SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 79
Baixar para ler offline
Ensino em Saúde e Ambientes Virtuais
Simpósio de Ensino em Saúde (IV SIES)
Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Programa de Pós-Graduação Ensino em Saúde – Mestrado Profissional
Profa. Dra. Elena Maria Mallmann
UFSM/PPGE/PPGTer elena.ufsm@gmail.com
Problematização inicialProblematização inicial
Qual a sua reação diante de controladores eletrônicos
de velocidade?
O que você faz quando avista um agente de trânsito
em uma autoestrada quando está em alta velocidade?
Fonte: Material Didático de autoria própria
Pontos para reflexão:Pontos para reflexão:
4) há ações e operações anteriores e/ou posteriores à
execução da ação específica?
Pontos para reflexão:Pontos para reflexão:
1) todos reagimos do mesmo modo?
2) quais os resultados possíveis nessas situações?
3) nossa reação é diferente diante de agentes de trânsito
e controladores eletrônicos de velocidade?
5) quais são as condições para conseguir
implementar a decisão tomada?
6) o que realmente garante que, a poucos metros
de distância do equipamento eletrônico,
conseguimos atingir a velocidade esperada?
7) o que leva um motorista a dirigir acima do limite
de velocidade permitido?
Pontos para reflexão:Pontos para reflexão:
Evento de trânsito velocidade
(esperada/limite/monitoramento):
Condições: contexto, tecnologias e ações envolvidas:
- sinalização adequada,
- bom funcionamento e potência do veículo,
- estradas em boas condições de tráfego,
- atenção e cuidado do motorista durante todo o percurso,
- respeito aos outros condutores,
- respeito aos pedestres,
- decisões e operações do motorista.
Pontos para reflexão:Pontos para reflexão:
Eventos educacionais:
condições (contexto, pessoas, conteúdos, políticas,
tecnologias e ações envolvidas)
Performance: docência/discência
Interação, colaboração e autonomia
a) O que entendemos por mediação pedagógica em
ambientes virtuais: qual o papel dos professores, tutores
e estudantes nesse processo?
Questões norteadorasQuestões norteadoras
Autor: Pawel Kuczynski
Matriz teórica: Teoria da Rede de Mediadores
Compreensão das singularidades do
processo de elaboração e
implementação de mediadores
impressos e hipermidiáticos, do
trabalho em equipe, produção de novos
recursos, da interação e colaboração
online.
Princípio central:
Mediação – Faz fazer.
MALLMANN, Elena Maria. Mediação Pedagógica em Educação a Distância: cartografia da performance docente no
processo de elaboração de materiais didáticos. 2008. 304 f. Tese de Doutorado em Educação, PPPGE, Universidade
Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008. Disponível em: http://www.tede.ufsc.br/teses/PEED0664-T.pdf
Referência: Bruno Latour
Mobilizam, potencializam ações?
Fazem fazer?
Mediadores Humanos e Não-
Humanos (H-NH)
Os mediadores são
constituídos pela
interferência que provocam
nas ações.
Rede composta de humanos,
animais, máquinas,
laboratórios e artefatos
tecnológicos.
Fonte: MALLMANN, Elena M. Redes e mediação: princípios epistemológicos da teoria da rede de mediadores em educação. Revista Iberoamericana de Educacion. N.o 54 (2010), pp. 221-241
Rede – ação – condições operacionais e ações
Plataformas virtuais/digitais
Ensinar e Aprender
Ambientes Virtuais de Ensino-Aprendizagem
AVEA
Mediação: compreende a conexão das interferências que potencializam a
ação e ao mesmo tempo a modificam.
Mediação pedagógica:
interferências e implicações dos
mediadores H-NH no processo
ensino-aprendizagem.
[…] intervenção, produção,
autoria e coautoria,
transformação, movimento,
evento […]
Desenvolvimento intelectual
Fonte: MALLMANN, Elena M. Mediação pedagógica em educação a distância: inovação na docência universitária no processo de elaboração de materiais didáticos. RIED v. 13: 1, 2010, pp 157-189
Professor
Estudante
Pressupostos
epistemológicos
b) De que modo a integração das tecnologias
educacionais em rede pode fortalecer a mediação
pedagógica?
Questões norteadorasQuestões norteadoras
Autor: Pawel Kuczynski
Integração e convergênciaIntegração e convergência
PORTARIA No 1.134, DE 10 DE OUTUBRO DE 2016
(Página 21 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 11 de Outubro de 2016)
Revoga a Portaria MEC no 4.059, de 10 de dezembro de 2004, e estabelece nova redação para o
tema.
Art. 1o As instituições de ensino superior que possuam pelo menos um curso de graduação
reconhecido poderão introduzir, na organização pedagógica e curricular de seus cursos de
graduação presenciais regularmente autorizados, a oferta de disciplinas na modalidade a
distância.
1o As disciplinas referidas no caput poderão ser ofertadas, integral ou parcialmente, desde que
esta oferta não ultrapasse 20% (vinte por cento) da carga horária total do curso.
2o As avaliações das disciplinas ofertadas na modalidade referida no caput serão presenciais.
3o A introdução opcional de disciplinas previstas no caput não desobriga a instituição de ensino
