SlideShare uma empresa Scribd logo
Agrupamento de Escolas de Pataias
        Ano Lectivo 2009/2010




   Plano de Acção da Biblioteca
               do
Agrupamento de Escolas de Pataias
            2009/2013
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PATAIAS - Alcobaça
                                         Plano de Acção para a Biblioteca Escolar – Centro de Recursos Educativos
                                                                         2009-2013
                                           Avaliação da situação em Setembro de 2009
Pontos Fortes                                            Pontos Fracos                                                       Intervenções Prioritárias

 • Horário de atendimento, abrangendo todo o tempo       • Dimensão reduzida da BE e sua localização no piso superior        •   Consolidação das parcerias já
   lectivo na Biblioteca da EB 2,3 de Pataias.             do bloco administrativo.                                              existentes e constituição de
 • Espaço atraente e cativante na Biblioteca da EB 2,3   • Reduzido número de presenças autónomas de professores,                novas.
   de Pataias.                                             funcionários, e alunos dos 8º e 9º anos                           • Formação dos utilizadores:
 • Empenho, disponibilidade e vontade efectiva da        • Divulgação eficaz do Regimento da BE.                                  Alunos de 5º ano
   Direcção na superação de todos os pontos fracos.      • Fundo documental insuficiente.                                    • Sensibilização dos Professores e
 • Disponibilidade e cooperação da Biblioteca            • Inexistência de Catálogo on line.                                     alunos de AP para projectos
   Municipal.                                            • Apoio ao Desenvolvimento Curricular.                                  importantes para a escola e
 • Professor bibliotecária a tempo inteiro.              • Reduzida participação dos utilizadores no Blogue e no Moodle.         desenvolvidos /a desenvolver no
 • Sintonia total com as Coordenadoras DT, a                                                                                     âmbito da Biblioteca e do PNL
                                                         • Parcerias com entidades locais.
   Coordenadora do Departamento das Línguas e a                                                                              • Sensibilização das diferentes
                                                         • Pouca abertura à comunidade local em geral.
   Coordenadora PTE.                                                                                                             estruturas da escola:
                                                         • Dimensões reduzidas da Biblioteca Escolar da Escola do 1º
 • Colaboração de todos os professores do                                                                                    -Reuniões periódicas: Director, CP,
                                                           Ciclo de Pataias.
   Agrupamento de Escolas de Pataias.                                                                                        Departamentos, CDT, Delegados de
                                                         • Falta de um professor/assistente operacional a tempo inteiro na   Disciplina.
 • Qualidade da assistência ao material informático.       biblioteca da Escola do 1º Ciclo de Pataias.                      -Reuniões anuais: com os funcionários
 • Empenho, disponibilidade, eficiência e coesão da      • Catalogação bastante incompleta do fundo documental da            e com os Delegados das diferentes
   equipa.                                                 biblioteca da Escola do 1º Ciclo de Pataias.                      turmas.
 • Empenho e motivação do grupo de tratamento            • Aquecimento da Biblioteca da EB 2,3 de Pataias                    • Transformar a BE num Centro de
   documental.
                                                                                                                                 aprendizagens autónomas.
 • Existência de uma Assistente Operacional, a tempo     Possíveis Constrangimentos                                          • Actualização do fundo
   inteiro, com perfil adequado e formação.
                                                                                                                                 documental.
 • Presença da Biblioteca na Página da Escola, no        • Gripe A.                                                          • Disponibilização do Catálogo
   Moodle, em blogue e no Jornal Escolar.
                                                         • Obras na Escola no âmbito do PTE.                                     online.
 • Existência de um Regimento actualizado.
                                                         • Possíveis alterações da orgânica física da Biblioteca da EB 2,3   • Literacia da informação –
 • Dinâmica da Leitura.                                    de Pataias.                                                           produção de materiais, divulgação e
 • Existência de dados estatísticos.                     • Trabalho mais colaborativo e participado de todos os                  implementação da sua utilização.
 • Dossiês organizados e funcionais.                       professores do agrupamento.                                       • Reforço da presença online e da
 • Professor Bibliotecário a integrar o PTE.                                                                                     Web 2.0
 • Colaboração da BE com os Clubes.
 • Construção do novo parque escolar. (nova Biblioteca
   para o 1º ciclo/JI).



                                                                                                                                                                       2
Plano de Acção
Domínios de
                           Objectivos                                            Actuações
Intervenção

                                                     1. Apresentar ao Director sugestões para a formação da equipa.
                                                     2. Constituir uma equipa que apoie o Professor Bibliotecário na vertente
                                                        técnica e pedagógica.
                                                     3. Definir áreas de intervenção precisas de cada um dos elementos da
   Equipa       Optimizar o trabalho da Equipa da
                                                        equipa.
                               BE.                   4. Elaborar o horário dos elementos da equipa, de modo a possibilitar a
                                                        realização de reuniões periódicas e a concretização das actividades
                                                        programadas.


                  Promover a planificação de um
                 trabalho organizado e produtivo.    1. Definir claramente as áreas de intervenção essenciais para atingir os
                                                        objectivos propostos.
Colaboração e                                        2. Realizar reuniões periódicas com os professores responsáveis pelas
                Desenvolver o grau de participação
                                                        diferentes áreas de intervenção.
 participação    da BE nos diferentes projectos da   3. Planificar projectos comuns para a realização de diferentes iniciativas
 pedagógica                   escola.                   da escola.
                                                     4. Incentivar a utilização da BE como espaço de aprendizagem autónoma
                Fomentar as potencialidades da BE       e responsável.
                  como Sala de Aprendizagem.


