SlideShare uma empresa Scribd logo
GERENCIAMENTO DE REDES
SOCIAIS PARA PREFEITURAS E
CÂMARAS
Ednelson Prado
# Formado em Jornalismo
# Pós-graduado em Comunicação, Novas
Tecnologias e Educação
# Pós-graduado em Gestão da Comunicação em
Mídias Digitais
# Pós-graduado em Telejornalismo
# Mestre em Linguística Aplicada
# Professor universitário há 10 anos
# Diretor da Vincere Comunicação há 5 anos
# Secretario de Comunicação da Prefeitura de Lorena
APRESENTAÇÃO
“O marketing político é um conjunto de técnicas e procedimentos que tem como
objetivos #adequar um candidato/candidata ao seu eleitorado potencial, procurando
fazê-lo, num primeiro momento, conhecido do maior número de eleitores possível e,
em seguida, mostrando o diferente de seus adversários, obviamente melhor
posicionado.
”Eloá Muniz
PRINCÍPIOS DO MARKETING POLÍTICO
Para o nosso curso, levemos em conta o conceito proposto por Gaudêncio Torquato
que considera o marketing “como uma avaliação de oportunidades, satisfação de
desejos e conjunto de atividades dirigidas à estimulação de troca entre produtos e
consumidores”.
#satisfaçãodesejos
#avaliaçãodeoportunidades
#estimulartroca
#produtorxconsumidor
PRINCÍPIOS DO MARKETING POLÍTICO
Ainda segundo Torquato, se no Marketing temos os tradicionais 4P’s, no Marketing
Político teríamos os 4C’s:
PRINCÍPIOS DO MARKETING POLÍTICO
MARKETING
EMPRESARIAL POLÍTICO
Produto Candidato
Posição (lugar) Cenário
Promoção Comunicação
Preço Custos
De uma forma mais clara, podemos considerar no marketing político, segundo
Marcelo Pimentel:
Produto: o candidato/assessorado.
Preço: o número de votos necessários para a eleição. Agora, se o eleitor paga ele
deve levar algo para casa. O que ele leva?
Posição: é ocupar espaço físico, para ocupar o espaço na cabeça do eleitor.
Promoção: é a política de comunicação que utilizada para tornar o produto
conhecido. O foco em marketing político está em propaganda.
PRINCÍPIOS DO MARKETING POLÍTICO
O problema é que tudo está
mudando, por conta das novas
tecnologias. O padrão de consumo
está sendo totalmente alterado. E
quando falo de consumo, falo de,
praticamente, todas as formas de se
consumir produtos ou serviços.
MARKETING POLÍTICO DIGITAL
Apesar das difiuldades, o cenário tem se mostrado promissor. Em pesquisa lançada em
2014, pela Agência Medialogue, a realidade dos políticos na internet era a seguinte:
A REALIDADE BRASILEIRA DOS POLÍTICOS NA INTERNET
#ficaadica baixe a pesquisa completa: http://www.medialogue.com.br/wp-content/uploads/downloads/2014/03/P20_conclusoes.pdf
Alguns
parlamentares
já têm tantos
fãs nas redes
sociais quanto
eleitores.
Mais de 10% dos
frequentadores das
redes sociais
acompanham um
deputado federal
ou um senador pelo
Twitter ou
Facebook.
Juntos, os
congressistas têm 5
milhões de seguidores
no Twitter e 4 milhões
de fãs no Facebook. É
uma variação de 162%
em relação a pesquisa
anterior.
A REALIDADE BRASILEIRA DOS POLÍTICOS NA INTERNET
Múltiplos emissores
Múltiplos emissores / receptores se comunicam com outros múltiplos emissores / receptores.
Hierarquia
Uma estrutura de comunicação descentralizada e sem hierarquia.
Personalização
A personalização da informação é característica marcante do meio.
Comunicação
Proporciona um meio para troca de informações e comunicação direta.
Mobilização
Ferramenta com alto potencial de mobilização social e engajamento com baixos custos.
Interação
Potencial de interação inédito, se comparado aos meios de comunicação tradicionais.
A INTERNET MUDA O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO QUE CONHECEMOS
Sem entender isso, boa parte dos políticos acha que ter um site ou uma página no
facebook para suas postagens é estar na internet, ou seja, é mais que suficiente.
Tal pensamento é um erro, pois a internet não é um meio estático, muito pelo contrário,
é extremamente dinâmico.
#Atualização, #diálogo e #participação são palavras de ordem, como veremos à
frente.
A REALIDADE BRASILEIRA DOS POLÍTICOS NA INTERNET
Considerando o aspecto
dinâmico da web e a maneira
como as redes sociais surgem e
se fortalecem, temos, hoje, um
número incontável de redes
sociais, que atendem a
necessidades e gostos dos mais
diversos.
AS PRINCIPAIS MÍDIAS E REDES SOCIAIS
Claro que algumas se sobressaem e abrangem um número maior de participantes, como
é o caso do Facebook, sem dúvida uma das maiores redes sociais e que têm recebido de
empresas e políticos uma atenção especial nos últimos anos.
Além do Facebook, temos Twitter, Linkedin, Pinterest, Instagran e várias outras redes
que têm ganho destaque aqui no Brasil.
Quanto ao Facebook, alguns números chamam a atenção para o que está por vir.
AS PRINCIPAIS MÍDIAS E REDES SOCIAIS
Segundo a empresa E-market:
- 1 bilhão de pessoas acessarão Facebook pelo celular em 2015.
- Em 2018, será 1,34 bilhão de pessoas, ou 75,1% da comunidade do Facebook no
mundo.
- O Brasil é o quarto maior mercado do Facebook em termos de acesso móvel: 57,9
milhões de brasileiros acessarão a rede via dispositivos móveis este ano, o que
representará 73,3% de sua base aqui.
- No ano passado, foram 47,4 milhões, ou 65,9%. Em 2018, serão 79,9 milhões (84,2%
do total), segundo previsão da eMartketer.
- Em números absolutos, os campeões em acesso móvel ao Facebook são os EUA:
123,1 milhões este ano.
AS PRINCIPAIS MÍDIAS E REDES SOCIAIS
Se o Facebook já era a rede social que merecia uma atenção mais que especial, esses
números demonstram que tal atenção deve ser ainda maior, pois temos de considerar
que o mundo é mobile:
Total da População Usuários Ativos da
Internet
Contas de Mídias Sociais
Ativas
7.210 Bilhões 3.010 Bilhões 2.078 Bilhões
AS PRINCIPAIS MÍDIAS E REDES SOCIAIS
Usuários Exclusivos de
Dispositivos Móveis
Contas Sociais Ativas em
Dispositivos Móveis
3.649 Bilhões 1.685 Bilhões
A palavra de ordem do momento é #mobilidade.
AS PRINCIPAIS MÍDIAS E REDES SOCIAIS
Por tudo isso, é preciso estar atento às tendências. Elaborar uma estratégia de
comunicação digital sem considerar a mobilidade é um erro primário.
