SlideShare uma empresa Scribd logo
RESUMINDO 
O hífen passa a ser usado quando o prefixo termina em vogal e a segunda palavra 
começa com a mesma vogal. 
Antes Depois 
antiinflamatório anti-inflamatório 
antiinflacionário anti-inflacionário 
microondas micro-ondas 
microorganismo micro-organismo 
É importante ressaltar que esta regra possui algumas exceções já estipuladas antes 
do acordo. 
Exemplo = auto-observação – auto-ônibus – contra-atacar 
Tal regra não se aplica aos prefixos –co, -pro, -re, mesmo que a 2ª palavra comece 
com a mesma vogal que termina o prefixo. 
Ex: coobrigar , coadquirido, coordenar, reeditar, etc.
A utilização do hífen não é mais necessária quando temos um prefixo 
que termina em vogal e onde a sua a segunda palavra venha á começar 
por uma vogal diferente. 
Vamos observar casos de antes e depois 
Antes Depois 
auto-avaliação autoavaliação 
auto-escola autoescola 
auto-estima autoestima 
co-autor coautor 
infra-estrutura infraestrutura 
semi-árido semiárido 
É importante informar que esta regra recém criada tem o objetivo de padronizar 
exceções existentes antes mesmo do acordo. Como por exemplo: 
aeroespacial – antiamericano – socioeconômico…
Com prefixos, emprega-se o hífen diante de palavras iniciadas por “h”. 
Ex: anti-higiênico, co-herdeiro , extra-humano, super-homem, etc. 
Emprega-se o hífen quando o prefixo terminar em consoante e a segunda palavra 
começar com a mesma consoante. 
Ex: inter-regional, super-resistente, sub-bibliotecário, etc. 
Com o prefixo –sub , diante de palavras iniciadas por “r”, usa-se o hífen. 
Ex: sub-regional, sub-raça, etc. 
O hífen será mantido quando os prefixos terminarem com “r” e o segundo elemento 
começar pela mesma letra. 
hiper-requintado – inter-regional – super-romântico – super-racista
Quando tivermos palavras que venham começar com “r” ou “s” onde o seu 
mesmo prefixo possui o termino em vogal, devemos retirar o hífen e duplicar as 
suas consoantes, como nos exemplos abaixo: 
Antes Depois 
ante-sala antessala 
anti-rugas antirrugas 
anti-social antissocial 
auto-retrato autorretrato 
extra-sensorial extrassensorial 
contra-reforma contrarreforma 
supra-renal suprarrenal 
untra-secreto untrassecreto 
ultra-som ultrassom
Diante dos prefixos “-além, -aquém, -bem, -ex, -pós, -recém, -sem, - vice, usa-se o 
hífen. 
além-mar – aquém-mar – recém-nascido – sem-terra – vice-diretor 
# Diante do advérbio “mal” , quando a segunda palavra começar por vogal ou “h”, 
o hífen está presente. 
mal-humorado – mal-intencionado – mal-educado 
Com os prefixos “-circum” e “-pan”, diante de palavras iniciadas por “vogal, m, n ou 
h”, emprega-se o hífen. 
circum-navegador - pan-americano – circum-hospitalar – pan-helenismo. 
A nova regra padroniza algumas exceções já existentes antes do acordo, como é o 
caso de: 
minissaia – minissubmarino - minissérie
Não se emprega o hífen quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento 
começa por consoante diferente de “r” ou “s”. 
anteprojeto – autopeça – contracheque – extraforte – ultramoderno 
# O hífen não deve ser usado quando o prefixo termina em consoante e a segunda 
palavra começa por vogal ou outra consoante diferente. 
hipermercado – hiperacidez - intermunicipal – subemprego – superinteressante – 
superpopulação

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Português- Artigo e Numeral
Português- Artigo e NumeralPortuguês- Artigo e Numeral
Português- Artigo e Numeral
Jaicinha
 
Concordancia Nominal
Concordancia NominalConcordancia Nominal
Concordancia Nominal
Mara Virginia
 
