SlideShare uma empresa Scribd logo
Dinâmicas de Grupo
Foco: Negociação
DINÂMICAS DE GRUPO
(foco: negociação)
Conteúdo
ENTENDENDO AS DINÂMICAS DE GRUPO .................................................................. 3
O FARMACÊUTICO............................................................................................................. 5
APARTAMENTO.................................................................................................................. 8
VENDAS DIFÍCEIS .............................................................................................................. 9
PERSONALIDADES........................................................................................................... 12
AUTOMÓVEL DO SÉCULO XXI ..................................................................................... 13
JOGO DAS CORES............................................................................................................. 14
GANHE O MÁXIMO QUE PUDER................................................................................... 15
NÃO É JUSTO..................................................................................................................... 17
LARANJAS UGLI ............................................................................................................... 19
ESCUTAR É IMPORTANTE.............................................................................................. 21
Nota:
As dinâmicas apresentadas neste e-
book foram experimentas pelo Prof.
Osmar Lima durante sua vivência
como Instrutor e Facilitador de
Treinamentos, ou ainda extraídos de
sites da internet, e nem sempre
continham os devidos créditos e
referências. O Prof. Osmar Lima é
totalmente a favor da preservação
dos Direitos Autorais, e para tanto
solicita ao leitor que se souber as
referências de alguma dinâmica de
grupo apresentada neste e-book o
informe através do e-mail:
artolima@bol.com.br,
para que sejam dados os devidos
créditos. Obrigado!
ENTENDENDO AS DINÂMICAS DE GRUPO
As dinâmicas são instrumentos, ferramentas que estão dentro de um processo de
formação e organização, que possibilitam a criação, observação e recriação do
conhecimento.
Para que serve:
• Para levantar a prática: o que pensam as pessoas, o que sentem, o que vivem
e sofrem.
• Para desenvolver um caminho de teorização sobre esta prática como processo
sistemático, ordenado e progressivo.
• Para retornar à prática, transformá-la, redimensioná-la.
• Para incluir novos elementos que permitem explicar e entender os processos
vividos.
As técnicas participativas geram um processo de aprendizagem porque
permitem:
• Desenvolver um processo coletivo de discussão e reflexão.
• Ampliar o conhecimento individual, coletivo, enriquecendo seu potencial e
conhecimento.
• Possibilita criação, formação, transformação e conhecimento, onde os
participantes são sujeitos de sua elaboração e execução.
Uma técnica por si mesma não é formativa, nem tem um caráter pedagógico. Para que
uma técnica sirva como ferramenta educativa deve ser utilizada em função de temas
específicos, com objetivos concretos e aplicados de acordo com os participantes com
os quais esteja trabalhando.
Os elementos de uma dinâmica:
Objetivos:
Quem vai aplicar a dinâmica deve ter claro o que se quer alcançar.
Materiais-recursos:
Que ajudem na execução e na aplicação da dinâmica (TV, vídeo, som, papel, tinta,
mapas...). Outros recursos que podem ser utilizados em grupos grandes são o
retroprojetor, exposições dialogadas, além de técnicas de teatro, tarjetas e cartazes.
Ambiente-clima:
O local deve ser preparado de acordo, para que possibilite a aplicação da dinâmica
(amplo, fechado, escuro, claro, forrado, coberto...), onde as pessoas consigam entrar
no que está sendo proposto.
Tempo determinado:
Deve ter um tempo aproximado, com início, meio e fim.
Passos:
Deve-se ter clareza dos momentos necessários, para o seu desenvolvimento, que
permitam chegar ao final de maneira gradual e clara.
Número de participantes:
Ajudará a ter uma previsão do material e do tempo para o desenvolvimento da
dinâmica.
Perguntas e conclusões:
Permite resgatar a experiência, avaliando: o que foi visto; os sentimentos; o que
aprendeu; o momento da síntese final, dos encaminhamentos, permitem atitudes
avaliativas e de encaminhamentos.
Texto adaptado - Fonte: Equipe da Casa da Juventude Pe. Burnier, CAJU, Goiânia, GO.
- Artigo publicado no mês de Fevereiro de 2001, página 20
O FARMACÊUTICO
Objetivos:
Habilidade para negociação, Experimentar sentimentos, Criatividade.
Tamanho do grupo:
Mínimo 3 e máximo de 10 participantes.
Tempo necessário:
2 horas.
Materiais:
Papel e lápis ou caneta. Uma cópia para cada um dos textos.
Espaço físico:
Sala ampla para comportar os participantes e duas salas de apoio.
Processo:
Informar que o grupo será dividido em 3 subgrupos (intencionalmente ou não).
Informar que a Dinâmica poderá mexer com conceitos individuais. Informar que a
Dinâmica será sobre a história de um farmacêutico e dois compradores. Informar que
apenas o grupo do farmacêutico falará como se fosse apenas uma pessoa, e que os
demais grupos falarão por tantas pessoas quanto as que formarem o grupo. Após a
divisão, solicitar que o grupo do Farmacêutico permaneça na sala e acompanhar os
dois grupos para outra sala. Cada grupo terá 15 minutos para o planejamento inicial
de suas estratégias. Cada grupo terá no máximo 15 minutos para negociar com o
farmacêutico. Após a 1ª fase os grupos terão mais 15 minutos para reverem suas
estratégias. Após a 1ª fase de negociação e revisão de estratégias, os dois grupos
retornam para a sala e terão 45 minutos para negociação, na 2ª fase, com o
farmacêutico, sendo que os dois grupos deverão agir simultaneamente. Terminada a
negociação, encerrar a atividade.
TEXTO - FARMACÊUTICO
Você é o único farmacêutico e a única pessoa que entende um pouco de medicina
natural na ilha, tem 62 anos de idade e há 22 vive sozinho nessa ilha. Grandes e
várias desilusões da vida o fizeram tomar essa atitude, dentre elas o fato de ser viúvo
há 24 anos. Seus três filhos - todos médicos - o abandonaram e não se interessaram
nem um pouco por você. Durante a sua vida profissional no continente, só colheu
grandes prejuízos financeiros devido ao elevado número de desonestos no seu antigo
ramo de negócio. Esses e outros de tão grande importância fizeram de você uma
pessoa extremamente materialista, ateu, mas amante da natureza, razão pela qual
resolveu dedicar seus anos de vida nesta ilha, longe da pretensa civilização e para
onde nunca mais quer voltar. Ao longo dessa vivência em contato com a natureza e
satisfazendo seu interesse pela medicina, você pesquisou e descobriu vários soros
antiofídicos. O mais recente desses foi o da cobra coral malhada de rabo preto,
considerada a mais mortal das picadas, pois mata uma pessoa em 3 a 4 horas, caso
não seja aplicado o soro antiofídico em até 2 horas. Você conseguiu, na semana
passada, sintetizar uma quantidade desse soro, que está num frasco bem fechado e
que é suficiente para duas doses. Um detalhe importante da utilização desse soro é
que, uma vez aberto o frasco, o seu conteúdo deverá ser imediatamente usado, pois
em caso contrário se oxidará e perderá sua eficácia. Você venderá esse frasco e mais
duas seringas descartáveis por R$ 15.000,00 que é o preço que acha justo em razão
do seu valor para salvar vidas e também para comprar os materiais químicos
necessários para a continuidade das pesquisas. Você poderá baixar o preço desse
frasco até R$ 10.000,00. Sua única e exclusiva condição é esta: “só aceita dinheiro em
espécie, na mão”, pois você já está muito desiludido com as conversas e argumentos
nem sempre consistentes desse pessoal das cidades grandes. No seu estoque de soros
você dispõe também de:
• 2 frascos, com 2 doses cada, de soro contra o veneno de jararaca, por R$
10.000,00 cada.
• 6 frascos de soro contra o veneno de escorpião, por R$ 1.500,00 cada.
• 3 frascos de soro contra o veneno de aranha caranguejeira, por R$ 5.000,00
cada.
Uma de suas características pessoais é a de falar bastante sobre a sua vida na ilha e
do interesse que demonstra pela pesquisa contínua na busca da cura através da
própria flora da ilha.
OBS.: NÃO FALE PARA O OUTRO COMPRADOR QUE HÁ PESSOA INTERESSADA NESSE
MESMO SORO.
TEXTO - COMPRADOR “A”
Você e sua família (esposo/a e uma filha de 12 anos) estão passando um fim de
semana, acampados no lado norte de uma pequena ilha, que possui belíssimas praias
e excelente local para pescaria. Hoje, por volta das 14:00 horas, sua filha foi picada
por uma cobra coral malhada de rabo preto, cujo veneno mata uma pessoa em 3 a 4
horas, caso não seja aplicado o soro antiofídico específico, até 2 horas após a picada.
O barqueiro informou que na ilha existe um único farmacêutico e que esta pessoa
entende desse assunto e que à volta para o continente demorará 6 horas em razão da
maré. Para comprar esse remédio salvador, você dispõe de:
• R$ 5.000,00 em dinheiro.
• Um relógio de ouro Rolex, no valor de R$ 3.000,00.
• Uma caneta Mont Blanc, avaliada em R$ 2.000,00.
