SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Baixar para ler offline
Ginástica Geral
Ginástica Geral (GG) 
• “Compreende um vasto leque de atividades físicas, 
nas quais acontecem manifestações gímnicas e/ou 
culturais. 
• A GG também contribui para o bem estar físico e 
psíquico, sendo um fator cultural e social”
• A GG engloba os tipos de ginástica de competição 
(Ginástica Artística, Ginástica Ritmica Desportiva, 
Ginástica Aeróbica), a Dança, atividades acrobáticas 
com e sem aparelhos e também as expressões 
folclóricas, sem fins competitivos, destinados a todas as 
idades, acrescentando ainda que ela desenvolve a 
condição física e a integração social.
Ginástica Geral 
• O termo GG foi proposto pela FIG no final da década de 
1970 e início de 1980, para se referir as atividades da 
ginástica fora da competição, ou seja, para distinguir os 
esportes ginásticos do universo não competitivo da 
ginástica. 
• Em 1984 o termo foi oficializado pelo Comitê de 
Ginástica Geral (CTGG) da FIG, durante o congresso da 
FIG nos Jogos Olímpicos de Los Angeles.
A concepção da GG da FIG 
• A GG compreende a esfera de ginástica orientada para o 
lazer e engloba programas de atividades no campo da 
ginástica (com e sem aparelhos), dança e jogos, conforme 
as preferências nacionais e culturais. Eventos e competições 
também podem fazer parte da GG
3 Grupos de atividades são exemplificados para mostrar 
sua diversidade: 
1) Ginástica e dança: ginástica rítmica, ginástica jazz, 
aeróbica, condicionamento físico, ballet, dança 
moderna, dança teatro, folclore; 
2) Exercícios com aparelhos: ginástica com e sobre 
aparelhos, trampolim, trumbling, acrobacias, rodas 
ginásticas; 
3) Jogos: jogos sociais, jogos esportivos, jogos de 
condicionamento físico, pequenos jogos, jogos de 
recreação
Histórico da ginástica 
• A ginástica, enquanto atividade física, tem suas origens na 
Antiguidade, uma vez que os exercícios típicos do esporte já 
eram desempenhados pelos homens pré-históricos com o 
intuito de se protegerem de ameaças naturais 
• Para a maioria dos especialistas, a ginástica atual teve no 
início do século XIX o seu grande momento, pois foi neste 
período que surgiram as quatro grandes escolas do esporte 
(Inglesa, Alemã, Sueca e Francesa) e os principais métodos e 
aparelhos ginásticos.
• Desde então, a modalidade não parou de se desenvolver. Em 
23 de julho de 1881, foi fundada a Federação Europeia de 
Ginástica, entidade que se tornaria posteriormente, em 1921, 
a atualmente conhecida FIG (Federação Internacional de 
Ginástica).
Conceito de Ginástica 
• A ginástica é uma atividade integrada por um sistema de 
exercícios físicos, especialmente escolhidos, que requerem 
força, flexibilidade e agilidade. Podem servir tanto para 
competições como para recreação. A ginástica é conhecida 
pela forma de aplicar os conteúdos e utilização de seus 
meios de acordo com o objetivo que se deseja obter
• A ginástica pode-se definir como a forma de exercícios 
físicos sistemáticos e foram criados com propósitos sobre 
todo de competição, mas que também estão relacionados 
com a terapêutica e como não poderia deixar de ser estão 
relacionados com a educação dos indivíduos.
Características 
• Oportunizar a participação do maior número de pessoas em 
atividade físicas de lazer fundamentadas nas atividade 
gímnicas; 
• Integrar varias possibilidade de manifestações corporais às 
atividades gímnicas; 
• Oportunizar a auto-superação sócio-cultural entre os 
participantes ativos ou não;
• Manter e desenvolver o bem estar físico e psíquico pessoal; 
• Promover uma melhor compreensão entre os indivíduos e os 
povos em geral; 
• Oportunizar a valorização do trabalho coletivo, sem deixar de 
valorizar a individualidade neste contexto
• Realizar eventos que proporcionem experiências de beleza 
estética a partir dos movimentos apresentados tanto aos 
participantes ativos quanto aos espectadores; 
• Desenvolver a cultura através das manifestações folclóricas; 
• Mostrar nos eventos as tendências da ginástica
• Kauanna Amaral 
• Lais Suzin 
• Pedro Flaurindo 
• Ariela Inácio 
• Larissa Marta

