SlideShare uma empresa Scribd logo
FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO
       PARA AMBIENTE VIRTUAL DE
APRENDIZAGEM: A EXPERIÊNCIA DA ESCOLA
   JUDICIAL DO TRIBUNAL REGIONAL DO
         TRABALHO DA 2ª REGIÃO
                     José Erigleidson da Silva
                     EJUD2 - Núcleo de EAD
                     ead@ejud2.trtsp.jus.br
         Facebook: http://www.facebook.com/erigleidson
                       Twitter: @erionline
Agenda


Fundamentação – 10 min
Relato da experiência – 10 min
Perguntas – 10 min
Por que usar o Facebook na formação de
       Magistrados e Servidores?
Ambiente Virtual de Aprendizagem
         3 dimensões do AVA

                     Metodológica




            Social


                            Tecnológica
Sites de Rede Social


(Boyd e Ellisson, 2007)
Serviços baseados na web que permitem aos
indivíduos construir perfis públicos ou semi-públicos
dentro de um sistema fechado; elencar outros
usuários com os quais podem compartilhar
conexões e ver e pesquisar suas listas de conexões;
bem como aquelas feitas por outros usuários dentro
do sistema.
Ex.: Facebook, Twitter, Google +, Linkedin, Orkut
Facebook
Bozarth (2010)
• site que permite a interação entre “amigos”;
• agenciamento e o compartilhamento de
  mídias sociais
  (mensagens, fotos, vídeos, links);
• discussão em grupo ou acompanhamento de
  informações por meio de assinatura de
  páginas especializadas (fan pages).
Por que Facebook na Educação?
Bozarth (2010):
• facilita a conversação;
• ajuda a diminuir as relações hierárquicas de
  poder entre professor e alunos;
• melhora o “nível” de relacionamento;
• suporta a interação entre alunos, rompendo com
  o discurso limitado tipo aluno-professor, e;
• pode substituir Sistemas de Gerenciamento de
  Aprendizagem.
Por que Facebook na Educação?
Coerência com as tendências educacionais na
  cibercultura:
• noção de conhecimento como uma construção;
• aprendizagem participativa;
• integração das tecnologias digitais ao currículo;
• inteligência coletiva
• favorece o fluxo comunicacional por meio do
  compartilhamento das mídias sociais, ou seja, o que está
  em jogo é mesmo o fluxo de signos;
• a interação e a conectividade entre pessoas e conteúdos
Processo evolutivo do uso das mídias
      em educação a distância
Fundamentação teórica


• Sociocontrutivismo (Vygotky)
• Conectivismo (Simens)
Socioconstrutivismo

• a incorporação de signos pelo indivíduo é
  condição fundamental para o seu
  desenvolvimento cognitivo.
Conectivismo

(Siemens, 2005):
A capacidade para aprender correlaciona-se à
  capacidade para se conectar a informações
  específicas e para estabelecer conectividade
  com nós nas redes digitais que o permita
  aprender mais.
Princípios do Conectivismo (Siemens, 2005):
• Aprendizagem e conhecimento apoiam-se na
  diversidade de opiniões;
• Aprendizagem é um processo de conectar nós
  especializados ou fontes de informação;
• É necessário cultivar e manter conexões para
  facilitar a aprendizagem contínua
• ...
RELATO DA EXPERIÊNCIA
O contexto da Justiça do Trabalho
A Justiça do Trabalho tem procurado revitalizar
  suas práticas educacionais pela apropriação
  das Tecnologias da Informação e Comunicação
  - TIC e adoção de abordagens educacionais
  que colocam em foco a aprendizagem ativa.
Facebook – AVA
Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem”




        http://goo.gl/tDI4A
Facebook - AVA
Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem”
  baseado em competências.