• Talão de cheques especial com saldo no banco de R$ 20.000,00.
Seu objetivo imediato é o de comprar, a qualquer preço, esse soro e trazer o quanto
antes para o acampamento, pois com apenas uma dose salvará a vida de sua filha
única, que já apresenta febre alta e se queixa de fortes dores e dormência na perna
em que foi picada.
TEXTO - COMPRADOR “B”
Você e sua família (esposo/a e 4 filhos - 3, 5, 8 e 10 anos), estão passando um fim de
semana no lado sul de uma pequena ilha, com belas praias e excelente local para
pesca. Hoje, por volta das 14:00 horas seu filho caçula foi picado por uma cobra coral
malhada de rabo preto, cujo veneno mata uma pessoa em 3 a 4 horas, caso não seja
aplicado o soro antiofídico específico até 2 horas após a picada. O barqueiro lhe
informou que não adianta voltar para o continente, pois a viagem levará cerca de 6
horas devido à maré. Esse barqueiro lhe informou que existe um único farmacêutico
que cuida da saúde dos habitantes dessa ilha e que talvez tenha o remédio. Para
comprar esse soro que irá salvar a vida de seu filho, você dispõe:
• R$ 7.500,00 em dinheiro.
• Talão de cheques especial com saldo de R$ 10.000,00.
• Uma caneta Parker de ouro, avaliada em R$ 3.000,00.
• Um apartamento de cobertura à beira mar.
• Um cordão de ouro com a imagem da Virgem Maria com 60 gramas.
• Um carro importado AUDI do ano, totalmente equipado.
• Uma farmácia no melhor ponto da cidade, com 80 metros quadrados.
• Um revólver TAURUS calibre 38 cano longo, com 6 balas no tambor.
• Uma espingarda de caça, importada, calibre 22 de longo alcance, de alta
precisão, com capacidade de 12 tiros contínuos e mais 50 balas de reserva.
Seu objetivo é localizar imediatamente esse farmacêutico e comprar esse soro
milagroso que com uma única dose salvará a vida de seu filho. Você notou que a
criança está com febre alta e se queixa de dormência e dor no peito, no local onde a
cobra picou.
APARTAMENTO
Objetivo:
Negociação, Assertividade, Formação de equipes.
Procedimentos:
Serão concedidos, pela empresa, dois apartamentos, não mobiliados, por um período
indefinido. Cada equipe tem $ 5.000 dólares para equipar e mobiliar o apartamento da
maneira que quiser. Cada equipe irá discutir e entrar em um consenso do que irão
fazer e estabelecer um breve resumo, inclusive planta do apartamento.
Devido a um remanejamento ocorrido na Empresa, será concedido apenas um
apartamento, e as equipes deverão (re)definir, como será o apartamento, negociando
entre os dois planos, confeccionados anteriormente.
A equipe terá 20 minutos para o primeiro plano de decoração e 20 minutos para plano
final.
VENDAS DIFÍCEIS
Informações sobre a dinâmica:
Objetivo:
• Verificar habilidade de negociação, argumentação e flexibilidade;
• Observar atendimento ao cliente;
• Importância de saber ouvir o cliente.
Participantes:
• A partir de 8 pessoas.
Duração:
• 2 minutos por dupla.
Material:
• 2 telefones celulares de brinquedo, ou 2 aparelhos telefônicos;
• As papeletas recortadas (de acordo com o indicado abaixo).
Ambiente físico:
• Uma sala com cadeiras universitárias dispostas em círculo e 2 cadeiras ao
centro, uma de costas para outra.
Dinâmica:
1. O facilitador pedirá 2 voluntários para iniciar, caso contrário ele poderá escolher
aleatoriamente;
2. Os participantes deverão se sentar de costas um para o outro;
3. Os cartões deverão ser recortados e dobrados;
4. O facilitador deverá mostrar para um dos participantes o que ele deverá vender
e, para o outro, o comportamento que deverá adotar perante o vendedor. Os
participantes não poderão saber como o outro irá posicionar-se ou que produto
irá vender;
5. É importante o uso do telefone para que o facilitador, e demais participantes,
possam observar a postura e comportamento da dupla;
6. Durante um minuto o facilitador irá observar como os participantes se
comunicam, após a situação inverte, quem era cliente passa a ser vendedor e
vice versa, porém a venda deverá ser de outro produto;
7. Quando atingir o tempo, o facilitador interromperá gentilmente para que os
participantes não se sintam constrangidos;
8. Depois da primeira dupla, o facilitador verifica se há novos voluntários, caso
contrário novamente ele escolhe aleatoriamente;
9. As vendas não deverão se repetir no decorrer da dinâmica. O facilitador
utilizará uma situação para cada pessoa.
Cartões que deverão ser recortados:
CIRURGIA PLÁSTICA
Sou a modelo Gisele
Bündchen
GRAMA ARTIFICIAL Sou jardineiro
MÁQUINA DE ESCREVER Sou Analista de Sistemas
PLANO DE SAÚDE Sou dono de hospital
PET SHOPPING QUE
VENDE ANIMAIS DE
ESTIMAÇÃO
Detesto animais
ASSINATURA DE JORNAIS
Só uso internet que é tudo
em tempo real
LIVROS ERÓTICOS Sou freira ou padre
CURSO DE INGLÊS Sou americano (a)
ACESSÓRIOS DE COURO
DE JACARÉ
Sou ecologista
BANHEIRA DE
HIDROMASSAGEM
Moro em um kitinete
CREME ANTI-RUGAS Tenho 18 anos
VIDEOKÊ Sou cego
CARNE BOVINA Sou vegetariano
EMPRÉSTIMO PESSOAL Sou gerente de banco
VINHOS NACIONAIS E
IMPORTADOS
Não bebo nada de álcool
PERFUME Sou alérgico (a) a perfumes
INTERNET GRATUITA Não tenho computador
BARRACAS DE CAMPING Tenho um hotel
SHAMPOO Sou careca
ESTEIRA ERGOMÉTRICA Tenho 90 anos
PLANO ODONTOLÓGICO Sou dentista
ANTICONCEPCIONAL Estou grávida
PERSONALIDADES
Objetivo:
Trabalhar negociação.
Material necessário:
Sulfite, Revistas, 3 colas, 3 tesouras.
Procedimentos:
Pedir para que representem figuras que melhor identificam suas personalidades. A
quantidade de colas e tesouras deverá ser menos que a metade do número de
participantes.
AUTOMÓVEL DO SÉCULO XXI
O cliente AEOP (ASSUNTOS ESPACIAIS DE OUTROS PLANETAS) resolveu investir na
fabricação de um novo automóvel. Chamou as melhores montadoras do ramo e pediu
o desenvolvimento e apresentação de um produto dentro das condições do planeta e
dos seres que nele habitam.
1ª parte:
No projeto do automóvel do século XXI deve constar:
• Designer
• Características
• Material utilizado
• Preço
• Prazo para entrega
Características do planeta e de seus seres:
Planeta: Terreno montanhoso e rochoso
Próximo ao Sol (quente e com claridade intensa)
População concentrada em cidades afastadas
Atmosfera não permite voar
Seres: Medindo entre 3 e 4 metros de altura
Braços fracos
Pernas fortes
Apenas 3 dedos em cada em mão (sem polegares)
DINÂMICA
Divide-se o grupo em dois subgrupos onde cada um corresponderá a uma concorrente
do ramo automobilístico.
Cada subgrupo desenvolverá seu projeto conforme a proposta citada.
2ª parte - O cartel
Este projeto representa um potencial de lucro imenso e as empresas possuem a
informação que seu maior concorrente está no páreo, o pensamento dos dois
presidentes é o mesmo: NÃO POSSO PERDER ESSE CLIENTE!
As empresas marcam uma reunião. A intenção é conhecer a proposta do concorrente
antes deste passar para o cliente e se for o caso reformulá-lo dentro de uma
negociação onde ambas as empresas se saiam bem sucedidas junto ao cliente.
3ª parte - Apresentação da proposta
Eleger um representante de cada empresa para apresentar a proposta ao cliente, a
equipe pode e deve dar sugestões a ele sobre qual a melhor maneira de apresentar,
encantando o cliente com a sua proposta.
JOGO DAS CORES
OBJETIVO:
Trabalhar a importância da relação ganha-ganha nas negociações.
MATERIAL:
64 objetos coloridos (ou balas), sendo 16 de cada cor, ou seja, quatro cores diferentes
devem fazer parte do jogo; cartazes contendo a tarefa de cada equipe.
EQUIPE Modelo dos cartazes com tarefas
A Apresentar ao instrutor 27 objetos de qualquer cor.
B Apresentar ao instrutor 6 objetos de uma cor e 6 de outra.
C Apresentar ao instrutor 10 objetos da mesma cor.
D Apresentar ao instrutor 15 objetos em 3 cores diferentes.
DESENVOLVIMENTO:
Dividir o grupo em 4 equipes e entregar para cada uma sua tarefa, pedindo para que
não a mostre aos demais grupos, e 16 objetos, sendo 4 de cada cor. Para cada equipe
são dados 5 minutos para discutir as estratégias de negociação, avisando que ao
término deste tempo um representante de cada equipe sairá para negociar com as
demais, no local já preparado.
Enquanto as equipes elaboram suas estratégias, o instrutor prepara um lugar no
centro da sala com uma mesa e 4 cadeiras onde os negociadores se encontrarão.
Durante a etapa de negociação, que tem a duração de 15 minutos, os demais
participantes da equipe podem permanecer perto de seu representante para auxiliá-lo.
Ao término do tempo verifica-se que equipes conseguiram cumprir sua tarefa.
QUESTÕES PARA DISCUSSÃO:
1. Qual a importância de uma relação ganha-ganha nas negociações?
2. Se numa empresa só um departamento “ganha” a empresa vence?
GANHE O MÁXIMO QUE PUDER
OBJETIVO:
Trabalhar a importância do grupo e a relação intergrupos dentro da organização, de
forma a gerar uma reação sinergética que alavanque benefícios para toda estrutura
organizacional.
MATERIAL:
1 folha com a tabela de opções por grupo, um cartaz com a discriminação dos pontos
por escolha e uma folha grande para apuração das escolhas e pontos de cada grupo.
Modelo cartaz
4X PERDE 1 PONTO CADA
3X
1Y
GANHA UM PONTO CADA
PERDE 3 PONTOS
2X
2Y
GANHA 2 PONTOS CADA
PERDE 2 PONTOS CADA
1X
3Y
GANHA 3 PONTOS
PERDE 1 PONTO CADA