REDES SOCIAIS USADAS PELAS PREFEITURAS E CÂMARAS
REDES SOCIAIS USADAS PELAS PREFEITURAS E CÂMARAS
REDES SOCIAIS USADAS PELAS PREFEITURAS E CÂMARAS
REDES SOCIAIS USADAS PELAS PREFEITURAS E CÂMARAS
“Crise é um acontecimento que causa prejuízo à imagem de uma instituição.
”
Nemércio Nogueira
DEFININDO CRISE
Temos, basicamente, dois tipos de crise:
- Imprevisíveis: claro, aquelas que não podem ser previstas, como as ocasionadas por
questões limáticas, por exemplo.
- Previsíveis: aquelas que podem ser previstas, como as que se referem diretamente
ao trabalho da empresa.
Independente de qual tipo seja ela requer ações rápidas e certeiras. Uma crise mal
trabalhada pode #destruiraimagem de uma empresa ou de um político.
DEFININDO CRISE
Em tempos de redes sociais, temos de
olhar para as crises com um cuidado
ainda maior. Temos vários casos em que
a imagem das marcas entrou em xeque
por conta da internet!
O QUE É CRISE NA INTERNET
O QUE É CRISE NA INTERNET
O QUE É CRISE NA INTERNET
Na internet, a crise pode se propagar de forma
avassaladora. Em minutos, ou horas, a coisa
pode ganhar proporções assustadoras se não
forem bem trabalhadas.
O QUE É CRISE NA INTERNET
O QUE É CRISE NA INTERNET
O QUE É CRISE NA INTERNET
O QUE É CRISE NA INTERNET
Esse mesmo tipo de situação vivenciada por empresas também acaba sendo vivida por
políticos. Assim como no mundo corporativo, no âmbito político, as crises precisam ser
bem trabalhadas.
O QUE É CRISE NA INTERNET
A #produçãodeconteúdo também é uma alternativa para se previnir crises.
Conteúdo de qualidade e explicativo, no caso de política, pode singificar uma
ferramenta importante de prevenção.
Muitas vezes, aproveitar uma oportunidade, pode ser um passo para se evitar
problemas.
COMO SE COMPORTAM OS MUNÍCIPES NA INTERNET
COMO SE COMPORTAM OS MUNÍCIPES NA INTERNET
Mas, cuidado, não dê publicidade ao que não é preciso. Não transforme problema em
crise.
COMO SE COMPORTAM OS MUNÍCIPES NA INTERNET
Não seja você o responsável pelo problema.
COMO SE COMPORTAM OS MUNÍCIPES NA INTERNET
COMO SE COMPORTAM OS MUNÍCIPES NA INTERNET
E quando surgir, o que fazer?
1º) Entender que crise, apesar de parecer o caos, também pode ter um lado positivo,
que seria mostrar maturidade para lidar com situações adversas.
2º) É importante entender que não se evita crise nas redes sociais, pois o nome,
ou marca, está exposto, então, uma hora pode acontecer. Esteja preparado.
3º) Entenda que cada rede é única e merece atenção diferenciada.
4º) É sempre bom ter um protocolo de ações que sirva de orientação. Afinal, nem
todo mundo enxerga a crise como você.
5º) O melhor, sempre, é que o protocolo preveja as situações passíveis de crise,
para que haja ferramentas para a maior parte delas.
6º) Estar atento ao tempo. Claro que o melhor é resolver o foco, mas use o tempo
como seu aliado.
7º) Identifique o perfil do responsável por gerar a crise, e, também, os principais
responsáveis por amplificar o problema.
8º) Preste atenção, escute mais do que fale, monitore, para não ser um vôo cego.
9º) A partir dessas medidas, assumir o erro e apresentar soluções.
10º) Não deixe o internauta falando sozinho. Eles querem atenção, respeito.
As crises tendem a aumentar quando se tenta negar!
É difícil para os políticos entenderem, mas #assumiroerro passa uma imagem de
preocupação com seus interlocutores.
Resista a tentação de estar certo a todo custo. É importante saber o momento de estar
certo e proteger o assessorado.
Depois de gerenciada e resolvida a crise em redes sociais, cuidado com o último
comentário, para que não reacenda a discussão.
Cuidado com #respostaspadrão e com o colar a mesma resposta várias vezes ou para
várias pessoas.
Internamente, quem precisa saber da crise?
Os funcionários devem saber o que está ocorrendo e quais os planos e medidas que
estão e serão adotadas. Lembre-se que o seu primeiro público é o funcionário.
Nunca se esqueça que a razão de existir de uma empresa, ou um político, é o
cliente/eleitor. Por isso, busque sempre sua #satisfação.
Gerenciada a crise, #reavalie o protocolo. Assimile o aprendizado.
Depois de resolvido o problema, é sempre positivo tentar entender o que ocorreu:
“- Faça cópias de todos os tweets, comentários em blog, e-mails etc
- Analise o tráfego em seu website durante a crise
- Como e onde a crise começou? Como ela se espalhou?
- Como funcionou o engajamento de seus funcionários?
- A sua estratégia de resposta funcionou?
- Clientes surgiram em sua defesa?
- Como a crise online interferiu na imagem da empresa?
- O que você faria diferente se uma nova crise surgisse?”
(meio e mensagem)
É importante também monitorar sempre, #paraseantecipar e conseguir identificar
focos para atuação rápida.
Monitorando de forma correta, você consegue identificar influenciadores. O objetivo
é se aproximar dos que estão a favor e gerenciar os que atuam contra.
Criar grupos com influenciadores pode ser uma estratégia interessante. Cativá-los e
valorizá-los traz, sempre, bons resultados.
Olhe com atenção para os grupos criados nas cidades. Muitos têm credibilidade. Com
atenção, eles podem ser aliados, e com descaso, podem ser pedras no sapato.
Apesar de muitos políticos acharem o contrário, nem sempre o crítico é um inimigo,
ele pode ser grande aliado e apresentar muitas sugestões, aproveite-as!
As eleições 2016 já começaram, por isso, a atenção deve ser redobrada. Monitorar,
ressalto, é a palavra de ordem, para poder entender quem são os críticos, de onde eles
vêm, qual seus objetivos.
A internet pode não decidir a favor, mas pode ser um grande obstáculo. O melhor é
estudá-la, entendê-la. Observar os movimentos, suas indicações.
A participação na rede já não é opção, como dissemos, então, vá da forma correta.
Por isso, ao pensar a estratégia digital, entenda que é importante a #integração dos
vários canais e da estrutura digital ao planejamento geral da campanha.
Gerenciamento de redes sociais para Prefeituras e Câmeras