superior do cumprimento do disposto no art. 47 da Lei no 9.394, de 1996, em cada curso de
graduação reconhecido.
Integração e convergênciaIntegração e convergência
Art. 2o A oferta das disciplinas previstas no art. 1o deverá incluir métodos e práticas de
ensino-aprendizagem que incorporem o uso integrado de tecnologias de informação e
comunicação para a realização dos objetivos pedagógicos, bem como prever
encontros presenciais e atividades de tutoria.
Parágrafo único. Para os fins desta Portaria, entende-se que a tutoria das disciplinas
ofertadas na modalidade a distância implica na existência de profissionais da
educação com formação na área do curso e qualificados em nível compatível ao
previsto no projeto pedagógico.
Art. 3o As instituições de ensino superior deverão inserir a atualização do projeto
pedagógico dos cursos presenciais com oferta de disciplinas na modalidade a
distância, conforme disposto nesta Portaria, para fins de análise e avaliação, quando
do protocolo dos pedidos de reconhecimento e renovação de reconhecimento dos
cursos.
Princípios pedagógicos da integração dePrincípios pedagógicos da integração de
tecnologias e convergência entretecnologias e convergência entre
modalidadesmodalidades
Teorias/Categorias de
análise
1. Cognitivo-
Behaviorista
2. Sócioconstrutivista 3.Conectivista
a) Interação
1.a
Palavra é monopólio
do professor
Professor é o centro
do processo
2.a
Professor é mediador
Interação é a base do
processo
3.a
Interação mobilizada por
interesses temáticos,
pessoais e profissionais
Criação de redes
b) Colaboração
1.b
Estudante é tábula-
rasa
Individualização
2.b
Aprendizagem é um
processo ativo
Compartilhamento de
saberes em grupos
3.b
Produção e
compartilhamento do
conhecimento em rede
Avaliação entre pares
c) Autonomia
1.c
Memorização
Passividade
Autoritarismo
2.c
Construção de
autoconsciência
3.c
Autorreflexão
(Re)criação de conteúdo por
todos
Princípios da Fluência Tecnológico-Princípios da Fluência Tecnológico-
pedagógica na mediação empedagógica na mediação em
ambientes virtuaisambientes virtuais
F
L
U
Ê
N
C
I
A
T
É
C
N
I
C
A
Capacidade para
utilizar o AVEA
(exemplos: utilizar
aspectos básicos do
sistema operacional,
utilizar programas de
aplicação usual como
processador de texto,
editor de imagem,
navegador de Internet;
procurar/encontrar/ava
liar informação na
Internet).
Capacidade para
aprender novas formas
de utilizar o AVEA
(exemplos: aprender novas
funções de um programa
quando necessário, como
exportar em pdf, aprender
novos programas e
ferramentas como utilizar
o Moodle, sentir-se
confortável e confiante na
aprendizagem de novos
programas/funções, como
ferramentas wiki do
Moodle).
Capacidade para
utilizar múltiplos
programas e
ferramentas no AVEA
(exemplos: utilizar
diferentes arquivos de
textos simultâneos,
adaptar programas às
próprias necessidades,
como customização de
navegador de Internet e
utilizar uma função ou um
programa de formas não-
óbvias, como copiar colar
com Ctrl C e Ctrl V).
F
L
U
Ê
N
C
I
A
P
R
Á
T
I
C
A
Capacidade para
criar recursos e
resolver atividades
de estudo no AVEA
(exemplos: criar
imagens, animações,
vídeos, hipermídias
educacionais, modificar
resoluções de uma
tarefa escolar, identificar
e corrigir erros quando
algo está mal nas
resoluções,
preferencialmente
interagindo com os
colegas na Internet).
Capacidade para
compreender tudo o
que é possível criar
com uma dada
ferramenta do AVEA
(exemplos: atividade
colaborativa no Moodle,
modificar e ampliar as
resoluções (e as ideias)
interativamente no prazo
determinado pelo
docente, escrever
programas de
computador para criar
atividades de estudo
mais significativas, com
ferramentas de rede
conceitual).
Capacidade para
criar recursos e
resolver atividades
de estudo baseadas
nas próprias ideias
(exemplos: escolher o
programa educacional
apropriado para o que
se deseja criar e ao
longo do tempo
didático, incorporar
cada vez mais ideias
nas criações escolares).
F
L
U
Ê
N
C
I
A
E
M
A
N
C
I
P
A
T
Ó
R
I
A
Capacidade de
utilizar a
tecnologia para
contribuir com a
comunidade na
Internet
(exemplos:
compartilhar ideias,
recursos e
atividades de estudo
com outros na
comunidade escolar,
do seu curso
prioritariamente,
colaborar em
resoluções com
outros na
comunidade escolar,
prioritariamente no
âmbito das
disciplina).
Capacidade para
modificar e
ampliar
atividades
criadas por
outros colegas
na comunidade
escolar
(exemplos: colaborar
com os outros
colegas, para que
aprendam novos
aspectos, funções,
programas e ideias,
especialmente de
conteúdos
escolares, criar
atividades de estudo
que sejam
significativas para a
comunidade
escolar).
Capacidade para
compreender
conceitos
relacionados
com atividades
mediadas por
tecnologias
educacionais em
rede
(exemplos: a
concepção
educacional no
processo de criação
de imagens, textos,
vídeos e
hipermídias, os
conceitos de
informática
necessários para
criar recursos
educacionais no
Moodle).
Capacidade para
utilizar
conceitos em
