SlideShare uma empresa Scribd logo
Profª Me Luciana Andrade Rodrigues
UNISEB
CONTOS DE FADAS EM
LIBRAS
CONTEÚDO
- Contos de Fadas;
- Fábulas;
- Vídeos de contação de histórias;
- Entrevista
OBJETIVOS
-Apresentar aos professores como é o
trabalho relacionado à literatura infantil
com alunos surdos.
- Apresentar materiais disponíveis para
as escolas elaborarem trabalhos nesta
área visando à inclusão.
-Os contos de fadas interagem com a mente do indivíduo independente da idade.
- Bettelheim averiguou o quanto as estórias, em sua forma original, podem
influenciar no desenvolvimento infantil, auxiliando o infante na busca pelo
significado de sua vida, que no futuro ele poderá olhar de forma racional (e
subjetiva) para todos os conceitos que ele formou durante estes anos, chegando na
chamada “maturidade psicológica”.
- Os contos ajudam a criança a interagir com outras pessoas, saindo de sua
existência autocentrada para a existência coletiva e individual, e com isso entender
a si e ao outro.
- Outro aspecto importante é que os contos se comunicam diretamente ao
inconsciente do indivíduo, em que o mesmo pode se deparar com a bruxa má,
lobos, heróis e princesas que permeiam seu imaginário e sua vida real.
A IMPORTÂNCIA DOS CONTOS DE
FADAS
VIDEO: MÃE E CRIANÇA
SURDA....ENTENDIMENTO DA
ALS
INTERATIVIDADE
-Como vocês planejariam uma aula
em que o tema fosse o livro:
“ Menina bonita do laço de fita” – Ana
Maria Machado
- Orientações para o planejamento
quando formos trabalhar com
alunos surdos incluídos
LITERATURA INFANTIL- LIVROS EM LIBRAS
O livro “Tibi e Joca – uma história de dois mundos” (Bisol
2001) conta com a participação especial de um surdo,
Tibiriçá Maineri. Na apresentação lemos:
“Esta história de um menino surdo é parecida com a de
muitas outras crianças que nasceram ou ficaram surdas.
Dúvidas, desespero, culpa, acusações, sofrem os pais.
Solidão, um imenso sem-sentido, um mundo que teima
em não se organizar, sobre a criança. O que fazer?”
(Bisol, 2001, apresentação)
O texto é rico em ilustrações e, além da história registrada na língua
portuguesa, há um boneco-tradutor que sinaliza as palavras-chave de cada
página, que permitem ao usuário da Libras acompanhar a história.
A história “A cigarra surda e as formigas” – escrita por duas
professoras de surdos, Carmem Oliveira e Jaqueline Boldo,
uma ouvinte e a outra surda, respectivamente – apresenta
como tema a importância da amizade entre surdos e
ouvintes e faz um apelo ao final da história “Amiguinhos
precisamos respeitar as diferenças.” (Oliveira; Boldo, s.d.)
O livro “O som do silêncio” (Cotes, 2004) conta a história de
uma menina surda que não tem medo do barulho. Inspirada
em uma história real, a fonoaudióloga e escritora criou a
personagem Amanda, uma menininha surda que ensina aos
colegas de escola a importância do som do silêncio. O enredo
gira em torno de um passeio ao fundo do mar. Acostumadas
com barulhos, as crianças se assustam com o silêncio das
águas, menos Amanda, que, maravilhada com cores e peixes,
brinca à vontade. "É nesse momento que crianças e adultos
percebem o quão maravilhoso pode ser o mundo das
Amandas, das crianças que não ouvem e que, nem por isso,
deixam de sonhar", conta Cláudia.
Temos também a:
“Cinderela Surda” (Hessel, Rosa, Karnopp 2003);
“Rapunzel Surda” (Silveira, Rosa, Karnopp 2003);
“Adão e Eva” (Rosa, Karnopp 2005);