Fonética & fonologia
Fonética & fonologiaFonética & fonologia
Fonética & fonologia
Fernanda Câmara
 
Denotação e conotação
Denotação e conotaçãoDenotação e conotação
Denotação e conotação
Professora Francisca Martins
 
Preconceito linguístico
Preconceito linguísticoPreconceito linguístico
Preconceito linguístico
Renato Rodrigues
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
Heydy Silva
 
Slide introdução à literatura
Slide introdução à literaturaSlide introdução à literatura
Slide introdução à literatura
fabrinnem
 
Polissemia e ambiguidade
Polissemia e ambiguidadePolissemia e ambiguidade
Polissemia e ambiguidade
Lilian Hodgson
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
Cláudia Heloísa
 
Introdução à literatura
Introdução à literaturaIntrodução à literatura
Introdução à literatura
Ademir Teixeira de Freitas
 
Figuras de linguagem
Figuras  de  linguagemFiguras  de  linguagem
Figuras de linguagem
Leila nny
 
A prosódia
A prosódiaA prosódia
A prosódia
Josete Perdigao
 
Aula Figuras de Linguagem
Aula    Figuras de Linguagem Aula    Figuras de Linguagem
Aula Figuras de Linguagem
paula nery
 
Classes gramaticais
Classes gramaticaisClasses gramaticais
Classes gramaticais
Evilane Alves
 
Crase
CraseCrase
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
Edna Brito
 
Sujeito indeterminado
Sujeito indeterminadoSujeito indeterminado
Sujeito indeterminado
Colégio Santa Luzia
 
Estrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasEstrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavras
Keu Oliveira
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
Julianne Rodrigues Pita
 
Artigo aula 8
Artigo   aula 8Artigo   aula 8
Artigo aula 8
Alice Silva
 

Mais procurados (20)

Português- Artigo e Numeral
Português- Artigo e NumeralPortuguês- Artigo e Numeral
Português- Artigo e Numeral
 
Concordancia Nominal
Concordancia NominalConcordancia Nominal
Concordancia Nominal
 
Fonética & fonologia
Fonética & fonologiaFonética & fonologia
Fonética & fonologia
 
Denotação e conotação
Denotação e conotaçãoDenotação e conotação
Denotação e conotação
 
Preconceito linguístico
Preconceito linguísticoPreconceito linguístico
Preconceito linguístico
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
 
Slide introdução à literatura
Slide introdução à literaturaSlide introdução à literatura
Slide introdução à literatura
 
Polissemia e ambiguidade
Polissemia e ambiguidadePolissemia e ambiguidade
Polissemia e ambiguidade
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
 
Introdução à literatura
Introdução à literaturaIntrodução à literatura
Introdução à literatura
 
Figuras de linguagem
Figuras  de  linguagemFiguras  de  linguagem
Figuras de linguagem
 
A prosódia
A prosódiaA prosódia
A prosódia
 
Aula Figuras de Linguagem
Aula    Figuras de Linguagem Aula    Figuras de Linguagem
Aula Figuras de Linguagem
 
Classes gramaticais
Classes gramaticaisClasses gramaticais
Classes gramaticais
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
 
Sujeito indeterminado
Sujeito indeterminadoSujeito indeterminado
Sujeito indeterminado
 
Estrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasEstrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavras
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
 
Artigo aula 8
Artigo   aula 8Artigo   aula 8
Artigo aula 8
 

Destaque

Os mecanismos de coesão e coerência textuais
Os mecanismos de coesão e coerência textuais Os mecanismos de coesão e coerência textuais
Os mecanismos de coesão e coerência textuais
Marcia Oliveira
 
Análise de Textos - Ensino Fundamental e Ensino Médio
Análise de Textos - Ensino Fundamental e Ensino MédioAnálise de Textos - Ensino Fundamental e Ensino Médio
Análise de Textos - Ensino Fundamental e Ensino Médio
Marcia Oliveira
 
Relação semântica
Relação semânticaRelação semântica
Relação semântica
Marcia Oliveira
 