outros contextos
e atividades
(exemplos: ao longo
do curso e utilizar
uma abordagem
sistemática/científica
na concepção
(design) e resolução
de problemas das
atividades de
estudo,
prioritariamente de
forma colaborativa
com os colegas).
c) Em que medida uma atividade pode interferir no
processo de mediação?
Questões norteadorasQuestões norteadoras
Potencialidade da mediação pedagógica
Mediadores didáticos hipermidiáticos
em ambientes virtuais: delegações
que fazem fazer?
Transformação dos saberes
Saber sábio saber a ensinar saber ensinado.
Fonte: Moodle Cursos de Capacitação da UFSM
Fonte: MALLMANN, Elena M. Mediação pedagógica em educação a distância: inovação na docência universitária no processo de elaboração de materiais didáticos. RIED v. 13: 1, 2010, pp 157-189
Fonte: http://laveala.proj.ufsm.br/course/view.php?id=58
d) De que modo, ambientes virtuais podem
potencializar a mediação?
Questões norteadorasQuestões norteadoras
Autor: Pawel Kuczynski
Acoplamento Recursos e Atividades de Estudo
e) Como desenvolver a mediação pedagógica em
ambientes virtuais (ex. Moodle)? Que ferramentas e
recursos potencializam o processo ensino-
aprendizagem?
Questões norteadorasQuestões norteadoras
Autor: Pawel Kuczynski
Fonte: Moodle Presencial UFSM
Fonte: Moodle Presencial UFSM
Fonte: Moodle Presencial UFSM
Do ditado popular “Caiu na rede, é peixe”
nem tudo que cai na rede é peixe!
Fonte: ttps://www.google.com.br/search?safe=active&hl=pt-BR&site=imghp&tbm=isch&source=hp&biw=1013&bih=559&q=sala+de+aula&oq=sala+de+aula&gs_l=img.3..0l10.4508.5852.0.6492.12.7.0.0.0.0.383.672.2-
1j1.2.0....0...1ac.1.64.img..10.2.670.vyAy2drOHqY#q=sala+de+aula&safe=active&hl=pt-BR&tbm=isch&tbs=sur:fc
Autor: rea.net Fonte: https://youtu.be/MTrUZfTwy_c
Autor: Cristina Neto Fonte: https://youtu.be/1wuDnd-52Ds
Autor: Projeto Tamar - Fonte: http://www.tamar.org.br/interna.php?cod=348
Projeto Tamar
http://www.tamar.org.br/interna.php?cod=348
Copyright – Projeto Tamar 2011 mesmo com financiamento público
Exemplo: A corrida de Mada – FREE – requer instalação de aplicativo iTunes
Fonte: http://www.tamar.org.br/interna.php?cod=348
Fonte:
https://itunes.apple.com/b
r/app/mada-
free/id590009215?mt=8
Fonte: http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/
Fonte: http://www.capes.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/7988-uab-institui-portal-de-recursos-educacionais-abertos-com-acesso-livre
https://educapes.capes.gov.br/handle/capes/206902
https://portal.fiocruz.br/repositorio-institucional-arca
https://portal.fiocruz.br/acessoaberto
https://portal.fiocruz.br/bibliotecas
http://www.fiocruz.br/ioc/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=45
http://relia.org.br/
http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/
Fonte: https://br.creativecommons.org/
https://br.creativecommons.org/licencas/
Fonte: https://search.creativecommons.org/?lang=pt
Fonte: http://pt.slideshare.net/search/slideshow?searchfrom=header&q=elena+maria+mallmann
1.3 REVISAR
1.2 REUTILIZAR
1.4 REMIXAR
1.5 REDISTRIBUIR
[…] 1.1 RETER
2.1 RETER[...]
The 5Rs of Openness (David Willey - http://opencontent.org/blog/archives/3221)
Fluência
Tecnológico-
Pedagógica
Performance
Docência/Discência
Autor: Pawel Kuczynski
Fonte: MALLMANN, Elena Maria. Mediação Pedagógica em Educação a Distância: cartografia da performance docente no processo de elaboração de materiais didáticos. 2008. 304 f. Tese de
Doutorado em Educação, PPPGE, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008. Disponível em: http://www.tede.ufsc.br/teses/PEED0664-T.pdf
DesafiosDesafios
Ampliar e consolidar fluência tecnológico-
pedagógica potencializa a mediação pedagógica?
Quais são os princípios/fundamentos da
mediação pedagógica em ambientes virtuais?
Como fortalecer o processo investigativo na
mediação pedagógica?
Quais as implicações da performance docente e
discente na mediação pedagógica?
CréditosCréditos
Material elaborado por Elena Maria Mallmann sob licença Creative Commons Não Comercial Compartilha Igual
Imagem slide 1 de autoria própria: entrada principal UFSM
Slide 2: material didático
Slide 3: https://pixabay.com/static/uploads/photo/2016/06/24/02/35/ehr-1476525_960_720.png
Slide 7: https://pixabay.com/en/back-to-school-pencils-rainbow-art-1576791/
Slide 11:https://pixabay.com/pt/mundo-europa-mapa-conex%C3%B5es-rede-1264062/
Slide 12: https://pixabay.com/pt/smartphone-m%C3%A3o-foto-montagem-faces-1445489/
Slide 14: https://pixabay.com/pt/dna-string-biologia-3d-1811955/
Slide 15: https://pixabay.com/pt/faces-social-jogar-equipe-2679740/
Slide 30: https://pixabay.com/pt/ipad-mapa-comprimido-internet-tela-632394/
Slide43: https://pixabay.com/en/fishing-boy-silhouette-home-1464209/
Slide 74: https://pixabay.com/en/cable-computer-sata-s-ata-541062/
Cartoons: autor Pawel Kuczynski – autorização para reutilização por correio eletrônico
Demais redes e esquemas: elaboração própria
Demais imagens: fonte indicada nos próprios slides

