SlideShare uma empresa Scribd logo
SISTEMA DE ESCRITA
ALFABÉTICA
Orientadora: Vera Marlize Schroer
Aprender a ler e a
escrever é um
instrumento para
futura obtenção de
conhecimentos? (discussão)
• O processo de aprender a ler e escrever é dialético;
• O processo de alfabetização inclui diferentes
metodologias, como a ludicidade.
• Ensinar e aprender a ler e escrever por meio de
brincadeiras;
• Estimula a reflexão sobre o sistema de escrita(SEA)
• Situação prazerosa, contextualizada e significativa;
Alfabetização
1、Formulação de hipóteses sobre a escrita
2、Reflexão sobre a relação entre a fala e a
escrita
3、Uso da consciência fonológica
Alfabetização
“A consciência fonológica envolve o
reconhecimento pelo indivíduo de que as
palavras são formadas por diferentes sons
que podem ser manipulados, abrangendo
não só a capacidade de reflexão (constatar
e comparar), mas também a de operação
com fonemas, sílabas, rimas e aliterações
(contar, segmentar, unir, adicionar, suprimir
, substituir e transpor)”.
(Moojen et al., 2003, p. 11)
Conciência
Metalinguística
Consciência
Fonológica
CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA
• É um conjunto de habilidades que nos permitem refletir sobre as
partes sonoras das palavras (produto do trabalho com a
rima, aliteração, etc...).
• Consciência de que a fala pode ser segmentada e que os segmentos
(palavras, sílabas, fonemas) podem ser manipulados.
Favorecedores
Papel do professor:
• ser um mediador da aprendizagem;
• Promover boas situações didáticas;
• Ajudar a criança a atribuir significado nas
marcas no papel;
• Envolver a exploração dos sons das palavras.
situações lúdicas de aprendizagem
• Textos da tradição oral;
• Jogos (de Rimas, sons iniciais de
palavras, etc).
Pré-
silábico
Silábico
Silábico-
Alfabético
Alfabético
Sem
Correspondência
Sem Segmentação
Com
Correspondência
Com Segmentação
Ex.: Castelo:
HNMA;
AESEDR;
ESDÓQLAHC.
Ex.: Esqueleto:
IQEO;
ICQLO;
IPEO.
Ex.: Castelo:
CASTLO;
CATLU.
Ex.: Castelo e Esqueleto:
CASTELU;
ISQELETO.
Hipóteses de Escritas
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Crianças:
Alfabéticas
São as que conseguem
compreender o sistema
notacional e que, por isso são
capazes de ler e escrever
palavras.
Alfabetizadas
Além de serem alfabéticas, são
capazes de ler produzir textos
de diferentes gêneros.
Segundo Leal e Moraes (2010):
“As atividades de reflexão sobre o
Sistema de Escrita Alfabética
devem ser
diversificadas, atendendo aos
diferentes níveis de conhecimento
dos alunos e devem contemplar a
apropriação e a consolidação dos
conhecimentos.”
Além de compreender o sistema de escrita alfabética, é
preciso que as crianças leiam e produzam textos com
autonomia.
OU SEJA:
É necessário que as correspondências grafofônicas
(quais letras representam determinado fonema) sejam
consolidadas e reflitam sobre as convenções de
ORTOGRAFIA e também compreendam as
regularidades e irregularidades.
Não basta estar alfabética
– Soares (2003):
“A ideia de que é preciso alfabetizar letrando: tanto é
importante a aquisição do sistema de escrita
alfabético (aquisição da base alfabética), quanto ter
consciência das funções sociais da leitura e da
escrita”
(a Unidade 3 do material do PNAIC trata especificamente da questão da
aquisição da base alfabética)”.
Alfabetização e
Letramento
“Alfabetizar e letrar são
processos indissociáveis e
interdependentes”.
Magda Soares.
Alfabetização e
Letramento
1º ano:
2º e 3º anos:
Nas construções alfabéticas.
Consolidação das correspondência som-grafia por meio de
diversas situações significativas e contextualizadas de escrita de
palavras e textos.
Recuperar o lugar da escrita alfabética no
ensino, bem como, discutirmos metodologias em
uma perspectiva de alfabetizar
letrando, independente da organização escolar dos
sistemas de ensino.
Desafios:
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
As relações entre a Consciência Fonológica e o
Aprendizado da Escrita Alfabética ( Morais, 2012)
Livro Os ovos misteriosos – Luisa Ducla Soares e
Manuela Bacelar
• Analisar, separar e contar a
quantidade de sílabas orais das
palavras.
•Comparar palavras quanto ao
tamanho.
•Identificar e produzir palavras
começadas com a mesma sílaba.
•Ser capaz de identificar palavras
que compartilham o mesmo
fonema.
•Ser capaz de identificar ou
produzir palavras que rimam.
•Capacidade de refletir sobre os
sons da fala e identificar seus
correspondentes gráficos.
O SISTEMA DE ESCRITA
ALFABÉTICA É COMPLEXO E
EXIGE UM ENSINO SISTEMÁTICO E
PROBLEMATIZADOR.
COMO SISTEMÁTIZÁ-LO?
Algumas possibilidades...
Atividades que, na sala de
aula, promovem a reflexão
sobre partes orais e partes
escritas das palavras
A exploração de textos poéticos da
tradição oral popular
(cantigas, parlendas, trava-línguas)
para desenvolver a consciência
fonológica.
Jogos que desenvolvem a consciência
fonológicaLeia a parlenda e recite o alfabeto: (Aproveite
para brincar com as crianças pulando corda.)
SUCO GELADO
CABELO ARREPIADO
QUAL É A LETRA
DO SEU NAMORADO?
A B C D E F G H
I J L M N O P Q
R S T U V W X Y Z
Atividade de leitura retirada do LER E ESCREVER:
Coletânea de Atividades – 1ª série – 2010
O jogo: BINGO DOS SONS INICIAIS que possibilita ao aluno observar
que a palavra é composta de sons equivalentes a sílabas e que estes
sons podem se repetir em palavras diferentes.
Para isso, organize a sala de aula, crie um ambiente propício para o
jogo. Motive os alunos, perguntado quem gosta de jogar. Explore as
regras e aproveite para trabalhar com texto instrucional. Chame a
atenção dos alunos para a estrutura deste gênero textual.
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
Jessica Nuvens
 