                                                     1. Elaborar propostas de alteração ao Regimento Interno.
                                                     2. Elaborar propostas de alteração do regimento da BE.
                                                     3. Colaborar com todas as estruturas da escola.
                                                     4. Definir, de modo explícito, os procedimentos a adoptar por todos os
   Gestão       Promover uma gestão eficiente da        professores colaboradores.
                             BE.                     5. Elaborar o Manual do Utilizador da BE/CRE.
                                                     6. Manter os dossiês organizados, em suporte de papel e em suporte
                                                        informático.



Equipamentos     Melhorar os equipamentos da BE      1. Abater os Dossiês Temáticos e os Manuais Escolares desactualizados.


                                                                                                                                  3
2. Solicitar às Editoras exemplares dos manuais adoptados no
                                                                Agrupamento.
                                                             3. Aquisição de um gravador de DVD para recuperar todas as cassetes
                                                                VHS.
                                                             4. Disponibilizar acesso à internet wireless em todo o espaço da BE.
                                                             5. Aumentar o parque informático da Biblioteca da EB 2,3 de Pataias.


                                                             1. Manter o livro de registos manual actualizado.
                                                             2. Proceder à classificação, cotação e arrumação das espécies
                      Actualizar o tratamento técnico da        documentais.
                                documentação                 3. Catalogar todo o material livro e não livro existente nas BE´s
                                                             4. Proceder à conservação e restauro das obras.
                                                             5. Assegurar o empréstimo externo e interno.
Fundo documental         Definir princípios de política
                                                             6. Receber sugestões da comunidade escolar para aquisição de
                                                                documentos.
                                  documental                 7. Promover a incorporação na BE de materiais produzidos por alunos,
                                                                professores e funcionários.
                      Promover a utilização de recursos      8. Enriquecer o fundo documental, adequando-o aos novos conteúdos
                               documentais                      programáticos e a utilizadores com línguas maternas diferentes do
                                                                português.


                                                             1.   Articular a leitura com as TIC, a expressão dramática e o cinema.
                                                             2.   Planear a vinda de escritores às diferentes escolas do Agrupamento.
                                                             3.   Organizar feiras do livro (Novembro e Junho).
                      Dinamizar projectos que promovam       4.   Divulgar, em papel e e on-line, obras e autores representativos da
                                   a leitura                      literatura portuguesa e universal.
                                                             5.   Organizar Momentos de Leitura.
                                                             6.   Promover espectáculos dedicados aos encarregados de educação e
Promoção da leitura      Incentivar a leitura e a escrita
                                                                  aos funcionários.
    e escrita                                                7.   Dinamizar a Semana da Leitura e diferentes Dias de…, de acordo com
                         Envolver os encarregados de              o PAA e actividades variadas às 4ªs feiras à tarde (Biblioteca Com
                           educação, professores e                Vida)
                      funcionários, na dinâmica da leitura   8.   Incentivar e apoiar todas as actividades curriculares e extracurriculares
                                 e da literatura                  que promovam a leitura e promover actividades no âmbito do “Plano
                                                                  Nacional de Leitura”.
                                                             9.   Publicar, pelo menos uma vez por período, o jornal “O Bocas”.



                                                                                                                                              4
Pesquisa                                                 1. Formação dos utilizadores na pesquisa em catálogo on-line.
                         Contribuir para a aquisição de
 documental e de         competências da informação.
                                                             2. Orientações teóricas e práticas sobre como pesquisar na Internet.
   informação                                                3. Divulgação e aplicação de webquests.


                                                             1. Reuniões periódicas.
                       Fomentar as presenças autónomas       2. Convites para espectáculos.
 Utilização livre da                                         3. Realização de actividades direccionadas para cada público-alvo.
                          na BE, de alunos, professores,
                                                             4. Formação, no início de cada ano lectivo, sobre as potencialidades da
         BE             funcionários e pais/encarregados        BE, como centro de recursos e centro de aprendizagem, destinada aos
                                  de educação                   novos utilizadores.
                                                             5. Elaboração de inquéritos.


                         Contribuir para a aquisição de      1. Propor ao Centro de Formação acções no âmbito das BE e das novas
                       competências, particularmente no         tecnologias e criar condições para a sua frequência por parte dos
Formação da equipa               TD e nas TIC.                  elementos da Equipa.
                                                             2. Divulgar Acções de formação de outros Centros/ Instituições.


                                                             1. Elaborar e divulgar guiões de pesquisa e de elaboração de trabalhos.
                                                             2. Acção de formação informal, no início de cada ano, no âmbito das TIC.
                                                             3. Promover visitas guiadas à BE, na primeira semanas de aulas, para os
                                                                alunos de 5º Ano (na EB 2,3 de Pataias) e para os alunos do 1º Ano (na
                         Contribuir para a existência de        Escola do 1º Ciclo/JI de Pataias)
   Formação de           utilizadores disciplinados, mas     4. Esclarecer todos os utilizadores sobre os seus direitos e deveres.
    utilizadores         criativos, capazes de construir     5. Distribuir o Regimento da BE a todos os novos alunos e divulgá-lo junto
                          autonomamente o seu saber.            dos EE.
                                                             6. Incentivar a participação no Moodle e no blogue da Biblioteca Escolar
                                                                (bibpataias.blogspot.com).
                                                             7. Dinamizar um jornal escolar.



