SlideShare uma empresa Scribd logo
¾
1) Dado um cone de revolução de raio da base 3 cm e
altura 12 cm, determine:
a) a geratriz do cone.
b) a área da base.
c) a área lateral.
d) o volume do cone.
2) Dado um cone equilátero de área lateral 98π cm2
,
determine:
a) o raio da base do cone.
b) a geratriz do cone.
c) a área da base do cone.
d) a área total do cone.
e) a altura do cone.
f) o volume do cone.
3) Dado um cone equilátero de altura 12 √3 cm,
determine:
a) a geratriz do cone.
b) o raio da base.
c) a área lateral.
d) o volume do cone.
4) Dado um cone circular reto de raio da base 5 cm e
geratriz 13 cm, calcule:
a) a área lateral do cone.
b) a área total do cone.
5) Dado um cone equilátero de base 16π cm, determine:
a) o raio da base.
b) a geratriz do cone.
c) a área da secção meridiana.
d) o volume do cone.
6) Uma lanchonete anuncia a venda de refrigerante em
copos cônicos de altura 20 cm e raio da base 6 cm. Para
não derramar, a lanchonete serve os copos com 18 cm de
refrigerante, conforme a figura abaixo.
Qual é, em centímetros cúbicos, o volume aproximado do
refrigerante no copo?
7) Um cilindro e um cone têm bases e alturas
respectivamente iguais. O cilindro está cheio de água.
Com a água do cilindro enchemos o cone.
Agora, que altura a água do cilindro atingirá?
8) Determine o volume do sólido representado pela figura
abaixo:
Prof.ª Alessandra Mattos – www.alenumeros.com
CONE/TRONCONOME:
EXERCÍCIOS
SÉRIE: 2ª TURMA: ENSINO: MÉDIO
MATEMÁTICA II
ListaConesiteAlenumeros.odt
1 – 4
¾
9) Na figura, está representado um cone cuja geratriz
mede 6 √3cm , e o ângulo que ela faz com a reta que
contém a altura do cone mede 30º. O volume desse sólido,
em cm3
, é:
a) 9 π b) 27π c) 54π d) 81π e) 243π
10) A figura que melhor representa a planificação da
superfície lateral de um cone reto cujo volume é igual a
96 π e cujo raio da base mede 6 é
11) As figuras abaixo representam um cone reto e um cone
oblíquo. Sabe-se que:
- as bases dos dois cones são circunferências idênticas de
raio 5.
- a área total do cone reto vale 90 π .
- o volume do cone reto é o dobro do volume do cone
oblíquo.
- a medida do segmento OV no cone oblíquo vale 4√3
.
Determine a medida do ângulo VOV' no cone oblíquio
12) Um vasilhame na forma de um cilindro reto de raio da
base 5 cm e altura 30 cm, está parcialmente ocupado por
625π cm3
de álcool. Suponha que sobre o vasilhame
seja fixado um funil na forma de um cone circular reto de
raio da base 5 cm e altura 6 cm, conforme ilustra a figura.
O conjunto, como mostra a figura, é virado para baixo,
sendo H a distância da superfície do álcool até o fundo do
vasilhame. Considerando-se essas informações, qual é o
valor da distância H?
13) Um pedaço de cartolina possui a forma de um
semicírculo de raio 20 cm. Com essa cartolina, um menino
constrói um chapéu cônico e o coloca com a base apoiada
sobre uma mesa. Qual é a distância do bico do chapéu à
mesa?