Consciência Fonológica
Consciência FonológicaConsciência Fonológica
Consciência Fonológica
Ananda Lima
 
5. consciencia fonologica
5. consciencia fonologica5. consciencia fonologica
5. consciencia fonologica
Pactoufba
 
O processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoO processo de alfabetização
O processo de alfabetização
Rosemary Batista
 
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaHipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Anne Cunha Silveira
 
Concepções de Alfabetização - PNAIC
Concepções de Alfabetização - PNAICConcepções de Alfabetização - PNAIC
Concepções de Alfabetização - PNAIC
Vera Marlize Schröer
 
Alfabetização e letramento (slide)
Alfabetização e letramento (slide)Alfabetização e letramento (slide)
Alfabetização e letramento (slide)
PamelaAschoff
 
Apresentação alfabetização e letramento
Apresentação alfabetização e letramentoApresentação alfabetização e letramento
Apresentação alfabetização e letramento
Vivi Veloso
 
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentoConcepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
zetesousa
 
Consciencia fonologica - o que é e quais são suas etapas de aprendizagem
Consciencia fonologica - o que é e quais são suas etapas de aprendizagemConsciencia fonologica - o que é e quais são suas etapas de aprendizagem
Consciencia fonologica - o que é e quais são suas etapas de aprendizagem
Janaina Spolidorio
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
Bruna Braga
 
Níveis de escrita (1)pnaic
Níveis de escrita (1)pnaicNíveis de escrita (1)pnaic
Níveis de escrita (1)pnaic
Edeil Reis do Espírito Santo
 
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professoresAlfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Micheli Rader
 
Processo de aquisição da leitura e escrita
Processo de aquisição da leitura e escritaProcesso de aquisição da leitura e escrita
Processo de aquisição da leitura e escrita
equipeanosiniciais
 
Letramento
LetramentoLetramento
Práticas de alfabetização
Práticas de alfabetizaçãoPráticas de alfabetização
Práticas de alfabetização
Maria Cecilia Silva
 
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita AlfabéticaUnidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Elaine Cruz
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
Magda Marques
 