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Ginastica rítmica
Ginastica rítmicaGinastica rítmica
Ginastica rítmica
 
Lutas - Conceito e Histórico
Lutas - Conceito e HistóricoLutas - Conceito e Histórico
Lutas - Conceito e Histórico
 
Diferença de atividade física para Exercício físico!
Diferença de atividade física para Exercício físico!Diferença de atividade física para Exercício físico!
Diferença de atividade física para Exercício físico!
 
Esportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º AEsportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º A
 
Slide de educação fisica
Slide de educação fisicaSlide de educação fisica
Slide de educação fisica
 
Ginastica Laboral
Ginastica Laboral Ginastica Laboral
Ginastica Laboral
 
Capacidades físicas
Capacidades físicasCapacidades físicas
Capacidades físicas
 
Benefícios relacionados à atividade física
Benefícios relacionados à atividade físicaBenefícios relacionados à atividade física
Benefícios relacionados à atividade física
 
Slide handebol
Slide handebolSlide handebol
Slide handebol
 
Slide história da educação física-blog
Slide história da educação física-blogSlide história da educação física-blog
Slide história da educação física-blog
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
LUTAS DO BRASIL.pptx
LUTAS DO BRASIL.pptxLUTAS DO BRASIL.pptx
LUTAS DO BRASIL.pptx
 
ginastica de conscientizacao corporal
ginastica de conscientizacao corporalginastica de conscientizacao corporal
ginastica de conscientizacao corporal
 
Cultura corporal
Cultura corporalCultura corporal
Cultura corporal
 
Jogos pre desportivos na escola
Jogos pre desportivos na escolaJogos pre desportivos na escola
Jogos pre desportivos na escola
 
Atividade física e saúde
Atividade física e saúdeAtividade física e saúde
Atividade física e saúde
 
Jogos paralimpicos
Jogos paralimpicosJogos paralimpicos
Jogos paralimpicos
 
Lutas.
Lutas.Lutas.
Lutas.
 
Ginástica rítmica na escola
Ginástica rítmica na escolaGinástica rítmica na escola
Ginástica rítmica na escola
 
Ginástica localizada
Ginástica localizadaGinástica localizada
Ginástica localizada
 

Destaque

Educação Física - Cleisson e Mateus
Educação Física - Cleisson e Mateus Educação Física - Cleisson e Mateus
Educação Física - Cleisson e Mateus Jucemar Souza da Luz
 
83539926 proposta-coordenacao
83539926 proposta-coordenacao83539926 proposta-coordenacao
83539926 proposta-coordenacaoEduardo Lopes
 
56370482 plano-de-trabalho-coordenacao-pedagogica
56370482 plano-de-trabalho-coordenacao-pedagogica56370482 plano-de-trabalho-coordenacao-pedagogica
56370482 plano-de-trabalho-coordenacao-pedagogicaEduardo Lopes
 
Fundamentos metodologicos da ginastica
Fundamentos metodologicos da ginasticaFundamentos metodologicos da ginastica
Fundamentos metodologicos da ginasticaLeonardo Delgado
 
Ginastica de solo e aparelhos
Ginastica de solo e aparelhosGinastica de solo e aparelhos
Ginastica de solo e aparelhosjose_santinha
 
Educação fisica ginástica acrobática
Educação fisica ginástica acrobáticaEducação fisica ginástica acrobática
Educação fisica ginástica acrobáticagltrindade
 
Os mais importantes métodos ginásticos
Os mais importantes métodos ginásticosOs mais importantes métodos ginásticos
Os mais importantes métodos ginásticosJoao Santos
 