a) 10√3cm b) 3 √10cm c) 20 √2cm d) 20 cm
e) 10 cm
14) Uma mistura de leite batido com sorvete é servida em
um copo, como na figura a seguir. Se, na parte superior do
copo, há uma camada de espuma de 4 cm de altura, então
a porcentagem do volume do copo ocupada pela espuma
está mais bem aproximada na alternativa:
(A) 65% (B) 60% (C) 50% (D) 45% (E) 70%
Prof.ª Alessandra Mattos – www.alenumeros.com
MATEMÁTICA II
istaConesiteAlenumeros.odt
NOME: TURMA: SÉRIE: 2ª ENSINO: MÉDIO
2 – 4
¾
15) Um cone circular reto é seccionado por um plano
paralelo à sua base a 2 de seu vértice. Se
chamarmos V o volume do cone, então o volume
do tronco de cone resultante vale:
1. (A) 8V /27
2. (B) 2V/ 3
3. (C) 4V/ 9
4. (D) 19V /27
16) Um recipiente cilíndrico reto (recipiente 1) está cheio
de água. A água contida nesse recipiente deverá ser
colocada no recipiente 2, em forma de tronco de cone reto.
Sabendo que os dois recipientes têm a mesma altura, ao
ser vertida a água no interior do recipiente 2 até que ele
esteja completamente cheio, qual a quantidade de água,
em cm3 , que restará no recipiente 1, supondo que
nenhuma quantidade de água seja derramada.
17) O volume, em centímetros cúbicos, do sólido de
revolução gerado pela rotação completa do trapézio em
torno da reta . A figura representa um trapézio retângulo
em que AB = 4 cm, BC = 9 cm e AD = 3 cm. O volume em
cm3
, do sólido de revolução gerado pela rotação completa
do trapézio em torno da reta suporte do lado AD é
a) 108π b) 112π c) 126π d) 130π
e) 144π
18) Um cone circular reto tem 24 cm de altura e raio de
base medindo 9 cm. Esse cone é cortado por dois planos
paralelos à sua base e que dividem a sua altura em três
partes iguais. Em cm3 , o volume do tronco do cone
compreendido entre esses dois planos é:
a) 24π b) 168π c) 192π d) 648π
e) 504π
19) As ilustrações a seguir representam um setor circular,
com ângulo central de
2π
3
radianos e raio 9, e o cone
tendo este setor como área lateral. Qual é o volume do
cone?
20) Considere o sólido gerado pela rotação de um
triângulo equilátero de lado 3 em torno de um de seus
lados. Calcule a área de sua superfície e seu volume.
21) A figura mostra a planificação da superfície lateral
de um cone reto. Calcule o raio da base e sua
altura.
22) Um recipiente tem a forma de cone reto, com o
vértice voltado para baixo e eixo vertical.
Internamente, ele tem 15 cm de raio e 18 cm de
altura. Despejam-se, em seu interior, 157 ml de
água. Que nível (altura) a água atinge? Qual é a
área da superfície da água?
Prof.ª Alessandra Mattos – www.alenumeros.com
MATEMÁTICA II
istaConesiteAlenumeros.odt
NOME: TURMA: SÉRIE: 2ª ENSINO: MÉDIO
3 – 4
¾
23) Determine:
a) o raio da base do cone menor.
b) o volume do cone maior.
c) o volume do cone menor.
d) o volume do tronco de cone.
Prof.ª Alessandra Mattos – www.alenumeros.com
MATEMÁTICA II
istaConesiteAlenumeros.odt
NOME: TURMA: SÉRIE: 2ª ENSINO: MÉDIO
4 – 4

