SlideShare uma empresa Scribd logo
Sessão 6




                              AUTO-
                  O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE: METODOLOGIAS DE
                                 OPERACIONALIZAÇÃO
                                    * CONCLUSÃO *




Formando: João Alves dos Reis                                         Página 1
Sessão 6                                                                      O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão




Introdução

    A Avaliação externa das escolas tem como objectivos primordiais:

    •      Fomentar nas escolas uma interpelação sistemática sobre a qualidade das suas práticas e dos seus resultados;
    •      Articular os contributos da avaliação externa com a cultura e os dispositivos de auto-avaliação das escolas;
    •      Reforçar a capacidade das escolas para desenvolverem a sua autonomia;
    •      Concorrer para a regulação do funcionamento do sistema educativo;
    •      Contribuir para um melhor conhecimento das escolas e do serviço público de educação, fomentando a participação social na vida das
           escolas.

   Pretende-se que a Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares se integre neste modelo, por forma a transmitir uma ideia integrada do
funcionamento estrutural da escola/agrupamento, como um todo, mas também a relevância e importância do trabalho desenvolvido, na
concretização dos objectivos, das diferentes estruturas que a compõem.

    Devemos lembrar que o objectivo da auto-avaliação consiste em melhorar o desempenho das Bibliotecas Escolares e revelar o seu impacto no
ensino e na aprendizagem dos alunos, conduzindo, necessariamente à melhoria dos resultados. A Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares deve
integrar os processos de avaliação da escola/agrupamento e ser validada externamente.

    O quadro seguinte procura mostrar como essa integração se pode operacionalizar e de que forma os domínios do Modelo de Auto-Avaliação
das Bibliotecas podem integrar-se na Avaliação proposta pelo IGE.




Formando: João Alves dos Reis                                                                                                                       Página 2
Sessão 6                                                                     O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão




                    IGE                                         IGE
                                                                                          Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
    Tópicos para Apresentação da Escola                 Quadros de Referência
     Campos de
                      Tópicos Descritores                     Domínios                             Domínios/subdomínios/Indicadores
      Análise
                                                                                          • D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na
                                                                                             escola/agrupamento.

                                                                                          • D.2.2 Adequação dos recursos humanos às
                            1.4. Pessoal Docente                                             necessidades de funcionamento da BE na
                                                                   3.2. Gestão dos           escola/agrupamento.
                                                                   Recursos
                                                                   Humanos                • D.1.3 Resposta da BE às necessidades da
                                                                                             escola/agrupamento.

                                                                                          • D.2.2 Adequação dos recursos humanos às
                            1.5. Pessoal Não
                            Docente                                                          necessidades de funcionamento da BE na
                                                   D.3.                                      escola/agrupamento.
1. Contexto e
                                                   Organização e
   Caracterização
                                                   Gestão                                 • D.2.3 Adequação da BE em termos de espaço às
   da Escola
                            1.2. Dimensão e        Escolar                                   necessidades da Escola / agrupamento.
                            Condições Físicas da
                                                                                          • D.2.4 Adequação dos computadores e equipamentos
                            Escola
                                                                                             tecnológicos ao trabalho da BE e dos utilizadores na
                                                                   3.3. Gestão dos           escola/agrupamento.
                                                                   Recursos
                                                                   Materiais e            • D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção,
                                                                   Financeiros               administração e gestão da escola/agrupamento.
                            1.6. Recursos                                                 • D.1.3 Resposta da BE às necessidades da
                            Financeiros
                                                                                             escola/agrupamento.

                                                                                          • D.3.1 Planeamento/ gestão da colecção de acordo com
                                                                                             a inventariação das necessidades curriculares e dos

Formando: João Alves dos Reis                                                                                                                      Página 3
Sessão 6                                                                   O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão


                    IGE                                        IGE
                                                                                        Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
    Tópicos para Apresentação da Escola                Quadros de Referência
     Campos de
                      Tópicos Descritores                    Domínios                            Domínios/subdomínios/Indicadores
      Análise
                                                                                           utilizadores da escola/agrupamento.

                                                                                        • A.1.1 Cooperação da BE com as estruturas de
                                                                                           coordenação educativa e supervisão pedagógica da
                                                                                           escola/agrupamento.

                                                                                        • A.2.1 Organização de actividades de formação de
                                                                                           utilizadores na escola/agrupamento.

                                                                                        • A.2.2 Promoção do ensino em contexto de
                                                                                           competências de informação da escola/agrupamento.

                                                                                        • A.2.3 Promoção do ensino em contexto de
                                                                                           competências tecnológicas e digitais na
                                                                                           escola/agrupamento.
 2. Projecto                2.1. Prioridade e   D.2.
    Educativo               Objectivos                                                  • B.2 Integração da BE nas estratégias e programas de
                                                Prestação de Serviço Educativo
                                                                                           leitura ao nível da escola/agrupamento.

                                                                                        • C.1.1 Apoio à aquisição e desenvolvimento de métodos
                                                                                           de trabalho e de estudo autónomos.

                                                                                        • D.3.2 Adequação dos livros e de outros recursos de
                                                                                           informação (no local e online) às necessidades
                                                                                           curriculares e aos interesses dos utilizadores na
                                                                                           escola/agrupamento.

                                                                                        • D.1.1 Integração/acção da BE na escola/agrupamento.

                                                                                        • D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção,
                                                                                           administração e gestão da escola/agrupamento.

