SlideShare uma empresa Scribd logo
Gerência de  Projetos Gestão de Tempo
Áreas de Conhecimento do PMBOK
Área de Conhecimento –  Tempo do Projeto  ,[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Por que os Projetos Atrasam?
Problemas Mais Comuns em Projetos Fonte: PMI.org.br,  Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos   – Brasil , 2007
Aspectos Considerados na Metodologia Gerenciamento de Projetos Fonte: PMI.org.br,  Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos   – Brasil , 2007
Aspectos Considerados na Metodologia Gerenciamento de Projetos Fonte: PMI.org.br,  Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos   – Brasil , 2007
Plano de Gerenciamento do Cronograma ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Process os Tempo Área de Conhecimento –  Tempo do Projeto  Iniciação Planejamento Execução Monitoramento e Controle Encerramento O Gerenciamento do Tempo é uma atividade presente nos grupos de processos de  Planejamento  e  Monitoramento e Controle .
Iniciação ,[object Object],[object Object],Execução Encerramento Gerenciamento de Tempo do Projeto  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Gerenciamento de Tempo do Projeto  Iniciação ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Execução Encerramento
Processos de Planejamento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Processos de Iniciação Processos de Planejamento Processos de  Monitoramento e Controle Processos de Execução Processos de Encerramento
Processos de Planejamento – Gerenciamento de Tempo ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
6.1 Definir  as Atividades .1 Entradas .1 Linha de base de escopo .2 Fatores ambientais da  empresa .3 Ativos de processos  organizacionais .3 Saídas .2 Ferramentas e Técnicas .1 Lista das atividades .2 Atributos das atividade .3 Lista dos marcos .1 Decomposição .2 Planejamento em ondas  sucessivas .3 Modelos .4 Opinião especializada Definir as Atividades
Definir as Atividades
6.1 Definir as Atividades – ENTRADAS 6.1.1.1 Linha de Base de Escopo 6.1.1.2 Fatores Ambientais da Empresa 6.1.1.3 Ativos de Processos Organizacionais
6.1 Definir as Atividades –  FERRAMENTAS E TÉCNICAS 6.1.2.1 Decomposição 6.1.2.2 Planejamento em Ondas Sucessivas 6.1.2.3 Modelos 6.1.2.4 Opinião Especializada
6.1 Definir as Atividades – SAÍDAS 6.1.3.1  Lista das Atividades 6.1.3.2  Atributos das Atividade 6.1.3.3  Lista dos Marcos
[object Object],Lista das Atividades Entregas Pacote de Trabalho
Lista das Atividades - Decomposição A mesma técnica de decomposição usada no processo de definição do escopo. A diferença é que nessa, as saídas são as atividades e não os subprodutos. Entrega Pacote de Trabalho Lista de  Atividades
Atributos das Atividades ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Lista dos Marcos (Milestones) Identifica todos os marcos do projeto indicando se o marco é obrigatório (exigido pelo contrato) ou opcional (com base em requisitos do projeto ou em informações históricas).
Sequenciar as Atividades 6.2 Sequenciar as Atividades .1 Entradas .1 Lista das atividades .2 Atributos das atividades .3 Lista dos marcos .4 Declaração do escopo do projeto .5 Ativos de processos  organizacionais .3 Saídas .2 Ferramentas e Técnicas .1 Diagramas de rede do  cronograma do  projeto .2 Atualizações dos  documentos do projeto .1 Método do diagrama de  precedência (MDP) .2 Determinação de dependência .3 Aplicação de antecipações e esperas .4 Modelos de diagrama de rede de cronograma
Sequenciar as Atividades
6.2 Sequenciar as Atividades – ENTRADAS 6.2.1.1 Lista das Atividades 6.2.1.2 Atributos das Atividades 6.2.1.3 Lista dos Marcos 6.2.1.4 Declaração do Escopo do Projeto 6.2.1.5 Ativos de Processos Organizacionais
6.2 Sequenciar as Atividades –  FERRAMENTAS E TÉCNICAS 6.2.2.1  Método do Diagrama de Precedência (MDP) 6.2.2.2  Determinação de Dependência 6.2.2.3 Aplicação de Antecipações e Esperas 6.2.2.4  Modelos de Diagramas de Rede de Cronograma
Ferramentas para  Sequenciar as Atividades Método do Diagrama de Precedência (MDP) Método do Diagrama de Setas  (MDS) – Legado (PMBOK 2004)
Método do Diagrama de Precedência (MDP) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],A MDP = ANN B
Método do Diagrama de Precedência (MDP) Atividades e Dependências Lógicas
Método do Diagrama de Precedência (MDP) Pegue a lista de atividades e suas precedências Crie o nó de  início Organize as  atividades sequencialmente Ligue os nós (caixas) através de setas Repita o processo  da ativ. precedente para a sucessora Verifique todas as atividades do início até o fim
Método do Diagrama de Precedência (MDP) Tipos de precedência : Término/Início (finish-to-start) Predecessora Sucessora Término/Término (finish-to-finish) Início/Início (start-to-start) Início/Término (start-to-finish) Predecessora Sucessora Predecessora Sucessora Predecessora Sucessora
Método do Diagrama de Precedência (MDP) Exemplo de um diagrama de precedência: Fim Início A B C D E F
Método do Diagrama de Setas (MDS)  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],MDS = ANS A
Método do Diagrama de Setas (MDS)  ,[object Object],[object Object],[object Object]
Método do Diagrama de Setas (MDS)  Atividades e “Fantasmas”
Método do Diagrama de Setas (MDS)  Liste as atividades e precedências Verifique todas as atividades e as precedências até o final Repita o processo  da ativ. precedente para a sucessora Desenhe flechas  a partir do nó n°1 para as atividades iniciais Crie o nó de  início com o n°1 Numere  sequencialmente  os  nós
Determinação da Dependência ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
6.2 Sequenciar as Atividades – SAÍDAS 6.2.3.1  Diagramas de Rede do Cronograma do Projeto 6.2.3.2 Atualizações dos Documentos do Projeto
Diagramas de Rede do Cronograma do Projeto ,[object Object],[object Object],[object Object]