“Patinho Surdo” (Rosa, Karnopp 2005).
Todas registram histórias dos clássicos da
literatura, com uma aproximação com as histórias
de vida e as identidades surdas. Traduzir as
histórias que são contadas em língua de sinais na
comunidade de surdos foi o objetivo inicial dos
autores desses livros.
No livro “Adão e Eva”, contam a origem da língua de
sinais e salientam que versões dessa história são
recorrentes nas comunidades de surdos. Na história,
após comer a maçã, o casal percebe sua nudez e
começa a usar a fala, já que as mãos estão ocupadas
em esconder os corpos desnudos. Não se sabe se
Adão e Eva eram surdos ou ouvintes, pois o livro
não pontua isso. O objetivo é refletir sobre a
possibilidade de as línguas de sinais serem
utilizadas por diferentes comunidades, sejam elas
ouvintes ou surdas. As ilustrações são em preto e
branco e há um glossário ao final do livro.
O livro “Patinho Surdo” conta a história de um patinho
surdo que nasceu em um ninho de ouvintes. Quando
encontra patos surdos, aprende com eles a Língua de
Sinais da Lagoa e descobre sua história de vida. O
texto aborda as diferenças lingüísticas na família e na
sociedade, além de apresentar a importância do
intérprete na comunicação entre surdos e ouvintes.
As ilustrações são em preto e branco e há um
glossário ao final do livro.
“Cinderela Surda” faz uma releitura do clássico
“Cinderela” e apresenta aspectos da cultura e identidade
surda. O texto está numa versão bilíngüe, ou seja, as
histórias estão escritas em português e também na
escrita da língua de sinais (sign writing). As ilustrações
acentuam as expressões faciais e os sinais, destacando
elementos que traduzem aspectos da experiência visual.
Nesse livro, as ilustrações ocupam uma página e a outra
registra a história em sign writing e na língua portuguesa.
“Rapunzel Surda” tematiza a aquisição da linguagem e a
variação lingüística nas línguas de sinais. Quando
nasceu, a menina foi raptada pela bruxa e viveu muitos
anos escondida e isolada em uma torre. Diz o texto:
Passaram-se os anos, Rapunzel cresceu e a bruxa
percebeu que a menina não falava, mas tinha uma grande
atenção visual. Rapunzel começou a apontar para o que
queria e a fazer gestos para muitas coisas. A bruxa então
descobriu que a menina era surda e começou a usar
alguns gestos com ela. (Silveira, Rosa, Karnopp 2003, p.
12)
As histórias Cinderela Surda,
Rapunzel Surda e Patinho
Surdo tematizam a língua de
sinais, a cultura e identidade
surda.
APRESENTAÇÃO DOS
MATERIAIS DISPONÍVEIS EM
LIBRAS QUE RETRATAM A
LITERATURA INFANTIL
FÁBULAS
Vídeo: “Chapeuzinho Vermelho”
Apresentação de uma Profa
surda contando histórias......
Produção textual de
surdos
- Como entender a escrita dos alunos surdos?
-Como desenvolver habilidades nos surdos
para a produção em L2?
HESSEL, C, ROSA, F., KARNOPP, L. B. Cinderela Surda. Canoas :
ULBRA, 2003.
KARNOPP, Lodenir B.; MACHADO, Rodrigo N. Literatura surda: ver
histórias em língua de sinais. 2 Seminário Brasileiro de Estudos Culturais
em Educação (CD) – 2SBECE. Canoas: ULBRA, 2006.
ROSA, Fabiano; KARNOPP, Lodenir. Patinho Surdo. Canoas: ULBRA,
2005.
ROSA, Fabiano; KARNOPP, Lodenir. Adão e Eva. Canoas: ULBRA,
2005.
SILVEIRA, C. H., ROSA, F., KARNOPP, L. B. Rapunzel Surda. Canoas:
ULBRA, 2003.
REFERÊNCIAS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
tatimili2
 