Período: 6 a 17 junho de 2010.
Caráter experimental.
Finalidade: formação judiciária.
Facebook – AVA
   Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem”
Objetivo geral: criar um Ambiente Virtual de
  Aprendizagem baseado no conceito de competência.
Objetivos específicos:
a) refletir sobre a aprendizagem e o potencial de
   aquisição de conhecimento na Internet;
b) mapear competências individuais;
c) avaliar fontes de informação na Internet;
d) selecionar tecnologias para a criação de um PLE;
e) montar um PLE baseado
   no conceito de competência.
Facebook – AVA
     Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem”

•   150 inscrições;
•   30 participantes (Magistrados e Servidores);
•    15 concluíram o curso;
•   14 indivíduos não acessaram o ambiente;
•   1 desistiu na primeira semana;
•   Evasão praticamente nula entre aqueles que
    se integraram ao curso.
Facebook – AVA
   Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem”


Estrutura do Curso
• duas unidades sequenciais,
• atividades colaborativas (fóruns);
• atividades individuais (envolvendo
  apropriação de ferramentas, pesquisa na Web.
Facebook – AVA
   Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem”
               Avaliação formativa

Alunos avaliados pela participação nos fóruns e em
  outras atividades individuais.

Para o recebimento de certificado foi solicitado um
  relatório de aprendizagem.
Facebook – AVA
   Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem”

RECURSOS
Fan page;
"Mural"
 “Ferramenta de envio de mensagens
 Static Iframe Tab;
Discussion Boards;
Facebook – AVA
   Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem”
• Fórum de discussão - Collaboratorium –
  (Discussion board)
• Videoteca*
• Informações gerais: justificativa, objetivos,
  programa, avaliação etc.*
• Roteiro de atividades*
• Webliografia*

*aplicativo Static Iframe Tab.
Conclusões
Facebook – AVA
   Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem”


Os registros dos fóruns e relatórios de
  aprendizagem mostram que o uso do Facebook
  como plataforma de ensino aprendizagem foi
  efetivo, tendo dado conta tanto dos aspectos
  tecnológicos quanto pedagógicos necessários à
  construção de um ambiente virtual de
  aprendizagem.
Facebook – AVA
   Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem”
(Aluno1)
Relativamente às contribuições dadas pelo curso,
  estou enormemente satisfeito com o que aprendi
  aqui. Antes do curso eu tinha uma necessidade não
  satisfeita de agregar conteúdo em local único.
  Ficava de site em site, às vezes não guardava a
  fonte de interesse, o que demandava nova
  pesquisa, e muitas vezes, não tinha tempo para ver
  tudo o que era necessário. Passava muito tempo
  sem acessar importantes sites.
Facebook – AVA
   Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem”

(Aluno2)
Eu não tinha idéia do que se tratava o “Ambiente
  Pessoal de Aprendizagem”. Descobri que esta é uma
  ferramenta extremamente útil para a concentração
  de informações úteis e para a economia de tempo.
  Também, aprendia a utilizar os “feeds” e “rss”. E,
  principalmente, percebi que é possível a realização
  de um curso sério e com bom conteúdo pelo
  facebook. (Grifo nosso).
1. O Facebook pode substituir os Sistemas de
   Gerenciamento de Aprendizagem formais;
2. Indícios de que pode ser pode ser utilizado na
   formação jurídica de Magistrados e servidores do
   judiciário, desde que observadas as orientações
   pedagógicas, tecnológicas e sociais inerentes a
   qualquer ambiente virtual de aprendizagem.
3. inexistência da comunicação interativa entre os
interagentes durante os fóruns , unicamente respondiam as
questões propostas pelo docente, não notamos
interatividade entre os alunos;
4. fator que pode ter atuado como inibidor da
interatividade poder ter sido a curta duração do curso, que
não permitiu fomentar o senso de comunidade virtual de
aprendizagem.
OUTROS EXEMPLOS e RECURSOS
http://goo.gl/1kFpd
http://www.facebook.com/groups/209277522433165/
http://www.facebook.com/groups/209277522433165/
Recursos                 Templates para Fan Page




http://pt.wix.com/create/website_fb_ads
http://www.izzui.com/pt/   http://apps.facebook.com/izzuiapp/Home/Index
http://www.facebook.com/LSBFGlobalMBA?sk=app_4949752878
FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EXPERIÊNCIA DA ESCOLA JUDICIAL DO TRT2
FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EXPERIÊNCIA DA ESCOLA JUDICIAL DO TRT2