4Y GANHA UM PONTO CADA
Modelo folha de opções
CONDIÇÕES
ESPECIAIS
RODADA CIRCULE A
ESCOLHA
ESCOLHAS
DOS GRUPOS
PONTOS SALDO
1 X Y ____X ____Y
2 X Y ____X ____Y
3 X Y ____X ____Y
4 X Y ____X ____Y
vezes 3 5 X Y ____X ____Y
6 X Y ____X ____Y
7 X Y ____X ____Y
vezes 5 8 X Y ____X ____Y
9 X Y ____X ____Y
vezes 10 10 X Y ____X ____Y
DESENVOLVIMENTO:
Dividir os participantes em 4 grupos e explicar que não se trata de uma disputa, mas
sim de um jogo de “ganhe o máximo que puder”. A seguir deve passar às instruções:
Por 10 rodadas consecutivas, vocês e seus parceiros irão escolher um “X” ou um “Y”.
Os ganhos ou perdas dependem do conjunto de escolhas efetuadas pelos grupos.
Esta é a tabela que serve para computar os pontos (mostrar cartaz)
Vocês devem combinar com seus parceiros em cada rodada e tomar uma decisão em
conjunto.
Nas rodadas 5, 8 e 10, os resultados serão multiplicados, o que pode alterar
significativamente os ganhos ou perdas.
Depois de verificar se todos entenderam a atividade proposta, o instrutor entregar a
cada grupo uma folha de opções e uma cópia do cartaz. Inicia-se a atividade e cabe ao
instrutor pressionar os participantes quanto ao tempo, a escolha de X ou Y deve ser
rápida.
Nas rodadas 5, 8 e 10, onde os resultados são multiplicados, o facilitador oferece aos
grupos a oportunidade de negociarem as próximas rodadas. Se aceitarem, um
representante de cada grupo levanta-se para negociar. O facilitador continua fazendo
pressão de tempo.
A única maneira de todos ganharem é escolhendo, todos os grupos, o Y; o que não
deve ser dito inicialmente aos grupos.
QUESTÕES PARA DISCUSSÃO:
1. Como foi jogar?
2. O que a pressão de tempo ocasionou nos grupos? Como reagiram a ela?
3. Como reagimos a pressão do tempo nas empresas?
4. O que levou todos os grupos a competirem entre si?
5. Para alguém ganhar o outro tem que, necessariamente, perder?
6. O que a competição entre os departamentos ocasiona nas empresas?
7. É possível reverte este quadro? De que maneira? Do que dispomos para tal?
NÃO É JUSTO
OBJETIVO:
Levar à discussão sobre a diferença da competição e da cooperação para a realização
de um trabalho.
MATERIAL:
Cópias da folha de instruções. 2 rolos de fita adesiva. 3 folhas de papel azul de 25x25
cm. 3 folhas de papel amarelo de 25x25 cm. Compasso e régua. 1 folha de papel
laminado prateado 25x25 cm. 3 folhas de papel branco de 25x25 cm. 3 folhas de
papel vermelho de 25x25 cm. Cola e tesoura.
Distribuição material por grupo
GRUPO 1 GRUPO 2 GRUPO 3 GRUPO 4
fita adesiva fita adesiva tesoura cola
Papel prateado compasso 1 folha branca 1 folha azul
1 folha amarela 1 folha amarela 2 folhas azuis 2 folhas
vermelhas
1 folha branca 1 folha branca 1 folha
amarela
régua
2 folhas
vermelhas
DESENVOLVIMENTO:
Divida os participantes em 4 grupos, distribua o material (em pasta ou envelope) e
entregue as Instruções. Explique que cada grupo tem materiais diferentes, mas que
todos terão a mesma tarefa. Ao todo há material suficiente para se concluir as tarefas,
se este for usado da maneira certa. O primeiro grupo a completar a tarefa será o
vencedor.
OBS: a maneira certa é todos os grupos se unirem e entregarem um único trabalho.
VARIAÇÕES:
1. Escolha alguns participantes para serem observadores e darem feedback
estruturado.
2. Deixar na sala objetos que podem ser úteis, mas que não façam parte do
material “oficial”.
3. Variar os recursos e tarefas.
QUESTÕES PARA DISCUSSÃO:
1. Como vocês se sentiram ao executar a tarefa?
2. O que predominou a cooperação ou a competição?
3. Como foi negociar material com os outros grupos? Quais as principais
dificuldades?
4. O que facilitou a negociação?
NÃO É JUSTO - INSTRUÇÕES
1. Fazer um cubo de papel prateado, medindo 5x5x5 cm.
2. Fazer um avião de papel de, no mínimo, 50 cm de comprimento, e que voe.
3. Fazer uma bandeira de 7,5x12, 5 cm, com no mínimo 3 cores.
4. Fazer um hexágono vermelho de 5 cm de lado.
5. Fazer uma corrente de papel com, no mínimo, três cores.
LARANJAS UGLI
Objetivo:
Colocar os participantes numa situação de negociação
Competências a serem observadas: Negociação, persuasão, criatividade, foco no
objetivo, fluência verbal, produtividade sob tensão, saber ouvir
Materiais:
Textos de cada negociador
Duração:
Aproximadamente 40 minutos
Desenvolvimento:
Escolher um a três voluntários que representarão o produtor de Laranjas Ugli e dividir
o restante da turma em 2 grupos.
Produtores:
Vocês são os únicos produtores de Laranjas Ugli no País, uma qualidade rara de
laranjas, uma verdadeira descoberta, com sementes importadas do Oriente Médio que
segundo as últimas descobertas, tem um grande poder curativo e poderá ser usado na
composição de drogas poderosas no combate a doenças graves. Trata-se de uma
produção modesta.
Em breve estarão recebendo algumas propostas de grandes laboratórios.
Os laboratórios que estão interessados na produção de Laranjas Ugli precisam apenas
de um dos componentes da Laranja, um da casca, outro do bagaço, mas este detalhe
não será abordado pelos produtores, espera-se que os representantes dos Laboratórios
percebam e entrem num acordo ganha-ganha. Ainda sobram o suco e a semente. As
sementes interessam aos produtores para replantio. Os produtores investiram no
plantio desta qualidade de Laranja com objetivo de lucro e a procura dos Laboratórios
valoriza ainda mais esta qualidade de laranjas.
1ª turma:
Grupo 1 deverá receber as seguintes instruções:
Vocês fazem parte do quadro de cientistas de um grande Laboratório multinacional,
Labosaúde, que está prestes a descobrir uma droga que será a solução definitiva para
a cura da Aids. Estão dependendo apenas de uma matéria prima rara, a casca da
Laranja Ugli, muito difícil de ser encontrada no mercado, porém acabaram de descobrir
um produtor de laranjas Ugli, que tem uma produção abaixo das necessidades do
Labosaúde, mas devido a grande dificuldade de se conseguir esta espécie rara de
laranjas, é uma grande descoberta e o Laboratório empenhará todos os seus esforços
para que esta produção seja integralmente fornecida para este grandioso projeto.
Fechar negócios com esse produtor será a solução para que o Labosaúde resolva todos
os seus problemas financeiros e assuma expressão no mercado mundial pela grande
descoberta...
2ª turma:
Grupo 2 deverá receber as seguintes instruções:
Vocês fazem parte do quadro de cientistas de um grande laboratório: Labormed, que
acaba de descobrir uma droga que previne e cura de qualquer tipo de câncer. O
grande drama está sendo em relação a matéria prima que é o bagaço da Laranja Ugli,
para confecção da droga. Acabaram de ter notícias de um produtor cuja produção
inteira viria atender a necessidade do laboratório para colocar no mercado uma droga
que iria prevenir e aliviar o sofrimento de muitas pessoas. O grande desafio do
Labormed é convencer esse produtor de laranjas tão raras e valorizadas, a fornecer
toda sua produção em benefício deste projeto que será um grande benefício para a
humanidade além de lançar o Labormed entre os maiores Laboratórios do mundo.
Cada equipe terá a missão de convencer o produtor a fornecer toda a sua produção de
Laranjas Ugli.
O facilitador solicitará as duas equipes que leiam suas informações e dará 10 minutos
para escolherem um negociador que representará a empresa em reunião com
produtores de laranja. A reunião deverá durar 20 minutos, ao fim da qual deverão ter
chegado a alguma conclusão.
Após chegarem a conclusão final, os participantes fazem avaliação da sua participação
e do resultado da reunião.
ESCUTAR É IMPORTANTE
OBJETIVO:
• Demonstrar a importância de ouvir, durante uma negociação.
• Treinar os participantes para manter a atenção, enquanto ouvem.
DESENVOLVIMENTO:
Deve-se, em primeiro lugar, numerar os participantes com números 1 e 2
A equipe fica, portanto, dividida entre pessoas impares e pares.
Posicionam-se os pares, sentados um de frente ao outro para dialogarem.
Todos os pares devem ficar bem próximos uns dos outros para que a conversa de
todos produza bastante ruído e dificulte a audição.
Então o participante ímpar pergunta ao seu interlocutor:
- O que significa o trabalho de venda para você?
Enquanto o outro responde, aquele que pergunta não poderá, de forma alguma, emitir
opinião ou fazer comentários. Terá apenas de ouvir e prestar atenção, pois o facilitador
vai lhe perguntar depois o que o outro respondeu.
Quando o interlocutor parar de falar, quem fez a pergunta repete a pergunta e,
novamente fica calado, ouvindo a resposta. Deve fazer isto por três vezes.
Depois a situação se inverte e é o participante de numeração par quem faz a pergunta,
novamente por três vezes, e se comporta da mesma forma.
Todos os pares devem fazer isto simultaneamente para produzir ruídos. Quando todos
terminam o exercício, o facilitador chama os pares à frente e um irá contar o que o
outro respondeu.
Depois, todos os participantes revelam como se sentiram, durante o exercício,
somente ouvindo, sem poder se manifestar.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tecnicas de negociação
Tecnicas de negociação Tecnicas de negociação
Tecnicas de negociação
FAIR PLAY AD / @VeronicaRRSouza
 
