SlideShare uma empresa Scribd logo
01-(PUC-PR) Uma corda de 1,0 m de comprimento está fixa em suas extremidades e vibra na configuração estacionária conforme a figura a seguir 
Conhecida a freqüência de vibração igual a 1000 Hz, podemos afirmar que a velocidade da onda na corda é: 
a) 500 m/s 
b) 1000 m/s 
c) 250 m/s 
d) 100 m/s 
e) 200 m/s 
02-(UERJ-RJ) Considere uma corda de violão, esticada e fixada nos pontos A e a, na qual são colocados pedacinhos de papel sobre os pontos D, E, F, G e H, conforme a figura a seguir. Observe que as distâncias entre cada ponto e seus vizinhos são todas iguais. 
(Adaptado de EPSTEIN, Lewis C. Thinking physics. São Francisco: Insight Press, 1995.) 
Com dois dedos de uma das mãos, comprime-se o ponto C e com um dedo da outra mão levanta-se a corda pelo ponto B, soltando-a em seguida. 
Nessa situação, os pedacinhos de papel que serão jogados para cima correspondem aos seguintes pontos da corda: 
Exercícios complementares sobre ondulatória (ondas estacionárias) – Física 
O gabarito das questões pode ser encontrado facilmente pela internet.
a) D, E, G 
b) D, F, H 
c) E, F, G 
d) F, G, H 
03-(MACKENZIE-SP) Um fio de aço de 60cm de comprimento é mantido tracionado pelas suas extremidades fixas. Nesse fio, quando excitado por uma fonte de onda de 60Hz, origina-se uma fonte de onda estacionária, conforme a figura abaixo. 
Determine a velocidade de propagação da onda no fio. 
. 
04- (UFMS) A figura mostra ondas estacionárias em uma corda de comprimento 45cm, de densidade linear de massa m=6,2g/m, com as duas extremidades fixas, e que está vibrando a 450Hz. 
Dê como resposta a soma dos números correspondentes às afirmações corretas. 
É correto afirmar que: 
(01) todos os pontos da corda vibram com a mesma amplitude. 
(02) todos os pontos da corda vibram com a mesma freqüência.. 
(04) o comprimento de onda na corda é de 90cm. 
(08) a velocidade de propagação da onda na corda é de 135m/s. 
(16) a força tensora na corda é de 113N, aproximadamente. 
05-(UFSCAR-SP) A figura representa uma configuração de ondas estacionárias em uma corda. 
A extremidade A está presa a um oscilador que vibra com pequena amplitude. A extremidade B é fixa e a tração na corda
é constante. Na situação da figura, onde aparecem três ventres (V) e quatro nós (N), a freqüência do oscilador é 360Hz.Aumentando-se gradativamente a freqüência do oscilador, observa-se que essa configuração se desfaz até aparecer, em seguida, uma nova configuração de ondas estacionárias, formadas por: 
a) quatro nós e quatro ventres, quando a freqüência atingir 400Hz 
b) quatro nós e cinco ventres, quando a freqüência atingir 440Hz 
c) cinco nós e quatro ventres, quando a freqüência atingir 480Hz 
d) cinco nós e quatro ventres, quando a freqüência atingir 540Hz 
e) seis nós e oito ventres, quando a freqüência atingir 720Hz 
06- (UNIFESP-SP) A figura representa uma configuração de ondas estacionárias produzida num laboratório didático com uma fonte oscilante. 
a) Sendo d = 12 cm a distância entre dois nós sucessivos, qual o comprimento de onda da onda que se propaga no fio? 
b) O conjunto P de cargas que traciona o fio tem massa m = 180 g. Sabe-se que a densidade linear do fio é m = 5,0 × 10-4 kg/m. Determine a freqüência de oscilação da fonte. 
Dados: velocidade de propagação de uma onda numa corda: v = Ö(F/m; g = 10m/s2. 
07-(UFF-RJ) Numa corda homogênea, com suas extremidades fixas no laboratório, se estabelece uma onda estacionária. 
Nesta situação, a corda vibra entre as duas posições extremas, indicadas pelas linhas contínua e tracejadas na figura a seguir.
Sabendo que a corda se alterna entre essas duas posições a cada 0,50s, é correto afirmar que a velocidade de propagação das ondas ao longo da corda vale: 
a) 0m/s b) 10m/s c) 15m/s d) 20m/s e) 30m/s 
08-(MACKENZIE-SP) Uma corda feita de um material cuja densidade linear é 10g/m está sob tensão provocada por uma fora de 900N. Os suportes fixos distam 90cm. Faz-se vibrar a corda transversalmente e esta produz ondas estacionárias, representadas na figura a seguir. 
Determine a freqüência das ondas componentes, cuja superposição causa esta vibração. 
09-(FEI-SP) Com dois diapasões obtêm-se batimentos se ambos vibrarem com: 
a) mesma amplitude b) amplitudes pouco diferentes entre si c) freqüências bem distintas d) freqüências iguais 
e) freqüências pouco diferentes entre si. 
