SlideShare uma empresa Scribd logo
http://matematicaetop.blogspot.com.br
Lista de Exercícios
Máximo Divisor Comum
1) (TRE-AM - FCC) Um auxiliar de enfermagem pretende usar a menor quantidade
possível de gavetas para acomodar 120 frascos de um tipo de medicamento, 150
frascos de outro tipo e 225 frascos de um terceiro tipo. Se ele colocar a mesma
quantidade de frascos em todas as gavetas, e medicamentos de um único tipo em
cada uma delas, quantas gavetas deverá usar?
a) 33
b) 48
c) 75
d) 99
e) 165
2) (TRE-PB - FCC) Uma empresa prestadora de serviços possui 3 rolos de fio de
telefone com 120, 168 e 408 metros, respectivamente, e deseja cortá-los em partes
iguais para a execução de suas tarefas. O número total de partes iguais é de:
a) 20
b) 23
c) 29
d) 32
e) 37
3) (TRT– 2ª REGIÃO - FCC) Dispõe – se de dois lotes de boletins informativos
distintos, com 336 unidades, e outro, com 432 unidades. Um técnico judiciário foi
incumbido de empacotar todos os boletins dos lotes, obedecendo as seguintes
instruções:
• Todos os pacotes devem conter a mesma quantidade de boletins;
• Cada pacote deve ter um único tipo de boletim. Nessas condições, o menor número
de pacotes que ele poderá obter é:
a) 12
b) 16
c) 18
d) 24
e) 32
4) (TRE–CE - FCC ) Uma Repartição Pública recebeu 143 micro computadores e 104
impressoras para distribuir algumas de suas seções. Esses aparelhos serão divididos
em lotes, todos com igual quantidades de aparelhos. Se cada lote deve ter um único
tipo de aparelho o menor número de lotes formado deverá ser:
a) 8
b) 11
c) 19
d) 20
e) 21
http://matematicaetop.blogspot.com.br
5)(PREFEITURA DE GUARULHOS - VUNESP/2016) Um total de 100 crianças, sendo
40 meninos e as demais meninas, será dividido em grupos, todos com o mesmo
número total de crianças e compostos por um número mínimo de meninos e um
número mínimo de meninas, de modo que cada uma das 100 crianças participe
apenas de um grupo. Dessa forma, o número total de grupos que será formado é
a) 4.
b) 5.
c) 10.
d) 20.
e) 25.
6) (PREFEITURA DE GUARULHOS - VUNESP/2016) Para iniciar uma visita
monitorada a um museu, 96 alunos do 8º ano e 84 alunos do 9º ano de certa escola
foram divididos em grupos, todos com o mesmo número de alunos, sendo esse
número o maior possível, de modo que cada grupo tivesse somente alunos de um
único ano e que não restasse nenhum aluno fora de um grupo. Nessas condições, é
correto afirmar que o número total de grupos formados foi
a) 8.
b) 12.
c) 13.
d) 15.
e) 18.
7) (VUNESP/2016) Para um trabalho de campo, Agentes Recenseadores das regiões
A e B devem formar equipes. Todas as equipes devem ter o mesmo número de
agentes, sendo esse número o maior possível, de modo que cada equipe tenha
agentes de uma só região e que não reste nenhum agente fora de uma equipe. Sabe-
se que, da região A, participarão 60 agentes, e da região B, 72. Nessas condições, o
número total de equipes formadas será
a) 8.
b) 9.
c) 11.
d) 12.
e) 14.
8) (UNIFESP – VUNESP/2016) Uma folha de papelão com 80 cm de largura por 1,40
m de comprimento foi totalmente dividida em quadrados iguais e de maior lado
possível, não ocorrendo sobras. O número de quadrados, cuja soma das áreas
corresponde a 25% da área total da folha, é
a) 9.
b) 8.
c) 7.
d) 6.
e) 5.
http://matematicaetop.blogspot.com.br
9) (PMSP – VUNESP/2015) Considere um total de 150 policiais militares, sendo 90
soldados e 60 cabos. Pretende-se, com esses policiais, montar grupos de
policiamento contendo cabos e soldados de modo que o número de grupos seja o
maior possível, que em cada grupo haja o mesmo número de soldados e o mesmo
número de cabos, e que cada um dos 150 policiais participe de um grupo apenas.
Sendo assim, a diferença entre o número de soldados e o número de cabos em cada
grupo de policiamento será igual a
a) 1.
b) 2.
c) 3.
d) 4.
10) Em um presídio há 400 detentos, sendo 240 no setor X e 160 no setor Y. Para
realizar atividades na oficina de artes, o total de detentos foi dividido em grupos com o
mesmo número de integrantes, sendo esse número o maior possível, sem deixar
nenhum detento de fora e sem misturar os detentos dos dois setores. Dessa forma,
foram formados:
a) 5 grupos.
b) 8 grupos.
c) 10 grupos.
d) 12 grupos.
e) 13 grupos.
11) Para acondicionar 1560 latas de azeite e 870 latas de óleo em caixotes, de modo
que cada caixote contenha o maior e o mesmo número de latas sem que sobre
nenhuma e sem misturar as latas de cada espécie, são necessárias quantas latas em
cada caixote?
a) 30
b) 40
c) 20
d) 50
12) O Serviço Social da Prefeitura de Moreno distribui retalhos de fazenda com um
pequeno grupo de uma comunidade carente. Neste ano, três peças de fazenda, de
