SlideShare uma empresa Scribd logo
O CALIFADO ABÁSSIDA E A “ERA DE OURO” DO ISLÃ 
José Knust
A ASCENSÃO DOS ABÁSSIDAS
REORGANIZAÇÃO DO PODER 
Reorganização do poder 
Repressão da ala radical da revolução 
Ascensão persa? Não apenas: 
apoio de parte das tribos árabes 
Criação da nova capital, Bagdá: 
uma capital distante das pressões 
Nova forma de administração 
Antigo Império Sassânidacomo modelo de organização 
Substituiçãoda aristocraciaárabeporumaburocraciaassalariada 
Máxima extensão do Império dos Abássidas (cerca de 850 d.C.)
A SOCIEDADE ISLÂMICA 
A nova elite imperial 
Funcionários, comerciantes, banqueiros, proprietáriosruraise ulemás(sábios, juristas, professorese religiosos). 
Surgimentodo exércitomemeluco(turcos, muitoescravos) 
Redefinição do Islã 
Diminuição da importância do fator étnico árabe. 
Expansão do islamismo e da língua árabe
A “ERA DE OURO” DO ISLÃ
ECONOMIA 
A integração Mediterrâneo-Oc. Índico 
Florescimentos das grandes caravanas 
Impacto da urbanização 
Desenvolvimento do sistema de crédito 
Desenvolvimento agrícola 
Revolução agrícola árabe? 
Expansão da escravidão
ARTES E CIÊNCIA 
Bagdá: centro cultural do mundo islâmico 
A casa da Sabedoria 
O mecenato dos califas abássidas 
Outros centros importantes 
Damasco 
Córdoba 
Cairo 
Integração de diversas culturas literárias e científicas 
Importância da tradução para o árabe: preservação e transmissão do conhecimento produzido por vários povos diferentes. 
A busca pelo conhecimento 
Soluções científicas para questões religiosas (posição de Meca, horário de orações, etc.) 
Primórdios do modelo científico (Ibnal- Haytham): experimentos para testar diferentes explicações. 
Áreas: Teologia, Filosofia, Matemática, Astronomia, Física, Química, Medicina, Geografia, História. 
Desenvolvimento da Literatura 
Importância da adoção do papel. 
O livro das mil e uma noites 
Calilae Dimna(ibnal-Muqaffa)
GRANDES NOMES DA CIÊNCIA E FILOSOFIA ISLÂMICAS 
Al-Kwarismi, c.780-c.850 
desenvolveu a álgebra e as soluções para equações quadráticas e lineares, introduziu a escala decimal e os algarismos indo-arábicos. 
Traduzido para o latim no século XIII: grande impacto na matemática europeia. 
Página da Álgebra de Al-Kwarismi 
Ibnal-Haytham(Alhazen), 965-1040 
Foi o primeiro a usar a experimentação sistemática para testar hipóteses distintas sobre um problema. 
É considerado o pai da Ótica. 
Seu “Livro de Ótica” foi traduzido para o latim no século XIII e influenciou grandes pensadores e cientistas europeus. 
Página do “Livro de ótica” de al-Haytham 
Al-Farabi, 872-950 
Conhecido na filosofia islâmica como o “segundo professor” (Aristóteles seria o primeiro) 
Deu início a tradição filosófica islâmica de associar aristotelismo e neoplatonismo (tradicionalmente vistas como opostas). 
Também desenvolveu ideias importantes na área da economia, política e psicologia, escrevendo sobre o Estado Modelo. 
Tradução para o Latinda Encilopédiade Ciências de Al-Farabi
GRANDES NOMES DA CIÊNCIA E FILOSOFIA ISLÂMICAS 
IbnKhaldoun, 1332-1406 
Considerado o pai da moderna sociologia, história e economia. 
Buscava explicações para o desenvolvimento e crise dos Estados em razões para além da política e da guerra, estudando sua sociedade, economia, cultura e religião. 
Capa da tradução para o Português dos “Prolegômenos” 
IbnRushd(Averróes), 1126-1198 
Defensor da filosofia aristotélica contra críticas de teólogos e jurisprudentes da linha Maliki. 
Seus comentários à obra de Aristóteles foram extremamente influentes na Europa, estando nas bases da Escolástica Medieval. 
Tradução para o latim dos comentários de IbnRushdà Aristóteles 
IbnSina (Avicena), c.980-1037 
Escreveu sobre diversos assuntos, dentro dos quais se destacam a medicina (prevenção e tratamento de doenças) 
Seu “Cânone de Medicina” se tornou a referência básica dos cursos de medicina nos séculos posteriores. 
Foi também o grande formulador da corrente filosófica islâmica que associava aristotelismo e neoplatonismo. 
Mausoléu de IbnSina em Hamadan, Irã
A CRISE DO CALIFADO
FRAGMENTAÇÃO DO IMPÉRIO 
Aumento do poder dos governantes locais 
Tentativa de solução para a questão fiscal 
Aumento da autonomia e ascensão de dinastias locais. 
Perda de poder real do Califa e controle político dos chefes militares mamelucos.
O OCASO DO CALIFADO 
Controle Buiyda(934-1055) 
Controle Seljúcida (1055-1118) 
Califas mantêm controle sobre aspectos religiosas e cerimoniais apenas. 
Retomada do poder (1118-1258) 
Controle apenas sobre a região do Iraque. 
Invasão Mongol (1258) 
Ilcanato(1256-1335) 
Califado Fatímidado Cairo (1258-1517) 
Califas mantêm controle sobre aspectos religiosas e cerimoniais apenas. 
Transferência do califado para Istambul (controle Otomano).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As Sete Maravilhas Do Mundo Antigo
As Sete Maravilhas Do Mundo AntigoAs Sete Maravilhas Do Mundo Antigo
As Sete Maravilhas Do Mundo Antigo
Carlos Teles de Menezes Junior
 
