SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 95
Gestão de Infra-estrutura e custos em TI
              Mini-curso

             Paulo Nascimento
Ementa
Posicionamento estratégico
Conceitos de Gestão de Infra-
estrutura de TI
Gerenciamento de Custos TI
Ousourcing
SLM
Comunicação / Papel da TI
Infra-estrutura de TI
Infra-estrutura de TI

“Infra-estrutura de TI é a base da capacidade da tecnologia de
informação, tida como serviços confiáveis compartilhados pela
empresa e coordenados centralmente, geralmente pelo grupo de
sistemas de informação. O conjunto de serviços de infra-estrutura
fornece a capacidade humana e técnica que alavanca a capacidade do
negócio necessária para o posicionamento competitivo da empresa.”
                                                       Peter Weill
Infra-estrutura de TI

Hardware: a parte física
    Servidores
   Desktops/Notebooks
   Telefones e celulares
Infra-estrutura de TI

Hardware: a parte física
    Servidores
   Desktops/Notebooks
   Telefones e celulares
Infra-estrutura de TI

Software: a parte lógica
    Sistemas Operacionais
   Banco de Dados
   Sistemas Web
   ERPs
Infra-estrutura de TI

Software: a parte lógica
    Sistemas Operacionais
   Banco de Dados
   Sistemas Web
   ERPs
Infra-estrutura de TI

Rede: o elo de ligação
    Links Internet
   Rede MPLS
   Link de Satélite
   Rede Telefônica
Infra-estrutura de TI

Rede: o elo de ligação
    Links Internet
   Rede MPLS
   Link de Satélite
   Rede Telefônica
Infra-estrutura de TI

Pessoas: a parte quem pensa
    Analistas de Suporte
   Analistas de Sistemas
   Desenvolvedores
   Service Desk
Infra-estrutura de TI

Pessoas: a parte quem pensa
    Analistas de Suporte
   Analistas de Sistemas
   Desenvolvedores
   Service Desk
Data Center

O que é?


   “A building or portion of a building whose primary function
   is to house a computer room and its support areas.”
                          ANSI/EIA/TIA 942
Data Center
               Valor da Informação

                                Imagem da empresa



          Continuidade do serviço



Equipamentos
Data Center
Evolução de Data Centers
                                                                                            Data Center 3.0
                                                        Data Center 2.0
                                                                                          Serviços Orientados,
                                 Data Center 1.0                                          Baseados na Web 2.0
                                                        Cliente-Servidor e
                                                        arquitetura distribuída
  Controle e importância da TI




                                 Mainframe




                                                                                  Consolidação

                                                                                  Virtualização


                                                                                  Automatização



                                  Centralizado          Descentralizado                      Virtualização

                                                 Aplicação – Arquitetura - Evolução
Data Center
Porque investir?
   Preservação das informações;           VIRTUALIZAÇÃO       ENERGIA

                                          SERVIDORES       RECICLAGEM
   TI como parte do negócio da empresa;   BLADE

                                          ITIL     SOX     ARTIGO 186

   Novas tecnologias;                            TIA-942    ISO 27000

                                          AUDITORIAS        NBR 11515

   Aderência as normas / certificações;

   TI Verde;

   Alta disponibilidade.
Data Center
Perdas com Downtime
Data Center
Data Center
TIER    Downtime       SLA       Downtime       SLA
         mensal                    anual
                      (dt/720)                (dt/8760)

 TI     2h 20min      99,67%     28,8 horas   99,67%


T II    1h 50 min.    99,75%     22,0 horas   99,75%


T III     7 min.      99.9%      01,6 horas    99.9%


T IV      2 min.     99.99999% 00,4 horas 99.99999%
Data Center
Data Center
         Downtime
 SLA                   Custo
          mensal

95,00%   36,00 horas


98,00%   14,40 horas


99,00%    7,2 horas


99,50%    3,6 horas


99,90%   43 minutos


99,99%   4 minutos
Data Center
         Downtime
 SLA                   Custo
          mensal

95,00%   36,00 horas


98,00%   14,40 horas


99,00%    7,2 horas


99,50%    3,6 horas


99,90%   43 minutos


99,99%   4 minutos
Data Center
         Downtime
 SLA                   Custo
          mensal

95,00%   36,00 horas


98,00%   14,40 horas


99,00%    7,2 horas


99,50%    3,6 horas


99,90%   43 minutos


99,99%   4 minutos
Data Center
         Downtime
 SLA                   Custo
          mensal

95,00%   36,00 horas


98,00%   14,40 horas


99,00%    7,2 horas


99,50%    3,6 horas


99,90%   43 minutos


99,99%   4 minutos
Data Center
         Downtime
 SLA                   Custo
          mensal

95,00%   36,00 horas


98,00%   14,40 horas


99,00%    7,2 horas


99,50%    3,6 horas


99,90%   43 minutos


99,99%   4 minutos
Data Center
         Downtime
 SLA                   Custo
          mensal

95,00%   36,00 horas


98,00%   14,40 horas


99,00%    7,2 horas


99,50%    3,6 horas


99,90%   43 minutos


99,99%   4 minutos
Data Center
         Downtime
 SLA                   Custo
          mensal

95,00%   36,00 horas


98,00%   14,40 horas


99,00%    7,2 horas


99,50%    3,6 horas


99,90%   43 minutos


99,99%   4 minutos
Data Center

Exemplo de SLA
      Sua empresa vai contratar uma solução de terceirização
      de Data Center. O provedor 1 lhe oferece uma
      disponibilidade mensal de 99.5%. O provedor 2 lhe
      oferece uma disponibilidade anual de 99.8%.
      Qual devo contratar?
Gestão de Infra-
estrutura de TI
Gestão de Infra-estrutura
Desafios atuais dos gestores de TI
   Alinhar a disponibilidade dos serviços com as necessidades do negócio

   Reduzir os custos de manutenção da infra-estrutura

   Melhorar a resiliência da infra-estrutura

   Justificar o ROI da infra-estrutura

   Garantir as políticas de segurança da informação

   Atender aos requisitos legais / compliance

   Administrar ambientes de alta complexidade

   Administrar a dependência do negócio com a TI

   Gerenciar os riscos de TI
Gestão de Infra-estrutura
Gestão de Infra-estrutura
Gestão de Infra-estrutura
Desafios
      Pesquisa do Gartner apontou que 80% das causas de
      indisponibilidade de serviços de TI são referentes a:
          Aplicações não-testadas.

          Má gerência de mudanças.

          Sobrecarga de processamento.

          Falhas em procedimentos.

          Falhas no cumprimento de requisitos.