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Volumes, áreas de sólidos e critérios de paralelismo e perpendicularidade e...
Volumes, áreas de sólidos e critérios de paralelismo e perpendicularidade   e...Volumes, áreas de sólidos e critérios de paralelismo e perpendicularidade   e...
Volumes, áreas de sólidos e critérios de paralelismo e perpendicularidade e...
numerosnamente
 
Apostila Geometria Espacial -2013
Apostila  Geometria Espacial -2013Apostila  Geometria Espacial -2013
Apostila Geometria Espacial -2013
Fundação CECIERJ
 
Segmentos proporcionais
Segmentos proporcionaisSegmentos proporcionais
Segmentos proporcionais
KalculosOnline
 
Revisão cap 3 e 4 módulo 8 2ºano
Revisão cap 3 e 4 módulo 8 2ºanoRevisão cap 3 e 4 módulo 8 2ºano
Revisão cap 3 e 4 módulo 8 2ºano
profederson
 
Prismas e áreas
Prismas e áreasPrismas e áreas
Prismas e áreas
iran rodrigues
 
Paralelepípedo e cubo
Paralelepípedo e cuboParalelepípedo e cubo
Paralelepípedo e cubo
Fabiana Gonçalves
 
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)
carlos josé gomes
 
Geometria sólida - Pirâmides
Geometria sólida - PirâmidesGeometria sólida - Pirâmides
Geometria sólida - Pirâmides
KalculosOnline
 
Geometria Espacial - Questões resolvidas sobre cubo e paralelepípedo - Fundam...
Geometria Espacial - Questões resolvidas sobre cubo e paralelepípedo - Fundam...Geometria Espacial - Questões resolvidas sobre cubo e paralelepípedo - Fundam...
Geometria Espacial - Questões resolvidas sobre cubo e paralelepípedo - Fundam...
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Lista geometria espacial
Lista geometria espacialLista geometria espacial
Lista geometria espacial
iran rodrigues
 
Lista de exercícios poliedro, prisma e cilindros
Lista de exercícios poliedro, prisma e cilindrosLista de exercícios poliedro, prisma e cilindros
Lista de exercícios poliedro, prisma e cilindros
Rosana Santos Quirino
 
Questões geom. plana
Questões geom. planaQuestões geom. plana
Questões geom. plana
Ana Paula Silva
 
Mat geometria espacial 002
Mat geometria espacial  002Mat geometria espacial  002
Mat geometria espacial 002
trigono_metrico
 
Area
AreaArea
Area
Ph Neves
 
1 lista 1bim 1 ano
1 lista 1bim 1 ano1 lista 1bim 1 ano
1 lista 1bim 1 ano
Adriano Capilupe
 
Estudo da Esfera - Geometria Espacial
Estudo da Esfera - Geometria EspacialEstudo da Esfera - Geometria Espacial
Estudo da Esfera - Geometria Espacial
Eustáquio Morais
 
Geometria espacial i - EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
Geometria espacial   i - EXERCÍCIOS RESOLVIDOSGeometria espacial   i - EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
Geometria espacial i - EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Resolução lista 1 pirâmide
Resolução lista 1   pirâmideResolução lista 1   pirâmide
Resolução lista 1 pirâmide
Ariosvaldo Carvalho
 

Mais procurados (18)

Volumes, áreas de sólidos e critérios de paralelismo e perpendicularidade e...
Volumes, áreas de sólidos e critérios de paralelismo e perpendicularidade   e...Volumes, áreas de sólidos e critérios de paralelismo e perpendicularidade   e...
Volumes, áreas de sólidos e critérios de paralelismo e perpendicularidade e...
 
Apostila Geometria Espacial -2013
Apostila  Geometria Espacial -2013Apostila  Geometria Espacial -2013
Apostila Geometria Espacial -2013
 
Segmentos proporcionais
Segmentos proporcionaisSegmentos proporcionais
Segmentos proporcionais
 
Revisão cap 3 e 4 módulo 8 2ºano
Revisão cap 3 e 4 módulo 8 2ºanoRevisão cap 3 e 4 módulo 8 2ºano
Revisão cap 3 e 4 módulo 8 2ºano
 
Prismas e áreas
Prismas e áreasPrismas e áreas
Prismas e áreas
 
Paralelepípedo e cubo
Paralelepípedo e cuboParalelepípedo e cubo
Paralelepípedo e cubo
 
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)
 
Geometria sólida - Pirâmides
Geometria sólida - PirâmidesGeometria sólida - Pirâmides
Geometria sólida - Pirâmides
 
Geometria Espacial - Questões resolvidas sobre cubo e paralelepípedo - Fundam...
Geometria Espacial - Questões resolvidas sobre cubo e paralelepípedo - Fundam...Geometria Espacial - Questões resolvidas sobre cubo e paralelepípedo - Fundam...
Geometria Espacial - Questões resolvidas sobre cubo e paralelepípedo - Fundam...
 