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação NTICs
Apresentação NTICsApresentação NTICs
Apresentação NTICs
Rose_EAD
 
Ferramentas tecnologicas.pdf
Ferramentas tecnologicas.pdfFerramentas tecnologicas.pdf
Ferramentas tecnologicas.pdf
Franciely Coelho
 
Proinfo Introducao a Educacao Digital - 60f
Proinfo  Introducao a Educacao Digital - 60fProinfo  Introducao a Educacao Digital - 60f
Proinfo Introducao a Educacao Digital - 60f
tecampinasoeste
 
Dissertação MsC Thiago Araujo - Amadeus Droid
Dissertação MsC Thiago Araujo - Amadeus DroidDissertação MsC Thiago Araujo - Amadeus Droid
Dissertação MsC Thiago Araujo - Amadeus Droid
Thiago
 
Proinfo introducao a educacao digital - cursista
Proinfo   introducao a educacao digital - cursistaProinfo   introducao a educacao digital - cursista
Proinfo introducao a educacao digital - cursista
Edna Luisa Matos Lopes
 
Projeto Aprendizagem
Projeto AprendizagemProjeto Aprendizagem
Projeto Aprendizagem
Rosecler
 
Aula 01 apresentação do curso
Aula 01   apresentação do cursoAula 01   apresentação do curso
Aula 01 apresentação do curso
Gedson Nunes
 
O papel do e-formador
O papel do e-formadorO papel do e-formador
O papel do e-formador
Helena Freixo
 

Mais procurados (20)

Slides Proinfo
Slides ProinfoSlides Proinfo
Slides Proinfo
 
A metodologia blended-learning como mais uma alternativa na formação contínua...
A metodologia blended-learning como mais uma alternativa na formação contínua...A metodologia blended-learning como mais uma alternativa na formação contínua...
A metodologia blended-learning como mais uma alternativa na formação contínua...
 
Apostila tics cursista2013
Apostila tics cursista2013Apostila tics cursista2013
Apostila tics cursista2013
 
Apresentação NTICs
Apresentação NTICsApresentação NTICs
Apresentação NTICs
 
O Processo De Bolonha Na Web Semântica
O Processo De Bolonha Na Web SemânticaO Processo De Bolonha Na Web Semântica
O Processo De Bolonha Na Web Semântica
 
Sistemas de tutoria_em_cursos_a_distância_03_a_pvou114_ravel_gimenes
Sistemas de tutoria_em_cursos_a_distância_03_a_pvou114_ravel_gimenes Sistemas de tutoria_em_cursos_a_distância_03_a_pvou114_ravel_gimenes
Sistemas de tutoria_em_cursos_a_distância_03_a_pvou114_ravel_gimenes
 
Ferramentas tecnologicas.pdf
Ferramentas tecnologicas.pdfFerramentas tecnologicas.pdf
Ferramentas tecnologicas.pdf
 
Proinfo Introducao a Educacao Digital - 60f
Proinfo  Introducao a Educacao Digital - 60fProinfo  Introducao a Educacao Digital - 60f
Proinfo Introducao a Educacao Digital - 60f
 
Dissertação MsC Thiago Araujo - Amadeus Droid
Dissertação MsC Thiago Araujo - Amadeus DroidDissertação MsC Thiago Araujo - Amadeus Droid
Dissertação MsC Thiago Araujo - Amadeus Droid
 
Ead e connect pro
Ead e connect proEad e connect pro
Ead e connect pro
 
Proinfo introducao a educacao digital - cursista
Proinfo   introducao a educacao digital - cursistaProinfo   introducao a educacao digital - cursista
Proinfo introducao a educacao digital - cursista
 
Curso de ilustração Digital
Curso de ilustração DigitalCurso de ilustração Digital
Curso de ilustração Digital
 
Apresentacoes dos cursos e learning
Apresentacoes dos cursos e learningApresentacoes dos cursos e learning
Apresentacoes dos cursos e learning
 
Projeto Aprendizagem
Projeto AprendizagemProjeto Aprendizagem
Projeto Aprendizagem
 
Aula 01 apresentação do curso
Aula 01   apresentação do cursoAula 01   apresentação do curso
Aula 01 apresentação do curso
 
Informática na Educação Especial: cursos a distância para professores
Informática na Educação Especial: cursos a distância para professoresInformática na Educação Especial: cursos a distância para professores
Informática na Educação Especial: cursos a distância para professores
 
O papel do e-formador
O papel do e-formadorO papel do e-formador
O papel do e-formador
 
PLUG! REDE SOCIAL EDUCACIONAL PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS
PLUG! REDE SOCIAL EDUCACIONAL PARA  DISPOSITIVOS MÓVEISPLUG! REDE SOCIAL EDUCACIONAL PARA  DISPOSITIVOS MÓVEIS
PLUG! REDE SOCIAL EDUCACIONAL PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS
 
Livro texto unificado
Livro texto unificadoLivro texto unificado
Livro texto unificado
 
O uso de dispositivos móveis no ensino superior tradicional
O uso de dispositivos móveis no ensino superior tradicionalO uso de dispositivos móveis no ensino superior tradicional
O uso de dispositivos móveis no ensino superior tradicional
 

Semelhante a Mediação Pedagógica em Ambientes Virtuais

Sobre o curso 40h-proinfo
Sobre o curso 40h-proinfoSobre o curso 40h-proinfo
Sobre o curso 40h-proinfo
Fabiana
 
Projeto introdução-à-educação-digital-proinfo-60h
Projeto introdução-à-educação-digital-proinfo-60hProjeto introdução-à-educação-digital-proinfo-60h
Projeto introdução-à-educação-digital-proinfo-60h
Carminha
 
Ana paula rodrigues kuhls lemos
Ana paula rodrigues kuhls lemos Ana paula rodrigues kuhls lemos
Ana paula rodrigues kuhls lemos
equipetics
 
Curso Aluno Monitor
Curso Aluno MonitorCurso Aluno Monitor
Curso Aluno Monitor
silsilveira
 