Cerco de Lisboa
Cerco de LisboaCerco de Lisboa
Cerco de Lisboa
Maria Henriques
 
Módulo 1 contexto histórico profissional
Módulo 1   contexto histórico profissionalMódulo 1   contexto histórico profissional
Módulo 1 contexto histórico profissional
Carla Freitas
 
Θουκυδίδης, η παθολογία του πολέμου
Θουκυδίδης, η παθολογία του πολέμουΘουκυδίδης, η παθολογία του πολέμου
Θουκυδίδης, η παθολογία του πολέμου
gina zaza
 
Teste de HCA " A cultura do Palácio"
Teste de HCA " A cultura do Palácio"Teste de HCA " A cultura do Palácio"
Teste de HCA " A cultura do Palácio"
João Couto
 
Οικονομικές μεταβολές στη Δυτική Ευρώπη
Οικονομικές μεταβολές στη Δυτική ΕυρώπηΟικονομικές μεταβολές στη Δυτική Ευρώπη
Οικονομικές μεταβολές στη Δυτική Ευρώπη
Nasia Fatsi
 
ΠΛΑΓΙΟΣ ΥΠΟΘΕΤΙΚΟΣ ΛΟΓΟΣ
ΠΛΑΓΙΟΣ ΥΠΟΘΕΤΙΚΟΣ ΛΟΓΟΣΠΛΑΓΙΟΣ ΥΠΟΘΕΤΙΚΟΣ ΛΟΓΟΣ
ΠΛΑΓΙΟΣ ΥΠΟΘΕΤΙΚΟΣ ΛΟΓΟΣ
mono030156
 
Η εποχη του χαλκου
Η εποχη του χαλκουΗ εποχη του χαλκου
Η εποχη του χαλκουGIA VER
 
Cultura Romana
Cultura RomanaCultura Romana
Cultura Romana
João França
 
A civilização romana
A civilização romanaA civilização romana
A civilização romana
historiajovem2011
 
Numerologia e Gramatica
Numerologia e GramaticaNumerologia e Gramatica
Numerologia e Gramatica
Pedro Henrique
 
Primeiras Civilizaçoes
Primeiras CivilizaçoesPrimeiras Civilizaçoes
Primeiras Civilizaçoes
Fabio Santos
 
Apostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-orientalApostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-oriental
Jemuel Araújo da Silva
 
A expansão marítima
A expansão marítimaA expansão marítima
A expansão marítima
Nuno Eusébio
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
Andrea Dressler
 
ο ήλιος στο δημοτικό τραγούδι
ο ήλιος στο δημοτικό τραγούδιο ήλιος στο δημοτικό τραγούδι
ο ήλιος στο δημοτικό τραγούδιelenadamo
 
Mesopotâmia e Egito 2019
Mesopotâmia  e Egito 2019Mesopotâmia  e Egito 2019
Mesopotâmia e Egito 2019
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Coluna de trajano
Coluna de trajanoColuna de trajano
Coluna de trajano
Cariinna
 
Eλληνιστική Εποχή
Eλληνιστική  ΕποχήEλληνιστική  Εποχή
Eλληνιστική Εποχή
Γιουλη Γεωργιτζίκη
 

Mais procurados (20)

As Sete Maravilhas Do Mundo Antigo
As Sete Maravilhas Do Mundo AntigoAs Sete Maravilhas Do Mundo Antigo
As Sete Maravilhas Do Mundo Antigo
 
Cerco de Lisboa
Cerco de LisboaCerco de Lisboa
Cerco de Lisboa
 
Módulo 1 contexto histórico profissional
Módulo 1   contexto histórico profissionalMódulo 1   contexto histórico profissional
Módulo 1 contexto histórico profissional
 