Estimar os Recursos da Atividade 6.3 Estimar os Recursos da Atividade .1 Entradas .1 Lista das atividades .2 Atributos das atividades .3 Calendários de recursos .4 Fatores ambientais da  empresa  .5 Ativos de processos  organizacionais .3 Saídas .2 Ferramentas e Técnicas .1 Requisitos do recurso  da atividade .2 Estrutura analítica de  recursos .3 Atualizações de  documentos dos projetos .1 Opinião especializada .2 Análise de alternativas .3 Dados publicados para auxilio a estimativas .4 Estimativa “bottom-up” .5 Software de gerenciamento  de projetos
Estimar os Recursos da Atividade
6.3 Estimar os Recursos da Atividade – ENTRADAS 6.3.1.1 Lista das Atividades 6.3.1.2 Atributos das Atividades 6.3.1.3  Calendários de Recursos 6.3.1.4 Fatores Ambientais da Empresa  6.3.1.5 Ativos de Processos Organizacionais
Calendários de Recurso ,[object Object],[object Object]
Calendários de Recurso – Características ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Calendários de Recurso – Disponibilidade ,[object Object],[object Object],[object Object]
6.3 Estimar os Recursos da Atividade – FERRAMENTAS E TÉCNICAS 6.3.2.1 Opinião Especializada 6.3.2.2 Análise de Alternativas 6.3.2.3 Dados Publicados para Auxilio a Estimativas 6.3.2.4  Estimativa “Bottom-Up” 6.3.2.5 Software de Gerenciamento de Projetos
Estimativa “Bottom-Up” ,[object Object],[object Object],[object Object],BOTTOM - UP
6.3 Estimar os Recursos da Atividade – SAÍDAS 6.3.3.1  Requisitos do Recurso da Atividade 6.3.3.2 Estrutura Analítica dos Recursos 6.3.3.3 Atualizações dos Documentos do Projeto
Requisitos do Recurso da Atividade ,[object Object],[object Object],[object Object]
6.4 Estimar  as Durações da Atividade .1 Entradas .3 Saídas .2 Ferramentas e Técnicas .1 Estimativa de duração  da atividade .2 Atualizações dos documentos do projeto .1 Opinião especializada .2 Estimativa análoga .3 Estimativa paramétrica .4 Estimativas de três pontos .5 Análise das reservas Estimar as Durações da Atividade .1 Lista das atividades .2 Atributos das atividades .3 Requisitos dos recursos da  atividade .4 Calendário dos recursos .5 Declaração do escopo do  projeto .6 Fatores ambientais da  empresa  .7 Ativos de processos  organizacionais
Estimar as Durações da Atividade
6.4 Estimar as Durações da Atividade – ENTRADAS 6.4.1.1 Lista das Atividades 6.4.1.2 Atributos das Atividades 6.4.1.3 Requisitos dos Recursos da Atividade 6.4.1.4 Calendários dos Recursos 6.4.1.5 Declaração do Escopo do Projeto 6.4.1.6 Fatores Ambientais da Empresa  6.4.1.7 Ativos de Processos Organizacionais
6.4 Estimar as Durações da Atividade – FERRAMENTAS E TÉCNICAS 6.4.2.1 Opinião Especializada 6.4.2.2  Estimativa Análoga 6.4.2.3  Estimativa Paramétrica 6.4.2.4  Estimativas de Três Pontos 6.4.2.5  Análise das Reservas
Estimativa Análoga ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],TOP-DOWN
Estimativa Paramétrica ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Estimativa de Três Pontos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],7 9 5
Estimativas  ,[object Object],Não tenho a menor idéia de quanto tempo levará. Vou pegar meu melhor palpite e dobrar! ,[object Object],[object Object],[object Object]
Análise das Reservas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
6.4 Estimar as Durações da Atividade – SAÍDAS 6.4.3.1 Estimativas da Duração da Atividade 6.4.3.2 Atualizações dos Documentos do Projeto
Desenvolver o Cronograma 6.5 Desenvolver o Cronograma .1 Entradas .3 Saídas .2 Ferramentas e Técnicas .1 Cronograma do projeto .2 Linha de base do cronograma .3 Dados do modelo do cronograma .4 Atualizações dos documentos do projeto .1 Análise da rede do cronograma .2 Método do caminho crítico .3 Método da cadeia crítica .4 Nivelamento de recursos .5 Análise do cenário “E-se” .6 Aplicação de antecipações e esperas  .7 Compressão do cronograma .8 Ferramenta para desenvolvimento do cronograma .1 Lista das atividades .2 Atributos das atividades .3 Diagramas de rede do  cronograma do  projeto .4 Requisitos dos recursos da atividade .5 Calendários dos recursos .6 Estimativas da duração da atividade .7 Declaração de escopo do projeto .8 Fatores ambientais da  empresa  .9 Ativos de processos  organizacionais
Desenvolver o Cronograma
6.5 Desenvolver o Cronograma – ENTRADAS 6.5.1.1 Lista das Atividades 6.5.1.2 Atributos das Atividades 6.5.1.3 Diagramas de Rede do Cronograma do Projeto 6.5.1.4 Requisitos dos Recursos da Atividade 6.5.1.5 Calendários de Recursos 6.5.1.6 Estimativas de Duração da Atividade 6.5.1.7 Declaração do Escopo do Projeto 6.5.1.8 Fatores Ambientais da Empresa 6.5.1.9 Ativos de Processos Organizacionais
6.5 Desenvolver o Cronograma – FERRAMENTAS E TÉCNICAS 6.5.2.1  Análise da Rede do Cronograma 6.5.2.2  Método do Caminho Crítico 6.5.2.3  Método da Cadeia Crítica 6.5.2.4  Nivelamento de Recursos 6.5.2.5  Análise do Cenário “E-se” 6.5.2.6 Aplicação de Antecipações e Esperas 6.5.2.7  Compressão do Cronograma 6.5.2.8 Ferramenta para Desenvolvimento do Cronograma
Análise da Rede do Cronograma ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Apresenta tanto a lógica das atividades  quanto o caminho crítico. Análise da Rede do Cronograma
Análise da Rede do Cronograma Início mais cedo (ES) Início mais tarde (LS) Término mais cedo (EF) Término mais tarde (LF) Duração = X ATIVIDADE Y Earliest Start Earliest Finish Latest Start Latest Finish
Caminho Mais Cedo e Caminho Mais Tarde 12 5 7 0 ES 6 4 10 0 5 5 0 0 13 13 5 5 17 17 13 13 12 6 10 4 17 11 12 6 21 21 17 17 ES ES ES ES ES ES ES EF EF EF EF EF EF EF EF LF LF LF LF LF LF LF LS LS LS LS LS LS LS Início Fim D = 4 B D = 5 F D = 2 D D = 5 A D = 8 C D = 4 G D = 5 E D = 4 H 0 21 21 0
Folgas nas Atividades ,[object Object],[object Object],[object Object],Término mais cedo (EF) Início mais cedo (ES) Início mais tarde (LS) Término mais tarde (LS)