Recursos morfossintáticos, lexicais,semânticos
Recursos morfossintáticos, lexicais,semânticosRecursos morfossintáticos, lexicais,semânticos
Recursos morfossintáticos, lexicais,semânticos
Marcia Oliveira
 
Dicas de pronúncia em inglês
Dicas de pronúncia em inglêsDicas de pronúncia em inglês
Dicas de pronúncia em inglês
Marcia Oliveira
 
Text Ayrton Senna
Text Ayrton Senna Text Ayrton Senna
Text Ayrton Senna
Marcia Oliveira
 
Misjudging
MisjudgingMisjudging
Misjudging
Marcia Oliveira
 
Estrutura de texto dissertativo
Estrutura de texto dissertativoEstrutura de texto dissertativo
Estrutura de texto dissertativo
Marcia Oliveira
 
Simulado língua portuguesa 3º
Simulado língua portuguesa 3ºSimulado língua portuguesa 3º
Simulado língua portuguesa 3º
Marcia Oliveira
 
Saepe 3º ano
Saepe 3º anoSaepe 3º ano
Saepe 3º ano
Marcia Oliveira
 
Simulado de Língua Portuguesa 3º ano
Simulado de Língua Portuguesa  3º anoSimulado de Língua Portuguesa  3º ano
Simulado de Língua Portuguesa 3º ano
Marcia Oliveira
 
Simulado língua portuguesa 9º ano - SAEPE
Simulado língua portuguesa 9º ano - SAEPESimulado língua portuguesa 9º ano - SAEPE
Simulado língua portuguesa 9º ano - SAEPE
Marcia Oliveira
 
Ativdades Anos Iniciais Língua Portuguesa
Ativdades Anos Iniciais Língua PortuguesaAtivdades Anos Iniciais Língua Portuguesa
Ativdades Anos Iniciais Língua Portuguesa
Marcia Oliveira
 
Como avaliar os níveis de leitura na alfabetização de crianças
Como avaliar os níveis de leitura na alfabetização de criançasComo avaliar os níveis de leitura na alfabetização de crianças
Como avaliar os níveis de leitura na alfabetização de crianças
Marcia Oliveira
 
Tipologia e gêneros textuais
Tipologia e gêneros textuaisTipologia e gêneros textuais
Tipologia e gêneros textuais
Marcia Oliveira
 
Avaliação de didática da linguagem
Avaliação de didática da linguagemAvaliação de didática da linguagem
Avaliação de didática da linguagem
Marcia Oliveira
 
Sociedade brasileira no final do século XIX
Sociedade brasileira no final do século XIXSociedade brasileira no final do século XIX
Sociedade brasileira no final do século XIX
Marcia Oliveira
 
Experiência exitosa com Literatura EREM Dr. Jaime Monteiro
Experiência exitosa com Literatura EREM Dr. Jaime MonteiroExperiência exitosa com Literatura EREM Dr. Jaime Monteiro
Experiência exitosa com Literatura EREM Dr. Jaime Monteiro
Marcia Oliveira
 
Atividades de Alfabetização
Atividades de AlfabetizaçãoAtividades de Alfabetização
Atividades de Alfabetização
Marcia Oliveira
 
Leitura pelo aluno de textos memorizados
Leitura pelo aluno de textos memorizadosLeitura pelo aluno de textos memorizados
Leitura pelo aluno de textos memorizados
Marcia Oliveira
 

Destaque (20)

Os mecanismos de coesão e coerência textuais
Os mecanismos de coesão e coerência textuais Os mecanismos de coesão e coerência textuais
Os mecanismos de coesão e coerência textuais
 
Análise de Textos - Ensino Fundamental e Ensino Médio
Análise de Textos - Ensino Fundamental e Ensino MédioAnálise de Textos - Ensino Fundamental e Ensino Médio
Análise de Textos - Ensino Fundamental e Ensino Médio
 
Relação semântica
Relação semânticaRelação semântica
Relação semântica
 
Recursos morfossintáticos, lexicais,semânticos
Recursos morfossintáticos, lexicais,semânticosRecursos morfossintáticos, lexicais,semânticos
Recursos morfossintáticos, lexicais,semânticos
 