Αλληλεγγύη, Αξιοπρέπεια, Προσφορά
Αλληλεγγύη, Αξιοπρέπεια, ΠροσφοράΑλληλεγγύη, Αξιοπρέπεια, Προσφορά
Αλληλεγγύη, Αξιοπρέπεια, Προσφορά
 
Θουκυδίδης, η παθολογία του πολέμου
Θουκυδίδης, η παθολογία του πολέμουΘουκυδίδης, η παθολογία του πολέμου
Θουκυδίδης, η παθολογία του πολέμου
 
Teste de HCA " A cultura do Palácio"
Teste de HCA " A cultura do Palácio"Teste de HCA " A cultura do Palácio"
Teste de HCA " A cultura do Palácio"
 
Οικονομικές μεταβολές στη Δυτική Ευρώπη
Οικονομικές μεταβολές στη Δυτική ΕυρώπηΟικονομικές μεταβολές στη Δυτική Ευρώπη
Οικονομικές μεταβολές στη Δυτική Ευρώπη
 
ΠΛΑΓΙΟΣ ΥΠΟΘΕΤΙΚΟΣ ΛΟΓΟΣ
ΠΛΑΓΙΟΣ ΥΠΟΘΕΤΙΚΟΣ ΛΟΓΟΣΠΛΑΓΙΟΣ ΥΠΟΘΕΤΙΚΟΣ ΛΟΓΟΣ
ΠΛΑΓΙΟΣ ΥΠΟΘΕΤΙΚΟΣ ΛΟΓΟΣ
 
Η εποχη του χαλκου
Η εποχη του χαλκουΗ εποχη του χαλκου
Η εποχη του χαλκου
 
Cultura Romana
Cultura RomanaCultura Romana
Cultura Romana
 
A civilização romana
A civilização romanaA civilização romana
A civilização romana
 
Numerologia e Gramatica
Numerologia e GramaticaNumerologia e Gramatica
Numerologia e Gramatica
 
Primeiras Civilizaçoes
Primeiras CivilizaçoesPrimeiras Civilizaçoes
Primeiras Civilizaçoes
 
Apostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-orientalApostila de-historia-antiga-oriental
Apostila de-historia-antiga-oriental
 
A expansão marítima
A expansão marítimaA expansão marítima
A expansão marítima
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
 
ο ήλιος στο δημοτικό τραγούδι
ο ήλιος στο δημοτικό τραγούδιο ήλιος στο δημοτικό τραγούδι
ο ήλιος στο δημοτικό τραγούδι
 
Mesopotâmia e Egito 2019
Mesopotâmia  e Egito 2019Mesopotâmia  e Egito 2019
Mesopotâmia e Egito 2019
 
Coluna de trajano
Coluna de trajanoColuna de trajano
Coluna de trajano
 
Eλληνιστική Εποχή
Eλληνιστική  ΕποχήEλληνιστική  Εποχή
Eλληνιστική Εποχή
 

Destaque

A independência norte americana
A independência norte americanaA independência norte americana
A independência norte americana
elaniasf
 
12° império islâmico
12° império islâmico12° império islâmico
12° império islâmico
Ajudar Pessoas
 
Expansão marítima
Expansão marítimaExpansão marítima
Expansão marítima
Zé Knust
 
A formação das monarquias medievais
A formação das monarquias medievaisA formação das monarquias medievais
A formação das monarquias medievais
Zé Knust
 
A expansão do islamismo
A expansão do islamismoA expansão do islamismo
A expansão do islamismo
Zé Knust
 
Introdução à história
Introdução à históriaIntrodução à história
Introdução à história
Zé Knust
 
O triunfo das revoluções liberais
O triunfo das revoluções liberaisO triunfo das revoluções liberais
O triunfo das revoluções liberais
angelamoliveira
 
O mediterrâneo antigo
O mediterrâneo antigoO mediterrâneo antigo
O mediterrâneo antigo
Zé Knust
 
TEMA 2.A. HISTÒRIA ESPANYA. AL-ANDALUS
TEMA 2.A. HISTÒRIA ESPANYA. AL-ANDALUSTEMA 2.A. HISTÒRIA ESPANYA. AL-ANDALUS
TEMA 2.A. HISTÒRIA ESPANYA. AL-ANDALUSAssumpció Granero
 
Reformas religiosas
Reformas religiosasReformas religiosas
Reformas religiosas
Zé Knust
 
Os europeus na áfrica e o tráfico de escravos
Os europeus na áfrica e o tráfico de escravosOs europeus na áfrica e o tráfico de escravos
Os europeus na áfrica e o tráfico de escravos
Zé Knust
 
O isla alem dos nossos preconceitos
O isla alem dos nossos preconceitosO isla alem dos nossos preconceitos
O isla alem dos nossos preconceitos
Zé Knust
 
Instruções para o seminário sobre islamofobia
Instruções para o seminário sobre islamofobiaInstruções para o seminário sobre islamofobia
Instruções para o seminário sobre islamofobia
Zé Knust
 