Formando: João Alves dos Reis                                                                                                                    Página 4
Sessão 6                                                            O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão


                    IGE                                  IGE
                                                                                 Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
    Tópicos para Apresentação da Escola          Quadros de Referência
     Campos de
                      Tópicos Descritores              Domínios                           Domínios/subdomínios/Indicadores
      Análise
                                                                                 • A.1.1 Cooperação da BE com as estruturas de
                                                                                    coordenação educativa e supervisão pedagógica da
                                                                                    escola/agrupamento.

                                                                                 • A.1.2 Parceria da BE com os docentes responsáveis
                                                                                    pelas áreas curriculares não disciplinares (ACND) da
                                                                                    escola/agrupamento.

                                                                                 • A.1.3 Articulação da BE com os docentes responsáveis
                                                                                    pelos serviços de apoios especializados e educativos
                                                                                    (SAE) da escola/agrupamento.

                                                                                 • A.1.4 Ligação da BE ao Plano Tecnológico da
                            2.2. Estratégias e                                      Educação (PTE) e a outros programas e projectos
                            Planos de Acção                                         curriculares de acção, inovação pedagógica e formação
                                                                                    existentes na escola/agrupamento.

                                                                                 • A.1.5 Integração da BE no plano de ocupação dos
                                                                                    tempos escolares (OTE) da escola/agrupamento.

                                                                                 • A.1.6 Colaboração da BE com os docentes na
                                                                                    concretização das actividades curriculares
                                                                                    desenvolvidas no espaço da BE ou tendo por base os
                                                                                    seus recursos.

                                                                                 • A.2.1 Organização de actividades de formação de
                                                                                    utilizadores na escola/agrupamento.

                                                                                 • A.2.2 Promoção do ensino em contexto de


Formando: João Alves dos Reis                                                                                                             Página 5
Sessão 6                                                       O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão


                    IGE                             IGE
                                                                            Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
    Tópicos para Apresentação da Escola     Quadros de Referência
     Campos de
                      Tópicos Descritores         Domínios                           Domínios/subdomínios/Indicadores
      Análise
                                                                               competências de informação da escola/agrupamento.

                                                                            • A.2.3 Promoção do ensino em contexto de
                                                                               competências tecnológicas e digitais na escola/agrup.

                                                                            • A.2.4 Impacto da BE nas competências tecnológicas,
                                                                               digitais e de informação dos alunos na escola.

                                                                            • B.1 Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura
                                                                               na escola/agrupamento.

                                                                            • B.2 Integração da BE nas estratégias e programas de
                                                                               leitura ao nível da escola/agrupamento.

                                                                            • B.3 Impacto do trabalho da BE nas atitudes e
                                                                               competências dos alunos, no âmbito da leitura e da
                                                                               literacia.

                                                                            • C.1.1 Apoio à aquisição e desenvolvimento de métodos
                                                                               de trabalho e de estudo autónomos.

                                                                            • C.1.2 Dinamização de actividades livres, de carácter
                                                                               lúdico e cultural na escola/agrupamento.

                                                                            • C.1.3 Apoio à utilização autónoma e voluntária da BE
                                                                               como espaço de lazer e livre fruição dos recursos.

                                                                            • C.1.4 Disponibilização de espaços, tempos e recursos
                                                                               para a iniciativa e intervenção livre dos alunos.

                                                                            • C.1.5.Apoio às actividades de enriquecimento curricular


Formando: João Alves dos Reis                                                                                                        Página 6
Sessão 6                                                                       O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão


                    IGE                                             IGE
                                                                                            Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
    Tópicos para Apresentação da Escola                     Quadros de Referência
     Campos de
                      Tópicos Descritores                         Domínios                           Domínios/subdomínios/Indicadores
      Análise
                                                                                               (AEC), conciliando-as com a utilização livre da BE.

                                                                                            • D.1.1 Integração/acção da BE na escola/agrupamento.

                                                                                            • D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção,
                                                                                               administração e gestão da escola/agrupamento.



                                                                                            • A.1.1 Cooperação da BE com as estruturas de
                                                                                               coordenação educativa e supervisão pedagógica da
                                                                                               escola/agrupamento.

                            3.1. Estruturas de                                              • D.1.1 Integração/acção da BE na escola/agrupamento.
                            Gestão
                                                                                            • D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção,
                                                                                               administração e gestão da escola/agrupamento.

                                                                                            • D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na
 3. A Organização                                    D.3.                                      escola/agrupamento.
    e Gestão da
    Escola                                           Organização e Gestão Escolar           • A.2.1 Organização de actividades de formação de
                                                                                               utilizadores na escola/agrupamento.

                                                                                            • A.2.2 Promoção do ensino em contexto de
                                                                                               competências de informação da escola/agrupamento.
                            3.2. Gestão Pedagógica
                                                                                            • C.1.1 Apoio à aquisição e desenvolvimento de métodos
                                                                                               de trabalho e de estudo autónomos.

                                                                                            • D.1.1 Integração/acção da BE na escola/agrupamento.

                                                                                            • D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção,
Formando: João Alves dos Reis                                                                                                                        Página 7
Sessão 6                                                                         O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão


                    IGE                                              IGE
                                                                                              Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
    Tópicos para Apresentação da Escola                      Quadros de Referência
     Campos de
                      Tópicos Descritores                          Domínios                            Domínios/subdomínios/Indicadores
      Análise
                                                                                                 administração e gestão da escola/agrupamento.

                                                                                              • D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na
                                                                                                 escola/agrupamento.