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Assessoria de imprensa na era digital
Assessoria de imprensa na era digitalAssessoria de imprensa na era digital
Assessoria de imprensa na era digital
Marcelo Ribeiro
 
Data Analytics na Campanha Eleitoral
Data Analytics na Campanha EleitoralData Analytics na Campanha Eleitoral
Data Analytics na Campanha Eleitoral
Alexandre Secco
 
Cases positivos e negativos em Mídias Sociais
Cases positivos e negativos em Mídias SociaisCases positivos e negativos em Mídias Sociais
Cases positivos e negativos em Mídias Sociais
Rafael Kiso
 
Cases de Inovação em Social Media
Cases de Inovação em Social MediaCases de Inovação em Social Media
Cases de Inovação em Social Media
Estêvão Soares Custodio
 
#Vemprarua
#Vemprarua#Vemprarua
Os Governos Estaduais no Facebook
Os Governos Estaduais no FacebookOs Governos Estaduais no Facebook
Os Governos Estaduais no Facebook
Nino Carvalho - Consultor e Professor
 
GREEKy Cursos - Workshop Gestão de Mídias Sociais - Conteúdo/Planejamento
GREEKy Cursos - Workshop Gestão de Mídias Sociais - Conteúdo/PlanejamentoGREEKy Cursos - Workshop Gestão de Mídias Sociais - Conteúdo/Planejamento
GREEKy Cursos - Workshop Gestão de Mídias Sociais - Conteúdo/Planejamento
GREEKyCursos
 
O que o Setor Público Pode Aprender com o Setor Privado
O que o Setor Público Pode Aprender com o Setor PrivadoO que o Setor Público Pode Aprender com o Setor Privado
O que o Setor Público Pode Aprender com o Setor Privado
Nino Carvalho - Consultor e Professor
 
Como o mundo digital pode ajudar sua empresa a chegar ao sucesso
Como o mundo digital pode ajudar sua empresa a chegar ao sucessoComo o mundo digital pode ajudar sua empresa a chegar ao sucesso
Como o mundo digital pode ajudar sua empresa a chegar ao sucesso
Nino Carvalho - Consultor e Professor
 
Redes sociais: Ferramentas para o Relacionamento com o Cliente no Mundo Digital
Redes sociais: Ferramentas para o Relacionamento com o Cliente no Mundo DigitalRedes sociais: Ferramentas para o Relacionamento com o Cliente no Mundo Digital
Redes sociais: Ferramentas para o Relacionamento com o Cliente no Mundo Digital
Matheus Bardeli
 
Projeto Experimental - Estratégia em Mídias Sociais
Projeto Experimental - Estratégia em Mídias SociaisProjeto Experimental - Estratégia em Mídias Sociais
Projeto Experimental - Estratégia em Mídias Sociais
João Paulo Anzanello
 
As Midias Sociais e o Poder Judiciário
As Midias Sociais e o Poder JudiciárioAs Midias Sociais e o Poder Judiciário
As Midias Sociais e o Poder Judiciário
Nino Carvalho - Consultor e Professor
 
O relacoes-publicas-na-era-digital
O relacoes-publicas-na-era-digitalO relacoes-publicas-na-era-digital
O relacoes-publicas-na-era-digital
FAIR PLAY AD / @VeronicaRRSouza
 
Melhores Horários para Postar nas Redes Sociais
Melhores Horários para Postar nas Redes SociaisMelhores Horários para Postar nas Redes Sociais
Melhores Horários para Postar nas Redes Sociais
Marcelo Aranha
 
Marketing Digital nas Mídias Sociais - Slides do Curso
Marketing Digital nas Mídias Sociais - Slides do CursoMarketing Digital nas Mídias Sociais - Slides do Curso
Marketing Digital nas Mídias Sociais - Slides do Curso
Junior Portare
 
Marketing Digital Desafios e Oportunidades
Marketing Digital Desafios e OportunidadesMarketing Digital Desafios e Oportunidades
Marketing Digital Desafios e Oportunidades
Nino Carvalho - Consultor e Professor
 
O que as organizações públicas podem aprender com o Setor Privado
O que as organizações públicas podem aprender com o Setor PrivadoO que as organizações públicas podem aprender com o Setor Privado
O que as organizações públicas podem aprender com o Setor Privado
Nino Carvalho - Consultor e Professor
 
Métricas Mobile - Possibilidades e Desafios para 2015
Métricas Mobile - Possibilidades e Desafios para 2015Métricas Mobile - Possibilidades e Desafios para 2015
Métricas Mobile - Possibilidades e Desafios para 2015
Marcel Ayres
 
Midia na internet arquivo reserva
Midia na internet   arquivo reservaMidia na internet   arquivo reserva
Midia na internet arquivo reserva
Markysia
 
TCC: Marketing Político Digital: Estudo Sobre Estratégias de Comunicação e In...
TCC: Marketing Político Digital: Estudo Sobre Estratégias de Comunicação e In...TCC: Marketing Político Digital: Estudo Sobre Estratégias de Comunicação e In...
TCC: Marketing Político Digital: Estudo Sobre Estratégias de Comunicação e In...
Gabriel Flores
 

Mais procurados (20)

Assessoria de imprensa na era digital
Assessoria de imprensa na era digitalAssessoria de imprensa na era digital
Assessoria de imprensa na era digital
 
Data Analytics na Campanha Eleitoral
Data Analytics na Campanha EleitoralData Analytics na Campanha Eleitoral
Data Analytics na Campanha Eleitoral
 
Cases positivos e negativos em Mídias Sociais
Cases positivos e negativos em Mídias SociaisCases positivos e negativos em Mídias Sociais
Cases positivos e negativos em Mídias Sociais
 
Cases de Inovação em Social Media
Cases de Inovação em Social MediaCases de Inovação em Social Media
Cases de Inovação em Social Media
 
#Vemprarua
#Vemprarua#Vemprarua
#Vemprarua
 
Os Governos Estaduais no Facebook
Os Governos Estaduais no FacebookOs Governos Estaduais no Facebook
Os Governos Estaduais no Facebook
 
GREEKy Cursos - Workshop Gestão de Mídias Sociais - Conteúdo/Planejamento
GREEKy Cursos - Workshop Gestão de Mídias Sociais - Conteúdo/PlanejamentoGREEKy Cursos - Workshop Gestão de Mídias Sociais - Conteúdo/Planejamento
GREEKy Cursos - Workshop Gestão de Mídias Sociais - Conteúdo/Planejamento
 