Folga Total ,[object Object],[object Object],[object Object],Folga Total de D = (12 – 6) = 6 Folga Total de F = (12 – 5) = 7 12 5 7 0 ES 12 6 10 4 17 11 12 6 ES ES EF EF EF LF LF LF LS LS LS D = 5 F D = 2 D D = 5 E
Folga Livre ,[object Object],Folga Livre de D = (6 – 6) = 0 Folga Livre de F = (6 – 5) = 1 12 5 7 0 ES 12 6 10 4 17 11 12 6 ES ES EF EF EF LF LF LS LS D = 5 F D = 2 D D = 5 E
Caminho Crítico ,[object Object],[object Object],[object Object],19 19 15 15 ES EF LF LS D = 4 G = = Início Fim
Caminho Crítico 12 5 7 0 ES 6 4 10 0 5 5 0 0 13 13 5 5 17 17 13 13 12 6 10 4 17 11 12 6 21 21 17 17 ES ES ES ES ES ES ES EF EF EF EF EF EF EF EF LF LF LF LF LF LF LF LS LS LS LS LS LS LS Início Fim D = 4 B D = 5 F D = 2 D D = 5 A D = 8 C D = 4 G D = 5 E D = 4 H 0 21 21 0
Antecipações (Leads) e Esperas (Lags) ,[object Object],[object Object],Predecessora Sucessora Atraso
Método do Caminho Crítico –  CPM (Critical Path Method) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
PERT ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Técnica de Revisão e Avaliação de Programa (Program Evaluation and Review Technique)
PERT ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
PERT Baseia-se na distribuição   : Dp = (P - O) / 6 - Desvio padrão:  ,[object Object],- Variância: ,[object Object],- Tempo esperado:
PERT X CPM • • • • Baixa Alta Pequena Longa Probabilidade relativa  de ocorrência Otimista Pessimista Distribuição Beta Mais Provável Utilizada nos cálculos CPM PERT - Média Ponderada = (   Otimista + 4 x mais provável + pessimista   ) 6
CÁLCULO USANDO PERT Tarefas do Caminho Crítico = (P – O) / 6 = ((P – O ) / 6) 2 (O + 4.MP + P) / 6 Cuidado!!! Não é a    DesvPad, mas raiz da    Variância. Tarefa O MP P Média Variância DesvPad A 5  7  12  7,5  1,36  1,17  C 1  3  8  3,5  1,36  1,17  D 4  6  8  6,0  0,44  0,67  F 12  17  22  17,0  2,78  1,67  J 11  15  16  14,5  0,69  0,83  K 14  14  20  15,0  1,00  1,00  TOTAL 47  62  86  63,5  7,64  2,76
Método da Cadeia Crítica ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Nivelamento de Recursos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Nivelamento de Recursos
Análise do Cenário “E-se” ,[object Object],[object Object],[object Object]
Compressão do Cronograma ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Compressão (Crashing) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Paralelismo (Fast Tracking) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Compressão x Paralelismo ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Simulação de Monte Carlo ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Simulação de Monte Carlo 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 62 52 42 72 82 92 102 P(%) D(dias)
6.5 Desenvolver o Cronograma – SAÍDAS 6.5.3.1  Cronograma do Projeto 6.5.3.2  Linha de Base do Cronograma 6.5.3.3 Dados do Cronograma 6.5.3.4 Atualizações dos Documentos do Projeto
Cronograma do Projeto ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Cronograma Mestre ou de Marcos (Milestones)
Cronograma de Barras
Cronograma Detalhado
Linha de Base do Cronograma (Baseline) ,[object Object],[object Object],[object Object]
Atualizações dos Documentos do Projeto ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Gerenciamento de Tempo do Projeto  Iniciação ,[object Object],[object Object],Execução Encerramento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Processos de Monitoramento e Controle ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Processos de  Monitoramento e Controle Processos de Iniciação Processos de Planejamento Processos de Execução Processos de Encerramento
Processos de Monitoramento e Controle – Gerenciamento de Tempo ,[object Object]
6.6 Controlar o Cronograma .1 Entradas .3 Saídas .2 Ferramentas e Técnicas .1 Medição do desempenho do trabalho .2 Atualizações de ativos de processos organizacionais .3 Solicitações de mudança .4 Atualizações do plano de gerenciamento do projeto .5 Atualizações dos documentos do projeto .1 Análise de desempenho .2 Análise de variação  .3 Software de gerenciamento de projetos  .4 Nivelamento de recursos .5 Análise do cenário “E-se” .6 Ajuste de antecipações e esperas .7 Compressão do cronograma .8 Ferramenta para desenvolvimento do cronograma Controlar o Cronograma .1 Plano de gerenciamento do  projeto .2 Cronograma do projeto .3 Informações sobre o desempenho do trabalho .4 Ativos de processos  organizacionais
Controlar o Cronograma
6.6 Controle de Cronograma – ENTRADAS 6.6.1.1 Plano de Gerenciamento do Projeto 6.6.1.2 Cronograma do Projeto 6.6.1.3 Informações sobre o Desempenho do Trabalho 6.6.1.4 Ativos de Processos Organizacionais
6.6 Controle de Cronograma – FERRAMENTAS E TÉCNICAS 6.6.2.1  Análise de Desempenho 6.6.2.2  Análise de Variação 6.6.2.3  Software de Gerenciamento de Projetos 6.6.2.4 Nivelamento de Recursos 6.6.2.5 Análise do Cenário “E-se” 6.6.2.6 Ajuste de Antecipações e Esperas 6.6.2.7 Compressão do Cronograma 6.6.2.8 Ferramenta para Desenvolvimento do Cronograma
Análise de Desempenho
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Análise de Variação
Análise de Variação ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Software de Gerenciamento de Projetos ,[object Object],[object Object]
6.6 Controle de Cronograma – SAÍDAS 6.6.3.1  Medição do Desempenho do Trabalho 6.6.3.2 Atualizações de Ativos de Processos Organizacionais 6.6.3.3  Solicitações de Mudanças 6.6.3.4 Atualizações do Plano de Gerenciamento de Projeto 6.6.3.5 Atualizações dos Documentos do Projeto
Medição do Desempenho do Trabalho e  Solicitações de Mudança ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão dos prazos, custos e riscos em Gestão de Projetos
Gestão dos prazos, custos e riscos em Gestão de ProjetosGestão dos prazos, custos e riscos em Gestão de Projetos
Gestão dos prazos, custos e riscos em Gestão de Projetos
Antonio Marcos Montai Messias
 