                                                                                              • D.2.2 Adequação dos recursos humanos às
                                                                                                 necessidades de funcionamento da BE na
                                                                                                 escola/agrupamento.

                                                                                              • D.3.1 Planeamento/ gestão da colecção de acordo com
                                                                                                 a inventariação das necessidades curriculares e dos
                                                                                                 utilizadores da escola/agrupamento.

                            3.3. Procedimentos de     D.5.
                            Auto-Avaliação            Capacidade de Auto-Regulação e          • D.1.4 Avaliação da BE na escola/agrupamento.
                            Institucional             Melhoria da Escola

                                                                                              • C.2.4 Estímulo à participação e mobilização dos
                                                                                                 pais/encarregados de educação no domínio da
                                                                                                 promoção da leitura e do desenvolvimento de
                            4.1. Articulação e        D.3.            3.4. Participação
                            Participação dos Pais e                   dos Pais e Outros          competências das crianças e jovens que frequentam a
 4. Ligação à               Encarregados de           Organização e   Elementos da               escola/agrupamento.
    Comunidade              Educação na Vida da       Gestão          Comunidade
                                                                                              • C.2.1 Envolvimento da BE em projectos da respectiva
                            Escola                    Escolar         Educativa
                                                                                                 escola/agrupamento ou desenvolvidos em parceria, a
                                                                                                 nível local ou mais amplo.

                                                                                              • C.2.5 Abertura da BE à comunidade local.

                            4.2. Participação das     D.4.            4.4. Parcerias,         • C.2.3 Participação com outras escolas/agrupamentos e,

Formando: João Alves dos Reis                                                                                                                          Página 8
Sessão 6                                                                       O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão


                    IGE                                           IGE
                                                                                            Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
    Tópicos para Apresentação da Escola                   Quadros de Referência
     Campos de
                      Tópicos Descritores                         Domínios                           Domínios/subdomínios/Indicadores
      Análise
                     Autarquias                      Liderança       Protocolos e              eventualmente, com outras entidades (RBE, DRE,
                                                                     Projectos                 CFAE) em reuniões da BM/SABE ou outro grupo de
                                                                                               trabalho a nível concelhio ou interconcelhio.

                                                                                            • C.2.1 Envolvimento da BE em projectos da respectiva
                            4.3. Articulação e                                                 escola/agrupamento ou desenvolvidos em parceria, a
                            Participação das                                                   nível local ou mais amplo.
                            Instituições Locais –
                            Empresas, Instituições                                          • C.2.5 Abertura da BE à comunidade local.
                            Sociais e Culturais
                                                                                            • C.2.2 Desenvolvimento de trabalho e serviços
                                                                                               colaborativos com outras escolas, agrupamentos e BE.

                                                                                            • A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e
                                                                                               atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à
                            5.1. Disciplina e                                                  aprendizagem ao longo da vida.
                            Comportamento cívico
                                                                                            • A.1.2 Parceria da BE com os docentes responsáveis
                                                                                               pelas áreas curriculares não disciplinares (ACND) da
                                                                                               escola/agrupamento.
 5. Clima e                                          1.
    Ambiente                                                                                • A.1.5 Integração da BE no plano de ocupação dos
    Educativos                                       Resultados
                                                                                               tempos escolares (OTE) da escola/agrupamento.

                                                                                            • A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e
                            5.2. Motivação e
                            Empenho                                                            atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à
                                                                                               aprendizagem ao longo da vida.

                                                                                            • C.1.1 Apoio à aquisição e desenvolvimento de métodos
                                                                                               de trabalho e de estudo autónomos.

Formando: João Alves dos Reis                                                                                                                        Página 9
Sessão 6                                                                 O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão


                    IGE                                       IGE
                                                                                      Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar
    Tópicos para Apresentação da Escola               Quadros de Referência
     Campos de
                      Tópicos Descritores                   Domínios                           Domínios/subdomínios/Indicadores
      Análise
                                                                                      • D.3.3 Uso da colecção pelos utilizadores da
                                                                                         escola/agrupamento.

                                                                                      • D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na
                                                                                         escola/agrupamento.

                                                                                      • D.3.5 Difusão da informação

                                                                                      • A.2.2 Promoção do ensino em contexto de
                                                                                         competências de informação da escola/agrupamento.

                                                                                      • A.2.4 Impacto da BE nas competências tecnológicas,
                            6.1. Resultados
                            Académicos                                                   digitais e de informação dos alunos na escola.

 6. Resultados                                                                        • A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e
                                                                                         atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à
                                                                                         aprendizagem ao longo da vida.

                                                                                      • A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e
                            6.2. Resultados Sociais
                            da Educação                                                  atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à
                                                                                         aprendizagem ao longo da vida.