Autobiografia texto explicativo
Autobiografia texto explicativoAutobiografia texto explicativo
Autobiografia texto explicativo
Colégio Bom Conselho
 
Consciência Fonológica
Consciência FonológicaConsciência Fonológica
Consciência Fonológica
Ananda Lima
 
Aulas 5 e 6
Aulas 5 e 6Aulas 5 e 6
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos LinguísticosLíngua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
Universidade Estadual de Londrina - UEL
 
LIBRAS Cartaz 4 trabalhando com surdos saudações
LIBRAS Cartaz 4 trabalhando com surdos saudaçõesLIBRAS Cartaz 4 trabalhando com surdos saudações
LIBRAS Cartaz 4 trabalhando com surdos saudações
Nelinha Soares
 
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplinaLIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
profamiriamnavarro
 
Verbos em libras
Verbos em librasVerbos em libras
Verbos em libras
Nelinha Soares
 
Plano de Aula - Libras
Plano de Aula - LibrasPlano de Aula - Libras
Plano de Aula - Libras
PEDAGOGIA-COLABORATIVA
 
Libras em Contexto
Libras em ContextoLibras em Contexto
Libras em Contexto
Jorge Santos
 
Aula de meio de transporte em libras
Aula de meio de transporte em librasAula de meio de transporte em libras
Aula de meio de transporte em libras
Bárbara Franceschin
 
433814800-ALIMENTOS-EM-LIBRAS.pdf
433814800-ALIMENTOS-EM-LIBRAS.pdf433814800-ALIMENTOS-EM-LIBRAS.pdf
433814800-ALIMENTOS-EM-LIBRAS.pdf
SimoneNascimento88
 
Oficina jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética me
Oficina  jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética   meOficina  jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética   me
Oficina jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética me
Vandilma Salvador Cabral
 
Quiz em libras família 2017
Quiz em libras família 2017Quiz em libras família 2017
Quiz em libras família 2017
Nelinha Soares
 
Libras
LibrasLibras
1ª Oficina Para Professores Cap V&L
1ª Oficina Para Professores Cap V&L1ª Oficina Para Professores Cap V&L
1ª Oficina Para Professores Cap V&L
Vanessa Dagostim
 
Projeto Libras
Projeto LibrasProjeto Libras
Projeto Libras
sandramirandan
 
Gabarito instrutor de libras
Gabarito   instrutor de librasGabarito   instrutor de libras
Gabarito instrutor de libras
secseduc
 
Oficina para elaboração de itens do SPAECE
Oficina para elaboração de itens do SPAECEOficina para elaboração de itens do SPAECE
Oficina para elaboração de itens do SPAECE
Romario_Silva
 
Níveis de escrita (1)pnaic
Níveis de escrita (1)pnaicNíveis de escrita (1)pnaic
Níveis de escrita (1)pnaic
Edeil Reis do Espírito Santo
 

Mais procurados (20)

Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
Gramatica da Língua Brasileira de Sinais - Libras
 
Autobiografia texto explicativo
Autobiografia texto explicativoAutobiografia texto explicativo
Autobiografia texto explicativo
 
Consciência Fonológica
Consciência FonológicaConsciência Fonológica
Consciência Fonológica
 
Aulas 5 e 6
Aulas 5 e 6Aulas 5 e 6
Aulas 5 e 6
 
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos LinguísticosLíngua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - Aspectos Linguísticos
 
LIBRAS Cartaz 4 trabalhando com surdos saudações
LIBRAS Cartaz 4 trabalhando com surdos saudaçõesLIBRAS Cartaz 4 trabalhando com surdos saudações
LIBRAS Cartaz 4 trabalhando com surdos saudações
 
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplinaLIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
LIBRAS AULA 1: Apresentação da disciplina
 
Verbos em libras
Verbos em librasVerbos em libras
Verbos em libras
 
Plano de Aula - Libras
Plano de Aula - LibrasPlano de Aula - Libras
Plano de Aula - Libras
 
Libras em Contexto
Libras em ContextoLibras em Contexto
Libras em Contexto
 
Aula de meio de transporte em libras
Aula de meio de transporte em librasAula de meio de transporte em libras
Aula de meio de transporte em libras
 
433814800-ALIMENTOS-EM-LIBRAS.pdf
433814800-ALIMENTOS-EM-LIBRAS.pdf433814800-ALIMENTOS-EM-LIBRAS.pdf
433814800-ALIMENTOS-EM-LIBRAS.pdf
 
Oficina jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética me
Oficina  jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética   meOficina  jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética   me
Oficina jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética me
 
Quiz em libras família 2017
Quiz em libras família 2017Quiz em libras família 2017
Quiz em libras família 2017
 
Libras
LibrasLibras
Libras
 
1ª Oficina Para Professores Cap V&L
1ª Oficina Para Professores Cap V&L1ª Oficina Para Professores Cap V&L
1ª Oficina Para Professores Cap V&L
 
Projeto Libras
Projeto LibrasProjeto Libras
Projeto Libras
 
Gabarito instrutor de libras
Gabarito   instrutor de librasGabarito   instrutor de libras
Gabarito instrutor de libras
 