          Erros relacionados à segurança ou às rotinas de backup.
Gestão de Infra-estrutura
Metodologias / Melhores Práticas
       ITIL (Information Technology Infrastructure Library)

       CobiT (Control objectives for Information and related Technology)

       ISO/IEC 20.000

       BPM (Business Process Modeling)

       CMMI (Capability Maturity Model Integration)

       PMBOK (Project Management Body of Knowledge)
Gestão de Infra-estrutura
ITIL
Gestão da Inovação
Gestão da Inovação

Porque inovar em TI?


   TI depende da Inovação;



   Lei de Moore: capacidade de processamento dobra a cada 18 meses (Moore, 1965)
Gestão da Inovação

Porque inovar em TI?


   Inovação VS Invenção

   Invenção = nova idéia com potencial comercial

   Inovação = nova idéia quando explorada comercialmente

   Manual de Oslo - OECD (2004)
Gestão da Inovação

Barreiras à inovação


   Expertise: especialização maior que o necessário;

    Processos: valorização excessiva do processo atual;

    Recursos: falta de;

    Leis e normas: regulamentações podem impedir alterações
Gestão da Inovação
Ferramentas para gerir a inovação
   Gestão de portfólio de projetos

   Programa de idéias

   Inovação com fornecedores

   Redes de Inovação

   Método Delphi

   Auditoria Tecnológica
Gestão da Inovação

Ferramentas para gerir a inovação
   Análise de patentes

   Open Innovation

   Technology Roadmap

   Pesquisa centrada no usuário
Gestão de Custos em TI
Gestão de Custos em TI
Conceito
       Objetivo: Saber para onde está indo o dinheiro da
       Empresa !!!
               As faturas pagas refletem o que foi entregue?

               Os recursos estão otimizados?

               Os investimento estão sendo bem feitos?

               Os contratos foram bem negociados?

               Os processos de TI estão orientados pela redução de custos?
Gestão de Custos em TI
Quanto custa um computador na sua empresa?
Gestão de Custos em TI
Quanto custa um computador na sua empresa?
                      SW Básico
         Manutenção                         Manutenção SW




    Gerente                                            Help
    TI                                                 Desk




    Analista
                                                  Analista
    Segurança                     Técnico
                                                  Suporte
                                  Suporte
Gestão de Custos em TI
Conceitos

      Análise!              Análise!
                      X!
     Contábil!             Financeira!



         Bens + !            Lucratividade!
       Direitos + !          + viabilidade!
       Obrigações!         + fluxo de caixa $$!
      = Patrimônio!         = Rentabilidade!
Gestão de Custos em TI
      Conceitos
!                                      !"#$ %&'$ (")$ *+)$ (",$ !-#$
    !"#$%$&'()*+,)-./.0$/1()23454446) 735444) 735444) 735444) 735444) 735444) 735444)
    8+%9+%/%)                           7:44)   7:44)   7:44)   7:44)   7:44)   7:44)
    ;+0+$</)                           35:44) 35:44) 35:44) 35:44) 35:44) 35:44)
    =,9(%<(%)                           7>44)   7>44)   7>44)   7>44)   7>44)   7>44)
    ./0123*45$%,#"#6&,)7$               89::$   89::$   89::$   89::$   89::$   89::$



                            !-#$
    ?/<@$,A.$()             34444)
    B*@$C/&D+%)             734E44)
    ;+0+$</)                 F5444)
Gestão de Custos em TI
Conceitos

       CUSTOS!              X!   DESPESAS!


      Gastos alocáveis ao               Gastos para
      processo produtivo!             administração,
      (matéria prima, MO,        comercial ou financeiro.
         energia, etc.) !         (escritórios, comissão,
                                 salários administrativos,
                                            etc.)!
Gestão de Custos em TI
TCO
      Total Cost of Ownership ou Custo Total de Propriedade

      $ Aquisição + $ Instalação + $ Operação + $ Alteração + $ Eliminação

       Analisa apenas o custo, sem se preocupar com os benefícios (aumento de
      receita, inovação, redução de custos)

      Normalmente utilizados para custos de infra obrigatórios (e-mail, internet, etc.)

      É interessante para comparar investimento equiparáveis tecnicamente
Gestão de Custos em TI
TCO
       Uma empresa quer decidir entre 2 ERPs usando o TCO para avaliar o custo total
      em 5 anos
Gestão de Custos em TI
ROI
       Return on Investiment ou Retorno do Investimento

      Utilizado para que as empresas comparem qual tipo de investimento é melhor

      Mede a performance da TI = $ Investido / $ rendimento

      Não leva em consideração outros custos (custo de oportunidade)

       Mais utilizado para investimento de curto prazo ($ investimento perto do $
      rendimento)

      TI enxergada como fomentadora de negócios
Gestão de Custos em TI
ROI
       Para o ERP1 da empresa anterior, qual o Retorno do Investimento (ROI) para 5
      anos de operação
Gestão de Custos em TI
VPL
      Valor Presente Líquido

      VPL = Entradas de Caixa - Investimento

      Inclui a dimensão tempo na análise financeira

      Traz para o valor atual as entradas e saídas de caixa

      Normalmente

           VPL > 0 = retorno do projeto é maior que seu custo de capital

           VPL < 0 = retorno do projeto é menor que seu custo de capital
Gestão de Custos em TI
VPL
       Para o ERP1 da empresa anterior, qual o Retorno do Investimento (ROI) para 5
      anos de operação
Gestão de Custos em TI

TIR
      TIR: Taxa Interna de Retorno

      Valor de taxa que torna o VPL = 0 em um período

      Representa a rentabilidade em um determinado período

      É calculado através de iterações
Gestão de Custos em TI
TIR
      Para o ERP1 da empresa anterior a TIR em 5 anos é 66%
Gestão de Custos em TI
Custos ocultos em TI
Gestão de Custos em TI

Custos ocultos em TI


       Espaço físico: pode ser usado para atividades diretamente ligadas ao negócio

        Energia elétrica: um dos poucos custos que vem crescendo com o passar do
       tempo

        Conectividade: passa ser a base do funcionamento dos sistemas com a
       popularização da computação em nuvem
Gestão de Custos em TI

Custos ocultos em TI


        Arquitetura: inovação levam a mudanças na arquitetura de rede

        Segurança física e lógica: o patrimônio das empresas está agora na TI

        Licenças de SW: pode ser um custo variável

        Gerenciamento e Monitoramento: não basta adquirir, tem que manter rodando.
Gestão de Custos em TI
Custos ocultos em TI