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividade da unidade vii
Atividade da unidade viiAtividade da unidade vii
Atividade da unidade vii
Esdras Leal
 
Midiateca fórum 4 - tecnologia na educação
Midiateca   fórum 4 - tecnologia na educaçãoMidiateca   fórum 4 - tecnologia na educação
Midiateca fórum 4 - tecnologia na educação
Carolina Bezerra
 
Webfolio: Oficina professores: A aprendizagem colaborativa e os grupos de dis...
Webfolio: Oficina professores: A aprendizagem colaborativa e os grupos de dis...Webfolio: Oficina professores: A aprendizagem colaborativa e os grupos de dis...
Webfolio: Oficina professores: A aprendizagem colaborativa e os grupos de dis...
Renata_Castanho
 
Plano de aula informática avançada marta magda
Plano de aula informática avançada marta magdaPlano de aula informática avançada marta magda
Plano de aula informática avançada marta magda
Diana Rocha
 
Mtc tarefa 5 - esquema e resumo - final jvt
Mtc   tarefa 5 - esquema e resumo - final jvtMtc   tarefa 5 - esquema e resumo - final jvt
Mtc tarefa 5 - esquema e resumo - final jvt
Jovert Freire
 
Tic na educação
Tic na educaçãoTic na educação
Tic na educação
Elida Furtado
 
Material do aluno-monitor
Material do aluno-monitorMaterial do aluno-monitor
Material do aluno-monitor
Adriana Vieira
 
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
Prof. Noe Assunção
 
WEB 2.0
WEB 2.0WEB 2.0
WEB 2.0
peres marlene
 
Uso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino Médio
Uso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino MédioUso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino Médio
Uso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino Médio
equiperecursos
 
Uso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino Médio
Uso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino MédioUso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino Médio
Uso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino Médio
equiperecurssos
 
Relatório final isabel morais.doc 1
Relatório final isabel morais.doc 1Relatório final isabel morais.doc 1
Relatório final isabel morais.doc 1
isamorais54
 
Ana paula r. formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual f...
Ana paula r.    formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual f...Ana paula r.    formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual f...
Ana paula r. formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual f...
apoajams
 
Webfólio - Facebook Docs
Webfólio - Facebook DocsWebfólio - Facebook Docs
Webfólio - Facebook Docs
elianejoerke
 
Ana aula r. formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual final
Ana aula r.    formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual finalAna aula r.    formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual final
Ana aula r. formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual final
apoajams
 
Projetooficina Tla M Iv1[1]
Projetooficina Tla M Iv1[1]Projetooficina Tla M Iv1[1]
Projetooficina Tla M Iv1[1]
sanrose18
 
OBA-MC: um modelo de objeto de aprendizagem centrado no processo de ensino-ap...
OBA-MC: um modelo de objeto de aprendizagem centrado no processo de ensino-ap...OBA-MC: um modelo de objeto de aprendizagem centrado no processo de ensino-ap...
OBA-MC: um modelo de objeto de aprendizagem centrado no processo de ensino-ap...
Thiago Reis da Silva
 
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Marta Pinto
 
myMPeL7 -Aparecida Dias- Integração de REA
myMPeL7 -Aparecida Dias- Integração de REAmyMPeL7 -Aparecida Dias- Integração de REA
myMPeL7 -Aparecida Dias- Integração de REA
Mestrado em Pedagogia do eLearning
 
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus PapéisA Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 

Mais procurados (20)

Atividade da unidade vii
Atividade da unidade viiAtividade da unidade vii
Atividade da unidade vii
 
Midiateca fórum 4 - tecnologia na educação
Midiateca   fórum 4 - tecnologia na educaçãoMidiateca   fórum 4 - tecnologia na educação
Midiateca fórum 4 - tecnologia na educação
 
Webfolio: Oficina professores: A aprendizagem colaborativa e os grupos de dis...
Webfolio: Oficina professores: A aprendizagem colaborativa e os grupos de dis...Webfolio: Oficina professores: A aprendizagem colaborativa e os grupos de dis...
Webfolio: Oficina professores: A aprendizagem colaborativa e os grupos de dis...
 
