SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
DANÇA TAMBÉM É 
ATIVIDADE FÍSICA 
Professora Solange Souza
Público alvo: 
alunos dos 5°s anos 
do ensino fundamental
O que é dança? 
A dança trata-se da execução de movimentos 
ao ritmo de uma música que permite 
expressar sentimentos e emoções, ela implica 
a interação de diversos elementos. 
A intenção de quem dança é que os 
movimentos acompanhem a música. Por 
exemplo: uma música de ritmo lento e 
tranquilo requer passos de dança pausados e 
mais reservados.
Gênero e classificação
Quanto ao modo de dançar 
dança solo 
(ex.: coreografia de solista no balé, sapateado); 
dança em dupla 
(ex.: tango, salsa, valsa, forró etc); 
dança em grupo 
(ex.: danças de roda, sapateado).
SOLO 
DUPLA 
GRUPO
Quanto a origem 
dança folclórica 
(ex.: catira, carimbó, reisado etc); 
dança histórica 
(ex.: sarabanda, bourré, gavota etc); 
dança cerimonial 
(ex.: danças rituais indianas); 
dança étnica 
(ex.: danças tradicionais de países ou regiões).
FOLCLÓRICA HISTÓRICA 
RITUAL ÉTNICA
Quanto a finalidade 
dança sensual 
(ex.: can can, striptease, pole dancing); 
dança cênica ou performática 
(ex.: balé, dança do ventre, sapateado); 
dança social 
(ex.: dança de salão, axé); 
dança religiosa/dança profética 
(ex.: dança sufi).
SOCIAL PROFÉTICA 
SENSUAL 
CÊNICA
Quem pode dançar? 
Vivemos em um país dançante por 
natureza, mas que dança é essa? 
A dança acompanha sempre os sucessos 
musicais ou as festas tradicionais como 
carnaval e festas juninas. Passamos pela 
lambada, axé, country, funk, samba... 
A dança é feita por todos e para todos 
independente de idade, peso, altura, cor, 
religiosidade ou classe social todos 
podem e devem dançar. 
A dança faz bem para o corpo e para 
mente, pois além de possibilitar uma 
conscientização corporal descobrindo 
novas possibilidades de movimentos nos 
permite também um crescimento 
intelectual, criativo e expressivo 
buscando sempre diferentes formas de 
relacionar corpo, espaço e sociedade.
Você pode dançar ainda criança...
...ou já bem experiente....
Dança é atividade física? 
Dançar é muito bom! Existe até a paródia: Quem dança seus males espanta. A dança é 
sim uma atividade física e pode ser considerada vigorosa dependendo do seu ritmo ou 
duração. 
Para descrever as vantagens da dança como exercício, devemos considerar alguns 
fatores. Por exemplo, o ritmo quanto mais intenso, mais vai exigir gasto calórico, o 
tempo também vai influenciar bastante. 
Aprender a dançar durante uma hora, obviamente vai gastar menos do que dançar uma 
hora sem interrupção. 
É difícil definir o gasto calórico de cada pessoa, considerando um indivíduo de 60 kg, ele 
gastaria aproximadamente de 200 a 400 calorias em uma hora, num ritmo lento ou mais 
vigoroso respectivamente. A escolha da modalidade vai definir os grupos musculares 
mais trabalhados. 
Samba, frevo e salsa exigem muito das pernas e glúteos. Já o rock (anos 50/60) e o 
tango utilizam muitos movimentos de braço e uma boa dose de flexibilidade. De qualquer 
forma, a dança no geral (não só as de salão, mas o ballet, o jazz, etc), movimenta todo o 
corpo, trabalhando força, flexibilidade, ritmo e coordenação motora. 
Dependendo do seu objetivo com relação à sua forma física (condicionamento 
cardiovascular, emagrecimento, aumento de massa muscular) será necessário 
acrescentar à dança um programa de exercícios mais específico.
Dança x Gasto calórico 
30 minutos gasta:
ATENÇÃO!!! 
Para quem já está com vontade de sair dançando, aqui vai 
uma dica: 
Quando vamos aprender algo novo, devemos sempre 
procurar profissionais capacitados e especializados; quando 
se trata do nosso corpo, é nossa saúde que está em jogo e 
assim como em qualquer outra atividade física, corremos o 
risco de nos machucar, se fizermos movimentos errados, 
não utilizarmos a técnica correta ou a postura adequada. 
Um professor que além de ensinar os passos da dança, 
também dará importância à consciência corporal e 
respeitará as características e limites de cada aluno. Isso 
é o mais indicado para essa tarefa, que ao mesmo tempo é 
extenuante e nos enche de energia.
....vamos dançar????
REFERÊNCIAS 
• Conceito de dança - O que é, Definição e Significado http://conceito.de/danca#ixzz3CHACC0PA 
• http://comosedanca.blogspot.com.br/2010/04/conheca-definicao-de-danca.html 
• http://dancandoeeducando.blogspot.com.br/2009/01/quem-pode-danar.html 
• http://www2.uol.com.br/vyaestelar/danca.htm 
• https://br.images.search.yahoo.com/images 
• http://www2.uol.com.br/vyaestelar/danca.htm 
• http://www.efdeportes.com/efd85/danca.htm