Formando: João Alves dos Reis                                                                                                                 Página 10

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Maabe Na Ige
O Maabe Na IgeO Maabe Na Ige
O Maabe Na Ige
aevisobibliovis
 
Quadro cruzamento MAABE com IGE
Quadro cruzamento MAABE com IGEQuadro cruzamento MAABE com IGE
Quadro cruzamento MAABE com IGE
Manuela Mantas
 
O Modelo De AvaliaçãO Da Ige E O Maab Es
O Modelo De AvaliaçãO Da Ige E O Maab EsO Modelo De AvaliaçãO Da Ige E O Maab Es
O Modelo De AvaliaçãO Da Ige E O Maab Es
Susana Martins
 
Modelo De Auto Avaliação Das Bibliotecas Escolares Metodologias De Operaci...
Modelo De  Auto Avaliação Das  Bibliotecas  Escolares Metodologias De Operaci...Modelo De  Auto Avaliação Das  Bibliotecas  Escolares Metodologias De Operaci...
Modelo De Auto Avaliação Das Bibliotecas Escolares Metodologias De Operaci...
Celia Ganhao
 
Resposta tarefa 1 sessão7_enviar
Resposta tarefa 1 sessão7_enviarResposta tarefa 1 sessão7_enviar
Resposta tarefa 1 sessão7_enviar
esperancasantos
 
AA BE-IGE
AA BE-IGEAA BE-IGE
AA BE-IGE
guest1d174ffe
 
6ªSessão (1ª tarefa)
6ªSessão (1ª tarefa)6ªSessão (1ª tarefa)
6ªSessão (1ª tarefa)
marta.medeiro
 
Quadro
QuadroQuadro
Quadro - metodologia e operacionalização
Quadro - metodologia e operacionalizaçãoQuadro - metodologia e operacionalização
Quadro - metodologia e operacionalização
Leonor Otília Rocha Oliveira
 
Quadro Metodologias e Operacionalização- conclusão
Quadro   Metodologias e Operacionalização- conclusãoQuadro   Metodologias e Operacionalização- conclusão
Quadro Metodologias e Operacionalização- conclusão
Leonor Otília Rocha Oliveira
 
Sessão 6 Tarefa1
Sessão 6   Tarefa1Sessão 6   Tarefa1
Sessão 6 Tarefa1
Gloria Lopes
 
Microsoft Word Auto AvaliaçãO Da Be E Ige
Microsoft Word   Auto AvaliaçãO Da Be E IgeMicrosoft Word   Auto AvaliaçãO Da Be E Ige
Microsoft Word Auto AvaliaçãO Da Be E Ige
guest3011a0
 
Texto de orientação
Texto de orientaçãoTexto de orientação
Texto de orientação
mariaemilianovais
 
Quadro SíNtese
Quadro SíNteseQuadro SíNtese
Quadro SíNtese
BE/CRE
 
Tarefa 1 SessãO 6
Tarefa 1   SessãO 6Tarefa 1   SessãO 6
Tarefa 1 SessãO 6
teresasemedo
 
Sessao7tarefa1
Sessao7tarefa1Sessao7tarefa1
Sessao7tarefa1
Rui Jorge
 
Quadro Maabe Ige Helia Pereira
Quadro Maabe Ige   Helia PereiraQuadro Maabe Ige   Helia Pereira
Quadro Maabe Ige Helia Pereira
Hélia Jacob
 

Mais procurados (17)

O Maabe Na Ige
O Maabe Na IgeO Maabe Na Ige
O Maabe Na Ige
 
Quadro cruzamento MAABE com IGE
Quadro cruzamento MAABE com IGEQuadro cruzamento MAABE com IGE
Quadro cruzamento MAABE com IGE
 
O Modelo De AvaliaçãO Da Ige E O Maab Es
O Modelo De AvaliaçãO Da Ige E O Maab EsO Modelo De AvaliaçãO Da Ige E O Maab Es
O Modelo De AvaliaçãO Da Ige E O Maab Es
 
Modelo De Auto Avaliação Das Bibliotecas Escolares Metodologias De Operaci...
Modelo De  Auto Avaliação Das  Bibliotecas  Escolares Metodologias De Operaci...Modelo De  Auto Avaliação Das  Bibliotecas  Escolares Metodologias De Operaci...
Modelo De Auto Avaliação Das Bibliotecas Escolares Metodologias De Operaci...
 
Resposta tarefa 1 sessão7_enviar
Resposta tarefa 1 sessão7_enviarResposta tarefa 1 sessão7_enviar
Resposta tarefa 1 sessão7_enviar
 
AA BE-IGE
AA BE-IGEAA BE-IGE
AA BE-IGE
 
6ªSessão (1ª tarefa)
6ªSessão (1ª tarefa)6ªSessão (1ª tarefa)
6ªSessão (1ª tarefa)
 
Quadro
QuadroQuadro
Quadro
 
Quadro - metodologia e operacionalização
Quadro - metodologia e operacionalizaçãoQuadro - metodologia e operacionalização
Quadro - metodologia e operacionalização
 
Quadro Metodologias e Operacionalização- conclusão
Quadro   Metodologias e Operacionalização- conclusãoQuadro   Metodologias e Operacionalização- conclusão
Quadro Metodologias e Operacionalização- conclusão
 
Sessão 6 Tarefa1
Sessão 6   Tarefa1Sessão 6   Tarefa1
Sessão 6 Tarefa1
 
Microsoft Word Auto AvaliaçãO Da Be E Ige
Microsoft Word   Auto AvaliaçãO Da Be E IgeMicrosoft Word   Auto AvaliaçãO Da Be E Ige
Microsoft Word Auto AvaliaçãO Da Be E Ige
 
Texto de orientação
Texto de orientaçãoTexto de orientação
Texto de orientação
 
Quadro SíNtese
Quadro SíNteseQuadro SíNtese
Quadro SíNtese
 
Tarefa 1 SessãO 6
Tarefa 1   SessãO 6Tarefa 1   SessãO 6
Tarefa 1 SessãO 6
 
Sessao7tarefa1
Sessao7tarefa1Sessao7tarefa1
Sessao7tarefa1
 
Quadro Maabe Ige Helia Pereira
Quadro Maabe Ige   Helia PereiraQuadro Maabe Ige   Helia Pereira
Quadro Maabe Ige Helia Pereira
 