Planejamento do Tempo, Custo e Qualidade
Planejamento do Tempo, Custo e QualidadePlanejamento do Tempo, Custo e Qualidade
Planejamento do Tempo, Custo e Qualidade
Wilker Bueno de Freitas Rosa
 
FGV Bauru GPJ7 - Plano de Gerenciamento de Tempo v1 - Disciplina Concorrência...
FGV Bauru GPJ7 - Plano de Gerenciamento de Tempo v1 - Disciplina Concorrência...FGV Bauru GPJ7 - Plano de Gerenciamento de Tempo v1 - Disciplina Concorrência...
FGV Bauru GPJ7 - Plano de Gerenciamento de Tempo v1 - Disciplina Concorrência...
nvenanzoni
 
Gerencia de projetos
Gerencia de projetosGerencia de projetos
Gerencia de projetos
Roberio Figueiredo
 
Aula03-12
Aula03-12Aula03-12
Aula03-12
3XtremeHelpDesk
 
Introdução ao Gerenciamento de Projetos com MS Project
Introdução ao Gerenciamento de Projetos com MS ProjectIntrodução ao Gerenciamento de Projetos com MS Project
Introdução ao Gerenciamento de Projetos com MS Project
Carolina Satim
 
Administração de projetos - Planejamento - Tempo - aula 9
Administração de projetos - Planejamento - Tempo - aula 9Administração de projetos - Planejamento - Tempo - aula 9
Administração de projetos - Planejamento - Tempo - aula 9
Ueliton da Costa Leonidio
 
Gestão da Manutenção - Ferramentas da Gestão
Gestão da Manutenção - Ferramentas da GestãoGestão da Manutenção - Ferramentas da Gestão
Gestão da Manutenção - Ferramentas da Gestão
Anderson Pontes
 
Gerenciamento de tempo
Gerenciamento de tempoGerenciamento de tempo
Gerenciamento de tempo
Lucas Pedrosa
 
Administração de tempo e prazo
Administração de tempo e prazoAdministração de tempo e prazo
Administração de tempo e prazo
Ciro Lopes
 
Preparatório PMP -Gerenciamento de Prazos
Preparatório PMP -Gerenciamento de Prazos Preparatório PMP -Gerenciamento de Prazos
Preparatório PMP -Gerenciamento de Prazos
André Cruz
 
Gráfico de gantt
Gráfico de ganttGráfico de gantt
Gráfico de gantt
Edesio Silva Alves
 
10 sinais básicos que demostram que você realmente não conhece o MS Project
10 sinais básicos que demostram que você realmente não conhece o MS Project10 sinais básicos que demostram que você realmente não conhece o MS Project
10 sinais básicos que demostram que você realmente não conhece o MS Project
Otavio Irineu
 
Estrutura Analítica do Projeto: A Espinha dorsal do projeto
Estrutura Analítica do Projeto: A Espinha dorsal do projetoEstrutura Analítica do Projeto: A Espinha dorsal do projeto
Estrutura Analítica do Projeto: A Espinha dorsal do projeto
Luanildo Silva
 
Gestão de Prazos e Custos do Projeto
Gestão de Prazos e Custos do ProjetoGestão de Prazos e Custos do Projeto
Gestão de Prazos e Custos do Projeto
Antonio Marcos Montai Messias
 
Gerencia deprojeos modulo_1_final_
Gerencia deprojeos modulo_1_final_Gerencia deprojeos modulo_1_final_
Gerencia deprojeos modulo_1_final_
Marcelo Aires
 
Gerenciamento de projetos aula 6 (tempo)
Gerenciamento de projetos   aula 6 (tempo)Gerenciamento de projetos   aula 6 (tempo)
Gerenciamento de projetos aula 6 (tempo)
Paulo Junior
 
Fundamentos em Gerenciamento de Projetos - Módulo III
Fundamentos em Gerenciamento de Projetos - Módulo IIIFundamentos em Gerenciamento de Projetos - Módulo III
Fundamentos em Gerenciamento de Projetos - Módulo III
Wilian Fabricio Pereira
 
Metricas indicadores planejamento_controle
Metricas indicadores planejamento_controleMetricas indicadores planejamento_controle
Metricas indicadores planejamento_controle
Peter Mello
 
Gerenciamento de projetos - Tempo, Recursos e Custo
Gerenciamento de projetos - Tempo, Recursos e CustoGerenciamento de projetos - Tempo, Recursos e Custo
Gerenciamento de projetos - Tempo, Recursos e Custo
Claudio Barbosa
 

Mais procurados (20)

Gestão dos prazos, custos e riscos em Gestão de Projetos
Gestão dos prazos, custos e riscos em Gestão de ProjetosGestão dos prazos, custos e riscos em Gestão de Projetos
Gestão dos prazos, custos e riscos em Gestão de Projetos
 
Planejamento do Tempo, Custo e Qualidade
Planejamento do Tempo, Custo e QualidadePlanejamento do Tempo, Custo e Qualidade
Planejamento do Tempo, Custo e Qualidade
 
FGV Bauru GPJ7 - Plano de Gerenciamento de Tempo v1 - Disciplina Concorrência...
FGV Bauru GPJ7 - Plano de Gerenciamento de Tempo v1 - Disciplina Concorrência...FGV Bauru GPJ7 - Plano de Gerenciamento de Tempo v1 - Disciplina Concorrência...
FGV Bauru GPJ7 - Plano de Gerenciamento de Tempo v1 - Disciplina Concorrência...
 
Gerencia de projetos
Gerencia de projetosGerencia de projetos
Gerencia de projetos
 
Aula03-12
Aula03-12Aula03-12
Aula03-12
 
Introdução ao Gerenciamento de Projetos com MS Project
Introdução ao Gerenciamento de Projetos com MS ProjectIntrodução ao Gerenciamento de Projetos com MS Project
Introdução ao Gerenciamento de Projetos com MS Project
 
Administração de projetos - Planejamento - Tempo - aula 9
Administração de projetos - Planejamento - Tempo - aula 9Administração de projetos - Planejamento - Tempo - aula 9
Administração de projetos - Planejamento - Tempo - aula 9
 
Gestão da Manutenção - Ferramentas da Gestão
Gestão da Manutenção - Ferramentas da GestãoGestão da Manutenção - Ferramentas da Gestão
Gestão da Manutenção - Ferramentas da Gestão
 
Gerenciamento de tempo
Gerenciamento de tempoGerenciamento de tempo
Gerenciamento de tempo
 
Administração de tempo e prazo
Administração de tempo e prazoAdministração de tempo e prazo
Administração de tempo e prazo
 
Preparatório PMP -Gerenciamento de Prazos
Preparatório PMP -Gerenciamento de Prazos Preparatório PMP -Gerenciamento de Prazos
Preparatório PMP -Gerenciamento de Prazos
 
Gráfico de gantt
Gráfico de ganttGráfico de gantt
Gráfico de gantt
 
10 sinais básicos que demostram que você realmente não conhece o MS Project
10 sinais básicos que demostram que você realmente não conhece o MS Project10 sinais básicos que demostram que você realmente não conhece o MS Project
10 sinais básicos que demostram que você realmente não conhece o MS Project
 
Estrutura Analítica do Projeto: A Espinha dorsal do projeto
Estrutura Analítica do Projeto: A Espinha dorsal do projetoEstrutura Analítica do Projeto: A Espinha dorsal do projeto
Estrutura Analítica do Projeto: A Espinha dorsal do projeto
 
Gestão de Prazos e Custos do Projeto
Gestão de Prazos e Custos do ProjetoGestão de Prazos e Custos do Projeto
Gestão de Prazos e Custos do Projeto
 
Gerencia deprojeos modulo_1_final_
Gerencia deprojeos modulo_1_final_Gerencia deprojeos modulo_1_final_
Gerencia deprojeos modulo_1_final_
 