medidas 324 metros, 180 metros e 252 metros, respectivamente, serão divididas em
retalhos de igual comprimento. Para efeito de economia, qual deverá ser esse
comprimento, de modo que o número de retalhos seja o menor possível e quantos
serão os retalhos?
a) 20 retalhos de 36 metros de comprimento.
b) 21 retalhos de 36 metros de comprimento.
c) 22 retalhos de 38 metros de comprimento.
d) 23 retalhos de 38 metros de comprimento.
e) 24 retalhos de 40 metros de comprimento
http://matematicaetop.blogspot.com.br
13) No almoxarifado de uma obra de uma Estação do METRÔ de São Paulo há 216
chaves de fenda, 168 martelos e 120 alicates. Um Ajudante de Manutenção foi
incumbido de acomodar todas essas ferramentas em caixas e, para tal, recebeu as
seguintes instruções:
● Cada caixa deverá receber um único tipo de ferramenta;
● Todas as caixas deverão ter a mesma quantidade de ferramentas;
● Deve ser usada a menor quantidade possível de caixas.
Considerando que todas as instruções foram seguidas, é correto afirmar que:
a) O número de caixas com as chaves de fendas excedeu o das que contêm os
alicates em 4 unidades.
b) Foi usado um total de 20 caixas.
c) O número de caixas com as chaves de fenda era igual à soma dos números de
caixas com as outras ferramentas.
d) Foi usado um total de 24 caixas. Cada caixa continha 21 ferramentas.
14) Um eletricista tem 2 pedaços de fio de cobre; um com 125 cm de comprimento e o
outro com 185 cm. Ele deseja cortá-los em pedacinhos, todos iguais e de maior
tamanho possível. O máximo de pedacinhos que esse eletricista irá conseguir será
a) 56.
b) 58.
c) 60.
d) 62.
e) 64.
15) Na transmissão de um evento esportivo, comerciais dos produtos A, B e C, todos
de uma mesma empresa, foram veiculados durante um tempo total de 140 s, 80 s e
100 s, respectivamente, com diferentes números de inserções para cada produto.
Sabe-se que a duração de cada inserção, para todos os produtos, foi sempre a
mesma, e a maior possível. Assim, o número total de comerciais dessa empresa
veiculados durante a transmissão foi igual a
a) 32.
b) 30.
c) 24.
d) 18.
e) 16.
http://matematicaetop.blogspot.com.br
16) A tabela mostra a quantidade de alunos que aderiram a determinado projeto que
será desenvolvido nos finais de semana, em um colégio.
Todos esses alunos devem ser distribuídos em equipes com o maior número possível
de elementos, de tal forma que todos os componentes de cada equipe estejam
matriculados na mesma série do colégio. Se todas as equipes tiverem a mesma
quantidade de elementos, o número total de equipes será:
a) menor do que 25.
b) maior do que 25 e menor do que 30.
c) maior do que 30 e menor do que 35.
d) maior do que 35 e menor do que 40.
e) maior do que 40.
17) Em um congresso havia o seguinte número de participantes, por faculdade.
No encerramento do congresso, os participantes foram distribuídos em grupos com o
mesmo número de participantes de modo que em cada grupo só havia alunos de uma
mesma faculdade. O número mínimo de grupos formados nessas condições é:
a) 11.
b) 12.
c) 13.
d) 14.
e) 15.
18) Para a festa de aniversário de sua neta, D. Márcia fez um bolo de chocolate em
uma assadeira retangular de 35 cm de largura por 45 cm de comprimento e irá cortá-
lo em pedaços quadrados, de maior tamanho possível, de modo que não ocorra
nenhuma sobra. Sabendo que todas as pessoas presentes na festa comeram
exatamente 3 pedaços de bolo e que sobraram 9 pedaços, então o número de
pessoas presentes nessa festa era:
a) 12.
b) 14.
c) 16.
d) 18.
e) 20.
http://matematicaetop.blogspot.com.br
19) Um garoto poupador tem guardadas em uma caixa 240 moedas de 25 centavos,
180 moedas de 50 centavos e 120 moedas de 1 real. Ele deseja separá-las e guardá-
las em cofrinhos contendo moedas de um único valor. Se cada cofrinho deverá conter
o maior número possível de moedas, todos eles com a mesma quantidade, então a
quantidade de cofrinhos necessários para guardar todas as moedas de 25, 50 e 100
centavos será, respectivamente,
a) 8, 6 e 3.
b) 3, 6 e 8.
c) 6, 3 e 2.
d) 4, 3 e 2.
e) 2, 3 e 4.
20) para confeccionar fichas de papelão, foi utilizada uma folha de 36 cm de largura
por 51 cm de comprimento, que foi cortada em quadradinhos de maior lado possível,
não ocorrendo nenhuma sobra de papelão. Sabendo-se que cada quadradinho
cortado representa uma ficha e que foram utilizadas apenas 75% das fichas
recortadas, então, o número de fichas não utilizadas foi:
a) 204
b) 153
c) 97
d) 72
e) 51
GABARITO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
A C B C D D C C A A
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
A B A D E D E D D E