Plano de aula informática avançada marta magda
Plano de aula informática avançada marta magdaPlano de aula informática avançada marta magda
Plano de aula informática avançada marta magda
 
Mtc tarefa 5 - esquema e resumo - final jvt
Mtc   tarefa 5 - esquema e resumo - final jvtMtc   tarefa 5 - esquema e resumo - final jvt
Mtc tarefa 5 - esquema e resumo - final jvt
 
Tic na educação
Tic na educaçãoTic na educação
Tic na educação
 
Material do aluno-monitor
Material do aluno-monitorMaterial do aluno-monitor
Material do aluno-monitor
 
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
 
WEB 2.0
WEB 2.0WEB 2.0
WEB 2.0
 
Uso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino Médio
Uso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino MédioUso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino Médio
Uso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino Médio
 
Uso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino Médio
Uso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino MédioUso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino Médio
Uso do Computador como Recurso Tecnológico para Alunos do Ensino Médio
 
Relatório final isabel morais.doc 1
Relatório final isabel morais.doc 1Relatório final isabel morais.doc 1
Relatório final isabel morais.doc 1
 
Ana paula r. formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual f...
Ana paula r.    formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual f...Ana paula r.    formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual f...
Ana paula r. formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual f...
 
Webfólio - Facebook Docs
Webfólio - Facebook DocsWebfólio - Facebook Docs
Webfólio - Facebook Docs
 
Ana aula r. formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual final
Ana aula r.    formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual finalAna aula r.    formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual final
Ana aula r. formação 01-7-eatic- lousã-apresentação trabalho individual final
 
Projetooficina Tla M Iv1[1]
Projetooficina Tla M Iv1[1]Projetooficina Tla M Iv1[1]
Projetooficina Tla M Iv1[1]
 
OBA-MC: um modelo de objeto de aprendizagem centrado no processo de ensino-ap...
OBA-MC: um modelo de objeto de aprendizagem centrado no processo de ensino-ap...OBA-MC: um modelo de objeto de aprendizagem centrado no processo de ensino-ap...
OBA-MC: um modelo de objeto de aprendizagem centrado no processo de ensino-ap...
 
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
 
myMPeL7 -Aparecida Dias- Integração de REA
myMPeL7 -Aparecida Dias- Integração de REAmyMPeL7 -Aparecida Dias- Integração de REA
myMPeL7 -Aparecida Dias- Integração de REA
 
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus PapéisA Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
 

Semelhante a FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EXPERIÊNCIA DA ESCOLA JUDICIAL DO TRT2

Educação e Redes Sociais
Educação e Redes SociaisEducação e Redes Sociais
Educação e Redes Sociais
Sinara Lustosa
 
Pedagogia do e learning e o papel do professor on-line
Pedagogia do e learning e o papel do professor on-linePedagogia do e learning e o papel do professor on-line
Pedagogia do e learning e o papel do professor on-line
Aparecida Dias
 
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
Modulo 2 -  exercicio obrigatorioModulo 2 -  exercicio obrigatorio
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
Victor Passos
 
Redes Sociais na Educação: Usos do Facebook em EAD – Como Alunos percebem a u...
Redes Sociais na Educação: Usos do Facebook em EAD – Como Alunos percebem a u...Redes Sociais na Educação: Usos do Facebook em EAD – Como Alunos percebem a u...
Redes Sociais na Educação: Usos do Facebook em EAD – Como Alunos percebem a u...
Cíntia Rabello
 
Tecnologias da informação e da comunicação na educação
Tecnologias da informação e da comunicação na educação Tecnologias da informação e da comunicação na educação
Tecnologias da informação e da comunicação na educação
Katia Tavares
 