Gerenciamento de projetos aula 6 (tempo)
Gerenciamento de projetos   aula 6 (tempo)Gerenciamento de projetos   aula 6 (tempo)
Gerenciamento de projetos aula 6 (tempo)
 
Fundamentos em Gerenciamento de Projetos - Módulo III
Fundamentos em Gerenciamento de Projetos - Módulo IIIFundamentos em Gerenciamento de Projetos - Módulo III
Fundamentos em Gerenciamento de Projetos - Módulo III
 
Metricas indicadores planejamento_controle
Metricas indicadores planejamento_controleMetricas indicadores planejamento_controle
Metricas indicadores planejamento_controle
 
Gerenciamento de projetos - Tempo, Recursos e Custo
Gerenciamento de projetos - Tempo, Recursos e CustoGerenciamento de projetos - Tempo, Recursos e Custo
Gerenciamento de projetos - Tempo, Recursos e Custo
 

Semelhante a Gestao de tempo v4.0

Gerenciamento de tempo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento de tempo - Ano 2013 - PMBOK 5 ediçãoGerenciamento de tempo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento de tempo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Rodrigo Lopes - Eng. - MBA - PMP - SCRUM - ITIL - COBIT
 
Curso Microsoft Project 2010 / 2013
Curso Microsoft Project 2010 / 2013Curso Microsoft Project 2010 / 2013
Curso Microsoft Project 2010 / 2013
Dimitri Campana, PMP
 
(Transformar 16) sessão 5
(Transformar 16) sessão 5(Transformar 16) sessão 5
(Transformar 16) sessão 5
Ink_conteudos
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)
Alessandro Almeida
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Alessandro Almeida
 
Grupo de processos de planejamento - Parte 02
Grupo de processos de planejamento - Parte 02Grupo de processos de planejamento - Parte 02
Grupo de processos de planejamento - Parte 02
Leonardo Soares
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (16/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (16/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (16/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (16/09/2013)
Alessandro Almeida
 
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 ediçãoGerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Rodrigo Lopes - Eng. - MBA - PMP - SCRUM - ITIL - COBIT
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/03/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/03/2015)Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/03/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/03/2015)
Alessandro Almeida
 
06 pmbok cap06 tempo
06   pmbok cap06 tempo06   pmbok cap06 tempo
06 pmbok cap06 tempo
Wilson Silveira
 
(Transformar) Sessão 04 Gestão de Projetos Sociais
(Transformar) Sessão 04 Gestão de Projetos Sociais(Transformar) Sessão 04 Gestão de Projetos Sociais
(Transformar) Sessão 04 Gestão de Projetos Sociais
Ink_conteudos
 
Template, modelo de Planejamento para Implementar Escritório de Projetos (PMO)
Template, modelo de Planejamento para Implementar Escritório de Projetos (PMO)Template, modelo de Planejamento para Implementar Escritório de Projetos (PMO)
Template, modelo de Planejamento para Implementar Escritório de Projetos (PMO)
CompanyWeb
 
Roteiro para implementar PMO (Escritório de Projetos)
Roteiro para implementar PMO (Escritório de Projetos)Roteiro para implementar PMO (Escritório de Projetos)
Roteiro para implementar PMO (Escritório de Projetos)
CompanyWeb
 
Plano de gerenciamento do cronograma (2)
Plano de gerenciamento do cronograma (2)Plano de gerenciamento do cronograma (2)
Plano de gerenciamento do cronograma (2)
Flavia Skilhan Lopes
 
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a PráticaGerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
Projetos e TI
 
C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010
C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010
C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010
Facuuldade Norte Sul
 
MsProject.pptx
MsProject.pptxMsProject.pptx
MsProject.pptx
Ricardo Santos
 
Processos PMBOK por área
Processos PMBOK por áreaProcessos PMBOK por área
Processos PMBOK por área
Carlos Halrik
 
Plano de Projeto SGS
Plano de Projeto SGSPlano de Projeto SGS
Plano de Projeto SGS
Rodrigo Azevedo
 
Curso de Microsoft Project 2010 - Completo
Curso de Microsoft Project 2010 - CompletoCurso de Microsoft Project 2010 - Completo
Curso de Microsoft Project 2010 - Completo
Fernando Dantas
 

Semelhante a Gestao de tempo v4.0 (20)

Gerenciamento de tempo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento de tempo - Ano 2013 - PMBOK 5 ediçãoGerenciamento de tempo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento de tempo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
 
Curso Microsoft Project 2010 / 2013
Curso Microsoft Project 2010 / 2013Curso Microsoft Project 2010 / 2013
Curso Microsoft Project 2010 / 2013
 
(Transformar 16) sessão 5
(Transformar 16) sessão 5(Transformar 16) sessão 5
(Transformar 16) sessão 5
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
 
Grupo de processos de planejamento - Parte 02
Grupo de processos de planejamento - Parte 02Grupo de processos de planejamento - Parte 02
Grupo de processos de planejamento - Parte 02
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (16/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (16/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (16/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (16/09/2013)
 
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 ediçãoGerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/03/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/03/2015)Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/03/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/03/2015)
 
06 pmbok cap06 tempo
06   pmbok cap06 tempo06   pmbok cap06 tempo
06 pmbok cap06 tempo
 
(Transformar) Sessão 04 Gestão de Projetos Sociais
(Transformar) Sessão 04 Gestão de Projetos Sociais(Transformar) Sessão 04 Gestão de Projetos Sociais
(Transformar) Sessão 04 Gestão de Projetos Sociais
 
Template, modelo de Planejamento para Implementar Escritório de Projetos (PMO)
Template, modelo de Planejamento para Implementar Escritório de Projetos (PMO)Template, modelo de Planejamento para Implementar Escritório de Projetos (PMO)
Template, modelo de Planejamento para Implementar Escritório de Projetos (PMO)
 
Roteiro para implementar PMO (Escritório de Projetos)
Roteiro para implementar PMO (Escritório de Projetos)Roteiro para implementar PMO (Escritório de Projetos)
Roteiro para implementar PMO (Escritório de Projetos)
 
Plano de gerenciamento do cronograma (2)
Plano de gerenciamento do cronograma (2)Plano de gerenciamento do cronograma (2)
Plano de gerenciamento do cronograma (2)
 
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a PráticaGerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
 
C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010
C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010
C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010
 
MsProject.pptx
MsProject.pptxMsProject.pptx
MsProject.pptx
 
Processos PMBOK por área
Processos PMBOK por áreaProcessos PMBOK por área
Processos PMBOK por área
 
Plano de Projeto SGS
Plano de Projeto SGSPlano de Projeto SGS
Plano de Projeto SGS
 
Curso de Microsoft Project 2010 - Completo
Curso de Microsoft Project 2010 - CompletoCurso de Microsoft Project 2010 - Completo
Curso de Microsoft Project 2010 - Completo
 