  Divulgação de        Divulgar as áreas de intervenção da   1. Requisitar placares para uso exclusivo da BE.
                       BE.                                   2. Manter actualizados, com post semanais o blogue da BE.
  recursos e de                                              3. Utilização sistemática do videoprojector da BE para divulgação de
   actividades         Dar visibilidade às potencialidades      actividades desenvolvidas pela BE ou pela Escola/Agrupamento.
                       e às actividades dinamizadas.         4. Elaborar folhetos e cartazes informativos sobre as valências da BE.


                                                                                                                                          5
5. Elaborar, mensalmente, um Cartaz Cultural com espectáculos,
                       Divulgar outros projectos da                exposições e projectos de âmbito escolar, local e nacional, com
                       Escola/ Agrupamento                         interesse para concretização do PE e do PAA.
                                                                6. Dinamizar a presença da BE no Moodle.


                        Rentabilizar recursos materiais e       1. Dinamizar actividades destinadas aos EE.
                                   humanos.                     2. Divulgar e incentivar os utilizadores a participar em projectos
                                                                   promovidos pela Câmara Municipal, pela Biblioteca Municipal, pela
    Parcerias                                                      Academia de Música e outras entidades culturais.
                                                                3. Manter e incrementar parcerias que viabilizem o jornal escolar.
                       Abrir a BE à Comunidade escolar e        4. Solicitar apoio à Junta de Freguesia de Pataias para assegurar a
                                      local.                       abertura da BE (EB 2,3 de Pataias) ao sábado.



                            Implementar o modelo de             1. Recolha de evidências, através dos instrumentos previstos nos
    Avaliação               auto – avaliação em vigor              documentos oficiais.



                                                                                                Pataias, 3 de Novembrode 2009


O Professora Bibliotecário: __________________________________________

O Director: ________________________________________________________




                                                                                                                                       6

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
anapaulasilvasanches
 
Tabela para o_trabalho_1_
Tabela para o_trabalho_1_Tabela para o_trabalho_1_
Tabela para o_trabalho_1_
anapaulasilvasanches
 
Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...
Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...
Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...
culturalmente
 
Reuniao concelhia porto_out_2012
Reuniao concelhia porto_out_2012Reuniao concelhia porto_out_2012
Reuniao concelhia porto_out_2012
IsabelPereira2010
 
Paa20112012
Paa20112012Paa20112012
PAA_BEM 09 10
PAA_BEM 09 10PAA_BEM 09 10
PAA_BEM 09 10
Gloria Lopes
 
Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5
Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5
Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5
João Alves Dos Reis
 
Trabalho 3
Trabalho 3Trabalho 3
Trabalho 3
jorgemferreira
 
Tabela sessao nº 4_ abilio
Tabela sessao  nº 4_ abilioTabela sessao  nº 4_ abilio
Tabela sessao nº 4_ abilio
abiliomarquespires
 
GestãO Da Be Trabalho Final
GestãO Da Be   Trabalho FinalGestãO Da Be   Trabalho Final
GestãO Da Be Trabalho Final
NoemiaMaria
 
Fórum 2
Fórum 2Fórum 2
Fórum 2
Sílvia Bastos
 
Paa 2010 2011
Paa 2010 2011Paa 2010 2011
2 plano-de-melhoria-2017-2018
2 plano-de-melhoria-2017-20182 plano-de-melhoria-2017-2018
2 plano-de-melhoria-2017-2018
antoniojosetavares
 
MABE - Operacionalização
MABE - OperacionalizaçãoMABE - Operacionalização
MABE - Operacionalização
Odete Almeida
 
Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]
Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]
Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]
Maria Jose Vitorino
 

Mais procurados (15)

Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
 
Tabela para o_trabalho_1_
Tabela para o_trabalho_1_Tabela para o_trabalho_1_
Tabela para o_trabalho_1_
 
Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...
Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...
Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...
 
Reuniao concelhia porto_out_2012
Reuniao concelhia porto_out_2012Reuniao concelhia porto_out_2012
Reuniao concelhia porto_out_2012
 
Paa20112012
Paa20112012Paa20112012
Paa20112012
 
PAA_BEM 09 10
PAA_BEM 09 10PAA_BEM 09 10
PAA_BEM 09 10
 
Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5
Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5
Joao Reis Tarefa 1 Parte 1 SessãO5
 
Trabalho 3
Trabalho 3Trabalho 3
Trabalho 3
 
Tabela sessao nº 4_ abilio
Tabela sessao  nº 4_ abilioTabela sessao  nº 4_ abilio
Tabela sessao nº 4_ abilio
 
GestãO Da Be Trabalho Final
GestãO Da Be   Trabalho FinalGestãO Da Be   Trabalho Final
GestãO Da Be Trabalho Final
 
Fórum 2
Fórum 2Fórum 2
Fórum 2
 
Paa 2010 2011
Paa 2010 2011Paa 2010 2011
Paa 2010 2011
 
2 plano-de-melhoria-2017-2018
2 plano-de-melhoria-2017-20182 plano-de-melhoria-2017-2018
2 plano-de-melhoria-2017-2018
 
MABE - Operacionalização
MABE - OperacionalizaçãoMABE - Operacionalização
MABE - Operacionalização
 
Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]
Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]
Perfis Profissionais Becre Theka Maio 2008 Mjv[1]
 

Destaque

1261592820 romanos
1261592820 romanos1261592820 romanos
1261592820 romanos
Pelo Siro
 
Calendario 2012
Calendario 2012Calendario 2012
Calendario 2012
Sergio Morera Marco
 