Projeto oficina
Projeto oficinaProjeto oficina
Projeto oficina
sanrose18
 
Portfólio FCTEWeb
Portfólio FCTEWebPortfólio FCTEWeb
Portfólio FCTEWeb
Márcia Balbino
 
Ativ 3.1-redes-albertina-celine
Ativ 3.1-redes-albertina-celineAtiv 3.1-redes-albertina-celine
Ativ 3.1-redes-albertina-celine
Celine Azevedo
 
Unidade 3
Unidade 3Unidade 3
Socialização ava na_escola_pública
Socialização ava na_escola_públicaSocialização ava na_escola_pública
Socialização ava na_escola_pública
Amorim Albert
 
Criando Redes de Aprendência...
Criando Redes de Aprendência...Criando Redes de Aprendência...
Criando Redes de Aprendência...
Selma Bessa
 
Redes
RedesRedes
Relatório p pe l e ava ameliamungoi- 1400534
Relatório p pe l e ava  ameliamungoi- 1400534Relatório p pe l e ava  ameliamungoi- 1400534
Relatório p pe l e ava ameliamungoi- 1400534
muhane
 
Relatório PPeL e ava ameliamungoi- 1400534
Relatório PPeL e ava  ameliamungoi- 1400534Relatório PPeL e ava  ameliamungoi- 1400534
Relatório PPeL e ava ameliamungoi- 1400534
rositajunior
 
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEMDEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
Renata Vasconcellos
 
Um mix entre o aprendizado presencial e virtual estela s buenoetecgvdocx
Um mix entre o aprendizado presencial e virtual estela s buenoetecgvdocxUm mix entre o aprendizado presencial e virtual estela s buenoetecgvdocx
Um mix entre o aprendizado presencial e virtual estela s buenoetecgvdocx
Estela Sales
 
Redes Sociais & EaD
Redes Sociais & EaDRedes Sociais & EaD
Redes Sociais & EaD
eustaquio.carlos
 
A aprendizagem em rede no ensino superior online
A aprendizagem em rede no ensino superior onlineA aprendizagem em rede no ensino superior online
A aprendizagem em rede no ensino superior online
José Mota
 
AçõEs Nte 2012
AçõEs Nte 2012AçõEs Nte 2012
AçõEs Nte 2012
IvanaAbrantes
 
Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...
Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...
Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...
AnaCristiane3
 

Semelhante a FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EXPERIÊNCIA DA ESCOLA JUDICIAL DO TRT2 (20)

Educação e Redes Sociais
Educação e Redes SociaisEducação e Redes Sociais
Educação e Redes Sociais
 
Pedagogia do e learning e o papel do professor on-line
Pedagogia do e learning e o papel do professor on-linePedagogia do e learning e o papel do professor on-line
Pedagogia do e learning e o papel do professor on-line
 
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
Modulo 2 -  exercicio obrigatorioModulo 2 -  exercicio obrigatorio
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
 
Redes Sociais na Educação: Usos do Facebook em EAD – Como Alunos percebem a u...
Redes Sociais na Educação: Usos do Facebook em EAD – Como Alunos percebem a u...Redes Sociais na Educação: Usos do Facebook em EAD – Como Alunos percebem a u...
Redes Sociais na Educação: Usos do Facebook em EAD – Como Alunos percebem a u...
 
Tecnologias da informação e da comunicação na educação
Tecnologias da informação e da comunicação na educação Tecnologias da informação e da comunicação na educação
Tecnologias da informação e da comunicação na educação
 
Projeto oficina
Projeto oficinaProjeto oficina
Projeto oficina
 
Portfólio FCTEWeb
Portfólio FCTEWebPortfólio FCTEWeb
Portfólio FCTEWeb
 
Ativ 3.1-redes-albertina-celine
Ativ 3.1-redes-albertina-celineAtiv 3.1-redes-albertina-celine
Ativ 3.1-redes-albertina-celine
 
Unidade 3
Unidade 3Unidade 3
Unidade 3
 
Socialização ava na_escola_pública
Socialização ava na_escola_públicaSocialização ava na_escola_pública
Socialização ava na_escola_pública
 
Criando Redes de Aprendência...
Criando Redes de Aprendência...Criando Redes de Aprendência...
Criando Redes de Aprendência...
 