O que o Setor Público Pode Aprender com o Setor Privado
O que o Setor Público Pode Aprender com o Setor PrivadoO que o Setor Público Pode Aprender com o Setor Privado
O que o Setor Público Pode Aprender com o Setor Privado
 
Como o mundo digital pode ajudar sua empresa a chegar ao sucesso
Como o mundo digital pode ajudar sua empresa a chegar ao sucessoComo o mundo digital pode ajudar sua empresa a chegar ao sucesso
Como o mundo digital pode ajudar sua empresa a chegar ao sucesso
 
Redes sociais: Ferramentas para o Relacionamento com o Cliente no Mundo Digital
Redes sociais: Ferramentas para o Relacionamento com o Cliente no Mundo DigitalRedes sociais: Ferramentas para o Relacionamento com o Cliente no Mundo Digital
Redes sociais: Ferramentas para o Relacionamento com o Cliente no Mundo Digital
 
Projeto Experimental - Estratégia em Mídias Sociais
Projeto Experimental - Estratégia em Mídias SociaisProjeto Experimental - Estratégia em Mídias Sociais
Projeto Experimental - Estratégia em Mídias Sociais
 
As Midias Sociais e o Poder Judiciário
As Midias Sociais e o Poder JudiciárioAs Midias Sociais e o Poder Judiciário
As Midias Sociais e o Poder Judiciário
 
O relacoes-publicas-na-era-digital
O relacoes-publicas-na-era-digitalO relacoes-publicas-na-era-digital
O relacoes-publicas-na-era-digital
 
Melhores Horários para Postar nas Redes Sociais
Melhores Horários para Postar nas Redes SociaisMelhores Horários para Postar nas Redes Sociais
Melhores Horários para Postar nas Redes Sociais
 
Marketing Digital nas Mídias Sociais - Slides do Curso
Marketing Digital nas Mídias Sociais - Slides do CursoMarketing Digital nas Mídias Sociais - Slides do Curso
Marketing Digital nas Mídias Sociais - Slides do Curso
 
Marketing Digital Desafios e Oportunidades
Marketing Digital Desafios e OportunidadesMarketing Digital Desafios e Oportunidades
Marketing Digital Desafios e Oportunidades
 
O que as organizações públicas podem aprender com o Setor Privado
O que as organizações públicas podem aprender com o Setor PrivadoO que as organizações públicas podem aprender com o Setor Privado
O que as organizações públicas podem aprender com o Setor Privado
 
Métricas Mobile - Possibilidades e Desafios para 2015
Métricas Mobile - Possibilidades e Desafios para 2015Métricas Mobile - Possibilidades e Desafios para 2015
Métricas Mobile - Possibilidades e Desafios para 2015
 
Midia na internet arquivo reserva
Midia na internet   arquivo reservaMidia na internet   arquivo reserva
Midia na internet arquivo reserva
 
TCC: Marketing Político Digital: Estudo Sobre Estratégias de Comunicação e In...
TCC: Marketing Político Digital: Estudo Sobre Estratégias de Comunicação e In...TCC: Marketing Político Digital: Estudo Sobre Estratégias de Comunicação e In...
TCC: Marketing Político Digital: Estudo Sobre Estratégias de Comunicação e In...
 

Destaque

Projeto de ação de marketing para a Prefeitura do RJ (VENCEDOR)
Projeto de ação de marketing para a Prefeitura do RJ (VENCEDOR)Projeto de ação de marketing para a Prefeitura do RJ (VENCEDOR)
Projeto de ação de marketing para a Prefeitura do RJ (VENCEDOR)
aliceferman
 
Plano de Marketing e Comunicação da Cidade de Triunfo
Plano de Marketing e Comunicação da Cidade de TriunfoPlano de Marketing e Comunicação da Cidade de Triunfo
Plano de Marketing e Comunicação da Cidade de Triunfo
Gardênia Guedes
 
Marketing Digital e Redes Sociais para Gestão Pública
Marketing Digital e Redes Sociais para Gestão PúblicaMarketing Digital e Redes Sociais para Gestão Pública
Marketing Digital e Redes Sociais para Gestão Pública
Ana Paula Coelho Barbosa
 
Mídias Sociais em Organizações Públicas
Mídias Sociais em Organizações PúblicasMídias Sociais em Organizações Públicas
Mídias Sociais em Organizações Públicas
Nino Carvalho - Consultor e Professor
 
Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 12)
Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 12)Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 12)
Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 12)
Aristides Faria
 
C I na administração pública municipal implantação no estado do paraná
C I na administração pública municipal implantação no estado do paranáC I na administração pública municipal implantação no estado do paraná
C I na administração pública municipal implantação no estado do paraná
Marllon Barros
 
Balanced scorecard – uma abordagem à gestão estratégica pública municipal
Balanced scorecard – uma abordagem à gestão estratégica pública municipalBalanced scorecard – uma abordagem à gestão estratégica pública municipal
Balanced scorecard – uma abordagem à gestão estratégica pública municipal
j_floriano
 
Apresentação TCC - Estratégia de comunicação no Facebook: case Prefeitura de ...
Apresentação TCC - Estratégia de comunicação no Facebook: case Prefeitura de ...Apresentação TCC - Estratégia de comunicação no Facebook: case Prefeitura de ...
Apresentação TCC - Estratégia de comunicação no Facebook: case Prefeitura de ...
Pamela Moreira Fonseca
 
Gestão PMSP 2005 2008
Gestão PMSP 2005 2008Gestão PMSP 2005 2008
Gestão PMSP 2005 2008
Ailton Lima Ribeiro
 
Palestra - Os 5 Pilares do Marketing em Mídias Sociais - SMS2011
Palestra - Os 5 Pilares do Marketing em Mídias Sociais - SMS2011Palestra - Os 5 Pilares do Marketing em Mídias Sociais - SMS2011
Palestra - Os 5 Pilares do Marketing em Mídias Sociais - SMS2011
Paulo Milreu
 
Oficina 01 administracao_publica_para_gestores
Oficina 01 administracao_publica_para_gestoresOficina 01 administracao_publica_para_gestores
Oficina 01 administracao_publica_para_gestores
Estudante
 
Crm raynet how does it work
Crm raynet   how does it workCrm raynet   how does it work
Crm raynet how does it work
Presenter2014
 
‘The Valai’ – Our IT Solutions and Services
‘The Valai’ – Our IT Solutions and Services‘The Valai’ – Our IT Solutions and Services
‘The Valai’ – Our IT Solutions and Services
Maan21
 
Top 7 reasons why yo should do internship
Top 7 reasons why yo should do internshipTop 7 reasons why yo should do internship
Top 7 reasons why yo should do internship
Nizamudheen Valliyattu
 