Alfabetizaçao e letramento
Alfabetizaçao e letramentoAlfabetizaçao e letramento
Alfabetizaçao e letramento
pedagogia para licenciados
 
Práticas de escrita na educação infantil
Práticas de escrita na educação infantilPráticas de escrita na educação infantil
Práticas de escrita na educação infantil
orientacoesdidaticas
 

Mais procurados (20)

Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
 
Consciência Fonológica
Consciência FonológicaConsciência Fonológica
Consciência Fonológica
 
5. consciencia fonologica
5. consciencia fonologica5. consciencia fonologica
5. consciencia fonologica
 
O processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoO processo de alfabetização
O processo de alfabetização
 
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua EscrítaHipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
Hipóteses da Psicogêse da Língua Escríta
 
Concepções de Alfabetização - PNAIC
Concepções de Alfabetização - PNAICConcepções de Alfabetização - PNAIC
Concepções de Alfabetização - PNAIC
 
Alfabetização e letramento (slide)
Alfabetização e letramento (slide)Alfabetização e letramento (slide)
Alfabetização e letramento (slide)
 
Apresentação alfabetização e letramento
Apresentação alfabetização e letramentoApresentação alfabetização e letramento
Apresentação alfabetização e letramento
 
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentoConcepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
 
Consciencia fonologica - o que é e quais são suas etapas de aprendizagem
Consciencia fonologica - o que é e quais são suas etapas de aprendizagemConsciencia fonologica - o que é e quais são suas etapas de aprendizagem
Consciencia fonologica - o que é e quais são suas etapas de aprendizagem
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
 
Níveis de escrita (1)pnaic
Níveis de escrita (1)pnaicNíveis de escrita (1)pnaic
Níveis de escrita (1)pnaic
 
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professoresAlfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
Alfabetização e Letramento _apresentação 1 - formação de professores
 
Processo de aquisição da leitura e escrita
Processo de aquisição da leitura e escritaProcesso de aquisição da leitura e escrita
Processo de aquisição da leitura e escrita
 
Letramento
LetramentoLetramento
Letramento
 
Práticas de alfabetização
Práticas de alfabetizaçãoPráticas de alfabetização
Práticas de alfabetização
 
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita AlfabéticaUnidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
 
Alfabetizaçao e letramento
Alfabetizaçao e letramentoAlfabetizaçao e letramento
Alfabetizaçao e letramento
 
Práticas de escrita na educação infantil
Práticas de escrita na educação infantilPráticas de escrita na educação infantil
Práticas de escrita na educação infantil
 

Destaque

Matemática 1º ano
Matemática    1º anoMatemática    1º ano
Matemática 1º ano
Alini E Jair Bonetti
 
Natureza e Sociedade
Natureza e SociedadeNatureza e Sociedade
Natureza e Sociedade
Construindo Futuros
 
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento   psicogênese da língua escritaApresentação planejamento   psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Alekson Morais
 
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiroPsicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
RoseParre
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
augustafranca7
 
Análise da escrita alfabética
Análise da escrita alfabéticaAnálise da escrita alfabética
Análise da escrita alfabética
Ananda Lima
 
119 atividades-envolvendo-temas-relacionados-a-natureza-e-sociedade
119 atividades-envolvendo-temas-relacionados-a-natureza-e-sociedade119 atividades-envolvendo-temas-relacionados-a-natureza-e-sociedade
119 atividades-envolvendo-temas-relacionados-a-natureza-e-sociedade
crisold
 
Matemática_caderno de atividades pedagógicas 1º ano
Matemática_caderno de atividades pedagógicas  1º anoMatemática_caderno de atividades pedagógicas  1º ano
Matemática_caderno de atividades pedagógicas 1º ano
Isa ...
 