Utilização das TIC nos Processos de Ensino-Aprendizagem
Utilização das TIC nos Processos de Ensino-AprendizagemUtilização das TIC nos Processos de Ensino-Aprendizagem
Utilização das TIC nos Processos de Ensino-Aprendizagem
nratao
 
Utilização das TIC nos processos de Ensino-Aprendizagem
Utilização das TIC nos processos de Ensino-AprendizagemUtilização das TIC nos processos de Ensino-Aprendizagem
Utilização das TIC nos processos de Ensino-Aprendizagem
nratao
 

Semelhante a Mediação Pedagógica em Ambientes Virtuais (20)

Mediacao pedagogica ambientesvirtuais_rea
Mediacao pedagogica ambientesvirtuais_reaMediacao pedagogica ambientesvirtuais_rea
Mediacao pedagogica ambientesvirtuais_rea
 
Resumo Expandido Osvaldo Novais Jr
Resumo Expandido Osvaldo Novais JrResumo Expandido Osvaldo Novais Jr
Resumo Expandido Osvaldo Novais Jr
 
EDUCAÇÃO DIGITAL
EDUCAÇÃO DIGITALEDUCAÇÃO DIGITAL
EDUCAÇÃO DIGITAL
 
Performance Docente na produção e utilização de materiais didáticos no AVEA
Performance Docente na produção e utilização de materiais didáticos no AVEAPerformance Docente na produção e utilização de materiais didáticos no AVEA
Performance Docente na produção e utilização de materiais didáticos no AVEA
 
Ot 02 03_12
Ot 02 03_12Ot 02 03_12
Ot 02 03_12
 
Sobre o curso 40h-proinfo
Sobre o curso 40h-proinfoSobre o curso 40h-proinfo
Sobre o curso 40h-proinfo
 
Formacaoprofessoresinformaticaeducativa
FormacaoprofessoresinformaticaeducativaFormacaoprofessoresinformaticaeducativa
Formacaoprofessoresinformaticaeducativa
 
O uso das tecnologias e o papel dos professores mediadores e formadores: medi...
O uso das tecnologias e o papel dos professores mediadores e formadores: medi...O uso das tecnologias e o papel dos professores mediadores e formadores: medi...
O uso das tecnologias e o papel dos professores mediadores e formadores: medi...
 
Projeto introdução-à-educação-digital-proinfo-60h
Projeto introdução-à-educação-digital-proinfo-60hProjeto introdução-à-educação-digital-proinfo-60h
Projeto introdução-à-educação-digital-proinfo-60h
 
HISTÓRIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA DO NTE MUNICIPAL DE FORTALEZA
HISTÓRIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA DO NTE MUNICIPAL DE FORTALEZAHISTÓRIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA DO NTE MUNICIPAL DE FORTALEZA
HISTÓRIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA DO NTE MUNICIPAL DE FORTALEZA
 
Tutor
TutorTutor
Tutor
 
Tecnologias da educação
Tecnologias da educaçãoTecnologias da educação
Tecnologias da educação
 
Tecnologias da educação
Tecnologias da educaçãoTecnologias da educação
Tecnologias da educação
 
Apresentação Pearson
Apresentação PearsonApresentação Pearson
Apresentação Pearson
 
Ana paula rodrigues kuhls lemos
Ana paula rodrigues kuhls lemos Ana paula rodrigues kuhls lemos
Ana paula rodrigues kuhls lemos
 
Curso Aluno Monitor
Curso Aluno MonitorCurso Aluno Monitor
Curso Aluno Monitor
 
Apresentação da 1ª unidade
Apresentação da 1ª unidadeApresentação da 1ª unidade
Apresentação da 1ª unidade
 
Apresentação da 1ª unidade
Apresentação da 1ª unidadeApresentação da 1ª unidade
Apresentação da 1ª unidade
 
Utilização das TIC nos Processos de Ensino-Aprendizagem
Utilização das TIC nos Processos de Ensino-AprendizagemUtilização das TIC nos Processos de Ensino-Aprendizagem
Utilização das TIC nos Processos de Ensino-Aprendizagem
 
Utilização das TIC nos processos de Ensino-Aprendizagem
Utilização das TIC nos processos de Ensino-AprendizagemUtilização das TIC nos processos de Ensino-Aprendizagem
Utilização das TIC nos processos de Ensino-Aprendizagem
 

Mais de Elena Maria Mallmann

Mais de Elena Maria Mallmann (12)

FLUÊNCIA TECNOLÓGICO-PEDAGÓGICA (FTP) COM RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS (REA)
FLUÊNCIA TECNOLÓGICO-PEDAGÓGICA (FTP) COM RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS (REA)FLUÊNCIA TECNOLÓGICO-PEDAGÓGICA (FTP) COM RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS (REA)
FLUÊNCIA TECNOLÓGICO-PEDAGÓGICA (FTP) COM RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS (REA)
 
Educação Conectada e Inovação Mediada por Tecnologias Educacionais
Educação Conectada e Inovação Mediada por Tecnologias EducacionaisEducação Conectada e Inovação Mediada por Tecnologias Educacionais
Educação Conectada e Inovação Mediada por Tecnologias Educacionais
 
Grupo de Estudos e Pesquisas em Tecnologias Educacionais em Rede (GEPETER)
Grupo de Estudos e Pesquisas em Tecnologias Educacionais em Rede (GEPETER)Grupo de Estudos e Pesquisas em Tecnologias Educacionais em Rede (GEPETER)
Grupo de Estudos e Pesquisas em Tecnologias Educacionais em Rede (GEPETER)
 