Opentaps purchasing process
Opentaps purchasing processOpentaps purchasing process
Opentaps purchasing process
Nguyen Duc
 
A comprehensive Online ERP for Your Retail Business
A comprehensive Online ERP for Your Retail BusinessA comprehensive Online ERP for Your Retail Business
A comprehensive Online ERP for Your Retail Business
Coderobotics Studio
 
Adempiere ERP opensource
Adempiere ERP opensourceAdempiere ERP opensource
Adempiere ERP opensource
CIMA IT
 
Free Crm Powerpoint
Free Crm PowerpointFree Crm Powerpoint
Free Crm Powerpoint
NicoleTorre
 
Opentaps
OpentapsOpentaps
Opentaps
axel_rafael
 
TeamWave's Product Hunt case study
TeamWave's Product Hunt case studyTeamWave's Product Hunt case study
TeamWave's Product Hunt case study
TeamWave
 

Destaque (20)

Projeto de ação de marketing para a Prefeitura do RJ (VENCEDOR)
Projeto de ação de marketing para a Prefeitura do RJ (VENCEDOR)Projeto de ação de marketing para a Prefeitura do RJ (VENCEDOR)
Projeto de ação de marketing para a Prefeitura do RJ (VENCEDOR)
 
Plano de Marketing e Comunicação da Cidade de Triunfo
Plano de Marketing e Comunicação da Cidade de TriunfoPlano de Marketing e Comunicação da Cidade de Triunfo
Plano de Marketing e Comunicação da Cidade de Triunfo
 
Marketing Digital e Redes Sociais para Gestão Pública
Marketing Digital e Redes Sociais para Gestão PúblicaMarketing Digital e Redes Sociais para Gestão Pública
Marketing Digital e Redes Sociais para Gestão Pública
 
Mídias Sociais em Organizações Públicas
Mídias Sociais em Organizações PúblicasMídias Sociais em Organizações Públicas
Mídias Sociais em Organizações Públicas
 
Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 12)
Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 12)Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 12)
Disciplina Gestao Publica (IFSP Campus Cubatao) (aula 12)
 
C I na administração pública municipal implantação no estado do paraná
C I na administração pública municipal implantação no estado do paranáC I na administração pública municipal implantação no estado do paraná
C I na administração pública municipal implantação no estado do paraná
 
Balanced scorecard – uma abordagem à gestão estratégica pública municipal
Balanced scorecard – uma abordagem à gestão estratégica pública municipalBalanced scorecard – uma abordagem à gestão estratégica pública municipal
Balanced scorecard – uma abordagem à gestão estratégica pública municipal
 
Apresentação TCC - Estratégia de comunicação no Facebook: case Prefeitura de ...
Apresentação TCC - Estratégia de comunicação no Facebook: case Prefeitura de ...Apresentação TCC - Estratégia de comunicação no Facebook: case Prefeitura de ...
Apresentação TCC - Estratégia de comunicação no Facebook: case Prefeitura de ...
 
Gestão PMSP 2005 2008
Gestão PMSP 2005 2008Gestão PMSP 2005 2008
Gestão PMSP 2005 2008
 
Palestra - Os 5 Pilares do Marketing em Mídias Sociais - SMS2011
Palestra - Os 5 Pilares do Marketing em Mídias Sociais - SMS2011Palestra - Os 5 Pilares do Marketing em Mídias Sociais - SMS2011
Palestra - Os 5 Pilares do Marketing em Mídias Sociais - SMS2011
 
Oficina 01 administracao_publica_para_gestores
Oficina 01 administracao_publica_para_gestoresOficina 01 administracao_publica_para_gestores
Oficina 01 administracao_publica_para_gestores
 
Crm raynet how does it work
Crm raynet   how does it workCrm raynet   how does it work
Crm raynet how does it work
 
‘The Valai’ – Our IT Solutions and Services
‘The Valai’ – Our IT Solutions and Services‘The Valai’ – Our IT Solutions and Services
‘The Valai’ – Our IT Solutions and Services
 
Top 7 reasons why yo should do internship
Top 7 reasons why yo should do internshipTop 7 reasons why yo should do internship
Top 7 reasons why yo should do internship
 
Opentaps purchasing process
Opentaps purchasing processOpentaps purchasing process
Opentaps purchasing process
 
A comprehensive Online ERP for Your Retail Business
A comprehensive Online ERP for Your Retail BusinessA comprehensive Online ERP for Your Retail Business
A comprehensive Online ERP for Your Retail Business
 
Adempiere ERP opensource
Adempiere ERP opensourceAdempiere ERP opensource
Adempiere ERP opensource
 
Free Crm Powerpoint
Free Crm PowerpointFree Crm Powerpoint
Free Crm Powerpoint
 
Opentaps
OpentapsOpentaps
Opentaps
 
TeamWave's Product Hunt case study
TeamWave's Product Hunt case studyTeamWave's Product Hunt case study
TeamWave's Product Hunt case study
 

Semelhante a Gerenciamento de redes sociais para Prefeituras e Câmeras

2014 nas mídias sociais
2014 nas mídias sociais2014 nas mídias sociais
2014 nas mídias sociais
PaperCliQ Comunicação
 
Conselho da Mulher Empresária junho 2011
Conselho da  Mulher Empresária junho 2011Conselho da  Mulher Empresária junho 2011
Conselho da Mulher Empresária junho 2011
Fernanda Bornhausen Sá
 
Redes sociais o futuro agora
Redes sociais o futuro agoraRedes sociais o futuro agora
Redes sociais o futuro agora
Romante Rodrigues
 
Quem não é visto não é lembrado - Palestra proferida no Bate Papo Sobre E-com...
Quem não é visto não é lembrado - Palestra proferida no Bate Papo Sobre E-com...Quem não é visto não é lembrado - Palestra proferida no Bate Papo Sobre E-com...
Quem não é visto não é lembrado - Palestra proferida no Bate Papo Sobre E-com...
Zeeng - Data Driven Platform
 
MBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias Digitais
MBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias DigitaisMBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias Digitais
MBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias Digitais
Cris Alessi
 
Livro mídia digital
Livro mídia digitalLivro mídia digital
Livro mídia digital
Katiússa Schaedler Bitencourt
 
Palestra - Os 5 pilares das Midias Sociais - UDOP
Palestra - Os 5 pilares das Midias Sociais - UDOPPalestra - Os 5 pilares das Midias Sociais - UDOP
Palestra - Os 5 pilares das Midias Sociais - UDOP
Paulo Milreu
 
YOU Educação: Apresentação - Felipe Morais
YOU Educação: Apresentação - Felipe MoraisYOU Educação: Apresentação - Felipe Morais
YOU Educação: Apresentação - Felipe Morais
YOU Núcleo de Inteligência Digital
 
