O império muçulmano

11.970 visualizações

Publicada em

Aulas de história, profª Carol

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.970
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.056
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
278
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O império muçulmano

  1. 1. O IMPÉRIO MUÇULMANO
  2. 2. ARÁBIA PRÉ-ISLÂMICA  Como a região é desértica, praticamente impossibilitava a fixação humana, sendo característica a descentralização política.  As diversas tribos dividiam-se em ...
  3. 3. ... Tribos de Deserto...  Comandadas por um Sheik (patriarca) eram nômades, politeístas, pratica- vam o comércio, criação de animais e saques a outras tribos.
  4. 4. ... E Tribos de Cidades.  Localizadas em regiões de oásis eram menos numerosas mas mais ricas que as tribos de deserto. As principais cidades eram IatrebIatreb e a sua rival comercial MecaMeca, que era comandada pela tribo dos CoraixitasCoraixitas.
  5. 5.  Além de centro comercial, Meca era um importante centro religioso por causa da CaabaCaaba (templo da Pedra NegraPedra Negra).
  6. 6. MAOMÉ Nascido na tribo dos Corai- xitas de Meca. Órfão aos 6 anos, trabalhou como beduíno para seu tio, passando a ter contanto com as principais religiões monoteístas: Judaísmo e Cristianismo.
  7. 7. O anjo Gabriel (Gibril) traz a revelação de Alá a Maomé no mês do HamadãHamadã.
  8. 8. Elementos do Islamismo.  No Islamismo percebemos a presença de elementos...  ... do Judaísmo: circuncisão, jejum, crença nos profetas;  ... do Cristianismo: anjos e Cristo (como profeta);  ... da cultura árabe: poligamia, escravismo e Pedra Negra.
  9. 9. 5 Pilares da Fé5 Pilares da Fé 1. Profissão de fé: “Alá é o único deus e Maomé é o seu profeta.” 2. Mês sagrado do Hamadã: mês da prática do jejum pelos adultos em condição de saúde. 3. Esmola anual: 10% do rendimento anual que é destinado a viúvas e órfãos.
  10. 10. 4. Cinco orações diárias: sempre voltadas na direção de Meca.
  11. 11. 5. Peregrinação a Meca: Adultos em condição de saúde e financeira.
  12. 12. Hégira (622 d.C.)Hégira (622 d.C.)  Evento que marca o ano um do calendário islãmico.  Perseguido em Meca por causa da pregação da nova fé, Maomé foge para Iatreb.  A cidade o acolhe e passa a ser chamada de MedinaMedina, a “cidade do profeta”.
  13. 13. 10 anos em Medina.  Maomé fez discipulos;  Converteu as tribos de deserto ao islamismo;  Estabeleceu a DjihadDjihad (guerra santa) para dominar Meca.
  14. 14. Período Maometano  Formação de um ImpérioImpério TeocráticoTeocrático sob a liderança de Maomé.  Estabelecimento da religião islâmica, com a conversão das tribos à crença monoteístamonoteísta.
  15. 15. Período Pós-Maometano  Após a morte de Maomé (632) a liderança do império passou a ser exercida pelos CalifasCalifas.  Têm início também a expansão árabe, sob a justificativa da Djihad, que pode ser dividida em três etapas.
  16. 16. Primeira Etapa – 632 a 661  Sob a liderança do sogro de Maomé, Abu BakrAbu Bakr, os árabes conquistam a Palestina, Síria e Mesopotâmia, voltando-se contra os dois impérios próximos: o BizantinoBizantino e o dos SassânidasSassânidas (descendentes dos persas).
  17. 17.  O califa seguinte foi OmarOmar.  Os povos não muçulmanos não precisavam converter-se, apenas pagavam a jyzyajyzya.  Em 644, OtmanOtman assume o controle do império, redigindo o AlcorãoAlcorão e controlando o EgitoEgito.
  18. 18.  Com a morte de Otman inicia-se um guerra civil. AliAli × Muawija (Genro de Maomé, (Membro da casado com Fátima) família Omíada) Obs.: Na incapacidade de uma tribo derrotar a outra, os dois líderes dividem o império.
  19. 19.  Os seguidores de Ali, XiitasXiitas, passaram a controlar o Iraque e o Irã (antigo território sassânida).  Os seguidores da Dinastia Omíada, sunitassunitas, continuaram a expansão, desta vez em direção ao ocidente.
  20. 20. Dinastia Omíada – 2ª etapa  Primeiro cerco a ConstantinoplaConstantinopla.  711, travessia do Estreito deEstreito de GibraltarGibraltar (califado de AndalusAndalus).  732, derrota para os francos, sob o comando de Carlos MartelCarlos Martel.
  21. 21. Dinastia Abássida – 3ª etapa  752, os líderes do califado de Damasco, com ajuda dos islâmicos não árabes, derrotam os omíadas e assumem o controle. Além da conquista de parte do território chinês, oficiali- zam o árabe como idioma.
  22. 22. Obs.: Em cada região conquistada os islâmi- cos adquiriram características das culturas locais, constituindo atualmente uma grande quantidade de seitas interpretativas.

×