãoA pontuação
A pontuação
 
Ortografia
OrtografiaOrtografia
Ortografia
 
Introdução à Anatomia
Introdução à AnatomiaIntrodução à Anatomia
Introdução à Anatomia
 
Sistema esquelético e articulações
Sistema esquelético e articulaçõesSistema esquelético e articulações
Sistema esquelético e articulações
 
Prescrição do exercício
Prescrição do exercícioPrescrição do exercício
Prescrição do exercício
 
Capacidades físicas
Capacidades físicasCapacidades físicas
Capacidades físicas
 
Cronica
CronicaCronica
Cronica
 
Fenomenologia
FenomenologiaFenomenologia
Fenomenologia
 

Último

1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 

Último (20)

1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 

O Substantivo

  • 2. Substantivos • São palavras que designam seres _ visíveis ou não, animados ou não_ objetos, lugares, ações, estados, sentimentos, desejos, ideias.
  • 3.
  • 4. Morfossintaxe • Há palavras que podem ocupar mais de um lugar na estrutura dos enunciados, ao contrário de outras. Entre o substantivo e seus determinantes, por exemplo, a ordem não pode ser alterada. O artigo sempre precede o substantivo, com o qual concorda em gênero e número _ O (s) cavaleiro(s), a(s) princesa(s) _ nunca sendo possível o substantivo preceder o artigo.
  • 5.
  • 6. O cavaleiro matou a princesa SUJEITO PREDICADO FUNÇÃO Adjunto adnominal Núcleo do sujeito Núcleo do predicado Objeto direto FORMA artigo substantivo verbo artigo substantivo O cavaleiro matou a princesa
  • 7. O cavaleiro casou com o dragão SUJEITO PREDICADO FUNÇÃO Adjunto adnominal Núcleo do sujeito Núcleo do predicad o Objeto indireto FORMA Artigo substantivo Verbo preposição artigo substantivo O cavaleiro casou Com o dragão
  • 8. • De acordo com a forma que apresentam as palavras classificam-se em: substantivos, adjetivos, numerais, artigos, pronomes, verbos, advérbios, preposições, conjunções e interjeições. • A parte da gramática que estuda a forma das palavras recebe o nome de morfologia. A que estuda a função das palavras na oração recebe o nome de sintaxe.
  • 9. Função sintática do substantivo • O substantivo figura na frase como núcleo das seguintes funções sintáticas: sujeito, objeto direto, objeto indireto, predicativo do sujeito e do objeto, complemento nominal, adjunto adverbial, agente da passiva, aposto e vocativo.
  • 10. Função sintática do substantivo sujeito OD OI • O cavaleiro matou a princesa e casou com o dragão. Substantivo Substantivo Substantivo Núcleo do sujeito núcleo do OD núcleo do OI
  • 11. Classificação do substantivo • Comuns: referem-se a qualquer ser de uma espécie, sem particularizá-lo: açúcar, bala; • Próprios: nomeiam um ser em particular, destacando-o dentro da espécie ou do grupo; são grafados com letra maiúscula: Japão, Campinas.
  • 12.
  • 13. • Concretos: nomeiam seres com existência própria, isto é, que não dependem de outro ser para existir: gato, lápis; • Abstratos: nomeiam ações, qualidades, estados, sentimentos, isto é, seres que só existem em outros ou a partir da existência de outros seres: ensino, bravura, pobreza.
  • 14.
  • 15. • Coletivos: designam uma pluralidade de seres da mesma espécie: multidão.
  • 16. Classificação do substantivo quanto à formação • Primitivos: são aqueles que dão origem a outras palavras: livro, pedra; • Derivados: são os que se originam de outras palavras: livraria, pedregulho; • Simples: são os formados por apenas uma palavra: terra, homem; • Compostos: são os formados por mais de uma palavra: beija-flor, lobisomem.
  • 17.
  • 18.
  • 19. Flexão do substantivo • Sexo e gênero: • o gênero diz respeito a todos os substantivos de nossa língua, quer se refiram a seres providos de sexo, quer se designem apenas a coisas: o gato/a gata; o banco, a casa. • Mesmo substantivos referentes a animais ou pessoas apresentam muitas vezes, discrepância entre gênero e sexo: cobra é sempre feminino; cônjuge é sempre masculino.