Mais de Nicholas Uchoa

Paul ekman - Umasking the face
Paul ekman - Umasking the facePaul ekman - Umasking the face
Paul ekman - Umasking the face
Nicholas Uchoa
 
Paul ekman & erika l. Rosenberg - What thet face reveals basic - applied stud...
Paul ekman & erika l. Rosenberg - What thet face reveals basic - applied stud...Paul ekman & erika l. Rosenberg - What thet face reveals basic - applied stud...
Paul ekman & erika l. Rosenberg - What thet face reveals basic - applied stud...
Nicholas Uchoa
 
Paul ekman & erika l. rosenberg - what the face reveals basic applied studies...
Paul ekman & erika l. rosenberg - what the face reveals basic applied studies...Paul ekman & erika l. rosenberg - what the face reveals basic applied studies...
Paul ekman & erika l. rosenberg - what the face reveals basic applied studies...
Nicholas Uchoa
 
Synthesis
 Synthesis Synthesis
Synthesis
Nicholas Uchoa
 
Paul Ekman umasking the face
Paul Ekman umasking the facePaul Ekman umasking the face
Paul Ekman umasking the face
Nicholas Uchoa
 
Handbook of cognition and emotion
Handbook of cognition and emotionHandbook of cognition and emotion
Handbook of cognition and emotion
Nicholas Uchoa
 
Ciclo de vida_de_gerenciamento_de_projeto
Ciclo de vida_de_gerenciamento_de_projetoCiclo de vida_de_gerenciamento_de_projeto
Ciclo de vida_de_gerenciamento_de_projeto
Nicholas Uchoa
 
Pmbok - mapa de processos
Pmbok - mapa de processosPmbok - mapa de processos
Pmbok - mapa de processos
Nicholas Uchoa
 
Pmbok - fluxo de processos
Pmbok - fluxo de processosPmbok - fluxo de processos
Pmbok - fluxo de processos
Nicholas Uchoa
 
Gestao de integracao_v1.1
Gestao de integracao_v1.1Gestao de integracao_v1.1
Gestao de integracao_v1.1
Nicholas Uchoa
 
Introducao a gestao_de_projetos_v4.0
Introducao a gestao_de_projetos_v4.0Introducao a gestao_de_projetos_v4.0
Introducao a gestao_de_projetos_v4.0
Nicholas Uchoa
 
Gestao de escopo_v4.1
Gestao de escopo_v4.1Gestao de escopo_v4.1
Gestao de escopo_v4.1
Nicholas Uchoa
 

Mais de Nicholas Uchoa (12)

Paul ekman - Umasking the face
Paul ekman - Umasking the facePaul ekman - Umasking the face
Paul ekman - Umasking the face
 
Paul ekman & erika l. Rosenberg - What thet face reveals basic - applied stud...
Paul ekman & erika l. Rosenberg - What thet face reveals basic - applied stud...Paul ekman & erika l. Rosenberg - What thet face reveals basic - applied stud...
Paul ekman & erika l. Rosenberg - What thet face reveals basic - applied stud...
 
Paul ekman & erika l. rosenberg - what the face reveals basic applied studies...
Paul ekman & erika l. rosenberg - what the face reveals basic applied studies...Paul ekman & erika l. rosenberg - what the face reveals basic applied studies...
Paul ekman & erika l. rosenberg - what the face reveals basic applied studies...
 
Synthesis
 Synthesis Synthesis
Synthesis
 
Paul Ekman umasking the face
Paul Ekman umasking the facePaul Ekman umasking the face
Paul Ekman umasking the face
 
Handbook of cognition and emotion
Handbook of cognition and emotionHandbook of cognition and emotion
Handbook of cognition and emotion
 
Ciclo de vida_de_gerenciamento_de_projeto
Ciclo de vida_de_gerenciamento_de_projetoCiclo de vida_de_gerenciamento_de_projeto
Ciclo de vida_de_gerenciamento_de_projeto
 
Pmbok - mapa de processos
Pmbok - mapa de processosPmbok - mapa de processos
Pmbok - mapa de processos
 
Pmbok - fluxo de processos
Pmbok - fluxo de processosPmbok - fluxo de processos
Pmbok - fluxo de processos
 
Gestao de integracao_v1.1
Gestao de integracao_v1.1Gestao de integracao_v1.1
Gestao de integracao_v1.1
 
Introducao a gestao_de_projetos_v4.0
Introducao a gestao_de_projetos_v4.0Introducao a gestao_de_projetos_v4.0
Introducao a gestao_de_projetos_v4.0
 
Gestao de escopo_v4.1
Gestao de escopo_v4.1Gestao de escopo_v4.1
Gestao de escopo_v4.1
 