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

5ª LISTA DE EXERCICÍCIOS 3º ANO CIRCUNFERÊNCIA
5ª LISTA DE EXERCICÍCIOS 3º ANO CIRCUNFERÊNCIA5ª LISTA DE EXERCICÍCIOS 3º ANO CIRCUNFERÊNCIA
5ª LISTA DE EXERCICÍCIOS 3º ANO CIRCUNFERÊNCIA
carlos josé gomes
 
Lista de Exercícios – Números Decimais
Lista de Exercícios – Números DecimaisLista de Exercícios – Números Decimais
Lista de Exercícios – Números Decimais
Everton Moraes
 
Matemática para concursos regra de três simples e composta - 10 exercícios ...
Matemática para concursos   regra de três simples e composta - 10 exercícios ...Matemática para concursos   regra de três simples e composta - 10 exercícios ...
Matemática para concursos regra de três simples e composta - 10 exercícios ...
Sulaine Almeida
 
Lista de Exercícios – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...
Lista de Exercícios  – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...Lista de Exercícios  – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...
Lista de Exercícios – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...
Everton Moraes
 
Avaliação 6° ano - 2° b - 2011
Avaliação   6° ano - 2° b - 2011Avaliação   6° ano - 2° b - 2011
Avaliação 6° ano - 2° b - 2011
CLEAN LOURENÇO
 
Microsoft word exercicio matemática com gabarito equações do 2º grau
Microsoft word   exercicio matemática com  gabarito equações do 2º grauMicrosoft word   exercicio matemática com  gabarito equações do 2º grau
Microsoft word exercicio matemática com gabarito equações do 2º grau
Betão Betão
 
Lista de Exercícios 1 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 1 – Números InteirosLista de Exercícios 1 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 1 – Números Inteiros
Everton Moraes
 
6º ano - mmc e mdc
6º ano - mmc e mdc6º ano - mmc e mdc
6º ano - mmc e mdc
Alícia Simões
 
Cópia de 6 - Multiplos e Divisores.pdf
Cópia de 6 - Multiplos e Divisores.pdfCópia de 6 - Multiplos e Divisores.pdf
Cópia de 6 - Multiplos e Divisores.pdf
Autonoma
 
Lista de Exercícios 1 – Regra de Três
Lista de Exercícios 1 – Regra de TrêsLista de Exercícios 1 – Regra de Três
Lista de Exercícios 1 – Regra de Três
Everton Moraes
 
Soma dos ângulos internos de um triângulo gabarito
Soma dos ângulos internos de um triângulo gabaritoSoma dos ângulos internos de um triângulo gabarito
Soma dos ângulos internos de um triângulo gabarito
CIEP 456 - E.M. Milcah de Sousa
 
Prova números inteiros - 7° ano
Prova números inteiros  - 7° anoProva números inteiros  - 7° ano
Prova números inteiros - 7° ano
Gentil De Almeida Junior
 
51582839 caderno-de-exercicios-de-matematica-basica
51582839 caderno-de-exercicios-de-matematica-basica51582839 caderno-de-exercicios-de-matematica-basica
51582839 caderno-de-exercicios-de-matematica-basica
Simone Belorte de Andrade
 
3ª lista de exercícios complementares de matemática (expressões algébricas) p...
3ª lista de exercícios complementares de matemática (expressões algébricas) p...3ª lista de exercícios complementares de matemática (expressões algébricas) p...
3ª lista de exercícios complementares de matemática (expressões algébricas) p...
Josie Michelle Soares
 
2ª lista de exercícios 7º ano - linguagem algébrica
2ª lista de exercícios   7º ano - linguagem algébrica2ª lista de exercícios   7º ano - linguagem algébrica
2ª lista de exercícios 7º ano - linguagem algébrica
Alessandra Dias
 
Atividades sobre aceleração
Atividades sobre aceleraçãoAtividades sobre aceleração
Atividades sobre aceleração
wagneripo
 
30 questões de problemas com as 4 opeções
30 questões de problemas com as 4 opeções30 questões de problemas com as 4 opeções
30 questões de problemas com as 4 opeções
maria edineuma marreira
 
Lista de Exercícios 2 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 2 – Números InteirosLista de Exercícios 2 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 2 – Números Inteiros
Everton Moraes
 
Exercícios de paralelepípedo e cubo
Exercícios de paralelepípedo e cuboExercícios de paralelepípedo e cubo
Exercícios de paralelepípedo e cubo
Fabiana Gonçalves
 
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de TalesLista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
Everton Moraes
 

Mais procurados (20)

5ª LISTA DE EXERCICÍCIOS 3º ANO CIRCUNFERÊNCIA
5ª LISTA DE EXERCICÍCIOS 3º ANO CIRCUNFERÊNCIA5ª LISTA DE EXERCICÍCIOS 3º ANO CIRCUNFERÊNCIA
5ª LISTA DE EXERCICÍCIOS 3º ANO CIRCUNFERÊNCIA
 
Lista de Exercícios – Números Decimais
Lista de Exercícios – Números DecimaisLista de Exercícios – Números Decimais
Lista de Exercícios – Números Decimais
 
Matemática para concursos regra de três simples e composta - 10 exercícios ...
Matemática para concursos   regra de três simples e composta - 10 exercícios ...Matemática para concursos   regra de três simples e composta - 10 exercícios ...
Matemática para concursos regra de três simples e composta - 10 exercícios ...
 
Lista de Exercícios – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...
Lista de Exercícios  – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...Lista de Exercícios  – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...
Lista de Exercícios – Relações Métricas no Triângulo Retângulo e na Circunfe...
 