Lista geometria espacial
Lista geometria espacialLista geometria espacial
Lista geometria espacial
 
Lista de exercícios poliedro, prisma e cilindros
Lista de exercícios poliedro, prisma e cilindrosLista de exercícios poliedro, prisma e cilindros
Lista de exercícios poliedro, prisma e cilindros
 
Questões geom. plana
Questões geom. planaQuestões geom. plana
Questões geom. plana
 
Mat geometria espacial 002
Mat geometria espacial  002Mat geometria espacial  002
Mat geometria espacial 002
 
Area
AreaArea
Area
 
1 lista 1bim 1 ano
1 lista 1bim 1 ano1 lista 1bim 1 ano
1 lista 1bim 1 ano
 
Estudo da Esfera - Geometria Espacial
Estudo da Esfera - Geometria EspacialEstudo da Esfera - Geometria Espacial
Estudo da Esfera - Geometria Espacial
 
Geometria espacial i - EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
Geometria espacial   i - EXERCÍCIOS RESOLVIDOSGeometria espacial   i - EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
Geometria espacial i - EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
 
Resolução lista 1 pirâmide
Resolução lista 1   pirâmideResolução lista 1   pirâmide
Resolução lista 1 pirâmide
 

Semelhante a Lista cone site alenumeros

Geometria sólida - Cones
Geometria sólida - ConesGeometria sólida - Cones
Geometria sólida - Cones
KalculosOnline
 
Troncos
TroncosTroncos
Cones
ConesCones
Geometria espacial
Geometria espacialGeometria espacial
Geometria espacial
deisesimoes2011
 
Trabalho prismas paralelepípedo e cubo
Trabalho prismas paralelepípedo e cuboTrabalho prismas paralelepípedo e cubo
Trabalho prismas paralelepípedo e cubo
Michele Boulanger
 
Recuperação Prova de Área
Recuperação  Prova de ÁreaRecuperação  Prova de Área
Recuperação Prova de Área
Gabriela Maretti
 
Area cilindro e prisma 8 ano
Area cilindro e prisma 8 anoArea cilindro e prisma 8 ano
Area cilindro e prisma 8 ano
Mila E Wlamir
 
(3)geometria espacial iii
(3)geometria espacial   iii(3)geometria espacial   iii
(3)geometria espacial iii
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
(4) geometria espacial iv
(4) geometria espacial   iv(4) geometria espacial   iv
(4) geometria espacial iv
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Exerícios geometria plana -
Exerícios geometria plana -  Exerícios geometria plana -
Exerícios geometria plana -
Vinicius Araujo
 
D (2)
D (2)D (2)
Prismas
PrismasPrismas
Exercícios de revisão 4ºn
Exercícios de revisão 4ºnExercícios de revisão 4ºn
Exercícios de revisão 4ºn
iraciva
 
Geometria sólida - Cilindros
Geometria sólida - CilindrosGeometria sólida - Cilindros
Geometria sólida - Cilindros
KalculosOnline
 
Pirâmides
PirâmidesPirâmides
Pirâmides
KalculosOnline
 
CFC COLIBRI EXERCIO 1 MAT GEOMETRIA
CFC COLIBRI EXERCIO 1 MAT GEOMETRIACFC COLIBRI EXERCIO 1 MAT GEOMETRIA
CFC COLIBRI EXERCIO 1 MAT GEOMETRIA
Renan Curty
 
Geometria sólida - Esfera
Geometria sólida - EsferaGeometria sólida - Esfera
Geometria sólida - Esfera
KalculosOnline
 
Obmep (1)
Obmep (1)Obmep (1)
(5) geometria espacial v
(5) geometria espacial   v(5) geometria espacial   v
(5) geometria espacial v
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Prismas
PrismasPrismas
Prismas
tioheraclito
 

Semelhante a Lista cone site alenumeros (20)

Geometria sólida - Cones
Geometria sólida - ConesGeometria sólida - Cones
Geometria sólida - Cones
 
Troncos
TroncosTroncos
Troncos
 
Cones
ConesCones
Cones
 
Geometria espacial
Geometria espacialGeometria espacial
Geometria espacial
 
Trabalho prismas paralelepípedo e cubo
Trabalho prismas paralelepípedo e cuboTrabalho prismas paralelepípedo e cubo
Trabalho prismas paralelepípedo e cubo
 
Recuperação Prova de Área
Recuperação  Prova de ÁreaRecuperação  Prova de Área
Recuperação Prova de Área
 
Area cilindro e prisma 8 ano
Area cilindro e prisma 8 anoArea cilindro e prisma 8 ano
Area cilindro e prisma 8 ano
 