Semelhante a Joao Reis Sessão 6 Tarefa1 Quadro

Sessao 6[1]
Sessao 6[1]Sessao 6[1]
Sessao 6[1]
Piuy
 
6ª SessãO Texto De OrientaçãO
6ª SessãO Texto De OrientaçãO6ª SessãO Texto De OrientaçãO
6ª SessãO Texto De OrientaçãO
Maria Fernanda
 
Quadro 6ª Tarefa
Quadro  6ª TarefaQuadro  6ª Tarefa
Quadro 6ª Tarefa
alcinasousa
 
6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...
6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...
6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...
guest36ad53
 
AA BE-IGE
AA BE-IGEAA BE-IGE
AA BE-IGE
guest1d174ffe
 
O Maabe Na Ige
O Maabe Na IgeO Maabe Na Ige
O Maabe Na Ige
aevisobibliovis
 
Tarefa 6 Ige Rbe Isabel
Tarefa 6 Ige Rbe IsabelTarefa 6 Ige Rbe Isabel
Tarefa 6 Ige Rbe Isabel
isabelsantosilva
 
Tarefa 6 Ige Rbe Isabel
Tarefa 6 Ige Rbe IsabelTarefa 6 Ige Rbe Isabel
Tarefa 6 Ige Rbe Isabel
isabelsantosilva
 
Quadro MAABE - IGE
Quadro MAABE - IGEQuadro MAABE - IGE
Quadro MAABE - IGE
mariabenigno
 
SessãO 6 1º Parte
SessãO 6 1º ParteSessãO 6 1º Parte
SessãO 6 1º Parte
Antonio Tavares
 
Quadro Ige Aa Da Be[1]
Quadro Ige  Aa Da Be[1]Quadro Ige  Aa Da Be[1]
Quadro Ige Aa Da Be[1]
MLurdesAlmeida
 
Quadro Ige Aa Da Be[1]
Quadro Ige  Aa Da Be[1]Quadro Ige  Aa Da Be[1]
Quadro Ige Aa Da Be[1]
MLurdesAlmeida
 
Analise E Plano Aval[1]
Analise E  Plano  Aval[1]Analise E  Plano  Aval[1]
Analise E Plano Aval[1]
MLurdesAlmeida
 
Quadro Ige Aa Da Be[1]
Quadro Ige  Aa Da Be[1]Quadro Ige  Aa Da Be[1]
Quadro Ige Aa Da Be[1]
MLurdesAlmeida
 
Tarefa 6
Tarefa 6Tarefa 6
Texto De Orientacao Manuela Varejao
Texto De Orientacao Manuela VarejaoTexto De Orientacao Manuela Varejao
Texto De Orientacao Manuela Varejao
Manuela Varejao
 
Tarefa6
Tarefa6Tarefa6
Tarefa6
zulmiraaires
 

Semelhante a Joao Reis Sessão 6 Tarefa1 Quadro (17)

Sessao 6[1]
Sessao 6[1]Sessao 6[1]
Sessao 6[1]
 
6ª SessãO Texto De OrientaçãO
6ª SessãO Texto De OrientaçãO6ª SessãO Texto De OrientaçãO
6ª SessãO Texto De OrientaçãO
 
Quadro 6ª Tarefa
Quadro  6ª TarefaQuadro  6ª Tarefa
Quadro 6ª Tarefa
 
6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...
6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...
6ª Sessão (1ª Parte) - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: ...
 
AA BE-IGE
AA BE-IGEAA BE-IGE
AA BE-IGE
 
O Maabe Na Ige
O Maabe Na IgeO Maabe Na Ige
O Maabe Na Ige
 
Tarefa 6 Ige Rbe Isabel
Tarefa 6 Ige Rbe IsabelTarefa 6 Ige Rbe Isabel
Tarefa 6 Ige Rbe Isabel
 
Tarefa 6 Ige Rbe Isabel
Tarefa 6 Ige Rbe IsabelTarefa 6 Ige Rbe Isabel
Tarefa 6 Ige Rbe Isabel
 
Quadro MAABE - IGE
Quadro MAABE - IGEQuadro MAABE - IGE
Quadro MAABE - IGE
 
SessãO 6 1º Parte
SessãO 6 1º ParteSessãO 6 1º Parte
SessãO 6 1º Parte
 
Quadro Ige Aa Da Be[1]
Quadro Ige  Aa Da Be[1]Quadro Ige  Aa Da Be[1]
Quadro Ige Aa Da Be[1]
 
Quadro Ige Aa Da Be[1]
Quadro Ige  Aa Da Be[1]Quadro Ige  Aa Da Be[1]
Quadro Ige Aa Da Be[1]
 
Analise E Plano Aval[1]
Analise E  Plano  Aval[1]Analise E  Plano  Aval[1]
Analise E Plano Aval[1]
 
Quadro Ige Aa Da Be[1]
Quadro Ige  Aa Da Be[1]Quadro Ige  Aa Da Be[1]
Quadro Ige Aa Da Be[1]
 
Tarefa 6
Tarefa 6Tarefa 6
Tarefa 6
 
Texto De Orientacao Manuela Varejao
Texto De Orientacao Manuela VarejaoTexto De Orientacao Manuela Varejao
Texto De Orientacao Manuela Varejao
 