Avaliação 6° ano - 2° b - 2011
Avaliação   6° ano - 2° b - 2011Avaliação   6° ano - 2° b - 2011
Avaliação 6° ano - 2° b - 2011
 
Microsoft word exercicio matemática com gabarito equações do 2º grau
Microsoft word   exercicio matemática com  gabarito equações do 2º grauMicrosoft word   exercicio matemática com  gabarito equações do 2º grau
Microsoft word exercicio matemática com gabarito equações do 2º grau
 
Lista de Exercícios 1 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 1 – Números InteirosLista de Exercícios 1 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 1 – Números Inteiros
 
6º ano - mmc e mdc
6º ano - mmc e mdc6º ano - mmc e mdc
6º ano - mmc e mdc
 
Cópia de 6 - Multiplos e Divisores.pdf
Cópia de 6 - Multiplos e Divisores.pdfCópia de 6 - Multiplos e Divisores.pdf
Cópia de 6 - Multiplos e Divisores.pdf
 
Lista de Exercícios 1 – Regra de Três
Lista de Exercícios 1 – Regra de TrêsLista de Exercícios 1 – Regra de Três
Lista de Exercícios 1 – Regra de Três
 
Soma dos ângulos internos de um triângulo gabarito
Soma dos ângulos internos de um triângulo gabaritoSoma dos ângulos internos de um triângulo gabarito
Soma dos ângulos internos de um triângulo gabarito
 
Prova números inteiros - 7° ano
Prova números inteiros  - 7° anoProva números inteiros  - 7° ano
Prova números inteiros - 7° ano
 
51582839 caderno-de-exercicios-de-matematica-basica
51582839 caderno-de-exercicios-de-matematica-basica51582839 caderno-de-exercicios-de-matematica-basica
51582839 caderno-de-exercicios-de-matematica-basica
 
3ª lista de exercícios complementares de matemática (expressões algébricas) p...
3ª lista de exercícios complementares de matemática (expressões algébricas) p...3ª lista de exercícios complementares de matemática (expressões algébricas) p...
3ª lista de exercícios complementares de matemática (expressões algébricas) p...
 
2ª lista de exercícios 7º ano - linguagem algébrica
2ª lista de exercícios   7º ano - linguagem algébrica2ª lista de exercícios   7º ano - linguagem algébrica
2ª lista de exercícios 7º ano - linguagem algébrica
 
Atividades sobre aceleração
Atividades sobre aceleraçãoAtividades sobre aceleração
Atividades sobre aceleração
 
30 questões de problemas com as 4 opeções
30 questões de problemas com as 4 opeções30 questões de problemas com as 4 opeções
30 questões de problemas com as 4 opeções
 
Lista de Exercícios 2 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 2 – Números InteirosLista de Exercícios 2 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 2 – Números Inteiros
 
Exercícios de paralelepípedo e cubo
Exercícios de paralelepípedo e cuboExercícios de paralelepípedo e cubo
Exercícios de paralelepípedo e cubo
 
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de TalesLista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
 

Semelhante a Lista de Exercícios – Máximo Divisor Comum(mdc)

Aritmética
AritméticaAritmética
Aritmética
KalculosOnline
 
2 exercicios
2 exercicios2 exercicios
2 exercicios
MariaJoão Agualuza
 
Exercícios revisão de matemática comercial
Exercícios   revisão de matemática comercialExercícios   revisão de matemática comercial
Exercícios revisão de matemática comercial
Glayce Emília
 
01 mmc e mdc
01  mmc e mdc01  mmc e mdc
01 mmc e mdc
Washington Gonçalves
 
Mmc e mdc
Mmc e mdcMmc e mdc
Mmc e mdc
Airton Sabino
 
Aulão de matemática Raul Córdula Campina Grande
Aulão de matemática Raul Córdula Campina GrandeAulão de matemática Raul Córdula Campina Grande
Aulão de matemática Raul Córdula Campina Grande
Reginaldo Borges Barbosa
 
Matematica basica exercicios_mmc_mdc
Matematica basica exercicios_mmc_mdcMatematica basica exercicios_mmc_mdc
Matematica basica exercicios_mmc_mdc
Joao Paulo Oliveira
 
Matemática rz,prp,rg tres - mistao
Matemática  rz,prp,rg tres - mistaoMatemática  rz,prp,rg tres - mistao
Matemática rz,prp,rg tres - mistao
Wellington Moreira
 
8o ano r9
8o ano r98o ano r9
8o ano r9
Otávio Sales
 
Função do 2° grau
Função do 2° grauFunção do 2° grau
Função do 2° grau
KalculosOnline
 
Tarefas matemáticas com o mmc e mdc entre dois números
Tarefas matemáticas com o mmc e mdc entre dois númerosTarefas matemáticas com o mmc e mdc entre dois números
Tarefas matemáticas com o mmc e mdc entre dois números
Agrupamento de Escolas de Mortágua
 
Enem 2° aplicação 2016
Enem 2° aplicação 2016Enem 2° aplicação 2016
Enem 2° aplicação 2016
KalculosOnline
 
Razão e proporção 1
Razão e proporção 1Razão e proporção 1
Razão e proporção 1
KalculosOnline
 
Tipos de questão de rlm artigo 01 - com gabarito
Tipos de questão de rlm   artigo 01 - com gabaritoTipos de questão de rlm   artigo 01 - com gabarito
Tipos de questão de rlm artigo 01 - com gabarito
Arthur Lima
 