        Custos com paradas não programadas

        Custos não previstos de mão de obra

        “Amarração” a fornecedores

        Depreciação

        Custos de atualização tecnológica

        Custos de desenvolvimento.
Terceirização de TI
Terceirização de TI
Por que terceirizar?
        Redução de custos com diversificação : é responsabilidade do DC manter a
       equipe atualizada

        Redução de custos com RH

        Redução de custos com adversidades: custos para TI é flat

        Redução de custos com infra: CAPEX x OPEX

        Redução de custos com espaço físico
Terceirização de TI
Por que terceirizar?
        Garantia de Uptime: contratos de SLA bem definidos

        Garantia de atualização tecnológica: é obrigação e interesse do DC manter a
       infra atualizada

        Agilidade no delivery: negociações morosas são mais rápidas

        Foco no Core Business: os negócios não são administrar TI

        TI como suporte ao negócio
Terceirização de TI

Por que não terceirizar?
        Caminho sem volta (ou a volta é muito cara)

        Perda de controle sobre a operação se não houver uma comunicação efetiva

        Preocupação com a segurança

        Preocupação com a escolha do fornecedor: vender o que não tem
Web 2.0
Web 2.0
Web = Plataforma = Colaboração
Web 2.0
Web 2.0 pela Web 2.0
Web 2.0
Conceito
Web 2.0
Conceito
Web 2.0
     Diferenças

                 Web 1.0                          Web 2.0

                                Colaboração ...
Informação ... Informação ...
                                Colaboração ...
Informação ...
                                Colaboração ...
Uma via                         Duas vias

Somente leitura                 Leitura e escrita.


Usuário expectador              Usuário faz parte do show
Web 2.0
Consequencia
Web 2.0
Integração de mídias
Web 2.0
Integração de mídias
Web 2.0
Integração de mídias
Web 2.0


 Integração de mídia
Web 2.0


 Integração de mídia
Web 2.0


 Integração de mídia
Web 2.0


 Integração de mídia
Web 2.0


 Integração de mídia
Web 2.0


  Integração de mídia
 Ao final de cada episódio você
escolhe se ele termina ou não !!
Web 2.0
Integração de mídias
Web 2.0
Integração de mídias
Web 2.0
Integração de mídias
Web 2.0
Google 1.0
Web 2.0
Google 2.0
Web 2.0
Yahoo 1995
Web 2.0
Yahoo 2000
Web 2.0
Yahoo 2005
Web 2.0
Yahoo 2010
Web 2.0
E nós com isso?
                  • O país mais online do mundo (23
                  horas por mês em média)


                  • O 2º país que mais acessa o Youtube


                  • O 4º país em acesso ao Second Life


                  • O 1º país em acesso ao Orkut


                  • 40 milhões de pessoas conectadas
Web 2.0
Conceito
   Geração X vs Geração Y vs Geração Z

   Incremento da participação e colaboração

   Popularização da Internet

   Inclusão digital (Classe C na rede)
Web 2.0
Antes era assim ...

           paulofg@gmail.com
Web 2.0
Agora é assim ...

     paulofg@gmail.com

     www.linkedin.com/in/nascimentopaulo

     www.slideshare.com/paulonascimento

     Paulo Nascimento

     www.paulonascimento.net
Web 2.0
... e não para ...
Web 2.0
E a TI?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Redes de computadores
Redes de computadoresRedes de computadores
Redes de computadoresAron Sporkens
 
Informática Aplicada - Rede de computadores
Informática Aplicada - Rede de computadoresInformática Aplicada - Rede de computadores
Informática Aplicada - Rede de computadoresAnderson Pontes
 
Indicadores na Gestão de Riscos de Segurança da Informação
Indicadores na Gestão de Riscos de Segurança da InformaçãoIndicadores na Gestão de Riscos de Segurança da Informação
Indicadores na Gestão de Riscos de Segurança da InformaçãoMarcelo Martins
 
Arquitetura Cliente-Servidor
Arquitetura Cliente-ServidorArquitetura Cliente-Servidor
Arquitetura Cliente-ServidorIsrael Messias
 
Gerência de redes utilizando o cacti
Gerência de redes utilizando o cactiGerência de redes utilizando o cacti
Gerência de redes utilizando o cactiIsraelCunha
 
Apostila Java Web (Servlets e JSPs)
Apostila Java Web (Servlets e JSPs)Apostila Java Web (Servlets e JSPs)
Apostila Java Web (Servlets e JSPs)Ricardo Terra
 
Redes 1 introducao historico conceitos
Redes 1 introducao historico conceitosRedes 1 introducao historico conceitos
Redes 1 introducao historico conceitosMauro Pereira
 
As boas práticas da Gestão de Dados Moderna
As boas práticas da Gestão de Dados ModernaAs boas práticas da Gestão de Dados Moderna
As boas práticas da Gestão de Dados ModernaBergson Lopes Rêgo, PMP
 
Aula 1 fundamentos de redes de computadores
Aula 1   fundamentos de redes de computadoresAula 1   fundamentos de redes de computadores
Aula 1 fundamentos de redes de computadoreswab030
 
Gerenciamento de Infraestrutura de TIC com ITIL
Gerenciamento de Infraestrutura de TIC com ITILGerenciamento de Infraestrutura de TIC com ITIL
Gerenciamento de Infraestrutura de TIC com ITILRildo (@rildosan) Santos
 
Banco de Dados Orientado a Objetos
Banco de Dados Orientado a ObjetosBanco de Dados Orientado a Objetos
Banco de Dados Orientado a ObjetosSuzana Viana Mota
 
Redes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDP
Redes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDPRedes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDP
Redes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDPMauro Tapajós
 
Instalação, configuração e administração de um SO Cliente/Servidor
Instalação, configuração e administração de um SO Cliente/ServidorInstalação, configuração e administração de um SO Cliente/Servidor
Instalação, configuração e administração de um SO Cliente/ServidorEdgar Costa
 
Adoção da TI Verde na Administração das Redes de Computadores - Projeto de Pe...
Adoção da TI Verde na Administração das Redes de Computadores - Projeto de Pe...Adoção da TI Verde na Administração das Redes de Computadores - Projeto de Pe...
Adoção da TI Verde na Administração das Redes de Computadores - Projeto de Pe...Ministério Público da Paraíba
 
Sistemas operacionais arquitetura proprietários ui
Sistemas operacionais arquitetura proprietários uiSistemas operacionais arquitetura proprietários ui
Sistemas operacionais arquitetura proprietários uiJoão Freire Abramowicz
 
Topologias de redes.
Topologias de redes.Topologias de redes.
Topologias de redes.Bianca Silva
 

Mais procurados (20)