Gestao de tempo v4.0

  • 1. Gerência de Projetos Gestão de Tempo
  • 3.
  • 4.
  • 5. Problemas Mais Comuns em Projetos Fonte: PMI.org.br, Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos – Brasil , 2007
  • 6. Aspectos Considerados na Metodologia Gerenciamento de Projetos Fonte: PMI.org.br, Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos – Brasil , 2007
  • 7. Aspectos Considerados na Metodologia Gerenciamento de Projetos Fonte: PMI.org.br, Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos – Brasil , 2007
  • 8.
  • 9. Process os Tempo Área de Conhecimento – Tempo do Projeto Iniciação Planejamento Execução Monitoramento e Controle Encerramento O Gerenciamento do Tempo é uma atividade presente nos grupos de processos de Planejamento e Monitoramento e Controle .
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14. 6.1 Definir as Atividades .1 Entradas .1 Linha de base de escopo .2 Fatores ambientais da empresa .3 Ativos de processos organizacionais .3 Saídas .2 Ferramentas e Técnicas .1 Lista das atividades .2 Atributos das atividade .3 Lista dos marcos .1 Decomposição .2 Planejamento em ondas sucessivas .3 Modelos .4 Opinião especializada Definir as Atividades
  • 16. 6.1 Definir as Atividades – ENTRADAS 6.1.1.1 Linha de Base de Escopo 6.1.1.2 Fatores Ambientais da Empresa 6.1.1.3 Ativos de Processos Organizacionais
  • 17. 6.1 Definir as Atividades – FERRAMENTAS E TÉCNICAS 6.1.2.1 Decomposição 6.1.2.2 Planejamento em Ondas Sucessivas 6.1.2.3 Modelos 6.1.2.4 Opinião Especializada
  • 18. 6.1 Definir as Atividades – SAÍDAS 6.1.3.1 Lista das Atividades 6.1.3.2 Atributos das Atividade 6.1.3.3 Lista dos Marcos
  • 19.
  • 20. Lista das Atividades - Decomposição A mesma técnica de decomposição usada no processo de definição do escopo. A diferença é que nessa, as saídas são as atividades e não os subprodutos. Entrega Pacote de Trabalho Lista de Atividades
  • 21.
  • 22. Lista dos Marcos (Milestones) Identifica todos os marcos do projeto indicando se o marco é obrigatório (exigido pelo contrato) ou opcional (com base em requisitos do projeto ou em informações históricas).
  • 23. Sequenciar as Atividades 6.2 Sequenciar as Atividades .1 Entradas .1 Lista das atividades .2 Atributos das atividades .3 Lista dos marcos .4 Declaração do escopo do projeto .5 Ativos de processos organizacionais .3 Saídas .2 Ferramentas e Técnicas .1 Diagramas de rede do cronograma do projeto .2 Atualizações dos documentos do projeto .1 Método do diagrama de precedência (MDP) .2 Determinação de dependência .3 Aplicação de antecipações e esperas .4 Modelos de diagrama de rede de cronograma
  • 25. 6.2 Sequenciar as Atividades – ENTRADAS 6.2.1.1 Lista das Atividades 6.2.1.2 Atributos das Atividades 6.2.1.3 Lista dos Marcos 6.2.1.4 Declaração do Escopo do Projeto 6.2.1.5 Ativos de Processos Organizacionais
  • 26. 6.2 Sequenciar as Atividades – FERRAMENTAS E TÉCNICAS 6.2.2.1 Método do Diagrama de Precedência (MDP) 6.2.2.2 Determinação de Dependência 6.2.2.3 Aplicação de Antecipações e Esperas 6.2.2.4 Modelos de Diagramas de Rede de Cronograma
  • 27. Ferramentas para Sequenciar as Atividades Método do Diagrama de Precedência (MDP) Método do Diagrama de Setas (MDS) – Legado (PMBOK 2004)
  • 28.
  • 29. Método do Diagrama de Precedência (MDP) Atividades e Dependências Lógicas
  • 30. Método do Diagrama de Precedência (MDP) Pegue a lista de atividades e suas precedências Crie o nó de início Organize as atividades sequencialmente Ligue os nós (caixas) através de setas Repita o processo da ativ. precedente para a sucessora Verifique todas as atividades do início até o fim
  • 31. Método do Diagrama de Precedência (MDP) Tipos de precedência : Término/Início (finish-to-start) Predecessora Sucessora Término/Término (finish-to-finish) Início/Início (start-to-start) Início/Término (start-to-finish) Predecessora Sucessora Predecessora Sucessora Predecessora Sucessora
  • 32. Método do Diagrama de Precedência (MDP) Exemplo de um diagrama de precedência: Fim Início A B C D E F
  • 33.
  • 34.
  • 35. Método do Diagrama de Setas (MDS) Atividades e “Fantasmas”
  • 36. Método do Diagrama de Setas (MDS) Liste as atividades e precedências Verifique todas as atividades e as precedências até o final Repita o processo da ativ. precedente para a sucessora Desenhe flechas a partir do nó n°1 para as atividades iniciais Crie o nó de início com o n°1 Numere sequencialmente os nós
  • 37.
  • 38. 6.2 Sequenciar as Atividades – SAÍDAS 6.2.3.1 Diagramas de Rede do Cronograma do Projeto 6.2.3.2 Atualizações dos Documentos do Projeto
  • 39.
  • 40. Estimar os Recursos da Atividade 6.3 Estimar os Recursos da Atividade .1 Entradas .1 Lista das atividades .2 Atributos das atividades .3 Calendários de recursos .4 Fatores ambientais da empresa .5 Ativos de processos organizacionais .3 Saídas .2 Ferramentas e Técnicas .1 Requisitos do recurso da atividade .2 Estrutura analítica de recursos .3 Atualizações de documentos dos projetos .1 Opinião especializada .2 Análise de alternativas .3 Dados publicados para auxilio a estimativas .4 Estimativa “bottom-up” .5 Software de gerenciamento de projetos
  • 41. Estimar os Recursos da Atividade
  • 42. 6.3 Estimar os Recursos da Atividade – ENTRADAS 6.3.1.1 Lista das Atividades 6.3.1.2 Atributos das Atividades 6.3.1.3 Calendários de Recursos 6.3.1.4 Fatores Ambientais da Empresa 6.3.1.5 Ativos de Processos Organizacionais
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 46. 6.3 Estimar os Recursos da Atividade – FERRAMENTAS E TÉCNICAS 6.3.2.1 Opinião Especializada 6.3.2.2 Análise de Alternativas 6.3.2.3 Dados Publicados para Auxilio a Estimativas 6.3.2.4 Estimativa “Bottom-Up” 6.3.2.5 Software de Gerenciamento de Projetos
  • 47.
  • 48. 6.3 Estimar os Recursos da Atividade – SAÍDAS 6.3.3.1 Requisitos do Recurso da Atividade 6.3.3.2 Estrutura Analítica dos Recursos 6.3.3.3 Atualizações dos Documentos do Projeto
  • 49.