(3)geometria espacial iii
(3)geometria espacial   iii(3)geometria espacial   iii
(3)geometria espacial iii
 
(4) geometria espacial iv
(4) geometria espacial   iv(4) geometria espacial   iv
(4) geometria espacial iv
 
Exerícios geometria plana -
Exerícios geometria plana -  Exerícios geometria plana -
Exerícios geometria plana -
 
D (2)
D (2)D (2)
D (2)
 
Prismas
PrismasPrismas
Prismas
 
Exercícios de revisão 4ºn
Exercícios de revisão 4ºnExercícios de revisão 4ºn
Exercícios de revisão 4ºn
 
Geometria sólida - Cilindros
Geometria sólida - CilindrosGeometria sólida - Cilindros
Geometria sólida - Cilindros
 
Pirâmides
PirâmidesPirâmides
Pirâmides
 
CFC COLIBRI EXERCIO 1 MAT GEOMETRIA
CFC COLIBRI EXERCIO 1 MAT GEOMETRIACFC COLIBRI EXERCIO 1 MAT GEOMETRIA
CFC COLIBRI EXERCIO 1 MAT GEOMETRIA
 
Geometria sólida - Esfera
Geometria sólida - EsferaGeometria sólida - Esfera
Geometria sólida - Esfera
 
Obmep (1)
Obmep (1)Obmep (1)
Obmep (1)
 
(5) geometria espacial v
(5) geometria espacial   v(5) geometria espacial   v
(5) geometria espacial v
 
Prismas
PrismasPrismas
Prismas
 

Último

O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 

Último (20)