O feudalismo
O feudalismoO feudalismo
O feudalismo
Zé Knust
 
Surgimento do islã
Surgimento do islãSurgimento do islã
Surgimento do islã
Zé Knust
 
História - Independência EUA (Graciene Reis)
História - Independência EUA (Graciene Reis)História - Independência EUA (Graciene Reis)
História - Independência EUA (Graciene Reis)
primeiroanocsl
 
Renascimento Artístico e Cultural
Renascimento Artístico e CulturalRenascimento Artístico e Cultural
Renascimento Artístico e Cultural
Zé Knust
 
O surgimento da agricultura e do Estado
O surgimento da agricultura e do EstadoO surgimento da agricultura e do Estado
O surgimento da agricultura e do Estado
Zé Knust
 
A expansão e presença islâmica no norte da África nos séculos VII e XII
A expansão e presença  islâmica no norte da África nos séculos VII e XIIA expansão e presença  islâmica no norte da África nos séculos VII e XII
A expansão e presença islâmica no norte da África nos séculos VII e XII
Portal do Vestibulando
 
Império islamico
Império islamicoImpério islamico
Império islamico
alinemaiahistoria
 

Destaque (20)

A independência norte americana
A independência norte americanaA independência norte americana
A independência norte americana
 
12° império islâmico
12° império islâmico12° império islâmico
12° império islâmico
 
Expansão marítima
Expansão marítimaExpansão marítima
Expansão marítima
 
A formação das monarquias medievais
A formação das monarquias medievaisA formação das monarquias medievais
A formação das monarquias medievais
 
A expansão do islamismo
A expansão do islamismoA expansão do islamismo
A expansão do islamismo
 
Introdução à história
Introdução à históriaIntrodução à história
Introdução à história
 
O triunfo das revoluções liberais
O triunfo das revoluções liberaisO triunfo das revoluções liberais
O triunfo das revoluções liberais
 
O mediterrâneo antigo
O mediterrâneo antigoO mediterrâneo antigo
O mediterrâneo antigo
 
TEMA 2.A. HISTÒRIA ESPANYA. AL-ANDALUS
TEMA 2.A. HISTÒRIA ESPANYA. AL-ANDALUSTEMA 2.A. HISTÒRIA ESPANYA. AL-ANDALUS
TEMA 2.A. HISTÒRIA ESPANYA. AL-ANDALUS
 
Reformas religiosas
Reformas religiosasReformas religiosas
Reformas religiosas
 
Os europeus na áfrica e o tráfico de escravos
Os europeus na áfrica e o tráfico de escravosOs europeus na áfrica e o tráfico de escravos
Os europeus na áfrica e o tráfico de escravos
 
O isla alem dos nossos preconceitos
O isla alem dos nossos preconceitosO isla alem dos nossos preconceitos
O isla alem dos nossos preconceitos
 
Instruções para o seminário sobre islamofobia
Instruções para o seminário sobre islamofobiaInstruções para o seminário sobre islamofobia
Instruções para o seminário sobre islamofobia
 
O feudalismo
O feudalismoO feudalismo
O feudalismo
 
Surgimento do islã
Surgimento do islãSurgimento do islã
Surgimento do islã
 
História - Independência EUA (Graciene Reis)
História - Independência EUA (Graciene Reis)História - Independência EUA (Graciene Reis)
História - Independência EUA (Graciene Reis)
 
Renascimento Artístico e Cultural
Renascimento Artístico e CulturalRenascimento Artístico e Cultural
Renascimento Artístico e Cultural
 
O surgimento da agricultura e do Estado
O surgimento da agricultura e do EstadoO surgimento da agricultura e do Estado
O surgimento da agricultura e do Estado
 
A expansão e presença islâmica no norte da África nos séculos VII e XII
A expansão e presença  islâmica no norte da África nos séculos VII e XIIA expansão e presença  islâmica no norte da África nos séculos VII e XII
A expansão e presença islâmica no norte da África nos séculos VII e XII
 
Império islamico
Império islamicoImpério islamico
Império islamico
 

Semelhante a O califado abássida e a era de ouro do islã

Renascimento e grandes navegações
Renascimento e grandes navegações Renascimento e grandes navegações
Renascimento e grandes navegações
Laguat
 
Historia da filosofia medieval
Historia da filosofia medievalHistoria da filosofia medieval
Historia da filosofia medieval
Oswaldo Michaelano
 
MuçUlmanos 2
MuçUlmanos 2MuçUlmanos 2
MuçUlmanos 2
Isidro Santos
 
Arte.islamica
Arte.islamicaArte.islamica
Arte.islamica
Scriba Digital
 
Introdução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia pptIntrodução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia ppt
Gilson Barbosa
 
O renascimento italiano
O renascimento italianoO renascimento italiano
O renascimento italiano
Susana Simões
 