Oficina para elaboração de itens do SPAECE
Oficina para elaboração de itens do SPAECEOficina para elaboração de itens do SPAECE
Oficina para elaboração de itens do SPAECE
 
Níveis de escrita (1)pnaic
Níveis de escrita (1)pnaicNíveis de escrita (1)pnaic
Níveis de escrita (1)pnaic
 

Semelhante a Contos de Fadas em libras.pdf

Oficina 02 -contos-de-fadas-e-aprendizagem
Oficina 02 -contos-de-fadas-e-aprendizagemOficina 02 -contos-de-fadas-e-aprendizagem
Oficina 02 -contos-de-fadas-e-aprendizagem
Marlete Outeiro
 
Biblioteca boletim nº 8
Biblioteca   boletim nº 8Biblioteca   boletim nº 8
Biblioteca boletim nº 8
bibdjosei2006
 
Boletim da Bibliotea 2
Boletim da Bibliotea 2Boletim da Bibliotea 2
Boletim da Bibliotea 2
Gracinda Maria Pinto
 
Ilse losa
Ilse losaIlse losa
Sylvia orthof slide
Sylvia orthof slideSylvia orthof slide
Sylvia orthof slide
Lídia Rosenhein
 
Atps -literatura_infantil
Atps  -literatura_infantilAtps  -literatura_infantil
Atps -literatura_infantil
mkbariotto
 
Atps -literatura_infantil
Atps  -literatura_infantilAtps  -literatura_infantil
Atps -literatura_infantil
mkbariotto
 
Na companhia das estórias..
Na companhia das estórias..Na companhia das estórias..
Na companhia das estórias..
Pedro França
 
livro infantil
livro infantillivro infantil
livro infantil
Adila Trubat
 
A lingua de_eulalia2
A lingua de_eulalia2A lingua de_eulalia2
A lingua de_eulalia2
Mariane Manini
 
Programa de Oficinas
Programa de OficinasPrograma de Oficinas
Programa de Oficinas
marianasimsim
 
Lendas Indígenas – Hernâni Donato
Lendas Indígenas – Hernâni DonatoLendas Indígenas – Hernâni Donato
Lendas Indígenas – Hernâni Donato
Nelma Andrade
 
Adriana franciellen erika
Adriana  franciellen erikaAdriana  franciellen erika
Adriana franciellen erika
Fernando Pissuto
 
Leitura e conhecimento no espaço da biblioteca escolar
Leitura e conhecimento no espaço da biblioteca escolarLeitura e conhecimento no espaço da biblioteca escolar
Leitura e conhecimento no espaço da biblioteca escolar
Ana Paula Cecato
 
Trabalho de didática - Fábulas by Doug.Albert
Trabalho de didática - Fábulas by Doug.AlbertTrabalho de didática - Fábulas by Doug.Albert
Trabalho de didática - Fábulas by Doug.Albert
Doug Petrova
 
2- LER É DIFERENTE DE CONTAR.pptx
2- LER  É DIFERENTE DE CONTAR.pptx2- LER  É DIFERENTE DE CONTAR.pptx
2- LER É DIFERENTE DE CONTAR.pptx
EvaMariaColaoRezende
 
A língua de eulália
A língua de euláliaA língua de eulália
A língua de eulália
Anne Mari
 
A língua de eulália
A língua de euláliaA língua de eulália
A língua de eulália
Anne Mari
 
Sugestão de leitura - livros 2011
Sugestão de leitura - livros 2011Sugestão de leitura - livros 2011
Sugestão de leitura - livros 2011
Sistema Municipal de Bibliotecas
 
O grito da gaivota3
O grito da gaivota3O grito da gaivota3
O grito da gaivota3
Joana Costa
 

Semelhante a Contos de Fadas em libras.pdf (20)

Oficina 02 -contos-de-fadas-e-aprendizagem
Oficina 02 -contos-de-fadas-e-aprendizagemOficina 02 -contos-de-fadas-e-aprendizagem
Oficina 02 -contos-de-fadas-e-aprendizagem
 
Biblioteca boletim nº 8
Biblioteca   boletim nº 8Biblioteca   boletim nº 8
Biblioteca boletim nº 8
 