Dicas de pronúncia em inglês
Dicas de pronúncia em inglêsDicas de pronúncia em inglês
Dicas de pronúncia em inglês
 
Text Ayrton Senna
Text Ayrton Senna Text Ayrton Senna
Text Ayrton Senna
 
Misjudging
MisjudgingMisjudging
Misjudging
 
Estrutura de texto dissertativo
Estrutura de texto dissertativoEstrutura de texto dissertativo
Estrutura de texto dissertativo
 
Simulado língua portuguesa 3º
Simulado língua portuguesa 3ºSimulado língua portuguesa 3º
Simulado língua portuguesa 3º
 
Saepe 3º ano
Saepe 3º anoSaepe 3º ano
Saepe 3º ano
 
Simulado de Língua Portuguesa 3º ano
Simulado de Língua Portuguesa  3º anoSimulado de Língua Portuguesa  3º ano
Simulado de Língua Portuguesa 3º ano
 
Simulado língua portuguesa 9º ano - SAEPE
Simulado língua portuguesa 9º ano - SAEPESimulado língua portuguesa 9º ano - SAEPE
Simulado língua portuguesa 9º ano - SAEPE
 
Ativdades Anos Iniciais Língua Portuguesa
Ativdades Anos Iniciais Língua PortuguesaAtivdades Anos Iniciais Língua Portuguesa
Ativdades Anos Iniciais Língua Portuguesa
 
Como avaliar os níveis de leitura na alfabetização de crianças
Como avaliar os níveis de leitura na alfabetização de criançasComo avaliar os níveis de leitura na alfabetização de crianças
Como avaliar os níveis de leitura na alfabetização de crianças
 
Tipologia e gêneros textuais
Tipologia e gêneros textuaisTipologia e gêneros textuais
Tipologia e gêneros textuais
 
Avaliação de didática da linguagem
Avaliação de didática da linguagemAvaliação de didática da linguagem
Avaliação de didática da linguagem
 
Sociedade brasileira no final do século XIX
Sociedade brasileira no final do século XIXSociedade brasileira no final do século XIX
Sociedade brasileira no final do século XIX
 
Experiência exitosa com Literatura EREM Dr. Jaime Monteiro
Experiência exitosa com Literatura EREM Dr. Jaime MonteiroExperiência exitosa com Literatura EREM Dr. Jaime Monteiro
Experiência exitosa com Literatura EREM Dr. Jaime Monteiro
 
Atividades de Alfabetização
Atividades de AlfabetizaçãoAtividades de Alfabetização
Atividades de Alfabetização
 
Leitura pelo aluno de textos memorizados
Leitura pelo aluno de textos memorizadosLeitura pelo aluno de textos memorizados
Leitura pelo aluno de textos memorizados
 

Semelhante a Emprego do hífen

Reforma ortográfica
Reforma ortográficaReforma ortográfica
Reforma ortográfica
Rebeca Kaus
 
Acordo ortográfico
Acordo ortográficoAcordo ortográfico
Acordo ortográfico
professorakathia
 
hifen
hifenhifen
A reforma ortográfica slides
A reforma ortográfica   slidesA reforma ortográfica   slides
A reforma ortográfica slides
Franquilim Cerqueira
 
Acordo20ortografico20me1rcia
Acordo20ortografico20me1rciaAcordo20ortografico20me1rcia
Acordo20ortografico20me1rcia
Flávio Ferreira
 
Acordo novo 2012
Acordo novo 2012Acordo novo 2012
Acordo novo 2012
Flaviana Soalheiro
 
Acordo ortográfico hífen
Acordo ortográfico   hífenAcordo ortográfico   hífen
Acordo ortográfico hífen
27061968
 
Acordoortogrfico 090415083253-phpapp01
Acordoortogrfico 090415083253-phpapp01Acordoortogrfico 090415083253-phpapp01
Acordoortogrfico 090415083253-phpapp01
Marcus Muri
 
Usodohifen
UsodohifenUsodohifen
Usodohifen
educacao f
 
Acordo Ortográfico www.professorpalmito.com.br
Acordo Ortográfico www.professorpalmito.com.brAcordo Ortográfico www.professorpalmito.com.br
Acordo Ortográfico www.professorpalmito.com.br
Prof Palmito Rocha
 