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emíliaHipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
profeannecunha
 

Destaque (9)

Matemática 1º ano
Matemática    1º anoMatemática    1º ano
Matemática 1º ano
 
Natureza e Sociedade
Natureza e SociedadeNatureza e Sociedade
Natureza e Sociedade
 
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento   psicogênese da língua escritaApresentação planejamento   psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
 
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiroPsicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
 
Análise da escrita alfabética
Análise da escrita alfabéticaAnálise da escrita alfabética
Análise da escrita alfabética
 
119 atividades-envolvendo-temas-relacionados-a-natureza-e-sociedade
119 atividades-envolvendo-temas-relacionados-a-natureza-e-sociedade119 atividades-envolvendo-temas-relacionados-a-natureza-e-sociedade
119 atividades-envolvendo-temas-relacionados-a-natureza-e-sociedade
 
Matemática_caderno de atividades pedagógicas 1º ano
Matemática_caderno de atividades pedagógicas  1º anoMatemática_caderno de atividades pedagógicas  1º ano
Matemática_caderno de atividades pedagógicas 1º ano
 
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emíliaHipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
Hipóteses da psicogênese da língua escrita segundo emília
 

Semelhante a Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC

Slides unidade 1 parte 1
Slides unidade 1   parte 1Slides unidade 1   parte 1
Slides unidade 1 parte 1
Lais Renata
 
SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA
SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA
SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA
Claudio Pessoa
 
un-3-e-4-ano-2 (1).ppt
un-3-e-4-ano-2 (1).pptun-3-e-4-ano-2 (1).ppt
un-3-e-4-ano-2 (1).ppt
Bonfim Queiroz Lima
 
un-3-e-4-ano-2 (1).ppt
un-3-e-4-ano-2 (1).pptun-3-e-4-ano-2 (1).ppt
un-3-e-4-ano-2 (1).ppt
Bonfim Queiroz Lima
 
2º encontro da unidade 1 avaliação
2º encontro da unidade 1   avaliação2º encontro da unidade 1   avaliação
2º encontro da unidade 1 avaliação
Bete Feliciano
 
Concepcoes alfabetizacao e_letramento
Concepcoes alfabetizacao e_letramentoConcepcoes alfabetizacao e_letramento
Concepcoes alfabetizacao e_letramento
Pactoufba
 
Psicologia cognitiva
Psicologia cognitivaPsicologia cognitiva
Psicologia cognitiva
angelafreire
 
Unidade 3 2º encontro os conhecimentos sobre o sea (versão final)
Unidade 3 2º encontro   os conhecimentos sobre o sea (versão final)Unidade 3 2º encontro   os conhecimentos sobre o sea (versão final)
Unidade 3 2º encontro os conhecimentos sobre o sea (versão final)
Naysa Taboada
 
Psicogênese da língua escrita
Psicogênese da língua escrita Psicogênese da língua escrita
Psicogênese da língua escrita
ELOI DE OLIVEIRA BATISTA
 
Resumo sea
Resumo seaResumo sea
Resumo sea
Gisele Silva
 
Generos apresentação1
Generos apresentação1Generos apresentação1
Generos apresentação1
miesbella
 
Generos 1 ano
Generos  1 anoGeneros  1 ano
Generos 1 ano
miesbella
 
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escritaAlfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Jomari
 
Aula 3 - Letraento e Alfabetização.pdf
Aula 3 -  Letraento e Alfabetização.pdfAula 3 -  Letraento e Alfabetização.pdf
Aula 3 - Letraento e Alfabetização.pdf
RomuloHalley1
 
PNAIC - Ano 01 unidade 5
PNAIC - Ano 01   unidade 5PNAIC - Ano 01   unidade 5
PNAIC - Ano 01 unidade 5
ElieneDias
 
Slides unidade 3 texto 1
Slides unidade 3   texto 1Slides unidade 3   texto 1
Slides unidade 3 texto 1
Lais Renata
 
Jogos e materiais para alfabetização em contextos de múltiplos letramentos
Jogos e materiais para alfabetização em contextos de múltiplos letramentosJogos e materiais para alfabetização em contextos de múltiplos letramentos
Jogos e materiais para alfabetização em contextos de múltiplos letramentos
Licaraujo
 
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
miesbella
 
Unidade 3 meu
Unidade 3 meuUnidade 3 meu
Unidade 3 meu
Rosilane
 
Apropriação do SEA
Apropriação do SEAApropriação do SEA
Apropriação do SEA
Shirley Lauria
 

Semelhante a Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC (20)

Slides unidade 1 parte 1
Slides unidade 1   parte 1Slides unidade 1   parte 1
Slides unidade 1 parte 1
 
SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA
SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA
SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA - SEA
 
un-3-e-4-ano-2 (1).ppt
un-3-e-4-ano-2 (1).pptun-3-e-4-ano-2 (1).ppt
un-3-e-4-ano-2 (1).ppt
 
un-3-e-4-ano-2 (1).ppt
un-3-e-4-ano-2 (1).pptun-3-e-4-ano-2 (1).ppt
un-3-e-4-ano-2 (1).ppt
 
2º encontro da unidade 1 avaliação
2º encontro da unidade 1   avaliação2º encontro da unidade 1   avaliação
2º encontro da unidade 1 avaliação
 
Concepcoes alfabetizacao e_letramento
Concepcoes alfabetizacao e_letramentoConcepcoes alfabetizacao e_letramento
Concepcoes alfabetizacao e_letramento
 
Psicologia cognitiva
Psicologia cognitivaPsicologia cognitiva
Psicologia cognitiva
 
Unidade 3 2º encontro os conhecimentos sobre o sea (versão final)
Unidade 3 2º encontro   os conhecimentos sobre o sea (versão final)Unidade 3 2º encontro   os conhecimentos sobre o sea (versão final)
Unidade 3 2º encontro os conhecimentos sobre o sea (versão final)
 
Psicogênese da língua escrita
Psicogênese da língua escrita Psicogênese da língua escrita
Psicogênese da língua escrita
 
Resumo sea
Resumo seaResumo sea
Resumo sea
 
Generos apresentação1
Generos apresentação1Generos apresentação1
Generos apresentação1
 
Generos 1 ano
Generos  1 anoGeneros  1 ano
Generos 1 ano
 
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escritaAlfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
Alfabetização, letramento, variedade linguística, leitura, escrita
 
Aula 3 - Letraento e Alfabetização.pdf
Aula 3 -  Letraento e Alfabetização.pdfAula 3 -  Letraento e Alfabetização.pdf
Aula 3 - Letraento e Alfabetização.pdf
 
PNAIC - Ano 01 unidade 5
PNAIC - Ano 01   unidade 5PNAIC - Ano 01   unidade 5
PNAIC - Ano 01 unidade 5
 
Slides unidade 3 texto 1
Slides unidade 3   texto 1Slides unidade 3   texto 1
Slides unidade 3 texto 1
 
Jogos e materiais para alfabetização em contextos de múltiplos letramentos
Jogos e materiais para alfabetização em contextos de múltiplos letramentosJogos e materiais para alfabetização em contextos de múltiplos letramentos
Jogos e materiais para alfabetização em contextos de múltiplos letramentos
 
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
 
Unidade 3 meu
Unidade 3 meuUnidade 3 meu
Unidade 3 meu
 
Apropriação do SEA
Apropriação do SEAApropriação do SEA
Apropriação do SEA
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 

Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC

  • 2. Aprender a ler e a escrever é um instrumento para futura obtenção de conhecimentos? (discussão)
  • 3. • O processo de aprender a ler e escrever é dialético; • O processo de alfabetização inclui diferentes metodologias, como a ludicidade. • Ensinar e aprender a ler e escrever por meio de brincadeiras; • Estimula a reflexão sobre o sistema de escrita(SEA) • Situação prazerosa, contextualizada e significativa; Alfabetização
  • 4. 1、Formulação de hipóteses sobre a escrita 2、Reflexão sobre a relação entre a fala e a escrita 3、Uso da consciência fonológica Alfabetização
  • 5. “A consciência fonológica envolve o reconhecimento pelo indivíduo de que as palavras são formadas por diferentes sons que podem ser manipulados, abrangendo não só a capacidade de reflexão (constatar e comparar), mas também a de operação com fonemas, sílabas, rimas e aliterações (contar, segmentar, unir, adicionar, suprimir , substituir e transpor)”. (Moojen et al., 2003, p. 11) Conciência Metalinguística Consciência Fonológica
  • 6. CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA • É um conjunto de habilidades que nos permitem refletir sobre as partes sonoras das palavras (produto do trabalho com a rima, aliteração, etc...). • Consciência de que a fala pode ser segmentada e que os segmentos (palavras, sílabas, fonemas) podem ser manipulados. Favorecedores Papel do professor: • ser um mediador da aprendizagem; • Promover boas situações didáticas; • Ajudar a criança a atribuir significado nas marcas no papel; • Envolver a exploração dos sons das palavras. situações lúdicas de aprendizagem • Textos da tradição oral; • Jogos (de Rimas, sons iniciais de palavras, etc).
  • 7. Pré- silábico Silábico Silábico- Alfabético Alfabético Sem Correspondência Sem Segmentação Com Correspondência Com Segmentação Ex.: Castelo: HNMA; AESEDR; ESDÓQLAHC. Ex.: Esqueleto: IQEO; ICQLO; IPEO. Ex.: Castelo: CASTLO; CATLU. Ex.: Castelo e Esqueleto: CASTELU; ISQELETO. Hipóteses de Escritas
  • 9. Crianças: Alfabéticas São as que conseguem compreender o sistema notacional e que, por isso são capazes de ler e escrever palavras. Alfabetizadas Além de serem alfabéticas, são capazes de ler produzir textos de diferentes gêneros.
  • 10. Segundo Leal e Moraes (2010): “As atividades de reflexão sobre o Sistema de Escrita Alfabética devem ser diversificadas, atendendo aos diferentes níveis de conhecimento dos alunos e devem contemplar a apropriação e a consolidação dos conhecimentos.”
  • 11. Além de compreender o sistema de escrita alfabética, é preciso que as crianças leiam e produzam textos com autonomia. OU SEJA: É necessário que as correspondências grafofônicas (quais letras representam determinado fonema) sejam consolidadas e reflitam sobre as convenções de ORTOGRAFIA e também compreendam as regularidades e irregularidades. Não basta estar alfabética
  • 12. – Soares (2003): “A ideia de que é preciso alfabetizar letrando: tanto é importante a aquisição do sistema de escrita alfabético (aquisição da base alfabética), quanto ter consciência das funções sociais da leitura e da escrita” (a Unidade 3 do material do PNAIC trata especificamente da questão da aquisição da base alfabética)”. Alfabetização e Letramento
  • 13. “Alfabetizar e letrar são processos indissociáveis e interdependentes”. Magda Soares.
  • 14. Alfabetização e Letramento 1º ano: 2º e 3º anos: Nas construções alfabéticas. Consolidação das correspondência som-grafia por meio de diversas situações significativas e contextualizadas de escrita de palavras e textos.
  • 15. Recuperar o lugar da escrita alfabética no ensino, bem como, discutirmos metodologias em uma perspectiva de alfabetizar letrando, independente da organização escolar dos sistemas de ensino. Desafios:
  • 17. As relações entre a Consciência Fonológica e o Aprendizado da Escrita Alfabética ( Morais, 2012) Livro Os ovos misteriosos – Luisa Ducla Soares e Manuela Bacelar • Analisar, separar e contar a quantidade de sílabas orais das palavras. •Comparar palavras quanto ao tamanho. •Identificar e produzir palavras começadas com a mesma sílaba. •Ser capaz de identificar palavras que compartilham o mesmo fonema. •Ser capaz de identificar ou produzir palavras que rimam. •Capacidade de refletir sobre os sons da fala e identificar seus correspondentes gráficos.
  • 18. O SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA É COMPLEXO E EXIGE UM ENSINO SISTEMÁTICO E PROBLEMATIZADOR. COMO SISTEMÁTIZÁ-LO? Algumas possibilidades...
  • 19. Atividades que, na sala de aula, promovem a reflexão sobre partes orais e partes escritas das palavras
  • 20. A exploração de textos poéticos da tradição oral popular (cantigas, parlendas, trava-línguas) para desenvolver a consciência fonológica. Jogos que desenvolvem a consciência fonológicaLeia a parlenda e recite o alfabeto: (Aproveite para brincar com as crianças pulando corda.) SUCO GELADO CABELO ARREPIADO QUAL É A LETRA DO SEU NAMORADO? A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T U V W X Y Z Atividade de leitura retirada do LER E ESCREVER: Coletânea de Atividades – 1ª série – 2010 O jogo: BINGO DOS SONS INICIAIS que possibilita ao aluno observar que a palavra é composta de sons equivalentes a sílabas e que estes sons podem se repetir em palavras diferentes. Para isso, organize a sala de aula, crie um ambiente propício para o jogo. Motive os alunos, perguntado quem gosta de jogar. Explore as regras e aproveite para trabalhar com texto instrucional. Chame a atenção dos alunos para a estrutura deste gênero textual.