Boletim da Bibliotea 2
Boletim da Bibliotea 2Boletim da Bibliotea 2
Boletim da Bibliotea 2
 
Ilse losa
Ilse losaIlse losa
Ilse losa
 
Sylvia orthof slide
Sylvia orthof slideSylvia orthof slide
Sylvia orthof slide
 
Atps -literatura_infantil
Atps  -literatura_infantilAtps  -literatura_infantil
Atps -literatura_infantil
 
Atps -literatura_infantil
Atps  -literatura_infantilAtps  -literatura_infantil
Atps -literatura_infantil
 
Na companhia das estórias..
Na companhia das estórias..Na companhia das estórias..
Na companhia das estórias..
 
livro infantil
livro infantillivro infantil
livro infantil
 
A lingua de_eulalia2
A lingua de_eulalia2A lingua de_eulalia2
A lingua de_eulalia2
 
Programa de Oficinas
Programa de OficinasPrograma de Oficinas
Programa de Oficinas
 
Lendas Indígenas – Hernâni Donato
Lendas Indígenas – Hernâni DonatoLendas Indígenas – Hernâni Donato
Lendas Indígenas – Hernâni Donato
 
Adriana franciellen erika
Adriana  franciellen erikaAdriana  franciellen erika
Adriana franciellen erika
 
Leitura e conhecimento no espaço da biblioteca escolar
Leitura e conhecimento no espaço da biblioteca escolarLeitura e conhecimento no espaço da biblioteca escolar
Leitura e conhecimento no espaço da biblioteca escolar
 
Trabalho de didática - Fábulas by Doug.Albert
Trabalho de didática - Fábulas by Doug.AlbertTrabalho de didática - Fábulas by Doug.Albert
Trabalho de didática - Fábulas by Doug.Albert
 
2- LER É DIFERENTE DE CONTAR.pptx
2- LER  É DIFERENTE DE CONTAR.pptx2- LER  É DIFERENTE DE CONTAR.pptx
2- LER É DIFERENTE DE CONTAR.pptx
 
A língua de eulália
A língua de euláliaA língua de eulália
A língua de eulália
 
A língua de eulália
A língua de euláliaA língua de eulália
A língua de eulália
 
Sugestão de leitura - livros 2011
Sugestão de leitura - livros 2011Sugestão de leitura - livros 2011
Sugestão de leitura - livros 2011
 
O grito da gaivota3
O grito da gaivota3O grito da gaivota3
O grito da gaivota3
 

Mais de CarlosPereiradaSilva16

Patrimônio Cultural
Patrimônio CulturalPatrimônio Cultural
Patrimônio Cultural
CarlosPereiradaSilva16
 
cultura e patrimonio.pdf
cultura e patrimonio.pdfcultura e patrimonio.pdf
cultura e patrimonio.pdf
CarlosPereiradaSilva16
 
Animais-Libras.pdf
Animais-Libras.pdfAnimais-Libras.pdf
Animais-Libras.pdf
CarlosPereiradaSilva16
 
calendário 2022 Libras.pdf
calendário 2022 Libras.pdfcalendário 2022 Libras.pdf
calendário 2022 Libras.pdf
CarlosPereiradaSilva16
 
Cordel - As mulheres na sociedade.pdf
Cordel - As mulheres na sociedade.pdfCordel - As mulheres na sociedade.pdf
Cordel - As mulheres na sociedade.pdf
CarlosPereiradaSilva16
 
água_cartaz_texto.pdf
água_cartaz_texto.pdfágua_cartaz_texto.pdf
água_cartaz_texto.pdf
CarlosPereiradaSilva16
 
9_roteiro_integrado_cultura_popular_2021-7oano.pdf
9_roteiro_integrado_cultura_popular_2021-7oano.pdf9_roteiro_integrado_cultura_popular_2021-7oano.pdf
9_roteiro_integrado_cultura_popular_2021-7oano.pdf
CarlosPereiradaSilva16
 

Mais de CarlosPereiradaSilva16 (7)

Patrimônio Cultural
Patrimônio CulturalPatrimônio Cultural
Patrimônio Cultural
 
cultura e patrimonio.pdf
cultura e patrimonio.pdfcultura e patrimonio.pdf
cultura e patrimonio.pdf
 