Apostila de Ortografia
Apostila de OrtografiaApostila de Ortografia
Apostila de Ortografia
carvalho-andreia
 
Acordo ortografico márcia
Acordo ortografico márciaAcordo ortografico márcia
Acordo ortografico márcia
mrpagane
 
Reforma Ortográfica
Reforma OrtográficaReforma Ortográfica
Reforma Ortográfica
guest17042e9
 
CRASE1.pptx
CRASE1.pptxCRASE1.pptx
CRASE1.pptx
FilipeNascimento58
 
Aula 3 acordo ortográfico
Aula 3 acordo ortográficoAula 3 acordo ortográfico
Aula 3 acordo ortográfico
ProfFernandaBraga
 
Cefet/Coltec Aula 3 Acordo Ortográfico
Cefet/Coltec Aula 3   Acordo OrtográficoCefet/Coltec Aula 3   Acordo Ortográfico
Cefet/Coltec Aula 3 Acordo Ortográfico
ProfFernandaBraga
 
Guia prático da nova ortografia
Guia prático da nova ortografiaGuia prático da nova ortografia
Guia prático da nova ortografia
Giulio Benevides
 
Reforma ortogr├бfica corrigida
Reforma ortogr├бfica  corrigidaReforma ortogr├бfica  corrigida
Reforma ortogr├бfica corrigida
eeciaap
 
Acordo Ortografico
Acordo OrtograficoAcordo Ortografico
Acordo Ortografico
Júnior Militão
 
Slides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFicoSlides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFico
Flaviacristina74
 

Semelhante a Emprego do hífen (20)

Reforma ortográfica
Reforma ortográficaReforma ortográfica
Reforma ortográfica
 
Acordo ortográfico
Acordo ortográficoAcordo ortográfico
Acordo ortográfico
 
hifen
hifenhifen
hifen
 
A reforma ortográfica slides
A reforma ortográfica   slidesA reforma ortográfica   slides
A reforma ortográfica slides
 
Acordo20ortografico20me1rcia
Acordo20ortografico20me1rciaAcordo20ortografico20me1rcia
Acordo20ortografico20me1rcia
 
Acordo novo 2012
Acordo novo 2012Acordo novo 2012
Acordo novo 2012
 
Acordo ortográfico hífen
Acordo ortográfico   hífenAcordo ortográfico   hífen
Acordo ortográfico hífen
 
Acordoortogrfico 090415083253-phpapp01
Acordoortogrfico 090415083253-phpapp01Acordoortogrfico 090415083253-phpapp01
Acordoortogrfico 090415083253-phpapp01
 
Usodohifen
UsodohifenUsodohifen
Usodohifen
 
Acordo Ortográfico www.professorpalmito.com.br
Acordo Ortográfico www.professorpalmito.com.brAcordo Ortográfico www.professorpalmito.com.br
Acordo Ortográfico www.professorpalmito.com.br
 
Apostila de Ortografia
Apostila de OrtografiaApostila de Ortografia
Apostila de Ortografia
 
Acordo ortografico márcia
Acordo ortografico márciaAcordo ortografico márcia
Acordo ortografico márcia
 
Reforma Ortográfica
Reforma OrtográficaReforma Ortográfica
Reforma Ortográfica
 
CRASE1.pptx
CRASE1.pptxCRASE1.pptx
CRASE1.pptx
 
Aula 3 acordo ortográfico
Aula 3 acordo ortográficoAula 3 acordo ortográfico
Aula 3 acordo ortográfico
 
Cefet/Coltec Aula 3 Acordo Ortográfico
Cefet/Coltec Aula 3   Acordo OrtográficoCefet/Coltec Aula 3   Acordo Ortográfico
Cefet/Coltec Aula 3 Acordo Ortográfico
 
Guia prático da nova ortografia
Guia prático da nova ortografiaGuia prático da nova ortografia
Guia prático da nova ortografia
 