Promoção | Comunicação
Promoção | ComunicaçãoPromoção | Comunicação
Promoção | Comunicação
Leonardo Minozzo
 
Análise SWOT das Mídias Sociais
Análise SWOT das Mídias SociaisAnálise SWOT das Mídias Sociais
Análise SWOT das Mídias Sociais
Patrícia Moura
 
Anlise swot redes sociais
Anlise swot redes sociaisAnlise swot redes sociais
Anlise swot redes sociais
Mayk0nMel0
 
Social Technology - the real importance to business
Social Technology  - the real importance to businessSocial Technology  - the real importance to business
Social Technology - the real importance to business
Ana Hofmann
 
Marketing Digital | Sebrae | Passo Fundo
Marketing Digital | Sebrae | Passo FundoMarketing Digital | Sebrae | Passo Fundo
Marketing Digital | Sebrae | Passo Fundo
Rafael Comin
 
Palestra ped presencadigital
Palestra ped presencadigitalPalestra ped presencadigital
Palestra ped presencadigital
fmorais2309
 
Eleições nos tempos do marketing digital
  Eleições nos tempos do marketing digital  Eleições nos tempos do marketing digital
Eleições nos tempos do marketing digital
Marco Ribeiro
 
Palestra - O Impacto das Midias Sociais na Estrategia das Empresas (Seminario...
Palestra - O Impacto das Midias Sociais na Estrategia das Empresas (Seminario...Palestra - O Impacto das Midias Sociais na Estrategia das Empresas (Seminario...
Palestra - O Impacto das Midias Sociais na Estrategia das Empresas (Seminario...
Paulo Milreu
 
Planejamento estratégico digital
Planejamento estratégico digitalPlanejamento estratégico digital
Planejamento estratégico digital
victorazambuja
 
3 redes sociais – a conexão
3 redes sociais – a conexão3 redes sociais – a conexão
3 redes sociais – a conexão
interativoweb
 
E aí, bora influenciar? Como o cenário digital está potencializando as carre...
 E aí, bora influenciar? Como o cenário digital está potencializando as carre... E aí, bora influenciar? Como o cenário digital está potencializando as carre...
E aí, bora influenciar? Como o cenário digital está potencializando as carre...
Leo Pallotta
 
Palestra UEL10-11-10
Palestra UEL10-11-10Palestra UEL10-11-10
Palestra UEL10-11-10
Gustavo Ferreira
 

Semelhante a Gerenciamento de redes sociais para Prefeituras e Câmeras (20)

2014 nas mídias sociais
2014 nas mídias sociais2014 nas mídias sociais
2014 nas mídias sociais
 
Conselho da Mulher Empresária junho 2011
Conselho da  Mulher Empresária junho 2011Conselho da  Mulher Empresária junho 2011
Conselho da Mulher Empresária junho 2011
 
Redes sociais o futuro agora
Redes sociais o futuro agoraRedes sociais o futuro agora
Redes sociais o futuro agora
 
Quem não é visto não é lembrado - Palestra proferida no Bate Papo Sobre E-com...
Quem não é visto não é lembrado - Palestra proferida no Bate Papo Sobre E-com...Quem não é visto não é lembrado - Palestra proferida no Bate Papo Sobre E-com...
Quem não é visto não é lembrado - Palestra proferida no Bate Papo Sobre E-com...
 
MBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias Digitais
MBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias DigitaisMBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias Digitais
MBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias Digitais
 
Livro mídia digital
Livro mídia digitalLivro mídia digital
Livro mídia digital
 
Palestra - Os 5 pilares das Midias Sociais - UDOP
Palestra - Os 5 pilares das Midias Sociais - UDOPPalestra - Os 5 pilares das Midias Sociais - UDOP
Palestra - Os 5 pilares das Midias Sociais - UDOP
 
YOU Educação: Apresentação - Felipe Morais
YOU Educação: Apresentação - Felipe MoraisYOU Educação: Apresentação - Felipe Morais
YOU Educação: Apresentação - Felipe Morais
 
Promoção | Comunicação
Promoção | ComunicaçãoPromoção | Comunicação
Promoção | Comunicação
 
Análise SWOT das Mídias Sociais
Análise SWOT das Mídias SociaisAnálise SWOT das Mídias Sociais
Análise SWOT das Mídias Sociais
 
Anlise swot redes sociais
Anlise swot redes sociaisAnlise swot redes sociais
Anlise swot redes sociais
 
Social Technology - the real importance to business
Social Technology  - the real importance to businessSocial Technology  - the real importance to business
Social Technology - the real importance to business
 
Marketing Digital | Sebrae | Passo Fundo
Marketing Digital | Sebrae | Passo FundoMarketing Digital | Sebrae | Passo Fundo
Marketing Digital | Sebrae | Passo Fundo
 
Palestra ped presencadigital
Palestra ped presencadigitalPalestra ped presencadigital
Palestra ped presencadigital
 
Eleições nos tempos do marketing digital
  Eleições nos tempos do marketing digital  Eleições nos tempos do marketing digital
Eleições nos tempos do marketing digital
 
Palestra - O Impacto das Midias Sociais na Estrategia das Empresas (Seminario...
Palestra - O Impacto das Midias Sociais na Estrategia das Empresas (Seminario...Palestra - O Impacto das Midias Sociais na Estrategia das Empresas (Seminario...
Palestra - O Impacto das Midias Sociais na Estrategia das Empresas (Seminario...
 
Planejamento estratégico digital
Planejamento estratégico digitalPlanejamento estratégico digital
Planejamento estratégico digital
 
3 redes sociais – a conexão
3 redes sociais – a conexão3 redes sociais – a conexão
3 redes sociais – a conexão
 
E aí, bora influenciar? Como o cenário digital está potencializando as carre...
 E aí, bora influenciar? Como o cenário digital está potencializando as carre... E aí, bora influenciar? Como o cenário digital está potencializando as carre...
E aí, bora influenciar? Como o cenário digital está potencializando as carre...
 