Allied american university com 120 module 7
Allied american university com 120 module 7Allied american university com 120 module 7
Allied american university com 120 module 7
leesa marteen
 
Programa CoraÇÃo Feliz Udesc
Programa CoraÇÃo Feliz UdescPrograma CoraÇÃo Feliz Udesc
Programa CoraÇÃo Feliz Udesc
Instituto Conviver Saúde
 
Direitos do leitor
Direitos do leitorDireitos do leitor
Direitos do leitor
paulocapelo
 
Ejercicio Viernes Rafael Arias
Ejercicio Viernes Rafael AriasEjercicio Viernes Rafael Arias
Ejercicio Viernes Rafael Arias
arlur3
 
1296233736 powerpoint da_revoluo_republicana
1296233736 powerpoint da_revoluo_republicana1296233736 powerpoint da_revoluo_republicana
1296233736 powerpoint da_revoluo_republicana
Pelo Siro
 
Las guerras de los tiempos del fin
Las guerras de los tiempos del finLas guerras de los tiempos del fin
Las guerras de los tiempos del fin
zonejon
 
Cartelería digital (15 de septiembre)
Cartelería digital (15 de septiembre)Cartelería digital (15 de septiembre)
Cartelería digital (15 de septiembre)
Guadalinfo Red Social
 
Cartelería Digital Semanal del 8 al 15 de abril
Cartelería Digital Semanal del 8 al 15 de abrilCartelería Digital Semanal del 8 al 15 de abril
Cartelería Digital Semanal del 8 al 15 de abril
Guadalinfo Red Social
 
54
5454
Arco da rua augusta varanda de lisboa
Arco da rua augusta varanda de lisboaArco da rua augusta varanda de lisboa
Arco da rua augusta varanda de lisboa
Pelo Siro
 
1228439217 medidas de_conservação
1228439217 medidas de_conservação1228439217 medidas de_conservação
1228439217 medidas de_conservação
Pelo Siro
 
The Girls
The GirlsThe Girls
Community
CommunityCommunity
2006 caregnato, mutti - pesquisa qualitativa
2006   caregnato, mutti - pesquisa qualitativa2006   caregnato, mutti - pesquisa qualitativa
2006 caregnato, mutti - pesquisa qualitativa
Vanessa Guimarães
 
64
6464

Destaque (20)

1261592820 romanos
1261592820 romanos1261592820 romanos
1261592820 romanos
 
Calendario 2012
Calendario 2012Calendario 2012
Calendario 2012
 
Allied american university com 120 module 7
Allied american university com 120 module 7Allied american university com 120 module 7
Allied american university com 120 module 7
 
Programa CoraÇÃo Feliz Udesc
Programa CoraÇÃo Feliz UdescPrograma CoraÇÃo Feliz Udesc
Programa CoraÇÃo Feliz Udesc
 
Direitos do leitor
Direitos do leitorDireitos do leitor
Direitos do leitor
 
Ejercicio Viernes Rafael Arias
Ejercicio Viernes Rafael AriasEjercicio Viernes Rafael Arias
Ejercicio Viernes Rafael Arias
 
1296233736 powerpoint da_revoluo_republicana
1296233736 powerpoint da_revoluo_republicana1296233736 powerpoint da_revoluo_republicana
1296233736 powerpoint da_revoluo_republicana
 
Las guerras de los tiempos del fin
Las guerras de los tiempos del finLas guerras de los tiempos del fin
Las guerras de los tiempos del fin
 
10519
1051910519
10519
 
Cartelería digital (15 de septiembre)
Cartelería digital (15 de septiembre)Cartelería digital (15 de septiembre)
Cartelería digital (15 de septiembre)
 
Cartelería Digital Semanal del 8 al 15 de abril
Cartelería Digital Semanal del 8 al 15 de abrilCartelería Digital Semanal del 8 al 15 de abril
Cartelería Digital Semanal del 8 al 15 de abril
 
54
5454
54
 
Arco da rua augusta varanda de lisboa
Arco da rua augusta varanda de lisboaArco da rua augusta varanda de lisboa
Arco da rua augusta varanda de lisboa
 
1228439217 medidas de_conservação
1228439217 medidas de_conservação1228439217 medidas de_conservação
1228439217 medidas de_conservação
 
10442
1044210442
10442
 
The Girls
The GirlsThe Girls
The Girls
 
Community
CommunityCommunity
Community
 
2006 caregnato, mutti - pesquisa qualitativa
2006   caregnato, mutti - pesquisa qualitativa2006   caregnato, mutti - pesquisa qualitativa
2006 caregnato, mutti - pesquisa qualitativa
 
10481
1048110481
10481
 
64
6464
64
 

Semelhante a Plano de accao_2009-2013

Resposta sessao2 tarefa2-enviar
Resposta sessao2 tarefa2-enviarResposta sessao2 tarefa2-enviar
Resposta sessao2 tarefa2-enviar
esperancasantos
 
Dominio B Indicadores B1 E B3
Dominio B    Indicadores B1 E B3Dominio B    Indicadores B1 E B3
Dominio B Indicadores B1 E B3
Fernanda Esberard
 
Dominio B Indicadores B1 E B3
Dominio B    Indicadores B1 E B3Dominio B    Indicadores B1 E B3
Dominio B Indicadores B1 E B3
Fernanda Esberard
 