Tarefa6
Tarefa6Tarefa6
Tarefa6
 

Mais de João Alves Dos Reis

Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
João Alves Dos Reis
 
Plano de acção be 1ºciclo
Plano de acção be 1ºcicloPlano de acção be 1ºciclo
Plano de acção be 1ºciclo
João Alves Dos Reis
 
Regulamento da zonaweb da biblioteca argoncilhe
Regulamento da zonaweb da biblioteca argoncilheRegulamento da zonaweb da biblioteca argoncilhe
Regulamento da zonaweb da biblioteca argoncilhe
João Alves Dos Reis
 
Paa ano letivo 2012 2013_final
Paa ano letivo 2012 2013_finalPaa ano letivo 2012 2013_final
Paa ano letivo 2012 2013_final
João Alves Dos Reis
 
Grupo3 parceria e trabalho colaborativo
Grupo3 parceria e trabalho colaborativoGrupo3 parceria e trabalho colaborativo
Grupo3 parceria e trabalho colaborativo
João Alves Dos Reis
 
Plano anual de actividades 2010 2011
Plano anual de actividades 2010 2011Plano anual de actividades 2010 2011
Plano anual de actividades 2010 2011
João Alves Dos Reis
 
Festival vozes de magaio 2011 programa maio
Festival vozes de magaio 2011   programa maioFestival vozes de magaio 2011   programa maio
Festival vozes de magaio 2011 programa maio
João Alves Dos Reis
 
Biblioteca
BibliotecaBiblioteca
Plano de accao_2009-2013
Plano de accao_2009-2013Plano de accao_2009-2013
Plano de accao_2009-2013
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais Especificos
Joao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais EspecificosJoao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais Especificos
Joao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais Especificos
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo Descritivo
Joao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo DescritivoJoao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo Descritivo
Joao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo Descritivo
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRio
Joao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRioJoao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRio
Joao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRio
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2
Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2
Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5
Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5
Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac Futuras
Joao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac FuturasJoao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac Futuras
Joao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac Futuras
João Alves Dos Reis
 
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
João Alves Dos Reis
 
Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3
Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3
Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Workshopformativo SessãO2
Joao Reis Workshopformativo SessãO2Joao Reis Workshopformativo SessãO2
Joao Reis Workshopformativo SessãO2
João Alves Dos Reis
 

Mais de João Alves Dos Reis (20)

Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
 
Plano de acção be 1ºciclo
Plano de acção be 1ºcicloPlano de acção be 1ºciclo
Plano de acção be 1ºciclo
 
Regulamento da zonaweb da biblioteca argoncilhe
Regulamento da zonaweb da biblioteca argoncilheRegulamento da zonaweb da biblioteca argoncilhe
Regulamento da zonaweb da biblioteca argoncilhe
 
Paa ano letivo 2012 2013_final
Paa ano letivo 2012 2013_finalPaa ano letivo 2012 2013_final
Paa ano letivo 2012 2013_final
 
Planta be argoncilhe
Planta be argoncilhePlanta be argoncilhe
Planta be argoncilhe
 
Grupo3 parceria e trabalho colaborativo
Grupo3 parceria e trabalho colaborativoGrupo3 parceria e trabalho colaborativo
Grupo3 parceria e trabalho colaborativo
 
Plano anual de actividades 2010 2011
Plano anual de actividades 2010 2011Plano anual de actividades 2010 2011
Plano anual de actividades 2010 2011
 
Festival vozes de magaio 2011 programa maio
Festival vozes de magaio 2011   programa maioFestival vozes de magaio 2011   programa maio
Festival vozes de magaio 2011 programa maio
 
Biblioteca
BibliotecaBiblioteca
Biblioteca
 
Plano de accao_2009-2013
Plano de accao_2009-2013Plano de accao_2009-2013
Plano de accao_2009-2013
 
Joao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais Especificos
Joao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais EspecificosJoao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais Especificos
Joao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais Especificos
 
Joao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo Descritivo
Joao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo DescritivoJoao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo Descritivo
Joao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo Descritivo
 
Joao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRio
Joao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRioJoao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRio
Joao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRio
 
Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2
Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2
Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2
 
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
 
Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5
Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5
Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5
 
Joao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac Futuras
Joao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac FuturasJoao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac Futuras
Joao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac Futuras
 
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
 
Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3
Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3
Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3
 
Joao Reis Workshopformativo SessãO2
Joao Reis Workshopformativo SessãO2Joao Reis Workshopformativo SessãO2
Joao Reis Workshopformativo SessãO2
 

Último

ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
Deiciane Chaves
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 

Último (20)

ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 

Joao Reis Sessão 6 Tarefa1 Quadro

  • 1. Sessão 6 AUTO- O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE: METODOLOGIAS DE OPERACIONALIZAÇÃO * CONCLUSÃO * Formando: João Alves dos Reis Página 1
  • 2. Sessão 6 O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão Introdução A Avaliação externa das escolas tem como objectivos primordiais: • Fomentar nas escolas uma interpelação sistemática sobre a qualidade das suas práticas e dos seus resultados; • Articular os contributos da avaliação externa com a cultura e os dispositivos de auto-avaliação das escolas; • Reforçar a capacidade das escolas para desenvolverem a sua autonomia; • Concorrer para a regulação do funcionamento do sistema educativo; • Contribuir para um melhor conhecimento das escolas e do serviço público de educação, fomentando a participação social na vida das escolas. Pretende-se que a Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares se integre neste modelo, por forma a transmitir uma ideia integrada do funcionamento estrutural da escola/agrupamento, como um todo, mas também a relevância e importância do trabalho desenvolvido, na concretização dos objectivos, das diferentes estruturas que a compõem. Devemos lembrar que o objectivo da auto-avaliação consiste em melhorar o desempenho das Bibliotecas Escolares e revelar o seu impacto no ensino e na aprendizagem dos alunos, conduzindo, necessariamente à melhoria dos resultados. A Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares deve integrar os processos de avaliação da escola/agrupamento e ser validada externamente. O quadro seguinte procura mostrar como essa integração se pode operacionalizar e de que forma os domínios do Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas podem integrar-se na Avaliação proposta pelo IGE. Formando: João Alves dos Reis Página 2
  • 3. Sessão 6 O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão IGE IGE Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar Tópicos para Apresentação da Escola Quadros de Referência Campos de Tópicos Descritores Domínios Domínios/subdomínios/Indicadores Análise • D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na escola/agrupamento. • D.2.2 Adequação dos recursos humanos às 1.4. Pessoal Docente necessidades de funcionamento da BE na 3.2. Gestão dos escola/agrupamento. Recursos Humanos • D.1.3 Resposta da BE às necessidades da escola/agrupamento. • D.2.2 Adequação dos recursos humanos às 1.5. Pessoal Não Docente necessidades de funcionamento da BE na D.3. escola/agrupamento. 1. Contexto e Organização e Caracterização Gestão • D.2.3 Adequação da BE em termos de espaço às da Escola 1.2. Dimensão e Escolar necessidades da Escola / agrupamento. Condições Físicas da • D.2.4 Adequação dos computadores e equipamentos Escola tecnológicos ao trabalho da BE e dos utilizadores na 3.3. Gestão dos escola/agrupamento. Recursos Materiais e • D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção, Financeiros administração e gestão da escola/agrupamento. 1.6. Recursos • D.1.3 Resposta da BE às necessidades da Financeiros escola/agrupamento. • D.3.1 Planeamento/ gestão da colecção de acordo com a inventariação das necessidades curriculares e dos Formando: João Alves dos Reis Página 3
  • 4. Sessão 6 O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão IGE IGE Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar Tópicos para Apresentação da Escola Quadros de Referência Campos de Tópicos Descritores Domínios Domínios/subdomínios/Indicadores Análise utilizadores da escola/agrupamento. • A.1.1 Cooperação da BE com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica da escola/agrupamento. • A.2.1 Organização de actividades de formação de utilizadores na escola/agrupamento. • A.2.2 Promoção do ensino em contexto de competências de informação da escola/agrupamento. • A.2.3 Promoção do ensino em contexto de competências tecnológicas e digitais na escola/agrupamento. 2. Projecto 2.1. Prioridade e D.2. Educativo Objectivos • B.2 Integração da BE nas estratégias e programas de Prestação de Serviço Educativo leitura ao nível da escola/agrupamento. • C.1.1 Apoio à aquisição e desenvolvimento de métodos de trabalho e de estudo autónomos. • D.3.2 Adequação dos livros e de outros recursos de informação (no local e online) às necessidades curriculares e aos interesses dos utilizadores na escola/agrupamento. • D.1.1 Integração/acção da BE na escola/agrupamento. • D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção, administração e gestão da escola/agrupamento. Formando: João Alves dos Reis Página 4
  • 5. Sessão 6 O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão IGE IGE Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar Tópicos para Apresentação da Escola Quadros de Referência Campos de Tópicos Descritores Domínios Domínios/subdomínios/Indicadores Análise • A.1.1 Cooperação da BE com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica da escola/agrupamento. • A.1.2 Parceria da BE com os docentes responsáveis pelas áreas curriculares não disciplinares (ACND) da escola/agrupamento. • A.1.3 Articulação da BE com os docentes responsáveis pelos serviços de apoios especializados e educativos (SAE) da escola/agrupamento. • A.1.4 Ligação da BE ao Plano Tecnológico da 2.2. Estratégias e Educação (PTE) e a outros programas e projectos Planos de Acção curriculares de acção, inovação pedagógica e formação existentes na escola/agrupamento. • A.1.5 Integração da BE no plano de ocupação dos tempos escolares (OTE) da escola/agrupamento. • A.1.6 Colaboração da BE com os docentes na concretização das actividades curriculares desenvolvidas no espaço da BE ou tendo por base os seus recursos. • A.2.1 Organização de actividades de formação de utilizadores na escola/agrupamento. • A.2.2 Promoção do ensino em contexto de Formando: João Alves dos Reis Página 5