Joao marques-carrilho musica-e-filosofia-dos-arabes
Joao marques-carrilho musica-e-filosofia-dos-arabesJoao marques-carrilho musica-e-filosofia-dos-arabes
Joao marques-carrilho musica-e-filosofia-dos-arabes
Rosalina Ri Rosalina
 
Um apanhado histórico sobre a ciência árabe.pptx
Um apanhado histórico sobre a ciência árabe.pptxUm apanhado histórico sobre a ciência árabe.pptx
Um apanhado histórico sobre a ciência árabe.pptx
LuisPereira571711
 
Movimentos Literários
Movimentos LiteráriosMovimentos Literários
Movimentos Literários
Gabriel Andrade
 
A era de ouro do Islã
A era de ouro do IslãA era de ouro do Islã
A era de ouro do Islã
Luiz Felipe Matos
 
A chave da_alquimia
A chave da_alquimiaA chave da_alquimia
A chave da_alquimia
Fernanda Checchinato
 
Pré vestibular Murialdo - aula Europa medieval.
Pré vestibular Murialdo - aula Europa medieval.Pré vestibular Murialdo - aula Europa medieval.
Pré vestibular Murialdo - aula Europa medieval.
Daniel Alves Bronstrup
 
O arcadismo
O arcadismoO arcadismo
O arcadismo
Juan Santana
 
Classicismo
ClassicismoClassicismo
Classicismo
Claudia Ribeiro
 
Cap06 classicismo
Cap06 classicismoCap06 classicismo
Cap06 classicismo
whybells
 
As cruzadas
As cruzadasAs cruzadas
As cruzadas
Laguat
 
Módulo IIIB - Ciência Medieval
Módulo IIIB - Ciência MedievalMódulo IIIB - Ciência Medieval
Módulo IIIB - Ciência Medieval
Bernardo Motta
 
Omar khayyam
Omar khayyamOmar khayyam
Omar khayyam
Romeu da Silveira
 
Resumo de história para estudo
Resumo de história para estudoResumo de história para estudo
Resumo de história para estudo
andrecarlosocosta
 
História da Igreja I: Aula 13: Oposição Externa
História da Igreja I: Aula 13: Oposição ExternaHistória da Igreja I: Aula 13: Oposição Externa
História da Igreja I: Aula 13: Oposição Externa
Andre Nascimento
 

Semelhante a O califado abássida e a era de ouro do islã (20)

Renascimento e grandes navegações
Renascimento e grandes navegações Renascimento e grandes navegações
Renascimento e grandes navegações
 
Historia da filosofia medieval
Historia da filosofia medievalHistoria da filosofia medieval
Historia da filosofia medieval
 
MuçUlmanos 2
MuçUlmanos 2MuçUlmanos 2
MuçUlmanos 2
 
Arte.islamica
Arte.islamicaArte.islamica
Arte.islamica
 
Introdução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia pptIntrodução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia ppt
 
O renascimento italiano
O renascimento italianoO renascimento italiano
O renascimento italiano
 
Joao marques-carrilho musica-e-filosofia-dos-arabes
Joao marques-carrilho musica-e-filosofia-dos-arabesJoao marques-carrilho musica-e-filosofia-dos-arabes
Joao marques-carrilho musica-e-filosofia-dos-arabes
 
Um apanhado histórico sobre a ciência árabe.pptx
Um apanhado histórico sobre a ciência árabe.pptxUm apanhado histórico sobre a ciência árabe.pptx
Um apanhado histórico sobre a ciência árabe.pptx
 
Movimentos Literários
Movimentos LiteráriosMovimentos Literários
Movimentos Literários
 
A era de ouro do Islã
A era de ouro do IslãA era de ouro do Islã
A era de ouro do Islã
 
A chave da_alquimia
A chave da_alquimiaA chave da_alquimia
A chave da_alquimia
 
Pré vestibular Murialdo - aula Europa medieval.
Pré vestibular Murialdo - aula Europa medieval.Pré vestibular Murialdo - aula Europa medieval.
Pré vestibular Murialdo - aula Europa medieval.
 
O arcadismo
O arcadismoO arcadismo
O arcadismo
 
Classicismo
ClassicismoClassicismo
Classicismo
 
Cap06 classicismo
Cap06 classicismoCap06 classicismo
Cap06 classicismo
 
As cruzadas
As cruzadasAs cruzadas
As cruzadas
 
Módulo IIIB - Ciência Medieval
Módulo IIIB - Ciência MedievalMódulo IIIB - Ciência Medieval
Módulo IIIB - Ciência Medieval
 
Omar khayyam
Omar khayyamOmar khayyam
Omar khayyam
 
Resumo de história para estudo
Resumo de história para estudoResumo de história para estudo
Resumo de história para estudo
 