Reforma ortogr├бfica corrigida
Reforma ortogr├бfica  corrigidaReforma ortogr├бfica  corrigida
Reforma ortogr├бfica corrigida
 
Acordo Ortografico
Acordo OrtograficoAcordo Ortografico
Acordo Ortografico
 
Slides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFicoSlides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFico
 

Mais de Marcia Oliveira

TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
Marcia Oliveira
 
TCF sobre Hpv hora de prevenir
TCF sobre Hpv hora de prevenirTCF sobre Hpv hora de prevenir
TCF sobre Hpv hora de prevenir
Marcia Oliveira
 
TCF sobre Doenças causadas pelo aedes aegpyti
TCF sobre Doenças causadas pelo aedes aegpytiTCF sobre Doenças causadas pelo aedes aegpyti
TCF sobre Doenças causadas pelo aedes aegpyti
Marcia Oliveira
 
TCF sobre Gravidez na adolescência
TCF sobre Gravidez na adolescência TCF sobre Gravidez na adolescência
TCF sobre Gravidez na adolescência
Marcia Oliveira
 
TCF sobre Obesidade: causas e consequências
TCF sobre Obesidade: causas e consequênciasTCF sobre Obesidade: causas e consequências
TCF sobre Obesidade: causas e consequências
Marcia Oliveira
 
TCF sobre Violência contra a mulher
TCF sobre Violência contra a mulherTCF sobre Violência contra a mulher
TCF sobre Violência contra a mulher
Marcia Oliveira
 
TCF sobre Violência contra a mulher
TCF sobre Violência contra a mulher TCF sobre Violência contra a mulher
TCF sobre Violência contra a mulher
Marcia Oliveira
 
TCF sobre O lixo e os impactos no ambiente e na saúde da população de gamelei...
TCF sobre O lixo e os impactos no ambiente e na saúde da população de gamelei...TCF sobre O lixo e os impactos no ambiente e na saúde da população de gamelei...
TCF sobre O lixo e os impactos no ambiente e na saúde da população de gamelei...
Marcia Oliveira
 
TCF sobre Esquistossomose: uma doença negligenciada
TCF sobre Esquistossomose: uma doença negligenciadaTCF sobre Esquistossomose: uma doença negligenciada
TCF sobre Esquistossomose: uma doença negligenciada
Marcia Oliveira
 
TCF sobre Alcoolismo no ambiente familiar
TCF sobre Alcoolismo no ambiente familiarTCF sobre Alcoolismo no ambiente familiar
TCF sobre Alcoolismo no ambiente familiar
Marcia Oliveira
 
TCF sobre Doação de órgãos - 9º ano
TCF sobre Doação de órgãos - 9º anoTCF sobre Doação de órgãos - 9º ano
TCF sobre Doação de órgãos - 9º ano
Marcia Oliveira
 
Simulado de Língua Portuguesa Ensino Médio
Simulado de Língua Portuguesa Ensino MédioSimulado de Língua Portuguesa Ensino Médio
Simulado de Língua Portuguesa Ensino Médio
Marcia Oliveira
 
Simulado de Língua Portuguesa 9º ano
Simulado de Língua Portuguesa 9º anoSimulado de Língua Portuguesa 9º ano
Simulado de Língua Portuguesa 9º ano
Marcia Oliveira
 
Avaliação de Língua Portuguesa Ensino Médio
Avaliação de Língua Portuguesa Ensino MédioAvaliação de Língua Portuguesa Ensino Médio
Avaliação de Língua Portuguesa Ensino Médio
Marcia Oliveira
 
Saepe 9º ano
Saepe 9º anoSaepe 9º ano
Saepe 9º ano
Marcia Oliveira
 
Língua portuguesa revisão geral E.M.
Língua portuguesa revisão geral E.M.Língua portuguesa revisão geral E.M.
Língua portuguesa revisão geral E.M.
Marcia Oliveira
 
Confissões de adolescente
Confissões de adolescenteConfissões de adolescente
Confissões de adolescente
Marcia Oliveira
 