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Ginástica geral
Ginástica geralGinástica geral
Ginástica geral
 
Apostila ensino médio danca
Apostila ensino médio dancaApostila ensino médio danca
Apostila ensino médio danca
 
Projeto Dança e Saúde
Projeto Dança e SaúdeProjeto Dança e Saúde
Projeto Dança e Saúde
 
Lutas
LutasLutas
Lutas
 
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e AtividadesArtes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
 
Trabalho de artes danças
Trabalho de artes dançasTrabalho de artes danças
Trabalho de artes danças
 
Projeto nos passos da dança 6º, 7º, 8º e 9º ano cest
Projeto nos passos da dança   6º, 7º, 8º e 9º ano  cestProjeto nos passos da dança   6º, 7º, 8º e 9º ano  cest
Projeto nos passos da dança 6º, 7º, 8º e 9º ano cest
 
Dança de salão.
Dança de salão.Dança de salão.
Dança de salão.
 
Ginástica - Educação Física
Ginástica - Educação FísicaGinástica - Educação Física
Ginástica - Educação Física
 
Danças Urbanas 2023.pptx
Danças Urbanas 2023.pptxDanças Urbanas 2023.pptx
Danças Urbanas 2023.pptx
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Jogos paralimpicos
Jogos paralimpicosJogos paralimpicos
Jogos paralimpicos
 
Cultura corporal
Cultura corporalCultura corporal
Cultura corporal
 
Conteúdos das aulas de educação física
Conteúdos das aulas de educação físicaConteúdos das aulas de educação física
Conteúdos das aulas de educação física
 
Corpo, cultura e movimento
Corpo, cultura e movimentoCorpo, cultura e movimento
Corpo, cultura e movimento
 
Dancas Folclóricas
Dancas FolclóricasDancas Folclóricas
Dancas Folclóricas
 
Danças brasileiras
Danças brasileirasDanças brasileiras
Danças brasileiras
 
A origem da dança
A origem da dançaA origem da dança
A origem da dança
 
A História da Capoeira
A História da CapoeiraA História da Capoeira
A História da Capoeira
 
Aula Introdutória sobre Ritmo
Aula Introdutória sobre RitmoAula Introdutória sobre Ritmo
Aula Introdutória sobre Ritmo
 

Destaque

Os benefícios da dança como atividade física
Os benefícios da dança como atividade físicaOs benefícios da dança como atividade física
Os benefícios da dança como atividade físicavivisr_
 
Beneficios da dança para o corpo
Beneficios da dança para o corpoBeneficios da dança para o corpo
Beneficios da dança para o corpoRailson Almeida
 
A Origem Da DançA
A Origem Da DançAA Origem Da DançA
A Origem Da DançAmartinsramon
 
Frevo educação fisica
Frevo   educação fisicaFrevo   educação fisica
Frevo educação fisicaJakeliny Souza
 
Os benefícios da dança como atividade física
Os benefícios da dança como atividade físicaOs benefícios da dança como atividade física
Os benefícios da dança como atividade físicavivisr_
 
Dança conteúdos conceptuais
Dança   conteúdos conceptuaisDança   conteúdos conceptuais
Dança conteúdos conceptuaisJoaquim Pessanha
 
Psicomotricidade; educação física e dança
Psicomotricidade; educação física e dançaPsicomotricidade; educação física e dança
Psicomotricidade; educação física e dançaAnderson Pelegrini
 
Atividade física e saúde
Atividade física e saúdeAtividade física e saúde
Atividade física e saúdeFatima Costa
 
História da Dança
História da DançaHistória da Dança
História da Dançabbpn
 
Atividade física-e-saúde-slides-3
Atividade física-e-saúde-slides-3Atividade física-e-saúde-slides-3
Atividade física-e-saúde-slides-3Isabel Teixeira
 
Blog abril
Blog abrilBlog abril
Blog abrilbetepa
 
Texto sobre dança classica
Texto sobre dança classicaTexto sobre dança classica
Texto sobre dança classicalululimavidal
 
A dança é uma das três principais artes
A dança é uma das três principais artesA dança é uma das três principais artes
A dança é uma das três principais artesCATEUS
 

Destaque (20)

Dança
DançaDança
Dança
 
Os benefícios da dança como atividade física
Os benefícios da dança como atividade físicaOs benefícios da dança como atividade física
Os benefícios da dança como atividade física
 