Redes de computadores
Redes de computadoresRedes de computadores
Redes de computadores
 
Informática Aplicada - Rede de computadores
Informática Aplicada - Rede de computadoresInformática Aplicada - Rede de computadores
Informática Aplicada - Rede de computadores
 
Indicadores na Gestão de Riscos de Segurança da Informação
Indicadores na Gestão de Riscos de Segurança da InformaçãoIndicadores na Gestão de Riscos de Segurança da Informação
Indicadores na Gestão de Riscos de Segurança da Informação
 
Arquitetura Cliente-Servidor
Arquitetura Cliente-ServidorArquitetura Cliente-Servidor
Arquitetura Cliente-Servidor
 
Gerência de redes utilizando o cacti
Gerência de redes utilizando o cactiGerência de redes utilizando o cacti
Gerência de redes utilizando o cacti
 
Redes de comunicação - TGPSI
Redes de comunicação - TGPSIRedes de comunicação - TGPSI
Redes de comunicação - TGPSI
 
Apostila Java Web (Servlets e JSPs)
Apostila Java Web (Servlets e JSPs)Apostila Java Web (Servlets e JSPs)
Apostila Java Web (Servlets e JSPs)
 
Modelos de Banco de dados e SGBDS
Modelos de Banco de dados e SGBDSModelos de Banco de dados e SGBDS
Modelos de Banco de dados e SGBDS
 
Redes 1 introducao historico conceitos
Redes 1 introducao historico conceitosRedes 1 introducao historico conceitos
Redes 1 introducao historico conceitos
 
As boas práticas da Gestão de Dados Moderna
As boas práticas da Gestão de Dados ModernaAs boas práticas da Gestão de Dados Moderna
As boas práticas da Gestão de Dados Moderna
 
Aula 1 fundamentos de redes de computadores
Aula 1   fundamentos de redes de computadoresAula 1   fundamentos de redes de computadores
Aula 1 fundamentos de redes de computadores
 
Calculo de endereço ip
Calculo de endereço ipCalculo de endereço ip
Calculo de endereço ip
 
Gerenciamento de Infraestrutura de TIC com ITIL
Gerenciamento de Infraestrutura de TIC com ITILGerenciamento de Infraestrutura de TIC com ITIL
Gerenciamento de Infraestrutura de TIC com ITIL
 
Banco de Dados Orientado a Objetos
Banco de Dados Orientado a ObjetosBanco de Dados Orientado a Objetos
Banco de Dados Orientado a Objetos
 
Redes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDP
Redes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDPRedes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDP
Redes de computadores II - 4.Camada de Transporte TCP e UDP
 
Instalação, configuração e administração de um SO Cliente/Servidor
Instalação, configuração e administração de um SO Cliente/ServidorInstalação, configuração e administração de um SO Cliente/Servidor
Instalação, configuração e administração de um SO Cliente/Servidor
 
Adoção da TI Verde na Administração das Redes de Computadores - Projeto de Pe...
Adoção da TI Verde na Administração das Redes de Computadores - Projeto de Pe...Adoção da TI Verde na Administração das Redes de Computadores - Projeto de Pe...
Adoção da TI Verde na Administração das Redes de Computadores - Projeto de Pe...
 
Sistemas operacionais arquitetura proprietários ui
Sistemas operacionais arquitetura proprietários uiSistemas operacionais arquitetura proprietários ui
Sistemas operacionais arquitetura proprietários ui
 
Topologias de redes.
Topologias de redes.Topologias de redes.
Topologias de redes.
 
Cmmi e mps.Br
Cmmi e mps.BrCmmi e mps.Br
Cmmi e mps.Br
 

Destaque

Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 1 - Introdução à disciplina
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 1 - Introdução à disciplinaGerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 1 - Introdução à disciplina
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 1 - Introdução à disciplinaHelder Lopes
 
Aula 1 - Gestão de Infraestrutura
Aula 1 - Gestão de InfraestruturaAula 1 - Gestão de Infraestrutura
Aula 1 - Gestão de InfraestruturaPaulo Nascimento
 
Gestão de Infraestrutura de TI
Gestão de Infraestrutura de TIGestão de Infraestrutura de TI
Gestão de Infraestrutura de TIRóger Marroni
 
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Ferramentas de Gerenciamento - Co...
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Ferramentas de Gerenciamento - Co...Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Ferramentas de Gerenciamento - Co...
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Ferramentas de Gerenciamento - Co...Helder Lopes
 
Aula TI 1 - Infra-estrutura e redes
Aula TI 1 - Infra-estrutura e redesAula TI 1 - Infra-estrutura e redes
Aula TI 1 - Infra-estrutura e redessionara14
 
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 5 - contexto organizacional
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 5 - contexto organizacionalGerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 5 - contexto organizacional
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 5 - contexto organizacionalHelder Lopes
 
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...Helder Lopes
 
Gerenciamento e administração de Redes
Gerenciamento e administração de RedesGerenciamento e administração de Redes
Gerenciamento e administração de RedesHelder Lopes
 
Resumo: Oportunidade de Negocio Herbalife
Resumo: Oportunidade de Negocio HerbalifeResumo: Oportunidade de Negocio Herbalife
Resumo: Oportunidade de Negocio HerbalifeHelder Lopes
 
Infra-estrutura de TI
Infra-estrutura de TIInfra-estrutura de TI
Infra-estrutura de TIemmonks
 
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case Rildo (@rildosan) Santos
 
Gestão da tecnologia e inovação
Gestão da tecnologia e inovaçãoGestão da tecnologia e inovação
Gestão da tecnologia e inovaçãoSandra Schneider
 
Redes locais-Infra-estrutura de rede nas escolas públicas portuguesas
Redes locais-Infra-estrutura de rede nas escolas públicas portuguesasRedes locais-Infra-estrutura de rede nas escolas públicas portuguesas
Redes locais-Infra-estrutura de rede nas escolas públicas portuguesasSergio Pinto
 
Administracao de infraestrutura_zope_plone
Administracao de infraestrutura_zope_ploneAdministracao de infraestrutura_zope_plone
Administracao de infraestrutura_zope_plonemarkondess
 

Destaque (20)

Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 1 - Introdução à disciplina
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 1 - Introdução à disciplinaGerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 1 - Introdução à disciplina
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 1 - Introdução à disciplina
 
Aula 1 - Gestão de Infraestrutura
Aula 1 - Gestão de InfraestruturaAula 1 - Gestão de Infraestrutura
Aula 1 - Gestão de Infraestrutura
 
Gestão de Infraestrutura de TI
Gestão de Infraestrutura de TIGestão de Infraestrutura de TI
Gestão de Infraestrutura de TI
 
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Ferramentas de Gerenciamento - Co...
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Ferramentas de Gerenciamento - Co...Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Ferramentas de Gerenciamento - Co...
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 3 - Ferramentas de Gerenciamento - Co...
 