450 EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
 450 EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 450 EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
450 EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
maria edineuma marreira
 
matematica
matematicamatematica
matematica
Justi Fica-se
 
Mat utfrs 07. regra de tres exercicios
Mat utfrs 07. regra de tres exerciciosMat utfrs 07. regra de tres exercicios
Mat utfrs 07. regra de tres exercicios
trigono_metria
 
Aula 4 - Matemática: revisão
Aula 4 - Matemática: revisãoAula 4 - Matemática: revisão
Aula 4 - Matemática: revisão
WALTER ALENCAR DE SOUSA
 
Questões de vestibular
Questões de vestibularQuestões de vestibular
Questões de vestibular
Professor Serginho
 
Trabalho de férias 1º ano
Trabalho de férias   1º anoTrabalho de férias   1º ano
Trabalho de férias 1º ano
Francisco Vagner Oliveira
 

Semelhante a Lista de Exercícios – Máximo Divisor Comum(mdc) (20)

Aritmética
AritméticaAritmética
Aritmética
 
2 exercicios
2 exercicios2 exercicios
2 exercicios
 
Exercícios revisão de matemática comercial
Exercícios   revisão de matemática comercialExercícios   revisão de matemática comercial
Exercícios revisão de matemática comercial
 
01 mmc e mdc
01  mmc e mdc01  mmc e mdc
01 mmc e mdc
 
Mmc e mdc
Mmc e mdcMmc e mdc
Mmc e mdc
 
Aulão de matemática Raul Córdula Campina Grande
Aulão de matemática Raul Córdula Campina GrandeAulão de matemática Raul Córdula Campina Grande
Aulão de matemática Raul Córdula Campina Grande
 
Matematica basica exercicios_mmc_mdc
Matematica basica exercicios_mmc_mdcMatematica basica exercicios_mmc_mdc
Matematica basica exercicios_mmc_mdc
 
Matemática rz,prp,rg tres - mistao
Matemática  rz,prp,rg tres - mistaoMatemática  rz,prp,rg tres - mistao
Matemática rz,prp,rg tres - mistao
 
8o ano r9
8o ano r98o ano r9
8o ano r9
 
Função do 2° grau
Função do 2° grauFunção do 2° grau
Função do 2° grau
 
Tarefas matemáticas com o mmc e mdc entre dois números
Tarefas matemáticas com o mmc e mdc entre dois númerosTarefas matemáticas com o mmc e mdc entre dois números
Tarefas matemáticas com o mmc e mdc entre dois números
 
Enem 2° aplicação 2016
Enem 2° aplicação 2016Enem 2° aplicação 2016
Enem 2° aplicação 2016
 
Razão e proporção 1
Razão e proporção 1Razão e proporção 1
Razão e proporção 1
 
Tipos de questão de rlm artigo 01 - com gabarito
Tipos de questão de rlm   artigo 01 - com gabaritoTipos de questão de rlm   artigo 01 - com gabarito
Tipos de questão de rlm artigo 01 - com gabarito
 
450 EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
 450 EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 450 EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
450 EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
 
matematica
matematicamatematica
matematica
 
Mat utfrs 07. regra de tres exercicios
Mat utfrs 07. regra de tres exerciciosMat utfrs 07. regra de tres exercicios
Mat utfrs 07. regra de tres exercicios
 
Aula 4 - Matemática: revisão
Aula 4 - Matemática: revisãoAula 4 - Matemática: revisão
Aula 4 - Matemática: revisão
 
Questões de vestibular
Questões de vestibularQuestões de vestibular
Questões de vestibular
 
Trabalho de férias 1º ano
Trabalho de férias   1º anoTrabalho de férias   1º ano
Trabalho de férias 1º ano
 

Mais de Everton Moraes

Matemática - Aprendizes de Marinheiros - 2004 a 2017
Matemática - Aprendizes de Marinheiros - 2004 a 2017Matemática - Aprendizes de Marinheiros - 2004 a 2017
Matemática - Aprendizes de Marinheiros - 2004 a 2017
Everton Moraes
 
Exame Nacional de Qualificação - Profmat - 2012 a 2017
Exame Nacional de Qualificação - Profmat - 2012 a 2017Exame Nacional de Qualificação - Profmat - 2012 a 2017
Exame Nacional de Qualificação - Profmat - 2012 a 2017
Everton Moraes
 
Lista de Exercícios 1 – Porcentagem
Lista de Exercícios 1 – PorcentagemLista de Exercícios 1 – Porcentagem
Lista de Exercícios 1 – Porcentagem
Everton Moraes
 
Lista de exercícios 1 – Conjuntos
Lista de exercícios 1 – ConjuntosLista de exercícios 1 – Conjuntos
Lista de exercícios 1 – Conjuntos
Everton Moraes
 
Lista de Exercícios – Sistemas de Equações do 1° Grau
Lista de Exercícios – Sistemas de Equações do 1° Grau   Lista de Exercícios – Sistemas de Equações do 1° Grau
Lista de Exercícios – Sistemas de Equações do 1° Grau
Everton Moraes
 
Lista de Exercícios – Regra de Três
Lista de Exercícios – Regra de Três Lista de Exercícios – Regra de Três
Lista de Exercícios – Regra de Três
Everton Moraes
 
Lista de Exercícios – Razão e Proporção
Lista de Exercícios – Razão e ProporçãoLista de Exercícios – Razão e Proporção
Lista de Exercícios – Razão e Proporção
Everton Moraes
 