Tarefa 1
Tarefa 1Tarefa 1
Dominio B Indicadores B1 E B3
Dominio B    Indicadores B1 E B3Dominio B    Indicadores B1 E B3
Dominio B Indicadores B1 E B3
Fernanda Esberard
 
Dominio B Indicadores B1 E B3
Dominio B    Indicadores B1 E B3Dominio B    Indicadores B1 E B3
Dominio B Indicadores B1 E B3
Fernanda Esberard
 
Dominio B Indicadores B1 E B3
Dominio B    Indicadores B1 E B3Dominio B    Indicadores B1 E B3
Dominio B Indicadores B1 E B3
Fernanda Esberard
 
Tabela D2[1]
Tabela D2[1]Tabela D2[1]
Tabela D2[1]
Macogomes
 
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudançaA biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança
anabelavalentim
 
Tabela 1 sessão 1
Tabela 1 sessão 1Tabela 1 sessão 1
Tabela 1 sessão 1
apaneves
 
Plano De Acção
Plano De AcçãoPlano De Acção
Plano De Acção
teresacorreiasilva
 
Tarefa 1 – a biblioteca escolar no contexto da mudança
Tarefa 1 – a biblioteca escolar no contexto da mudançaTarefa 1 – a biblioteca escolar no contexto da mudança
Tarefa 1 – a biblioteca escolar no contexto da mudança
Be Moinho Das Leituras
 
Gestão integrada das be
Gestão integrada das beGestão integrada das be
Gestão integrada das be
poletef
 
Tabela matriz sessao1_alexandra_lopes
Tabela matriz sessao1_alexandra_lopesTabela matriz sessao1_alexandra_lopes
Tabela matriz sessao1_alexandra_lopes
alexandranuneslopes
 
Tabela matriz sessao1_alexandra_lopes
Tabela matriz sessao1_alexandra_lopesTabela matriz sessao1_alexandra_lopes
Tabela matriz sessao1_alexandra_lopes
alexandranuneslopes
 
Relatório avaliação be_2012
Relatório avaliação be_2012Relatório avaliação be_2012
Relatório avaliação be_2012
Biblioteca Escolar Ourique
 
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca EscolarRelatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Carlos Pinheiro
 
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)
anabelavalentim
 
Tabela 1 27_10
Tabela 1 27_10Tabela 1 27_10
Tabela 1 27_10
antoniopadeira
 
Tabela 1 27_10
Tabela 1 27_10Tabela 1 27_10
Tabela 1 27_10
antoniopadeira
 

Semelhante a Plano de accao_2009-2013 (20)

Resposta sessao2 tarefa2-enviar
Resposta sessao2 tarefa2-enviarResposta sessao2 tarefa2-enviar
Resposta sessao2 tarefa2-enviar
 
Dominio B Indicadores B1 E B3
Dominio B    Indicadores B1 E B3Dominio B    Indicadores B1 E B3
Dominio B Indicadores B1 E B3
 
Dominio B Indicadores B1 E B3
Dominio B    Indicadores B1 E B3Dominio B    Indicadores B1 E B3
Dominio B Indicadores B1 E B3
 
Tarefa 1
Tarefa 1Tarefa 1
Tarefa 1
 
Dominio B Indicadores B1 E B3
Dominio B    Indicadores B1 E B3Dominio B    Indicadores B1 E B3
Dominio B Indicadores B1 E B3
 
Dominio B Indicadores B1 E B3
Dominio B    Indicadores B1 E B3Dominio B    Indicadores B1 E B3
Dominio B Indicadores B1 E B3
 
Dominio B Indicadores B1 E B3
Dominio B    Indicadores B1 E B3Dominio B    Indicadores B1 E B3
Dominio B Indicadores B1 E B3
 
Tabela D2[1]
Tabela D2[1]Tabela D2[1]
Tabela D2[1]
 
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudançaA biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança
 
Tabela 1 sessão 1
Tabela 1 sessão 1Tabela 1 sessão 1
Tabela 1 sessão 1
 
Plano De Acção
Plano De AcçãoPlano De Acção
Plano De Acção
 
Tarefa 1 – a biblioteca escolar no contexto da mudança
Tarefa 1 – a biblioteca escolar no contexto da mudançaTarefa 1 – a biblioteca escolar no contexto da mudança
Tarefa 1 – a biblioteca escolar no contexto da mudança
 
Gestão integrada das be
Gestão integrada das beGestão integrada das be
Gestão integrada das be
 
Tabela matriz sessao1_alexandra_lopes
Tabela matriz sessao1_alexandra_lopesTabela matriz sessao1_alexandra_lopes
Tabela matriz sessao1_alexandra_lopes
 
Tabela matriz sessao1_alexandra_lopes
Tabela matriz sessao1_alexandra_lopesTabela matriz sessao1_alexandra_lopes
Tabela matriz sessao1_alexandra_lopes
 
Relatório avaliação be_2012
Relatório avaliação be_2012Relatório avaliação be_2012
Relatório avaliação be_2012
 
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca EscolarRelatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
 
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)
A biblioteca escolar. desafios e oportunidades no contexto da mudança (2)
 
Tabela 1 27_10
Tabela 1 27_10Tabela 1 27_10
Tabela 1 27_10
 
Tabela 1 27_10
Tabela 1 27_10Tabela 1 27_10
Tabela 1 27_10
 

Mais de João Alves Dos Reis

Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
João Alves Dos Reis
 
Plano de acção be 1ºciclo
Plano de acção be 1ºcicloPlano de acção be 1ºciclo
Plano de acção be 1ºciclo
João Alves Dos Reis
 