Aula TI 1 - Infra-estrutura e redes
Aula TI 1 - Infra-estrutura e redesAula TI 1 - Infra-estrutura e redes
Aula TI 1 - Infra-estrutura e redes
 
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 5 - contexto organizacional
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 5 - contexto organizacionalGerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 5 - contexto organizacional
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 5 - contexto organizacional
 
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...
 
Gerenciamento e administração de Redes
Gerenciamento e administração de RedesGerenciamento e administração de Redes
Gerenciamento e administração de Redes
 
Resumo: Oportunidade de Negocio Herbalife
Resumo: Oportunidade de Negocio HerbalifeResumo: Oportunidade de Negocio Herbalife
Resumo: Oportunidade de Negocio Herbalife
 
Infra-estrutura de TI
Infra-estrutura de TIInfra-estrutura de TI
Infra-estrutura de TI
 
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
Como demonstrar ROI das entregas de valor com Business Case
 
Análise de Negócio na Perspectiva de BI
Análise de Negócio na Perspectiva de BIAnálise de Negócio na Perspectiva de BI
Análise de Negócio na Perspectiva de BI
 
Resumo do Guia BABOK® 3
Resumo do Guia BABOK®  3 Resumo do Guia BABOK®  3
Resumo do Guia BABOK® 3
 
Gestão da tecnologia e inovação
Gestão da tecnologia e inovaçãoGestão da tecnologia e inovação
Gestão da tecnologia e inovação
 
Redes locais-Infra-estrutura de rede nas escolas públicas portuguesas
Redes locais-Infra-estrutura de rede nas escolas públicas portuguesasRedes locais-Infra-estrutura de rede nas escolas públicas portuguesas
Redes locais-Infra-estrutura de rede nas escolas públicas portuguesas
 
Administracao de infraestrutura_zope_plone
Administracao de infraestrutura_zope_ploneAdministracao de infraestrutura_zope_plone
Administracao de infraestrutura_zope_plone
 
Windows Server 2008: Gerenciamento
Windows Server 2008: GerenciamentoWindows Server 2008: Gerenciamento
Windows Server 2008: Gerenciamento
 
Backup do Windows Server 2008
Backup do Windows Server 2008Backup do Windows Server 2008
Backup do Windows Server 2008
 
Metropolie Polskie W Roku 2030
Metropolie Polskie W Roku 2030Metropolie Polskie W Roku 2030
Metropolie Polskie W Roku 2030
 
Estudos disciplinares 9 período
Estudos disciplinares 9 períodoEstudos disciplinares 9 período
Estudos disciplinares 9 período
 

Semelhante a Mini Curso - Gestão de Infraestrutura de TI

C:\fakepath\palestra infra ocemg
C:\fakepath\palestra infra  ocemgC:\fakepath\palestra infra  ocemg
C:\fakepath\palestra infra ocemgPaulo Nascimento
 
Omar Mussi Ti Inside 25 Ago 2009 GovernançA De Ti Com ServiçOs De Terceiros
Omar Mussi   Ti Inside 25 Ago 2009 GovernançA De Ti Com ServiçOs De TerceirosOmar Mussi   Ti Inside 25 Ago 2009 GovernançA De Ti Com ServiçOs De Terceiros
Omar Mussi Ti Inside 25 Ago 2009 GovernançA De Ti Com ServiçOs De TerceirosOmar Mussi
 
AE Rio 2011 - Desafio da implantação de arquitetura de TI
AE Rio 2011 - Desafio da implantação de arquitetura de TIAE Rio 2011 - Desafio da implantação de arquitetura de TI
AE Rio 2011 - Desafio da implantação de arquitetura de TIFernando Botafogo
 
Gestao de Serviços de TI - 2009
Gestao de Serviços  de TI - 2009Gestao de Serviços  de TI - 2009
Gestao de Serviços de TI - 2009Márcio Amaro
 
Service Now
Service NowService Now
Service NowMundo PM
 
Apresentacao Aula Parte1
Apresentacao Aula Parte1Apresentacao Aula Parte1
Apresentacao Aula Parte1Humberto Fontes
 
Service Desk - Visão de Serviço de TI
Service Desk -  Visão de Serviço de TIService Desk -  Visão de Serviço de TI
Service Desk - Visão de Serviço de TIguestd462b
 
Apresentacao Aula Parte2
Apresentacao Aula Parte2Apresentacao Aula Parte2
Apresentacao Aula Parte2Humberto Fontes
 
ROI e Valor Econômico da Virtualização de Dados
ROI e Valor Econômico da Virtualização de DadosROI e Valor Econômico da Virtualização de Dados
ROI e Valor Econômico da Virtualização de DadosDenodo
 
I Forum GSTI - Microsoft
I Forum GSTI -  MicrosoftI Forum GSTI -  Microsoft
I Forum GSTI - MicrosoftMarcos Andre
 
Service Desk e Customer Care Premier Plataforma Cool Vendor 2016
Service Desk e Customer Care Premier Plataforma Cool Vendor 2016Service Desk e Customer Care Premier Plataforma Cool Vendor 2016
Service Desk e Customer Care Premier Plataforma Cool Vendor 2016Jorge Biesczad Jr.
 
Apresentação (resumido) oxti
Apresentação (resumido)   oxtiApresentação (resumido)   oxti
Apresentação (resumido) oxtiOXTI
 
Apostila cobit fgv
Apostila cobit fgvApostila cobit fgv
Apostila cobit fgvlanuyt
 
Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)
Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)
Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)Jose Rudy
 
Workshop Catálogo de serviços - Visão Executiva
Workshop  Catálogo de serviços - Visão ExecutivaWorkshop  Catálogo de serviços - Visão Executiva
Workshop Catálogo de serviços - Visão ExecutivaBlue Hawk - B&IT Management
 

Semelhante a Mini Curso - Gestão de Infraestrutura de TI (20)

C:\fakepath\palestra infra ocemg
C:\fakepath\palestra infra  ocemgC:\fakepath\palestra infra  ocemg
C:\fakepath\palestra infra ocemg
 
Palestra Infra OCEMG
Palestra Infra OCEMGPalestra Infra OCEMG
Palestra Infra OCEMG
 