Redes
RedesRedes
Redes
 
Relatório p pe l e ava ameliamungoi- 1400534
Relatório p pe l e ava  ameliamungoi- 1400534Relatório p pe l e ava  ameliamungoi- 1400534
Relatório p pe l e ava ameliamungoi- 1400534
 
Relatório PPeL e ava ameliamungoi- 1400534
Relatório PPeL e ava  ameliamungoi- 1400534Relatório PPeL e ava  ameliamungoi- 1400534
Relatório PPeL e ava ameliamungoi- 1400534
 
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEMDEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
 
Um mix entre o aprendizado presencial e virtual estela s buenoetecgvdocx
Um mix entre o aprendizado presencial e virtual estela s buenoetecgvdocxUm mix entre o aprendizado presencial e virtual estela s buenoetecgvdocx
Um mix entre o aprendizado presencial e virtual estela s buenoetecgvdocx
 
Redes Sociais & EaD
Redes Sociais & EaDRedes Sociais & EaD
Redes Sociais & EaD
 
A aprendizagem em rede no ensino superior online
A aprendizagem em rede no ensino superior onlineA aprendizagem em rede no ensino superior online
A aprendizagem em rede no ensino superior online
 
AçõEs Nte 2012
AçõEs Nte 2012AçõEs Nte 2012
AçõEs Nte 2012
 
Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...
Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...
Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...
 

Mais de José Erigleidson da Silva

Percepção, corpo e tecnologia.
Percepção, corpo e tecnologia.Percepção, corpo e tecnologia.
Percepção, corpo e tecnologia.
José Erigleidson da Silva
 
Inteligencia coletiva SENAED
Inteligencia coletiva   SENAEDInteligencia coletiva   SENAED
Inteligencia coletiva SENAED
José Erigleidson da Silva
 
Educação a Distância: das mídias de massa às mídias de função pós-massiva
Educação a Distância: das mídias de massa às mídias de função pós-massivaEducação a Distância: das mídias de massa às mídias de função pós-massiva
Educação a Distância: das mídias de massa às mídias de função pós-massiva
José Erigleidson da Silva
 
EaD: das mídias de função massiva às mídias de função pós-massiva
EaD: das mídias de função massiva às mídias de função pós-massivaEaD: das mídias de função massiva às mídias de função pós-massiva
EaD: das mídias de função massiva às mídias de função pós-massiva
José Erigleidson da Silva
 
Operadores Pedagógicos da Inteligência Coletiva em Ambientes Virtuais de Apre...
Operadores Pedagógicos da Inteligência Coletiva em Ambientes Virtuais de Apre...Operadores Pedagógicos da Inteligência Coletiva em Ambientes Virtuais de Apre...
Operadores Pedagógicos da Inteligência Coletiva em Ambientes Virtuais de Apre...
José Erigleidson da Silva
 
O que e web 2.0
O que e web 2.0O que e web 2.0

Mais de José Erigleidson da Silva (6)

Percepção, corpo e tecnologia.
Percepção, corpo e tecnologia.Percepção, corpo e tecnologia.
Percepção, corpo e tecnologia.
 
Inteligencia coletiva SENAED
Inteligencia coletiva   SENAEDInteligencia coletiva   SENAED
Inteligencia coletiva SENAED
 
Educação a Distância: das mídias de massa às mídias de função pós-massiva
Educação a Distância: das mídias de massa às mídias de função pós-massivaEducação a Distância: das mídias de massa às mídias de função pós-massiva
Educação a Distância: das mídias de massa às mídias de função pós-massiva
 
EaD: das mídias de função massiva às mídias de função pós-massiva
EaD: das mídias de função massiva às mídias de função pós-massivaEaD: das mídias de função massiva às mídias de função pós-massiva
EaD: das mídias de função massiva às mídias de função pós-massiva
 
Operadores Pedagógicos da Inteligência Coletiva em Ambientes Virtuais de Apre...
Operadores Pedagógicos da Inteligência Coletiva em Ambientes Virtuais de Apre...Operadores Pedagógicos da Inteligência Coletiva em Ambientes Virtuais de Apre...
Operadores Pedagógicos da Inteligência Coletiva em Ambientes Virtuais de Apre...
 