10-(PUC-MG) Para que um ser humano normal perceba o fenômeno “batimento”, gerado por duas ondas, é necessário, entre outras coisas, que tais ondas sejam: 
a) eletromagnéticas, de comprimentos de onda bem diferentes, e audíveis. B) eletromagnéticas, de freqüências bem afastadas, e visíveis c) mecânicas, de comprimentos de onda idênticos, e audíveis. d) mecânicas, de freqüências bem próximas, e estejam na faixa audível e) de amplitudes ligeiramente diferentes, podendo ser de qualquer natureza. 
11-(MACKENZIE-SP) Para que duas ondas sonoras produzam batimento, é necessário que tenham: 
a) mesma freqüência b) mesma amplitude c) o mesmo número de harmônicos d) freqüências ligeiramente diferentes e) amplitudes ligeiramente diferentes
12-(ENEM-MEC- 2ª aplicação-010) 
Um garoto que passeia de carro com seu pai pela cidade, ao ouvir o rádio, percebe que a sua estação de rádio preferida, a 94,9 FM, que opera na banda de frequência de megahertz, tem seu sinal de transmissão superposto pela transmissão de uma rádio pirata de 
mesma frequência que interfere no sinal da emissora do centro em algumas regiões da cidade. 
Considerando a situação apresentada, a rádio pirata interfere no sinal da rádio pirata interfere no sinal da rádio do centro devido à 
a) atenuação promovida pelo ar nas radiações emitidas. b) maior amplitude da radiação emitida pela estação do centro. 
c) diferença de intensidade entre as fontes emissoras de ondas. d) menor potência de transmissão das ondas da emissora pirata. 
e) semelhança dos comprimentos de onda das radiações emitidas. 
13-(UFU-MG-011) 
Após uma competição de natação, forma-se um padrão de ondas estacionárias na piscina olímpica. Uma piscina olímpica oficial 
mede 50 metros. Se a distância entre os ventres do padrão de ondas é de 50 centímetros, o número de ventres que aparecem na piscina e o comprimento das ondas propagantes é de: 
a) 98 ventres e comprimento de onda de 1 metro b) 50 ventres e comprimento de onda de 50 centímetros 
c) 200 ventres e comprimento de onda de 2 metros d) 100 ventres e comprimento de onda de 1 metro
14- (UFPE-PE-012) 
Uma onda estacionária se forma em um fio fixado por seus extremos entre duas paredes, como mostrado na figura. 
Calcule o comprimento de onda desta onda estacionária, em metros. 
15-(UFF-RJ-012) 
A figura abaixo representa um dos modos de vibração de uma corda presa nas suas extremidades. 
Marque a alternativa que quantifica corretamente as velocidades dos pontos 1.2 e 3 da corda no instante em que ela passa pela configuração horizontal. 
(A) V1 = V2 = V3 = 0 b) V1 = V2 = V3 ≠ 0 c) V1 = - V2 = V3 = 0 d) V1 = - V3 ≠ 0; V2 = 0 e) V1 = V2 ≠; 0; V3 = 0 
16-(AFA-012) 
A figura 1 abaixo apresenta a configuração de uma onda estacionária que se forma em uma corda inextensível de comprimento L e densidade linear μ quando esta é submetida a oscilações de frequência constante fo, através de uma fonte presa em uma de suas extremidades. A corda é tencionada por um corpo homogêneo e maciço de densidade ρ, preso na outra extremidade, que se encontra dentro de um recipiente inicialmente vazio. 
Considere que o recipiente seja lentamente preenchido com um líquido homogêneo de densidade δ e que, no equilíbrio, o corpo M fique completamente submerso nesse líquido. Dessa forma, a nova configuração de onda estacionária, que se estabelece na corda é mostrada na figura 2.
Nessas condições, a razão (ρ/δ) entre as densidades do corpo e do líquido, é 
a) 3/2 b) 4/3 c) 5/4 d) 3/5 
17-(FGV-SP-012) 
A nota lá da escala cromática musical é tida como referência na afinação dos instrumentos. No violão comum de 6 cordas, a quinta corda 
(segunda de cima para baixo), devidamente afinada, emite a nota lá vibrando com frequência de 220 Hz. Se o instrumentista colocar seu dedo num traste localizado a meia distância dos extremos desta corda e percuti-la, ele ouvirá a nota lá vibrando com frequência de 
(A) 440 Hz, mantida a velocidade de propagação da onda formada. 
(B) 110 Hz, mantida a velocidade de propagação da onda formada. 
(C) 440 Hz, com velocidade de propagação da onda dobrada. 
(D) 110 Hz, com velocidade de propagação da onda dobrada. 
(E) 440 Hz, com velocidade de propagação da onda reduzida à metade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exercicios conversão unidades derivadas
Exercicios   conversão unidades derivadasExercicios   conversão unidades derivadas
Exercicios conversão unidades derivadas
Geisla Maia Gomes
 