  • 20. Gênero do substantivo • A flexão do gênero é uma só, com pouquíssimas variações: forma-se o feminino pela troca das vogais o e e por a ou pelo acréscimo da desinência -a. • Lobo/loba; mestre/mestra; autor/autora • Exceções: avô/avó; órfão/órfã; leão/leoa; valentão/valentona.
  • 21. Número do substantivo simples • O plural dos substantivos simples se faz pelo acréscimo da desinência –s: • peixe-peixes • Os substantivos terminados em –r,-s ou –z fazem o plural acrescentando –es: • Açúcar/ açúcares; vez/vezes; mês/meses
  • 22. • Os substantivos terminados em –l fazem geralmente o plural substituindo o –l por –is: • canal/ canais; lençol/ lençóis
  • 23. Plural dos substantivos compostos • Pluralizam-se as palavras variáveis ( substantivo e adjetivo) e não se pluralizam as palavras invariáveis ( verbos, advérbios e interjeições) que compõem o substantivo composto.
  • 24. • Tenentes – coronéis • Subs. subs. • Pequenos – burgueses • Adj. Subs. • Beija- flores • Verbo subs.
  • 25. • Pode-se pluralizar apenas o primeiro substantivo se o segundo funcionar como especificador, com ou sem o auxílio da preposição: • pés -de -meia • Pombos- correio
  • 26. • Nos compostos formados por palavras repetidas ou onomatopeias, pluraliza-se o segundo elemento: • Corre-corres tico-ticos • Não se pluraliza o adjetivo contraído grã(o): • grão- duques grã-cruzes
  • 27. • Nos nomes dos dias da semana pluralizam-se os dois elementos: • terças-feiras quartas-feiras
  • 28.
  • 29. • 1. A tira mostra claramente a diferença entre as duas personagens quanto a valores. Qual é essa diferença? • 2. Contrapondo os valores de Mafalda, Susanita argumenta: “Se você sair na rua sem cultura, a polícia te prende? Experimenta sair sem vestido”.
  • 30. • A) Do ponto de vista morfológico, como se classificam os substantivos vestidos e cultura? • B) A argumentação de Susanita baseia-se em algo concreto: vestidos. Explique como a classificação morfológica de cultura contribui para a construção de humor do texto.
  • 31. Flexão do substantivo • Ocorrência Ferreira Gullar Aí o homem sério entrou e disse: bom dia. Aí outro homem sério respondeu: bom dia. Aí a mulher séria respondeu: bom dia. Aí a menininha no chão respondeu: bom dia. Aí todos riram de uma vez Menos as duas cadeiras, a mesa, o jarro, as flores As paredes, o relógio, a lâmpada, o retrato, os livros o mata- borrão, os sapatos, as gravatas, as camisas, os lenços.
  • 32. • 1. Os substantivos utilizados no poema ajudam na construção dos efeitos de sentido e do cenário em que a situação narrada ocorre. Levante hipóteses: • A) qual fato narrado fez com que todos rissem de uma vez? Por que esse fato é engraçado? • B) em que lugar se passa a cena? Justifique sua resposta com substantivos do texto.
  • 33. • C) Por que não riram os seres nomeados do sexto verso em diante? • D) Como se classificam os substantivos que nomeiam esses seres?
  • 34. • 2. Alguns substantivos têm uma forma para o masculino e outra para o feminino. • A) Identifique no poema um par de substantivos com formas diferentes no masculino e no feminino. • B) Como é formado o masculino do substantivo menina?
  • 35. • C) Nos três últimos versos, identifique três substantivos masculinos e três substantivos femininos. • D) Nesses substantivos, as terminações -a ou –o também podem ser associados a gênero? • E) com base nas respostas às perguntas anteriores, conclua: em português, existe um único modo de formar o feminino dos substantivos?
  • 36. • 3. No quarto verso, é empregado o substantivo “menininha”. • a) Qual sentido a acréscimo do sufixo –inha confere ao substantivo menina? • B) O acréscimo do sufixo –inha ao substantivo mulher produz a mesma alteração de sentido que em menina?
  • 37. • Atividades no livro: • Páginas 32,33, 34 e 35.