O que e web 2.0
O que e web 2.0O que e web 2.0
O que e web 2.0
 

Último

O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 

FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EXPERIÊNCIA DA ESCOLA JUDICIAL DO TRT2

  • 1. FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EXPERIÊNCIA DA ESCOLA JUDICIAL DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO José Erigleidson da Silva EJUD2 - Núcleo de EAD ead@ejud2.trtsp.jus.br Facebook: http://www.facebook.com/erigleidson Twitter: @erionline
  • 2. Agenda Fundamentação – 10 min Relato da experiência – 10 min Perguntas – 10 min
  • 3. Por que usar o Facebook na formação de Magistrados e Servidores?
  • 4. Ambiente Virtual de Aprendizagem 3 dimensões do AVA Metodológica Social Tecnológica
  • 5. Sites de Rede Social (Boyd e Ellisson, 2007) Serviços baseados na web que permitem aos indivíduos construir perfis públicos ou semi-públicos dentro de um sistema fechado; elencar outros usuários com os quais podem compartilhar conexões e ver e pesquisar suas listas de conexões; bem como aquelas feitas por outros usuários dentro do sistema. Ex.: Facebook, Twitter, Google +, Linkedin, Orkut
  • 6. Facebook Bozarth (2010) • site que permite a interação entre “amigos”; • agenciamento e o compartilhamento de mídias sociais (mensagens, fotos, vídeos, links); • discussão em grupo ou acompanhamento de informações por meio de assinatura de páginas especializadas (fan pages).
  • 7. Por que Facebook na Educação? Bozarth (2010): • facilita a conversação; • ajuda a diminuir as relações hierárquicas de poder entre professor e alunos; • melhora o “nível” de relacionamento; • suporta a interação entre alunos, rompendo com o discurso limitado tipo aluno-professor, e; • pode substituir Sistemas de Gerenciamento de Aprendizagem.
  • 8. Por que Facebook na Educação? Coerência com as tendências educacionais na cibercultura: • noção de conhecimento como uma construção; • aprendizagem participativa; • integração das tecnologias digitais ao currículo; • inteligência coletiva • favorece o fluxo comunicacional por meio do compartilhamento das mídias sociais, ou seja, o que está em jogo é mesmo o fluxo de signos; • a interação e a conectividade entre pessoas e conteúdos
  • 9. Processo evolutivo do uso das mídias em educação a distância
  • 10. Fundamentação teórica • Sociocontrutivismo (Vygotky) • Conectivismo (Simens)
  • 11. Socioconstrutivismo • a incorporação de signos pelo indivíduo é condição fundamental para o seu desenvolvimento cognitivo.
  • 12. Conectivismo (Siemens, 2005): A capacidade para aprender correlaciona-se à capacidade para se conectar a informações específicas e para estabelecer conectividade com nós nas redes digitais que o permita aprender mais.
  • 13. Princípios do Conectivismo (Siemens, 2005): • Aprendizagem e conhecimento apoiam-se na diversidade de opiniões; • Aprendizagem é um processo de conectar nós especializados ou fontes de informação; • É necessário cultivar e manter conexões para facilitar a aprendizagem contínua • ...
  • 15. O contexto da Justiça do Trabalho A Justiça do Trabalho tem procurado revitalizar suas práticas educacionais pela apropriação das Tecnologias da Informação e Comunicação - TIC e adoção de abordagens educacionais que colocam em foco a aprendizagem ativa.
  • 16. Facebook – AVA Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem” http://goo.gl/tDI4A
  • 17. Facebook - AVA Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem” baseado em competências. Período: 6 a 17 junho de 2010. Caráter experimental. Finalidade: formação judiciária.