Práticas Educacionais Abertas (PEA) e Recursos Educacionais Abertos (REA)
Práticas Educacionais Abertas (PEA) e Recursos Educacionais Abertos (REA)Práticas Educacionais Abertas (PEA) e Recursos Educacionais Abertos (REA)
Práticas Educacionais Abertas (PEA) e Recursos Educacionais Abertos (REA)
 
Technological-Pedagogical Fluency in Open Educational Resources
Technological-Pedagogical Fluency in Open Educational ResourcesTechnological-Pedagogical Fluency in Open Educational Resources
Technological-Pedagogical Fluency in Open Educational Resources
 
Webinar Recursos Educacionais Abertos
Webinar Recursos Educacionais AbertosWebinar Recursos Educacionais Abertos
Webinar Recursos Educacionais Abertos
 
Por que não integramos Recursos Educacionais Abertos(REA) na mediação pedagóg...
Por que não integramos Recursos Educacionais Abertos(REA) na mediação pedagóg...Por que não integramos Recursos Educacionais Abertos(REA) na mediação pedagóg...
Por que não integramos Recursos Educacionais Abertos(REA) na mediação pedagóg...
 
Fluência Tecnológico-Pedagógica
Fluência Tecnológico-PedagógicaFluência Tecnológico-Pedagógica
Fluência Tecnológico-Pedagógica
 
Research Cases about Open Educational Practices – Open Educational Resources ...
Research Cases about Open Educational Practices – Open Educational Resources ...Research Cases about Open Educational Practices – Open Educational Resources ...
Research Cases about Open Educational Practices – Open Educational Resources ...
 
Simposio ap eri-challenges-2015-dos_objetos-aos_recursos_educacionais_abertos
Simposio ap eri-challenges-2015-dos_objetos-aos_recursos_educacionais_abertosSimposio ap eri-challenges-2015-dos_objetos-aos_recursos_educacionais_abertos
Simposio ap eri-challenges-2015-dos_objetos-aos_recursos_educacionais_abertos
 
Recursos Educacionais Abertos e Práticas Educacionais Abertas
Recursos Educacionais Abertos e Práticas Educacionais AbertasRecursos Educacionais Abertos e Práticas Educacionais Abertas
Recursos Educacionais Abertos e Práticas Educacionais Abertas
 
Comunicação Online e Aprendizagem na Sociedade em Rede: Práticas Educacionais...
Comunicação Online e Aprendizagem na Sociedade em Rede: Práticas Educacionais...Comunicação Online e Aprendizagem na Sociedade em Rede: Práticas Educacionais...
Comunicação Online e Aprendizagem na Sociedade em Rede: Práticas Educacionais...
 

Último

Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
andreaLisboa7
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
lbgsouza
 

Último (20)

Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 

Mediação Pedagógica em Ambientes Virtuais

  • 1. Ensino em Saúde e Ambientes Virtuais Simpósio de Ensino em Saúde (IV SIES) Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Programa de Pós-Graduação Ensino em Saúde – Mestrado Profissional Profa. Dra. Elena Maria Mallmann UFSM/PPGE/PPGTer elena.ufsm@gmail.com
  • 2. Problematização inicialProblematização inicial Qual a sua reação diante de controladores eletrônicos de velocidade? O que você faz quando avista um agente de trânsito em uma autoestrada quando está em alta velocidade? Fonte: Material Didático de autoria própria
  • 4. 4) há ações e operações anteriores e/ou posteriores à execução da ação específica? Pontos para reflexão:Pontos para reflexão: 1) todos reagimos do mesmo modo? 2) quais os resultados possíveis nessas situações? 3) nossa reação é diferente diante de agentes de trânsito e controladores eletrônicos de velocidade?
  • 5. 5) quais são as condições para conseguir implementar a decisão tomada? 6) o que realmente garante que, a poucos metros de distância do equipamento eletrônico, conseguimos atingir a velocidade esperada? 7) o que leva um motorista a dirigir acima do limite de velocidade permitido? Pontos para reflexão:Pontos para reflexão:
  • 6. Evento de trânsito velocidade (esperada/limite/monitoramento): Condições: contexto, tecnologias e ações envolvidas: - sinalização adequada, - bom funcionamento e potência do veículo, - estradas em boas condições de tráfego, - atenção e cuidado do motorista durante todo o percurso, - respeito aos outros condutores, - respeito aos pedestres, - decisões e operações do motorista. Pontos para reflexão:Pontos para reflexão:
  • 7. Eventos educacionais: condições (contexto, pessoas, conteúdos, políticas, tecnologias e ações envolvidas)
  • 9. a) O que entendemos por mediação pedagógica em ambientes virtuais: qual o papel dos professores, tutores e estudantes nesse processo? Questões norteadorasQuestões norteadoras
  • 11. Matriz teórica: Teoria da Rede de Mediadores Compreensão das singularidades do processo de elaboração e implementação de mediadores impressos e hipermidiáticos, do trabalho em equipe, produção de novos recursos, da interação e colaboração online. Princípio central: Mediação – Faz fazer. MALLMANN, Elena Maria. Mediação Pedagógica em Educação a Distância: cartografia da performance docente no processo de elaboração de materiais didáticos. 2008. 304 f. Tese de Doutorado em Educação, PPPGE, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008. Disponível em: http://www.tede.ufsc.br/teses/PEED0664-T.pdf
  • 12. Referência: Bruno Latour Mobilizam, potencializam ações? Fazem fazer? Mediadores Humanos e Não- Humanos (H-NH) Os mediadores são constituídos pela interferência que provocam nas ações. Rede composta de humanos, animais, máquinas, laboratórios e artefatos tecnológicos.
  • 13. Fonte: MALLMANN, Elena M. Redes e mediação: princípios epistemológicos da teoria da rede de mediadores em educação. Revista Iberoamericana de Educacion. N.o 54 (2010), pp. 221-241
  • 14. Rede – ação – condições operacionais e ações Plataformas virtuais/digitais Ensinar e Aprender Ambientes Virtuais de Ensino-Aprendizagem AVEA
  • 15. Mediação: compreende a conexão das interferências que potencializam a ação e ao mesmo tempo a modificam. Mediação pedagógica: interferências e implicações dos mediadores H-NH no processo ensino-aprendizagem. […] intervenção, produção, autoria e coautoria, transformação, movimento, evento […] Desenvolvimento intelectual
  • 16. Fonte: MALLMANN, Elena M. Mediação pedagógica em educação a distância: inovação na docência universitária no processo de elaboração de materiais didáticos. RIED v. 13: 1, 2010, pp 157-189
  • 18. b) De que modo a integração das tecnologias educacionais em rede pode fortalecer a mediação pedagógica? Questões norteadorasQuestões norteadoras
  • 20. Integração e convergênciaIntegração e convergência PORTARIA No 1.134, DE 10 DE OUTUBRO DE 2016 (Página 21 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 11 de Outubro de 2016) Revoga a Portaria MEC no 4.059, de 10 de dezembro de 2004, e estabelece nova redação para o tema. Art. 1o As instituições de ensino superior que possuam pelo menos um curso de graduação reconhecido poderão introduzir, na organização pedagógica e curricular de seus cursos de graduação presenciais regularmente autorizados, a oferta de disciplinas na modalidade a distância. 1o As disciplinas referidas no caput poderão ser ofertadas, integral ou parcialmente, desde que esta oferta não ultrapasse 20% (vinte por cento) da carga horária total do curso. 2o As avaliações das disciplinas ofertadas na modalidade referida no caput serão presenciais. 3o A introdução opcional de disciplinas previstas no caput não desobriga a instituição de ensino superior do cumprimento do disposto no art. 47 da Lei no 9.394, de 1996, em cada curso de graduação reconhecido.
  • 21. Integração e convergênciaIntegração e convergência Art. 2o A oferta das disciplinas previstas no art. 1o deverá incluir métodos e práticas de ensino-aprendizagem que incorporem o uso integrado de tecnologias de informação e comunicação para a realização dos objetivos pedagógicos, bem como prever encontros presenciais e atividades de tutoria. Parágrafo único. Para os fins desta Portaria, entende-se que a tutoria das disciplinas ofertadas na modalidade a distância implica na existência de profissionais da educação com formação na área do curso e qualificados em nível compatível ao previsto no projeto pedagógico. Art. 3o As instituições de ensino superior deverão inserir a atualização do projeto pedagógico dos cursos presenciais com oferta de disciplinas na modalidade a distância, conforme disposto nesta Portaria, para fins de análise e avaliação, quando do protocolo dos pedidos de reconhecimento e renovação de reconhecimento dos cursos.
  • 22. Princípios pedagógicos da integração dePrincípios pedagógicos da integração de tecnologias e convergência entretecnologias e convergência entre modalidadesmodalidades
  • 23. Teorias/Categorias de análise 1. Cognitivo- Behaviorista 2. Sócioconstrutivista 3.Conectivista a) Interação 1.a Palavra é monopólio do professor Professor é o centro do processo 2.a Professor é mediador Interação é a base do processo 3.a Interação mobilizada por interesses temáticos, pessoais e profissionais Criação de redes b) Colaboração 1.b Estudante é tábula- rasa Individualização 2.b Aprendizagem é um processo ativo Compartilhamento de saberes em grupos 3.b Produção e compartilhamento do conhecimento em rede Avaliação entre pares c) Autonomia 1.c Memorização Passividade Autoritarismo 2.c Construção de autoconsciência 3.c Autorreflexão (Re)criação de conteúdo por todos