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Homero Junior
 
Exercícios Livro 1 Movimento Uniforme
Exercícios Livro 1   Movimento UniformeExercícios Livro 1   Movimento Uniforme
Exercícios Livro 1 Movimento Uniforme
Eduardo Tuba
 
Parte 1 – cinemática tópico 4
Parte 1 – cinemática tópico 4Parte 1 – cinemática tópico 4
Parte 1 – cinemática tópico 4
Edlas Junior
 
Fundamentos da Fisica 1 - Ramalho
Fundamentos da Fisica 1 - Ramalho Fundamentos da Fisica 1 - Ramalho
Fundamentos da Fisica 1 - Ramalho
Guilherme Fernando
 
DESCRITORES/ 9º ANO
DESCRITORES/ 9º ANODESCRITORES/ 9º ANO
DESCRITORES/ 9º ANO
Etiene Isaias da Silva
 
Teorema tales
Teorema talesTeorema tales
Teorema tales
Ronaldo A. Ferreira
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
O mundo da FÍSICA
 
Mat matrizes determinantes 001 exercicios
Mat matrizes determinantes  001 exerciciosMat matrizes determinantes  001 exercicios
Mat matrizes determinantes 001 exercicios
trigono_metrico
 
Atividades de matemática 2° ano trigonometria no triângulo retângulo prof wal...
Atividades de matemática 2° ano trigonometria no triângulo retângulo prof wal...Atividades de matemática 2° ano trigonometria no triângulo retângulo prof wal...
Atividades de matemática 2° ano trigonometria no triângulo retângulo prof wal...
Waldir Montenegro
 
Física – Exercícios Resolvovidos Dinâmica dos Movimentos Curvos - Parte 1
Física – Exercícios Resolvovidos Dinâmica dos Movimentos Curvos - Parte 1Física – Exercícios Resolvovidos Dinâmica dos Movimentos Curvos - Parte 1
Física – Exercícios Resolvovidos Dinâmica dos Movimentos Curvos - Parte 1
Joana Figueredo
 
2409 atividades de física assunto mru e mruv prof waldir montenegro
2409 atividades de física assunto mru  e  mruv prof waldir montenegro2409 atividades de física assunto mru  e  mruv prof waldir montenegro
2409 atividades de física assunto mru e mruv prof waldir montenegro
Waldir Montenegro
 
Exercicios função
 Exercicios função Exercicios função
Exercicios função
Robson S
 
Lista de exercícios polinômio reduzido - II unidade
Lista de exercícios   polinômio reduzido - II unidadeLista de exercícios   polinômio reduzido - II unidade
Lista de exercícios polinômio reduzido - II unidade
Cinthia Oliveira Brito da Silva
 
Mat polinomios 002 exercicios
Mat polinomios  002 exerciciosMat polinomios  002 exercicios
Mat polinomios 002 exercicios
trigono_metrico
 
Juros compostos exercicios
Juros compostos exerciciosJuros compostos exercicios
Juros compostos exercicios
Alfrede Anderson
 
Matematica geometria espacial_retas_planos_exercicios
Matematica geometria espacial_retas_planos_exerciciosMatematica geometria espacial_retas_planos_exercicios
Matematica geometria espacial_retas_planos_exercicios
Eduardo de Jesus
 
Aula 6 força e movimento iii
Aula 6 força e movimento iiiAula 6 força e movimento iii
Aula 6 força e movimento iii
Weslley Murdock
 
Exercícios de fatorial
Exercícios de fatorialExercícios de fatorial
Exercícios de fatorial
Cleyciane Melo
 
Geometria analitica
Geometria analiticaGeometria analitica
Geometria analitica
wilso saggiori
 

Mais procurados (20)

Exercicios conversão unidades derivadas
Exercicios   conversão unidades derivadasExercicios   conversão unidades derivadas
Exercicios conversão unidades derivadas
 
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
 
Exercícios Livro 1 Movimento Uniforme
Exercícios Livro 1   Movimento UniformeExercícios Livro 1   Movimento Uniforme
Exercícios Livro 1 Movimento Uniforme
 
Parte 1 – cinemática tópico 4
Parte 1 – cinemática tópico 4Parte 1 – cinemática tópico 4
Parte 1 – cinemática tópico 4
 
Fundamentos da Fisica 1 - Ramalho
Fundamentos da Fisica 1 - Ramalho Fundamentos da Fisica 1 - Ramalho
Fundamentos da Fisica 1 - Ramalho
 
DESCRITORES/ 9º ANO
DESCRITORES/ 9º ANODESCRITORES/ 9º ANO
DESCRITORES/ 9º ANO
 
Teorema tales
Teorema talesTeorema tales
Teorema tales
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 
Mat matrizes determinantes 001 exercicios
Mat matrizes determinantes  001 exerciciosMat matrizes determinantes  001 exercicios
Mat matrizes determinantes 001 exercicios
 
Atividades de matemática 2° ano trigonometria no triângulo retângulo prof wal...
Atividades de matemática 2° ano trigonometria no triângulo retângulo prof wal...Atividades de matemática 2° ano trigonometria no triângulo retângulo prof wal...
Atividades de matemática 2° ano trigonometria no triângulo retângulo prof wal...
 