História da Igreja I: Aula 13: Oposição Externa
História da Igreja I: Aula 13: Oposição ExternaHistória da Igreja I: Aula 13: Oposição Externa
História da Igreja I: Aula 13: Oposição Externa
 

Mais de Zé Knust

Questionário sobre o documentário
Questionário sobre o documentárioQuestionário sobre o documentário
Questionário sobre o documentário
Zé Knust
 
Surgimento e expansão do cristianismo
Surgimento e expansão do cristianismoSurgimento e expansão do cristianismo
Surgimento e expansão do cristianismo
Zé Knust
 
Questões de vestibulares e ENEM sobre o Mediterrâneo antigo
Questões de vestibulares e ENEM sobre o Mediterrâneo antigoQuestões de vestibulares e ENEM sobre o Mediterrâneo antigo
Questões de vestibulares e ENEM sobre o Mediterrâneo antigo
Zé Knust
 
Gabarito da lista de exercícios 2 - Pré-História
Gabarito da lista de exercícios 2 - Pré-HistóriaGabarito da lista de exercícios 2 - Pré-História
Gabarito da lista de exercícios 2 - Pré-História
Zé Knust
 
Questões de vestibulares e enem: Pré-história
Questões de vestibulares e enem: Pré-históriaQuestões de vestibulares e enem: Pré-história
Questões de vestibulares e enem: Pré-história
Zé Knust
 
Lista de exercícios 2 pré-história
Lista de exercícios 2   pré-históriaLista de exercícios 2   pré-história
Lista de exercícios 2 pré-história
Zé Knust
 
Povoamento da américa
Povoamento da américaPovoamento da américa
Povoamento da américa
Zé Knust
 
Atividade 3 - relatório sobre documentário
Atividade 3 - relatório sobre documentárioAtividade 3 - relatório sobre documentário
Atividade 3 - relatório sobre documentário
Zé Knust
 
Origem da humanidade
Origem da humanidadeOrigem da humanidade
Origem da humanidade
Zé Knust
 
Introdução a história objetivas
Introdução a história   objetivasIntrodução a história   objetivas
Introdução a história objetivas
Zé Knust
 
Lista de exercícios 1 - Introdução à História
Lista de exercícios 1 - Introdução à HistóriaLista de exercícios 1 - Introdução à História
Lista de exercícios 1 - Introdução à História
Zé Knust
 
Notícia 4 - Brasil reescreve a sua história ao revelar detalhes da ditadura m...
Notícia 4 - Brasil reescreve a sua história ao revelar detalhes da ditadura m...Notícia 4 - Brasil reescreve a sua história ao revelar detalhes da ditadura m...
Notícia 4 - Brasil reescreve a sua história ao revelar detalhes da ditadura m...
Zé Knust
 
Notícia 3 - Gilberto velho, patrimônio, negociação e conflito
Notícia 3 - Gilberto velho, patrimônio, negociação e conflitoNotícia 3 - Gilberto velho, patrimônio, negociação e conflito
Notícia 3 - Gilberto velho, patrimônio, negociação e conflito
Zé Knust
 
Notícia 2 - Shinzo abe completa seis meses no governo japonês, com baixa popu...
Notícia 2 - Shinzo abe completa seis meses no governo japonês, com baixa popu...Notícia 2 - Shinzo abe completa seis meses no governo japonês, com baixa popu...
Notícia 2 - Shinzo abe completa seis meses no governo japonês, com baixa popu...
Zé Knust
 
Notícia 1 - Genocidio armenio envenena a relação entre ancara e paris [traduz...
Notícia 1 - Genocidio armenio envenena a relação entre ancara e paris [traduz...Notícia 1 - Genocidio armenio envenena a relação entre ancara e paris [traduz...
Notícia 1 - Genocidio armenio envenena a relação entre ancara e paris [traduz...
Zé Knust
 
Questionário para o estudo de fontes
Questionário para o estudo de fontesQuestionário para o estudo de fontes
Questionário para o estudo de fontes
Zé Knust
 
Questões de vestibular - África e tráfico de escravos
Questões de vestibular - África e tráfico de escravosQuestões de vestibular - África e tráfico de escravos
Questões de vestibular - África e tráfico de escravos
Zé Knust
 
Povos e reinos africanos (séculos VII-XVI)
Povos e reinos africanos (séculos VII-XVI)Povos e reinos africanos (séculos VII-XVI)
Povos e reinos africanos (séculos VII-XVI)
Zé Knust
 
Atividades sobre povos e reinos africanos
Atividades sobre povos e reinos africanosAtividades sobre povos e reinos africanos
Atividades sobre povos e reinos africanos
Zé Knust
 
Questões de vestibular povos nativos
Questões de vestibular   povos nativosQuestões de vestibular   povos nativos
Questões de vestibular povos nativos
Zé Knust
 

Mais de Zé Knust (20)

Questionário sobre o documentário
Questionário sobre o documentárioQuestionário sobre o documentário
Questionário sobre o documentário
 