  • 6. Sessão 6 O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão IGE IGE Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar Tópicos para Apresentação da Escola Quadros de Referência Campos de Tópicos Descritores Domínios Domínios/subdomínios/Indicadores Análise competências de informação da escola/agrupamento. • A.2.3 Promoção do ensino em contexto de competências tecnológicas e digitais na escola/agrup. • A.2.4 Impacto da BE nas competências tecnológicas, digitais e de informação dos alunos na escola. • B.1 Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura na escola/agrupamento. • B.2 Integração da BE nas estratégias e programas de leitura ao nível da escola/agrupamento. • B.3 Impacto do trabalho da BE nas atitudes e competências dos alunos, no âmbito da leitura e da literacia. • C.1.1 Apoio à aquisição e desenvolvimento de métodos de trabalho e de estudo autónomos. • C.1.2 Dinamização de actividades livres, de carácter lúdico e cultural na escola/agrupamento. • C.1.3 Apoio à utilização autónoma e voluntária da BE como espaço de lazer e livre fruição dos recursos. • C.1.4 Disponibilização de espaços, tempos e recursos para a iniciativa e intervenção livre dos alunos. • C.1.5.Apoio às actividades de enriquecimento curricular Formando: João Alves dos Reis Página 6
  • 7. Sessão 6 O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão IGE IGE Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar Tópicos para Apresentação da Escola Quadros de Referência Campos de Tópicos Descritores Domínios Domínios/subdomínios/Indicadores Análise (AEC), conciliando-as com a utilização livre da BE. • D.1.1 Integração/acção da BE na escola/agrupamento. • D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção, administração e gestão da escola/agrupamento. • A.1.1 Cooperação da BE com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica da escola/agrupamento. 3.1. Estruturas de • D.1.1 Integração/acção da BE na escola/agrupamento. Gestão • D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção, administração e gestão da escola/agrupamento. • D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na 3. A Organização D.3. escola/agrupamento. e Gestão da Escola Organização e Gestão Escolar • A.2.1 Organização de actividades de formação de utilizadores na escola/agrupamento. • A.2.2 Promoção do ensino em contexto de competências de informação da escola/agrupamento. 3.2. Gestão Pedagógica • C.1.1 Apoio à aquisição e desenvolvimento de métodos de trabalho e de estudo autónomos. • D.1.1 Integração/acção da BE na escola/agrupamento. • D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direcção, Formando: João Alves dos Reis Página 7
  • 8. Sessão 6 O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão IGE IGE Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar Tópicos para Apresentação da Escola Quadros de Referência Campos de Tópicos Descritores Domínios Domínios/subdomínios/Indicadores Análise administração e gestão da escola/agrupamento. • D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na escola/agrupamento. • D.2.2 Adequação dos recursos humanos às necessidades de funcionamento da BE na escola/agrupamento. • D.3.1 Planeamento/ gestão da colecção de acordo com a inventariação das necessidades curriculares e dos utilizadores da escola/agrupamento. 3.3. Procedimentos de D.5. Auto-Avaliação Capacidade de Auto-Regulação e • D.1.4 Avaliação da BE na escola/agrupamento. Institucional Melhoria da Escola • C.2.4 Estímulo à participação e mobilização dos pais/encarregados de educação no domínio da promoção da leitura e do desenvolvimento de 4.1. Articulação e D.3. 3.4. Participação Participação dos Pais e dos Pais e Outros competências das crianças e jovens que frequentam a 4. Ligação à Encarregados de Organização e Elementos da escola/agrupamento. Comunidade Educação na Vida da Gestão Comunidade • C.2.1 Envolvimento da BE em projectos da respectiva Escola Escolar Educativa escola/agrupamento ou desenvolvidos em parceria, a nível local ou mais amplo. • C.2.5 Abertura da BE à comunidade local. 4.2. Participação das D.4. 4.4. Parcerias, • C.2.3 Participação com outras escolas/agrupamentos e, Formando: João Alves dos Reis Página 8
  • 9. Sessão 6 O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão IGE IGE Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar Tópicos para Apresentação da Escola Quadros de Referência Campos de Tópicos Descritores Domínios Domínios/subdomínios/Indicadores Análise Autarquias Liderança Protocolos e eventualmente, com outras entidades (RBE, DRE, Projectos CFAE) em reuniões da BM/SABE ou outro grupo de trabalho a nível concelhio ou interconcelhio. • C.2.1 Envolvimento da BE em projectos da respectiva 4.3. Articulação e escola/agrupamento ou desenvolvidos em parceria, a Participação das nível local ou mais amplo. Instituições Locais – Empresas, Instituições • C.2.5 Abertura da BE à comunidade local. Sociais e Culturais • C.2.2 Desenvolvimento de trabalho e serviços colaborativos com outras escolas, agrupamentos e BE. • A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à 5.1. Disciplina e aprendizagem ao longo da vida. Comportamento cívico • A.1.2 Parceria da BE com os docentes responsáveis pelas áreas curriculares não disciplinares (ACND) da escola/agrupamento. 5. Clima e 1. Ambiente • A.1.5 Integração da BE no plano de ocupação dos Educativos Resultados tempos escolares (OTE) da escola/agrupamento. • A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e 5.2. Motivação e Empenho atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à aprendizagem ao longo da vida. • C.1.1 Apoio à aquisição e desenvolvimento de métodos de trabalho e de estudo autónomos. Formando: João Alves dos Reis Página 9
  • 10. Sessão 6 O Modelo de Auto-Avaliação da BE: Metodologias de Operacionalização. Conclusão IGE IGE Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar Tópicos para Apresentação da Escola Quadros de Referência Campos de Tópicos Descritores Domínios Domínios/subdomínios/Indicadores Análise • D.3.3 Uso da colecção pelos utilizadores da escola/agrupamento. • D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na escola/agrupamento. • D.3.5 Difusão da informação • A.2.2 Promoção do ensino em contexto de competências de informação da escola/agrupamento. • A.2.4 Impacto da BE nas competências tecnológicas, 6.1. Resultados Académicos digitais e de informação dos alunos na escola. 6. Resultados • A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à aprendizagem ao longo da vida. • A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e 6.2. Resultados Sociais da Educação atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à aprendizagem ao longo da vida. Formando: João Alves dos Reis Página 10