  • 24. Princípios da Fluência Tecnológico-Princípios da Fluência Tecnológico- pedagógica na mediação empedagógica na mediação em ambientes virtuaisambientes virtuais
  • 25. F L U Ê N C I A T É C N I C A Capacidade para utilizar o AVEA (exemplos: utilizar aspectos básicos do sistema operacional, utilizar programas de aplicação usual como processador de texto, editor de imagem, navegador de Internet; procurar/encontrar/ava liar informação na Internet). Capacidade para aprender novas formas de utilizar o AVEA (exemplos: aprender novas funções de um programa quando necessário, como exportar em pdf, aprender novos programas e ferramentas como utilizar o Moodle, sentir-se confortável e confiante na aprendizagem de novos programas/funções, como ferramentas wiki do Moodle). Capacidade para utilizar múltiplos programas e ferramentas no AVEA (exemplos: utilizar diferentes arquivos de textos simultâneos, adaptar programas às próprias necessidades, como customização de navegador de Internet e utilizar uma função ou um programa de formas não- óbvias, como copiar colar com Ctrl C e Ctrl V).
  • 26. F L U Ê N C I A P R Á T I C A Capacidade para criar recursos e resolver atividades de estudo no AVEA (exemplos: criar imagens, animações, vídeos, hipermídias educacionais, modificar resoluções de uma tarefa escolar, identificar e corrigir erros quando algo está mal nas resoluções, preferencialmente interagindo com os colegas na Internet). Capacidade para compreender tudo o que é possível criar com uma dada ferramenta do AVEA (exemplos: atividade colaborativa no Moodle, modificar e ampliar as resoluções (e as ideias) interativamente no prazo determinado pelo docente, escrever programas de computador para criar atividades de estudo mais significativas, com ferramentas de rede conceitual). Capacidade para criar recursos e resolver atividades de estudo baseadas nas próprias ideias (exemplos: escolher o programa educacional apropriado para o que se deseja criar e ao longo do tempo didático, incorporar cada vez mais ideias nas criações escolares).
  • 27. F L U Ê N C I A E M A N C I P A T Ó R I A Capacidade de utilizar a tecnologia para contribuir com a comunidade na Internet (exemplos: compartilhar ideias, recursos e atividades de estudo com outros na comunidade escolar, do seu curso prioritariamente, colaborar em resoluções com outros na comunidade escolar, prioritariamente no âmbito das disciplina). Capacidade para modificar e ampliar atividades criadas por outros colegas na comunidade escolar (exemplos: colaborar com os outros colegas, para que aprendam novos aspectos, funções, programas e ideias, especialmente de conteúdos escolares, criar atividades de estudo que sejam significativas para a comunidade escolar). Capacidade para compreender conceitos relacionados com atividades mediadas por tecnologias educacionais em rede (exemplos: a concepção educacional no processo de criação de imagens, textos, vídeos e hipermídias, os conceitos de informática necessários para criar recursos educacionais no Moodle). Capacidade para utilizar conceitos em outros contextos e atividades (exemplos: ao longo do curso e utilizar uma abordagem sistemática/científica na concepção (design) e resolução de problemas das atividades de estudo, prioritariamente de forma colaborativa com os colegas).
  • 28.
  • 29. c) Em que medida uma atividade pode interferir no processo de mediação? Questões norteadorasQuestões norteadoras
  • 30. Potencialidade da mediação pedagógica Mediadores didáticos hipermidiáticos em ambientes virtuais: delegações que fazem fazer? Transformação dos saberes Saber sábio saber a ensinar saber ensinado.
  • 31. Fonte: Moodle Cursos de Capacitação da UFSM
  • 32. Fonte: MALLMANN, Elena M. Mediação pedagógica em educação a distância: inovação na docência universitária no processo de elaboração de materiais didáticos. RIED v. 13: 1, 2010, pp 157-189
  • 34. d) De que modo, ambientes virtuais podem potencializar a mediação? Questões norteadorasQuestões norteadoras
  • 36. Acoplamento Recursos e Atividades de Estudo
  • 37. e) Como desenvolver a mediação pedagógica em ambientes virtuais (ex. Moodle)? Que ferramentas e recursos potencializam o processo ensino- aprendizagem? Questões norteadorasQuestões norteadoras
  • 42. Do ditado popular “Caiu na rede, é peixe” nem tudo que cai na rede é peixe!
  • 43.
  • 45. Autor: rea.net Fonte: https://youtu.be/MTrUZfTwy_c
  • 46. Autor: Cristina Neto Fonte: https://youtu.be/1wuDnd-52Ds
  • 47. Autor: Projeto Tamar - Fonte: http://www.tamar.org.br/interna.php?cod=348
  • 48. Projeto Tamar http://www.tamar.org.br/interna.php?cod=348 Copyright – Projeto Tamar 2011 mesmo com financiamento público Exemplo: A corrida de Mada – FREE – requer instalação de aplicativo iTunes Fonte: http://www.tamar.org.br/interna.php?cod=348
  • 52.
  • 54.
  • 56.
  • 59.
  • 61.
  • 64.
  • 65.
  • 66.
  • 67.
  • 68.
  • 73. 1.3 REVISAR 1.2 REUTILIZAR 1.4 REMIXAR 1.5 REDISTRIBUIR […] 1.1 RETER 2.1 RETER[...] The 5Rs of Openness (David Willey - http://opencontent.org/blog/archives/3221)
  • 75.
  • 77. Fonte: MALLMANN, Elena Maria. Mediação Pedagógica em Educação a Distância: cartografia da performance docente no processo de elaboração de materiais didáticos. 2008. 304 f. Tese de Doutorado em Educação, PPPGE, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008. Disponível em: http://www.tede.ufsc.br/teses/PEED0664-T.pdf
  • 78. DesafiosDesafios Ampliar e consolidar fluência tecnológico- pedagógica potencializa a mediação pedagógica? Quais são os princípios/fundamentos da mediação pedagógica em ambientes virtuais? Como fortalecer o processo investigativo na mediação pedagógica? Quais as implicações da performance docente e discente na mediação pedagógica?
  • 79. CréditosCréditos Material elaborado por Elena Maria Mallmann sob licença Creative Commons Não Comercial Compartilha Igual Imagem slide 1 de autoria própria: entrada principal UFSM Slide 2: material didático Slide 3: https://pixabay.com/static/uploads/photo/2016/06/24/02/35/ehr-1476525_960_720.png Slide 7: https://pixabay.com/en/back-to-school-pencils-rainbow-art-1576791/ Slide 11:https://pixabay.com/pt/mundo-europa-mapa-conex%C3%B5es-rede-1264062/ Slide 12: https://pixabay.com/pt/smartphone-m%C3%A3o-foto-montagem-faces-1445489/ Slide 14: https://pixabay.com/pt/dna-string-biologia-3d-1811955/ Slide 15: https://pixabay.com/pt/faces-social-jogar-equipe-2679740/ Slide 30: https://pixabay.com/pt/ipad-mapa-comprimido-internet-tela-632394/ Slide43: https://pixabay.com/en/fishing-boy-silhouette-home-1464209/ Slide 74: https://pixabay.com/en/cable-computer-sata-s-ata-541062/ Cartoons: autor Pawel Kuczynski – autorização para reutilização por correio eletrônico Demais redes e esquemas: elaboração própria Demais imagens: fonte indicada nos próprios slides