Animais-Libras.pdf
Animais-Libras.pdfAnimais-Libras.pdf
Animais-Libras.pdf
 
calendário 2022 Libras.pdf
calendário 2022 Libras.pdfcalendário 2022 Libras.pdf
calendário 2022 Libras.pdf
 
Cordel - As mulheres na sociedade.pdf
Cordel - As mulheres na sociedade.pdfCordel - As mulheres na sociedade.pdf
Cordel - As mulheres na sociedade.pdf
 
água_cartaz_texto.pdf
água_cartaz_texto.pdfágua_cartaz_texto.pdf
água_cartaz_texto.pdf
 
9_roteiro_integrado_cultura_popular_2021-7oano.pdf
9_roteiro_integrado_cultura_popular_2021-7oano.pdf9_roteiro_integrado_cultura_popular_2021-7oano.pdf
9_roteiro_integrado_cultura_popular_2021-7oano.pdf
 

Último

Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdfCopia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
davidreyes364666
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 

Último (20)

Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdfCopia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 

Contos de Fadas em libras.pdf

  • 1. Profª Me Luciana Andrade Rodrigues UNISEB CONTOS DE FADAS EM LIBRAS
  • 2. CONTEÚDO - Contos de Fadas; - Fábulas; - Vídeos de contação de histórias; - Entrevista
  • 3. OBJETIVOS -Apresentar aos professores como é o trabalho relacionado à literatura infantil com alunos surdos. - Apresentar materiais disponíveis para as escolas elaborarem trabalhos nesta área visando à inclusão.
  • 4. -Os contos de fadas interagem com a mente do indivíduo independente da idade. - Bettelheim averiguou o quanto as estórias, em sua forma original, podem influenciar no desenvolvimento infantil, auxiliando o infante na busca pelo significado de sua vida, que no futuro ele poderá olhar de forma racional (e subjetiva) para todos os conceitos que ele formou durante estes anos, chegando na chamada “maturidade psicológica”. - Os contos ajudam a criança a interagir com outras pessoas, saindo de sua existência autocentrada para a existência coletiva e individual, e com isso entender a si e ao outro. - Outro aspecto importante é que os contos se comunicam diretamente ao inconsciente do indivíduo, em que o mesmo pode se deparar com a bruxa má, lobos, heróis e princesas que permeiam seu imaginário e sua vida real. A IMPORTÂNCIA DOS CONTOS DE FADAS
  • 5. VIDEO: MÃE E CRIANÇA SURDA....ENTENDIMENTO DA ALS
  • 6. INTERATIVIDADE -Como vocês planejariam uma aula em que o tema fosse o livro: “ Menina bonita do laço de fita” – Ana Maria Machado
  • 7. - Orientações para o planejamento quando formos trabalhar com alunos surdos incluídos
  • 8. LITERATURA INFANTIL- LIVROS EM LIBRAS O livro “Tibi e Joca – uma história de dois mundos” (Bisol 2001) conta com a participação especial de um surdo, Tibiriçá Maineri. Na apresentação lemos: “Esta história de um menino surdo é parecida com a de muitas outras crianças que nasceram ou ficaram surdas. Dúvidas, desespero, culpa, acusações, sofrem os pais. Solidão, um imenso sem-sentido, um mundo que teima em não se organizar, sobre a criança. O que fazer?” (Bisol, 2001, apresentação) O texto é rico em ilustrações e, além da história registrada na língua portuguesa, há um boneco-tradutor que sinaliza as palavras-chave de cada página, que permitem ao usuário da Libras acompanhar a história.
  • 9. A história “A cigarra surda e as formigas” – escrita por duas professoras de surdos, Carmem Oliveira e Jaqueline Boldo, uma ouvinte e a outra surda, respectivamente – apresenta como tema a importância da amizade entre surdos e ouvintes e faz um apelo ao final da história “Amiguinhos precisamos respeitar as diferenças.” (Oliveira; Boldo, s.d.) O livro “O som do silêncio” (Cotes, 2004) conta a história de uma menina surda que não tem medo do barulho. Inspirada em uma história real, a fonoaudióloga e escritora criou a personagem Amanda, uma menininha surda que ensina aos colegas de escola a importância do som do silêncio. O enredo gira em torno de um passeio ao fundo do mar. Acostumadas com barulhos, as crianças se assustam com o silêncio das águas, menos Amanda, que, maravilhada com cores e peixes, brinca à vontade. "É nesse momento que crianças e adultos percebem o quão maravilhoso pode ser o mundo das Amandas, das crianças que não ouvem e que, nem por isso, deixam de sonhar", conta Cláudia.