Surgimento e expansão do cristianismo
Surgimento e expansão do cristianismoSurgimento e expansão do cristianismo
Surgimento e expansão do cristianismo
 
Questões de vestibulares e ENEM sobre o Mediterrâneo antigo
Questões de vestibulares e ENEM sobre o Mediterrâneo antigoQuestões de vestibulares e ENEM sobre o Mediterrâneo antigo
Questões de vestibulares e ENEM sobre o Mediterrâneo antigo
 
Gabarito da lista de exercícios 2 - Pré-História
Gabarito da lista de exercícios 2 - Pré-HistóriaGabarito da lista de exercícios 2 - Pré-História
Gabarito da lista de exercícios 2 - Pré-História
 
Questões de vestibulares e enem: Pré-história
Questões de vestibulares e enem: Pré-históriaQuestões de vestibulares e enem: Pré-história
Questões de vestibulares e enem: Pré-história
 
Lista de exercícios 2 pré-história
Lista de exercícios 2   pré-históriaLista de exercícios 2   pré-história
Lista de exercícios 2 pré-história
 
Povoamento da américa
Povoamento da américaPovoamento da américa
Povoamento da américa
 
Atividade 3 - relatório sobre documentário
Atividade 3 - relatório sobre documentárioAtividade 3 - relatório sobre documentário
Atividade 3 - relatório sobre documentário
 
Origem da humanidade
Origem da humanidadeOrigem da humanidade
Origem da humanidade
 
Introdução a história objetivas
Introdução a história   objetivasIntrodução a história   objetivas
Introdução a história objetivas
 
Lista de exercícios 1 - Introdução à História
Lista de exercícios 1 - Introdução à HistóriaLista de exercícios 1 - Introdução à História
Lista de exercícios 1 - Introdução à História
 
Notícia 4 - Brasil reescreve a sua história ao revelar detalhes da ditadura m...
Notícia 4 - Brasil reescreve a sua história ao revelar detalhes da ditadura m...Notícia 4 - Brasil reescreve a sua história ao revelar detalhes da ditadura m...
Notícia 4 - Brasil reescreve a sua história ao revelar detalhes da ditadura m...
 
Notícia 3 - Gilberto velho, patrimônio, negociação e conflito
Notícia 3 - Gilberto velho, patrimônio, negociação e conflitoNotícia 3 - Gilberto velho, patrimônio, negociação e conflito
Notícia 3 - Gilberto velho, patrimônio, negociação e conflito
 
Notícia 2 - Shinzo abe completa seis meses no governo japonês, com baixa popu...
Notícia 2 - Shinzo abe completa seis meses no governo japonês, com baixa popu...Notícia 2 - Shinzo abe completa seis meses no governo japonês, com baixa popu...
Notícia 2 - Shinzo abe completa seis meses no governo japonês, com baixa popu...
 
Notícia 1 - Genocidio armenio envenena a relação entre ancara e paris [traduz...
Notícia 1 - Genocidio armenio envenena a relação entre ancara e paris [traduz...Notícia 1 - Genocidio armenio envenena a relação entre ancara e paris [traduz...
Notícia 1 - Genocidio armenio envenena a relação entre ancara e paris [traduz...
 
Questionário para o estudo de fontes
Questionário para o estudo de fontesQuestionário para o estudo de fontes
Questionário para o estudo de fontes
 
Questões de vestibular - África e tráfico de escravos
Questões de vestibular - África e tráfico de escravosQuestões de vestibular - África e tráfico de escravos
Questões de vestibular - África e tráfico de escravos
 
Povos e reinos africanos (séculos VII-XVI)
Povos e reinos africanos (séculos VII-XVI)Povos e reinos africanos (séculos VII-XVI)
Povos e reinos africanos (séculos VII-XVI)
 
Atividades sobre povos e reinos africanos
Atividades sobre povos e reinos africanosAtividades sobre povos e reinos africanos
Atividades sobre povos e reinos africanos
 
Questões de vestibular povos nativos
Questões de vestibular   povos nativosQuestões de vestibular   povos nativos
Questões de vestibular povos nativos
 

Último

LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
ssuser701e2b
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
GiselaAlves15
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
Mary Alvarenga
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
KeilianeOliveira3
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Luana Neres
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 

Último (20)

LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 

O califado abássida e a era de ouro do islã

  • 1. O CALIFADO ABÁSSIDA E A “ERA DE OURO” DO ISLÃ José Knust
  • 2. A ASCENSÃO DOS ABÁSSIDAS
  • 3. REORGANIZAÇÃO DO PODER Reorganização do poder Repressão da ala radical da revolução Ascensão persa? Não apenas: apoio de parte das tribos árabes Criação da nova capital, Bagdá: uma capital distante das pressões Nova forma de administração Antigo Império Sassânidacomo modelo de organização Substituiçãoda aristocraciaárabeporumaburocraciaassalariada Máxima extensão do Império dos Abássidas (cerca de 850 d.C.)
  • 4. A SOCIEDADE ISLÂMICA A nova elite imperial Funcionários, comerciantes, banqueiros, proprietáriosruraise ulemás(sábios, juristas, professorese religiosos). Surgimentodo exércitomemeluco(turcos, muitoescravos) Redefinição do Islã Diminuição da importância do fator étnico árabe. Expansão do islamismo e da língua árabe
  • 5. A “ERA DE OURO” DO ISLÃ
  • 6. ECONOMIA A integração Mediterrâneo-Oc. Índico Florescimentos das grandes caravanas Impacto da urbanização Desenvolvimento do sistema de crédito Desenvolvimento agrícola Revolução agrícola árabe? Expansão da escravidão
  • 7. ARTES E CIÊNCIA Bagdá: centro cultural do mundo islâmico A casa da Sabedoria O mecenato dos califas abássidas Outros centros importantes Damasco Córdoba Cairo Integração de diversas culturas literárias e científicas Importância da tradução para o árabe: preservação e transmissão do conhecimento produzido por vários povos diferentes. A busca pelo conhecimento Soluções científicas para questões religiosas (posição de Meca, horário de orações, etc.) Primórdios do modelo científico (Ibnal- Haytham): experimentos para testar diferentes explicações. Áreas: Teologia, Filosofia, Matemática, Astronomia, Física, Química, Medicina, Geografia, História. Desenvolvimento da Literatura Importância da adoção do papel. O livro das mil e uma noites Calilae Dimna(ibnal-Muqaffa)
  • 8. GRANDES NOMES DA CIÊNCIA E FILOSOFIA ISLÂMICAS Al-Kwarismi, c.780-c.850 desenvolveu a álgebra e as soluções para equações quadráticas e lineares, introduziu a escala decimal e os algarismos indo-arábicos. Traduzido para o latim no século XIII: grande impacto na matemática europeia. Página da Álgebra de Al-Kwarismi Ibnal-Haytham(Alhazen), 965-1040 Foi o primeiro a usar a experimentação sistemática para testar hipóteses distintas sobre um problema. É considerado o pai da Ótica. Seu “Livro de Ótica” foi traduzido para o latim no século XIII e influenciou grandes pensadores e cientistas europeus. Página do “Livro de ótica” de al-Haytham Al-Farabi, 872-950 Conhecido na filosofia islâmica como o “segundo professor” (Aristóteles seria o primeiro) Deu início a tradição filosófica islâmica de associar aristotelismo e neoplatonismo (tradicionalmente vistas como opostas). Também desenvolveu ideias importantes na área da economia, política e psicologia, escrevendo sobre o Estado Modelo. Tradução para o Latinda Encilopédiade Ciências de Al-Farabi
  • 9. GRANDES NOMES DA CIÊNCIA E FILOSOFIA ISLÂMICAS IbnKhaldoun, 1332-1406 Considerado o pai da moderna sociologia, história e economia. Buscava explicações para o desenvolvimento e crise dos Estados em razões para além da política e da guerra, estudando sua sociedade, economia, cultura e religião. Capa da tradução para o Português dos “Prolegômenos” IbnRushd(Averróes), 1126-1198 Defensor da filosofia aristotélica contra críticas de teólogos e jurisprudentes da linha Maliki. Seus comentários à obra de Aristóteles foram extremamente influentes na Europa, estando nas bases da Escolástica Medieval. Tradução para o latim dos comentários de IbnRushdà Aristóteles IbnSina (Avicena), c.980-1037 Escreveu sobre diversos assuntos, dentro dos quais se destacam a medicina (prevenção e tratamento de doenças) Seu “Cânone de Medicina” se tornou a referência básica dos cursos de medicina nos séculos posteriores. Foi também o grande formulador da corrente filosófica islâmica que associava aristotelismo e neoplatonismo. Mausoléu de IbnSina em Hamadan, Irã
  • 10. A CRISE DO CALIFADO
  • 11. FRAGMENTAÇÃO DO IMPÉRIO Aumento do poder dos governantes locais Tentativa de solução para a questão fiscal Aumento da autonomia e ascensão de dinastias locais. Perda de poder real do Califa e controle político dos chefes militares mamelucos.
  • 12. O OCASO DO CALIFADO Controle Buiyda(934-1055) Controle Seljúcida (1055-1118) Califas mantêm controle sobre aspectos religiosas e cerimoniais apenas. Retomada do poder (1118-1258) Controle apenas sobre a região do Iraque. Invasão Mongol (1258) Ilcanato(1256-1335) Califado Fatímidado Cairo (1258-1517) Califas mantêm controle sobre aspectos religiosas e cerimoniais apenas. Transferência do califado para Istambul (controle Otomano).