Palestra UEL10-11-10
Palestra UEL10-11-10Palestra UEL10-11-10
Palestra UEL10-11-10
 

Gerenciamento de redes sociais para Prefeituras e Câmeras

  • 1. GERENCIAMENTO DE REDES SOCIAIS PARA PREFEITURAS E CÂMARAS Ednelson Prado
  • 2. # Formado em Jornalismo # Pós-graduado em Comunicação, Novas Tecnologias e Educação # Pós-graduado em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais # Pós-graduado em Telejornalismo # Mestre em Linguística Aplicada # Professor universitário há 10 anos # Diretor da Vincere Comunicação há 5 anos # Secretario de Comunicação da Prefeitura de Lorena APRESENTAÇÃO
  • 3. “O marketing político é um conjunto de técnicas e procedimentos que tem como objetivos #adequar um candidato/candidata ao seu eleitorado potencial, procurando fazê-lo, num primeiro momento, conhecido do maior número de eleitores possível e, em seguida, mostrando o diferente de seus adversários, obviamente melhor posicionado. ”Eloá Muniz PRINCÍPIOS DO MARKETING POLÍTICO
  • 4. Para o nosso curso, levemos em conta o conceito proposto por Gaudêncio Torquato que considera o marketing “como uma avaliação de oportunidades, satisfação de desejos e conjunto de atividades dirigidas à estimulação de troca entre produtos e consumidores”. #satisfaçãodesejos #avaliaçãodeoportunidades #estimulartroca #produtorxconsumidor PRINCÍPIOS DO MARKETING POLÍTICO
  • 5. Ainda segundo Torquato, se no Marketing temos os tradicionais 4P’s, no Marketing Político teríamos os 4C’s: PRINCÍPIOS DO MARKETING POLÍTICO MARKETING EMPRESARIAL POLÍTICO Produto Candidato Posição (lugar) Cenário Promoção Comunicação Preço Custos
  • 6. De uma forma mais clara, podemos considerar no marketing político, segundo Marcelo Pimentel: Produto: o candidato/assessorado. Preço: o número de votos necessários para a eleição. Agora, se o eleitor paga ele deve levar algo para casa. O que ele leva? Posição: é ocupar espaço físico, para ocupar o espaço na cabeça do eleitor. Promoção: é a política de comunicação que utilizada para tornar o produto conhecido. O foco em marketing político está em propaganda. PRINCÍPIOS DO MARKETING POLÍTICO
  • 7. O problema é que tudo está mudando, por conta das novas tecnologias. O padrão de consumo está sendo totalmente alterado. E quando falo de consumo, falo de, praticamente, todas as formas de se consumir produtos ou serviços. MARKETING POLÍTICO DIGITAL
  • 8. Apesar das difiuldades, o cenário tem se mostrado promissor. Em pesquisa lançada em 2014, pela Agência Medialogue, a realidade dos políticos na internet era a seguinte: A REALIDADE BRASILEIRA DOS POLÍTICOS NA INTERNET #ficaadica baixe a pesquisa completa: http://www.medialogue.com.br/wp-content/uploads/downloads/2014/03/P20_conclusoes.pdf
  • 9. Alguns parlamentares já têm tantos fãs nas redes sociais quanto eleitores. Mais de 10% dos frequentadores das redes sociais acompanham um deputado federal ou um senador pelo Twitter ou Facebook. Juntos, os congressistas têm 5 milhões de seguidores no Twitter e 4 milhões de fãs no Facebook. É uma variação de 162% em relação a pesquisa anterior. A REALIDADE BRASILEIRA DOS POLÍTICOS NA INTERNET
  • 10. Múltiplos emissores Múltiplos emissores / receptores se comunicam com outros múltiplos emissores / receptores. Hierarquia Uma estrutura de comunicação descentralizada e sem hierarquia. Personalização A personalização da informação é característica marcante do meio. Comunicação Proporciona um meio para troca de informações e comunicação direta. Mobilização Ferramenta com alto potencial de mobilização social e engajamento com baixos custos. Interação Potencial de interação inédito, se comparado aos meios de comunicação tradicionais. A INTERNET MUDA O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO QUE CONHECEMOS
  • 11. Sem entender isso, boa parte dos políticos acha que ter um site ou uma página no facebook para suas postagens é estar na internet, ou seja, é mais que suficiente. Tal pensamento é um erro, pois a internet não é um meio estático, muito pelo contrário, é extremamente dinâmico. #Atualização, #diálogo e #participação são palavras de ordem, como veremos à frente. A REALIDADE BRASILEIRA DOS POLÍTICOS NA INTERNET
  • 12. Considerando o aspecto dinâmico da web e a maneira como as redes sociais surgem e se fortalecem, temos, hoje, um número incontável de redes sociais, que atendem a necessidades e gostos dos mais diversos. AS PRINCIPAIS MÍDIAS E REDES SOCIAIS
  • 13. Claro que algumas se sobressaem e abrangem um número maior de participantes, como é o caso do Facebook, sem dúvida uma das maiores redes sociais e que têm recebido de empresas e políticos uma atenção especial nos últimos anos. Além do Facebook, temos Twitter, Linkedin, Pinterest, Instagran e várias outras redes que têm ganho destaque aqui no Brasil. Quanto ao Facebook, alguns números chamam a atenção para o que está por vir. AS PRINCIPAIS MÍDIAS E REDES SOCIAIS
  • 14. Segundo a empresa E-market: - 1 bilhão de pessoas acessarão Facebook pelo celular em 2015. - Em 2018, será 1,34 bilhão de pessoas, ou 75,1% da comunidade do Facebook no mundo. - O Brasil é o quarto maior mercado do Facebook em termos de acesso móvel: 57,9 milhões de brasileiros acessarão a rede via dispositivos móveis este ano, o que representará 73,3% de sua base aqui. - No ano passado, foram 47,4 milhões, ou 65,9%. Em 2018, serão 79,9 milhões (84,2% do total), segundo previsão da eMartketer. - Em números absolutos, os campeões em acesso móvel ao Facebook são os EUA: 123,1 milhões este ano. AS PRINCIPAIS MÍDIAS E REDES SOCIAIS
  • 15. Se o Facebook já era a rede social que merecia uma atenção mais que especial, esses números demonstram que tal atenção deve ser ainda maior, pois temos de considerar que o mundo é mobile: Total da População Usuários Ativos da Internet Contas de Mídias Sociais Ativas 7.210 Bilhões 3.010 Bilhões 2.078 Bilhões AS PRINCIPAIS MÍDIAS E REDES SOCIAIS
  • 16. Usuários Exclusivos de Dispositivos Móveis Contas Sociais Ativas em Dispositivos Móveis 3.649 Bilhões 1.685 Bilhões A palavra de ordem do momento é #mobilidade. AS PRINCIPAIS MÍDIAS E REDES SOCIAIS
  • 17. Por tudo isso, é preciso estar atento às tendências. Elaborar uma estratégia de comunicação digital sem considerar a mobilidade é um erro primário. REDES SOCIAIS USADAS PELAS PREFEITURAS E CÂMARAS