Física – Exercícios Resolvovidos Dinâmica dos Movimentos Curvos - Parte 1
Física – Exercícios Resolvovidos Dinâmica dos Movimentos Curvos - Parte 1Física – Exercícios Resolvovidos Dinâmica dos Movimentos Curvos - Parte 1
Física – Exercícios Resolvovidos Dinâmica dos Movimentos Curvos - Parte 1
 
2409 atividades de física assunto mru e mruv prof waldir montenegro
2409 atividades de física assunto mru  e  mruv prof waldir montenegro2409 atividades de física assunto mru  e  mruv prof waldir montenegro
2409 atividades de física assunto mru e mruv prof waldir montenegro
 
Exercicios função
 Exercicios função Exercicios função
Exercicios função
 
Lista de exercícios polinômio reduzido - II unidade
Lista de exercícios   polinômio reduzido - II unidadeLista de exercícios   polinômio reduzido - II unidade
Lista de exercícios polinômio reduzido - II unidade
 
Mat polinomios 002 exercicios
Mat polinomios  002 exerciciosMat polinomios  002 exercicios
Mat polinomios 002 exercicios
 
Juros compostos exercicios
Juros compostos exerciciosJuros compostos exercicios
Juros compostos exercicios
 
Matematica geometria espacial_retas_planos_exercicios
Matematica geometria espacial_retas_planos_exerciciosMatematica geometria espacial_retas_planos_exercicios
Matematica geometria espacial_retas_planos_exercicios
 
Aula 6 força e movimento iii
Aula 6 força e movimento iiiAula 6 força e movimento iii
Aula 6 força e movimento iii
 
Exercícios de fatorial
Exercícios de fatorialExercícios de fatorial
Exercícios de fatorial
 
Geometria analitica
Geometria analiticaGeometria analitica
Geometria analitica
 

Semelhante a Exercícios sobre ondas (ondas estacionárias) física

Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosFisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Emerson Assis
 
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosFisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Emerson Assis
 
Ondas i
Ondas iOndas i
Ondulatória
OndulatóriaOndulatória
Ondulatória
Adriano Capilupe
 
Lista de-ondas-1
Lista de-ondas-1Lista de-ondas-1
Lista de-ondas-1
Diego Anomal
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos Reflexão e Refr...
www.aulasdefisicaapoio.com - Física -  Exercícios  Resolvidos Reflexão e Refr...www.aulasdefisicaapoio.com - Física -  Exercícios  Resolvidos Reflexão e Refr...
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos Reflexão e Refr...
Videoaulas De Física Apoio
 
www.aulasapoio.com - Exercícios Resolvidos Reflexão e Refração
www.aulasapoio.com  - Exercícios  Resolvidos Reflexão e Refraçãowww.aulasapoio.com  - Exercícios  Resolvidos Reflexão e Refração
www.aulasapoio.com - Exercícios Resolvidos Reflexão e Refração
Aulas Apoio
 
ondulatoria.docx
ondulatoria.docxondulatoria.docx
ondulatoria.docx
JeffersonTavaresTorr
 
Lista Ondulatória (O1)
Lista Ondulatória (O1)Lista Ondulatória (O1)
Lista Ondulatória (O1)
Gilberto Rocha
 
Equação da onda
Equação da ondaEquação da onda
Equação da onda
Fred Reinald
 
Conceito de-onda.154.189
Conceito de-onda.154.189Conceito de-onda.154.189
Conceito de-onda.154.189
Jonnas Calado
 
2 mhs e_estacionarias
2 mhs e_estacionarias2 mhs e_estacionarias
2 mhs e_estacionarias
Cleber Boff
 
02 exercicios 2 ano-ondas
02 exercicios 2 ano-ondas02 exercicios 2 ano-ondas
02 exercicios 2 ano-ondas
Pedro Mateus
 
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Física – Exercícios Resolvidos Sobre Ondas
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br -  Física –  Exercícios Resolvidos Sobre Ondaswww.ApoioAulasParticulares.Com.Br -  Física –  Exercícios Resolvidos Sobre Ondas
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Física – Exercícios Resolvidos Sobre Ondas
Aula Particular Aulas Apoio
 
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Física - Exercícios Resolvidos de Ondas
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Física - Exercícios Resolvidos de Ondaswww.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Física - Exercícios Resolvidos de Ondas
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Física - Exercícios Resolvidos de Ondas
Manuela Mendes
 
9º ano 1º bim. 1ª lista 2011
9º ano 1º bim. 1ª lista 20119º ano 1º bim. 1ª lista 2011
9º ano 1º bim. 1ª lista 2011
Cleilton H. Silva Henrique
 
Lista ondas ciclo2
Lista ondas ciclo2Lista ondas ciclo2
Lista ondas ciclo2
fisicadu
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ondas
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ondaswww.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ondas
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ondas
Videoaulas De Física Apoio
 
Velocidade de propagação das
Velocidade de propagação dasVelocidade de propagação das
Velocidade de propagação das
Fabiana Gonçalves
 
acustica
acusticaacustica
acustica
Ajudar Pessoas
 

Semelhante a Exercícios sobre ondas (ondas estacionárias) física (20)

Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosFisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
 
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosFisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
 