Destaque (10)

Educação Física - Cleisson e Mateus
Educação Física - Cleisson e Mateus Educação Física - Cleisson e Mateus
Educação Física - Cleisson e Mateus
 
Plano de aula didatica
Plano de aula  didaticaPlano de aula  didatica
Plano de aula didatica
 
83539926 proposta-coordenacao
83539926 proposta-coordenacao83539926 proposta-coordenacao
83539926 proposta-coordenacao
 
56370482 plano-de-trabalho-coordenacao-pedagogica
56370482 plano-de-trabalho-coordenacao-pedagogica56370482 plano-de-trabalho-coordenacao-pedagogica
56370482 plano-de-trabalho-coordenacao-pedagogica
 
Aula01:
Aula01:Aula01:
Aula01:
 
Fundamentos metodologicos da ginastica
Fundamentos metodologicos da ginasticaFundamentos metodologicos da ginastica
Fundamentos metodologicos da ginastica
 
Ginastica de solo e aparelhos
Ginastica de solo e aparelhosGinastica de solo e aparelhos
Ginastica de solo e aparelhos
 
Educação fisica ginástica acrobática
Educação fisica ginástica acrobáticaEducação fisica ginástica acrobática
Educação fisica ginástica acrobática
 
Ginástica
GinásticaGinástica
Ginástica
 
Os mais importantes métodos ginásticos
Os mais importantes métodos ginásticosOs mais importantes métodos ginásticos
Os mais importantes métodos ginásticos
 

Semelhante a Ginástica Geral: Atividades Físicas de Lazer e Bem-Estar

Aula inaugural-gg
Aula inaugural-ggAula inaugural-gg
Aula inaugural-ggFelipe Mago
 
Ginstica rtmica ação global
Ginstica rtmica ação globalGinstica rtmica ação global
Ginstica rtmica ação globalpassosgrd
 
Ginástica Rítmica Ação Global
Ginástica Rítmica Ação GlobalGinástica Rítmica Ação Global
Ginástica Rítmica Ação Globalpassosgrd
 
Ginastica calistenica.
Ginastica calistenica.Ginastica calistenica.
Ginastica calistenica.Ajudar Pessoas
 
história da ginática 2 ano.pptx
história da ginática 2 ano.pptxhistória da ginática 2 ano.pptx
história da ginática 2 ano.pptxkarol wojtyla
 
história da ginática 2 ano.pptx
história da ginática 2 ano.pptxhistória da ginática 2 ano.pptx
história da ginática 2 ano.pptxkarol wojtyla
 
Aula 02 módulo de ginastica
Aula 02 módulo de ginasticaAula 02 módulo de ginastica
Aula 02 módulo de ginasticaHemanuelle Jacob
 
2021_EM_EDF_3SERIE ginastica_SLIDES_AULA21.pptx
2021_EM_EDF_3SERIE ginastica_SLIDES_AULA21.pptx2021_EM_EDF_3SERIE ginastica_SLIDES_AULA21.pptx
2021_EM_EDF_3SERIE ginastica_SLIDES_AULA21.pptxsamiabelarmindo1
 
aula 2 História da Educação Física Brasil e amazonas.pptx
aula 2 História da Educação Física Brasil e amazonas.pptxaula 2 História da Educação Física Brasil e amazonas.pptx
aula 2 História da Educação Física Brasil e amazonas.pptxTavaresJana
 
slides - tutor externo unid 2 INTTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
slides - tutor externo unid 2 INTTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO FÍSICA.pptxslides - tutor externo unid 2 INTTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
slides - tutor externo unid 2 INTTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO FÍSICA.pptxTharykBatatinha
 
Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013
Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013
Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013Atividades Diversas Cláudia
 
A história da ginástica confunde
A história da ginástica confundeA história da ginástica confunde
A história da ginástica confundeEDNA LIMA
 