Regulamento da zonaweb da biblioteca argoncilhe
Regulamento da zonaweb da biblioteca argoncilheRegulamento da zonaweb da biblioteca argoncilhe
Regulamento da zonaweb da biblioteca argoncilhe
João Alves Dos Reis
 
Paa ano letivo 2012 2013_final
Paa ano letivo 2012 2013_finalPaa ano letivo 2012 2013_final
Paa ano letivo 2012 2013_final
João Alves Dos Reis
 
Grupo3 parceria e trabalho colaborativo
Grupo3 parceria e trabalho colaborativoGrupo3 parceria e trabalho colaborativo
Grupo3 parceria e trabalho colaborativo
João Alves Dos Reis
 
Plano anual de actividades 2010 2011
Plano anual de actividades 2010 2011Plano anual de actividades 2010 2011
Plano anual de actividades 2010 2011
João Alves Dos Reis
 
Festival vozes de magaio 2011 programa maio
Festival vozes de magaio 2011   programa maioFestival vozes de magaio 2011   programa maio
Festival vozes de magaio 2011 programa maio
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais Especificos
Joao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais EspecificosJoao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais Especificos
Joao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais Especificos
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo Descritivo
Joao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo DescritivoJoao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo Descritivo
Joao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo Descritivo
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRio
Joao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRioJoao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRio
Joao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRio
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Sessão 6 Tarefa1 Quadro
Joao Reis Sessão 6 Tarefa1 QuadroJoao Reis Sessão 6 Tarefa1 Quadro
Joao Reis Sessão 6 Tarefa1 Quadro
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2
Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2
Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac Futuras
Joao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac FuturasJoao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac Futuras
Joao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac Futuras
João Alves Dos Reis
 
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
João Alves Dos Reis
 
Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3
Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3
Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Workshopformativo SessãO2
Joao Reis Workshopformativo SessãO2Joao Reis Workshopformativo SessãO2
Joao Reis Workshopformativo SessãO2
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis SessãO 1 Tabela Matriz
Joao Reis SessãO  1 Tabela MatrizJoao Reis SessãO  1 Tabela Matriz
Joao Reis SessãO 1 Tabela Matriz
João Alves Dos Reis
 
Joao Reis Análise Matriz Am SessãO1
Joao Reis Análise Matriz Am SessãO1Joao Reis Análise Matriz Am SessãO1
Joao Reis Análise Matriz Am SessãO1
João Alves Dos Reis
 

Mais de João Alves Dos Reis (20)

Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
Aquedadamonarquia 1ªrepublica hgp2015
 
Plano de acção be 1ºciclo
Plano de acção be 1ºcicloPlano de acção be 1ºciclo
Plano de acção be 1ºciclo
 
Regulamento da zonaweb da biblioteca argoncilhe
Regulamento da zonaweb da biblioteca argoncilheRegulamento da zonaweb da biblioteca argoncilhe
Regulamento da zonaweb da biblioteca argoncilhe
 
Paa ano letivo 2012 2013_final
Paa ano letivo 2012 2013_finalPaa ano letivo 2012 2013_final
Paa ano letivo 2012 2013_final
 
Planta be argoncilhe
Planta be argoncilhePlanta be argoncilhe
Planta be argoncilhe
 
Grupo3 parceria e trabalho colaborativo
Grupo3 parceria e trabalho colaborativoGrupo3 parceria e trabalho colaborativo
Grupo3 parceria e trabalho colaborativo
 
Plano anual de actividades 2010 2011
Plano anual de actividades 2010 2011Plano anual de actividades 2010 2011
Plano anual de actividades 2010 2011
 
Festival vozes de magaio 2011 programa maio
Festival vozes de magaio 2011   programa maioFestival vozes de magaio 2011   programa maio
Festival vozes de magaio 2011 programa maio
 
Joao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais Especificos
Joao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais EspecificosJoao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais Especificos
Joao Reis Sessao 7 Forum2 Gerais Especificos
 
Joao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo Descritivo
Joao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo DescritivoJoao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo Descritivo
Joao Reis Sessao 7 Forum1 Avaliativo Descritivo
 
Joao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRio
Joao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRioJoao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRio
Joao Reis Sessão 6 Tarefa2 ComentáRio
 
Joao Reis Sessão 6 Tarefa1 Quadro
Joao Reis Sessão 6 Tarefa1 QuadroJoao Reis Sessão 6 Tarefa1 Quadro
Joao Reis Sessão 6 Tarefa1 Quadro
 
Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2
Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2
Joao Reis Tarefa1 Parte2 SessãO2
 
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
 
Joao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac Futuras
Joao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac FuturasJoao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac Futuras
Joao Reis Tarefa 1 Parte 2 SessãO5 Ac Futuras
 
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
 
Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3
Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3
Jooa Reis Tarefa 1 Parte 2 ComentáRio SessãO3
 
Joao Reis Workshopformativo SessãO2
Joao Reis Workshopformativo SessãO2Joao Reis Workshopformativo SessãO2
Joao Reis Workshopformativo SessãO2
 
Joao Reis SessãO 1 Tabela Matriz
Joao Reis SessãO  1 Tabela MatrizJoao Reis SessãO  1 Tabela Matriz
Joao Reis SessãO 1 Tabela Matriz
 
Joao Reis Análise Matriz Am SessãO1
Joao Reis Análise Matriz Am SessãO1Joao Reis Análise Matriz Am SessãO1
Joao Reis Análise Matriz Am SessãO1
 