Ondas i
Ondas iOndas i
Ondas i
 
Ondulatória
OndulatóriaOndulatória
Ondulatória
 
Lista de-ondas-1
Lista de-ondas-1Lista de-ondas-1
Lista de-ondas-1
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos Reflexão e Refr...
www.aulasdefisicaapoio.com - Física -  Exercícios  Resolvidos Reflexão e Refr...www.aulasdefisicaapoio.com - Física -  Exercícios  Resolvidos Reflexão e Refr...
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos Reflexão e Refr...
 
www.aulasapoio.com - Exercícios Resolvidos Reflexão e Refração
www.aulasapoio.com  - Exercícios  Resolvidos Reflexão e Refraçãowww.aulasapoio.com  - Exercícios  Resolvidos Reflexão e Refração
www.aulasapoio.com - Exercícios Resolvidos Reflexão e Refração
 
ondulatoria.docx
ondulatoria.docxondulatoria.docx
ondulatoria.docx
 
Lista Ondulatória (O1)
Lista Ondulatória (O1)Lista Ondulatória (O1)
Lista Ondulatória (O1)
 
Equação da onda
Equação da ondaEquação da onda
Equação da onda
 
Conceito de-onda.154.189
Conceito de-onda.154.189Conceito de-onda.154.189
Conceito de-onda.154.189
 
2 mhs e_estacionarias
2 mhs e_estacionarias2 mhs e_estacionarias
2 mhs e_estacionarias
 
02 exercicios 2 ano-ondas
02 exercicios 2 ano-ondas02 exercicios 2 ano-ondas
02 exercicios 2 ano-ondas
 
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Física – Exercícios Resolvidos Sobre Ondas
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br -  Física –  Exercícios Resolvidos Sobre Ondaswww.ApoioAulasParticulares.Com.Br -  Física –  Exercícios Resolvidos Sobre Ondas
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Física – Exercícios Resolvidos Sobre Ondas
 
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Física - Exercícios Resolvidos de Ondas
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Física - Exercícios Resolvidos de Ondaswww.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Física - Exercícios Resolvidos de Ondas
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Física - Exercícios Resolvidos de Ondas
 
9º ano 1º bim. 1ª lista 2011
9º ano 1º bim. 1ª lista 20119º ano 1º bim. 1ª lista 2011
9º ano 1º bim. 1ª lista 2011
 
Lista ondas ciclo2
Lista ondas ciclo2Lista ondas ciclo2
Lista ondas ciclo2
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ondas
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ondaswww.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ondas
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ondas
 
Velocidade de propagação das
Velocidade de propagação dasVelocidade de propagação das
Velocidade de propagação das
 
acustica
acusticaacustica
acustica
 

Mais de Matheus Alves

Estudo bíblico - Feridas na alma
Estudo bíblico - Feridas na almaEstudo bíblico - Feridas na alma
Estudo bíblico - Feridas na alma
Matheus Alves
 
Inglês - Cronograma de estudos e gramática
Inglês - Cronograma de estudos e gramáticaInglês - Cronograma de estudos e gramática
Inglês - Cronograma de estudos e gramática
Matheus Alves
 
Sustentabilidade - resumo (Pablo Pessoa)
Sustentabilidade - resumo (Pablo Pessoa)Sustentabilidade - resumo (Pablo Pessoa)
Sustentabilidade - resumo (Pablo Pessoa)
Matheus Alves
 
Links úteis para estudar a bíblia
Links úteis para estudar a bíbliaLinks úteis para estudar a bíblia
Links úteis para estudar a bíblia
Matheus Alves
 
Técnicas assistivas - seminário(diabetes)
Técnicas assistivas - seminário(diabetes)Técnicas assistivas - seminário(diabetes)
Técnicas assistivas - seminário(diabetes)
Matheus Alves
 
Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 2
Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 2Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 2
Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 2
Matheus Alves
 
Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 3
Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 3Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 3
Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 3
Matheus Alves
 
Resumo - CAP1 - As regras do método sociológico[Durkheim]
Resumo - CAP1 - As regras do método sociológico[Durkheim]Resumo - CAP1 - As regras do método sociológico[Durkheim]
Resumo - CAP1 - As regras do método sociológico[Durkheim]
Matheus Alves
 
Linguagem C - Arquivos [exercícios]
Linguagem C - Arquivos [exercícios]Linguagem C - Arquivos [exercícios]
Linguagem C - Arquivos [exercícios]
Matheus Alves
 
Linguagem C - Alocação Dinâmica [exercícios]
Linguagem C - Alocação Dinâmica [exercícios]Linguagem C - Alocação Dinâmica [exercícios]
Linguagem C - Alocação Dinâmica [exercícios]
Matheus Alves
 
Linguagem C - Ponteiros [exercícios]
Linguagem C - Ponteiros [exercícios]Linguagem C - Ponteiros [exercícios]
Linguagem C - Ponteiros [exercícios]
Matheus Alves
 
Linguagem C - Recursão [exercícios]
Linguagem C - Recursão [exercícios]Linguagem C - Recursão [exercícios]
Linguagem C - Recursão [exercícios]
Matheus Alves
 
Linguagem C - Structs [exercícios]
Linguagem C - Structs [exercícios]Linguagem C - Structs [exercícios]
Linguagem C - Structs [exercícios]
Matheus Alves
 