  • 18. REDES SOCIAIS USADAS PELAS PREFEITURAS E CÂMARAS
  • 19. REDES SOCIAIS USADAS PELAS PREFEITURAS E CÂMARAS
  • 20. REDES SOCIAIS USADAS PELAS PREFEITURAS E CÂMARAS
  • 21. “Crise é um acontecimento que causa prejuízo à imagem de uma instituição. ” Nemércio Nogueira DEFININDO CRISE
  • 22. Temos, basicamente, dois tipos de crise: - Imprevisíveis: claro, aquelas que não podem ser previstas, como as ocasionadas por questões limáticas, por exemplo. - Previsíveis: aquelas que podem ser previstas, como as que se referem diretamente ao trabalho da empresa. Independente de qual tipo seja ela requer ações rápidas e certeiras. Uma crise mal trabalhada pode #destruiraimagem de uma empresa ou de um político. DEFININDO CRISE
  • 23. Em tempos de redes sociais, temos de olhar para as crises com um cuidado ainda maior. Temos vários casos em que a imagem das marcas entrou em xeque por conta da internet! O QUE É CRISE NA INTERNET
  • 24. O QUE É CRISE NA INTERNET
  • 25. O QUE É CRISE NA INTERNET
  • 26. Na internet, a crise pode se propagar de forma avassaladora. Em minutos, ou horas, a coisa pode ganhar proporções assustadoras se não forem bem trabalhadas. O QUE É CRISE NA INTERNET
  • 27. O QUE É CRISE NA INTERNET
  • 28. O QUE É CRISE NA INTERNET
  • 29. O QUE É CRISE NA INTERNET
  • 30. Esse mesmo tipo de situação vivenciada por empresas também acaba sendo vivida por políticos. Assim como no mundo corporativo, no âmbito político, as crises precisam ser bem trabalhadas. O QUE É CRISE NA INTERNET
  • 31. A #produçãodeconteúdo também é uma alternativa para se previnir crises. Conteúdo de qualidade e explicativo, no caso de política, pode singificar uma ferramenta importante de prevenção. Muitas vezes, aproveitar uma oportunidade, pode ser um passo para se evitar problemas. COMO SE COMPORTAM OS MUNÍCIPES NA INTERNET
  • 32. COMO SE COMPORTAM OS MUNÍCIPES NA INTERNET
  • 33. Mas, cuidado, não dê publicidade ao que não é preciso. Não transforme problema em crise. COMO SE COMPORTAM OS MUNÍCIPES NA INTERNET
  • 34. Não seja você o responsável pelo problema. COMO SE COMPORTAM OS MUNÍCIPES NA INTERNET
  • 35. COMO SE COMPORTAM OS MUNÍCIPES NA INTERNET
  • 36. E quando surgir, o que fazer?
  • 37. 1º) Entender que crise, apesar de parecer o caos, também pode ter um lado positivo, que seria mostrar maturidade para lidar com situações adversas.
  • 38. 2º) É importante entender que não se evita crise nas redes sociais, pois o nome, ou marca, está exposto, então, uma hora pode acontecer. Esteja preparado.
  • 39. 3º) Entenda que cada rede é única e merece atenção diferenciada.
  • 40. 4º) É sempre bom ter um protocolo de ações que sirva de orientação. Afinal, nem todo mundo enxerga a crise como você.
  • 41. 5º) O melhor, sempre, é que o protocolo preveja as situações passíveis de crise, para que haja ferramentas para a maior parte delas.
  • 42. 6º) Estar atento ao tempo. Claro que o melhor é resolver o foco, mas use o tempo como seu aliado.
  • 43. 7º) Identifique o perfil do responsável por gerar a crise, e, também, os principais responsáveis por amplificar o problema.
  • 44. 8º) Preste atenção, escute mais do que fale, monitore, para não ser um vôo cego.
  • 45. 9º) A partir dessas medidas, assumir o erro e apresentar soluções.
  • 46. 10º) Não deixe o internauta falando sozinho. Eles querem atenção, respeito.
  • 47. As crises tendem a aumentar quando se tenta negar!
  • 48. É difícil para os políticos entenderem, mas #assumiroerro passa uma imagem de preocupação com seus interlocutores. Resista a tentação de estar certo a todo custo. É importante saber o momento de estar certo e proteger o assessorado.
  • 49. Depois de gerenciada e resolvida a crise em redes sociais, cuidado com o último comentário, para que não reacenda a discussão.
  • 50. Cuidado com #respostaspadrão e com o colar a mesma resposta várias vezes ou para várias pessoas.
  • 51. Internamente, quem precisa saber da crise? Os funcionários devem saber o que está ocorrendo e quais os planos e medidas que estão e serão adotadas. Lembre-se que o seu primeiro público é o funcionário.
  • 52. Nunca se esqueça que a razão de existir de uma empresa, ou um político, é o cliente/eleitor. Por isso, busque sempre sua #satisfação.
  • 53. Gerenciada a crise, #reavalie o protocolo. Assimile o aprendizado.
  • 54. Depois de resolvido o problema, é sempre positivo tentar entender o que ocorreu: “- Faça cópias de todos os tweets, comentários em blog, e-mails etc - Analise o tráfego em seu website durante a crise - Como e onde a crise começou? Como ela se espalhou? - Como funcionou o engajamento de seus funcionários? - A sua estratégia de resposta funcionou? - Clientes surgiram em sua defesa? - Como a crise online interferiu na imagem da empresa? - O que você faria diferente se uma nova crise surgisse?” (meio e mensagem)
  • 55. É importante também monitorar sempre, #paraseantecipar e conseguir identificar focos para atuação rápida. Monitorando de forma correta, você consegue identificar influenciadores. O objetivo é se aproximar dos que estão a favor e gerenciar os que atuam contra.
  • 56. Criar grupos com influenciadores pode ser uma estratégia interessante. Cativá-los e valorizá-los traz, sempre, bons resultados.
  • 57. Olhe com atenção para os grupos criados nas cidades. Muitos têm credibilidade. Com atenção, eles podem ser aliados, e com descaso, podem ser pedras no sapato.
  • 58. Apesar de muitos políticos acharem o contrário, nem sempre o crítico é um inimigo, ele pode ser grande aliado e apresentar muitas sugestões, aproveite-as!
  • 59. As eleições 2016 já começaram, por isso, a atenção deve ser redobrada. Monitorar, ressalto, é a palavra de ordem, para poder entender quem são os críticos, de onde eles vêm, qual seus objetivos. A internet pode não decidir a favor, mas pode ser um grande obstáculo. O melhor é estudá-la, entendê-la. Observar os movimentos, suas indicações.
  • 60. A participação na rede já não é opção, como dissemos, então, vá da forma correta.
  • 61. Por isso, ao pensar a estratégia digital, entenda que é importante a #integração dos vários canais e da estrutura digital ao planejamento geral da campanha.