Lista de Exercícios – Problemas com Frações
Lista de Exercícios – Problemas com Frações   Lista de Exercícios – Problemas com Frações
Lista de Exercícios – Problemas com Frações
Everton Moraes
 
Lista de Exercícios – Juros Simples
Lista de Exercícios – Juros Simples Lista de Exercícios – Juros Simples
Lista de Exercícios – Juros Simples
Everton Moraes
 
Lista de Exercícios – Função Exponencial
Lista de Exercícios – Função ExponencialLista de Exercícios – Função Exponencial
Lista de Exercícios – Função Exponencial
Everton Moraes
 
Lista de Exercícios – Equação Exponencial
Lista de Exercícios – Equação ExponencialLista de Exercícios – Equação Exponencial
Lista de Exercícios – Equação Exponencial
Everton Moraes
 
Lista de exercícios – Equação do 1° grau
Lista de exercícios – Equação do 1° grau  Lista de exercícios – Equação do 1° grau
Lista de exercícios – Equação do 1° grau
Everton Moraes
 
Lista de exercícios – Conjuntos
Lista de exercícios – Conjuntos  Lista de exercícios – Conjuntos
Lista de exercícios – Conjuntos
Everton Moraes
 
Lista de exercícios – Análise Combinatória
Lista de exercícios – Análise CombinatóriaLista de exercícios – Análise Combinatória
Lista de exercícios – Análise Combinatória
Everton Moraes
 
Geometria Espacial e de Posição
Geometria Espacial e de PosiçãoGeometria Espacial e de Posição
Geometria Espacial e de Posição
Everton Moraes
 
Geometria analítica II
Geometria analítica IIGeometria analítica II
Geometria analítica II
Everton Moraes
 
Geometria Analítica I
Geometria Analítica IGeometria Analítica I
Geometria Analítica I
Everton Moraes
 
Funções
FunçõesFunções
Funções
Everton Moraes
 
Funções, Equações e Inequações Trigonométricas
Funções, Equações e Inequações TrigonométricasFunções, Equações e Inequações Trigonométricas
Funções, Equações e Inequações Trigonométricas
Everton Moraes
 
Aritmética Elementar
Aritmética ElementarAritmética Elementar
Aritmética Elementar
Everton Moraes
 

Mais de Everton Moraes (20)

Matemática - Aprendizes de Marinheiros - 2004 a 2017
Matemática - Aprendizes de Marinheiros - 2004 a 2017Matemática - Aprendizes de Marinheiros - 2004 a 2017
Matemática - Aprendizes de Marinheiros - 2004 a 2017
 
Exame Nacional de Qualificação - Profmat - 2012 a 2017
Exame Nacional de Qualificação - Profmat - 2012 a 2017Exame Nacional de Qualificação - Profmat - 2012 a 2017
Exame Nacional de Qualificação - Profmat - 2012 a 2017
 
Lista de Exercícios 1 – Porcentagem
Lista de Exercícios 1 – PorcentagemLista de Exercícios 1 – Porcentagem
Lista de Exercícios 1 – Porcentagem
 
Lista de exercícios 1 – Conjuntos
Lista de exercícios 1 – ConjuntosLista de exercícios 1 – Conjuntos
Lista de exercícios 1 – Conjuntos
 
Lista de Exercícios – Sistemas de Equações do 1° Grau
Lista de Exercícios – Sistemas de Equações do 1° Grau   Lista de Exercícios – Sistemas de Equações do 1° Grau
Lista de Exercícios – Sistemas de Equações do 1° Grau
 
Lista de Exercícios – Regra de Três
Lista de Exercícios – Regra de Três Lista de Exercícios – Regra de Três
Lista de Exercícios – Regra de Três
 
Lista de Exercícios – Razão e Proporção
Lista de Exercícios – Razão e ProporçãoLista de Exercícios – Razão e Proporção
Lista de Exercícios – Razão e Proporção
 
Lista de Exercícios – Problemas com Frações
Lista de Exercícios – Problemas com Frações   Lista de Exercícios – Problemas com Frações
Lista de Exercícios – Problemas com Frações
 
Lista de Exercícios – Juros Simples
Lista de Exercícios – Juros Simples Lista de Exercícios – Juros Simples
Lista de Exercícios – Juros Simples
 
Lista de Exercícios – Função Exponencial
Lista de Exercícios – Função ExponencialLista de Exercícios – Função Exponencial
Lista de Exercícios – Função Exponencial
 
Lista de Exercícios – Equação Exponencial
Lista de Exercícios – Equação ExponencialLista de Exercícios – Equação Exponencial
Lista de Exercícios – Equação Exponencial
 
Lista de exercícios – Equação do 1° grau
Lista de exercícios – Equação do 1° grau  Lista de exercícios – Equação do 1° grau
Lista de exercícios – Equação do 1° grau
 
Lista de exercícios – Conjuntos
Lista de exercícios – Conjuntos  Lista de exercícios – Conjuntos
Lista de exercícios – Conjuntos
 
Lista de exercícios – Análise Combinatória
Lista de exercícios – Análise CombinatóriaLista de exercícios – Análise Combinatória
Lista de exercícios – Análise Combinatória
 
Geometria Espacial e de Posição
Geometria Espacial e de PosiçãoGeometria Espacial e de Posição
Geometria Espacial e de Posição
 
Geometria analítica II
Geometria analítica IIGeometria analítica II
Geometria analítica II
 