Plano de accao_2009-2013

  • 1. Agrupamento de Escolas de Pataias Ano Lectivo 2009/2010 Plano de Acção da Biblioteca do Agrupamento de Escolas de Pataias 2009/2013
  • 2. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PATAIAS - Alcobaça Plano de Acção para a Biblioteca Escolar – Centro de Recursos Educativos 2009-2013 Avaliação da situação em Setembro de 2009 Pontos Fortes Pontos Fracos Intervenções Prioritárias • Horário de atendimento, abrangendo todo o tempo • Dimensão reduzida da BE e sua localização no piso superior • Consolidação das parcerias já lectivo na Biblioteca da EB 2,3 de Pataias. do bloco administrativo. existentes e constituição de • Espaço atraente e cativante na Biblioteca da EB 2,3 • Reduzido número de presenças autónomas de professores, novas. de Pataias. funcionários, e alunos dos 8º e 9º anos • Formação dos utilizadores: • Empenho, disponibilidade e vontade efectiva da • Divulgação eficaz do Regimento da BE. Alunos de 5º ano Direcção na superação de todos os pontos fracos. • Fundo documental insuficiente. • Sensibilização dos Professores e • Disponibilidade e cooperação da Biblioteca • Inexistência de Catálogo on line. alunos de AP para projectos Municipal. • Apoio ao Desenvolvimento Curricular. importantes para a escola e • Professor bibliotecária a tempo inteiro. • Reduzida participação dos utilizadores no Blogue e no Moodle. desenvolvidos /a desenvolver no • Sintonia total com as Coordenadoras DT, a âmbito da Biblioteca e do PNL • Parcerias com entidades locais. Coordenadora do Departamento das Línguas e a • Sensibilização das diferentes • Pouca abertura à comunidade local em geral. Coordenadora PTE. estruturas da escola: • Dimensões reduzidas da Biblioteca Escolar da Escola do 1º • Colaboração de todos os professores do -Reuniões periódicas: Director, CP, Ciclo de Pataias. Agrupamento de Escolas de Pataias. Departamentos, CDT, Delegados de • Falta de um professor/assistente operacional a tempo inteiro na Disciplina. • Qualidade da assistência ao material informático. biblioteca da Escola do 1º Ciclo de Pataias. -Reuniões anuais: com os funcionários • Empenho, disponibilidade, eficiência e coesão da • Catalogação bastante incompleta do fundo documental da e com os Delegados das diferentes equipa. biblioteca da Escola do 1º Ciclo de Pataias. turmas. • Empenho e motivação do grupo de tratamento • Aquecimento da Biblioteca da EB 2,3 de Pataias • Transformar a BE num Centro de documental. aprendizagens autónomas. • Existência de uma Assistente Operacional, a tempo Possíveis Constrangimentos • Actualização do fundo inteiro, com perfil adequado e formação. documental. • Presença da Biblioteca na Página da Escola, no • Gripe A. • Disponibilização do Catálogo Moodle, em blogue e no Jornal Escolar. • Obras na Escola no âmbito do PTE. online. • Existência de um Regimento actualizado. • Possíveis alterações da orgânica física da Biblioteca da EB 2,3 • Literacia da informação – • Dinâmica da Leitura. de Pataias. produção de materiais, divulgação e • Existência de dados estatísticos. • Trabalho mais colaborativo e participado de todos os implementação da sua utilização. • Dossiês organizados e funcionais. professores do agrupamento. • Reforço da presença online e da • Professor Bibliotecário a integrar o PTE. Web 2.0 • Colaboração da BE com os Clubes. • Construção do novo parque escolar. (nova Biblioteca para o 1º ciclo/JI). 2
  • 3. Plano de Acção Domínios de Objectivos Actuações Intervenção 1. Apresentar ao Director sugestões para a formação da equipa. 2. Constituir uma equipa que apoie o Professor Bibliotecário na vertente técnica e pedagógica. 3. Definir áreas de intervenção precisas de cada um dos elementos da Equipa Optimizar o trabalho da Equipa da equipa. BE. 4. Elaborar o horário dos elementos da equipa, de modo a possibilitar a realização de reuniões periódicas e a concretização das actividades programadas. Promover a planificação de um trabalho organizado e produtivo. 1. Definir claramente as áreas de intervenção essenciais para atingir os objectivos propostos. Colaboração e 2. Realizar reuniões periódicas com os professores responsáveis pelas Desenvolver o grau de participação diferentes áreas de intervenção. participação da BE nos diferentes projectos da 3. Planificar projectos comuns para a realização de diferentes iniciativas pedagógica escola. da escola. 4. Incentivar a utilização da BE como espaço de aprendizagem autónoma Fomentar as potencialidades da BE e responsável. como Sala de Aprendizagem. 1. Elaborar propostas de alteração ao Regimento Interno. 2. Elaborar propostas de alteração do regimento da BE. 3. Colaborar com todas as estruturas da escola. 4. Definir, de modo explícito, os procedimentos a adoptar por todos os Gestão Promover uma gestão eficiente da professores colaboradores. BE. 5. Elaborar o Manual do Utilizador da BE/CRE. 6. Manter os dossiês organizados, em suporte de papel e em suporte informático. Equipamentos Melhorar os equipamentos da BE 1. Abater os Dossiês Temáticos e os Manuais Escolares desactualizados. 3