Atividade sobre o filme a culpa é das estrelas tatiana
Atividade sobre o filme a culpa é das estrelas   tatianaAtividade sobre o filme a culpa é das estrelas   tatiana
Atividade sobre o filme a culpa é das estrelas tatiana
Marcia Oliveira
 
Simulado língua portuguesa 9º ano (análise sintática e morfológica)
Simulado língua portuguesa 9º ano (análise sintática e morfológica)Simulado língua portuguesa 9º ano (análise sintática e morfológica)
Simulado língua portuguesa 9º ano (análise sintática e morfológica)
Marcia Oliveira
 
Ambiguidade
AmbiguidadeAmbiguidade
Ambiguidade
Marcia Oliveira
 

Mais de Marcia Oliveira (20)

TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
 
TCF sobre Hpv hora de prevenir
TCF sobre Hpv hora de prevenirTCF sobre Hpv hora de prevenir
TCF sobre Hpv hora de prevenir
 
TCF sobre Doenças causadas pelo aedes aegpyti
TCF sobre Doenças causadas pelo aedes aegpytiTCF sobre Doenças causadas pelo aedes aegpyti
TCF sobre Doenças causadas pelo aedes aegpyti
 
TCF sobre Gravidez na adolescência
TCF sobre Gravidez na adolescência TCF sobre Gravidez na adolescência
TCF sobre Gravidez na adolescência
 
TCF sobre Obesidade: causas e consequências
TCF sobre Obesidade: causas e consequênciasTCF sobre Obesidade: causas e consequências
TCF sobre Obesidade: causas e consequências
 
TCF sobre Violência contra a mulher
TCF sobre Violência contra a mulherTCF sobre Violência contra a mulher
TCF sobre Violência contra a mulher
 
TCF sobre Violência contra a mulher
TCF sobre Violência contra a mulher TCF sobre Violência contra a mulher
TCF sobre Violência contra a mulher
 
TCF sobre O lixo e os impactos no ambiente e na saúde da população de gamelei...
TCF sobre O lixo e os impactos no ambiente e na saúde da população de gamelei...TCF sobre O lixo e os impactos no ambiente e na saúde da população de gamelei...
TCF sobre O lixo e os impactos no ambiente e na saúde da população de gamelei...
 
TCF sobre Esquistossomose: uma doença negligenciada
TCF sobre Esquistossomose: uma doença negligenciadaTCF sobre Esquistossomose: uma doença negligenciada
TCF sobre Esquistossomose: uma doença negligenciada
 
TCF sobre Alcoolismo no ambiente familiar
TCF sobre Alcoolismo no ambiente familiarTCF sobre Alcoolismo no ambiente familiar
TCF sobre Alcoolismo no ambiente familiar
 
TCF sobre Doação de órgãos - 9º ano
TCF sobre Doação de órgãos - 9º anoTCF sobre Doação de órgãos - 9º ano
TCF sobre Doação de órgãos - 9º ano
 
Simulado de Língua Portuguesa Ensino Médio
Simulado de Língua Portuguesa Ensino MédioSimulado de Língua Portuguesa Ensino Médio
Simulado de Língua Portuguesa Ensino Médio
 
Simulado de Língua Portuguesa 9º ano
Simulado de Língua Portuguesa 9º anoSimulado de Língua Portuguesa 9º ano
Simulado de Língua Portuguesa 9º ano
 
Avaliação de Língua Portuguesa Ensino Médio
Avaliação de Língua Portuguesa Ensino MédioAvaliação de Língua Portuguesa Ensino Médio
Avaliação de Língua Portuguesa Ensino Médio
 
Saepe 9º ano
Saepe 9º anoSaepe 9º ano
Saepe 9º ano
 
Língua portuguesa revisão geral E.M.
Língua portuguesa revisão geral E.M.Língua portuguesa revisão geral E.M.
Língua portuguesa revisão geral E.M.
 