  • 10. Temos também a: “Cinderela Surda” (Hessel, Rosa, Karnopp 2003); “Rapunzel Surda” (Silveira, Rosa, Karnopp 2003); “Adão e Eva” (Rosa, Karnopp 2005); “Patinho Surdo” (Rosa, Karnopp 2005). Todas registram histórias dos clássicos da literatura, com uma aproximação com as histórias de vida e as identidades surdas. Traduzir as histórias que são contadas em língua de sinais na comunidade de surdos foi o objetivo inicial dos autores desses livros.
  • 11. No livro “Adão e Eva”, contam a origem da língua de sinais e salientam que versões dessa história são recorrentes nas comunidades de surdos. Na história, após comer a maçã, o casal percebe sua nudez e começa a usar a fala, já que as mãos estão ocupadas em esconder os corpos desnudos. Não se sabe se Adão e Eva eram surdos ou ouvintes, pois o livro não pontua isso. O objetivo é refletir sobre a possibilidade de as línguas de sinais serem utilizadas por diferentes comunidades, sejam elas ouvintes ou surdas. As ilustrações são em preto e branco e há um glossário ao final do livro. O livro “Patinho Surdo” conta a história de um patinho surdo que nasceu em um ninho de ouvintes. Quando encontra patos surdos, aprende com eles a Língua de Sinais da Lagoa e descobre sua história de vida. O texto aborda as diferenças lingüísticas na família e na sociedade, além de apresentar a importância do intérprete na comunicação entre surdos e ouvintes. As ilustrações são em preto e branco e há um glossário ao final do livro.
  • 12. “Cinderela Surda” faz uma releitura do clássico “Cinderela” e apresenta aspectos da cultura e identidade surda. O texto está numa versão bilíngüe, ou seja, as histórias estão escritas em português e também na escrita da língua de sinais (sign writing). As ilustrações acentuam as expressões faciais e os sinais, destacando elementos que traduzem aspectos da experiência visual. Nesse livro, as ilustrações ocupam uma página e a outra registra a história em sign writing e na língua portuguesa. “Rapunzel Surda” tematiza a aquisição da linguagem e a variação lingüística nas línguas de sinais. Quando nasceu, a menina foi raptada pela bruxa e viveu muitos anos escondida e isolada em uma torre. Diz o texto: Passaram-se os anos, Rapunzel cresceu e a bruxa percebeu que a menina não falava, mas tinha uma grande atenção visual. Rapunzel começou a apontar para o que queria e a fazer gestos para muitas coisas. A bruxa então descobriu que a menina era surda e começou a usar alguns gestos com ela. (Silveira, Rosa, Karnopp 2003, p. 12)
  • 13. As histórias Cinderela Surda, Rapunzel Surda e Patinho Surdo tematizam a língua de sinais, a cultura e identidade surda.
  • 14. APRESENTAÇÃO DOS MATERIAIS DISPONÍVEIS EM LIBRAS QUE RETRATAM A LITERATURA INFANTIL
  • 15.
  • 16.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27. Apresentação de uma Profa surda contando histórias......
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37. Produção textual de surdos - Como entender a escrita dos alunos surdos? -Como desenvolver habilidades nos surdos para a produção em L2?
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41. HESSEL, C, ROSA, F., KARNOPP, L. B. Cinderela Surda. Canoas : ULBRA, 2003. KARNOPP, Lodenir B.; MACHADO, Rodrigo N. Literatura surda: ver histórias em língua de sinais. 2 Seminário Brasileiro de Estudos Culturais em Educação (CD) – 2SBECE. Canoas: ULBRA, 2006. ROSA, Fabiano; KARNOPP, Lodenir. Patinho Surdo. Canoas: ULBRA, 2005. ROSA, Fabiano; KARNOPP, Lodenir. Adão e Eva. Canoas: ULBRA, 2005. SILVEIRA, C. H., ROSA, F., KARNOPP, L. B. Rapunzel Surda. Canoas: ULBRA, 2003. REFERÊNCIAS