SLIDES CURSO PAS UEM 1 ETAPA - PDF.pdf
SLIDES CURSO PAS UEM 1 ETAPA - PDF.pdfSLIDES CURSO PAS UEM 1 ETAPA - PDF.pdf
SLIDES CURSO PAS UEM 1 ETAPA - PDF.pdfAndriaRafaelaMoraes
 
Teoria e pratica da ginastica artistica
Teoria e pratica da ginastica artisticaTeoria e pratica da ginastica artistica
Teoria e pratica da ginastica artisticaMarcos Rodrigues
 

Semelhante a Ginástica Geral: Atividades Físicas de Lazer e Bem-Estar (20)

Aula inaugural-gg
Aula inaugural-ggAula inaugural-gg
Aula inaugural-gg
 
Ginastica para todos av1
Ginastica para todos av1Ginastica para todos av1
Ginastica para todos av1
 
Ginastica
GinasticaGinastica
Ginastica
 
Ginstica rtmica ação global
Ginstica rtmica ação globalGinstica rtmica ação global
Ginstica rtmica ação global
 
Ginástica Rítmica Ação Global
Ginástica Rítmica Ação GlobalGinástica Rítmica Ação Global
Ginástica Rítmica Ação Global
 
Ginastica calistenica.
Ginastica calistenica.Ginastica calistenica.
Ginastica calistenica.
 
história da ginática 2 ano.pptx
história da ginática 2 ano.pptxhistória da ginática 2 ano.pptx
história da ginática 2 ano.pptx
 
história da ginática 2 ano.pptx
história da ginática 2 ano.pptxhistória da ginática 2 ano.pptx
história da ginática 2 ano.pptx
 
Aula 02 módulo de ginastica
Aula 02 módulo de ginasticaAula 02 módulo de ginastica
Aula 02 módulo de ginastica
 
Pcn x16 voc
Pcn x16 vocPcn x16 voc
Pcn x16 voc
 
Métodos ginásticos
Métodos ginásticosMétodos ginásticos
Métodos ginásticos
 
Plano+de+estudos+2011(1)
Plano+de+estudos+2011(1)Plano+de+estudos+2011(1)
Plano+de+estudos+2011(1)
 
2021_EM_EDF_3SERIE ginastica_SLIDES_AULA21.pptx
2021_EM_EDF_3SERIE ginastica_SLIDES_AULA21.pptx2021_EM_EDF_3SERIE ginastica_SLIDES_AULA21.pptx
2021_EM_EDF_3SERIE ginastica_SLIDES_AULA21.pptx
 
aula 2 História da Educação Física Brasil e amazonas.pptx
aula 2 História da Educação Física Brasil e amazonas.pptxaula 2 História da Educação Física Brasil e amazonas.pptx
aula 2 História da Educação Física Brasil e amazonas.pptx
 
slides - tutor externo unid 2 INTTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
slides - tutor externo unid 2 INTTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO FÍSICA.pptxslides - tutor externo unid 2 INTTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
slides - tutor externo unid 2 INTTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO FÍSICA.pptx
 
Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013
Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013
Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013
 
A história da ginástica confunde
A história da ginástica confundeA história da ginástica confunde
A história da ginástica confunde
 
Métodos ginasticos
Métodos ginasticosMétodos ginasticos
Métodos ginasticos
 
SLIDES CURSO PAS UEM 1 ETAPA - PDF.pdf
SLIDES CURSO PAS UEM 1 ETAPA - PDF.pdfSLIDES CURSO PAS UEM 1 ETAPA - PDF.pdf
SLIDES CURSO PAS UEM 1 ETAPA - PDF.pdf
 
Teoria e pratica da ginastica artistica
Teoria e pratica da ginastica artisticaTeoria e pratica da ginastica artistica
Teoria e pratica da ginastica artistica
 

Último

TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 

Último (20)

TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 

Ginástica Geral: Atividades Físicas de Lazer e Bem-Estar

  • 2. Ginástica Geral (GG) • “Compreende um vasto leque de atividades físicas, nas quais acontecem manifestações gímnicas e/ou culturais. • A GG também contribui para o bem estar físico e psíquico, sendo um fator cultural e social”
  • 3. • A GG engloba os tipos de ginástica de competição (Ginástica Artística, Ginástica Ritmica Desportiva, Ginástica Aeróbica), a Dança, atividades acrobáticas com e sem aparelhos e também as expressões folclóricas, sem fins competitivos, destinados a todas as idades, acrescentando ainda que ela desenvolve a condição física e a integração social.
  • 4. Ginástica Geral • O termo GG foi proposto pela FIG no final da década de 1970 e início de 1980, para se referir as atividades da ginástica fora da competição, ou seja, para distinguir os esportes ginásticos do universo não competitivo da ginástica. • Em 1984 o termo foi oficializado pelo Comitê de Ginástica Geral (CTGG) da FIG, durante o congresso da FIG nos Jogos Olímpicos de Los Angeles.
  • 5. A concepção da GG da FIG • A GG compreende a esfera de ginástica orientada para o lazer e engloba programas de atividades no campo da ginástica (com e sem aparelhos), dança e jogos, conforme as preferências nacionais e culturais. Eventos e competições também podem fazer parte da GG
  • 6. 3 Grupos de atividades são exemplificados para mostrar sua diversidade: 1) Ginástica e dança: ginástica rítmica, ginástica jazz, aeróbica, condicionamento físico, ballet, dança moderna, dança teatro, folclore; 2) Exercícios com aparelhos: ginástica com e sobre aparelhos, trampolim, trumbling, acrobacias, rodas ginásticas; 3) Jogos: jogos sociais, jogos esportivos, jogos de condicionamento físico, pequenos jogos, jogos de recreação
  • 7. Histórico da ginástica • A ginástica, enquanto atividade física, tem suas origens na Antiguidade, uma vez que os exercícios típicos do esporte já eram desempenhados pelos homens pré-históricos com o intuito de se protegerem de ameaças naturais • Para a maioria dos especialistas, a ginástica atual teve no início do século XIX o seu grande momento, pois foi neste período que surgiram as quatro grandes escolas do esporte (Inglesa, Alemã, Sueca e Francesa) e os principais métodos e aparelhos ginásticos.
  • 8. • Desde então, a modalidade não parou de se desenvolver. Em 23 de julho de 1881, foi fundada a Federação Europeia de Ginástica, entidade que se tornaria posteriormente, em 1921, a atualmente conhecida FIG (Federação Internacional de Ginástica).
  • 9. Conceito de Ginástica • A ginástica é uma atividade integrada por um sistema de exercícios físicos, especialmente escolhidos, que requerem força, flexibilidade e agilidade. Podem servir tanto para competições como para recreação. A ginástica é conhecida pela forma de aplicar os conteúdos e utilização de seus meios de acordo com o objetivo que se deseja obter
  • 10. • A ginástica pode-se definir como a forma de exercícios físicos sistemáticos e foram criados com propósitos sobre todo de competição, mas que também estão relacionados com a terapêutica e como não poderia deixar de ser estão relacionados com a educação dos indivíduos.
  • 11. Características • Oportunizar a participação do maior número de pessoas em atividade físicas de lazer fundamentadas nas atividade gímnicas; • Integrar varias possibilidade de manifestações corporais às atividades gímnicas; • Oportunizar a auto-superação sócio-cultural entre os participantes ativos ou não;
  • 12. • Manter e desenvolver o bem estar físico e psíquico pessoal; • Promover uma melhor compreensão entre os indivíduos e os povos em geral; • Oportunizar a valorização do trabalho coletivo, sem deixar de valorizar a individualidade neste contexto
  • 13. • Realizar eventos que proporcionem experiências de beleza estética a partir dos movimentos apresentados tanto aos participantes ativos quanto aos espectadores; • Desenvolver a cultura através das manifestações folclóricas; • Mostrar nos eventos as tendências da ginástica
  • 14.
  • 15. • Kauanna Amaral • Lais Suzin • Pedro Flaurindo • Ariela Inácio • Larissa Marta