Confissões de adolescente
Confissões de adolescenteConfissões de adolescente
Confissões de adolescente
 
Atividade sobre o filme a culpa é das estrelas tatiana
Atividade sobre o filme a culpa é das estrelas   tatianaAtividade sobre o filme a culpa é das estrelas   tatiana
Atividade sobre o filme a culpa é das estrelas tatiana
 
Simulado língua portuguesa 9º ano (análise sintática e morfológica)
Simulado língua portuguesa 9º ano (análise sintática e morfológica)Simulado língua portuguesa 9º ano (análise sintática e morfológica)
Simulado língua portuguesa 9º ano (análise sintática e morfológica)
 
Ambiguidade
AmbiguidadeAmbiguidade
Ambiguidade
 

Último

12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
JohnnyLima16
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
erico paulo rocha guedes
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 

Último (20)

12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 

Emprego do hífen

  • 1.
  • 2. RESUMINDO O hífen passa a ser usado quando o prefixo termina em vogal e a segunda palavra começa com a mesma vogal. Antes Depois antiinflamatório anti-inflamatório antiinflacionário anti-inflacionário microondas micro-ondas microorganismo micro-organismo É importante ressaltar que esta regra possui algumas exceções já estipuladas antes do acordo. Exemplo = auto-observação – auto-ônibus – contra-atacar Tal regra não se aplica aos prefixos –co, -pro, -re, mesmo que a 2ª palavra comece com a mesma vogal que termina o prefixo. Ex: coobrigar , coadquirido, coordenar, reeditar, etc.
  • 3. A utilização do hífen não é mais necessária quando temos um prefixo que termina em vogal e onde a sua a segunda palavra venha á começar por uma vogal diferente. Vamos observar casos de antes e depois Antes Depois auto-avaliação autoavaliação auto-escola autoescola auto-estima autoestima co-autor coautor infra-estrutura infraestrutura semi-árido semiárido É importante informar que esta regra recém criada tem o objetivo de padronizar exceções existentes antes mesmo do acordo. Como por exemplo: aeroespacial – antiamericano – socioeconômico…
  • 4. Com prefixos, emprega-se o hífen diante de palavras iniciadas por “h”. Ex: anti-higiênico, co-herdeiro , extra-humano, super-homem, etc. Emprega-se o hífen quando o prefixo terminar em consoante e a segunda palavra começar com a mesma consoante. Ex: inter-regional, super-resistente, sub-bibliotecário, etc. Com o prefixo –sub , diante de palavras iniciadas por “r”, usa-se o hífen. Ex: sub-regional, sub-raça, etc. O hífen será mantido quando os prefixos terminarem com “r” e o segundo elemento começar pela mesma letra. hiper-requintado – inter-regional – super-romântico – super-racista
  • 5. Quando tivermos palavras que venham começar com “r” ou “s” onde o seu mesmo prefixo possui o termino em vogal, devemos retirar o hífen e duplicar as suas consoantes, como nos exemplos abaixo: Antes Depois ante-sala antessala anti-rugas antirrugas anti-social antissocial auto-retrato autorretrato extra-sensorial extrassensorial contra-reforma contrarreforma supra-renal suprarrenal untra-secreto untrassecreto ultra-som ultrassom
  • 6. Diante dos prefixos “-além, -aquém, -bem, -ex, -pós, -recém, -sem, - vice, usa-se o hífen. além-mar – aquém-mar – recém-nascido – sem-terra – vice-diretor # Diante do advérbio “mal” , quando a segunda palavra começar por vogal ou “h”, o hífen está presente. mal-humorado – mal-intencionado – mal-educado Com os prefixos “-circum” e “-pan”, diante de palavras iniciadas por “vogal, m, n ou h”, emprega-se o hífen. circum-navegador - pan-americano – circum-hospitalar – pan-helenismo. A nova regra padroniza algumas exceções já existentes antes do acordo, como é o caso de: minissaia – minissubmarino - minissérie
  • 7. Não se emprega o hífen quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa por consoante diferente de “r” ou “s”. anteprojeto – autopeça – contracheque – extraforte – ultramoderno # O hífen não deve ser usado quando o prefixo termina em consoante e a segunda palavra começa por vogal ou outra consoante diferente. hipermercado – hiperacidez - intermunicipal – subemprego – superinteressante – superpopulação