Geometria Analítica I
Geometria Analítica IGeometria Analítica I
Geometria Analítica I
 
Funções
FunçõesFunções
Funções
 
Funções, Equações e Inequações Trigonométricas
Funções, Equações e Inequações TrigonométricasFunções, Equações e Inequações Trigonométricas
Funções, Equações e Inequações Trigonométricas
 
Aritmética Elementar
Aritmética ElementarAritmética Elementar
Aritmética Elementar
 

Último

As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
JohnnyLima16
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
erico paulo rocha guedes
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 

Último (20)

As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 

Lista de Exercícios – Máximo Divisor Comum(mdc)

  • 1. http://matematicaetop.blogspot.com.br Lista de Exercícios Máximo Divisor Comum 1) (TRE-AM - FCC) Um auxiliar de enfermagem pretende usar a menor quantidade possível de gavetas para acomodar 120 frascos de um tipo de medicamento, 150 frascos de outro tipo e 225 frascos de um terceiro tipo. Se ele colocar a mesma quantidade de frascos em todas as gavetas, e medicamentos de um único tipo em cada uma delas, quantas gavetas deverá usar? a) 33 b) 48 c) 75 d) 99 e) 165 2) (TRE-PB - FCC) Uma empresa prestadora de serviços possui 3 rolos de fio de telefone com 120, 168 e 408 metros, respectivamente, e deseja cortá-los em partes iguais para a execução de suas tarefas. O número total de partes iguais é de: a) 20 b) 23 c) 29 d) 32 e) 37 3) (TRT– 2ª REGIÃO - FCC) Dispõe – se de dois lotes de boletins informativos distintos, com 336 unidades, e outro, com 432 unidades. Um técnico judiciário foi incumbido de empacotar todos os boletins dos lotes, obedecendo as seguintes instruções: • Todos os pacotes devem conter a mesma quantidade de boletins; • Cada pacote deve ter um único tipo de boletim. Nessas condições, o menor número de pacotes que ele poderá obter é: a) 12 b) 16 c) 18 d) 24 e) 32 4) (TRE–CE - FCC ) Uma Repartição Pública recebeu 143 micro computadores e 104 impressoras para distribuir algumas de suas seções. Esses aparelhos serão divididos em lotes, todos com igual quantidades de aparelhos. Se cada lote deve ter um único tipo de aparelho o menor número de lotes formado deverá ser: a) 8 b) 11 c) 19 d) 20 e) 21
  • 2. http://matematicaetop.blogspot.com.br 5)(PREFEITURA DE GUARULHOS - VUNESP/2016) Um total de 100 crianças, sendo 40 meninos e as demais meninas, será dividido em grupos, todos com o mesmo número total de crianças e compostos por um número mínimo de meninos e um número mínimo de meninas, de modo que cada uma das 100 crianças participe apenas de um grupo. Dessa forma, o número total de grupos que será formado é a) 4. b) 5. c) 10. d) 20. e) 25. 6) (PREFEITURA DE GUARULHOS - VUNESP/2016) Para iniciar uma visita monitorada a um museu, 96 alunos do 8º ano e 84 alunos do 9º ano de certa escola foram divididos em grupos, todos com o mesmo número de alunos, sendo esse número o maior possível, de modo que cada grupo tivesse somente alunos de um único ano e que não restasse nenhum aluno fora de um grupo. Nessas condições, é correto afirmar que o número total de grupos formados foi a) 8. b) 12. c) 13. d) 15. e) 18. 7) (VUNESP/2016) Para um trabalho de campo, Agentes Recenseadores das regiões A e B devem formar equipes. Todas as equipes devem ter o mesmo número de agentes, sendo esse número o maior possível, de modo que cada equipe tenha agentes de uma só região e que não reste nenhum agente fora de uma equipe. Sabe- se que, da região A, participarão 60 agentes, e da região B, 72. Nessas condições, o número total de equipes formadas será a) 8. b) 9. c) 11. d) 12. e) 14. 8) (UNIFESP – VUNESP/2016) Uma folha de papelão com 80 cm de largura por 1,40 m de comprimento foi totalmente dividida em quadrados iguais e de maior lado possível, não ocorrendo sobras. O número de quadrados, cuja soma das áreas corresponde a 25% da área total da folha, é a) 9. b) 8. c) 7. d) 6. e) 5.
  • 3. http://matematicaetop.blogspot.com.br 9) (PMSP – VUNESP/2015) Considere um total de 150 policiais militares, sendo 90 soldados e 60 cabos. Pretende-se, com esses policiais, montar grupos de policiamento contendo cabos e soldados de modo que o número de grupos seja o maior possível, que em cada grupo haja o mesmo número de soldados e o mesmo número de cabos, e que cada um dos 150 policiais participe de um grupo apenas. Sendo assim, a diferença entre o número de soldados e o número de cabos em cada grupo de policiamento será igual a a) 1. b) 2. c) 3. d) 4. 10) Em um presídio há 400 detentos, sendo 240 no setor X e 160 no setor Y. Para realizar atividades na oficina de artes, o total de detentos foi dividido em grupos com o mesmo número de integrantes, sendo esse número o maior possível, sem deixar nenhum detento de fora e sem misturar os detentos dos dois setores. Dessa forma, foram formados: a) 5 grupos. b) 8 grupos. c) 10 grupos. d) 12 grupos. e) 13 grupos. 