Linguagem C - Strings [exercícios]
Linguagem C - Strings [exercícios]Linguagem C - Strings [exercícios]
Linguagem C - Strings [exercícios]
Matheus Alves
 
Linguagem C - Vetores e matrizes [exercícios]
Linguagem C - Vetores e matrizes [exercícios]Linguagem C - Vetores e matrizes [exercícios]
Linguagem C - Vetores e matrizes [exercícios]
Matheus Alves
 
Linguagem C - Comandos condicionais [exercícios]
Linguagem C - Comandos condicionais [exercícios]Linguagem C - Comandos condicionais [exercícios]
Linguagem C - Comandos condicionais [exercícios]
Matheus Alves
 
Diferença entre computadores analógicos e digitais
Diferença entre computadores analógicos e digitaisDiferença entre computadores analógicos e digitais
Diferença entre computadores analógicos e digitais
Matheus Alves
 
Silogismo e subjetividade - breve definição
Silogismo e subjetividade - breve definiçãoSilogismo e subjetividade - breve definição
Silogismo e subjetividade - breve definição
Matheus Alves
 
Lista de exercícios - vetores(Alguns gabaritos estão errados)
Lista de exercícios -  vetores(Alguns gabaritos estão errados)Lista de exercícios -  vetores(Alguns gabaritos estão errados)
Lista de exercícios - vetores(Alguns gabaritos estão errados)
Matheus Alves
 
Matemática elementar volume 7 (Geometria Analítica)
Matemática elementar volume 7 (Geometria Analítica)Matemática elementar volume 7 (Geometria Analítica)
Matemática elementar volume 7 (Geometria Analítica)
Matheus Alves
 

Mais de Matheus Alves (20)

Estudo bíblico - Feridas na alma
Estudo bíblico - Feridas na almaEstudo bíblico - Feridas na alma
Estudo bíblico - Feridas na alma
 
Inglês - Cronograma de estudos e gramática
Inglês - Cronograma de estudos e gramáticaInglês - Cronograma de estudos e gramática
Inglês - Cronograma de estudos e gramática
 
Sustentabilidade - resumo (Pablo Pessoa)
Sustentabilidade - resumo (Pablo Pessoa)Sustentabilidade - resumo (Pablo Pessoa)
Sustentabilidade - resumo (Pablo Pessoa)
 
Links úteis para estudar a bíblia
Links úteis para estudar a bíbliaLinks úteis para estudar a bíblia
Links úteis para estudar a bíblia
 
Técnicas assistivas - seminário(diabetes)
Técnicas assistivas - seminário(diabetes)Técnicas assistivas - seminário(diabetes)
Técnicas assistivas - seminário(diabetes)
 
Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 2
Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 2Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 2
Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 2
 
Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 3
Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 3Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 3
Apostila de Cálculo (UFRPE) - Volume 3
 
Resumo - CAP1 - As regras do método sociológico[Durkheim]
Resumo - CAP1 - As regras do método sociológico[Durkheim]Resumo - CAP1 - As regras do método sociológico[Durkheim]
Resumo - CAP1 - As regras do método sociológico[Durkheim]
 
Linguagem C - Arquivos [exercícios]
Linguagem C - Arquivos [exercícios]Linguagem C - Arquivos [exercícios]
Linguagem C - Arquivos [exercícios]
 
Linguagem C - Alocação Dinâmica [exercícios]
Linguagem C - Alocação Dinâmica [exercícios]Linguagem C - Alocação Dinâmica [exercícios]
Linguagem C - Alocação Dinâmica [exercícios]
 
Linguagem C - Ponteiros [exercícios]
Linguagem C - Ponteiros [exercícios]Linguagem C - Ponteiros [exercícios]
Linguagem C - Ponteiros [exercícios]
 
Linguagem C - Recursão [exercícios]
Linguagem C - Recursão [exercícios]Linguagem C - Recursão [exercícios]
Linguagem C - Recursão [exercícios]
 
Linguagem C - Structs [exercícios]
Linguagem C - Structs [exercícios]Linguagem C - Structs [exercícios]
Linguagem C - Structs [exercícios]
 
Linguagem C - Strings [exercícios]
Linguagem C - Strings [exercícios]Linguagem C - Strings [exercícios]
Linguagem C - Strings [exercícios]
 
Linguagem C - Vetores e matrizes [exercícios]
Linguagem C - Vetores e matrizes [exercícios]Linguagem C - Vetores e matrizes [exercícios]
Linguagem C - Vetores e matrizes [exercícios]
 
Linguagem C - Comandos condicionais [exercícios]
Linguagem C - Comandos condicionais [exercícios]Linguagem C - Comandos condicionais [exercícios]
Linguagem C - Comandos condicionais [exercícios]
 
Diferença entre computadores analógicos e digitais
Diferença entre computadores analógicos e digitaisDiferença entre computadores analógicos e digitais
Diferença entre computadores analógicos e digitais
 
Silogismo e subjetividade - breve definição
Silogismo e subjetividade - breve definiçãoSilogismo e subjetividade - breve definição
Silogismo e subjetividade - breve definição
 