Beneficios da dança para o corpo
Beneficios da dança para o corpoBeneficios da dança para o corpo
Beneficios da dança para o corpo
 
A Origem Da DançA
A Origem Da DançAA Origem Da DançA
A Origem Da DançA
 
Frevo educação fisica
Frevo   educação fisicaFrevo   educação fisica
Frevo educação fisica
 
Os benefícios da dança como atividade física
Os benefícios da dança como atividade físicaOs benefícios da dança como atividade física
Os benefícios da dança como atividade física
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Dança conteúdos conceptuais
Dança   conteúdos conceptuaisDança   conteúdos conceptuais
Dança conteúdos conceptuais
 
Psicomotricidade; educação física e dança
Psicomotricidade; educação física e dançaPsicomotricidade; educação física e dança
Psicomotricidade; educação física e dança
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Planejamento dança
Planejamento dançaPlanejamento dança
Planejamento dança
 
Atividade física e saúde
Atividade física e saúdeAtividade física e saúde
Atividade física e saúde
 
História da Dança
História da DançaHistória da Dança
História da Dança
 
A dança na escola
A dança na escolaA dança na escola
A dança na escola
 
Atividade física-e-saúde-slides-3
Atividade física-e-saúde-slides-3Atividade física-e-saúde-slides-3
Atividade física-e-saúde-slides-3
 
Blog abril
Blog abrilBlog abril
Blog abril
 
Capoeira
CapoeiraCapoeira
Capoeira
 
Arielli slides
Arielli slidesArielli slides
Arielli slides
 
Texto sobre dança classica
Texto sobre dança classicaTexto sobre dança classica
Texto sobre dança classica
 
A dança é uma das três principais artes
A dança é uma das três principais artesA dança é uma das três principais artes
A dança é uma das três principais artes
 

Semelhante a Dança atividade física

Semelhante a Dança atividade física (20)

Apostila Curso Dança
Apostila Curso DançaApostila Curso Dança
Apostila Curso Dança
 
A dança psicossomática
A dança psicossomáticaA dança psicossomática
A dança psicossomática
 
Curso de Integração Digital
Curso de Integração DigitalCurso de Integração Digital
Curso de Integração Digital
 
A dança psicossomática
A dança psicossomáticaA dança psicossomática
A dança psicossomática
 
Objetos de conhecimento 2
Objetos de conhecimento 2Objetos de conhecimento 2
Objetos de conhecimento 2
 
Apostila do Curso de Formação de Jovens Brincantes
Apostila do Curso de Formação de Jovens BrincantesApostila do Curso de Formação de Jovens Brincantes
Apostila do Curso de Formação de Jovens Brincantes
 
Projeto de Dança de Salão
Projeto de Dança de SalãoProjeto de Dança de Salão
Projeto de Dança de Salão
 
por que dançar faz bem?
por que dançar faz bem?por que dançar faz bem?
por que dançar faz bem?
 
DANÇA ARTE E EDUCAÇÃO
DANÇA ARTE E EDUCAÇÃODANÇA ARTE E EDUCAÇÃO
DANÇA ARTE E EDUCAÇÃO
 
CAP 7 - Tempo de dançar.pptx
CAP 7 - Tempo de dançar.pptxCAP 7 - Tempo de dançar.pptx
CAP 7 - Tempo de dançar.pptx
 
RITMO DANÇA.pdf
RITMO DANÇA.pdfRITMO DANÇA.pdf
RITMO DANÇA.pdf
 
Marlenesantosgomes
MarlenesantosgomesMarlenesantosgomes
Marlenesantosgomes
 
Dança 10 08
Dança 10 08Dança 10 08
Dança 10 08
 
Brasil de Tuhu - Guia Musical
Brasil de Tuhu - Guia MusicalBrasil de Tuhu - Guia Musical
Brasil de Tuhu - Guia Musical
 
Guia Musical II
Guia Musical IIGuia Musical II
Guia Musical II
 
O corpo na educação
O corpo na educaçãoO corpo na educação
O corpo na educação
 
Brasil de Tuhu - Guia Musical
Brasil de Tuhu - Guia MusicalBrasil de Tuhu - Guia Musical
Brasil de Tuhu - Guia Musical
 
Guia Musical - Brasil de Tuhu
Guia Musical - Brasil de Tuhu Guia Musical - Brasil de Tuhu
Guia Musical - Brasil de Tuhu
 
dancaeseuselementos-200713231110.pdf
dancaeseuselementos-200713231110.pdfdancaeseuselementos-200713231110.pdf
dancaeseuselementos-200713231110.pdf
 
Artigo nutri-dança
Artigo nutri-dançaArtigo nutri-dança
Artigo nutri-dança
 

Último

Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 

Último (20)

Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 

Dança atividade física

  • 1. DANÇA TAMBÉM É ATIVIDADE FÍSICA Professora Solange Souza
  • 2. Público alvo: alunos dos 5°s anos do ensino fundamental
  • 3. O que é dança? A dança trata-se da execução de movimentos ao ritmo de uma música que permite expressar sentimentos e emoções, ela implica a interação de diversos elementos. A intenção de quem dança é que os movimentos acompanhem a música. Por exemplo: uma música de ritmo lento e tranquilo requer passos de dança pausados e mais reservados.
  • 5. Quanto ao modo de dançar dança solo (ex.: coreografia de solista no balé, sapateado); dança em dupla (ex.: tango, salsa, valsa, forró etc); dança em grupo (ex.: danças de roda, sapateado).
  • 7. Quanto a origem dança folclórica (ex.: catira, carimbó, reisado etc); dança histórica (ex.: sarabanda, bourré, gavota etc); dança cerimonial (ex.: danças rituais indianas); dança étnica (ex.: danças tradicionais de países ou regiões).
  • 9. Quanto a finalidade dança sensual (ex.: can can, striptease, pole dancing); dança cênica ou performática (ex.: balé, dança do ventre, sapateado); dança social (ex.: dança de salão, axé); dança religiosa/dança profética (ex.: dança sufi).
  • 11. Quem pode dançar? Vivemos em um país dançante por natureza, mas que dança é essa? A dança acompanha sempre os sucessos musicais ou as festas tradicionais como carnaval e festas juninas. Passamos pela lambada, axé, country, funk, samba... A dança é feita por todos e para todos independente de idade, peso, altura, cor, religiosidade ou classe social todos podem e devem dançar. A dança faz bem para o corpo e para mente, pois além de possibilitar uma conscientização corporal descobrindo novas possibilidades de movimentos nos permite também um crescimento intelectual, criativo e expressivo buscando sempre diferentes formas de relacionar corpo, espaço e sociedade.
  • 12. Você pode dançar ainda criança...
  • 13.
  • 14. ...ou já bem experiente....
  • 15.
  • 16. Dança é atividade física? Dançar é muito bom! Existe até a paródia: Quem dança seus males espanta. A dança é sim uma atividade física e pode ser considerada vigorosa dependendo do seu ritmo ou duração. Para descrever as vantagens da dança como exercício, devemos considerar alguns fatores. Por exemplo, o ritmo quanto mais intenso, mais vai exigir gasto calórico, o tempo também vai influenciar bastante. Aprender a dançar durante uma hora, obviamente vai gastar menos do que dançar uma hora sem interrupção. É difícil definir o gasto calórico de cada pessoa, considerando um indivíduo de 60 kg, ele gastaria aproximadamente de 200 a 400 calorias em uma hora, num ritmo lento ou mais vigoroso respectivamente. A escolha da modalidade vai definir os grupos musculares mais trabalhados. Samba, frevo e salsa exigem muito das pernas e glúteos. Já o rock (anos 50/60) e o tango utilizam muitos movimentos de braço e uma boa dose de flexibilidade. De qualquer forma, a dança no geral (não só as de salão, mas o ballet, o jazz, etc), movimenta todo o corpo, trabalhando força, flexibilidade, ritmo e coordenação motora. Dependendo do seu objetivo com relação à sua forma física (condicionamento cardiovascular, emagrecimento, aumento de massa muscular) será necessário acrescentar à dança um programa de exercícios mais específico.
  • 17.
  • 18. Dança x Gasto calórico 30 minutos gasta:
  • 19. ATENÇÃO!!! Para quem já está com vontade de sair dançando, aqui vai uma dica: Quando vamos aprender algo novo, devemos sempre procurar profissionais capacitados e especializados; quando se trata do nosso corpo, é nossa saúde que está em jogo e assim como em qualquer outra atividade física, corremos o risco de nos machucar, se fizermos movimentos errados, não utilizarmos a técnica correta ou a postura adequada. Um professor que além de ensinar os passos da dança, também dará importância à consciência corporal e respeitará as características e limites de cada aluno. Isso é o mais indicado para essa tarefa, que ao mesmo tempo é extenuante e nos enche de energia.
  • 20.
  • 21.
  • 23. REFERÊNCIAS • Conceito de dança - O que é, Definição e Significado http://conceito.de/danca#ixzz3CHACC0PA • http://comosedanca.blogspot.com.br/2010/04/conheca-definicao-de-danca.html • http://dancandoeeducando.blogspot.com.br/2009/01/quem-pode-danar.html • http://www2.uol.com.br/vyaestelar/danca.htm • https://br.images.search.yahoo.com/images • http://www2.uol.com.br/vyaestelar/danca.htm • http://www.efdeportes.com/efd85/danca.htm