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégiasTreinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Ricardo Silva Coqueiro
 
Etica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de TrabalhoEtica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de Trabalho
Nyedson Barbosa
 
Gestão de Pessoas - Aula 1
Gestão de Pessoas - Aula 1Gestão de Pessoas - Aula 1
Gestão de Pessoas - Aula 1
Ernandes Rodrigues Do Nascimento
 
Treinamento Atendimento à Clientes
Treinamento Atendimento à ClientesTreinamento Atendimento à Clientes
Treinamento Atendimento à Clientes
aavbatista
 
Apresentação motivacional
Apresentação motivacionalApresentação motivacional
Apresentação motivacional
Avanti! Comunicação
 
Ppt aula fgv_excelência_no_atendimento_ao_cliente_prof. randes_12.02.14
Ppt aula fgv_excelência_no_atendimento_ao_cliente_prof. randes_12.02.14Ppt aula fgv_excelência_no_atendimento_ao_cliente_prof. randes_12.02.14
Ppt aula fgv_excelência_no_atendimento_ao_cliente_prof. randes_12.02.14
Prof. Randes Enes
 
Apostila de Treinamento de Vendas
Apostila de Treinamento de Vendas  Apostila de Treinamento de Vendas
Apostila de Treinamento de Vendas
Milton Henrique do Couto Neto
 
Treinamento & Desenvolvimento
Treinamento & DesenvolvimentoTreinamento & Desenvolvimento
Treinamento & Desenvolvimento
Wandick Rocha de Aquino
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Fabrício Ottoni
 
Tecnicas de Vendas
Tecnicas de VendasTecnicas de Vendas
Tecnicas de Vendas
Simone Chiaretto
 
Palestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino MédioPalestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino Médio
angelavbecker
 
Gatilhos Mentais: o que são e como aplicar
Gatilhos Mentais: o que são e como aplicarGatilhos Mentais: o que são e como aplicar
Gatilhos Mentais: o que são e como aplicar
Mateada
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
University
 
Aula 8 atendimento ao cliente
Aula 8   atendimento ao clienteAula 8   atendimento ao cliente
Aula 8 atendimento ao cliente
Luiz Siles
 
A importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalhoA importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalho
inovaDay .
 
Atendimento ao publico
Atendimento ao publicoAtendimento ao publico
Atendimento ao publico
Empreendedora
 
Negociação
NegociaçãoNegociação
Negociação
Jhelena Maria
 
Mix de Marketing - Produto - Parte I
Mix de Marketing - Produto - Parte IMix de Marketing - Produto - Parte I
Mix de Marketing - Produto - Parte I
Robson Costa
 
Vendedor de Sucesso
Vendedor de SucessoVendedor de Sucesso
Vendedor de Sucesso
Sérgio Oliveira
 

Mais procurados (20)

Tecnicas de negociação
Tecnicas de negociação Tecnicas de negociação
Tecnicas de negociação
 
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégiasTreinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
Treinamento & Desenvolvimento de Equipes: Modelos, Feramentas e estratégias
 
Etica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de TrabalhoEtica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de Trabalho
 
Gestão de Pessoas - Aula 1
Gestão de Pessoas - Aula 1Gestão de Pessoas - Aula 1
Gestão de Pessoas - Aula 1
 
Treinamento Atendimento à Clientes
Treinamento Atendimento à ClientesTreinamento Atendimento à Clientes
Treinamento Atendimento à Clientes
 
Apresentação motivacional
Apresentação motivacionalApresentação motivacional
Apresentação motivacional
 
Ppt aula fgv_excelência_no_atendimento_ao_cliente_prof. randes_12.02.14
Ppt aula fgv_excelência_no_atendimento_ao_cliente_prof. randes_12.02.14Ppt aula fgv_excelência_no_atendimento_ao_cliente_prof. randes_12.02.14
Ppt aula fgv_excelência_no_atendimento_ao_cliente_prof. randes_12.02.14
 
Apostila de Treinamento de Vendas
Apostila de Treinamento de Vendas  Apostila de Treinamento de Vendas
Apostila de Treinamento de Vendas
 
Treinamento & Desenvolvimento
Treinamento & DesenvolvimentoTreinamento & Desenvolvimento
Treinamento & Desenvolvimento
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Tecnicas de Vendas
Tecnicas de VendasTecnicas de Vendas
Tecnicas de Vendas
 
Palestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino MédioPalestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino Médio
 
Gatilhos Mentais: o que são e como aplicar
Gatilhos Mentais: o que são e como aplicarGatilhos Mentais: o que são e como aplicar
Gatilhos Mentais: o que são e como aplicar
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
 
Aula 8 atendimento ao cliente
Aula 8   atendimento ao clienteAula 8   atendimento ao cliente
Aula 8 atendimento ao cliente
 
A importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalhoA importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalho
 
Atendimento ao publico
Atendimento ao publicoAtendimento ao publico
Atendimento ao publico
 
Negociação
NegociaçãoNegociação
Negociação
 
Mix de Marketing - Produto - Parte I
Mix de Marketing - Produto - Parte IMix de Marketing - Produto - Parte I
Mix de Marketing - Produto - Parte I
 
Vendedor de Sucesso
Vendedor de SucessoVendedor de Sucesso
Vendedor de Sucesso
 

Semelhante a Dinamicas de negociacao

Semiótica das Cores na Canaricultura - O Canarímetro 2020
Semiótica das Cores na Canaricultura - O Canarímetro 2020Semiótica das Cores na Canaricultura - O Canarímetro 2020
Semiótica das Cores na Canaricultura - O Canarímetro 2020
Barçante L. C.
 