Lista de exercícios - vetores(Alguns gabaritos estão errados)
Lista de exercícios -  vetores(Alguns gabaritos estão errados)Lista de exercícios -  vetores(Alguns gabaritos estão errados)
Lista de exercícios - vetores(Alguns gabaritos estão errados)
 
Matemática elementar volume 7 (Geometria Analítica)
Matemática elementar volume 7 (Geometria Analítica)Matemática elementar volume 7 (Geometria Analítica)
Matemática elementar volume 7 (Geometria Analítica)
 

Último

DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Shakil Y. Rahim
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
dataprovider
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
FredPaixaoeSilva
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 

Último (20)

DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e RiscadoresCap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
Cap. 1_Desenho_Elementos, Suportes e Riscadores
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdfO livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
O livro O Corpo Fala, a linguagem da comunicação não verbal.pdf
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 

Exercícios sobre ondas (ondas estacionárias) física

  • 1. 01-(PUC-PR) Uma corda de 1,0 m de comprimento está fixa em suas extremidades e vibra na configuração estacionária conforme a figura a seguir Conhecida a freqüência de vibração igual a 1000 Hz, podemos afirmar que a velocidade da onda na corda é: a) 500 m/s b) 1000 m/s c) 250 m/s d) 100 m/s e) 200 m/s 02-(UERJ-RJ) Considere uma corda de violão, esticada e fixada nos pontos A e a, na qual são colocados pedacinhos de papel sobre os pontos D, E, F, G e H, conforme a figura a seguir. Observe que as distâncias entre cada ponto e seus vizinhos são todas iguais. (Adaptado de EPSTEIN, Lewis C. Thinking physics. São Francisco: Insight Press, 1995.) Com dois dedos de uma das mãos, comprime-se o ponto C e com um dedo da outra mão levanta-se a corda pelo ponto B, soltando-a em seguida. Nessa situação, os pedacinhos de papel que serão jogados para cima correspondem aos seguintes pontos da corda: Exercícios complementares sobre ondulatória (ondas estacionárias) – Física O gabarito das questões pode ser encontrado facilmente pela internet.
  • 2. a) D, E, G b) D, F, H c) E, F, G d) F, G, H 03-(MACKENZIE-SP) Um fio de aço de 60cm de comprimento é mantido tracionado pelas suas extremidades fixas. Nesse fio, quando excitado por uma fonte de onda de 60Hz, origina-se uma fonte de onda estacionária, conforme a figura abaixo. Determine a velocidade de propagação da onda no fio. . 04- (UFMS) A figura mostra ondas estacionárias em uma corda de comprimento 45cm, de densidade linear de massa m=6,2g/m, com as duas extremidades fixas, e que está vibrando a 450Hz. Dê como resposta a soma dos números correspondentes às afirmações corretas. É correto afirmar que: (01) todos os pontos da corda vibram com a mesma amplitude. (02) todos os pontos da corda vibram com a mesma freqüência.. (04) o comprimento de onda na corda é de 90cm. (08) a velocidade de propagação da onda na corda é de 135m/s. (16) a força tensora na corda é de 113N, aproximadamente. 05-(UFSCAR-SP) A figura representa uma configuração de ondas estacionárias em uma corda. A extremidade A está presa a um oscilador que vibra com pequena amplitude. A extremidade B é fixa e a tração na corda
  • 3. é constante. Na situação da figura, onde aparecem três ventres (V) e quatro nós (N), a freqüência do oscilador é 360Hz.Aumentando-se gradativamente a freqüência do oscilador, observa-se que essa configuração se desfaz até aparecer, em seguida, uma nova configuração de ondas estacionárias, formadas por: a) quatro nós e quatro ventres, quando a freqüência atingir 400Hz b) quatro nós e cinco ventres, quando a freqüência atingir 440Hz c) cinco nós e quatro ventres, quando a freqüência atingir 480Hz d) cinco nós e quatro ventres, quando a freqüência atingir 540Hz e) seis nós e oito ventres, quando a freqüência atingir 720Hz 06- (UNIFESP-SP) A figura representa uma configuração de ondas estacionárias produzida num laboratório didático com uma fonte oscilante. a) Sendo d = 12 cm a distância entre dois nós sucessivos, qual o comprimento de onda da onda que se propaga no fio? b) O conjunto P de cargas que traciona o fio tem massa m = 180 g. Sabe-se que a densidade linear do fio é m = 5,0 × 10-4 kg/m. Determine a freqüência de oscilação da fonte. Dados: velocidade de propagação de uma onda numa corda: v = Ö(F/m; g = 10m/s2. 07-(UFF-RJ) Numa corda homogênea, com suas extremidades fixas no laboratório, se estabelece uma onda estacionária. Nesta situação, a corda vibra entre as duas posições extremas, indicadas pelas linhas contínua e tracejadas na figura a seguir.