  • 50. 6.4 Estimar as Durações da Atividade .1 Entradas .3 Saídas .2 Ferramentas e Técnicas .1 Estimativa de duração da atividade .2 Atualizações dos documentos do projeto .1 Opinião especializada .2 Estimativa análoga .3 Estimativa paramétrica .4 Estimativas de três pontos .5 Análise das reservas Estimar as Durações da Atividade .1 Lista das atividades .2 Atributos das atividades .3 Requisitos dos recursos da atividade .4 Calendário dos recursos .5 Declaração do escopo do projeto .6 Fatores ambientais da empresa .7 Ativos de processos organizacionais
  • 51. Estimar as Durações da Atividade
  • 52. 6.4 Estimar as Durações da Atividade – ENTRADAS 6.4.1.1 Lista das Atividades 6.4.1.2 Atributos das Atividades 6.4.1.3 Requisitos dos Recursos da Atividade 6.4.1.4 Calendários dos Recursos 6.4.1.5 Declaração do Escopo do Projeto 6.4.1.6 Fatores Ambientais da Empresa 6.4.1.7 Ativos de Processos Organizacionais
  • 53. 6.4 Estimar as Durações da Atividade – FERRAMENTAS E TÉCNICAS 6.4.2.1 Opinião Especializada 6.4.2.2 Estimativa Análoga 6.4.2.3 Estimativa Paramétrica 6.4.2.4 Estimativas de Três Pontos 6.4.2.5 Análise das Reservas
  • 54.
  • 55.
  • 56.
  • 57.
  • 58.
  • 59. 6.4 Estimar as Durações da Atividade – SAÍDAS 6.4.3.1 Estimativas da Duração da Atividade 6.4.3.2 Atualizações dos Documentos do Projeto
  • 60. Desenvolver o Cronograma 6.5 Desenvolver o Cronograma .1 Entradas .3 Saídas .2 Ferramentas e Técnicas .1 Cronograma do projeto .2 Linha de base do cronograma .3 Dados do modelo do cronograma .4 Atualizações dos documentos do projeto .1 Análise da rede do cronograma .2 Método do caminho crítico .3 Método da cadeia crítica .4 Nivelamento de recursos .5 Análise do cenário “E-se” .6 Aplicação de antecipações e esperas .7 Compressão do cronograma .8 Ferramenta para desenvolvimento do cronograma .1 Lista das atividades .2 Atributos das atividades .3 Diagramas de rede do cronograma do projeto .4 Requisitos dos recursos da atividade .5 Calendários dos recursos .6 Estimativas da duração da atividade .7 Declaração de escopo do projeto .8 Fatores ambientais da empresa .9 Ativos de processos organizacionais
  • 62. 6.5 Desenvolver o Cronograma – ENTRADAS 6.5.1.1 Lista das Atividades 6.5.1.2 Atributos das Atividades 6.5.1.3 Diagramas de Rede do Cronograma do Projeto 6.5.1.4 Requisitos dos Recursos da Atividade 6.5.1.5 Calendários de Recursos 6.5.1.6 Estimativas de Duração da Atividade 6.5.1.7 Declaração do Escopo do Projeto 6.5.1.8 Fatores Ambientais da Empresa 6.5.1.9 Ativos de Processos Organizacionais
  • 63. 6.5 Desenvolver o Cronograma – FERRAMENTAS E TÉCNICAS 6.5.2.1 Análise da Rede do Cronograma 6.5.2.2 Método do Caminho Crítico 6.5.2.3 Método da Cadeia Crítica 6.5.2.4 Nivelamento de Recursos 6.5.2.5 Análise do Cenário “E-se” 6.5.2.6 Aplicação de Antecipações e Esperas 6.5.2.7 Compressão do Cronograma 6.5.2.8 Ferramenta para Desenvolvimento do Cronograma
  • 64.
  • 65. Apresenta tanto a lógica das atividades quanto o caminho crítico. Análise da Rede do Cronograma
  • 66. Análise da Rede do Cronograma Início mais cedo (ES) Início mais tarde (LS) Término mais cedo (EF) Término mais tarde (LF) Duração = X ATIVIDADE Y Earliest Start Earliest Finish Latest Start Latest Finish
  • 67. Caminho Mais Cedo e Caminho Mais Tarde 12 5 7 0 ES 6 4 10 0 5 5 0 0 13 13 5 5 17 17 13 13 12 6 10 4 17 11 12 6 21 21 17 17 ES ES ES ES ES ES ES EF EF EF EF EF EF EF EF LF LF LF LF LF LF LF LS LS LS LS LS LS LS Início Fim D = 4 B D = 5 F D = 2 D D = 5 A D = 8 C D = 4 G D = 5 E D = 4 H 0 21 21 0
  • 68.
  • 69.
  • 70.
  • 71.
  • 72. Caminho Crítico 12 5 7 0 ES 6 4 10 0 5 5 0 0 13 13 5 5 17 17 13 13 12 6 10 4 17 11 12 6 21 21 17 17 ES ES ES ES ES ES ES EF EF EF EF EF EF EF EF LF LF LF LF LF LF LF LS LS LS LS LS LS LS Início Fim D = 4 B D = 5 F D = 2 D D = 5 A D = 8 C D = 4 G D = 5 E D = 4 H 0 21 21 0
  • 73.
  • 74.
  • 75.
  • 76.
  • 77.
  • 78. PERT X CPM • • • • Baixa Alta Pequena Longa Probabilidade relativa de ocorrência Otimista Pessimista Distribuição Beta Mais Provável Utilizada nos cálculos CPM PERT - Média Ponderada = ( Otimista + 4 x mais provável + pessimista ) 6
  • 79. CÁLCULO USANDO PERT Tarefas do Caminho Crítico = (P – O) / 6 = ((P – O ) / 6) 2 (O + 4.MP + P) / 6 Cuidado!!! Não é a  DesvPad, mas raiz da  Variância. Tarefa O MP P Média Variância DesvPad A 5 7 12 7,5 1,36 1,17 C 1 3 8 3,5 1,36 1,17 D 4 6 8 6,0 0,44 0,67 F 12 17 22 17,0 2,78 1,67 J 11 15 16 14,5 0,69 0,83 K 14 14 20 15,0 1,00 1,00 TOTAL 47 62 86 63,5 7,64 2,76
  • 80.
  • 81.
  • 83.
  • 84.
  • 85.
  • 86.
  • 87.
  • 88.
  • 89.
  • 90. 6.5 Desenvolver o Cronograma – SAÍDAS 6.5.3.1 Cronograma do Projeto 6.5.3.2 Linha de Base do Cronograma 6.5.3.3 Dados do Cronograma 6.5.3.4 Atualizações dos Documentos do Projeto
  • 91.
  • 92. Cronograma Mestre ou de Marcos (Milestones)
  • 95.
  • 96.
  • 97.
  • 98.
  • 99.
  • 100. 6.6 Controlar o Cronograma .1 Entradas .3 Saídas .2 Ferramentas e Técnicas .1 Medição do desempenho do trabalho .2 Atualizações de ativos de processos organizacionais .3 Solicitações de mudança .4 Atualizações do plano de gerenciamento do projeto .5 Atualizações dos documentos do projeto .1 Análise de desempenho .2 Análise de variação .3 Software de gerenciamento de projetos .4 Nivelamento de recursos .5 Análise do cenário “E-se” .6 Ajuste de antecipações e esperas .7 Compressão do cronograma .8 Ferramenta para desenvolvimento do cronograma Controlar o Cronograma .1 Plano de gerenciamento do projeto .2 Cronograma do projeto .3 Informações sobre o desempenho do trabalho .4 Ativos de processos organizacionais
  • 102. 6.6 Controle de Cronograma – ENTRADAS 6.6.1.1 Plano de Gerenciamento do Projeto 6.6.1.2 Cronograma do Projeto 6.6.1.3 Informações sobre o Desempenho do Trabalho 6.6.1.4 Ativos de Processos Organizacionais
  • 103. 6.6 Controle de Cronograma – FERRAMENTAS E TÉCNICAS 6.6.2.1 Análise de Desempenho 6.6.2.2 Análise de Variação 6.6.2.3 Software de Gerenciamento de Projetos 6.6.2.4 Nivelamento de Recursos 6.6.2.5 Análise do Cenário “E-se” 6.6.2.6 Ajuste de Antecipações e Esperas 6.6.2.7 Compressão do Cronograma 6.6.2.8 Ferramenta para Desenvolvimento do Cronograma
  • 105.
  • 106.
  • 107.
  • 108. 6.6 Controle de Cronograma – SAÍDAS 6.6.3.1 Medição do Desempenho do Trabalho 6.6.3.2 Atualizações de Ativos de Processos Organizacionais 6.6.3.3 Solicitações de Mudanças 6.6.3.4 Atualizações do Plano de Gerenciamento de Projeto 6.6.3.5 Atualizações dos Documentos do Projeto
  • 109.