O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 

Lista cone site alenumeros

  • 1. ¾ 1) Dado um cone de revolução de raio da base 3 cm e altura 12 cm, determine: a) a geratriz do cone. b) a área da base. c) a área lateral. d) o volume do cone. 2) Dado um cone equilátero de área lateral 98π cm2 , determine: a) o raio da base do cone. b) a geratriz do cone. c) a área da base do cone. d) a área total do cone. e) a altura do cone. f) o volume do cone. 3) Dado um cone equilátero de altura 12 √3 cm, determine: a) a geratriz do cone. b) o raio da base. c) a área lateral. d) o volume do cone. 4) Dado um cone circular reto de raio da base 5 cm e geratriz 13 cm, calcule: a) a área lateral do cone. b) a área total do cone. 5) Dado um cone equilátero de base 16π cm, determine: a) o raio da base. b) a geratriz do cone. c) a área da secção meridiana. d) o volume do cone. 6) Uma lanchonete anuncia a venda de refrigerante em copos cônicos de altura 20 cm e raio da base 6 cm. Para não derramar, a lanchonete serve os copos com 18 cm de refrigerante, conforme a figura abaixo. Qual é, em centímetros cúbicos, o volume aproximado do refrigerante no copo? 7) Um cilindro e um cone têm bases e alturas respectivamente iguais. O cilindro está cheio de água. Com a água do cilindro enchemos o cone. Agora, que altura a água do cilindro atingirá? 8) Determine o volume do sólido representado pela figura abaixo: Prof.ª Alessandra Mattos – www.alenumeros.com CONE/TRONCONOME: EXERCÍCIOS SÉRIE: 2ª TURMA: ENSINO: MÉDIO MATEMÁTICA II ListaConesiteAlenumeros.odt 1 – 4
  • 2. ¾ 9) Na figura, está representado um cone cuja geratriz mede 6 √3cm , e o ângulo que ela faz com a reta que contém a altura do cone mede 30º. O volume desse sólido, em cm3 , é: a) 9 π b) 27π c) 54π d) 81π e) 243π 10) A figura que melhor representa a planificação da superfície lateral de um cone reto cujo volume é igual a 96 π e cujo raio da base mede 6 é 11) As figuras abaixo representam um cone reto e um cone oblíquo. Sabe-se que: - as bases dos dois cones são circunferências idênticas de raio 5. - a área total do cone reto vale 90 π . - o volume do cone reto é o dobro do volume do cone oblíquo. - a medida do segmento OV no cone oblíquo vale 4√3 . Determine a medida do ângulo VOV' no cone oblíquio 12) Um vasilhame na forma de um cilindro reto de raio da base 5 cm e altura 30 cm, está parcialmente ocupado por 625π cm3 de álcool. Suponha que sobre o vasilhame seja fixado um funil na forma de um cone circular reto de raio da base 5 cm e altura 6 cm, conforme ilustra a figura. O conjunto, como mostra a figura, é virado para baixo, sendo H a distância da superfície do álcool até o fundo do vasilhame. Considerando-se essas informações, qual é o valor da distância H? 13) Um pedaço de cartolina possui a forma de um semicírculo de raio 20 cm. Com essa cartolina, um menino constrói um chapéu cônico e o coloca com a base apoiada sobre uma mesa. Qual é a distância do bico do chapéu à mesa? a) 10√3cm b) 3 √10cm c) 20 √2cm d) 20 cm e) 10 cm 14) Uma mistura de leite batido com sorvete é servida em um copo, como na figura a seguir. Se, na parte superior do copo, há uma camada de espuma de 4 cm de altura, então a porcentagem do volume do copo ocupada pela espuma está mais bem aproximada na alternativa: (A) 65% (B) 60% (C) 50% (D) 45% (E) 70% Prof.ª Alessandra Mattos – www.alenumeros.com MATEMÁTICA II istaConesiteAlenumeros.odt NOME: TURMA: SÉRIE: 2ª ENSINO: MÉDIO 2 – 4
  • 3. ¾ 15) Um cone circular reto é seccionado por um plano paralelo à sua base a 2 de seu vértice. Se chamarmos V o volume do cone, então o volume do tronco de cone resultante vale: 1. (A) 8V /27 2. (B) 2V/ 3 3. (C) 4V/ 9 4. (D) 19V /27 16) Um recipiente cilíndrico reto (recipiente 1) está cheio de água. A água contida nesse recipiente deverá ser colocada no recipiente 2, em forma de tronco de cone reto. Sabendo que os dois recipientes têm a mesma altura, ao ser vertida a água no interior do recipiente 2 até que ele esteja completamente cheio, qual a quantidade de água, em cm3 , que restará no recipiente 1, supondo que nenhuma quantidade de água seja derramada. 17) O volume, em centímetros cúbicos, do sólido de revolução gerado pela rotação completa do trapézio em torno da reta . A figura representa um trapézio retângulo em que AB = 4 cm, BC = 9 cm e AD = 3 cm. O volume em cm3 , do sólido de revolução gerado pela rotação completa do trapézio em torno da reta suporte do lado AD é a) 108π b) 112π c) 126π d) 130π e) 144π 18) Um cone circular reto tem 24 cm de altura e raio de base medindo 9 cm. Esse cone é cortado por dois planos paralelos à sua base e que dividem a sua altura em três partes iguais. Em cm3 , o volume do tronco do cone compreendido entre esses dois planos é: a) 24π b) 168π c) 192π d) 648π e) 504π 19) As ilustrações a seguir representam um setor circular, com ângulo central de 2π 3 radianos e raio 9, e o cone tendo este setor como área lateral. Qual é o volume do cone? 20) Considere o sólido gerado pela rotação de um triângulo equilátero de lado 3 em torno de um de seus lados. Calcule a área de sua superfície e seu volume. 21) A figura mostra a planificação da superfície lateral de um cone reto. Calcule o raio da base e sua altura. 22) Um recipiente tem a forma de cone reto, com o vértice voltado para baixo e eixo vertical. Internamente, ele tem 15 cm de raio e 18 cm de altura. Despejam-se, em seu interior, 157 ml de água. Que nível (altura) a água atinge? Qual é a área da superfície da água? Prof.ª Alessandra Mattos – www.alenumeros.com MATEMÁTICA II istaConesiteAlenumeros.odt NOME: TURMA: SÉRIE: 2ª ENSINO: MÉDIO 3 – 4
  • 4. ¾ 23) Determine: a) o raio da base do cone menor. b) o volume do cone maior. c) o volume do cone menor. d) o volume do tronco de cone. Prof.ª Alessandra Mattos – www.alenumeros.com MATEMÁTICA II istaConesiteAlenumeros.odt NOME: TURMA: SÉRIE: 2ª ENSINO: MÉDIO 4 – 4