Omar Mussi Ti Inside 25 Ago 2009 GovernançA De Ti Com ServiçOs De Terceiros
Omar Mussi   Ti Inside 25 Ago 2009 GovernançA De Ti Com ServiçOs De TerceirosOmar Mussi   Ti Inside 25 Ago 2009 GovernançA De Ti Com ServiçOs De Terceiros
Omar Mussi Ti Inside 25 Ago 2009 GovernançA De Ti Com ServiçOs De Terceiros
 
AE Rio 2011 - Desafio da implantação de arquitetura de TI
AE Rio 2011 - Desafio da implantação de arquitetura de TIAE Rio 2011 - Desafio da implantação de arquitetura de TI
AE Rio 2011 - Desafio da implantação de arquitetura de TI
 
Gestao de Serviços de TI - 2009
Gestao de Serviços  de TI - 2009Gestao de Serviços  de TI - 2009
Gestao de Serviços de TI - 2009
 
Service Now
Service NowService Now
Service Now
 
Apresentação Dominit 2012
Apresentação Dominit 2012Apresentação Dominit 2012
Apresentação Dominit 2012
 
Apresentacao Aula Parte1
Apresentacao Aula Parte1Apresentacao Aula Parte1
Apresentacao Aula Parte1
 
Service Desk - Visão de Serviço de TI
Service Desk -  Visão de Serviço de TIService Desk -  Visão de Serviço de TI
Service Desk - Visão de Serviço de TI
 
Gestão estratégica de TI
Gestão estratégica de TIGestão estratégica de TI
Gestão estratégica de TI
 
Apresentacao Aula Parte2
Apresentacao Aula Parte2Apresentacao Aula Parte2
Apresentacao Aula Parte2
 
ROI e Valor Econômico da Virtualização de Dados
ROI e Valor Econômico da Virtualização de DadosROI e Valor Econômico da Virtualização de Dados
ROI e Valor Econômico da Virtualização de Dados
 
I Forum GSTI - Microsoft
I Forum GSTI -  MicrosoftI Forum GSTI -  Microsoft
I Forum GSTI - Microsoft
 
Gerenciamento de Serviços de TI
Gerenciamento de Serviços de TIGerenciamento de Serviços de TI
Gerenciamento de Serviços de TI
 
Service Desk e Customer Care Premier Plataforma Cool Vendor 2016
Service Desk e Customer Care Premier Plataforma Cool Vendor 2016Service Desk e Customer Care Premier Plataforma Cool Vendor 2016
Service Desk e Customer Care Premier Plataforma Cool Vendor 2016
 
Apresentação (resumido) oxti
Apresentação (resumido)   oxtiApresentação (resumido)   oxti
Apresentação (resumido) oxti
 
Cloud Computing
Cloud ComputingCloud Computing
Cloud Computing
 
Apostila cobit fgv
Apostila cobit fgvApostila cobit fgv
Apostila cobit fgv
 
Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)
Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)
Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)
 
Workshop Catálogo de serviços - Visão Executiva
Workshop  Catálogo de serviços - Visão ExecutivaWorkshop  Catálogo de serviços - Visão Executiva
Workshop Catálogo de serviços - Visão Executiva
 

Mais de Paulo Nascimento

Mais de Paulo Nascimento (7)

Slides SENAC aula 3
Slides SENAC aula 3Slides SENAC aula 3
Slides SENAC aula 3
 
Slides SENAC Aula 2
Slides SENAC Aula 2Slides SENAC Aula 2
Slides SENAC Aula 2
 
Slides SENAC Aula 1
Slides SENAC Aula 1Slides SENAC Aula 1
Slides SENAC Aula 1
 
Defesa
DefesaDefesa
Defesa
 
Defesa
DefesaDefesa
Defesa
 
Artigo Anpad Gestão Inovação
Artigo Anpad Gestão InovaçãoArtigo Anpad Gestão Inovação
Artigo Anpad Gestão Inovação
 
Dissertação Mestrado Paulo
Dissertação Mestrado PauloDissertação Mestrado Paulo
Dissertação Mestrado Paulo
 