  • 18. Facebook – AVA Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem” Objetivo geral: criar um Ambiente Virtual de Aprendizagem baseado no conceito de competência. Objetivos específicos: a) refletir sobre a aprendizagem e o potencial de aquisição de conhecimento na Internet; b) mapear competências individuais; c) avaliar fontes de informação na Internet; d) selecionar tecnologias para a criação de um PLE; e) montar um PLE baseado no conceito de competência.
  • 19. Facebook – AVA Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem” • 150 inscrições; • 30 participantes (Magistrados e Servidores); • 15 concluíram o curso; • 14 indivíduos não acessaram o ambiente; • 1 desistiu na primeira semana; • Evasão praticamente nula entre aqueles que se integraram ao curso.
  • 20. Facebook – AVA Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem” Estrutura do Curso • duas unidades sequenciais, • atividades colaborativas (fóruns); • atividades individuais (envolvendo apropriação de ferramentas, pesquisa na Web.
  • 21. Facebook – AVA Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem” Avaliação formativa Alunos avaliados pela participação nos fóruns e em outras atividades individuais. Para o recebimento de certificado foi solicitado um relatório de aprendizagem.
  • 22. Facebook – AVA Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem” RECURSOS Fan page; "Mural" “Ferramenta de envio de mensagens Static Iframe Tab; Discussion Boards;
  • 23. Facebook – AVA Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem” • Fórum de discussão - Collaboratorium – (Discussion board) • Videoteca* • Informações gerais: justificativa, objetivos, programa, avaliação etc.* • Roteiro de atividades* • Webliografia* *aplicativo Static Iframe Tab.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 30. Facebook – AVA Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem” Os registros dos fóruns e relatórios de aprendizagem mostram que o uso do Facebook como plataforma de ensino aprendizagem foi efetivo, tendo dado conta tanto dos aspectos tecnológicos quanto pedagógicos necessários à construção de um ambiente virtual de aprendizagem.
  • 31. Facebook – AVA Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem” (Aluno1) Relativamente às contribuições dadas pelo curso, estou enormemente satisfeito com o que aprendi aqui. Antes do curso eu tinha uma necessidade não satisfeita de agregar conteúdo em local único. Ficava de site em site, às vezes não guardava a fonte de interesse, o que demandava nova pesquisa, e muitas vezes, não tinha tempo para ver tudo o que era necessário. Passava muito tempo sem acessar importantes sites.
  • 32. Facebook – AVA Curso “Ambiente Pessoal de Aprendizagem” (Aluno2) Eu não tinha idéia do que se tratava o “Ambiente Pessoal de Aprendizagem”. Descobri que esta é uma ferramenta extremamente útil para a concentração de informações úteis e para a economia de tempo. Também, aprendia a utilizar os “feeds” e “rss”. E, principalmente, percebi que é possível a realização de um curso sério e com bom conteúdo pelo facebook. (Grifo nosso).
  • 33. 1. O Facebook pode substituir os Sistemas de Gerenciamento de Aprendizagem formais; 2. Indícios de que pode ser pode ser utilizado na formação jurídica de Magistrados e servidores do judiciário, desde que observadas as orientações pedagógicas, tecnológicas e sociais inerentes a qualquer ambiente virtual de aprendizagem.
  • 34. 3. inexistência da comunicação interativa entre os interagentes durante os fóruns , unicamente respondiam as questões propostas pelo docente, não notamos interatividade entre os alunos; 4. fator que pode ter atuado como inibidor da interatividade poder ter sido a curta duração do curso, que não permitiu fomentar o senso de comunidade virtual de aprendizagem.
  • 35. OUTROS EXEMPLOS e RECURSOS
  • 37.
  • 40. Recursos Templates para Fan Page http://pt.wix.com/create/website_fb_ads
  • 41. http://www.izzui.com/pt/ http://apps.facebook.com/izzuiapp/Home/Index