  • 4. 2. Solicitar às Editoras exemplares dos manuais adoptados no Agrupamento. 3. Aquisição de um gravador de DVD para recuperar todas as cassetes VHS. 4. Disponibilizar acesso à internet wireless em todo o espaço da BE. 5. Aumentar o parque informático da Biblioteca da EB 2,3 de Pataias. 1. Manter o livro de registos manual actualizado. 2. Proceder à classificação, cotação e arrumação das espécies Actualizar o tratamento técnico da documentais. documentação 3. Catalogar todo o material livro e não livro existente nas BE´s 4. Proceder à conservação e restauro das obras. 5. Assegurar o empréstimo externo e interno. Fundo documental Definir princípios de política 6. Receber sugestões da comunidade escolar para aquisição de documentos. documental 7. Promover a incorporação na BE de materiais produzidos por alunos, professores e funcionários. Promover a utilização de recursos 8. Enriquecer o fundo documental, adequando-o aos novos conteúdos documentais programáticos e a utilizadores com línguas maternas diferentes do português. 1. Articular a leitura com as TIC, a expressão dramática e o cinema. 2. Planear a vinda de escritores às diferentes escolas do Agrupamento. 3. Organizar feiras do livro (Novembro e Junho). Dinamizar projectos que promovam 4. Divulgar, em papel e e on-line, obras e autores representativos da a leitura literatura portuguesa e universal. 5. Organizar Momentos de Leitura. 6. Promover espectáculos dedicados aos encarregados de educação e Promoção da leitura Incentivar a leitura e a escrita aos funcionários. e escrita 7. Dinamizar a Semana da Leitura e diferentes Dias de…, de acordo com Envolver os encarregados de o PAA e actividades variadas às 4ªs feiras à tarde (Biblioteca Com educação, professores e Vida) funcionários, na dinâmica da leitura 8. Incentivar e apoiar todas as actividades curriculares e extracurriculares e da literatura que promovam a leitura e promover actividades no âmbito do “Plano Nacional de Leitura”. 9. Publicar, pelo menos uma vez por período, o jornal “O Bocas”. 4
  • 5. Pesquisa 1. Formação dos utilizadores na pesquisa em catálogo on-line. Contribuir para a aquisição de documental e de competências da informação. 2. Orientações teóricas e práticas sobre como pesquisar na Internet. informação 3. Divulgação e aplicação de webquests. 1. Reuniões periódicas. Fomentar as presenças autónomas 2. Convites para espectáculos. Utilização livre da 3. Realização de actividades direccionadas para cada público-alvo. na BE, de alunos, professores, 4. Formação, no início de cada ano lectivo, sobre as potencialidades da BE funcionários e pais/encarregados BE, como centro de recursos e centro de aprendizagem, destinada aos de educação novos utilizadores. 5. Elaboração de inquéritos. Contribuir para a aquisição de 1. Propor ao Centro de Formação acções no âmbito das BE e das novas competências, particularmente no tecnologias e criar condições para a sua frequência por parte dos Formação da equipa TD e nas TIC. elementos da Equipa. 2. Divulgar Acções de formação de outros Centros/ Instituições. 1. Elaborar e divulgar guiões de pesquisa e de elaboração de trabalhos. 2. Acção de formação informal, no início de cada ano, no âmbito das TIC. 3. Promover visitas guiadas à BE, na primeira semanas de aulas, para os alunos de 5º Ano (na EB 2,3 de Pataias) e para os alunos do 1º Ano (na Contribuir para a existência de Escola do 1º Ciclo/JI de Pataias) Formação de utilizadores disciplinados, mas 4. Esclarecer todos os utilizadores sobre os seus direitos e deveres. utilizadores criativos, capazes de construir 5. Distribuir o Regimento da BE a todos os novos alunos e divulgá-lo junto autonomamente o seu saber. dos EE. 6. Incentivar a participação no Moodle e no blogue da Biblioteca Escolar (bibpataias.blogspot.com). 7. Dinamizar um jornal escolar. Divulgação de Divulgar as áreas de intervenção da 1. Requisitar placares para uso exclusivo da BE. BE. 2. Manter actualizados, com post semanais o blogue da BE. recursos e de 3. Utilização sistemática do videoprojector da BE para divulgação de actividades Dar visibilidade às potencialidades actividades desenvolvidas pela BE ou pela Escola/Agrupamento. e às actividades dinamizadas. 4. Elaborar folhetos e cartazes informativos sobre as valências da BE. 5
  • 6. 5. Elaborar, mensalmente, um Cartaz Cultural com espectáculos, Divulgar outros projectos da exposições e projectos de âmbito escolar, local e nacional, com Escola/ Agrupamento interesse para concretização do PE e do PAA. 6. Dinamizar a presença da BE no Moodle. Rentabilizar recursos materiais e 1. Dinamizar actividades destinadas aos EE. humanos. 2. Divulgar e incentivar os utilizadores a participar em projectos promovidos pela Câmara Municipal, pela Biblioteca Municipal, pela Parcerias Academia de Música e outras entidades culturais. 3. Manter e incrementar parcerias que viabilizem o jornal escolar. Abrir a BE à Comunidade escolar e 4. Solicitar apoio à Junta de Freguesia de Pataias para assegurar a local. abertura da BE (EB 2,3 de Pataias) ao sábado. Implementar o modelo de 1. Recolha de evidências, através dos instrumentos previstos nos Avaliação auto – avaliação em vigor documentos oficiais. Pataias, 3 de Novembrode 2009 O Professora Bibliotecário: __________________________________________ O Director: ________________________________________________________ 6