Mini Curso - Gestão de Infraestrutura de TI

  • 1. Gestão de Infra-estrutura e custos em TI Mini-curso Paulo Nascimento
  • 2. Ementa Posicionamento estratégico Conceitos de Gestão de Infra- estrutura de TI Gerenciamento de Custos TI Ousourcing SLM Comunicação / Papel da TI
  • 4. Infra-estrutura de TI “Infra-estrutura de TI é a base da capacidade da tecnologia de informação, tida como serviços confiáveis compartilhados pela empresa e coordenados centralmente, geralmente pelo grupo de sistemas de informação. O conjunto de serviços de infra-estrutura fornece a capacidade humana e técnica que alavanca a capacidade do negócio necessária para o posicionamento competitivo da empresa.” Peter Weill
  • 5. Infra-estrutura de TI Hardware: a parte física Servidores Desktops/Notebooks Telefones e celulares
  • 6. Infra-estrutura de TI Hardware: a parte física Servidores Desktops/Notebooks Telefones e celulares
  • 7. Infra-estrutura de TI Software: a parte lógica Sistemas Operacionais Banco de Dados Sistemas Web ERPs
  • 8. Infra-estrutura de TI Software: a parte lógica Sistemas Operacionais Banco de Dados Sistemas Web ERPs
  • 9. Infra-estrutura de TI Rede: o elo de ligação Links Internet Rede MPLS Link de Satélite Rede Telefônica
  • 10. Infra-estrutura de TI Rede: o elo de ligação Links Internet Rede MPLS Link de Satélite Rede Telefônica
  • 11. Infra-estrutura de TI Pessoas: a parte quem pensa Analistas de Suporte Analistas de Sistemas Desenvolvedores Service Desk
  • 12. Infra-estrutura de TI Pessoas: a parte quem pensa Analistas de Suporte Analistas de Sistemas Desenvolvedores Service Desk
  • 13. Data Center O que é? “A building or portion of a building whose primary function is to house a computer room and its support areas.” ANSI/EIA/TIA 942
  • 14. Data Center Valor da Informação Imagem da empresa Continuidade do serviço Equipamentos
  • 15. Data Center Evolução de Data Centers Data Center 3.0 Data Center 2.0 Serviços Orientados, Data Center 1.0 Baseados na Web 2.0 Cliente-Servidor e arquitetura distribuída Controle e importância da TI Mainframe Consolidação Virtualização Automatização Centralizado Descentralizado Virtualização Aplicação – Arquitetura - Evolução
  • 16. Data Center Porque investir? Preservação das informações; VIRTUALIZAÇÃO ENERGIA SERVIDORES RECICLAGEM TI como parte do negócio da empresa; BLADE ITIL SOX ARTIGO 186 Novas tecnologias; TIA-942 ISO 27000 AUDITORIAS NBR 11515 Aderência as normas / certificações; TI Verde; Alta disponibilidade.
  • 19. Data Center TIER Downtime SLA Downtime SLA mensal anual (dt/720) (dt/8760) TI 2h 20min 99,67% 28,8 horas 99,67% T II 1h 50 min. 99,75% 22,0 horas 99,75% T III 7 min. 99.9% 01,6 horas 99.9% T IV 2 min. 99.99999% 00,4 horas 99.99999%
  • 21. Data Center Downtime SLA Custo mensal 95,00% 36,00 horas 98,00% 14,40 horas 99,00% 7,2 horas 99,50% 3,6 horas 99,90% 43 minutos 99,99% 4 minutos
  • 22. Data Center Downtime SLA Custo mensal 95,00% 36,00 horas 98,00% 14,40 horas 99,00% 7,2 horas 99,50% 3,6 horas 99,90% 43 minutos 99,99% 4 minutos
  • 23. Data Center Downtime SLA Custo mensal 95,00% 36,00 horas 98,00% 14,40 horas 99,00% 7,2 horas 99,50% 3,6 horas 99,90% 43 minutos 99,99% 4 minutos
  • 24. Data Center Downtime SLA Custo mensal 95,00% 36,00 horas 98,00% 14,40 horas 99,00% 7,2 horas 99,50% 3,6 horas 99,90% 43 minutos 99,99% 4 minutos
  • 25. Data Center Downtime SLA Custo mensal 95,00% 36,00 horas 98,00% 14,40 horas 99,00% 7,2 horas 99,50% 3,6 horas 99,90% 43 minutos 99,99% 4 minutos
  • 26. Data Center Downtime SLA Custo mensal 95,00% 36,00 horas 98,00% 14,40 horas 99,00% 7,2 horas 99,50% 3,6 horas 99,90% 43 minutos 99,99% 4 minutos
  • 27. Data Center Downtime SLA Custo mensal 95,00% 36,00 horas 98,00% 14,40 horas 99,00% 7,2 horas 99,50% 3,6 horas 99,90% 43 minutos 99,99% 4 minutos
  • 28. Data Center Exemplo de SLA Sua empresa vai contratar uma solução de terceirização de Data Center. O provedor 1 lhe oferece uma disponibilidade mensal de 99.5%. O provedor 2 lhe oferece uma disponibilidade anual de 99.8%. Qual devo contratar?
  • 30. Gestão de Infra-estrutura Desafios atuais dos gestores de TI Alinhar a disponibilidade dos serviços com as necessidades do negócio Reduzir os custos de manutenção da infra-estrutura Melhorar a resiliência da infra-estrutura Justificar o ROI da infra-estrutura Garantir as políticas de segurança da informação Atender aos requisitos legais / compliance Administrar ambientes de alta complexidade Administrar a dependência do negócio com a TI Gerenciar os riscos de TI
  • 33. Gestão de Infra-estrutura Desafios Pesquisa do Gartner apontou que 80% das causas de indisponibilidade de serviços de TI são referentes a: Aplicações não-testadas. Má gerência de mudanças. Sobrecarga de processamento. Falhas em procedimentos. Falhas no cumprimento de requisitos. Erros relacionados à segurança ou às rotinas de backup.
  • 34. Gestão de Infra-estrutura Metodologias / Melhores Práticas ITIL (Information Technology Infrastructure Library) CobiT (Control objectives for Information and related Technology) ISO/IEC 20.000 BPM (Business Process Modeling) CMMI (Capability Maturity Model Integration) PMBOK (Project Management Body of Knowledge)
  • 37. Gestão da Inovação Porque inovar em TI? TI depende da Inovação; Lei de Moore: capacidade de processamento dobra a cada 18 meses (Moore, 1965)
  • 38. Gestão da Inovação Porque inovar em TI? Inovação VS Invenção Invenção = nova idéia com potencial comercial Inovação = nova idéia quando explorada comercialmente Manual de Oslo - OECD (2004)
  • 39. Gestão da Inovação Barreiras à inovação Expertise: especialização maior que o necessário; Processos: valorização excessiva do processo atual; Recursos: falta de; Leis e normas: regulamentações podem impedir alterações
  • 40. Gestão da Inovação Ferramentas para gerir a inovação Gestão de portfólio de projetos Programa de idéias Inovação com fornecedores Redes de Inovação Método Delphi Auditoria Tecnológica
  • 41. Gestão da Inovação Ferramentas para gerir a inovação Análise de patentes Open Innovation Technology Roadmap Pesquisa centrada no usuário
  • 43. Gestão de Custos em TI Conceito Objetivo: Saber para onde está indo o dinheiro da Empresa !!! As faturas pagas refletem o que foi entregue? Os recursos estão otimizados? Os investimento estão sendo bem feitos? Os contratos foram bem negociados? Os processos de TI estão orientados pela redução de custos?
  • 44. Gestão de Custos em TI Quanto custa um computador na sua empresa?
  • 45. Gestão de Custos em TI Quanto custa um computador na sua empresa? SW Básico Manutenção Manutenção SW Gerente Help TI Desk Analista Analista Segurança Técnico Suporte Suporte
  • 46. Gestão de Custos em TI Conceitos Análise! Análise! X! Contábil! Financeira! Bens + ! Lucratividade! Direitos + ! + viabilidade! Obrigações! + fluxo de caixa $$! = Patrimônio! = Rentabilidade!
  • 47. Gestão de Custos em TI Conceitos ! !"#$ %&'$ (")$ *+)$ (",$ !-#$ !"#$%$&'()*+,)-./.0$/1()23454446) 735444) 735444) 735444) 735444) 735444) 735444) 8+%9+%/%) 7:44) 7:44) 7:44) 7:44) 7:44) 7:44) ;+0+$</) 35:44) 35:44) 35:44) 35:44) 35:44) 35:44) =,9(%<(%) 7>44) 7>44) 7>44) 7>44) 7>44) 7>44) ./0123*45$%,#"#6&,)7$ 89::$ 89::$ 89::$ 89::$ 89::$ 89::$ !-#$ ?/<@$,A.$() 34444) B*@$C/&D+%) 734E44) ;+0+$</) F5444)
  • 48. Gestão de Custos em TI Conceitos CUSTOS! X! DESPESAS! Gastos alocáveis ao Gastos para processo produtivo! administração, (matéria prima, MO, comercial ou financeiro. energia, etc.) ! (escritórios, comissão, salários administrativos, etc.)!
  • 49. Gestão de Custos em TI TCO Total Cost of Ownership ou Custo Total de Propriedade $ Aquisição + $ Instalação + $ Operação + $ Alteração + $ Eliminação Analisa apenas o custo, sem se preocupar com os benefícios (aumento de receita, inovação, redução de custos) Normalmente utilizados para custos de infra obrigatórios (e-mail, internet, etc.) É interessante para comparar investimento equiparáveis tecnicamente
  • 50. Gestão de Custos em TI TCO Uma empresa quer decidir entre 2 ERPs usando o TCO para avaliar o custo total em 5 anos
  • 51. Gestão de Custos em TI ROI Return on Investiment ou Retorno do Investimento Utilizado para que as empresas comparem qual tipo de investimento é melhor Mede a performance da TI = $ Investido / $ rendimento Não leva em consideração outros custos (custo de oportunidade) Mais utilizado para investimento de curto prazo ($ investimento perto do $ rendimento) TI enxergada como fomentadora de negócios
  • 52. Gestão de Custos em TI ROI Para o ERP1 da empresa anterior, qual o Retorno do Investimento (ROI) para 5 anos de operação
  • 53. Gestão de Custos em TI VPL Valor Presente Líquido VPL = Entradas de Caixa - Investimento Inclui a dimensão tempo na análise financeira Traz para o valor atual as entradas e saídas de caixa Normalmente VPL > 0 = retorno do projeto é maior que seu custo de capital VPL < 0 = retorno do projeto é menor que seu custo de capital
  • 54. Gestão de Custos em TI VPL Para o ERP1 da empresa anterior, qual o Retorno do Investimento (ROI) para 5 anos de operação
  • 55. Gestão de Custos em TI TIR TIR: Taxa Interna de Retorno Valor de taxa que torna o VPL = 0 em um período Representa a rentabilidade em um determinado período É calculado através de iterações
  • 56. Gestão de Custos em TI TIR Para o ERP1 da empresa anterior a TIR em 5 anos é 66%
  • 57. Gestão de Custos em TI Custos ocultos em TI
  • 58. Gestão de Custos em TI Custos ocultos em TI Espaço físico: pode ser usado para atividades diretamente ligadas ao negócio Energia elétrica: um dos poucos custos que vem crescendo com o passar do tempo Conectividade: passa ser a base do funcionamento dos sistemas com a popularização da computação em nuvem
  • 59. Gestão de Custos em TI Custos ocultos em TI Arquitetura: inovação levam a mudanças na arquitetura de rede Segurança física e lógica: o patrimônio das empresas está agora na TI Licenças de SW: pode ser um custo variável Gerenciamento e Monitoramento: não basta adquirir, tem que manter rodando.
  • 60. Gestão de Custos em TI Custos ocultos em TI Custos com paradas não programadas Custos não previstos de mão de obra “Amarração” a fornecedores Depreciação Custos de atualização tecnológica Custos de desenvolvimento.
  • 62. Terceirização de TI Por que terceirizar? Redução de custos com diversificação : é responsabilidade do DC manter a equipe atualizada Redução de custos com RH Redução de custos com adversidades: custos para TI é flat Redução de custos com infra: CAPEX x OPEX Redução de custos com espaço físico
  • 63. Terceirização de TI Por que terceirizar? Garantia de Uptime: contratos de SLA bem definidos Garantia de atualização tecnológica: é obrigação e interesse do DC manter a infra atualizada Agilidade no delivery: negociações morosas são mais rápidas Foco no Core Business: os negócios não são administrar TI TI como suporte ao negócio
  • 64. Terceirização de TI Por que não terceirizar? Caminho sem volta (ou a volta é muito cara) Perda de controle sobre a operação se não houver uma comunicação efetiva Preocupação com a segurança Preocupação com a escolha do fornecedor: vender o que não tem
  • 66. Web 2.0 Web = Plataforma = Colaboração
  • 67. Web 2.0 Web 2.0 pela Web 2.0
  • 70. Web 2.0 Diferenças Web 1.0 Web 2.0 Colaboração ... Informação ... Informação ... Colaboração ... Informação ... Colaboração ... Uma via Duas vias Somente leitura Leitura e escrita. Usuário expectador Usuário faz parte do show
  • 75. Web 2.0 Integração de mídia
  • 76. Web 2.0 Integração de mídia
  • 77. Web 2.0 Integração de mídia
  • 78. Web 2.0 Integração de mídia
  • 79. Web 2.0 Integração de mídia
  • 80. Web 2.0 Integração de mídia Ao final de cada episódio você escolhe se ele termina ou não !!
  • 90. Web 2.0 E nós com isso? • O país mais online do mundo (23 horas por mês em média) • O 2º país que mais acessa o Youtube • O 4º país em acesso ao Second Life • O 1º país em acesso ao Orkut • 40 milhões de pessoas conectadas
  • 91. Web 2.0 Conceito Geração X vs Geração Y vs Geração Z Incremento da participação e colaboração Popularização da Internet Inclusão digital (Classe C na rede)
  • 92. Web 2.0 Antes era assim ... paulofg@gmail.com
  • 93. Web 2.0 Agora é assim ... paulofg@gmail.com www.linkedin.com/in/nascimentopaulo www.slideshare.com/paulonascimento Paulo Nascimento www.paulonascimento.net
  • 94. Web 2.0 ... e não para ...
  • 95. Web 2.0 E a TI?