Brainwriting 635 - Resumo
Brainwriting 635 - ResumoBrainwriting 635 - Resumo
Brainwriting 635 - Resumo
Vitor Morais
 
slides maconha legalização.pdf
slides maconha legalização.pdfslides maconha legalização.pdf
slides maconha legalização.pdf
LuRabel
 
Prointer 23 10-1
Prointer 23 10-1Prointer 23 10-1
Prointer 23 10-1
Amanda Naves
 
Dermatologia em cães e gatos
Dermatologia em cães e gatos Dermatologia em cães e gatos
Dermatologia em cães e gatos
MarinaGalliac
 
[Pdf] dermatologia em cães e gatos
[Pdf] dermatologia em cães e gatos[Pdf] dermatologia em cães e gatos
[Pdf] dermatologia em cães e gatos
Hugomar Elicker
 

Semelhante a Dinamicas de negociacao (6)

Semiótica das Cores na Canaricultura - O Canarímetro 2020
Semiótica das Cores na Canaricultura - O Canarímetro 2020Semiótica das Cores na Canaricultura - O Canarímetro 2020
Semiótica das Cores na Canaricultura - O Canarímetro 2020
 
Brainwriting 635 - Resumo
Brainwriting 635 - ResumoBrainwriting 635 - Resumo
Brainwriting 635 - Resumo
 
slides maconha legalização.pdf
slides maconha legalização.pdfslides maconha legalização.pdf
slides maconha legalização.pdf
 
Prointer 23 10-1
Prointer 23 10-1Prointer 23 10-1
Prointer 23 10-1
 
Dermatologia em cães e gatos
Dermatologia em cães e gatos Dermatologia em cães e gatos
Dermatologia em cães e gatos
 
[Pdf] dermatologia em cães e gatos
[Pdf] dermatologia em cães e gatos[Pdf] dermatologia em cães e gatos
[Pdf] dermatologia em cães e gatos
 

Mais de Niloar Bissani

Simulados de negociação
Simulados de negociaçãoSimulados de negociação
Simulados de negociação
Niloar Bissani
 
Princpio10 90 stephen covey
Princpio10 90 stephen coveyPrincpio10 90 stephen covey
Princpio10 90 stephen covey
Niloar Bissani
 
Negociação exercícios linguagem corporal
Negociação exercícios linguagem corporalNegociação exercícios linguagem corporal
Negociação exercícios linguagem corporal
Niloar Bissani
 
Negociação apostila
Negociação apostilaNegociação apostila
Negociação apostila
Niloar Bissani
 
Guia de resolução de conflitos
Guia de resolução de conflitosGuia de resolução de conflitos
Guia de resolução de conflitos
Niloar Bissani
 
Cópia de apostila cresol curso de negociação ione a4 impresso f saida
Cópia de apostila cresol curso de negociação ione  a4 impresso f saidaCópia de apostila cresol curso de negociação ione  a4 impresso f saida
Cópia de apostila cresol curso de negociação ione a4 impresso f saida
Niloar Bissani
 
Aula 04 adm conflitos
Aula 04  adm conflitosAula 04  adm conflitos
Aula 04 adm conflitos
Niloar Bissani
 
Aula 02 feedback assertivo
Aula 02   feedback assertivoAula 02   feedback assertivo
Aula 02 feedback assertivo
Niloar Bissani
 
Aula 01 diferenças individuais
Aula 01   diferenças individuaisAula 01   diferenças individuais
Aula 01 diferenças individuais
Niloar Bissani
 
Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1
Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1
Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1
Niloar Bissani
 
Aula introdução a administração ea d processos gerenciais
Aula introdução a administração ea d processos gerenciaisAula introdução a administração ea d processos gerenciais
Aula introdução a administração ea d processos gerenciais
Niloar Bissani
 
Aula 4 administração participativa
Aula 4   administração participativaAula 4   administração participativa
Aula 4 administração participativa
Niloar Bissani
 
Aula 3 teoria do desenvolvimento organizacional
Aula 3   teoria do desenvolvimento organizacionalAula 3   teoria do desenvolvimento organizacional
Aula 3 teoria do desenvolvimento organizacional
Niloar Bissani
 
Aula 3 administrando com criatividade 2021.1
Aula 3   administrando com criatividade 2021.1Aula 3   administrando com criatividade 2021.1
Aula 3 administrando com criatividade 2021.1
Niloar Bissani
 
Aula 2 estrutura organizacional
Aula 2   estrutura organizacionalAula 2   estrutura organizacional
Aula 2 estrutura organizacional
Niloar Bissani
 
Aula globalização
Aula   globalizaçãoAula   globalização
Aula globalização
Niloar Bissani
 
Aula funções da administração
Aula   funções da administraçãoAula   funções da administração
Aula funções da administração
Niloar Bissani
 
Aula gestão estratégica
Aula    gestão estratégicaAula    gestão estratégica
Aula gestão estratégica
Niloar Bissani
 
A influência da liderança na motivação da equipe
A influência da liderança na motivação da equipeA influência da liderança na motivação da equipe
A influência da liderança na motivação da equipe
Niloar Bissani
 
Proposta de retenção de clientes. um estudo de caso
Proposta de retenção de clientes. um estudo de casoProposta de retenção de clientes. um estudo de caso
Proposta de retenção de clientes. um estudo de caso
Niloar Bissani
 

Mais de Niloar Bissani (20)

Simulados de negociação
Simulados de negociaçãoSimulados de negociação
Simulados de negociação
 
Princpio10 90 stephen covey
Princpio10 90 stephen coveyPrincpio10 90 stephen covey
Princpio10 90 stephen covey
 
Negociação exercícios linguagem corporal
Negociação exercícios linguagem corporalNegociação exercícios linguagem corporal
Negociação exercícios linguagem corporal
 
Negociação apostila
Negociação apostilaNegociação apostila
Negociação apostila
 
Guia de resolução de conflitos
Guia de resolução de conflitosGuia de resolução de conflitos
Guia de resolução de conflitos
 
Cópia de apostila cresol curso de negociação ione a4 impresso f saida
Cópia de apostila cresol curso de negociação ione  a4 impresso f saidaCópia de apostila cresol curso de negociação ione  a4 impresso f saida
Cópia de apostila cresol curso de negociação ione a4 impresso f saida
 
Aula 04 adm conflitos
Aula 04  adm conflitosAula 04  adm conflitos
Aula 04 adm conflitos
 
Aula 02 feedback assertivo
Aula 02   feedback assertivoAula 02   feedback assertivo
Aula 02 feedback assertivo
 
Aula 01 diferenças individuais
Aula 01   diferenças individuaisAula 01   diferenças individuais
Aula 01 diferenças individuais
 
Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1
Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1
Teoria geral da adm unidade 1 tópico 1
 
Aula introdução a administração ea d processos gerenciais
Aula introdução a administração ea d processos gerenciaisAula introdução a administração ea d processos gerenciais
Aula introdução a administração ea d processos gerenciais
 
Aula 4 administração participativa
Aula 4   administração participativaAula 4   administração participativa
Aula 4 administração participativa
 
Aula 3 teoria do desenvolvimento organizacional
Aula 3   teoria do desenvolvimento organizacionalAula 3   teoria do desenvolvimento organizacional
Aula 3 teoria do desenvolvimento organizacional
 
Aula 3 administrando com criatividade 2021.1
Aula 3   administrando com criatividade 2021.1Aula 3   administrando com criatividade 2021.1
Aula 3 administrando com criatividade 2021.1
 
Aula 2 estrutura organizacional
Aula 2   estrutura organizacionalAula 2   estrutura organizacional
Aula 2 estrutura organizacional
 
Aula globalização
Aula   globalizaçãoAula   globalização
Aula globalização
 
Aula funções da administração
Aula   funções da administraçãoAula   funções da administração
Aula funções da administração
 
Aula gestão estratégica
Aula    gestão estratégicaAula    gestão estratégica
Aula gestão estratégica
 
A influência da liderança na motivação da equipe
A influência da liderança na motivação da equipeA influência da liderança na motivação da equipe
A influência da liderança na motivação da equipe
 
Proposta de retenção de clientes. um estudo de caso
Proposta de retenção de clientes. um estudo de casoProposta de retenção de clientes. um estudo de caso
Proposta de retenção de clientes. um estudo de caso
 

Último

Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Dantas
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxFoi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
InsttLcioEvangelista
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
AlfeuBuriti1
 
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applicationsIntroduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
João de Paula Ribeiro Neto
 

Último (8)

Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxFoi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
 
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applicationsIntroduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
 