  • 4. Sabendo que a corda se alterna entre essas duas posições a cada 0,50s, é correto afirmar que a velocidade de propagação das ondas ao longo da corda vale: a) 0m/s b) 10m/s c) 15m/s d) 20m/s e) 30m/s 08-(MACKENZIE-SP) Uma corda feita de um material cuja densidade linear é 10g/m está sob tensão provocada por uma fora de 900N. Os suportes fixos distam 90cm. Faz-se vibrar a corda transversalmente e esta produz ondas estacionárias, representadas na figura a seguir. Determine a freqüência das ondas componentes, cuja superposição causa esta vibração. 09-(FEI-SP) Com dois diapasões obtêm-se batimentos se ambos vibrarem com: a) mesma amplitude b) amplitudes pouco diferentes entre si c) freqüências bem distintas d) freqüências iguais e) freqüências pouco diferentes entre si. 10-(PUC-MG) Para que um ser humano normal perceba o fenômeno “batimento”, gerado por duas ondas, é necessário, entre outras coisas, que tais ondas sejam: a) eletromagnéticas, de comprimentos de onda bem diferentes, e audíveis. B) eletromagnéticas, de freqüências bem afastadas, e visíveis c) mecânicas, de comprimentos de onda idênticos, e audíveis. d) mecânicas, de freqüências bem próximas, e estejam na faixa audível e) de amplitudes ligeiramente diferentes, podendo ser de qualquer natureza. 11-(MACKENZIE-SP) Para que duas ondas sonoras produzam batimento, é necessário que tenham: a) mesma freqüência b) mesma amplitude c) o mesmo número de harmônicos d) freqüências ligeiramente diferentes e) amplitudes ligeiramente diferentes
  • 5. 12-(ENEM-MEC- 2ª aplicação-010) Um garoto que passeia de carro com seu pai pela cidade, ao ouvir o rádio, percebe que a sua estação de rádio preferida, a 94,9 FM, que opera na banda de frequência de megahertz, tem seu sinal de transmissão superposto pela transmissão de uma rádio pirata de mesma frequência que interfere no sinal da emissora do centro em algumas regiões da cidade. Considerando a situação apresentada, a rádio pirata interfere no sinal da rádio pirata interfere no sinal da rádio do centro devido à a) atenuação promovida pelo ar nas radiações emitidas. b) maior amplitude da radiação emitida pela estação do centro. c) diferença de intensidade entre as fontes emissoras de ondas. d) menor potência de transmissão das ondas da emissora pirata. e) semelhança dos comprimentos de onda das radiações emitidas. 13-(UFU-MG-011) Após uma competição de natação, forma-se um padrão de ondas estacionárias na piscina olímpica. Uma piscina olímpica oficial mede 50 metros. Se a distância entre os ventres do padrão de ondas é de 50 centímetros, o número de ventres que aparecem na piscina e o comprimento das ondas propagantes é de: a) 98 ventres e comprimento de onda de 1 metro b) 50 ventres e comprimento de onda de 50 centímetros c) 200 ventres e comprimento de onda de 2 metros d) 100 ventres e comprimento de onda de 1 metro
  • 6. 14- (UFPE-PE-012) Uma onda estacionária se forma em um fio fixado por seus extremos entre duas paredes, como mostrado na figura. Calcule o comprimento de onda desta onda estacionária, em metros. 15-(UFF-RJ-012) A figura abaixo representa um dos modos de vibração de uma corda presa nas suas extremidades. Marque a alternativa que quantifica corretamente as velocidades dos pontos 1.2 e 3 da corda no instante em que ela passa pela configuração horizontal. (A) V1 = V2 = V3 = 0 b) V1 = V2 = V3 ≠ 0 c) V1 = - V2 = V3 = 0 d) V1 = - V3 ≠ 0; V2 = 0 e) V1 = V2 ≠; 0; V3 = 0 16-(AFA-012) A figura 1 abaixo apresenta a configuração de uma onda estacionária que se forma em uma corda inextensível de comprimento L e densidade linear μ quando esta é submetida a oscilações de frequência constante fo, através de uma fonte presa em uma de suas extremidades. A corda é tencionada por um corpo homogêneo e maciço de densidade ρ, preso na outra extremidade, que se encontra dentro de um recipiente inicialmente vazio. Considere que o recipiente seja lentamente preenchido com um líquido homogêneo de densidade δ e que, no equilíbrio, o corpo M fique completamente submerso nesse líquido. Dessa forma, a nova configuração de onda estacionária, que se estabelece na corda é mostrada na figura 2.
  • 7. Nessas condições, a razão (ρ/δ) entre as densidades do corpo e do líquido, é a) 3/2 b) 4/3 c) 5/4 d) 3/5 17-(FGV-SP-012) A nota lá da escala cromática musical é tida como referência na afinação dos instrumentos. No violão comum de 6 cordas, a quinta corda (segunda de cima para baixo), devidamente afinada, emite a nota lá vibrando com frequência de 220 Hz. Se o instrumentista colocar seu dedo num traste localizado a meia distância dos extremos desta corda e percuti-la, ele ouvirá a nota lá vibrando com frequência de (A) 440 Hz, mantida a velocidade de propagação da onda formada. (B) 110 Hz, mantida a velocidade de propagação da onda formada. (C) 440 Hz, com velocidade de propagação da onda dobrada. (D) 110 Hz, com velocidade de propagação da onda dobrada. (E) 440 Hz, com velocidade de propagação da onda reduzida à metade.