Notas do Editor

  1. \n
  2. \n
  3. \n
  4. \n
  5. \n
  6. \n
  7. \n
  8. \n
  9. \n
  10. \n
  11. \n
  12. \n
  13. \n
  14. \n
  15. \n
  16. \n
  17. \n
  18. \n
  19. \n
  20. \n
  21. \n
  22. \n
  23. \n
  24. \n
  25. \n
  26. \n
  27. \n
  28. \n
  29. \n
  30. \n
  31. \n
  32. \n
  33. \n
  34. \n
  35. \n
  36. \n
  37. \n
  38. \n
  39. \n
  40. \n
  41. \n
  42. \n
  43. \n
  44. \n
  45. \n
  46. \n
  47. \n
  48. \n
  49. \n
  50. \n
  51. \n
  52. \n
  53. \n
  54. \n
  55. \n
  56. \n
  57. \n
  58. \n
  59. \n
  60. \n
  61. \n
  62. \n
  63. \n
  64. \n
  65. \n
  66. \n
  67. \n
  68. \n
  69. \n
  70. \n
  71. \n
  72. \n
  73. \n
  74. \n
  75. \n
  76. \n
  77. \n
  78. \n
  79. \n
  80. \n
  81. \n
  82. \n
  83. \n
  84. \n
  85. \n
  86. \n
  87. \n