Dinamicas de negociacao

  • 2. DINÂMICAS DE GRUPO (foco: negociação) Conteúdo ENTENDENDO AS DINÂMICAS DE GRUPO .................................................................. 3 O FARMACÊUTICO............................................................................................................. 5 APARTAMENTO.................................................................................................................. 8 VENDAS DIFÍCEIS .............................................................................................................. 9 PERSONALIDADES........................................................................................................... 12 AUTOMÓVEL DO SÉCULO XXI ..................................................................................... 13 JOGO DAS CORES............................................................................................................. 14 GANHE O MÁXIMO QUE PUDER................................................................................... 15 NÃO É JUSTO..................................................................................................................... 17 LARANJAS UGLI ............................................................................................................... 19 ESCUTAR É IMPORTANTE.............................................................................................. 21 Nota: As dinâmicas apresentadas neste e- book foram experimentas pelo Prof. Osmar Lima durante sua vivência como Instrutor e Facilitador de Treinamentos, ou ainda extraídos de sites da internet, e nem sempre continham os devidos créditos e referências. O Prof. Osmar Lima é totalmente a favor da preservação dos Direitos Autorais, e para tanto solicita ao leitor que se souber as referências de alguma dinâmica de grupo apresentada neste e-book o informe através do e-mail: artolima@bol.com.br, para que sejam dados os devidos créditos. Obrigado!
  • 3. ENTENDENDO AS DINÂMICAS DE GRUPO As dinâmicas são instrumentos, ferramentas que estão dentro de um processo de formação e organização, que possibilitam a criação, observação e recriação do conhecimento. Para que serve: • Para levantar a prática: o que pensam as pessoas, o que sentem, o que vivem e sofrem. • Para desenvolver um caminho de teorização sobre esta prática como processo sistemático, ordenado e progressivo. • Para retornar à prática, transformá-la, redimensioná-la. • Para incluir novos elementos que permitem explicar e entender os processos vividos. As técnicas participativas geram um processo de aprendizagem porque permitem: • Desenvolver um processo coletivo de discussão e reflexão. • Ampliar o conhecimento individual, coletivo, enriquecendo seu potencial e conhecimento. • Possibilita criação, formação, transformação e conhecimento, onde os participantes são sujeitos de sua elaboração e execução. Uma técnica por si mesma não é formativa, nem tem um caráter pedagógico. Para que uma técnica sirva como ferramenta educativa deve ser utilizada em função de temas específicos, com objetivos concretos e aplicados de acordo com os participantes com os quais esteja trabalhando. Os elementos de uma dinâmica: Objetivos: Quem vai aplicar a dinâmica deve ter claro o que se quer alcançar. Materiais-recursos: Que ajudem na execução e na aplicação da dinâmica (TV, vídeo, som, papel, tinta, mapas...). Outros recursos que podem ser utilizados em grupos grandes são o retroprojetor, exposições dialogadas, além de técnicas de teatro, tarjetas e cartazes. Ambiente-clima: O local deve ser preparado de acordo, para que possibilite a aplicação da dinâmica (amplo, fechado, escuro, claro, forrado, coberto...), onde as pessoas consigam entrar no que está sendo proposto. Tempo determinado: Deve ter um tempo aproximado, com início, meio e fim. Passos: Deve-se ter clareza dos momentos necessários, para o seu desenvolvimento, que permitam chegar ao final de maneira gradual e clara.
  • 4. Número de participantes: Ajudará a ter uma previsão do material e do tempo para o desenvolvimento da dinâmica. Perguntas e conclusões: Permite resgatar a experiência, avaliando: o que foi visto; os sentimentos; o que aprendeu; o momento da síntese final, dos encaminhamentos, permitem atitudes avaliativas e de encaminhamentos. Texto adaptado - Fonte: Equipe da Casa da Juventude Pe. Burnier, CAJU, Goiânia, GO. - Artigo publicado no mês de Fevereiro de 2001, página 20
  • 5. O FARMACÊUTICO Objetivos: Habilidade para negociação, Experimentar sentimentos, Criatividade. Tamanho do grupo: Mínimo 3 e máximo de 10 participantes. Tempo necessário: 2 horas. Materiais: Papel e lápis ou caneta. Uma cópia para cada um dos textos. Espaço físico: Sala ampla para comportar os participantes e duas salas de apoio. Processo: Informar que o grupo será dividido em 3 subgrupos (intencionalmente ou não). Informar que a Dinâmica poderá mexer com conceitos individuais. Informar que a Dinâmica será sobre a história de um farmacêutico e dois compradores. Informar que apenas o grupo do farmacêutico falará como se fosse apenas uma pessoa, e que os demais grupos falarão por tantas pessoas quanto as que formarem o grupo. Após a divisão, solicitar que o grupo do Farmacêutico permaneça na sala e acompanhar os dois grupos para outra sala. Cada grupo terá 15 minutos para o planejamento inicial de suas estratégias. Cada grupo terá no máximo 15 minutos para negociar com o farmacêutico. Após a 1ª fase os grupos terão mais 15 minutos para reverem suas estratégias. Após a 1ª fase de negociação e revisão de estratégias, os dois grupos retornam para a sala e terão 45 minutos para negociação, na 2ª fase, com o farmacêutico, sendo que os dois grupos deverão agir simultaneamente. Terminada a negociação, encerrar a atividade. TEXTO - FARMACÊUTICO Você é o único farmacêutico e a única pessoa que entende um pouco de medicina natural na ilha, tem 62 anos de idade e há 22 vive sozinho nessa ilha. Grandes e várias desilusões da vida o fizeram tomar essa atitude, dentre elas o fato de ser viúvo há 24 anos. Seus três filhos - todos médicos - o abandonaram e não se interessaram nem um pouco por você. Durante a sua vida profissional no continente, só colheu grandes prejuízos financeiros devido ao elevado número de desonestos no seu antigo ramo de negócio. Esses e outros de tão grande importância fizeram de você uma pessoa extremamente materialista, ateu, mas amante da natureza, razão pela qual resolveu dedicar seus anos de vida nesta ilha, longe da pretensa civilização e para onde nunca mais quer voltar. Ao longo dessa vivência em contato com a natureza e satisfazendo seu interesse pela medicina, você pesquisou e descobriu vários soros antiofídicos. O mais recente desses foi o da cobra coral malhada de rabo preto, considerada a mais mortal das picadas, pois mata uma pessoa em 3 a 4 horas, caso não seja aplicado o soro antiofídico em até 2 horas. Você conseguiu, na semana passada, sintetizar uma quantidade desse soro, que está num frasco bem fechado e que é suficiente para duas doses. Um detalhe importante da utilização desse soro é que, uma vez aberto o frasco, o seu conteúdo deverá ser imediatamente usado, pois em caso contrário se oxidará e perderá sua eficácia. Você venderá esse frasco e mais duas seringas descartáveis por R$ 15.000,00 que é o preço que acha justo em razão
  • 6. do seu valor para salvar vidas e também para comprar os materiais químicos necessários para a continuidade das pesquisas. Você poderá baixar o preço desse frasco até R$ 10.000,00. Sua única e exclusiva condição é esta: “só aceita dinheiro em espécie, na mão”, pois você já está muito desiludido com as conversas e argumentos nem sempre consistentes desse pessoal das cidades grandes. No seu estoque de soros você dispõe também de: • 2 frascos, com 2 doses cada, de soro contra o veneno de jararaca, por R$ 10.000,00 cada. • 6 frascos de soro contra o veneno de escorpião, por R$ 1.500,00 cada. • 3 frascos de soro contra o veneno de aranha caranguejeira, por R$ 5.000,00 cada. Uma de suas características pessoais é a de falar bastante sobre a sua vida na ilha e do interesse que demonstra pela pesquisa contínua na busca da cura através da própria flora da ilha. OBS.: NÃO FALE PARA O OUTRO COMPRADOR QUE HÁ PESSOA INTERESSADA NESSE MESMO SORO. TEXTO - COMPRADOR “A” Você e sua família (esposo/a e uma filha de 12 anos) estão passando um fim de semana, acampados no lado norte de uma pequena ilha, que possui belíssimas praias e excelente local para pescaria. Hoje, por volta das 14:00 horas, sua filha foi picada por uma cobra coral malhada de rabo preto, cujo veneno mata uma pessoa em 3 a 4 horas, caso não seja aplicado o soro antiofídico específico, até 2 horas após a picada. O barqueiro informou que na ilha existe um único farmacêutico e que esta pessoa entende desse assunto e que à volta para o continente demorará 6 horas em razão da maré. Para comprar esse remédio salvador, você dispõe de: • R$ 5.000,00 em dinheiro. • Um relógio de ouro Rolex, no valor de R$ 3.000,00. • Uma caneta Mont Blanc, avaliada em R$ 2.000,00. • Talão de cheques especial com saldo no banco de R$ 20.000,00. Seu objetivo imediato é o de comprar, a qualquer preço, esse soro e trazer o quanto antes para o acampamento, pois com apenas uma dose salvará a vida de sua filha única, que já apresenta febre alta e se queixa de fortes dores e dormência na perna em que foi picada. TEXTO - COMPRADOR “B” Você e sua família (esposo/a e 4 filhos - 3, 5, 8 e 10 anos), estão passando um fim de semana no lado sul de uma pequena ilha, com belas praias e excelente local para pesca. Hoje, por volta das 14:00 horas seu filho caçula foi picado por uma cobra coral malhada de rabo preto, cujo veneno mata uma pessoa em 3 a 4 horas, caso não seja aplicado o soro antiofídico específico até 2 horas após a picada. O barqueiro lhe informou que não adianta voltar para o continente, pois a viagem levará cerca de 6 horas devido à maré. Esse barqueiro lhe informou que existe um único farmacêutico que cuida da saúde dos habitantes dessa ilha e que talvez tenha o remédio. Para comprar esse soro que irá salvar a vida de seu filho, você dispõe:
  • 7. • R$ 7.500,00 em dinheiro. • Talão de cheques especial com saldo de R$ 10.000,00. • Uma caneta Parker de ouro, avaliada em R$ 3.000,00. • Um apartamento de cobertura à beira mar. • Um cordão de ouro com a imagem da Virgem Maria com 60 gramas. • Um carro importado AUDI do ano, totalmente equipado. • Uma farmácia no melhor ponto da cidade, com 80 metros quadrados. • Um revólver TAURUS calibre 38 cano longo, com 6 balas no tambor. • Uma espingarda de caça, importada, calibre 22 de longo alcance, de alta precisão, com capacidade de 12 tiros contínuos e mais 50 balas de reserva. Seu objetivo é localizar imediatamente esse farmacêutico e comprar esse soro milagroso que com uma única dose salvará a vida de seu filho. Você notou que a criança está com febre alta e se queixa de dormência e dor no peito, no local onde a cobra picou.
  • 8. APARTAMENTO Objetivo: Negociação, Assertividade, Formação de equipes. Procedimentos: Serão concedidos, pela empresa, dois apartamentos, não mobiliados, por um período indefinido. Cada equipe tem $ 5.000 dólares para equipar e mobiliar o apartamento da maneira que quiser. Cada equipe irá discutir e entrar em um consenso do que irão fazer e estabelecer um breve resumo, inclusive planta do apartamento. Devido a um remanejamento ocorrido na Empresa, será concedido apenas um apartamento, e as equipes deverão (re)definir, como será o apartamento, negociando entre os dois planos, confeccionados anteriormente. A equipe terá 20 minutos para o primeiro plano de decoração e 20 minutos para plano final.
  • 9. VENDAS DIFÍCEIS Informações sobre a dinâmica: Objetivo: • Verificar habilidade de negociação, argumentação e flexibilidade; • Observar atendimento ao cliente; • Importância de saber ouvir o cliente. Participantes: • A partir de 8 pessoas. Duração: • 2 minutos por dupla. Material: • 2 telefones celulares de brinquedo, ou 2 aparelhos telefônicos; • As papeletas recortadas (de acordo com o indicado abaixo). Ambiente físico: • Uma sala com cadeiras universitárias dispostas em círculo e 2 cadeiras ao centro, uma de costas para outra. Dinâmica: 1. O facilitador pedirá 2 voluntários para iniciar, caso contrário ele poderá escolher aleatoriamente; 2. Os participantes deverão se sentar de costas um para o outro; 3. Os cartões deverão ser recortados e dobrados; 4. O facilitador deverá mostrar para um dos participantes o que ele deverá vender e, para o outro, o comportamento que deverá adotar perante o vendedor. Os participantes não poderão saber como o outro irá posicionar-se ou que produto irá vender; 5. É importante o uso do telefone para que o facilitador, e demais participantes, possam observar a postura e comportamento da dupla; 6. Durante um minuto o facilitador irá observar como os participantes se comunicam, após a situação inverte, quem era cliente passa a ser vendedor e vice versa, porém a venda deverá ser de outro produto; 7. Quando atingir o tempo, o facilitador interromperá gentilmente para que os participantes não se sintam constrangidos; 8. Depois da primeira dupla, o facilitador verifica se há novos voluntários, caso contrário novamente ele escolhe aleatoriamente; 9. As vendas não deverão se repetir no decorrer da dinâmica. O facilitador utilizará uma situação para cada pessoa. Cartões que deverão ser recortados:
  • 10. CIRURGIA PLÁSTICA Sou a modelo Gisele Bündchen GRAMA ARTIFICIAL Sou jardineiro MÁQUINA DE ESCREVER Sou Analista de Sistemas PLANO DE SAÚDE Sou dono de hospital PET SHOPPING QUE VENDE ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO Detesto animais ASSINATURA DE JORNAIS Só uso internet que é tudo em tempo real LIVROS ERÓTICOS Sou freira ou padre CURSO DE INGLÊS Sou americano (a) ACESSÓRIOS DE COURO DE JACARÉ Sou ecologista BANHEIRA DE HIDROMASSAGEM Moro em um kitinete CREME ANTI-RUGAS Tenho 18 anos VIDEOKÊ Sou cego CARNE BOVINA Sou vegetariano EMPRÉSTIMO PESSOAL Sou gerente de banco VINHOS NACIONAIS E IMPORTADOS Não bebo nada de álcool
  • 11. PERFUME Sou alérgico (a) a perfumes INTERNET GRATUITA Não tenho computador BARRACAS DE CAMPING Tenho um hotel SHAMPOO Sou careca ESTEIRA ERGOMÉTRICA Tenho 90 anos PLANO ODONTOLÓGICO Sou dentista ANTICONCEPCIONAL Estou grávida
  • 12. PERSONALIDADES Objetivo: Trabalhar negociação. Material necessário: Sulfite, Revistas, 3 colas, 3 tesouras. Procedimentos: Pedir para que representem figuras que melhor identificam suas personalidades. A quantidade de colas e tesouras deverá ser menos que a metade do número de participantes.
  • 13. AUTOMÓVEL DO SÉCULO XXI O cliente AEOP (ASSUNTOS ESPACIAIS DE OUTROS PLANETAS) resolveu investir na fabricação de um novo automóvel. Chamou as melhores montadoras do ramo e pediu o desenvolvimento e apresentação de um produto dentro das condições do planeta e dos seres que nele habitam. 1ª parte: No projeto do automóvel do século XXI deve constar: • Designer • Características • Material utilizado • Preço • Prazo para entrega Características do planeta e de seus seres: Planeta: Terreno montanhoso e rochoso Próximo ao Sol (quente e com claridade intensa) População concentrada em cidades afastadas Atmosfera não permite voar Seres: Medindo entre 3 e 4 metros de altura Braços fracos Pernas fortes Apenas 3 dedos em cada em mão (sem polegares) DINÂMICA Divide-se o grupo em dois subgrupos onde cada um corresponderá a uma concorrente do ramo automobilístico. Cada subgrupo desenvolverá seu projeto conforme a proposta citada. 2ª parte - O cartel Este projeto representa um potencial de lucro imenso e as empresas possuem a informação que seu maior concorrente está no páreo, o pensamento dos dois presidentes é o mesmo: NÃO POSSO PERDER ESSE CLIENTE! As empresas marcam uma reunião. A intenção é conhecer a proposta do concorrente antes deste passar para o cliente e se for o caso reformulá-lo dentro de uma negociação onde ambas as empresas se saiam bem sucedidas junto ao cliente. 3ª parte - Apresentação da proposta Eleger um representante de cada empresa para apresentar a proposta ao cliente, a equipe pode e deve dar sugestões a ele sobre qual a melhor maneira de apresentar, encantando o cliente com a sua proposta.
  • 14. JOGO DAS CORES OBJETIVO: Trabalhar a importância da relação ganha-ganha nas negociações. MATERIAL: 64 objetos coloridos (ou balas), sendo 16 de cada cor, ou seja, quatro cores diferentes devem fazer parte do jogo; cartazes contendo a tarefa de cada equipe. EQUIPE Modelo dos cartazes com tarefas A Apresentar ao instrutor 27 objetos de qualquer cor. B Apresentar ao instrutor 6 objetos de uma cor e 6 de outra. C Apresentar ao instrutor 10 objetos da mesma cor. D Apresentar ao instrutor 15 objetos em 3 cores diferentes. DESENVOLVIMENTO: Dividir o grupo em 4 equipes e entregar para cada uma sua tarefa, pedindo para que não a mostre aos demais grupos, e 16 objetos, sendo 4 de cada cor. Para cada equipe são dados 5 minutos para discutir as estratégias de negociação, avisando que ao término deste tempo um representante de cada equipe sairá para negociar com as demais, no local já preparado. Enquanto as equipes elaboram suas estratégias, o instrutor prepara um lugar no centro da sala com uma mesa e 4 cadeiras onde os negociadores se encontrarão. Durante a etapa de negociação, que tem a duração de 15 minutos, os demais participantes da equipe podem permanecer perto de seu representante para auxiliá-lo. Ao término do tempo verifica-se que equipes conseguiram cumprir sua tarefa. QUESTÕES PARA DISCUSSÃO: 1. Qual a importância de uma relação ganha-ganha nas negociações? 2. Se numa empresa só um departamento “ganha” a empresa vence?
  • 15. GANHE O MÁXIMO QUE PUDER OBJETIVO: Trabalhar a importância do grupo e a relação intergrupos dentro da organização, de forma a gerar uma reação sinergética que alavanque benefícios para toda estrutura organizacional. MATERIAL: 1 folha com a tabela de opções por grupo, um cartaz com a discriminação dos pontos por escolha e uma folha grande para apuração das escolhas e pontos de cada grupo. Modelo cartaz 4X PERDE 1 PONTO CADA 3X 1Y GANHA UM PONTO CADA PERDE 3 PONTOS 2X 2Y GANHA 2 PONTOS CADA PERDE 2 PONTOS CADA 1X 3Y GANHA 3 PONTOS PERDE 1 PONTO CADA 4Y GANHA UM PONTO CADA Modelo folha de opções CONDIÇÕES ESPECIAIS RODADA CIRCULE A ESCOLHA ESCOLHAS DOS GRUPOS PONTOS SALDO 1 X Y ____X ____Y 2 X Y ____X ____Y 3 X Y ____X ____Y 4 X Y ____X ____Y vezes 3 5 X Y ____X ____Y 6 X Y ____X ____Y 7 X Y ____X ____Y vezes 5 8 X Y ____X ____Y 9 X Y ____X ____Y vezes 10 10 X Y ____X ____Y