11) Para acondicionar 1560 latas de azeite e 870 latas de óleo em caixotes, de modo que cada caixote contenha o maior e o mesmo número de latas sem que sobre nenhuma e sem misturar as latas de cada espécie, são necessárias quantas latas em cada caixote? a) 30 b) 40 c) 20 d) 50 12) O Serviço Social da Prefeitura de Moreno distribui retalhos de fazenda com um pequeno grupo de uma comunidade carente. Neste ano, três peças de fazenda, de medidas 324 metros, 180 metros e 252 metros, respectivamente, serão divididas em retalhos de igual comprimento. Para efeito de economia, qual deverá ser esse comprimento, de modo que o número de retalhos seja o menor possível e quantos serão os retalhos? a) 20 retalhos de 36 metros de comprimento. b) 21 retalhos de 36 metros de comprimento. c) 22 retalhos de 38 metros de comprimento. d) 23 retalhos de 38 metros de comprimento. e) 24 retalhos de 40 metros de comprimento
  • 4. http://matematicaetop.blogspot.com.br 13) No almoxarifado de uma obra de uma Estação do METRÔ de São Paulo há 216 chaves de fenda, 168 martelos e 120 alicates. Um Ajudante de Manutenção foi incumbido de acomodar todas essas ferramentas em caixas e, para tal, recebeu as seguintes instruções: ● Cada caixa deverá receber um único tipo de ferramenta; ● Todas as caixas deverão ter a mesma quantidade de ferramentas; ● Deve ser usada a menor quantidade possível de caixas. Considerando que todas as instruções foram seguidas, é correto afirmar que: a) O número de caixas com as chaves de fendas excedeu o das que contêm os alicates em 4 unidades. b) Foi usado um total de 20 caixas. c) O número de caixas com as chaves de fenda era igual à soma dos números de caixas com as outras ferramentas. d) Foi usado um total de 24 caixas. Cada caixa continha 21 ferramentas. 14) Um eletricista tem 2 pedaços de fio de cobre; um com 125 cm de comprimento e o outro com 185 cm. Ele deseja cortá-los em pedacinhos, todos iguais e de maior tamanho possível. O máximo de pedacinhos que esse eletricista irá conseguir será a) 56. b) 58. c) 60. d) 62. e) 64. 15) Na transmissão de um evento esportivo, comerciais dos produtos A, B e C, todos de uma mesma empresa, foram veiculados durante um tempo total de 140 s, 80 s e 100 s, respectivamente, com diferentes números de inserções para cada produto. Sabe-se que a duração de cada inserção, para todos os produtos, foi sempre a mesma, e a maior possível. Assim, o número total de comerciais dessa empresa veiculados durante a transmissão foi igual a a) 32. b) 30. c) 24. d) 18. e) 16.
  • 5. http://matematicaetop.blogspot.com.br 16) A tabela mostra a quantidade de alunos que aderiram a determinado projeto que será desenvolvido nos finais de semana, em um colégio. Todos esses alunos devem ser distribuídos em equipes com o maior número possível de elementos, de tal forma que todos os componentes de cada equipe estejam matriculados na mesma série do colégio. Se todas as equipes tiverem a mesma quantidade de elementos, o número total de equipes será: a) menor do que 25. b) maior do que 25 e menor do que 30. c) maior do que 30 e menor do que 35. d) maior do que 35 e menor do que 40. e) maior do que 40. 17) Em um congresso havia o seguinte número de participantes, por faculdade. No encerramento do congresso, os participantes foram distribuídos em grupos com o mesmo número de participantes de modo que em cada grupo só havia alunos de uma mesma faculdade. O número mínimo de grupos formados nessas condições é: a) 11. b) 12. c) 13. d) 14. e) 15. 18) Para a festa de aniversário de sua neta, D. Márcia fez um bolo de chocolate em uma assadeira retangular de 35 cm de largura por 45 cm de comprimento e irá cortá- lo em pedaços quadrados, de maior tamanho possível, de modo que não ocorra nenhuma sobra. Sabendo que todas as pessoas presentes na festa comeram exatamente 3 pedaços de bolo e que sobraram 9 pedaços, então o número de pessoas presentes nessa festa era: a) 12. b) 14. c) 16. d) 18. e) 20.
  • 6. http://matematicaetop.blogspot.com.br 19) Um garoto poupador tem guardadas em uma caixa 240 moedas de 25 centavos, 180 moedas de 50 centavos e 120 moedas de 1 real. Ele deseja separá-las e guardá- las em cofrinhos contendo moedas de um único valor. Se cada cofrinho deverá conter o maior número possível de moedas, todos eles com a mesma quantidade, então a quantidade de cofrinhos necessários para guardar todas as moedas de 25, 50 e 100 centavos será, respectivamente, a) 8, 6 e 3. b) 3, 6 e 8. c) 6, 3 e 2. d) 4, 3 e 2. e) 2, 3 e 4. 20) para confeccionar fichas de papelão, foi utilizada uma folha de 36 cm de largura por 51 cm de comprimento, que foi cortada em quadradinhos de maior lado possível, não ocorrendo nenhuma sobra de papelão. Sabendo-se que cada quadradinho cortado representa uma ficha e que foram utilizadas apenas 75% das fichas recortadas, então, o número de fichas não utilizadas foi: a) 204 b) 153 c) 97 d) 72 e) 51 GABARITO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 A C B C D D C C A A 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 A B A D E D E D D E