  • 16. DESENVOLVIMENTO: Dividir os participantes em 4 grupos e explicar que não se trata de uma disputa, mas sim de um jogo de “ganhe o máximo que puder”. A seguir deve passar às instruções: Por 10 rodadas consecutivas, vocês e seus parceiros irão escolher um “X” ou um “Y”. Os ganhos ou perdas dependem do conjunto de escolhas efetuadas pelos grupos. Esta é a tabela que serve para computar os pontos (mostrar cartaz) Vocês devem combinar com seus parceiros em cada rodada e tomar uma decisão em conjunto. Nas rodadas 5, 8 e 10, os resultados serão multiplicados, o que pode alterar significativamente os ganhos ou perdas. Depois de verificar se todos entenderam a atividade proposta, o instrutor entregar a cada grupo uma folha de opções e uma cópia do cartaz. Inicia-se a atividade e cabe ao instrutor pressionar os participantes quanto ao tempo, a escolha de X ou Y deve ser rápida. Nas rodadas 5, 8 e 10, onde os resultados são multiplicados, o facilitador oferece aos grupos a oportunidade de negociarem as próximas rodadas. Se aceitarem, um representante de cada grupo levanta-se para negociar. O facilitador continua fazendo pressão de tempo. A única maneira de todos ganharem é escolhendo, todos os grupos, o Y; o que não deve ser dito inicialmente aos grupos. QUESTÕES PARA DISCUSSÃO: 1. Como foi jogar? 2. O que a pressão de tempo ocasionou nos grupos? Como reagiram a ela? 3. Como reagimos a pressão do tempo nas empresas? 4. O que levou todos os grupos a competirem entre si? 5. Para alguém ganhar o outro tem que, necessariamente, perder? 6. O que a competição entre os departamentos ocasiona nas empresas? 7. É possível reverte este quadro? De que maneira? Do que dispomos para tal?
  • 17. NÃO É JUSTO OBJETIVO: Levar à discussão sobre a diferença da competição e da cooperação para a realização de um trabalho. MATERIAL: Cópias da folha de instruções. 2 rolos de fita adesiva. 3 folhas de papel azul de 25x25 cm. 3 folhas de papel amarelo de 25x25 cm. Compasso e régua. 1 folha de papel laminado prateado 25x25 cm. 3 folhas de papel branco de 25x25 cm. 3 folhas de papel vermelho de 25x25 cm. Cola e tesoura. Distribuição material por grupo GRUPO 1 GRUPO 2 GRUPO 3 GRUPO 4 fita adesiva fita adesiva tesoura cola Papel prateado compasso 1 folha branca 1 folha azul 1 folha amarela 1 folha amarela 2 folhas azuis 2 folhas vermelhas 1 folha branca 1 folha branca 1 folha amarela régua 2 folhas vermelhas DESENVOLVIMENTO: Divida os participantes em 4 grupos, distribua o material (em pasta ou envelope) e entregue as Instruções. Explique que cada grupo tem materiais diferentes, mas que todos terão a mesma tarefa. Ao todo há material suficiente para se concluir as tarefas, se este for usado da maneira certa. O primeiro grupo a completar a tarefa será o vencedor. OBS: a maneira certa é todos os grupos se unirem e entregarem um único trabalho. VARIAÇÕES: 1. Escolha alguns participantes para serem observadores e darem feedback estruturado. 2. Deixar na sala objetos que podem ser úteis, mas que não façam parte do material “oficial”. 3. Variar os recursos e tarefas. QUESTÕES PARA DISCUSSÃO:
  • 18. 1. Como vocês se sentiram ao executar a tarefa? 2. O que predominou a cooperação ou a competição? 3. Como foi negociar material com os outros grupos? Quais as principais dificuldades? 4. O que facilitou a negociação? NÃO É JUSTO - INSTRUÇÕES 1. Fazer um cubo de papel prateado, medindo 5x5x5 cm. 2. Fazer um avião de papel de, no mínimo, 50 cm de comprimento, e que voe. 3. Fazer uma bandeira de 7,5x12, 5 cm, com no mínimo 3 cores. 4. Fazer um hexágono vermelho de 5 cm de lado. 5. Fazer uma corrente de papel com, no mínimo, três cores.
  • 19. LARANJAS UGLI Objetivo: Colocar os participantes numa situação de negociação Competências a serem observadas: Negociação, persuasão, criatividade, foco no objetivo, fluência verbal, produtividade sob tensão, saber ouvir Materiais: Textos de cada negociador Duração: Aproximadamente 40 minutos Desenvolvimento: Escolher um a três voluntários que representarão o produtor de Laranjas Ugli e dividir o restante da turma em 2 grupos. Produtores: Vocês são os únicos produtores de Laranjas Ugli no País, uma qualidade rara de laranjas, uma verdadeira descoberta, com sementes importadas do Oriente Médio que segundo as últimas descobertas, tem um grande poder curativo e poderá ser usado na composição de drogas poderosas no combate a doenças graves. Trata-se de uma produção modesta. Em breve estarão recebendo algumas propostas de grandes laboratórios. Os laboratórios que estão interessados na produção de Laranjas Ugli precisam apenas de um dos componentes da Laranja, um da casca, outro do bagaço, mas este detalhe não será abordado pelos produtores, espera-se que os representantes dos Laboratórios percebam e entrem num acordo ganha-ganha. Ainda sobram o suco e a semente. As sementes interessam aos produtores para replantio. Os produtores investiram no plantio desta qualidade de Laranja com objetivo de lucro e a procura dos Laboratórios valoriza ainda mais esta qualidade de laranjas. 1ª turma: Grupo 1 deverá receber as seguintes instruções: Vocês fazem parte do quadro de cientistas de um grande Laboratório multinacional, Labosaúde, que está prestes a descobrir uma droga que será a solução definitiva para a cura da Aids. Estão dependendo apenas de uma matéria prima rara, a casca da Laranja Ugli, muito difícil de ser encontrada no mercado, porém acabaram de descobrir um produtor de laranjas Ugli, que tem uma produção abaixo das necessidades do Labosaúde, mas devido a grande dificuldade de se conseguir esta espécie rara de laranjas, é uma grande descoberta e o Laboratório empenhará todos os seus esforços para que esta produção seja integralmente fornecida para este grandioso projeto. Fechar negócios com esse produtor será a solução para que o Labosaúde resolva todos
  • 20. os seus problemas financeiros e assuma expressão no mercado mundial pela grande descoberta... 2ª turma: Grupo 2 deverá receber as seguintes instruções: Vocês fazem parte do quadro de cientistas de um grande laboratório: Labormed, que acaba de descobrir uma droga que previne e cura de qualquer tipo de câncer. O grande drama está sendo em relação a matéria prima que é o bagaço da Laranja Ugli, para confecção da droga. Acabaram de ter notícias de um produtor cuja produção inteira viria atender a necessidade do laboratório para colocar no mercado uma droga que iria prevenir e aliviar o sofrimento de muitas pessoas. O grande desafio do Labormed é convencer esse produtor de laranjas tão raras e valorizadas, a fornecer toda sua produção em benefício deste projeto que será um grande benefício para a humanidade além de lançar o Labormed entre os maiores Laboratórios do mundo. Cada equipe terá a missão de convencer o produtor a fornecer toda a sua produção de Laranjas Ugli. O facilitador solicitará as duas equipes que leiam suas informações e dará 10 minutos para escolherem um negociador que representará a empresa em reunião com produtores de laranja. A reunião deverá durar 20 minutos, ao fim da qual deverão ter chegado a alguma conclusão. Após chegarem a conclusão final, os participantes fazem avaliação da sua participação e do resultado da reunião.
  • 21. ESCUTAR É IMPORTANTE OBJETIVO: • Demonstrar a importância de ouvir, durante uma negociação. • Treinar os participantes para manter a atenção, enquanto ouvem. DESENVOLVIMENTO: Deve-se, em primeiro lugar, numerar os participantes com números 1 e 2 A equipe fica, portanto, dividida entre pessoas impares e pares. Posicionam-se os pares, sentados um de frente ao outro para dialogarem. Todos os pares devem ficar bem próximos uns dos outros para que a conversa de todos produza bastante ruído e dificulte a audição. Então o participante ímpar pergunta ao seu interlocutor: - O que significa o trabalho de venda para você? Enquanto o outro responde, aquele que pergunta não poderá, de forma alguma, emitir opinião ou fazer comentários. Terá apenas de ouvir e prestar atenção, pois o facilitador vai lhe perguntar depois o que o outro respondeu. Quando o interlocutor parar de falar, quem fez a pergunta repete a pergunta e, novamente fica calado, ouvindo a resposta. Deve fazer isto por três vezes. Depois a situação se inverte e é o participante de numeração par quem faz a pergunta, novamente por três vezes, e se comporta da mesma forma. Todos os pares devem fazer isto simultaneamente para produzir ruídos. Quando todos terminam o exercício, o facilitador chama os pares à frente e um irá contar o que o outro respondeu. Depois, todos os participantes revelam como se sentiram, durante o exercício, somente ouvindo, sem poder se manifestar.